SlideShare uma empresa Scribd logo
Mundo Bipolar Carlos Jorge Canto Vieira
Mundo Bipolar Consequências da 2ª Guerra Mundial: Enfraquecimento das grandes potências europeias; Emergência de duas novas potências: Comunista Capitalista
Mundo Bipolar EUA Foram os maiores beneficiados com a guerra: No auge do esforço de guerra, produziam um navio por dia e um avião a cada 5 minutos. Em seis anos de guerra fabricaram: 87 mil blindados; 296 mil aviões; 2,43 milhões veículos pesados; 53 milhões toneladas navais.
Mundo Bipolar EUA Entre 1939 e 1945 duplicaram a sua produção industrial; A Industria Aeronáutica passou a liderar indústria americana; Os Sectores têxtil e químico ficaram sem a concorrência europeia.
Mundo Bipolar EUA Doutrina Truman: Reacção à expansão soviética na Europa Oriental; Ajuda financeira aos países europeus antes que os conflitos internos permitissem revoluções socialistas. Harry Truman 1884- 1972 33º Presidente dos EUA
Mundo Bipolar EUA Plano Marshall Esforço para deter avanço da URSS; Ajuda à reconstrução das economias dos países europeus através de doação de recursos; Argumento oficial: luta contra fome, pobreza, desespero e caos social; Era extensivo à URSS e à Europa de Leste; Reavivar da economia de mercado.
Mundo Bipolar
Mundo Bipolar Macartismo Desenvolvido pelo Senador McCarthy; Pretendia procurar os simpatizantes do comunismo nos EUA, denunciá-los e afastá-los dos cargos da Administração Pública; Foi uma “Caça às Bruxas”.
Mundo Bipolar URSS Consequências da II Guerra Mundial c.  26 milhões de mortos (c. 14% da população); milhares de feridos e inválidos; Indústria destruída; Campos agrícolas destruídos; Cidades destruídas. Vista aérea de Estalinegrado
Mundo Bipolar URSS Consequências da II Guerra Mundial Ganha influência sobre os países libertados no leste europeu; Exerce influência sobre os partidos comunistas dos países ocidentais; Anexa territórios: Bielorússia; Estónia; Lituânia; Letónia; Leste da Prússia Oriental.
Mundo Bipolar
Mundo Bipolar URSS Oposição aos EUA Recusa do Plano Marshall que considera como “instrumento do capitalismo americano”; Criação em: 1947 do  Kominform  – órgão de controlo e coordenação dos partidos comunistas europeus; 1949 do  Comecon  – organização destinada a  desenvolver a economia da URSS e dos países de leste. Regresso à economia planificada.
Mundo Bipolar Mundo Socialista Europa de Leste:   Albânia (1944)   Polónia (1945)   Jugoslávia (1946)   Bulgária (1946)   Roménia (1948)   Checoslováquia (1949)   Hungria (1949)   RDA (1949)
Mundo Bipolar As Aliança Militares
Mundo Bipolar Nato*  Fundada em 1949 Aliança militar Área de hegemonia dos EUA Capitalismo Ocidente * Organização do Tratado do Atlântico Norte Pacto de Varsóvia Fundado em 1955 Aliança militar Área de hegemonia da URSS Socialismo Leste Europeu, Oriente e  Cuba
Mundo Bipolar A Ascensão da China Guerra Civil Chinesa 1945-1949 Nacionalistas Chiang Kai-Chek Comunistas Mao Tsé-Tung Derrotado Foge para a ilha Formosa onde  funda a China Nacionalista Vitorioso Funda a República Popular da China e segue o modelo comunista
Mundo Bipolar Coexistência Pacífica
Mundo Bipolar Coexistência Pacífica 1953 – Estaline morre e sobe ao poder Nikita Kruschev: Promove a “destalinização” da URSS. Início de um período de conversações entre a URSS e os EUA. John F.  Kennedy 1917-1963 35º Presidente dos EUA Nikita  Kruschev 1894-1971 3º Presidente da URSS
Mundo Bipolar Conflitos Bloqueio de Berlim – 1948 Guerra da Coreia – 1950-1953 Crise dos mísseis de Cuba - 1962
Mundo Bipolar Bloqueio de Berlim - 1948 Em resposta à unificação das três zonas de Berlim Ocidental, Estaline ordena o encerramento das vias terrestres para Berlim;
Mundo Bipolar Bloqueio de Berlim Os Aliados Ocidentais decidem reabastecer a cidade por via aérea: Fizeram-se mais de 300 mil voos; Lançaram-se 1,5 milhões de toneladas de abastecimentos.
Mundo Bipolar Bloqueio de Berlim Criação de dois estados alemães. Republica Federal da Alemanha Republica Democrática Alemã
Mundo Bipolar Bloqueio de Berlim 1961 – Início da construção do Muro; Objectivo: Impedir a passagem de pessoas de Berlim Oriental para Berlim Ocidental. Simbolizava a divisão de dois tipos de regime:  o capitalista e o comunista;
Mundo Bipolar
Mundo Bipolar Bloqueio de Berlim - 1962
Esquema do Muro de Berlim Fonte: Revista Visão História, nº 6
Mundo Bipolar
Mundo Bipolar
Mundo Bipolar Guerra da Coreia (1950-53) Durante a II Guerra Mundial a Coreia foi ocupada pelo Japão. Com o fim da guerra, potências aliadas dividiram o território pelo paralelo 38: URSS ficou com o norte  EUA ficou com o sul.
Mundo Bipolar Guerra da Coreia (1950-53) Cronologia 1948  formam-se dois estados 25 de Junho de 1950: O norte faz um ataque surpresa ao sul. República  da Coreia República da  Coreia do Norte
Mundo Bipolar Guerra da Coreia (1950-53) Conselho de Segurança da ONU decreta intervenção militar, liderada pelos EUA; A URSS limitou-se a prestar ajuda aos norte-coreanos; A China intervém na Guerra ao lado dos Norte coreanos.
Mundo Bipolar Fases da Guerra da Coreia (1950-53)
Mundo Bipolar Fases da Guerra da Coreia (1950-53)
Mundo Bipolar Guerra da Coreia (1950-53) Após 3 anos de guerra, em 27 de Julho de 1953 o armistício é assinado: Volta a vigorar a divisão de 1948.
Mundo Bipolar Guerra da Coreia (Actualidade) O território continua dividido: República Democrática Popular da Coreia  (norte) com capital em Pyongyang; República da Coreia (sul) com capital em Seul. Fotografia nocturna da Península da Coreia. O contraste entre o Sul e o Norte
Mundo Bipolar Crise dos Mísseis de Cuba – 1962 Após a tomada do poder por Fidel Castro, a URSS oferece ajuda financeira, técnica e militar para estruturar o país segundo o modelo socialista. Em troca Fidel Castro autoriza a instalação de bases soviéticas em território cubano.
Mundo Bipolar Crise dos Mísseis de Cuba – 1962 Os EUA descobrem os mísseis e não concordam com a  instalação em território cubano;
Mundo Bipolar
Mundo Bipolar Crise dos Mísseis de Cuba – 1962 Consideravam que o território americano estava em perigo e que a proximidade da ilha reduzia a sua capacidade de reacção em caso de ataque;
Mundo Bipolar Crise dos Mísseis de Cuba – 1962 O presidente Kennedy ordena um bloqueio naval à ilha de Cuba  e exige a retirada dos mísseis, o que viria a acontecer
Mundo Bipolar Movimentos de Independência (conceitos) Descolonização Processo pelo qual as colónias se tornam independentes das metrópoles. Anti-colonialismo Sentimento de revolta contra a presença de uma potência colonial num determinado território. Autodeterminação Direito de um povo decidir o seu futuro político.
Mundo Bipolar Movimentos de Independência Factores que contribuíram para os movimentos anti-colonialistas: 1º Surgimento nas colónias de uma burguesia empreendedora e de minorias intelectuais educadas na Europa que tomam consciência da injustiça da dominação e lideram os movimentos independentistas; 2º Participação de militares das colónias na II Guerra Mundial; 3º Apoio da URSS e dos EUA às lutas de libertação.
Mundo Bipolar Movimentos de Independência 2 tipos de luta Armada Pacífica Vietname Ho Chi Min Índia Gandhi

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

História 9º ano slide Guerra Fria
História   9º ano slide Guerra FriaHistória   9º ano slide Guerra Fria
História 9º ano slide Guerra Fria
Janaína Bindá
 
Pós 2ª guerra
Pós 2ª guerraPós 2ª guerra
Pós 2ª guerra
dinicmax
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
Diogo Mateus
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Cristina Gouveia
 
Crimeia - Rússia X Ucrânia
Crimeia - Rússia X UcrâniaCrimeia - Rússia X Ucrânia
Crimeia - Rússia X Ucrânia
Artur Lara
 
9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial
Janaína Bindá
 
O fim da guerra fria e o mundo final
O fim da guerra fria e o mundo finalO fim da guerra fria e o mundo final
O fim da guerra fria e o mundo final
Paulo Gomes
 
Mundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - GeopolíticaMundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - Geopolítica
Artur Lara
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Janaína Tavares
 
Nova Ordem Mundial
Nova Ordem MundialNova Ordem Mundial
Nova Ordem Mundial
Carminha
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
cleiton denez
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Janaína Tavares
 
ONU - Organização das Nações Unidas
ONU - Organização das Nações UnidasONU - Organização das Nações Unidas
ONU - Organização das Nações Unidas
André Luiz Marques
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
9º Ano - Módulo 04 - A organização das Nações Unidas (ONU)
9º Ano - Módulo 04 - A organização das Nações Unidas (ONU)9º Ano - Módulo 04 - A organização das Nações Unidas (ONU)
9º Ano - Módulo 04 - A organização das Nações Unidas (ONU)
Cléber Figueiredo Beda de Ávila
 
Revolução Cubana
Revolução CubanaRevolução Cubana
Revolução Cubana
Aulas de História
 
O neoliberalismo
O neoliberalismoO neoliberalismo
O neoliberalismo
Rodrigo Baglini
 
Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evolução
Artur Lara
 
GUERRA FRIA
GUERRA FRIAGUERRA FRIA
GUERRA FRIA
Edenilson Morais
 
Geopolítica e ordens mundiais I
Geopolítica e ordens mundiais IGeopolítica e ordens mundiais I
Geopolítica e ordens mundiais I
João José Ferreira Tojal
 

Mais procurados (20)

História 9º ano slide Guerra Fria
História   9º ano slide Guerra FriaHistória   9º ano slide Guerra Fria
História 9º ano slide Guerra Fria
 
Pós 2ª guerra
Pós 2ª guerraPós 2ª guerra
Pós 2ª guerra
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Crimeia - Rússia X Ucrânia
Crimeia - Rússia X UcrâniaCrimeia - Rússia X Ucrânia
Crimeia - Rússia X Ucrânia
 
9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial
 
O fim da guerra fria e o mundo final
O fim da guerra fria e o mundo finalO fim da guerra fria e o mundo final
O fim da guerra fria e o mundo final
 
Mundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - GeopolíticaMundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - Geopolítica
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Nova Ordem Mundial
Nova Ordem MundialNova Ordem Mundial
Nova Ordem Mundial
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
ONU - Organização das Nações Unidas
ONU - Organização das Nações UnidasONU - Organização das Nações Unidas
ONU - Organização das Nações Unidas
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
9º Ano - Módulo 04 - A organização das Nações Unidas (ONU)
9º Ano - Módulo 04 - A organização das Nações Unidas (ONU)9º Ano - Módulo 04 - A organização das Nações Unidas (ONU)
9º Ano - Módulo 04 - A organização das Nações Unidas (ONU)
 
Revolução Cubana
Revolução CubanaRevolução Cubana
Revolução Cubana
 
O neoliberalismo
O neoliberalismoO neoliberalismo
O neoliberalismo
 
Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evolução
 
GUERRA FRIA
GUERRA FRIAGUERRA FRIA
GUERRA FRIA
 
Geopolítica e ordens mundiais I
Geopolítica e ordens mundiais IGeopolítica e ordens mundiais I
Geopolítica e ordens mundiais I
 

Destaque

Ficha formativa present simple vs present continuos (2)
Ficha formativa   present simple vs present continuos (2)Ficha formativa   present simple vs present continuos (2)
Ficha formativa present simple vs present continuos (2)
Ângela Ferreira
 
A geopolítica durante o período da ordem bipolar
A geopolítica durante o período da ordem bipolarA geopolítica durante o período da ordem bipolar
A geopolítica durante o período da ordem bipolar
Rafael Marques
 
Inglês
InglêsInglês
Inglês
anocas_rita
 
Teste de inglês horas
Teste de inglês horasTeste de inglês horas
Teste de inglês horas
números letras e companhia
 
Influência dos Factores Abióticos
Influência dos Factores AbióticosInfluência dos Factores Abióticos
Influência dos Factores Abióticos
Clara Abegão
 
Grammar-Comparatives and Superlatives
Grammar-Comparatives and SuperlativesGrammar-Comparatives and Superlatives
Grammar-Comparatives and Superlatives
Paúl Arce
 
Factores Abióticos
Factores AbióticosFactores Abióticos
Factores Abióticos
Sérgio Luiz
 
Resumos gramática inglês
Resumos gramática inglêsResumos gramática inglês
Resumos gramática inglês
Luciana Viter
 
6º Ano - Avaliação de Inglês
6º Ano - Avaliação de Inglês6º Ano - Avaliação de Inglês
6º Ano - Avaliação de Inglês
Cláudia Regina Targa Miranda
 
Ficha de ingles - 6º Ano - 1º período
Ficha de ingles - 6º Ano - 1º período Ficha de ingles - 6º Ano - 1º período
Ficha de ingles - 6º Ano - 1º período
Ana Tapadinhas
 
Testes 8º ano
Testes 8º anoTestes 8º ano
Testes 8º ano
Teresa Guimaraes
 
Matriz da ficha de avaliação de junho
Matriz da ficha de avaliação de junhoMatriz da ficha de avaliação de junho
Matriz da ficha de avaliação de junho
Vanda Marques
 
Resumo cavaleiro dinamarca_hp
Resumo cavaleiro dinamarca_hpResumo cavaleiro dinamarca_hp
Resumo cavaleiro dinamarca_hp
ziquinha
 
Teste sumativo 2
Teste sumativo 2Teste sumativo 2
Teste sumativo 2
Delfina Sousa
 
Coordenação e subordinação
Coordenação e subordinaçãoCoordenação e subordinação
Coordenação e subordinação
Fernanda Monteiro
 
Teste lp
Teste lp Teste lp
Teste lp
Carina Caldeira
 
43548929 teste-cavaleiro-dinamarca
43548929 teste-cavaleiro-dinamarca43548929 teste-cavaleiro-dinamarca
43548929 teste-cavaleiro-dinamarca
Fernanda Antunes
 
Classificação de orações
Classificação de oraçõesClassificação de orações
Classificação de orações
Fernanda Monteiro
 
Roteiro da obra "O Cavaleiro da Dinamarca"
Roteiro da obra "O Cavaleiro da Dinamarca"Roteiro da obra "O Cavaleiro da Dinamarca"
Roteiro da obra "O Cavaleiro da Dinamarca"
Vanda Marques
 
Coordenação frásica - quadro síntese
Coordenação frásica - quadro sínteseCoordenação frásica - quadro síntese
Coordenação frásica - quadro síntese
Fernanda Monteiro
 

Destaque (20)

Ficha formativa present simple vs present continuos (2)
Ficha formativa   present simple vs present continuos (2)Ficha formativa   present simple vs present continuos (2)
Ficha formativa present simple vs present continuos (2)
 
A geopolítica durante o período da ordem bipolar
A geopolítica durante o período da ordem bipolarA geopolítica durante o período da ordem bipolar
A geopolítica durante o período da ordem bipolar
 
Inglês
InglêsInglês
Inglês
 
Teste de inglês horas
Teste de inglês horasTeste de inglês horas
Teste de inglês horas
 
Influência dos Factores Abióticos
Influência dos Factores AbióticosInfluência dos Factores Abióticos
Influência dos Factores Abióticos
 
Grammar-Comparatives and Superlatives
Grammar-Comparatives and SuperlativesGrammar-Comparatives and Superlatives
Grammar-Comparatives and Superlatives
 
Factores Abióticos
Factores AbióticosFactores Abióticos
Factores Abióticos
 
Resumos gramática inglês
Resumos gramática inglêsResumos gramática inglês
Resumos gramática inglês
 
6º Ano - Avaliação de Inglês
6º Ano - Avaliação de Inglês6º Ano - Avaliação de Inglês
6º Ano - Avaliação de Inglês
 
Ficha de ingles - 6º Ano - 1º período
Ficha de ingles - 6º Ano - 1º período Ficha de ingles - 6º Ano - 1º período
Ficha de ingles - 6º Ano - 1º período
 
Testes 8º ano
Testes 8º anoTestes 8º ano
Testes 8º ano
 
Matriz da ficha de avaliação de junho
Matriz da ficha de avaliação de junhoMatriz da ficha de avaliação de junho
Matriz da ficha de avaliação de junho
 
Resumo cavaleiro dinamarca_hp
Resumo cavaleiro dinamarca_hpResumo cavaleiro dinamarca_hp
Resumo cavaleiro dinamarca_hp
 
Teste sumativo 2
Teste sumativo 2Teste sumativo 2
Teste sumativo 2
 
Coordenação e subordinação
Coordenação e subordinaçãoCoordenação e subordinação
Coordenação e subordinação
 
Teste lp
Teste lp Teste lp
Teste lp
 
43548929 teste-cavaleiro-dinamarca
43548929 teste-cavaleiro-dinamarca43548929 teste-cavaleiro-dinamarca
43548929 teste-cavaleiro-dinamarca
 
Classificação de orações
Classificação de oraçõesClassificação de orações
Classificação de orações
 
Roteiro da obra "O Cavaleiro da Dinamarca"
Roteiro da obra "O Cavaleiro da Dinamarca"Roteiro da obra "O Cavaleiro da Dinamarca"
Roteiro da obra "O Cavaleiro da Dinamarca"
 
Coordenação frásica - quadro síntese
Coordenação frásica - quadro sínteseCoordenação frásica - quadro síntese
Coordenação frásica - quadro síntese
 

Semelhante a Mundo Bipolar

SLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptx
SLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptxSLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptx
SLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptx
mariagonalves973552
 
Guerra Fria.pptx
Guerra Fria.pptxGuerra Fria.pptx
Guerra Fria.pptx
VinciusKusma
 
SLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptx
SLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptxSLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptx
SLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptx
DanielFraga25
 
Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)
Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)
Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)
Google
 
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
JUNIOR MADRUGA MADRUGA
 
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
AdrianaVieiraSuprins
 
Geopolítica ordens mundiais.
Geopolítica ordens mundiais.Geopolítica ordens mundiais.
Geopolítica ordens mundiais.
Camila Brito
 
Geografia- Gerra Fria e suas características
Geografia- Gerra Fria e suas característicasGeografia- Gerra Fria e suas características
Geografia- Gerra Fria e suas características
Rachel Facundo
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link:  https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link:  https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Kéliton Ferreira
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
Jorge Almeida
 
Guerra fria
Guerra fria  Guerra fria
Guerra fria
Zeze Silva
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Luciano Pessanha
 
SLIDE-GUERRA-FRIA-9º ANO PORFÍRIO.pptx
SLIDE-GUERRA-FRIA-9º ANO PORFÍRIO.pptxSLIDE-GUERRA-FRIA-9º ANO PORFÍRIO.pptx
SLIDE-GUERRA-FRIA-9º ANO PORFÍRIO.pptx
AntonioVieira539017
 
A Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.ppt
A Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.pptA Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.ppt
A Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.ppt
Bruno Oliveira
 
Guerra fria prof. josédna. wr.
Guerra fria prof. josédna. wr.Guerra fria prof. josédna. wr.
Guerra fria prof. josédna. wr.
Willi Roger
 
Módulo 8 unidade 1.2 guerra fria
Módulo 8 unidade 1.2 guerra friaMódulo 8 unidade 1.2 guerra fria
Módulo 8 unidade 1.2 guerra fria
angelamoliveira
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
O mundo após 1945
O mundo após 1945O mundo após 1945
O mundo após 1945
Hélio Santos
 
Geografia guerra fria
Geografia   guerra friaGeografia   guerra fria
Geografia guerra fria
Moacir E Nalin
 
Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar
Elizangela Silva
 

Semelhante a Mundo Bipolar (20)

SLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptx
SLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptxSLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptx
SLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptx
 
Guerra Fria.pptx
Guerra Fria.pptxGuerra Fria.pptx
Guerra Fria.pptx
 
SLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptx
SLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptxSLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptx
SLIDE-GUERRA-FRIA-3-ANO.pptx
 
Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)
Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)
Guerrafriacompleta 120223195554-phpapp01 (1)
 
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
 
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
Guerrafriacompleta 120223195317-phpapp01
 
Geopolítica ordens mundiais.
Geopolítica ordens mundiais.Geopolítica ordens mundiais.
Geopolítica ordens mundiais.
 
Geografia- Gerra Fria e suas características
Geografia- Gerra Fria e suas característicasGeografia- Gerra Fria e suas características
Geografia- Gerra Fria e suas características
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link:  https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link:  https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Guerra fria
Guerra fria  Guerra fria
Guerra fria
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
SLIDE-GUERRA-FRIA-9º ANO PORFÍRIO.pptx
SLIDE-GUERRA-FRIA-9º ANO PORFÍRIO.pptxSLIDE-GUERRA-FRIA-9º ANO PORFÍRIO.pptx
SLIDE-GUERRA-FRIA-9º ANO PORFÍRIO.pptx
 
A Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.ppt
A Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.pptA Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.ppt
A Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.ppt
 
Guerra fria prof. josédna. wr.
Guerra fria prof. josédna. wr.Guerra fria prof. josédna. wr.
Guerra fria prof. josédna. wr.
 
Módulo 8 unidade 1.2 guerra fria
Módulo 8 unidade 1.2 guerra friaMódulo 8 unidade 1.2 guerra fria
Módulo 8 unidade 1.2 guerra fria
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
O mundo após 1945
O mundo após 1945O mundo após 1945
O mundo após 1945
 
Geografia guerra fria
Geografia   guerra friaGeografia   guerra fria
Geografia guerra fria
 
Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar
 

Mais de Carlos Vieira

Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
Carlos Vieira
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
Carlos Vieira
 
O Patriota
O PatriotaO Patriota
O Patriota
Carlos Vieira
 
As sufragistas
As sufragistasAs sufragistas
As sufragistas
Carlos Vieira
 
Madame bovary
Madame bovaryMadame bovary
Madame bovary
Carlos Vieira
 
Cavalo de guerra
Cavalo de guerraCavalo de guerra
Cavalo de guerra
Carlos Vieira
 
Danton
DantonDanton
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalinaCultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao NeoclassicoCultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococóCultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococó
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacionalCultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacional
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococoCultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococo
Carlos Vieira
 
Cultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococoCultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococo
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura BarrocaCultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura Barroca
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura BarrocaCultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura Barroca
Carlos Vieira
 
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura BarrocaCultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
Carlos Vieira
 
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de VersalhesCultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Carlos Vieira
 
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em PortugalCultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Carlos Vieira
 

Mais de Carlos Vieira (20)

Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
 
O Patriota
O PatriotaO Patriota
O Patriota
 
As sufragistas
As sufragistasAs sufragistas
As sufragistas
 
Madame bovary
Madame bovaryMadame bovary
Madame bovary
 
Cavalo de guerra
Cavalo de guerraCavalo de guerra
Cavalo de guerra
 
Danton
DantonDanton
Danton
 
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalinaCultura do Salão – Lisboa pombalina
Cultura do Salão – Lisboa pombalina
 
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao NeoclassicoCultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
Cultura do Salão – Introdução ao Neoclassico
 
Cultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococóCultura do Salão – Pintura do rococó
Cultura do Salão – Pintura do rococó
 
Cultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacionalCultura do Salão – Rococo internacional
Cultura do Salão – Rococo internacional
 
Cultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococoCultura do Salão – Escultura do rococo
Cultura do Salão – Escultura do rococo
 
Cultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococoCultura do Salão - Origens do rococo
Cultura do Salão - Origens do rococo
 
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal Cultura do Palco - Barroco em Portugal
Cultura do Palco - Barroco em Portugal
 
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
Cultura do Palco - Pintura barroca internacional
 
Cultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura BarrocaCultura do Palco - Pintura Barroca
Cultura do Palco - Pintura Barroca
 
Cultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura BarrocaCultura do Palco - Escultura Barroca
Cultura do Palco - Escultura Barroca
 
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura BarrocaCultura do Palco - Arquitectura Barroca
Cultura do Palco - Arquitectura Barroca
 
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de VersalhesCultura do Barroco - Palácio de Versalhes
Cultura do Barroco - Palácio de Versalhes
 
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em PortugalCultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
Cultura do Palácio - Renascimento e Maneirismo em Portugal
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 

Último (20)

RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 

Mundo Bipolar

  • 1. Mundo Bipolar Carlos Jorge Canto Vieira
  • 2. Mundo Bipolar Consequências da 2ª Guerra Mundial: Enfraquecimento das grandes potências europeias; Emergência de duas novas potências: Comunista Capitalista
  • 3. Mundo Bipolar EUA Foram os maiores beneficiados com a guerra: No auge do esforço de guerra, produziam um navio por dia e um avião a cada 5 minutos. Em seis anos de guerra fabricaram: 87 mil blindados; 296 mil aviões; 2,43 milhões veículos pesados; 53 milhões toneladas navais.
  • 4. Mundo Bipolar EUA Entre 1939 e 1945 duplicaram a sua produção industrial; A Industria Aeronáutica passou a liderar indústria americana; Os Sectores têxtil e químico ficaram sem a concorrência europeia.
  • 5. Mundo Bipolar EUA Doutrina Truman: Reacção à expansão soviética na Europa Oriental; Ajuda financeira aos países europeus antes que os conflitos internos permitissem revoluções socialistas. Harry Truman 1884- 1972 33º Presidente dos EUA
  • 6. Mundo Bipolar EUA Plano Marshall Esforço para deter avanço da URSS; Ajuda à reconstrução das economias dos países europeus através de doação de recursos; Argumento oficial: luta contra fome, pobreza, desespero e caos social; Era extensivo à URSS e à Europa de Leste; Reavivar da economia de mercado.
  • 8. Mundo Bipolar Macartismo Desenvolvido pelo Senador McCarthy; Pretendia procurar os simpatizantes do comunismo nos EUA, denunciá-los e afastá-los dos cargos da Administração Pública; Foi uma “Caça às Bruxas”.
  • 9. Mundo Bipolar URSS Consequências da II Guerra Mundial c. 26 milhões de mortos (c. 14% da população); milhares de feridos e inválidos; Indústria destruída; Campos agrícolas destruídos; Cidades destruídas. Vista aérea de Estalinegrado
  • 10. Mundo Bipolar URSS Consequências da II Guerra Mundial Ganha influência sobre os países libertados no leste europeu; Exerce influência sobre os partidos comunistas dos países ocidentais; Anexa territórios: Bielorússia; Estónia; Lituânia; Letónia; Leste da Prússia Oriental.
  • 12. Mundo Bipolar URSS Oposição aos EUA Recusa do Plano Marshall que considera como “instrumento do capitalismo americano”; Criação em: 1947 do Kominform – órgão de controlo e coordenação dos partidos comunistas europeus; 1949 do Comecon – organização destinada a desenvolver a economia da URSS e dos países de leste. Regresso à economia planificada.
  • 13. Mundo Bipolar Mundo Socialista Europa de Leste: Albânia (1944) Polónia (1945) Jugoslávia (1946) Bulgária (1946) Roménia (1948) Checoslováquia (1949) Hungria (1949) RDA (1949)
  • 14. Mundo Bipolar As Aliança Militares
  • 15. Mundo Bipolar Nato* Fundada em 1949 Aliança militar Área de hegemonia dos EUA Capitalismo Ocidente * Organização do Tratado do Atlântico Norte Pacto de Varsóvia Fundado em 1955 Aliança militar Área de hegemonia da URSS Socialismo Leste Europeu, Oriente e Cuba
  • 16. Mundo Bipolar A Ascensão da China Guerra Civil Chinesa 1945-1949 Nacionalistas Chiang Kai-Chek Comunistas Mao Tsé-Tung Derrotado Foge para a ilha Formosa onde funda a China Nacionalista Vitorioso Funda a República Popular da China e segue o modelo comunista
  • 18. Mundo Bipolar Coexistência Pacífica 1953 – Estaline morre e sobe ao poder Nikita Kruschev: Promove a “destalinização” da URSS. Início de um período de conversações entre a URSS e os EUA. John F. Kennedy 1917-1963 35º Presidente dos EUA Nikita Kruschev 1894-1971 3º Presidente da URSS
  • 19. Mundo Bipolar Conflitos Bloqueio de Berlim – 1948 Guerra da Coreia – 1950-1953 Crise dos mísseis de Cuba - 1962
  • 20. Mundo Bipolar Bloqueio de Berlim - 1948 Em resposta à unificação das três zonas de Berlim Ocidental, Estaline ordena o encerramento das vias terrestres para Berlim;
  • 21. Mundo Bipolar Bloqueio de Berlim Os Aliados Ocidentais decidem reabastecer a cidade por via aérea: Fizeram-se mais de 300 mil voos; Lançaram-se 1,5 milhões de toneladas de abastecimentos.
  • 22. Mundo Bipolar Bloqueio de Berlim Criação de dois estados alemães. Republica Federal da Alemanha Republica Democrática Alemã
  • 23. Mundo Bipolar Bloqueio de Berlim 1961 – Início da construção do Muro; Objectivo: Impedir a passagem de pessoas de Berlim Oriental para Berlim Ocidental. Simbolizava a divisão de dois tipos de regime: o capitalista e o comunista;
  • 25. Mundo Bipolar Bloqueio de Berlim - 1962
  • 26. Esquema do Muro de Berlim Fonte: Revista Visão História, nº 6
  • 29. Mundo Bipolar Guerra da Coreia (1950-53) Durante a II Guerra Mundial a Coreia foi ocupada pelo Japão. Com o fim da guerra, potências aliadas dividiram o território pelo paralelo 38: URSS ficou com o norte EUA ficou com o sul.
  • 30. Mundo Bipolar Guerra da Coreia (1950-53) Cronologia 1948 formam-se dois estados 25 de Junho de 1950: O norte faz um ataque surpresa ao sul. República da Coreia República da Coreia do Norte
  • 31. Mundo Bipolar Guerra da Coreia (1950-53) Conselho de Segurança da ONU decreta intervenção militar, liderada pelos EUA; A URSS limitou-se a prestar ajuda aos norte-coreanos; A China intervém na Guerra ao lado dos Norte coreanos.
  • 32. Mundo Bipolar Fases da Guerra da Coreia (1950-53)
  • 33. Mundo Bipolar Fases da Guerra da Coreia (1950-53)
  • 34. Mundo Bipolar Guerra da Coreia (1950-53) Após 3 anos de guerra, em 27 de Julho de 1953 o armistício é assinado: Volta a vigorar a divisão de 1948.
  • 35. Mundo Bipolar Guerra da Coreia (Actualidade) O território continua dividido: República Democrática Popular da Coreia (norte) com capital em Pyongyang; República da Coreia (sul) com capital em Seul. Fotografia nocturna da Península da Coreia. O contraste entre o Sul e o Norte
  • 36. Mundo Bipolar Crise dos Mísseis de Cuba – 1962 Após a tomada do poder por Fidel Castro, a URSS oferece ajuda financeira, técnica e militar para estruturar o país segundo o modelo socialista. Em troca Fidel Castro autoriza a instalação de bases soviéticas em território cubano.
  • 37. Mundo Bipolar Crise dos Mísseis de Cuba – 1962 Os EUA descobrem os mísseis e não concordam com a instalação em território cubano;
  • 39. Mundo Bipolar Crise dos Mísseis de Cuba – 1962 Consideravam que o território americano estava em perigo e que a proximidade da ilha reduzia a sua capacidade de reacção em caso de ataque;
  • 40. Mundo Bipolar Crise dos Mísseis de Cuba – 1962 O presidente Kennedy ordena um bloqueio naval à ilha de Cuba e exige a retirada dos mísseis, o que viria a acontecer
  • 41. Mundo Bipolar Movimentos de Independência (conceitos) Descolonização Processo pelo qual as colónias se tornam independentes das metrópoles. Anti-colonialismo Sentimento de revolta contra a presença de uma potência colonial num determinado território. Autodeterminação Direito de um povo decidir o seu futuro político.
  • 42. Mundo Bipolar Movimentos de Independência Factores que contribuíram para os movimentos anti-colonialistas: 1º Surgimento nas colónias de uma burguesia empreendedora e de minorias intelectuais educadas na Europa que tomam consciência da injustiça da dominação e lideram os movimentos independentistas; 2º Participação de militares das colónias na II Guerra Mundial; 3º Apoio da URSS e dos EUA às lutas de libertação.
  • 43. Mundo Bipolar Movimentos de Independência 2 tipos de luta Armada Pacífica Vietname Ho Chi Min Índia Gandhi