SlideShare uma empresa Scribd logo
CAPÍTULO - 3
Nazi fascismo
Características do Fascismo Italiano

Estado corporativo –Subordinação do Capital e
do Trabalho ao Estado. Proibição de greves .

Totalitarismo – Negação dos ideais liberal-
democráticos. Absoluta soberania do Estado. Só
pode existir “um partido fascista, uma imprensa
fascista e uma educação fascista”.

Nacionalismo – A nação deve ser grande e
forte, “pela autossuficiência, por um poderoso
exército e pela rápida elevação do índice de
natalidade”.

Antissocialista - O fascismo se opõe à
interpretação materialista da história.
É, sobretudo, contra o materialismo e dialética
dos marxistas.

Militarismo – As nações que não se expandem –
morrem. “A guerra exalta e enobrece o
homem, e regenera os povos ociosos e
decadentes”.
Nazi fascismo
Os italianos, arrasados, buscavam uma nova forma de governo para se
reerguerem. Benito Mussolini, líder fascista, aproveitou-se da situação e impôs
sua ideologia, inicialmente encontrando grande apoio da massa e, por
fim, instaurando uma ditadura na Itália.
O fascismo surge, no pós 1ª Guerra, como um radical movimento anticomunista.
É uma reação de extrema direita contra o sucesso da Revolução bolchevique de
1917 na Rússia. Mussolini fundou o Partido Fascista em 23 de março de 1919.
Em 1920, grupos armados, conservadores e insatisfeitos, liderados por
Mussolini, partiram para a contra-ofensiva, praticando "investidas punitivas"
contra os socialistas.
DEMONSTRAÇÃO DE FORÇA - À frente da Marcha sobre Roma em 1922, o Duce
se apresenta ao rei da Itália e é encarregado de formar o governo: o fascismo
chega ao poder .
Nazi fascismo
Nazi fascismo
Em 1929, Benito Mussolini e Pio XI assinaram o Tratado de Latrão, no qual se
reconhecia a soberania do Estado do Vaticano.
Nazi fascismo
Nazi fascismo
Estado corporativo, Totalitarismo
Nacionalismo, Antissocialismo,
Militarismo;

Antissemitismo ( semita – judeu )
os judeus pertenciam a uma “raça”
inferior, e poderiam corromper e
destruir a pureza alemã, portanto
deveriam ser aniquilados.

Superioridade da “raça” ariana
As “raças” inferiores devem ser
submetidas e dominadas.

Expansionismo
o povo alemão tinha o direito de
conquistar seu espaço vital
Nazi fascismo
Cristo e Marx, dois judeus, pregavam a igualdade entre os homens e a resignação, ideias
que Hitler considerava nocivas ao povo alemão. Daí, surgiu sua doutrina racista, segundo a
qual os homens eram desiguais por natureza. A raça superior era a dos arianos
(germânicos), altos e alourados.
Nazi fascismo
Nazi fascismo
Situação da Alemanha após Primeira Guerra Mundial:


* A crise de 1929 permitiu a ascensão ao poder do líder do partido Nazista, Adolf Hitler.

* Após a organização do Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães
(Nazista), Hitler percorreu a Alemanha para divulgá-lo e conseguir mais adeptos.
Nazi fascismo
Nazi fascismo
Nazi fascismo
Em 1923, Hitler tentou um golpe para
tomar o poder (Putsch de Munique), foi
preso e na prisão escreveu um livro
MEIN KAMPF ( Minha Luta).
Fundou a SA (Tropas de choque) e a SS
(Unidade de Proteção).
“Poderia haver uma sujidade, uma impudência de qualquer natureza na
vida cultural da nação em que, pelo menos um judeu, não estivesse
envolvido? Quem, cautelosamente, abrisse o tumor haveria de
encontrar, protegido contra as surpresas da luz, algum judeuzinho. Isso é
tão fatal como a existência de vermes nos corpos putrefatos”.


“Toda propaganda tem que ser popular e acomodar-se à compreensão do
menos inteligente dentre aqueles que pretende atingir”.

“As grandes causas devem seu desenvolvimento não aos grandes
escritores mas aos grandes oradores”.

“Torne a mentira grande, simplifique-a, continue afirmando-a, e
eventualmente todos acreditarão nela’.

“Na guerra eterna a humanidade se torna grande - na paz eterna, a
humanidade se arruinaria”.
Em 26 de janeiro de 1933 o Reichstag foi incendiado e a acusação recaiu sobre o
Partido Comunista Alemão. Na mesma noite cerca de 5 mil comunistas foram
presos e vários assassinados.
A 30 de Janeiro de 1933, Adolf Hitler assumiu como Chanceler (1º ministro).
Nazi fascismo
Nazi fascismo
Nazi fascismo
Nazi fascismo
Nazi fascismo
Nazi fascismo
Nazi fascismo
Nazi fascismo
Sacro Império Romano-
                   Germânico
                       ( Idade Média )



Unificação da Alemanha




Alemanha nazista
Com a sua oratória e com todos os meios de comunicação alemães
sob o controle do seu chefe de propaganda, o Dr. Joseph
Goebbels, conseguiu convencer a maioria dos Alemães de que ele era
o salvador da Depressão, dos Comunistas, do tratado de Versalhes, e
dos judeus.
No Brasil, “carecas”, skinheads e white
power são alguns dos grupos em
evidência nos grandes centros
urbanos, promovendo ataques
verbais, pichações e agressões
dirigidas principalmente contra os
imigrantes nordestinos e a comunidade
judaica.


Outras formas – Regimes semelhantes
surgem em outros países.
Na Espanha (1939-1975), com o general
Francisco Franco , surge o franquismo.
 Em Portugal (1929-1974), com o então
primeiro-ministro António de Oliveira
Salazar, desenvolve-se o salazarismo.
No Brasil, o fascismo acompanha o
Estado Novo (1937-1945) com o
movimento integralista.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINIO FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo
Adail Silva
 
Nazifascismo
Nazifascismo Nazifascismo
Nazifascismo
KellyCarvalho2011
 
Nazismo
NazismoNazismo
CaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do NazismoCaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do Nazismo
Sílvia Mendonça
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
eiprofessor
 
Facismo, Franquismo e Nazismo
Facismo, Franquismo e NazismoFacismo, Franquismo e Nazismo
Facismo, Franquismo e Nazismo
Camila Brazão
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
Jorge Almeida
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
Fabiana Tonsis
 
O Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o NazismoO Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o Nazismo
_7udy_
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
Edirlene Fraga
 
Ascensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismoAscensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismo
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
Barbara Brito
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
Jorge Almeida
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
Creusa Lima
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
Maria Gomes
 
O nazifascimo
O nazifascimoO nazifascimo
O nazifascimo
Marcelo Ferreira Boia
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
Jorge Almeida
 
Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
aygres
 

Mais procurados (20)

Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINIO FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
 
Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo
 
Nazifascismo
Nazifascismo Nazifascismo
Nazifascismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
CaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do NazismoCaracteríSticas Do Nazismo
CaracteríSticas Do Nazismo
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Facismo, Franquismo e Nazismo
Facismo, Franquismo e NazismoFacismo, Franquismo e Nazismo
Facismo, Franquismo e Nazismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
 
O Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o NazismoO Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o Nazismo
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Ascensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismoAscensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
 
O nazifascimo
O nazifascimoO nazifascimo
O nazifascimo
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 
Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
 

Semelhante a Nazi fascismo

Slide nazismo
Slide nazismoSlide nazismo
Slide nazismo
Isabel Aguiar
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
MargarethFranklim
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
MargarethFranklim
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Rita Quaresma Avellar
 
Nazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazarNazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazar
kyzinha
 
Nazismo
NazismoNazismo
Periodo Entre Guerras
Periodo Entre Guerras Periodo Entre Guerras
Periodo Entre Guerras
Carlos Teles de Menezes Junior
 
Ativ 7 emiliana
Ativ 7 emilianaAtiv 7 emiliana
Ativ 7 emiliana
em casa
 
Totalitarismos
Totalitarismos Totalitarismos
Totalitarismos
RaQuel Oliveira
 
Os regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europaOs regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europa
Nelia Salles Nantes
 
Nazi fascismo a
Nazi fascismo aNazi fascismo a
Nazi fascismo a
Rodrigo Moysés
 
Regimes Totalitários Fascismo e Nazismo
Regimes Totalitários Fascismo e NazismoRegimes Totalitários Fascismo e Nazismo
Regimes Totalitários Fascismo e Nazismo
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Governos totalitários
Governos totalitáriosGovernos totalitários
Governos totalitários
matheusdesamarins
 
Estados Totalitários (anti-liberais)
Estados Totalitários (anti-liberais)Estados Totalitários (anti-liberais)
Estados Totalitários (anti-liberais)
Matheus Santos
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Totalitarios
TotalitariosTotalitarios
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
jbmaxdesigner
 
Os regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europaOs regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europa
Nelia Salles Nantes
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
lbnemer
 
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Altair Moisés Aguilar
 

Semelhante a Nazi fascismo (20)

Slide nazismo
Slide nazismoSlide nazismo
Slide nazismo
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Nazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazarNazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazar
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Periodo Entre Guerras
Periodo Entre Guerras Periodo Entre Guerras
Periodo Entre Guerras
 
Ativ 7 emiliana
Ativ 7 emilianaAtiv 7 emiliana
Ativ 7 emiliana
 
Totalitarismos
Totalitarismos Totalitarismos
Totalitarismos
 
Os regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europaOs regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europa
 
Nazi fascismo a
Nazi fascismo aNazi fascismo a
Nazi fascismo a
 
Regimes Totalitários Fascismo e Nazismo
Regimes Totalitários Fascismo e NazismoRegimes Totalitários Fascismo e Nazismo
Regimes Totalitários Fascismo e Nazismo
 
Governos totalitários
Governos totalitáriosGovernos totalitários
Governos totalitários
 
Estados Totalitários (anti-liberais)
Estados Totalitários (anti-liberais)Estados Totalitários (anti-liberais)
Estados Totalitários (anti-liberais)
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Totalitarios
TotalitariosTotalitarios
Totalitarios
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Os regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europaOs regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europa
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
 

Mais de Paulo Henrique

Mudança e transformação social
Mudança e transformação socialMudança e transformação social
Mudança e transformação social
Paulo Henrique
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
Paulo Henrique
 
Primeiraguerramundial 120518182710-phpapp02
Primeiraguerramundial 120518182710-phpapp02Primeiraguerramundial 120518182710-phpapp02
Primeiraguerramundial 120518182710-phpapp02
Paulo Henrique
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
Paulo Henrique
 
Crise de 29
Crise de 29Crise de 29
Crise de 29
Paulo Henrique
 
Barroco brasileiro
Barroco brasileiroBarroco brasileiro
Barroco brasileiro
Paulo Henrique
 

Mais de Paulo Henrique (6)

Mudança e transformação social
Mudança e transformação socialMudança e transformação social
Mudança e transformação social
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
Primeiraguerramundial 120518182710-phpapp02
Primeiraguerramundial 120518182710-phpapp02Primeiraguerramundial 120518182710-phpapp02
Primeiraguerramundial 120518182710-phpapp02
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
Crise de 29
Crise de 29Crise de 29
Crise de 29
 
Barroco brasileiro
Barroco brasileiroBarroco brasileiro
Barroco brasileiro
 

Nazi fascismo

  • 3. Características do Fascismo Italiano Estado corporativo –Subordinação do Capital e do Trabalho ao Estado. Proibição de greves . Totalitarismo – Negação dos ideais liberal- democráticos. Absoluta soberania do Estado. Só pode existir “um partido fascista, uma imprensa fascista e uma educação fascista”. Nacionalismo – A nação deve ser grande e forte, “pela autossuficiência, por um poderoso exército e pela rápida elevação do índice de natalidade”. Antissocialista - O fascismo se opõe à interpretação materialista da história. É, sobretudo, contra o materialismo e dialética dos marxistas. Militarismo – As nações que não se expandem – morrem. “A guerra exalta e enobrece o homem, e regenera os povos ociosos e decadentes”.
  • 5. Os italianos, arrasados, buscavam uma nova forma de governo para se reerguerem. Benito Mussolini, líder fascista, aproveitou-se da situação e impôs sua ideologia, inicialmente encontrando grande apoio da massa e, por fim, instaurando uma ditadura na Itália.
  • 6. O fascismo surge, no pós 1ª Guerra, como um radical movimento anticomunista. É uma reação de extrema direita contra o sucesso da Revolução bolchevique de 1917 na Rússia. Mussolini fundou o Partido Fascista em 23 de março de 1919. Em 1920, grupos armados, conservadores e insatisfeitos, liderados por Mussolini, partiram para a contra-ofensiva, praticando "investidas punitivas" contra os socialistas.
  • 7. DEMONSTRAÇÃO DE FORÇA - À frente da Marcha sobre Roma em 1922, o Duce se apresenta ao rei da Itália e é encarregado de formar o governo: o fascismo chega ao poder .
  • 10. Em 1929, Benito Mussolini e Pio XI assinaram o Tratado de Latrão, no qual se reconhecia a soberania do Estado do Vaticano.
  • 13. Estado corporativo, Totalitarismo Nacionalismo, Antissocialismo, Militarismo; Antissemitismo ( semita – judeu ) os judeus pertenciam a uma “raça” inferior, e poderiam corromper e destruir a pureza alemã, portanto deveriam ser aniquilados. Superioridade da “raça” ariana As “raças” inferiores devem ser submetidas e dominadas. Expansionismo o povo alemão tinha o direito de conquistar seu espaço vital
  • 15. Cristo e Marx, dois judeus, pregavam a igualdade entre os homens e a resignação, ideias que Hitler considerava nocivas ao povo alemão. Daí, surgiu sua doutrina racista, segundo a qual os homens eram desiguais por natureza. A raça superior era a dos arianos (germânicos), altos e alourados.
  • 18. Situação da Alemanha após Primeira Guerra Mundial: * A crise de 1929 permitiu a ascensão ao poder do líder do partido Nazista, Adolf Hitler. * Após a organização do Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães (Nazista), Hitler percorreu a Alemanha para divulgá-lo e conseguir mais adeptos.
  • 22. Em 1923, Hitler tentou um golpe para tomar o poder (Putsch de Munique), foi preso e na prisão escreveu um livro MEIN KAMPF ( Minha Luta). Fundou a SA (Tropas de choque) e a SS (Unidade de Proteção).
  • 23. “Poderia haver uma sujidade, uma impudência de qualquer natureza na vida cultural da nação em que, pelo menos um judeu, não estivesse envolvido? Quem, cautelosamente, abrisse o tumor haveria de encontrar, protegido contra as surpresas da luz, algum judeuzinho. Isso é tão fatal como a existência de vermes nos corpos putrefatos”. “Toda propaganda tem que ser popular e acomodar-se à compreensão do menos inteligente dentre aqueles que pretende atingir”. “As grandes causas devem seu desenvolvimento não aos grandes escritores mas aos grandes oradores”. “Torne a mentira grande, simplifique-a, continue afirmando-a, e eventualmente todos acreditarão nela’. “Na guerra eterna a humanidade se torna grande - na paz eterna, a humanidade se arruinaria”.
  • 24. Em 26 de janeiro de 1933 o Reichstag foi incendiado e a acusação recaiu sobre o Partido Comunista Alemão. Na mesma noite cerca de 5 mil comunistas foram presos e vários assassinados. A 30 de Janeiro de 1933, Adolf Hitler assumiu como Chanceler (1º ministro).
  • 33. Sacro Império Romano- Germânico ( Idade Média ) Unificação da Alemanha Alemanha nazista
  • 34. Com a sua oratória e com todos os meios de comunicação alemães sob o controle do seu chefe de propaganda, o Dr. Joseph Goebbels, conseguiu convencer a maioria dos Alemães de que ele era o salvador da Depressão, dos Comunistas, do tratado de Versalhes, e dos judeus.
  • 35. No Brasil, “carecas”, skinheads e white power são alguns dos grupos em evidência nos grandes centros urbanos, promovendo ataques verbais, pichações e agressões dirigidas principalmente contra os imigrantes nordestinos e a comunidade judaica. Outras formas – Regimes semelhantes surgem em outros países. Na Espanha (1939-1975), com o general Francisco Franco , surge o franquismo. Em Portugal (1929-1974), com o então primeiro-ministro António de Oliveira Salazar, desenvolve-se o salazarismo. No Brasil, o fascismo acompanha o Estado Novo (1937-1945) com o movimento integralista.