SlideShare uma empresa Scribd logo
Mundo	
  Romano:	
  da	
  cidade-­‐estado	
  a	
  formação	
  do	
  império	
  
	
  
Conteúdos	
  que	
  serão	
  abordados:	
   •  Origens	
  Lendárias	
  de	
  Roma;	
  
•  Monarquia	
  e	
  República;	
  
•  Grupos	
  sociais;	
  
•  Expansão	
  territorial;	
  
•  Transformações	
  sociais;	
  
•  Formação	
  do	
  Império;	
  
•  Apogeu	
  e	
  declínio	
  do	
  Império.	
  
Mundo	
  Romano:	
  monarquia	
  (753-­‐509	
  a.C)	
  
•  Segundo	
  a	
  tradição	
  lendária	
  Roma	
  
foi	
  fundada	
  em	
  753	
  a.C.	
  por	
  Rômulo	
  
e	
  Remo,	
  sendo	
  Rômulo	
  o	
  primeiro	
  
rei;	
  
	
  
•  A	
  lenda	
  também	
  atribui	
  a	
  Rômulo	
  a	
  
iniciaPva	
  do	
  rapto	
  das	
  mulheres	
  do	
  
povo	
  sabino;	
  
•  Teria	
  havido	
  7	
  reis	
  romanos,	
  sendo	
  
os	
  três	
  úlPmos	
  de	
  origem	
  etrusca.	
  
Rapito	
  das	
  Sabinas	
  
Sarcófago	
  Etrusco	
  
Península	
  Itálica	
  no	
  século	
  VI	
  a.C	
  
Mundo	
  Romano:	
  república	
  (509-­‐27	
  a.C)	
  
•  A	
  República	
  romana	
  raPficou	
  o	
  poder	
  dos	
  
patrícios	
  de	
  origem	
  laPna.	
  
•  Os	
  grupos	
  sociais	
  romanos	
  eram:	
  PATRÍCIOS,	
  
PLEBEUS	
  E	
  ESCRAVOS;	
  
•  Havia	
  ainda	
  os	
  CLIENTES,	
  plebeus	
  que	
  viviam	
  
sob	
  proteção	
  das	
  famílias	
  patrícias.	
  
hp://historiandonanet07.files.wordpress.com/2011/04/roma03.jpg	
  
Mundo	
  Romano:	
  república	
  (509-­‐27	
  a.C)	
  
•  Senado	
   (legislaPvo)	
   era	
   o	
   principal	
   poder	
  
republicano,	
   mas	
   havia	
   uma	
   série	
   de	
  
magistraturas,	
  onde	
  os	
  indivíduos	
  eram	
  eleitos	
  por	
  
alguma	
  assembleia;	
  
•  A	
   mais	
   alta	
   magistratura	
   era	
   a	
   de	
   cônsul,	
  
equivalente	
  ao	
  poder	
  execuPvo	
  romano.	
  
•  Outra	
  importante	
  magistratura	
  era	
  a	
  de	
  Tribuno	
  da	
  
Plebe.	
  
hp://omundodeligialopes.blogspot.com.br/2010_06_27_archive.html	
  
Mundo	
  Romano:	
  república	
  (509-­‐27	
  a.C)	
  
•  Entre	
  os	
  séculos	
  V	
  e	
  III	
  a.C.	
  os	
  romanos	
  conquistaram	
  a	
  Península	
  Itálica;	
  
•  Entre	
   os	
   séculos	
   III	
   e	
   II	
   a.C.	
   foram	
   realizadas	
   as	
   Guerras	
   Púnicas	
   (Roma	
   x	
   Cartago),	
   que	
  
possibilitaram	
  o	
  domínio	
  romano	
  sobre	
  o	
  Mediterrâneo,	
  o	
  “mare	
  nostrum”	
  romano.	
  
	
  
Mundo	
  Romano:	
  república	
  (509-­‐27	
  a.C)	
  
hp://www.portalplanetasedna.com.ar/punicas.htm	
  
Mundo	
  Romano:	
  república	
  (509-­‐27	
  a.C)	
  
Com	
  as	
  conquistas	
  militares:	
  
	
  
•  O	
  estado	
  romano	
  tornou-­‐se	
  muito	
  mais	
  rico;	
  
•  Aumentou	
  o	
  número	
  de	
  escravos;	
  
	
  
•  O	
  poder	
  do	
  senado	
  se	
  enfraqueceu	
  e	
  houve	
  o	
  fortalecimento	
  dos	
  líderes	
  militares,	
  como	
  Cipião,	
  o	
  
Africano,	
  Mário	
  e	
  Sila.	
  
Mundo	
  Romano:	
  república	
  (509-­‐27	
  a.C)	
  
•  Entre	
  os	
  séculos	
  II	
  e	
  I	
  a.C.	
  ocorreram	
  as	
  ditaduras	
  
de	
  Mario	
  (105-­‐87	
  a.C.)	
  e	
  Sila	
  (87-­‐78	
  a.C.);	
  
	
  
•  Em	
   60	
   a.C.	
   o	
   senado	
   nomeou	
   cônsules	
   com	
  
plenos	
  poderes	
  Pompeu	
  e	
  Crasso,	
  que	
  em	
  59	
  a.C.	
  
juntaram-­‐se	
   a	
   Júlio	
   Cesar,	
   formando	
   o	
   Primeiro	
  
Triunvirato.	
  
Mundo	
  Romano:	
  república	
  (509-­‐27	
  a.C)	
  
•  César	
   obteve	
   enorme	
   prespgio	
   ao	
   conquistar	
   a	
  
Gália	
   (58	
   a.C.),	
   enquanto	
   Crasso	
   morria	
   em	
  
batalha	
  no	
  Oriente	
  (53	
  a.C.);	
  
•  Pompeu	
  e	
  César	
  disputam	
  o	
  poder,	
  com	
  a	
  vitória	
  
de	
   César	
   (48	
   a.C.)	
   que	
   se	
   impôs	
   como	
   ditador	
  
romano	
  (48-­‐44	
  a.C);	
  
	
  
•  César	
   estabeleceu	
   um	
   poder	
   pessoal,	
  
marginalizando	
   o	
   senado,	
   por	
   isso	
   foi	
   víPma	
   de	
  
uma	
  conspiração	
  que	
  o	
  matou	
  
Mundo	
  Romano:	
  república	
  (509-­‐27	
  a.C)	
  
•  No	
  ano	
  43	
  a.C.	
  foi	
  formado	
  o	
  Segundo	
  Triunvirato	
  	
  
por	
  Otávio,	
  Marco	
  Antonio	
  e	
  Lépido;	
  
•  Lépido	
  rapidamente	
  foi	
  afastado	
  do	
  poder	
  e	
  
Marco	
  Antonio	
  e	
  Otávio	
  dividiram	
  entre	
  si	
  o	
  
poder;	
  
•  Anos	
  após	
  o	
  acordo	
  os	
  dois	
  governantes	
  entraram	
  
em	
  choque,	
  tendo	
  sido	
  Marco	
  Antonio	
  derrotado,	
  
juntamente	
  com	
  sua	
  aliada	
  egípcia	
  Cleópatra,	
  na	
  
Batalha	
  de	
  Ácio	
  (31	
  a.C.).	
  
Mundo	
  Romano:	
  república	
  (509-­‐27	
  a.C)	
  
•  Em	
  27	
  a.C.	
  Otávio	
  recebeu	
  do	
  senado	
  o	
  ptulo	
  de	
  
AUGUSTO,	
  que	
  significa	
  Divino.	
  
	
  
•  Augusto	
   é	
   considerado	
   o	
   primeiro	
   imperador	
  
romano;	
  
•  A	
   primeira	
   dinasPa	
   de	
   imperadores	
   é	
   chamada	
  
Julio-­‐Claudiana	
   (27	
   a.C.	
   –	
   68)	
   formada	
   por	
  
Augusto	
   (27	
   a.C.-­‐14),	
   Tibério	
   (14-­‐37),	
   Calígula	
  
(37-­‐41),	
  Cláudio	
  (41-­‐54)	
  e	
  Nero	
  (54-­‐68)	
  

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O mundo romano no apogeu do império - II
O mundo romano  no apogeu do império - IIO mundo romano  no apogeu do império - II
O mundo romano no apogeu do império - II
Carlos Pinheiro
 
História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!
História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!
História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!
Joemille Leal
 
Romanos monarquia e república
Romanos   monarquia e repúblicaRomanos   monarquia e república
Romanos monarquia e república
Fatima Freitas
 
Roma antiga resumo
Roma antiga resumoRoma antiga resumo
Roma antiga resumo
Gisele Finatti Baraglio
 
Roma
RomaRoma
Roma
RomaRoma
A Civilização Romana
A Civilização RomanaA Civilização Romana
A Civilização Romana
Paulo Alexandre
 
Império Romano
Império RomanoImpério Romano
Império Romano
Pitágoras
 
A Civilização Romana
A Civilização RomanaA Civilização Romana
A Civilização Romana
Gilmar Rodrigues
 
3° ano - Civilização Romana - aula 1
3° ano - Civilização Romana - aula 13° ano - Civilização Romana - aula 1
3° ano - Civilização Romana - aula 1
Daniel Alves Bronstrup
 
O império romano
O império romanoO império romano
O império romano
Laís Uchôa
 
Roma a.C.
Roma a.C.Roma a.C.
Roma a.C.
Sofia Marques
 
O expansionismo romano
O expansionismo romanoO expansionismo romano
O expansionismo romano
Laguat
 
Aula I Imperio Romano
Aula I Imperio RomanoAula I Imperio Romano
Aula I Imperio Romano
guest12728e
 
Roma antiga
Roma antigaRoma antiga
A roma antiga
A roma antigaA roma antiga
A roma antiga
henriquescb
 
Império Romano
Império RomanoImpério Romano
Império Romano
Carlos Vieira
 
04. aula de história geral - roma antiga
04. aula de história geral - roma antiga04. aula de história geral - roma antiga
04. aula de história geral - roma antiga
Darlan Campos
 
Roma Antiga
Roma AntigaRoma Antiga
Roma Antiga
Daniel Florence
 
R O M A A N T I G A
R O M A  A N T I G AR O M A  A N T I G A
R O M A A N T I G A
guest991a823b
 

Mais procurados (20)

O mundo romano no apogeu do império - II
O mundo romano  no apogeu do império - IIO mundo romano  no apogeu do império - II
O mundo romano no apogeu do império - II
 
História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!
História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!
História de roma antiga e o império romano/Dica Enem!
 
Romanos monarquia e república
Romanos   monarquia e repúblicaRomanos   monarquia e república
Romanos monarquia e república
 
Roma antiga resumo
Roma antiga resumoRoma antiga resumo
Roma antiga resumo
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
A Civilização Romana
A Civilização RomanaA Civilização Romana
A Civilização Romana
 
Império Romano
Império RomanoImpério Romano
Império Romano
 
A Civilização Romana
A Civilização RomanaA Civilização Romana
A Civilização Romana
 
3° ano - Civilização Romana - aula 1
3° ano - Civilização Romana - aula 13° ano - Civilização Romana - aula 1
3° ano - Civilização Romana - aula 1
 
O império romano
O império romanoO império romano
O império romano
 
Roma a.C.
Roma a.C.Roma a.C.
Roma a.C.
 
O expansionismo romano
O expansionismo romanoO expansionismo romano
O expansionismo romano
 
Aula I Imperio Romano
Aula I Imperio RomanoAula I Imperio Romano
Aula I Imperio Romano
 
Roma antiga
Roma antigaRoma antiga
Roma antiga
 
A roma antiga
A roma antigaA roma antiga
A roma antiga
 
Império Romano
Império RomanoImpério Romano
Império Romano
 
04. aula de história geral - roma antiga
04. aula de história geral - roma antiga04. aula de história geral - roma antiga
04. aula de história geral - roma antiga
 
Roma Antiga
Roma AntigaRoma Antiga
Roma Antiga
 
R O M A A N T I G A
R O M A  A N T I G AR O M A  A N T I G A
R O M A A N T I G A
 

Destaque

Imperio Romano
Imperio RomanoImperio Romano
Imperio Romano
gabicasta2014
 
Roma prof. andre teixeira
Roma prof. andre teixeiraRoma prof. andre teixeira
Roma prof. andre teixeira
Tâmara Almeida
 
Direito romano segundo_gilissen
Direito romano segundo_gilissenDireito romano segundo_gilissen
Direito romano segundo_gilissen
Daniele Moura
 
Diapositivas estado romano
Diapositivas estado romanoDiapositivas estado romano
Diapositivas estado romano
Angélica Piedra
 
Roma Antiga
Roma AntigaRoma Antiga
Direito romano
Direito romanoDireito romano
Direito romano
Daniele Moura
 
Grécia 01
Grécia 01Grécia 01
Perodo joanino
Perodo joaninoPerodo joanino
Perodo joanino
Ronaldo Santos
 
Direito romano
Direito romanoDireito romano
Direito romano
Alessandro Ramos
 
slide aula período joanino
slide aula período joaninoslide aula período joanino
slide aula período joanino
Zivaini Pio de Santana
 
17 Periodo Joanino
17 Periodo Joanino17 Periodo Joanino
17 Periodo Joanino
Renato Coutinho
 
Expansão romana
Expansão romanaExpansão romana
Expansão romana
nilmarfgalvao
 
Resumão de história do direito
Resumão de história do direitoResumão de história do direito
Resumão de história do direitoInsinuante
 
A grécia antiga – cidades estado
A grécia antiga – cidades estadoA grécia antiga – cidades estado
A grécia antiga – cidades estado
Mariajosesantos57
 
A DEMOCRACIA GREGA
A DEMOCRACIA GREGAA DEMOCRACIA GREGA
A DEMOCRACIA GREGA
Isabel Aguiar
 
Roma religião
Roma religiãoRoma religião
Roma religião
Maria Gomes
 
Período Joanino
Período JoaninoPeríodo Joanino
Período Joanino
Wellersonln
 
Período Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I ReinadoPeríodo Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I Reinado
eiprofessor
 
A Cidade Estado na Grécia
A Cidade Estado na GréciaA Cidade Estado na Grécia
A Cidade Estado na Grécia
Maria Gomes
 
O império romano, romanização e economia
O império romano, romanização e economiaO império romano, romanização e economia
O império romano, romanização e economia
Lúcia Texeira
 

Destaque (20)

Imperio Romano
Imperio RomanoImperio Romano
Imperio Romano
 
Roma prof. andre teixeira
Roma prof. andre teixeiraRoma prof. andre teixeira
Roma prof. andre teixeira
 
Direito romano segundo_gilissen
Direito romano segundo_gilissenDireito romano segundo_gilissen
Direito romano segundo_gilissen
 
Diapositivas estado romano
Diapositivas estado romanoDiapositivas estado romano
Diapositivas estado romano
 
Roma Antiga
Roma AntigaRoma Antiga
Roma Antiga
 
Direito romano
Direito romanoDireito romano
Direito romano
 
Grécia 01
Grécia 01Grécia 01
Grécia 01
 
Perodo joanino
Perodo joaninoPerodo joanino
Perodo joanino
 
Direito romano
Direito romanoDireito romano
Direito romano
 
slide aula período joanino
slide aula período joaninoslide aula período joanino
slide aula período joanino
 
17 Periodo Joanino
17 Periodo Joanino17 Periodo Joanino
17 Periodo Joanino
 
Expansão romana
Expansão romanaExpansão romana
Expansão romana
 
Resumão de história do direito
Resumão de história do direitoResumão de história do direito
Resumão de história do direito
 
A grécia antiga – cidades estado
A grécia antiga – cidades estadoA grécia antiga – cidades estado
A grécia antiga – cidades estado
 
A DEMOCRACIA GREGA
A DEMOCRACIA GREGAA DEMOCRACIA GREGA
A DEMOCRACIA GREGA
 
Roma religião
Roma religiãoRoma religião
Roma religião
 
Período Joanino
Período JoaninoPeríodo Joanino
Período Joanino
 
Período Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I ReinadoPeríodo Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I Reinado
 
A Cidade Estado na Grécia
A Cidade Estado na GréciaA Cidade Estado na Grécia
A Cidade Estado na Grécia
 
O império romano, romanização e economia
O império romano, romanização e economiaO império romano, romanização e economia
O império romano, romanização e economia
 

Semelhante a Mundo Romano: Da cidade-estado a formação do império.

Aula 3 Roma Pps
Aula 3 Roma PpsAula 3 Roma Pps
Aula 3 Roma Pps
Lucileida Castro
 
Roma
RomaRoma
Roma
RomaRoma
1° ano império romano - completo
1° ano    império romano - completo1° ano    império romano - completo
1° ano império romano - completo
Daniel Alves Bronstrup
 
A Civilização Romana
A Civilização RomanaA Civilização Romana
A Civilização Romana
Jorge Miklos
 
Roma antiga
Roma antigaRoma antiga
Roma antiga
Janaína Tavares
 
Civilização romana ii
Civilização romana iiCivilização romana ii
Civilização romana ii
Fernando Fagundes
 
Apresentação 01
Apresentação 01Apresentação 01
Apresentação 01
Odairdesouza
 
[Aula+12]+Roma+Antiga.pptx
[Aula+12]+Roma+Antiga.pptx[Aula+12]+Roma+Antiga.pptx
[Aula+12]+Roma+Antiga.pptx
WaldemarNeto9
 
Roma antiga- Monarquia, República e Império
Roma antiga- Monarquia, República e Império Roma antiga- Monarquia, República e Império
Roma antiga- Monarquia, República e Império
RmuloSilvrio
 
Aula 03 roma
Aula 03   romaAula 03   roma
O império romano
O império romanoO império romano
O império romano
Fatima Freitas
 
Roma- da comunidade a República
Roma- da comunidade a República Roma- da comunidade a República
Roma- da comunidade a República
Marcela Coelho
 
Roma
RomaRoma
Roma Antiga - monarquia, república e império romano
Roma Antiga - monarquia, república e império romanoRoma Antiga - monarquia, república e império romano
Roma Antiga - monarquia, república e império romano
Munis Pedro
 
MONARQUIA ROMANA.pdf
MONARQUIA ROMANA.pdfMONARQUIA ROMANA.pdf
MONARQUIA ROMANA.pdf
felipescherner
 
Aula 4
Aula 4Aula 4
14032023135629Roma Antiga.ppt AULA DE HISTORIA CLASSICA
14032023135629Roma Antiga.ppt   AULA DE HISTORIA CLASSICA14032023135629Roma Antiga.ppt   AULA DE HISTORIA CLASSICA
14032023135629Roma Antiga.ppt AULA DE HISTORIA CLASSICA
solangepattini1
 
14032023135629Roma Antiga.ppt
14032023135629Roma Antiga.ppt14032023135629Roma Antiga.ppt
14032023135629Roma Antiga.ppt
ReginaldoSimoesMendo
 
Roma Antiga.ppt14032023135629Roma Antiga.ppt
Roma Antiga.ppt14032023135629Roma Antiga.pptRoma Antiga.ppt14032023135629Roma Antiga.ppt
Roma Antiga.ppt14032023135629Roma Antiga.ppt
MacswillinsSousaSilv1
 

Semelhante a Mundo Romano: Da cidade-estado a formação do império. (20)

Aula 3 Roma Pps
Aula 3 Roma PpsAula 3 Roma Pps
Aula 3 Roma Pps
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
1° ano império romano - completo
1° ano    império romano - completo1° ano    império romano - completo
1° ano império romano - completo
 
A Civilização Romana
A Civilização RomanaA Civilização Romana
A Civilização Romana
 
Roma antiga
Roma antigaRoma antiga
Roma antiga
 
Civilização romana ii
Civilização romana iiCivilização romana ii
Civilização romana ii
 
Apresentação 01
Apresentação 01Apresentação 01
Apresentação 01
 
[Aula+12]+Roma+Antiga.pptx
[Aula+12]+Roma+Antiga.pptx[Aula+12]+Roma+Antiga.pptx
[Aula+12]+Roma+Antiga.pptx
 
Roma antiga- Monarquia, República e Império
Roma antiga- Monarquia, República e Império Roma antiga- Monarquia, República e Império
Roma antiga- Monarquia, República e Império
 
Aula 03 roma
Aula 03   romaAula 03   roma
Aula 03 roma
 
O império romano
O império romanoO império romano
O império romano
 
Roma- da comunidade a República
Roma- da comunidade a República Roma- da comunidade a República
Roma- da comunidade a República
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Roma Antiga - monarquia, república e império romano
Roma Antiga - monarquia, república e império romanoRoma Antiga - monarquia, república e império romano
Roma Antiga - monarquia, república e império romano
 
MONARQUIA ROMANA.pdf
MONARQUIA ROMANA.pdfMONARQUIA ROMANA.pdf
MONARQUIA ROMANA.pdf
 
Aula 4
Aula 4Aula 4
Aula 4
 
14032023135629Roma Antiga.ppt AULA DE HISTORIA CLASSICA
14032023135629Roma Antiga.ppt   AULA DE HISTORIA CLASSICA14032023135629Roma Antiga.ppt   AULA DE HISTORIA CLASSICA
14032023135629Roma Antiga.ppt AULA DE HISTORIA CLASSICA
 
14032023135629Roma Antiga.ppt
14032023135629Roma Antiga.ppt14032023135629Roma Antiga.ppt
14032023135629Roma Antiga.ppt
 
Roma Antiga.ppt14032023135629Roma Antiga.ppt
Roma Antiga.ppt14032023135629Roma Antiga.pptRoma Antiga.ppt14032023135629Roma Antiga.ppt
Roma Antiga.ppt14032023135629Roma Antiga.ppt
 

Mais de Mande Bem no ENEM

Conclusão: como salvar o mundo em um parágrafo
Conclusão: como salvar o mundo em um parágrafoConclusão: como salvar o mundo em um parágrafo
Conclusão: como salvar o mundo em um parágrafo
Mande Bem no ENEM
 
Qual é a chance de ganhar na mega-sena?
Qual é a chance de ganhar na mega-sena?Qual é a chance de ganhar na mega-sena?
Qual é a chance de ganhar na mega-sena?
Mande Bem no ENEM
 
Desenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do texto
Desenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do textoDesenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do texto
Desenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do texto
Mande Bem no ENEM
 
Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?
Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?
Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?
Mande Bem no ENEM
 
Ditadura militar: uma verdade incoveniente
Ditadura militar: uma verdade incovenienteDitadura militar: uma verdade incoveniente
Ditadura militar: uma verdade incoveniente
Mande Bem no ENEM
 
Existe ser humano transgênico?
Existe ser humano transgênico?Existe ser humano transgênico?
Existe ser humano transgênico?
Mande Bem no ENEM
 
Redação: Proposta, planejamento e introdução
Redação: Proposta, planejamento e introduçãoRedação: Proposta, planejamento e introdução
Redação: Proposta, planejamento e introdução
Mande Bem no ENEM
 
O Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3D
O Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3DO Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3D
O Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3D
Mande Bem no ENEM
 
Dissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileiros
Dissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileirosDissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileiros
Dissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileiros
Mande Bem no ENEM
 
Constituição das Estrelas
Constituição das EstrelasConstituição das Estrelas
Constituição das Estrelas
Mande Bem no ENEM
 
Tipos e gêneros textuais
Tipos e gêneros textuaisTipos e gêneros textuais
Tipos e gêneros textuais
Mande Bem no ENEM
 
Os gráficos de intenção de voto mentem?
Os gráficos de intenção de voto mentem?Os gráficos de intenção de voto mentem?
Os gráficos de intenção de voto mentem?
Mande Bem no ENEM
 
Por que o álccol embriaga?
Por que o álccol embriaga?Por que o álccol embriaga?
Por que o álccol embriaga?
Mande Bem no ENEM
 
Como calcular o imposto por serviço
Como calcular o imposto por serviçoComo calcular o imposto por serviço
Como calcular o imposto por serviço
Mande Bem no ENEM
 
O câncer e o DNA
O câncer e o DNAO câncer e o DNA
O câncer e o DNA
Mande Bem no ENEM
 
Era Vargas: mudando os rumos da história
Era Vargas: mudando os rumos da históriaEra Vargas: mudando os rumos da história
Era Vargas: mudando os rumos da história
Mande Bem no ENEM
 
Sólidos Geométricos
Sólidos GeométricosSólidos Geométricos
Sólidos Geométricos
Mande Bem no ENEM
 
Eletrostatica
EletrostaticaEletrostatica
Eletrostatica
Mande Bem no ENEM
 
Antiguidade Oriental
Antiguidade OrientalAntiguidade Oriental
Antiguidade Oriental
Mande Bem no ENEM
 

Mais de Mande Bem no ENEM (19)

Conclusão: como salvar o mundo em um parágrafo
Conclusão: como salvar o mundo em um parágrafoConclusão: como salvar o mundo em um parágrafo
Conclusão: como salvar o mundo em um parágrafo
 
Qual é a chance de ganhar na mega-sena?
Qual é a chance de ganhar na mega-sena?Qual é a chance de ganhar na mega-sena?
Qual é a chance de ganhar na mega-sena?
 
Desenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do texto
Desenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do textoDesenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do texto
Desenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do texto
 
Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?
Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?
Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?
 
Ditadura militar: uma verdade incoveniente
Ditadura militar: uma verdade incovenienteDitadura militar: uma verdade incoveniente
Ditadura militar: uma verdade incoveniente
 
Existe ser humano transgênico?
Existe ser humano transgênico?Existe ser humano transgênico?
Existe ser humano transgênico?
 
Redação: Proposta, planejamento e introdução
Redação: Proposta, planejamento e introduçãoRedação: Proposta, planejamento e introdução
Redação: Proposta, planejamento e introdução
 
O Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3D
O Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3DO Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3D
O Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3D
 
Dissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileiros
Dissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileirosDissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileiros
Dissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileiros
 
Constituição das Estrelas
Constituição das EstrelasConstituição das Estrelas
Constituição das Estrelas
 
Tipos e gêneros textuais
Tipos e gêneros textuaisTipos e gêneros textuais
Tipos e gêneros textuais
 
Os gráficos de intenção de voto mentem?
Os gráficos de intenção de voto mentem?Os gráficos de intenção de voto mentem?
Os gráficos de intenção de voto mentem?
 
Por que o álccol embriaga?
Por que o álccol embriaga?Por que o álccol embriaga?
Por que o álccol embriaga?
 
Como calcular o imposto por serviço
Como calcular o imposto por serviçoComo calcular o imposto por serviço
Como calcular o imposto por serviço
 
O câncer e o DNA
O câncer e o DNAO câncer e o DNA
O câncer e o DNA
 
Era Vargas: mudando os rumos da história
Era Vargas: mudando os rumos da históriaEra Vargas: mudando os rumos da história
Era Vargas: mudando os rumos da história
 
Sólidos Geométricos
Sólidos GeométricosSólidos Geométricos
Sólidos Geométricos
 
Eletrostatica
EletrostaticaEletrostatica
Eletrostatica
 
Antiguidade Oriental
Antiguidade OrientalAntiguidade Oriental
Antiguidade Oriental
 

Último

Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 

Último (20)

Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 

Mundo Romano: Da cidade-estado a formação do império.

  • 1. Mundo  Romano:  da  cidade-­‐estado  a  formação  do  império     Conteúdos  que  serão  abordados:   •  Origens  Lendárias  de  Roma;   •  Monarquia  e  República;   •  Grupos  sociais;   •  Expansão  territorial;   •  Transformações  sociais;   •  Formação  do  Império;   •  Apogeu  e  declínio  do  Império.  
  • 2. Mundo  Romano:  monarquia  (753-­‐509  a.C)   •  Segundo  a  tradição  lendária  Roma   foi  fundada  em  753  a.C.  por  Rômulo   e  Remo,  sendo  Rômulo  o  primeiro   rei;     •  A  lenda  também  atribui  a  Rômulo  a   iniciaPva  do  rapto  das  mulheres  do   povo  sabino;   •  Teria  havido  7  reis  romanos,  sendo   os  três  úlPmos  de  origem  etrusca.  
  • 5. Península  Itálica  no  século  VI  a.C  
  • 6. Mundo  Romano:  república  (509-­‐27  a.C)   •  A  República  romana  raPficou  o  poder  dos   patrícios  de  origem  laPna.   •  Os  grupos  sociais  romanos  eram:  PATRÍCIOS,   PLEBEUS  E  ESCRAVOS;   •  Havia  ainda  os  CLIENTES,  plebeus  que  viviam   sob  proteção  das  famílias  patrícias.   hp://historiandonanet07.files.wordpress.com/2011/04/roma03.jpg  
  • 7. Mundo  Romano:  república  (509-­‐27  a.C)   •  Senado   (legislaPvo)   era   o   principal   poder   republicano,   mas   havia   uma   série   de   magistraturas,  onde  os  indivíduos  eram  eleitos  por   alguma  assembleia;   •  A   mais   alta   magistratura   era   a   de   cônsul,   equivalente  ao  poder  execuPvo  romano.   •  Outra  importante  magistratura  era  a  de  Tribuno  da   Plebe.   hp://omundodeligialopes.blogspot.com.br/2010_06_27_archive.html  
  • 8. Mundo  Romano:  república  (509-­‐27  a.C)   •  Entre  os  séculos  V  e  III  a.C.  os  romanos  conquistaram  a  Península  Itálica;   •  Entre   os   séculos   III   e   II   a.C.   foram   realizadas   as   Guerras   Púnicas   (Roma   x   Cartago),   que   possibilitaram  o  domínio  romano  sobre  o  Mediterrâneo,  o  “mare  nostrum”  romano.    
  • 9. Mundo  Romano:  república  (509-­‐27  a.C)   hp://www.portalplanetasedna.com.ar/punicas.htm  
  • 10. Mundo  Romano:  república  (509-­‐27  a.C)   Com  as  conquistas  militares:     •  O  estado  romano  tornou-­‐se  muito  mais  rico;   •  Aumentou  o  número  de  escravos;     •  O  poder  do  senado  se  enfraqueceu  e  houve  o  fortalecimento  dos  líderes  militares,  como  Cipião,  o   Africano,  Mário  e  Sila.  
  • 11. Mundo  Romano:  república  (509-­‐27  a.C)   •  Entre  os  séculos  II  e  I  a.C.  ocorreram  as  ditaduras   de  Mario  (105-­‐87  a.C.)  e  Sila  (87-­‐78  a.C.);     •  Em   60   a.C.   o   senado   nomeou   cônsules   com   plenos  poderes  Pompeu  e  Crasso,  que  em  59  a.C.   juntaram-­‐se   a   Júlio   Cesar,   formando   o   Primeiro   Triunvirato.  
  • 12. Mundo  Romano:  república  (509-­‐27  a.C)   •  César   obteve   enorme   prespgio   ao   conquistar   a   Gália   (58   a.C.),   enquanto   Crasso   morria   em   batalha  no  Oriente  (53  a.C.);   •  Pompeu  e  César  disputam  o  poder,  com  a  vitória   de   César   (48   a.C.)   que   se   impôs   como   ditador   romano  (48-­‐44  a.C);     •  César   estabeleceu   um   poder   pessoal,   marginalizando   o   senado,   por   isso   foi   víPma   de   uma  conspiração  que  o  matou  
  • 13. Mundo  Romano:  república  (509-­‐27  a.C)   •  No  ano  43  a.C.  foi  formado  o  Segundo  Triunvirato     por  Otávio,  Marco  Antonio  e  Lépido;   •  Lépido  rapidamente  foi  afastado  do  poder  e   Marco  Antonio  e  Otávio  dividiram  entre  si  o   poder;   •  Anos  após  o  acordo  os  dois  governantes  entraram   em  choque,  tendo  sido  Marco  Antonio  derrotado,   juntamente  com  sua  aliada  egípcia  Cleópatra,  na   Batalha  de  Ácio  (31  a.C.).  
  • 14. Mundo  Romano:  república  (509-­‐27  a.C)   •  Em  27  a.C.  Otávio  recebeu  do  senado  o  ptulo  de   AUGUSTO,  que  significa  Divino.     •  Augusto   é   considerado   o   primeiro   imperador   romano;   •  A   primeira   dinasPa   de   imperadores   é   chamada   Julio-­‐Claudiana   (27   a.C.   –   68)   formada   por   Augusto   (27   a.C.-­‐14),   Tibério   (14-­‐37),   Calígula   (37-­‐41),  Cláudio  (41-­‐54)  e  Nero  (54-­‐68)