Roma

346 visualizações

Publicada em

História da Roma antiga. Elaborado pela Profa. Marysther Oliveira do Nascimento.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
346
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Roma

  1. 1. RomaRoma
  2. 2. Características GeraisCaracterísticas Gerais ►Localização: Região do Lácio, parte centralLocalização: Região do Lácio, parte central da Itália.da Itália. ►Povos que habitavam a Itália: Gauleses,Povos que habitavam a Itália: Gauleses, etruscos, italiotas, úmbrios, latinos,etruscos, italiotas, úmbrios, latinos, samnitas, fenícios, gregos.samnitas, fenícios, gregos. ►Lenda da fundação de Roma (753 a C.):Lenda da fundação de Roma (753 a C.): Rômulo e Remo, amamentados por umaRômulo e Remo, amamentados por uma loba, quando cresceram fundaram a cidade.loba, quando cresceram fundaram a cidade. ►Organização social: Patrícios, clientes,Organização social: Patrícios, clientes, plebeus, escravos.plebeus, escravos.
  3. 3. Características Gerais - ReligiãoCaracterísticas Gerais - Religião ►Os romanos eramOs romanos eram politeístas. Os deuses erampoliteístas. Os deuses eram antropomórficos além deantropomórficos além de serem representados emserem representados em forma humana.forma humana. ►Além dos deuses principais,Além dos deuses principais, os romanos cultuavamos romanos cultuavam também os deuses dostambém os deuses dos lares. Principais deuseslares. Principais deuses romanos : Júpiter, Juno,romanos : Júpiter, Juno, Apolo, Marte, Diana, Vênus,Apolo, Marte, Diana, Vênus, Ceres e Baco.Ceres e Baco.
  4. 4. PeriodizaçãoPeriodização ►Monarquia (753 - 509 a C.).Monarquia (753 - 509 a C.). ►República (509-31 a C.).República (509-31 a C.). ►Império (31 a C. – 476 d C.).Império (31 a C. – 476 d C.).
  5. 5. MONARQUIA - 753 a.C. e 509 a.C.MONARQUIA - 753 a.C. e 509 a.C. ►Os romanos acreditavam que o rei tinhaOs romanos acreditavam que o rei tinha origem divina. O Rei- Exercia funçõesorigem divina. O Rei- Exercia funções executivas, judiciais e religiosas.executivas, judiciais e religiosas. ►Havia o Senado, o Conselho de Anciãos,Havia o Senado, o Conselho de Anciãos, Assembléia ou Cúria.Assembléia ou Cúria. ► Esse período foi marcado pela invasão deEsse período foi marcado pela invasão de outros povos (etruscos) que durante cercaoutros povos (etruscos) que durante cerca de 100 anos, dominaram a cidade.de 100 anos, dominaram a cidade. ►Em 509 a.C., os romanos derrubaram o reiEm 509 a.C., os romanos derrubaram o rei etrusco (Tarquínio – o Soberbo), eetrusco (Tarquínio – o Soberbo), e fundaram uma República.fundaram uma República.
  6. 6. República (509-31 a C.)República (509-31 a C.) ► Em latim, republica, (res publica), significa “coisa pública”Em latim, republica, (res publica), significa “coisa pública” ou, ainda “bem comum”. Na Roma antiga, republicaou, ainda “bem comum”. Na Roma antiga, republica significou um governo regido pelo interesse comum (dosignificou um governo regido pelo interesse comum (do povo) em conformidade com a lei.povo) em conformidade com a lei. ► No plano interno, o período foi marcado por lutas entreNo plano interno, o período foi marcado por lutas entre patrícios e plebeus, guerras civis, disputas pelo exercíciopatrícios e plebeus, guerras civis, disputas pelo exercício do poder, conflitos entre cônsules e o Senado.do poder, conflitos entre cônsules e o Senado. ► No plano externo merecem destaque a extensão do poderNo plano externo merecem destaque a extensão do poder territorial de Roma sobre toda a Península Itálica e oterritorial de Roma sobre toda a Península Itálica e o confronto com Cartago (Guerras Púnicas, 246 - 146 a C.)confronto com Cartago (Guerras Púnicas, 246 - 146 a C.) garantindo a Roma o controle sobre o Mediterrâneo egarantindo a Roma o controle sobre o Mediterrâneo e territórios adjacentes. A expansão territorial acentua-se,territórios adjacentes. A expansão territorial acentua-se, sobretudo no final do Período Republicano, onde Júliosobretudo no final do Período Republicano, onde Júlio César teve um papel importante.César teve um papel importante.
  7. 7. REPÚBLICA -REPÚBLICA - Estrutura PolíticaEstrutura Política ► Consulado.Consulado. ► Senado.Senado. ► Assembléia Centurial.Assembléia Centurial. ► Assembléia Centuriata.Assembléia Centuriata. ► Magistrados: Pretor, Censor, Questor,Magistrados: Pretor, Censor, Questor, Edil.Edil.
  8. 8. REPÚBLICA - PlebeusREPÚBLICA - Plebeus ► Leis das Doze tábuas (451 – 449 a C.): JuízesLeis das Doze tábuas (451 – 449 a C.): Juízes especiais (decênviros) decretariam leis escritasespeciais (decênviros) decretariam leis escritas válidas para patrícios e plebeus.válidas para patrícios e plebeus. ► Lei Canuléia: casamento entre patrícios eLei Canuléia: casamento entre patrícios e plebeus (445 a C.).plebeus (445 a C.). ► Leis Lecínias: distribuição de terras, e um dosLeis Lecínias: distribuição de terras, e um dos cônsules plebeu (367 a C.).cônsules plebeu (367 a C.). ► Lei Ogúlnia: igualdade de direitos religiososLei Ogúlnia: igualdade de direitos religiosos entre patrícios e plebeus (300 a C.).entre patrícios e plebeus (300 a C.).
  9. 9. REPÚBLICA - 509 a.C. e 23 a.C.REPÚBLICA - 509 a.C. e 23 a.C. ► Expansão territorial:Expansão territorial: ► Guerras Púnicas (264 – 146 a C.). ConflitoGuerras Púnicas (264 – 146 a C.). Conflito entre Roma e Cartago pelo controle doentre Roma e Cartago pelo controle do Mediterrâneo.Mediterrâneo. ► Lideres cartagineses: Amílcar e Aníbal.Lideres cartagineses: Amílcar e Aníbal. ► Lideres Romanos: Duílio, Cipião.Lideres Romanos: Duílio, Cipião. ► Roma vitoriosa controla o Mediterrâneo.Roma vitoriosa controla o Mediterrâneo.
  10. 10. Guerras PúnicasGuerras Púnicas
  11. 11. Conseqüências da expansão territorialConseqüências da expansão territorial ►O império romano passou a ser muito maisO império romano passou a ser muito mais comercial do que agrário.comercial do que agrário. ►Fortalecimento do modo de produçãoFortalecimento do modo de produção escravista.escravista. ►Ocorre um empobrecimento da plebe e dosOcorre um empobrecimento da plebe e dos pequenos agricultores.pequenos agricultores. ►Aumentam o luxo, a riqueza, o número deAumentam o luxo, a riqueza, o número de escravos disponíveis e os latifúndios.escravos disponíveis e os latifúndios.
  12. 12. REPÚBLICA - Crise da RepúblicaREPÚBLICA - Crise da República ► Reforma dos irmãos Graco (133-122ª.C.), a favorReforma dos irmãos Graco (133-122ª.C.), a favor de distribuição de terras públicas.de distribuição de terras públicas. ► Revolta de Espártaco (73 – 71 a C.) que lideraRevolta de Espártaco (73 – 71 a C.) que lidera levante de escravos.levante de escravos. ► Em 107 a.C., o general Caio Mário tornou-seEm 107 a.C., o general Caio Mário tornou-se cônsul. Reformou o exército, instituindo ocônsul. Reformou o exército, instituindo o pagamento do soldo para os soldados.pagamento do soldo para os soldados. ► Em 82 a.C., o general Cornélio Sila,Em 82 a.C., o general Cornélio Sila, representando a nobreza, derrotou Caio Mário erepresentando a nobreza, derrotou Caio Mário e instituiu um governo ditatorial.instituiu um governo ditatorial. ► Em 79 a.C., Sila foi forçado a deixar o poderEm 79 a.C., Sila foi forçado a deixar o poder devido a seu estilo antipopular de governo, pois adevido a seu estilo antipopular de governo, pois a situação social estava incontrolável.situação social estava incontrolável.
  13. 13. REPÚBLICA - Crise da RepúblicaREPÚBLICA - Crise da República ► Em 60 a.C. estabeleceu-se o Primeiro Triunvirato,Em 60 a.C. estabeleceu-se o Primeiro Triunvirato, formado por Crasso, Julio César e Pompeu paraformado por Crasso, Julio César e Pompeu para governar Roma.governar Roma. ► César saiu vitorioso e tornou-se ditador supremoCésar saiu vitorioso e tornou-se ditador supremo de Roma.de Roma. ► Em 44 a.C. Julio César foi assassinado por umaEm 44 a.C. Julio César foi assassinado por uma conspiração organizada por membros do Senado.conspiração organizada por membros do Senado. ► Em 43 a.C., estabeleceu-se o SegundoEm 43 a.C., estabeleceu-se o Segundo Triunvirato, composto por Marco Antonio, Otávio eTriunvirato, composto por Marco Antonio, Otávio e Lépido. O poder foi dividido entre os três: LépidoLépido. O poder foi dividido entre os três: Lépido ficou com os territórios africanos; Otávio ficouficou com os territórios africanos; Otávio ficou responsável pelos territórios ocidentais; e Marcoresponsável pelos territórios ocidentais; e Marco Antonio assumiu o controle dos territórios doAntonio assumiu o controle dos territórios do Oriente.Oriente.
  14. 14. REPÚBLICA - Crise da RepúblicaREPÚBLICA - Crise da República ►Lépido foi preso por Otávio, Marco AntonioLépido foi preso por Otávio, Marco Antonio vai lutar no Oriente e é seduzido porvai lutar no Oriente e é seduzido por Cleópatra passando a ter uma vida deCleópatra passando a ter uma vida de tirano.tirano. ►Indignados os romanos apóiam Otávio queIndignados os romanos apóiam Otávio que move guerra contra Marco Antonio emove guerra contra Marco Antonio e Cleópatra, que se suicidam por ocasião daCleópatra, que se suicidam por ocasião da derrota de Ácio (31 a C.).derrota de Ácio (31 a C.). ►Otávio retorna a Roma e torna-se príncipe eOtávio retorna a Roma e torna-se príncipe e imperador. Findava a Republica Romana.imperador. Findava a Republica Romana.
  15. 15. Império - 27 a.C. e 476 d.CImpério - 27 a.C. e 476 d.C ► Alto Império 27 a.C – III.Alto Império 27 a.C – III. ► O primeiro imperador foi Otávio, denominadoO primeiro imperador foi Otávio, denominado Augusto, que governou durante 41 anos. EsteAugusto, que governou durante 41 anos. Este período ficou caracterizado pela hegemonia eperíodo ficou caracterizado pela hegemonia e prosperidade, denominadoprosperidade, denominado Pax RomanaPax Romana, que, que durou até o século III.durou até o século III. ► Política do Pão e Circo. Esta consistia em oferecerPolítica do Pão e Circo. Esta consistia em oferecer aos romanos alimentação e diversão. Quaseaos romanos alimentação e diversão. Quase todos os dias ocorriam lutas de gladiadores nostodos os dias ocorriam lutas de gladiadores nos estádios onde eram distribuídos alimentos.estádios onde eram distribuídos alimentos. ► Outros imperadores, que se destacaram foramOutros imperadores, que se destacaram foram Calígula, Nero, Tito, Marco Aurélio, SétimoCalígula, Nero, Tito, Marco Aurélio, Sétimo Severo, entre outros.Severo, entre outros. ..
  16. 16. Império - 27 a.C. e 476 d.CImpério - 27 a.C. e 476 d.C
  17. 17. Império - criseImpério - crise ► Baixo Império (século III até 476 d.C.):Baixo Império (século III até 476 d.C.): ► Divisão do Império: Ocidental, com sede emDivisão do Império: Ocidental, com sede em Roma; e Oriental, com sede em Constantinopla.Roma; e Oriental, com sede em Constantinopla. ► Apesar das perseguições, em 313, através doApesar das perseguições, em 313, através do Édito de Milão, o imperador Constantino concedeuÉdito de Milão, o imperador Constantino concedeu liberdade de culto aos cristãos. Mais tarde, oliberdade de culto aos cristãos. Mais tarde, o então imperador Teodósio proibiu cultos pagãos,então imperador Teodósio proibiu cultos pagãos, medida que tornaria o cristianismo a religião oficialmedida que tornaria o cristianismo a religião oficial de Roma.de Roma. ► Entre os fatores que causaram a queda da parteEntre os fatores que causaram a queda da parte ocidental, podemos destacar: o custo em manterocidental, podemos destacar: o custo em manter os exércitos nas fronteiras; a perda de controle deos exércitos nas fronteiras; a perda de controle de regiões, devido ao tamanho do império; aumentoregiões, devido ao tamanho do império; aumento dos impostos e corrupção, assimilação dosdos impostos e corrupção, assimilação dos Bárbaros entre outros.Bárbaros entre outros.
  18. 18. Império - criseImpério - crise ►Em 476, invasões violentas de povosEm 476, invasões violentas de povos bárbaros consolidaram a queda dobárbaros consolidaram a queda do Império Romano do Ocidente.Império Romano do Ocidente. ►Rômulo Augústulo (475-476), últimoRômulo Augústulo (475-476), último imperador, é destronado por Odroaco,imperador, é destronado por Odroaco, rei dos hérulos.rei dos hérulos. ►O Império Romano do Oriente, porém,O Império Romano do Oriente, porém, sobreviveu por mais alguns séculossobreviveu por mais alguns séculos ficando conhecido como Impérioficando conhecido como Império Bizantino.Bizantino.

×