SlideShare uma empresa Scribd logo
Para início de conversa: proposta, plano de texto e introdução
O Objetivo desta aula é capacitá-lo a extrair informações da proposta, planejar e iniciar o texto.
EXTRAINDO INFORMAÇÕES
Para extrair informações básicas, algumas perguntas
podem ser feitas:
• O que é isso?
• O que isso significa?
• O que isso faz?
• Como isso funciona?
• Quando isso veio a acontecer /existir?
Perguntas factuais: alimentam a reflexão sobre o tema.
• Para que isso existe?
• Por que isso veio a acontecer / existir?
• Para que / a que propósito isso serve?
• Qual a importância disso?
• Quão bem isso desempenha suas funções ou propósitos?
• Quais são as consequências provocadas por isso?
Isso deve ser substituído pelo que se deseja analisar
Este segundo grupo de perguntas, dá início à análise da questão tematizada.
Busca relação de causa e consequência, finalidades, responsabilidades e
estabelece a relevância do que está sendo analisado.
EXTRAINDO INFORMAÇÕES
Próximos passos:
 Analisar e interpretar as informações levantadas;
 Identificar opções de análise e as possibilidade de
desenvolvimento delas;
 Optar por uma, reunir as informações relacionadas e
integrar outras informações pertinentes que não
estejam na coletânea.
Obs.: Você pode com as informações fazer um
fluxograma, esquema com setas, enfim, utilize a melhor
forma de representação para você.
O Importante é que haja um “mapa” do texto com rota
principal definida.
ELABORAÇÃO DO PLANO
Esquema dissertativo:
PLANO DE TEXTO
Há mais de um modo de começar o texto. Mas é importante que fique claro
neste primeiro parágrafo qual a TESE que será defendida durante todo texto.
Você já a elaborou previamente, agora, é desenvolvê-la de maneira articulada.
Afirmação:
O Brasil se tornou, novamente, rota de imigração. A retomada do crescimento
nos últimos anos e o papel de destaque que sempre teve na américa latina
fizeram do país um destino atraente.
Alusão histórica:
Desde o século XIX, o Brasil tem recebido grande número de colônos e
imigrates, seja legalmente como ao fim da escravatura e segunda guerra mundial
ou ilegalmente como tem ocorrido com bolivianos e haitianos recentemente.
INTRODUÇÃO
Interrogação:
O Brasil se tornou rota de imigração internacional por causa do papel de destaque que
tem tido nos últimos anos e pela fama permanente de bom anfitrião. Mas será que o
país está preparado para uma onda migratória? Com tantos problemas internos,
conseguirá absorver mais este ônus ?
INTRODUÇÃO
Vamos analisar o trecho abaixo abaixo:
Japoneses, italianos, portugueses, açorianos ou espanhóis. Durante o século XIX,
muitos foram os povos que, em busca de trabalho e bem-estar social ,
desembarcaram no Brasil e enriqueceram nossa cultura. Atualmente, em pleno
século XXI, a imigração para o Brasil mantém-se crescente, desafiando não somente
nossa sociedade como também nossa economia.
Vamos ver como este parágrafo ficaria sem a articulação...
INTRODUÇÃO: ALUSÃO HISTÓRICA
Japoneses, italianos, portugueses, açorianos ou espanhóis, muitos foram os
povos que, em busca de trabalho e bem-estar social, desembarcaram no
Brasil. A imigração para o Brasil desafia nossa sociedade, nossa economia.
Embora faça sentido, o parágrafo ficou bem mais pobre, perdeu sua relação
de contraste entre os diferentes períodos históricos e a percepção de
continuidade que havia com “mantém-se crescente”
No século XXI o brasil é um país democrático e tem tudo para dar certo. Mas o problema
é que o povo é burro, porque vota em quem não faz nada pra ele. O dia em que o
brasileiro aprender a votar, talvez essa terra tenha futuro. O povo é alegre nunca
desiste, luta muito, trabalha muito, mas também tem aqueles que só querem de dar
bem, ser mais esperto do que os outros, sempre fazendo o “jeitinho brasileiro”
O brasil tem tudo pra dar certo, mas tem que arrumar a educação primeiro.
Comentário: o parágrafo apresenta muitos problemas, contudo mostra uma série de informações que se bem
trabalhadas, podem render um bom texto. Claramente o autor tem ideias, mas não conseguiu organizá-las
Chamar o povo de burro, generalizar a atitudes dos políticos e não contextualizar essa democracia brasileira do
século XXI são erros facilmente evitáveis.
“Depois de ditaduras no século XX, o Brasil é, no século XXI, um país democrático. Ainda
precisa fortalecer a educação para que se possa incorporar a todos na construção do
país, assim, levando a política mais a sério e votando melhor, com mais consciência e
crítica .
O brasileiro é forte, alegre e perseverante, é muito mais do que o malandro do ‘jeitinho’ e
tem tudo para construir um bom futuro com estabilidade política e econômica.”
Depois da orientação e reelaboração, temos um parágrafo melhor, com pontos que
podem ser desenvolvidos parte a parte no corpo do texto.
• Dedicar um parágrafo para explicar o que é “fortalecer a educação” e como isso incorpora as pessoas nas
“construção” do país;
• Outro para as qualidades e perseverança;
• Um para refutação, onde pode-se alertar para as dificuldade disso;
• E um com propostas sobre a educação, política e economia.
Fonte
CEREJA, William Roberto. MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português Linguagens 3.
Literatura, Gramática, Produção e Interpretação de Texto. Editora Atual. São Paulo, 2007
ABAURRE, Maria Luiza M. ABAURRE, Maria Bernadette M. Produção de Texto.
Interlocuções de Gêneros. Ed. Moderna. São Paulo, 2008
http://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/guia_participante/2013/guia_participante_redacao_enem_2013.pdf

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gênero notícia
Gênero notíciaGênero notícia
Gênero notícia
Joyce Micielle
 
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTAAULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
Marcelo Cordeiro Souza
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
Marcia Simone
 
Polissemia
PolissemiaPolissemia
Polissemia
whybells
 
Resenha crítica
Resenha crítica Resenha crítica
Resenha
ResenhaResenha
Como fazer um resumo
Como fazer um resumoComo fazer um resumo
Como fazer um resumo
Sandra Alves
 
Passos para a redação do enem
Passos para a redação do enemPassos para a redação do enem
Passos para a redação do enem
Luciene Gomes
 
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEMProposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Cynthia Funchal
 
Generos jornalisticos
Generos jornalisticosGeneros jornalisticos
Generos jornalisticos
aulasdejornalismo
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
silnog
 
Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto
Cláudia Heloísa
 
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIASLITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
Amelia Barros
 
Modalizadores
ModalizadoresModalizadores
Modalizadores
Fernanda Câmara
 
Aula resumo e resenha carla
Aula resumo e resenha carlaAula resumo e resenha carla
Aula resumo e resenha carla
Carlos Alberto Monteiro
 
Infográfico
InfográficoInfográfico
Infográfico
Cíntia Dal Bello
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
Marcelo Cordeiro Souza
 
Gênero Textual: histórias em quadrinhos
Gênero Textual: histórias em quadrinhosGênero Textual: histórias em quadrinhos
Gênero Textual: histórias em quadrinhos
Alice Nogueira
 
A crônica
A crônicaA crônica
A crônica
ma.no.el.ne.ves
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
leticiararek
 

Mais procurados (20)

Gênero notícia
Gênero notíciaGênero notícia
Gênero notícia
 
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTAAULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
 
Polissemia
PolissemiaPolissemia
Polissemia
 
Resenha crítica
Resenha crítica Resenha crítica
Resenha crítica
 
Resenha
ResenhaResenha
Resenha
 
Como fazer um resumo
Como fazer um resumoComo fazer um resumo
Como fazer um resumo
 
Passos para a redação do enem
Passos para a redação do enemPassos para a redação do enem
Passos para a redação do enem
 
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEMProposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
Proposta de Intervenção - Competência 5 ENEM
 
Generos jornalisticos
Generos jornalisticosGeneros jornalisticos
Generos jornalisticos
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
 
Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto
 
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIASLITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
 
Modalizadores
ModalizadoresModalizadores
Modalizadores
 
Aula resumo e resenha carla
Aula resumo e resenha carlaAula resumo e resenha carla
Aula resumo e resenha carla
 
Infográfico
InfográficoInfográfico
Infográfico
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
 
Gênero Textual: histórias em quadrinhos
Gênero Textual: histórias em quadrinhosGênero Textual: histórias em quadrinhos
Gênero Textual: histórias em quadrinhos
 
A crônica
A crônicaA crônica
A crônica
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
 

Destaque

10 passos para uma boa redação
10 passos para uma boa redação10 passos para uma boa redação
10 passos para uma boa redação
Valdemir Lopes Valdermir
 
Plano de aula dissertação
Plano de aula   dissertaçãoPlano de aula   dissertação
Plano de aula dissertação
portalredacao
 
Aulão de redação -Resumo de redação
Aulão de redação -Resumo de redaçãoAulão de redação -Resumo de redação
Aulão de redação -Resumo de redação
Cursos Profissionalizantes
 
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃOAULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
Marcelo Cordeiro Souza
 
Curso de redação
Curso de redaçãoCurso de redação
Curso de redação
teleestacao
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
Marcelo Cordeiro Souza
 
Exemplos de textos dissertativo argumentativos
Exemplos de textos dissertativo argumentativosExemplos de textos dissertativo argumentativos
Exemplos de textos dissertativo argumentativos
mundograduado
 

Destaque (7)

10 passos para uma boa redação
10 passos para uma boa redação10 passos para uma boa redação
10 passos para uma boa redação
 
Plano de aula dissertação
Plano de aula   dissertaçãoPlano de aula   dissertação
Plano de aula dissertação
 
Aulão de redação -Resumo de redação
Aulão de redação -Resumo de redaçãoAulão de redação -Resumo de redação
Aulão de redação -Resumo de redação
 
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃOAULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
 
Curso de redação
Curso de redaçãoCurso de redação
Curso de redação
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
 
Exemplos de textos dissertativo argumentativos
Exemplos de textos dissertativo argumentativosExemplos de textos dissertativo argumentativos
Exemplos de textos dissertativo argumentativos
 

Semelhante a Redação: Proposta, planejamento e introdução

Prova Enem 2016 - Caderno Branco - Primeiro dia
Prova Enem 2016 - Caderno Branco - Primeiro diaProva Enem 2016 - Caderno Branco - Primeiro dia
Prova Enem 2016 - Caderno Branco - Primeiro dia
Enem Te Conto
 
POLÍTICA MACROECONÔMICA E ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO: UMA VISÃO CRÍTICA
POLÍTICA MACROECONÔMICA E ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO: UMA VISÃO CRÍTICAPOLÍTICA MACROECONÔMICA E ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO: UMA VISÃO CRÍTICA
POLÍTICA MACROECONÔMICA E ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO: UMA VISÃO CRÍTICA
Grupo de Economia Política IE-UFRJ
 
Tecn assuntos educacionais
Tecn assuntos educacionaisTecn assuntos educacionais
Tecn assuntos educacionais
Carmen Machado
 
Conclusão
ConclusãoConclusão
Conclusão
Cynthia Funchal
 
2021_PV_licenciatura_letras_ingleddddddddds.pdf
2021_PV_licenciatura_letras_ingleddddddddds.pdf2021_PV_licenciatura_letras_ingleddddddddds.pdf
2021_PV_licenciatura_letras_ingleddddddddds.pdf
CristviaFerreira
 
Livro sociedadee economia
Livro sociedadee economiaLivro sociedadee economia
Livro sociedadee economia
Guitardavi Santana
 
Livro sociedadee economia
Livro sociedadee economiaLivro sociedadee economia
Livro sociedadee economia
Puc Campinas
 
Livro juventude jovens bandeiras
Livro juventude jovens bandeirasLivro juventude jovens bandeiras
Livro juventude jovens bandeiras
Superintendência da Juventude
 
Respostas Desenvolvimento Econômico_A4/A5
Respostas Desenvolvimento Econômico_A4/A5Respostas Desenvolvimento Econômico_A4/A5
Respostas Desenvolvimento Econômico_A4/A5
rsnasci
 
Atividade sistema
Atividade sistemaAtividade sistema
Atividade sistema
Renato Oliveira
 
Introdução e conclusão
Introdução e conclusãoIntrodução e conclusão
Introdução e conclusão
Jana Kirschner
 
Uso do repertório sóciocultural
Uso do repertório sócioculturalUso do repertório sóciocultural
Uso do repertório sóciocultural
João Mendonça
 
Cenarios e-obstaculos-01 (2)
Cenarios e-obstaculos-01 (2)Cenarios e-obstaculos-01 (2)
Cenarios e-obstaculos-01 (2)
Claudio Mendonça
 
Edital premio lice eneap2012
Edital premio lice eneap2012Edital premio lice eneap2012
Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013
Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013
Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013
zecas paulino
 
Ensino aprendizagem de história
Ensino aprendizagem de históriaEnsino aprendizagem de história
Ensino aprendizagem de história
André Augusto da Fonseca
 
Entre o coloquial e o culto: orientações para a construção da Redação no ENEM!
Entre o coloquial e o culto: orientações para a construção da Redação no ENEM!Entre o coloquial e o culto: orientações para a construção da Redação no ENEM!
Entre o coloquial e o culto: orientações para a construção da Redação no ENEM!
LOCIMAR MASSALAI
 
Esfapem fevereiro apresentação
Esfapem fevereiro apresentaçãoEsfapem fevereiro apresentação
Esfapem fevereiro apresentação
João Dutra
 
Livro-A-Revolução-Republicana-na-Educação-2011-Crisovam-Buarque.pdf
Livro-A-Revolução-Republicana-na-Educação-2011-Crisovam-Buarque.pdfLivro-A-Revolução-Republicana-na-Educação-2011-Crisovam-Buarque.pdf
Livro-A-Revolução-Republicana-na-Educação-2011-Crisovam-Buarque.pdf
SebastianFuentes96
 
Projeto Brasil 2030: da colaboração para o desenvolvimento
Projeto Brasil 2030: da colaboração para o desenvolvimentoProjeto Brasil 2030: da colaboração para o desenvolvimento
Projeto Brasil 2030: da colaboração para o desenvolvimento
manualdoservidor
 

Semelhante a Redação: Proposta, planejamento e introdução (20)

Prova Enem 2016 - Caderno Branco - Primeiro dia
Prova Enem 2016 - Caderno Branco - Primeiro diaProva Enem 2016 - Caderno Branco - Primeiro dia
Prova Enem 2016 - Caderno Branco - Primeiro dia
 
POLÍTICA MACROECONÔMICA E ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO: UMA VISÃO CRÍTICA
POLÍTICA MACROECONÔMICA E ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO: UMA VISÃO CRÍTICAPOLÍTICA MACROECONÔMICA E ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO: UMA VISÃO CRÍTICA
POLÍTICA MACROECONÔMICA E ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO: UMA VISÃO CRÍTICA
 
Tecn assuntos educacionais
Tecn assuntos educacionaisTecn assuntos educacionais
Tecn assuntos educacionais
 
Conclusão
ConclusãoConclusão
Conclusão
 
2021_PV_licenciatura_letras_ingleddddddddds.pdf
2021_PV_licenciatura_letras_ingleddddddddds.pdf2021_PV_licenciatura_letras_ingleddddddddds.pdf
2021_PV_licenciatura_letras_ingleddddddddds.pdf
 
Livro sociedadee economia
Livro sociedadee economiaLivro sociedadee economia
Livro sociedadee economia
 
Livro sociedadee economia
Livro sociedadee economiaLivro sociedadee economia
Livro sociedadee economia
 
Livro juventude jovens bandeiras
Livro juventude jovens bandeirasLivro juventude jovens bandeiras
Livro juventude jovens bandeiras
 
Respostas Desenvolvimento Econômico_A4/A5
Respostas Desenvolvimento Econômico_A4/A5Respostas Desenvolvimento Econômico_A4/A5
Respostas Desenvolvimento Econômico_A4/A5
 
Atividade sistema
Atividade sistemaAtividade sistema
Atividade sistema
 
Introdução e conclusão
Introdução e conclusãoIntrodução e conclusão
Introdução e conclusão
 
Uso do repertório sóciocultural
Uso do repertório sócioculturalUso do repertório sóciocultural
Uso do repertório sóciocultural
 
Cenarios e-obstaculos-01 (2)
Cenarios e-obstaculos-01 (2)Cenarios e-obstaculos-01 (2)
Cenarios e-obstaculos-01 (2)
 
Edital premio lice eneap2012
Edital premio lice eneap2012Edital premio lice eneap2012
Edital premio lice eneap2012
 
Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013
Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013
Escola.mozmaniacos.com exame portugues-ii_2013
 
Ensino aprendizagem de história
Ensino aprendizagem de históriaEnsino aprendizagem de história
Ensino aprendizagem de história
 
Entre o coloquial e o culto: orientações para a construção da Redação no ENEM!
Entre o coloquial e o culto: orientações para a construção da Redação no ENEM!Entre o coloquial e o culto: orientações para a construção da Redação no ENEM!
Entre o coloquial e o culto: orientações para a construção da Redação no ENEM!
 
Esfapem fevereiro apresentação
Esfapem fevereiro apresentaçãoEsfapem fevereiro apresentação
Esfapem fevereiro apresentação
 
Livro-A-Revolução-Republicana-na-Educação-2011-Crisovam-Buarque.pdf
Livro-A-Revolução-Republicana-na-Educação-2011-Crisovam-Buarque.pdfLivro-A-Revolução-Republicana-na-Educação-2011-Crisovam-Buarque.pdf
Livro-A-Revolução-Republicana-na-Educação-2011-Crisovam-Buarque.pdf
 
Projeto Brasil 2030: da colaboração para o desenvolvimento
Projeto Brasil 2030: da colaboração para o desenvolvimentoProjeto Brasil 2030: da colaboração para o desenvolvimento
Projeto Brasil 2030: da colaboração para o desenvolvimento
 

Mais de Mande Bem no ENEM

Conclusão: como salvar o mundo em um parágrafo
Conclusão: como salvar o mundo em um parágrafoConclusão: como salvar o mundo em um parágrafo
Conclusão: como salvar o mundo em um parágrafo
Mande Bem no ENEM
 
Qual é a chance de ganhar na mega-sena?
Qual é a chance de ganhar na mega-sena?Qual é a chance de ganhar na mega-sena?
Qual é a chance de ganhar na mega-sena?
Mande Bem no ENEM
 
Desenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do texto
Desenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do textoDesenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do texto
Desenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do texto
Mande Bem no ENEM
 
Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?
Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?
Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?
Mande Bem no ENEM
 
Ditadura militar: uma verdade incoveniente
Ditadura militar: uma verdade incovenienteDitadura militar: uma verdade incoveniente
Ditadura militar: uma verdade incoveniente
Mande Bem no ENEM
 
Existe ser humano transgênico?
Existe ser humano transgênico?Existe ser humano transgênico?
Existe ser humano transgênico?
Mande Bem no ENEM
 
O Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3D
O Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3DO Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3D
O Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3D
Mande Bem no ENEM
 
Dissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileiros
Dissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileirosDissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileiros
Dissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileiros
Mande Bem no ENEM
 
Constituição das Estrelas
Constituição das EstrelasConstituição das Estrelas
Constituição das Estrelas
Mande Bem no ENEM
 
Tipos e gêneros textuais
Tipos e gêneros textuaisTipos e gêneros textuais
Tipos e gêneros textuais
Mande Bem no ENEM
 
Os gráficos de intenção de voto mentem?
Os gráficos de intenção de voto mentem?Os gráficos de intenção de voto mentem?
Os gráficos de intenção de voto mentem?
Mande Bem no ENEM
 
Por que o álccol embriaga?
Por que o álccol embriaga?Por que o álccol embriaga?
Por que o álccol embriaga?
Mande Bem no ENEM
 
Como calcular o imposto por serviço
Como calcular o imposto por serviçoComo calcular o imposto por serviço
Como calcular o imposto por serviço
Mande Bem no ENEM
 
O câncer e o DNA
O câncer e o DNAO câncer e o DNA
O câncer e o DNA
Mande Bem no ENEM
 
Era Vargas: mudando os rumos da história
Era Vargas: mudando os rumos da históriaEra Vargas: mudando os rumos da história
Era Vargas: mudando os rumos da história
Mande Bem no ENEM
 
Sólidos Geométricos
Sólidos GeométricosSólidos Geométricos
Sólidos Geométricos
Mande Bem no ENEM
 
Eletrostatica
EletrostaticaEletrostatica
Eletrostatica
Mande Bem no ENEM
 
Mundo Romano: Da cidade-estado a formação do império.
Mundo Romano: Da cidade-estado a formação do império.Mundo Romano: Da cidade-estado a formação do império.
Mundo Romano: Da cidade-estado a formação do império.
Mande Bem no ENEM
 
Antiguidade Oriental
Antiguidade OrientalAntiguidade Oriental
Antiguidade Oriental
Mande Bem no ENEM
 

Mais de Mande Bem no ENEM (19)

Conclusão: como salvar o mundo em um parágrafo
Conclusão: como salvar o mundo em um parágrafoConclusão: como salvar o mundo em um parágrafo
Conclusão: como salvar o mundo em um parágrafo
 
Qual é a chance de ganhar na mega-sena?
Qual é a chance de ganhar na mega-sena?Qual é a chance de ganhar na mega-sena?
Qual é a chance de ganhar na mega-sena?
 
Desenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do texto
Desenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do textoDesenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do texto
Desenvolver-se e desenvolver: como puxar o fio do texto
 
Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?
Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?
Como saber quantas pessoas estão em uma manifestação?
 
Ditadura militar: uma verdade incoveniente
Ditadura militar: uma verdade incovenienteDitadura militar: uma verdade incoveniente
Ditadura militar: uma verdade incoveniente
 
Existe ser humano transgênico?
Existe ser humano transgênico?Existe ser humano transgênico?
Existe ser humano transgênico?
 
O Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3D
O Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3DO Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3D
O Processo da Visão, Ilusão de Optica e Cinema 3D
 
Dissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileiros
Dissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileirosDissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileiros
Dissertar é preciso! A redação do ENEM e os temas brasileiros
 
Constituição das Estrelas
Constituição das EstrelasConstituição das Estrelas
Constituição das Estrelas
 
Tipos e gêneros textuais
Tipos e gêneros textuaisTipos e gêneros textuais
Tipos e gêneros textuais
 
Os gráficos de intenção de voto mentem?
Os gráficos de intenção de voto mentem?Os gráficos de intenção de voto mentem?
Os gráficos de intenção de voto mentem?
 
Por que o álccol embriaga?
Por que o álccol embriaga?Por que o álccol embriaga?
Por que o álccol embriaga?
 
Como calcular o imposto por serviço
Como calcular o imposto por serviçoComo calcular o imposto por serviço
Como calcular o imposto por serviço
 
O câncer e o DNA
O câncer e o DNAO câncer e o DNA
O câncer e o DNA
 
Era Vargas: mudando os rumos da história
Era Vargas: mudando os rumos da históriaEra Vargas: mudando os rumos da história
Era Vargas: mudando os rumos da história
 
Sólidos Geométricos
Sólidos GeométricosSólidos Geométricos
Sólidos Geométricos
 
Eletrostatica
EletrostaticaEletrostatica
Eletrostatica
 
Mundo Romano: Da cidade-estado a formação do império.
Mundo Romano: Da cidade-estado a formação do império.Mundo Romano: Da cidade-estado a formação do império.
Mundo Romano: Da cidade-estado a formação do império.
 
Antiguidade Oriental
Antiguidade OrientalAntiguidade Oriental
Antiguidade Oriental
 

Último

UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 

Redação: Proposta, planejamento e introdução

  • 1. Para início de conversa: proposta, plano de texto e introdução O Objetivo desta aula é capacitá-lo a extrair informações da proposta, planejar e iniciar o texto.
  • 2. EXTRAINDO INFORMAÇÕES Para extrair informações básicas, algumas perguntas podem ser feitas: • O que é isso? • O que isso significa? • O que isso faz? • Como isso funciona? • Quando isso veio a acontecer /existir? Perguntas factuais: alimentam a reflexão sobre o tema.
  • 3. • Para que isso existe? • Por que isso veio a acontecer / existir? • Para que / a que propósito isso serve? • Qual a importância disso? • Quão bem isso desempenha suas funções ou propósitos? • Quais são as consequências provocadas por isso? Isso deve ser substituído pelo que se deseja analisar Este segundo grupo de perguntas, dá início à análise da questão tematizada. Busca relação de causa e consequência, finalidades, responsabilidades e estabelece a relevância do que está sendo analisado. EXTRAINDO INFORMAÇÕES
  • 4. Próximos passos:  Analisar e interpretar as informações levantadas;  Identificar opções de análise e as possibilidade de desenvolvimento delas;  Optar por uma, reunir as informações relacionadas e integrar outras informações pertinentes que não estejam na coletânea. Obs.: Você pode com as informações fazer um fluxograma, esquema com setas, enfim, utilize a melhor forma de representação para você. O Importante é que haja um “mapa” do texto com rota principal definida. ELABORAÇÃO DO PLANO
  • 6. Há mais de um modo de começar o texto. Mas é importante que fique claro neste primeiro parágrafo qual a TESE que será defendida durante todo texto. Você já a elaborou previamente, agora, é desenvolvê-la de maneira articulada. Afirmação: O Brasil se tornou, novamente, rota de imigração. A retomada do crescimento nos últimos anos e o papel de destaque que sempre teve na américa latina fizeram do país um destino atraente. Alusão histórica: Desde o século XIX, o Brasil tem recebido grande número de colônos e imigrates, seja legalmente como ao fim da escravatura e segunda guerra mundial ou ilegalmente como tem ocorrido com bolivianos e haitianos recentemente. INTRODUÇÃO
  • 7. Interrogação: O Brasil se tornou rota de imigração internacional por causa do papel de destaque que tem tido nos últimos anos e pela fama permanente de bom anfitrião. Mas será que o país está preparado para uma onda migratória? Com tantos problemas internos, conseguirá absorver mais este ônus ? INTRODUÇÃO
  • 8. Vamos analisar o trecho abaixo abaixo: Japoneses, italianos, portugueses, açorianos ou espanhóis. Durante o século XIX, muitos foram os povos que, em busca de trabalho e bem-estar social , desembarcaram no Brasil e enriqueceram nossa cultura. Atualmente, em pleno século XXI, a imigração para o Brasil mantém-se crescente, desafiando não somente nossa sociedade como também nossa economia. Vamos ver como este parágrafo ficaria sem a articulação... INTRODUÇÃO: ALUSÃO HISTÓRICA
  • 9. Japoneses, italianos, portugueses, açorianos ou espanhóis, muitos foram os povos que, em busca de trabalho e bem-estar social, desembarcaram no Brasil. A imigração para o Brasil desafia nossa sociedade, nossa economia. Embora faça sentido, o parágrafo ficou bem mais pobre, perdeu sua relação de contraste entre os diferentes períodos históricos e a percepção de continuidade que havia com “mantém-se crescente”
  • 10. No século XXI o brasil é um país democrático e tem tudo para dar certo. Mas o problema é que o povo é burro, porque vota em quem não faz nada pra ele. O dia em que o brasileiro aprender a votar, talvez essa terra tenha futuro. O povo é alegre nunca desiste, luta muito, trabalha muito, mas também tem aqueles que só querem de dar bem, ser mais esperto do que os outros, sempre fazendo o “jeitinho brasileiro” O brasil tem tudo pra dar certo, mas tem que arrumar a educação primeiro. Comentário: o parágrafo apresenta muitos problemas, contudo mostra uma série de informações que se bem trabalhadas, podem render um bom texto. Claramente o autor tem ideias, mas não conseguiu organizá-las Chamar o povo de burro, generalizar a atitudes dos políticos e não contextualizar essa democracia brasileira do século XXI são erros facilmente evitáveis.
  • 11. “Depois de ditaduras no século XX, o Brasil é, no século XXI, um país democrático. Ainda precisa fortalecer a educação para que se possa incorporar a todos na construção do país, assim, levando a política mais a sério e votando melhor, com mais consciência e crítica . O brasileiro é forte, alegre e perseverante, é muito mais do que o malandro do ‘jeitinho’ e tem tudo para construir um bom futuro com estabilidade política e econômica.” Depois da orientação e reelaboração, temos um parágrafo melhor, com pontos que podem ser desenvolvidos parte a parte no corpo do texto. • Dedicar um parágrafo para explicar o que é “fortalecer a educação” e como isso incorpora as pessoas nas “construção” do país; • Outro para as qualidades e perseverança; • Um para refutação, onde pode-se alertar para as dificuldade disso; • E um com propostas sobre a educação, política e economia.
  • 12. Fonte CEREJA, William Roberto. MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português Linguagens 3. Literatura, Gramática, Produção e Interpretação de Texto. Editora Atual. São Paulo, 2007 ABAURRE, Maria Luiza M. ABAURRE, Maria Bernadette M. Produção de Texto. Interlocuções de Gêneros. Ed. Moderna. São Paulo, 2008 http://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/guia_participante/2013/guia_participante_redacao_enem_2013.pdf