SlideShare uma empresa Scribd logo
LIDERANÇA
LIDERANÇA “ Actividade de influenciar pessoas fazendo-as empenharem-se, voluntariamente, em objectivos de equipa” George Terry (1960)
FUNÇÕES DA LIDERANÇA PLANIFICAR INFORMAR AVALIAR CONTROLAR “ PUNIR” METAS
TEORIAS CENTRADAS  NA PERSONALIDADE  ►  Traços de personalidade do líder  (a inteligência, o entusiasmo, a criatividade, a fluência verbal…) ►   Liderança  individual e estável ►   O líder tem capacidade especiais para mobilizar e apoiar a actividade na organização  ►   Acções pessoais de liderança
ACÇÃO INDIVIDUAL EQUIPA LÍDER
TEORIAS CENTRADAS  NA INTERACÇÃO  ►   Autoridade e Tomada de Decisão   ►   Comportamento do líder ►   Relação  tarefas e  pessoas
TAREFAS PESSOAS INTERACÇÃO
TEORIAS CENTRADAS  NA SITUAÇÃO  ►   Características do líder,  dos liderados e requisitos da situação ►   Ajustamento da liderança às situações ►   Relação  tarefas e  pessoas
TAREFAS PESSOAS SITUAÇÃO
EQUIPA TAREFA INDIVÍDUO
ESTILOS DE LIDERANÇA AUTORITÁRIO DEMOCRÁTICO LIBERAL Kurt Lewin (1938)
AUTOCRÁTICO O líder comunica aos colaboradores as metas e os objectivos  O líder orienta as tarefas na sua perspectiva O líder organiza  as equipas e determina a sua composição O líder dá feedback  “pessoal”
CONSEQUÊNCIAS  A equipa tende a desmotivar-se Os membros competem pela valorização pessoal do líder num clima de desconfiança O trabalho autónomo é mínimo e o líder necessita exercer um controlo “apertado”
DEMOCRÁTICO O  líder fixa metas e discute os objectivos  Os membros conhecem os critérios de avaliação do seu desempenho As tarefas são planificadas em conjunto e de forma flexível O trabalho é organizado com autonomia  O líder dá feedback  e orienta o percurso profissional
CONSEQUÊNCIAS A equipa  tende a motivar-se Os membros da equipa se auto-valorizam e valorizam os outros O trabalho é realizado em conjunto, mas com a autonomia de cada membro
LIBERAL As metas não são claras  Os critérios de avaliação de desempenho são fluidos O líder fomenta apenas a relação interpessoal  O trabalho é organizado livremente  O líder dá um feedback  “afectivo”  e centrado na satisfação
CONSEQUÊNCIAS A equipa envolve-se pouco com as tarefas e assume  um cariz pessoal de valor Os membros da equipa competem pela valorização do líder num clima de desconfiança Há pouca responsabilização pelos erros e tendência para “jogos de responsabilidades”
PESSOAS TAREFAS Com base na teoria situacional de liderança - Blake e Mouton (1964 )   5.5 1.1 1.9 9.9 9.1 0  1  2  3  4  5  6  7  8  9  0  1  2  3  4  5  6  7  8  9 Líder Simpático Líder Equipa Líder Indiferente Líder Tarefa Líder  Equilibrado
+ _ E F I C Á C I A LÍDER EQUIPA LÍDER EQUILIBRADO LÍDER TAREFA   LÍDER SIMPÁTICO LÍDER INDIFERENTE
CONTÍNUO DE LIDERANÇA BASEADO EM TANNENBAUM E SHMIDT Toma a decisão e comunica “ Vende” a sua decisão Esclarece dúvidas O Líder Apresenta a decisão para debate Recolhe sugestões e toma a decisão Define limites e pede ao grupo que tome a decisão Dá autonomia de decisão
LIDERANÇA E AUTORIDADE BASEADO EM TANNENBAUM E SHMIDT ÁREA DE LIBERDADE   LÍDER RESPONSABILIZA  O GRUPO PELOS  LIMITES USO DA AUTORIDADE O LÍDER COMUNICA  LIMITES
LIDERANÇA PELA  MATURIDADE DOS LIDERADOS Com base na teoria situacional de liderança - Hersey e Blanchard(1977) Maturidade Psicológica Disposição, motivação,  empenho e confiança para e  nas tarefas Maturidade no Trabalho   O conhecimento acumulado e a capacidade para aprender
Maturidade Baixa Pessoas inseguras, que revelam pouca disposição para o trabalho  e pouca capacidade para a sua realização Com base na teoria situacional de liderança - Hersey e Blanchard(1977)
Maturidade Baixa/Moderada Pessoas que têm pouca capacidade para o desempenho da tarefa, mas dispõem-se a aprender e a adquirir auto – confiança. Com base na teoria situacional de liderança - Hersey e Blanchard(1977 )
Maturidade Moderada/ Alta Pessoas que revelam capacidade para o trabalho,  mas não têm auto – confiança  ou não estão dispostas a trabalhar. Com base na teoria situacional de liderança - Hersey e Blanchard(1977)
Maturidade Alta Pessoas com capacidade, competentes, auto – confiantes e seguras de si. Com base na teoria situacional de liderança - Hersey e Blanchard(1977)
Tarefa Elevada e Relações Baixas Tarefa Baixa e Relações Baixas Tarefa Elevada e Relações Elevadas Relações Elevadas e Tarefa Baixa RELAÇÕES TAREFA MATURIDADE  MÉDIA A BAIXA (Orientar) MATURIDADE  MÉDIA A ALTA (Apoiar) MATURIDADE  ALTA (Delegar) MATURIDADE  BAIXA (Determinar)
In Eficácia na Gestão I -  Bill  Reddin (1997) Relacional Isolado Integrado Dedicado
OT OR In Eficácia na Gestão I -  Bill  Reddin (1997) Centro  na independência e dedicação do líder Centro nos procedimentos, métodos e sistemas Centro na motivação dos colaboradores e  partilha de  responsabilidades  Centro na  criação de uma  atmosfera de segurança e aceitação dos colaboradores. Relacional Isolado Integrado Dedicado
CRENÇAS
VALOR  DAS TAREFAS
METAS
METAS VALOR  DAS TAREFAS CRENÇAS
MOTIVAÇÃO
FISIOLÓGICAS SEGURANÇA SOCIAL ESTIMA AUTO-REALIZAÇÃO Com base na teoria da Motivação  de Maslow (1908 – 1970)
Quando um nível inferior de necessidade  é satisfeito  O  nível a seguir mobiliza  o comportamento
Teoria motivacional de Herzberg (1923) Factores higiénicos  Factores motivacionais ou satisfatórios
Factores exteriores ao indivíduo. Evitam insatisfação, mas não criam satisfação. Relação com os  outros Condições ambientais Recompensas Materiais Relação  com os superiores Clima FACTORES  HIGIÉNICOS
FACTORES  MOTIVACIONAIS Factores internos sob o controlo do Indivíduo Produzem satisfação  Sentimento de crescimento individual Desafios Teoria motivacional de Herzberg (1923)
MOTIVAÇÃO  TRANSCENDENTE ACÇÃO VOLUNTÁRIA E CRÍTICA Melhoria pessoal AMBIENTE SI  PRÓPRIO OUTRO
Teoria   motivacional de Frankl ( Anos de 1930) VALOR  ACRESCIDO SENTIDO RESULTADOS METAS
AGRADECEMOS A ATENÇÃO!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra motivacional
Palestra motivacionalPalestra motivacional
Palestra motivacional
Fernando Lima
 
Liderança e Comunicação - Maurício Andrade
Liderança e Comunicação - Maurício AndradeLiderança e Comunicação - Maurício Andrade
Liderança e Comunicação - Maurício Andrade
Maurício Andrade
 
Aula chefia e liderança - 24.04.2010
Aula   chefia e liderança - 24.04.2010Aula   chefia e liderança - 24.04.2010
Aula chefia e liderança - 24.04.2010
Michel Moreira
 
Curso de Liderança e Comunicação
Curso de Liderança e ComunicaçãoCurso de Liderança e Comunicação
Curso de Liderança e Comunicação
Dario Vedana
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Fabrício Ottoni
 
Palestra motivacional
Palestra motivacional Palestra motivacional
Palestra motivacional
Bruno Crescente
 
Como tornar-se um lider
Como tornar-se um liderComo tornar-se um lider
Como tornar-se um lider
Alexsandro Rebello Bonatto
 
Marketing Pessoal
Marketing PessoalMarketing Pessoal
Marketing Pessoal
Michel Moreira
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
LiderançaLiderança
Competências de liderança
Competências de liderançaCompetências de liderança
Competências de liderança
Jose Soares Lara
 
Relacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20hRelacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20h
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
Hesau Monteiro
 
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em EquipePalestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Eduardo Maróstica
 
Conceitos de Liderança
Conceitos de LiderançaConceitos de Liderança
Conceitos de Liderança
Gerente Consciente
 
Liderança Para Alta Performance
Liderança Para Alta PerformanceLiderança Para Alta Performance
Liderança Para Alta Performance
fernandorafa
 
Liderança - Características do líder
Liderança - Características do líderLiderança - Características do líder
Liderança - Características do líder
Deise Rocha
 
Liderar e Motivar Equipes
Liderar e Motivar EquipesLiderar e Motivar Equipes
Liderar e Motivar Equipes
Enrico Cardoso
 
Palestra motivacional
Palestra motivacionalPalestra motivacional
Palestra motivacional
João Carlos Butske da Silva
 
Apresentação motivacional
Apresentação motivacionalApresentação motivacional
Apresentação motivacional
Avanti! Comunicação
 

Mais procurados (20)

Palestra motivacional
Palestra motivacionalPalestra motivacional
Palestra motivacional
 
Liderança e Comunicação - Maurício Andrade
Liderança e Comunicação - Maurício AndradeLiderança e Comunicação - Maurício Andrade
Liderança e Comunicação - Maurício Andrade
 
Aula chefia e liderança - 24.04.2010
Aula   chefia e liderança - 24.04.2010Aula   chefia e liderança - 24.04.2010
Aula chefia e liderança - 24.04.2010
 
Curso de Liderança e Comunicação
Curso de Liderança e ComunicaçãoCurso de Liderança e Comunicação
Curso de Liderança e Comunicação
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Palestra motivacional
Palestra motivacional Palestra motivacional
Palestra motivacional
 
Como tornar-se um lider
Como tornar-se um liderComo tornar-se um lider
Como tornar-se um lider
 
Marketing Pessoal
Marketing PessoalMarketing Pessoal
Marketing Pessoal
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Competências de liderança
Competências de liderançaCompetências de liderança
Competências de liderança
 
Relacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20hRelacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20h
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em EquipePalestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
 
Conceitos de Liderança
Conceitos de LiderançaConceitos de Liderança
Conceitos de Liderança
 
Liderança Para Alta Performance
Liderança Para Alta PerformanceLiderança Para Alta Performance
Liderança Para Alta Performance
 
Liderança - Características do líder
Liderança - Características do líderLiderança - Características do líder
Liderança - Características do líder
 
Liderar e Motivar Equipes
Liderar e Motivar EquipesLiderar e Motivar Equipes
Liderar e Motivar Equipes
 
Palestra motivacional
Palestra motivacionalPalestra motivacional
Palestra motivacional
 
Apresentação motivacional
Apresentação motivacionalApresentação motivacional
Apresentação motivacional
 

Destaque

Treinamento aos Empresários
Treinamento aos EmpresáriosTreinamento aos Empresários
Treinamento aos Empresários
manskinho
 
Apostila administração 1
Apostila administração 1Apostila administração 1
Apostila administração 1
Maria Teresa Vasconcelos
 
Aula-liderança
Aula-liderançaAula-liderança
Aula-liderança
Aline Covalero
 
Aula 06 lideranca-equipe
Aula 06 lideranca-equipeAula 06 lideranca-equipe
Aula 06 lideranca-equipe
Tiago Ferraz de Arruda e Aguirre
 
A importância do trabalho em equipe (Plano de Aula)
A importância do trabalho em equipe (Plano de Aula)A importância do trabalho em equipe (Plano de Aula)
A importância do trabalho em equipe (Plano de Aula)
ejkavaliacao
 
Palestra motivacional - felipe lima
Palestra motivacional - felipe limaPalestra motivacional - felipe lima
Palestra motivacional - felipe lima
Thielu
 
Projeto motivação e liderança
Projeto   motivação e liderançaProjeto   motivação e liderança
Projeto motivação e liderança
francisleide
 
Liderança e motivação
Liderança e motivaçãoLiderança e motivação
Liderança e motivação
francisleide
 
Auto Ajuda Obra De Arte Roberto Shinyashiki
Auto Ajuda Obra De Arte   Roberto ShinyashikiAuto Ajuda Obra De Arte   Roberto Shinyashiki
Auto Ajuda Obra De Arte Roberto Shinyashiki
Adriana Reis
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
ORIENTASEDUC
 
Motivação para a mudança
Motivação para a mudançaMotivação para a mudança
Motivação para a mudança
francisleide
 
Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013
Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013 Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013
Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013
IBC Coaching
 
MODELOS DE GESTÃO
MODELOS DE GESTÃOMODELOS DE GESTÃO
MODELOS DE GESTÃO
Prof. Leonardo Rocha
 
Palestra Joel Dutra - Liderança, RH e Avaliação de Desempenho
Palestra Joel Dutra - Liderança, RH e Avaliação de DesempenhoPalestra Joel Dutra - Liderança, RH e Avaliação de Desempenho
Palestra Joel Dutra - Liderança, RH e Avaliação de Desempenho
Universidade Corporativa do Transporte
 
Apresentação tema trabalho em equipe
Apresentação tema trabalho em equipeApresentação tema trabalho em equipe
Apresentação tema trabalho em equipe
Renan Kaltenegger
 
Liderança e gestão de equipes
Liderança e gestão de equipesLiderança e gestão de equipes
Liderança e gestão de equipes
Thiago Villaça
 
LiderançA & GestãO De Equipes 1º Passo Como Ser LíDer
LiderançA & GestãO De Equipes   1º Passo   Como Ser LíDerLiderançA & GestãO De Equipes   1º Passo   Como Ser LíDer
LiderançA & GestãO De Equipes 1º Passo Como Ser LíDer
Carlos Silva
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
aavbatista
 
O Desafio do Administrador Moderno na Atual Gestão de Pessoas
O Desafio do Administrador Moderno na Atual Gestão de PessoasO Desafio do Administrador Moderno na Atual Gestão de Pessoas
O Desafio do Administrador Moderno na Atual Gestão de Pessoas
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Desafios administrador moderno
Desafios administrador modernoDesafios administrador moderno
Desafios administrador moderno
Mercado Consultoria
 

Destaque (20)

Treinamento aos Empresários
Treinamento aos EmpresáriosTreinamento aos Empresários
Treinamento aos Empresários
 
Apostila administração 1
Apostila administração 1Apostila administração 1
Apostila administração 1
 
Aula-liderança
Aula-liderançaAula-liderança
Aula-liderança
 
Aula 06 lideranca-equipe
Aula 06 lideranca-equipeAula 06 lideranca-equipe
Aula 06 lideranca-equipe
 
A importância do trabalho em equipe (Plano de Aula)
A importância do trabalho em equipe (Plano de Aula)A importância do trabalho em equipe (Plano de Aula)
A importância do trabalho em equipe (Plano de Aula)
 
Palestra motivacional - felipe lima
Palestra motivacional - felipe limaPalestra motivacional - felipe lima
Palestra motivacional - felipe lima
 
Projeto motivação e liderança
Projeto   motivação e liderançaProjeto   motivação e liderança
Projeto motivação e liderança
 
Liderança e motivação
Liderança e motivaçãoLiderança e motivação
Liderança e motivação
 
Auto Ajuda Obra De Arte Roberto Shinyashiki
Auto Ajuda Obra De Arte   Roberto ShinyashikiAuto Ajuda Obra De Arte   Roberto Shinyashiki
Auto Ajuda Obra De Arte Roberto Shinyashiki
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Motivação para a mudança
Motivação para a mudançaMotivação para a mudança
Motivação para a mudança
 
Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013
Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013 Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013
Coaching Como Ferramenta de Liderança e Gestão de Pessoas - 16/10/2013
 
MODELOS DE GESTÃO
MODELOS DE GESTÃOMODELOS DE GESTÃO
MODELOS DE GESTÃO
 
Palestra Joel Dutra - Liderança, RH e Avaliação de Desempenho
Palestra Joel Dutra - Liderança, RH e Avaliação de DesempenhoPalestra Joel Dutra - Liderança, RH e Avaliação de Desempenho
Palestra Joel Dutra - Liderança, RH e Avaliação de Desempenho
 
Apresentação tema trabalho em equipe
Apresentação tema trabalho em equipeApresentação tema trabalho em equipe
Apresentação tema trabalho em equipe
 
Liderança e gestão de equipes
Liderança e gestão de equipesLiderança e gestão de equipes
Liderança e gestão de equipes
 
LiderançA & GestãO De Equipes 1º Passo Como Ser LíDer
LiderançA & GestãO De Equipes   1º Passo   Como Ser LíDerLiderançA & GestãO De Equipes   1º Passo   Como Ser LíDer
LiderançA & GestãO De Equipes 1º Passo Como Ser LíDer
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
 
O Desafio do Administrador Moderno na Atual Gestão de Pessoas
O Desafio do Administrador Moderno na Atual Gestão de PessoasO Desafio do Administrador Moderno na Atual Gestão de Pessoas
O Desafio do Administrador Moderno na Atual Gestão de Pessoas
 
Desafios administrador moderno
Desafios administrador modernoDesafios administrador moderno
Desafios administrador moderno
 

Semelhante a Liderança e Motivação

liderana-e-motivao2405.pdf
liderana-e-motivao2405.pdfliderana-e-motivao2405.pdf
liderana-e-motivao2405.pdf
Casi20
 
Liderança e Comportamento Humano no Trabalho
Liderança e Comportamento Humano no TrabalhoLiderança e Comportamento Humano no Trabalho
Liderança e Comportamento Humano no Trabalho
RaquelFaria42
 
Aula 01.pdf
Aula 01.pdfAula 01.pdf
Aula 01.pdf
MarileneAzevedo2
 
AULA - TEORIA COMPORTAMENTALISTA.pptx
AULA - TEORIA COMPORTAMENTALISTA.pptxAULA - TEORIA COMPORTAMENTALISTA.pptx
AULA - TEORIA COMPORTAMENTALISTA.pptx
EVANILSONBATISTAMOTA1
 
Estilo de liderança
Estilo de liderançaEstilo de liderança
Estilo de liderança
MkrH Uniesp
 
Aula 3 lgc
Aula 3 lgcAula 3 lgc
Aula 3 lgc
Tuane Paixão
 
Conceitos de liderança
Conceitos de liderançaConceitos de liderança
Conceitos de liderança
José Carlos Araújo Santos
 
Liderança aulas 1, 2
Liderança   aulas 1, 2Liderança   aulas 1, 2
Liderança aulas 1, 2
Katiana Diniz
 
liderança para resultados
liderança para resultadosliderança para resultados
liderança para resultados
Giezi Schneider
 
2 Gestão de Pessoas Liderança e Motivação conceitos de liderança 2
2 Gestão de Pessoas Liderança e Motivação conceitos de liderança 22 Gestão de Pessoas Liderança e Motivação conceitos de liderança 2
2 Gestão de Pessoas Liderança e Motivação conceitos de liderança 2
farmwaine
 
LIDERANÇA-teorias tradicionais.pptx
LIDERANÇA-teorias tradicionais.pptxLIDERANÇA-teorias tradicionais.pptx
LIDERANÇA-teorias tradicionais.pptx
GilneiPereira2
 
250820171102171.pdf
250820171102171.pdf250820171102171.pdf
250820171102171.pdf
mariasantana771293
 
Aula 4 comportamento mesoorganizacional
Aula 4   comportamento mesoorganizacionalAula 4   comportamento mesoorganizacional
Aula 4 comportamento mesoorganizacional
Felipe Saraiva Nunes de Pinho
 
Manual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipa
Manual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipaManual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipa
Manual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipa
Daniela Anjos
 
Manual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipa
Manual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipaManual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipa
Manual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipa
Daniela Anjos
 
A essência da liderança.pptx
A essência da liderança.pptxA essência da liderança.pptx
A essência da liderança.pptx
VanildaCapinam
 
aula de gestão estrategica de pessoas na era digital
aula de gestão estrategica de pessoas na era digitalaula de gestão estrategica de pessoas na era digital
aula de gestão estrategica de pessoas na era digital
AirtonLeo2
 
agt_2_a03
agt_2_a03agt_2_a03
agt_2_a03
Angelo Yasui
 
Curso formação de líderes eficazes
Curso formação de líderes eficazesCurso formação de líderes eficazes
Curso formação de líderes eficazes
Nathalie Maicá
 
Liderança e Gestão
Liderança e GestãoLiderança e Gestão
Liderança e Gestão
leopoa
 

Semelhante a Liderança e Motivação (20)

liderana-e-motivao2405.pdf
liderana-e-motivao2405.pdfliderana-e-motivao2405.pdf
liderana-e-motivao2405.pdf
 
Liderança e Comportamento Humano no Trabalho
Liderança e Comportamento Humano no TrabalhoLiderança e Comportamento Humano no Trabalho
Liderança e Comportamento Humano no Trabalho
 
Aula 01.pdf
Aula 01.pdfAula 01.pdf
Aula 01.pdf
 
AULA - TEORIA COMPORTAMENTALISTA.pptx
AULA - TEORIA COMPORTAMENTALISTA.pptxAULA - TEORIA COMPORTAMENTALISTA.pptx
AULA - TEORIA COMPORTAMENTALISTA.pptx
 
Estilo de liderança
Estilo de liderançaEstilo de liderança
Estilo de liderança
 
Aula 3 lgc
Aula 3 lgcAula 3 lgc
Aula 3 lgc
 
Conceitos de liderança
Conceitos de liderançaConceitos de liderança
Conceitos de liderança
 
Liderança aulas 1, 2
Liderança   aulas 1, 2Liderança   aulas 1, 2
Liderança aulas 1, 2
 
liderança para resultados
liderança para resultadosliderança para resultados
liderança para resultados
 
2 Gestão de Pessoas Liderança e Motivação conceitos de liderança 2
2 Gestão de Pessoas Liderança e Motivação conceitos de liderança 22 Gestão de Pessoas Liderança e Motivação conceitos de liderança 2
2 Gestão de Pessoas Liderança e Motivação conceitos de liderança 2
 
LIDERANÇA-teorias tradicionais.pptx
LIDERANÇA-teorias tradicionais.pptxLIDERANÇA-teorias tradicionais.pptx
LIDERANÇA-teorias tradicionais.pptx
 
250820171102171.pdf
250820171102171.pdf250820171102171.pdf
250820171102171.pdf
 
Aula 4 comportamento mesoorganizacional
Aula 4   comportamento mesoorganizacionalAula 4   comportamento mesoorganizacional
Aula 4 comportamento mesoorganizacional
 
Manual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipa
Manual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipaManual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipa
Manual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipa
 
Manual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipa
Manual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipaManual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipa
Manual ufcd 4647_-_liderana_e_trabalho_em_equipa
 
A essência da liderança.pptx
A essência da liderança.pptxA essência da liderança.pptx
A essência da liderança.pptx
 
aula de gestão estrategica de pessoas na era digital
aula de gestão estrategica de pessoas na era digitalaula de gestão estrategica de pessoas na era digital
aula de gestão estrategica de pessoas na era digital
 
agt_2_a03
agt_2_a03agt_2_a03
agt_2_a03
 
Curso formação de líderes eficazes
Curso formação de líderes eficazesCurso formação de líderes eficazes
Curso formação de líderes eficazes
 
Liderança e Gestão
Liderança e GestãoLiderança e Gestão
Liderança e Gestão
 

Último

A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Dantas
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
AlfeuBuriti1
 
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfilApostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Carlos Eduardo Coan Junior
 
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Renan Batista Bitcoin
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
InsttLcioEvangelista
 

Último (8)

A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
 
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfilApostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
 
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
 

Liderança e Motivação

  • 2. LIDERANÇA “ Actividade de influenciar pessoas fazendo-as empenharem-se, voluntariamente, em objectivos de equipa” George Terry (1960)
  • 3. FUNÇÕES DA LIDERANÇA PLANIFICAR INFORMAR AVALIAR CONTROLAR “ PUNIR” METAS
  • 4. TEORIAS CENTRADAS NA PERSONALIDADE ► Traços de personalidade do líder (a inteligência, o entusiasmo, a criatividade, a fluência verbal…) ► Liderança individual e estável ► O líder tem capacidade especiais para mobilizar e apoiar a actividade na organização ► Acções pessoais de liderança
  • 6. TEORIAS CENTRADAS NA INTERACÇÃO ► Autoridade e Tomada de Decisão ► Comportamento do líder ► Relação tarefas e pessoas
  • 8. TEORIAS CENTRADAS NA SITUAÇÃO ► Características do líder, dos liderados e requisitos da situação ► Ajustamento da liderança às situações ► Relação tarefas e pessoas
  • 11. ESTILOS DE LIDERANÇA AUTORITÁRIO DEMOCRÁTICO LIBERAL Kurt Lewin (1938)
  • 12. AUTOCRÁTICO O líder comunica aos colaboradores as metas e os objectivos O líder orienta as tarefas na sua perspectiva O líder organiza as equipas e determina a sua composição O líder dá feedback “pessoal”
  • 13. CONSEQUÊNCIAS A equipa tende a desmotivar-se Os membros competem pela valorização pessoal do líder num clima de desconfiança O trabalho autónomo é mínimo e o líder necessita exercer um controlo “apertado”
  • 14. DEMOCRÁTICO O líder fixa metas e discute os objectivos Os membros conhecem os critérios de avaliação do seu desempenho As tarefas são planificadas em conjunto e de forma flexível O trabalho é organizado com autonomia O líder dá feedback e orienta o percurso profissional
  • 15. CONSEQUÊNCIAS A equipa tende a motivar-se Os membros da equipa se auto-valorizam e valorizam os outros O trabalho é realizado em conjunto, mas com a autonomia de cada membro
  • 16. LIBERAL As metas não são claras Os critérios de avaliação de desempenho são fluidos O líder fomenta apenas a relação interpessoal O trabalho é organizado livremente O líder dá um feedback “afectivo” e centrado na satisfação
  • 17. CONSEQUÊNCIAS A equipa envolve-se pouco com as tarefas e assume um cariz pessoal de valor Os membros da equipa competem pela valorização do líder num clima de desconfiança Há pouca responsabilização pelos erros e tendência para “jogos de responsabilidades”
  • 18. PESSOAS TAREFAS Com base na teoria situacional de liderança - Blake e Mouton (1964 ) 5.5 1.1 1.9 9.9 9.1 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Líder Simpático Líder Equipa Líder Indiferente Líder Tarefa Líder Equilibrado
  • 19. + _ E F I C Á C I A LÍDER EQUIPA LÍDER EQUILIBRADO LÍDER TAREFA LÍDER SIMPÁTICO LÍDER INDIFERENTE
  • 20. CONTÍNUO DE LIDERANÇA BASEADO EM TANNENBAUM E SHMIDT Toma a decisão e comunica “ Vende” a sua decisão Esclarece dúvidas O Líder Apresenta a decisão para debate Recolhe sugestões e toma a decisão Define limites e pede ao grupo que tome a decisão Dá autonomia de decisão
  • 21. LIDERANÇA E AUTORIDADE BASEADO EM TANNENBAUM E SHMIDT ÁREA DE LIBERDADE LÍDER RESPONSABILIZA O GRUPO PELOS LIMITES USO DA AUTORIDADE O LÍDER COMUNICA LIMITES
  • 22. LIDERANÇA PELA MATURIDADE DOS LIDERADOS Com base na teoria situacional de liderança - Hersey e Blanchard(1977) Maturidade Psicológica Disposição, motivação, empenho e confiança para e nas tarefas Maturidade no Trabalho O conhecimento acumulado e a capacidade para aprender
  • 23. Maturidade Baixa Pessoas inseguras, que revelam pouca disposição para o trabalho e pouca capacidade para a sua realização Com base na teoria situacional de liderança - Hersey e Blanchard(1977)
  • 24. Maturidade Baixa/Moderada Pessoas que têm pouca capacidade para o desempenho da tarefa, mas dispõem-se a aprender e a adquirir auto – confiança. Com base na teoria situacional de liderança - Hersey e Blanchard(1977 )
  • 25. Maturidade Moderada/ Alta Pessoas que revelam capacidade para o trabalho, mas não têm auto – confiança ou não estão dispostas a trabalhar. Com base na teoria situacional de liderança - Hersey e Blanchard(1977)
  • 26. Maturidade Alta Pessoas com capacidade, competentes, auto – confiantes e seguras de si. Com base na teoria situacional de liderança - Hersey e Blanchard(1977)
  • 27. Tarefa Elevada e Relações Baixas Tarefa Baixa e Relações Baixas Tarefa Elevada e Relações Elevadas Relações Elevadas e Tarefa Baixa RELAÇÕES TAREFA MATURIDADE MÉDIA A BAIXA (Orientar) MATURIDADE MÉDIA A ALTA (Apoiar) MATURIDADE ALTA (Delegar) MATURIDADE BAIXA (Determinar)
  • 28. In Eficácia na Gestão I - Bill Reddin (1997) Relacional Isolado Integrado Dedicado
  • 29. OT OR In Eficácia na Gestão I - Bill Reddin (1997) Centro na independência e dedicação do líder Centro nos procedimentos, métodos e sistemas Centro na motivação dos colaboradores e partilha de responsabilidades Centro na criação de uma atmosfera de segurança e aceitação dos colaboradores. Relacional Isolado Integrado Dedicado
  • 31. VALOR DAS TAREFAS
  • 32. METAS
  • 33. METAS VALOR DAS TAREFAS CRENÇAS
  • 35. FISIOLÓGICAS SEGURANÇA SOCIAL ESTIMA AUTO-REALIZAÇÃO Com base na teoria da Motivação de Maslow (1908 – 1970)
  • 36. Quando um nível inferior de necessidade é satisfeito O nível a seguir mobiliza o comportamento
  • 37. Teoria motivacional de Herzberg (1923) Factores higiénicos Factores motivacionais ou satisfatórios
  • 38. Factores exteriores ao indivíduo. Evitam insatisfação, mas não criam satisfação. Relação com os outros Condições ambientais Recompensas Materiais Relação com os superiores Clima FACTORES HIGIÉNICOS
  • 39. FACTORES MOTIVACIONAIS Factores internos sob o controlo do Indivíduo Produzem satisfação Sentimento de crescimento individual Desafios Teoria motivacional de Herzberg (1923)
  • 40. MOTIVAÇÃO TRANSCENDENTE ACÇÃO VOLUNTÁRIA E CRÍTICA Melhoria pessoal AMBIENTE SI PRÓPRIO OUTRO
  • 41. Teoria motivacional de Frankl ( Anos de 1930) VALOR ACRESCIDO SENTIDO RESULTADOS METAS