SlideShare uma empresa Scribd logo
1
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Versão: 1 | Abril 2019 | #gpa
GPA
Rildo Santos (@rildosan)
Gestão de
Projetos
ÁgeisGerenciamento de Projetos com
Modelos Híbridos baseado no
PMBOK® e Métodos Ágeis
www.etecnologia.com.br
rildo.santos@etecnologia.com.br
rildosan@rildosan.com
skype: rildo.f.santos
Pessoas
Inovação
Tecnologia
2
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Entre em contato conosco para agendar uma reunião para saber mais como podemos ajudar
sua empresa a crescer mais rápido. Envie um e-mail para rildo.santos@etecnologia.com.br
/Blog:
www.rildosan.com
/Site:
www.etecnologia.com.br
/Comunidade:
www.etecnologia.ning.com
/E-mails:
etecnologia@etecnologia.combr
treinamento@etecnologia.com.br
rildo.santos@etecnologia.com.br
Somos uma empresa que acredita que colocar pessoas em primeiro lugar é essencial para
gerar valor e sustentabilidade para empresas.
Somos especialistas em negócio, gestão, inovação e tecnologia. Já ajudamos muitos clientes a
melhorar seu desempenho e se preparar para o crescimento sustentável.
Nossos Serviços
Consultoria, Mentoria e Treinamento
Planejamento
Estratégico
Lean BPM
Inovação pelo
Design
Análise de
Negócio
Liderança de
Pessoas
Experiência das
Pessoas
Transformação
Ágil
Pessoas
Inovação
Tecnologia
Consultoria
Treinamento
Mentoria
Transformação
Digital
Agile
Gestão de
Projetos
Ágeis
BPM
Inovação pelo
Design
3
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
eTecnologia.com.br
rildo.santos@etecnologia.com.br
www.etecnologia.com.br
blog: rildosan.com
rildosan@rildosan.com
comunidade: www.etecnologia.ning.com
Minha pequena história com os Métodos Ágeis:
Sou ex desenvolvedor Java, alias não existe “ex”, uma vez desenvolvedor você sempre será um
“dev”. Trabalhei com método tradicional como cascata e depois com RUP.
Minha historia com os métodos ágeis começou em 2006, quando conheci XP e depois o Scrum,
gostei do Scrum, pois era como pensava que deveria ser o processo de desenvolvimento de
software. Em 2007 escrevei o ebook Scrum Experience que foi considerado, na época, pela
Revista InfoExame como o melhor material disponível na internet para aprender Scrum.
De lá para cá, ganhei muita experiência, atuei em muitos projetos, implantações e mentoria em
métodos ágeis.
Rildo Santos (@rildosan) é consultor multidisciplinar e transdisciplinar, entusiasta e praticante
de Métodos Ágeis, Inovação e Future Thinking.
Atua como consultor, mentor, coach, escritor, facilitador, palestrante, professor e empreendedor.
Lida com métodos ágeis, inovação, design, estratégia, análise de negócio, liderança, tecnologia
da informação, processos e empreendedorismo.
É Administrador de Empresas, Especialista em Educação e Mestre em Engenharia de Software.
Atualmente lidera projetos de Inovação, Transformação Ágil, Transformação Digital e Plataforma
de Negócio Digital utilizando tecnologias emergentes.
Facilitador
4
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Compartilhamento de Conhecimento:
Acesse: www.slideshare.net/ridlo/presentations
Compartilhamento de conhecimento é parte da missão da eTecnologia:
Contribuímos para que as pessoas possam alcançar seus sonhos pessoais e profissionais.
Publicamos nosso conteúdo, apresentações no slideshare, faça uma visita.
* Já alcançamos
a marca de mais
de 1.000.000 de
views
5
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Gestão de Projetos Ágeis
Durante muito tempo apenas um modelo foi largamente utilizado para planejar e executar os
projetos, contudo, com chegada e avanço dos métodos ágeis, houve uma mudança, que
demonstrou que existem outras formas de se planejar e executar projetos, principalmente para
aqueles que tem uma abordagem empírica, como desenvolvimento de software.
Atualmente considerar apenas um modelo de gestão de projetos, representa uma miopia, uma
visão ultrapassada da realidade de negócio.
Gestão de Projetos Ágeis, destaco a palavra “ágeis”, pois ela está no sentido figurado para
mostrar: “Busca de uma solução rápida para gerenciar projetos”, isso dá flexibilidade e
possibilidade de analisar e escolher um modelo de que atenda às necessidades e
características de gestão, ou seja, o modelo mais adequado.
O modelo pode ser baseado nos métodos ágeis ou baseado no PMBOK, mas também poderá
ser um modelo hibrido, pois, algumas vezes será preciso juntar mais que um método ágil,
Scrum e Kanban por exemplo, outras vezes será preciso combinar um método ágil, Scrum com
as técnicas do PMBOK, e por aí vai, é disto que se trata a Gestão de Projetos Ágeis.
Não se trata de privilegiar um modelo ou outro, e sim de se analisar e selecionar qual modelo
deve ser adequado para cada projeto, a partir de um conjunto de critérios para gerenciar o
projeto de forma eficiente e para que ele gere o resultado esperado.
“Para quem só tem martelo, todo projeto parece um prego”
6
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Conteúdo
Gestão de Projetos Ágeis
Conteúdo
Introdução
Por que precisamos dos
Métodos Ágeis?
Pensamento Ágil
Gestão de Projetos
com PMBOK®
Governança de
Projetos
Modelos Híbridos de
Gestão de Projetos
Estudos de Casos
Práticos*
*Somente no workshop presencial
Gerente de Projetos
7
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Gestão de Projetos Ágeis
Introdução
Por que precisamos dos Métodos Ágeis?
1
8
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Desafios (trade-off) da Gestão de Projetos:
Para ter sucesso devemos entregar produto ou serviço com a qualidade combinada, no tempo
certo (dentro do prazo), com custo adequado e atender as expectativas (satisfação) das partes
interessadas (cliente) e gerar valor para o negócio.
Tempo
Qualidade
Custo
Satisfação das Partes Interessadas
Por que precisamos dos Métodos Ágeis?
Rápido Barato
Valor para o negócio
Provação: Escolha 3 opções
Eficiência
Efetividade
Eficácia
Eficiência
Eficácia
Desafio: Entregar todas as opções
9
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Por que precisamos dos Métodos Ágeis?
Projeto de Construção de uma Casa
( ) Sim ( ) Não
É mesma coisa (ou mesmo tipo de projeto)?
( ) Não sei ( ) Talvez
Projeto de Desenvolvimento de Software
10
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Abordagem Prescritiva:
Abordagem ou processo prescritivo, são
processos em que todas as variáveis são
conhecidas, que têm poucas ou nenhuma
mudança ao logo do tempo, são repetitivos,
são previsíveis e tem baixo risco.
Geralmente existe uma documentação
aplicada a execução do processo. Eles são
empregados para desenvolvimento de
produtos.
Encontramos estes processos
essencialmente em industrias para
desenvolvimento de produtos.
Exemplo:
- Construção cível: Casas, edifícios, pontes..
- Montadoras de automóveis
- Linha branca (eletrodoméstico)
- Linha cinza (computadores)
- Áreas de retaguarda das empresas
(backoffice)
Por que precisamos dos Métodos Ágeis?
Não, desenvolver software exige uma abordagem (processo) empírica...
Abordagem Empírica:
Abordagem ou processo empíricos, são
aqueles processos que não se conhece todas
as variáveis, têm mudanças ao logo do tempo,
não são repetitivos, são imprevisíveis e
geralmente tem um nível acentuado de risco.
Geralmente, a execução destes processos é
baseada na experiência e no conhecimento
das pessoas que executam as atividades do
processo.
Encontramos estes processos em algumas
áreas de negócio e em algumas ciências como:
- Medicina
- Direito
- Educação
- Indústria Farmacêutica
- Esportes
- Desenvolvimento de Software
- Etc.
11
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Para desenvolvimento de software: O recomendado são os Métodos Ágeis, que são
fundamentados no Empirismo1, como Scrum, XP e etc.
Scrum emprega uma abordagem iterativa e incremental e técnicas de inspeção e
adaptação para otimizar a previsibilidade e controlar os riscos.
Para áreas como medicina e direito: O recomendado é utilizar Case Management.
Para serviços a sugestão é Service Design (Design de Serviços).
Por que precisamos dos Métodos Ágeis?
Na maioria das empresas podemos encontrar os dois tipos de processos, no segmento de
serviço, como um hospital ou uma escola encontramos os dois tipos de processo,
normalmente os processos empíricos se sobressaem. Já no segmento industrial, em uma
fábrica, por exemplo, geralmente nos deparamos com processos prescritivos no chão de
fábrica e processos empíricos na administração da empresa.
Exemplo: Método Ágil Scrum
1 - Teorias Empíricas de Controle de Processo
Scrum é fundamentado nas teorias empíricas
de controle de processo, ou empirismo.
O empirismo afirma que o conhecimento vem
da experiência e de tomada de decisões
baseadas no que é conhecido.
O Scrum emprega uma abordagem iterativa
e incremental para aperfeiçoar a
previsibilidade e o controle de riscos
Não, desenvolver software exige uma abordagem (processo) empírica...
12
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
A complexidade em desenvolvimento de software - Requisitos
- Tecnologia
- Pessoas
Falta de domínio do negócio
Não conhecimento de todos
os requisitos
Mudanças de requisitos
durante o processo
Requisitos emergentes
Volume de requisitos
Isso leva ao aumento:
- Complexidade
- Imprevisibilidade
- Riscos
1 - Adaptado - Cynefin framework
Framework Cynefin1
Por que precisamos dos Métodos Ágeis?
13
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Por que precisamos dos Métodos Ágeis?
Projeto baseado nas
técnicas do PMBOK®
Software
Abordagem Prescritiva
Abordagem Empírica
Construção Civil
Projeto Processo
baseado em
métodos ágeis
Escopo fechado
Escopo aberto
14
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Por que precisamos dos Métodos Ágeis?
“Quando o encaixe é forçado não quer
dizer que ele funciona”
“Peças certas se encaixam
e funcionam juntas”
O modelo proposto pelo PMBOK® e o modelo proposta pelo Métodos Ágeis são peças que
não encaixam.
São modelos de gestão distintivos
PMBOK® SCRUM
Eles tem abordagens, conceitos e foco totalmente diferentes, portanto não force peças que se encaixam.
15
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Por que precisamos dos Métodos Ágeis?
Modelos Híbridos
28% Modelos
Híbridos
Relatório “State of Agile” em sua 12º. edição (2018), Modelos Híbridos são aplicados em 28%
dos projetos de desenvolvimento de software:
Fonte: https://explore.versionone.com/state-of-agile/versionone-12th-annual-state-of-agile-report
1
1 - Consideramos o Scrumban como
um modelo hibrido uma vez que ela
junta dois métodos, o Scrum e
Kanban em único modelo.
Relatório “State of Agile”
16
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Gestão de Projetos Ágeis
Uma Visão Geral do
Pensamento Ágil
2
17
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Pensamento Ágil
Ágil é um
Mindset
Definido por
quatro Valores
Fundamentados
por doze
Princípios
Aplicado por
diversas Práticas
Ser Ágil Fazer Ágil
18
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Pensamento Ágil
Estamos descobrindo maneiras melhores de
desenvolver software fazendo-o nós mesmos
e ajudando outros a fazê-lo. Através deste
trabalho, passamos a valorizar:
Pessoas e interação entre elas
mais que processos e ferramentas;
Software em funcionamento
mais que documentação abrangente
Colaboração com o cliente
mais que negociação de contratos;
Responder a mudanças
mais que seguir um plano.
Quebrando Paradigmas
Mudando a mentalidade
Valores Ágeis
http://www.manifestoagil.com.br/
Manifesto Ágil
19
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente,
através da entrega adiantada e contínua de
software de valor.
Aceitar mudanças de requisitos, mesmo no fim do
desenvolvimento. Processos ágeis se adéquam a
mudanças, para que o cliente possa tirar
vantagens competitivas.
Entregar software funcionando com frequência,
na escala
de semanas até meses, com preferência aos
períodos mais curtos.
Pessoas relacionadas à negócios e
desenvolvedores devem trabalhar em conjunto e
diariamente, durante todo o curso do projeto.
Construir projetos ao redor de indivíduos
motivados. Dando a eles o ambiente e suporte
necessário, e confiar que farão seu trabalho.
O Método mais eficiente e eficaz de transmitir
informações para, e por dentro de um time de
desenvolvimento, é através de uma conversa face
a face.
Software funcional é a medida primária de
progresso.
Processos ágeis promovem um ambiente
sustentável. Os patrocinadores, desenvolvedores
e usuários, devem ser capazes de manter
indefinidamente, passos constantes.
Contínua atenção à excelência técnica e bom
design, aumenta a agilidade.
Simplicidade: a arte de maximizar a quantidade de
trabalho que não precisou ser feito.
As melhores arquiteturas, requisitos e designs
emergem de times auto-organizáveis.
Em intervalos regulares, o time reflete em como
ficar mais efetivo, então, se ajustam e otimizam
seu comportamento de acordo.
Princípios Ágeis (por trás do Manifesto Ágil)
Pensamento Ágil
Nós seguimos os seguintes princípios:
http://www.manifestoagil.com.br/principios.htm
l
20
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Métodos Ágeis
KANBAN
XP
SCRUM
LEAN
FDD
Existem diversos Métodos Ágeis no mercado, cada método tem suas características e particularidades.
Lean – Baseado no Lean Thinking, foca no fluxo e na entrega de valor para o cliente, melhoria contínua e na
eliminação de desperdícios do processo de desenvolvimento de desenvolvimento de software
Scrum – É um framework para desenvolver, entregar e manter produtos complexos e adaptativos.
Kanban* – O método Kanban é um meio para projetar, gerenciar e melhorar os sistemas de fluxo de trabalho.
FDD – Método ágil para gerenciamento e desenvolvimento de software. Foco desenvolvimento orientado as
“features”.
XP – Método Ágil para equipes pequenas e médias e que irão desenvolver software com requisitos vagos e em
constante mudança.
Pensamento Ágil
21
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Framework Scrum
Artefatos
Sprint
Backlog
Produto
Planejamento
da Sprint
Reunião
diária
2-4 Semanas
24 horas
Revisão
da Sprint Retrospectiva
da Sprint
Visão
Reuniões
Product
Backlog
Legenda:
▪ Product Owner (PO)
▪ ScrumMaster (SM)
▪ Equipe de Desenvolvimento
▪ Product Backlog
▪ Sprint Backlog
▪ Incremento do Produto
Papéis
Eventos (Reuniões)
Artefatos
▪ Planejamento da Sprint
▪ Diária
▪ Revisão da Sprint
▪ Retrospectiva da Sprint
Pré-Game Game Pós-Game
Pensamento Ágil
22
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Pensamento Ágil
XP (Extreme Programming)
eXtreme Programming, ou XP, é um método ágil para desenvolvimento de software para
equipes pequenas e médias.Os cinco valores fundamentais da metodologia XP são:
comunicação, simplicidade, feedback, coragem e respeito. A partir desses valores, possui como
princípios básicos: feedback rápido, presumir simplicidade, mudanças incrementais, abraçar
mudanças e trabalho de qualidade.
Um ponto forte do XP são praticas de engenharia de software, tais como: TDD, Refatoração,
Programação Pareada e etc.
23
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Feature Driven Development (Desenvolvimento Guiado por Funcionalidades) ou FDD, é um
método ágil para gerenciamento e desenvolvimento de software. Ela combina as melhores
práticas do gerenciamento ágil de projetos com uma abordagem completa para Engenharia de
Software orientada por objetos.
O lema da FDD é: “Resultados frequentes, tangíveis e funcionais.”
Como já dissemos o FDD é um método ótimo para descobrir as funcionalidades de software.
Pensamento Ágil
24
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Kanban é um método para desenvolvimento de software baseada em práticas Lean. Ele
permite o gerenciamento do fluxo de trabalho de forma visual, suas principais características
são visualização do fluxo de trabalho, limitação do WIP (trabalho em andamento), medição do
tempo de espera (lead time) e melhoria contínua.
Exemplo de um Kanban:
Backlog Teste (3)Desenvolvimento (5) LiveDeploy(3)
Pensamento Ágil
25
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Visível
Princípios
Valores
Pensamento
Ágil
InvisívelICEBERG ÁGIL: O Pensamento Ágil é composto de Valores, Princípios e Práticas Ágeis.
Métodos Ágeis requerem visão holística, visão do todo, que abrange a parte visível e a
parte invisível do Pensamento Ágil. Nada adianta empregar as práticas ágeis sem
entender os valores e princípios ágeis.
Práticas
Ágeis
O que
Como fazer
Por que
Propósito
Pensamento Ágil
26
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Conteúdo
Gestão de Projetos Ágeis
Uma visão geral do
GUIA PMBOK®
3
27
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
GUIA PMBOK
PMI lançou 6ª edição do GUIA PMBOK®. As mudanças para esta edição incluem novos
processos, adequação de outros e um apêndice e informações sobre métodos ágeis para cada
uma das áreas de conhecimento.
28
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
O Guia PMBOK® apresenta um conjunto de práticas tradicionais já comprovadas em
Gerenciamento de Projetos, amplamente utilizadas. É um guia onde se descreve a
somatória de conhecimento e as melhores práticas dentro da área de gerência de
projetos.
Projeto, segundo o PMBOK®:
“Um projeto é um esforço temporário empreendido para criar
ou entregar um produto, serviço ou resultado exclusivo”
Características de um Projeto:
-Temporal: A natureza temporária indica um início e um
termino
bem definidos.
- Objetivo: Criar ou entregar um produto, serviço ou
resultado
exclusivos.
-
O término é alcançado quando os objetivos do projeto são
atingidos ou quando o projeto é cancelado porque os seus
objetivos não serão ou não podem ser alcançados, ou
quando a necessidade do projeto deixar de existir. Um
projeto também poderá ser encerrado se o cliente (cliente,
patrocinador ou financiador) desejar encerrá-lo.
GUIA PMBOK
GUIA PMBOK® 6ª
Edição – É um Conjunto
de Conhecimento do
Gerenciamento de
Projetos (Project
Management Body of
Knowledge) do PMI
29
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
GUIA PMBOK
Portfólio:
Um portfólio refere-se a projetos, programas, subportfólios e operações gerenciados
como um grupo para atingir objetivos estratégicos.
Programa:
Um programa é definido como um grupo de projetos, subprogramas e atividades de
programa relacionados, gerenciados de modo coordenado visando a obtenção de
benefícios que não estariam disponíveis se eles fossem gerenciados
individualmente.
Arquivo
Gaveta do Arquivo
Um pasta dentro
da gaveta do
arquivo.
30
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
GUIA PMBOK
Gerenciamento de projetos é a aplicação do conhecimento, habilidades,
ferramentas e técnicas às atividades do projeto para atender aos seus
requisitos.
O gerenciamento de projetos é realizado através da aplicação e integração
apropriadas dos 49 processos de gerenciamento de projetos, logicamente
agrupados em cinco grupos de processos. Esses cinco grupos de processos são:
- Iniciação
- Monitoramento e Controle
- Planejamento
- Execução
- Encerramento
Monitoramento e Controle
Iniciação
Encerramento
Planejamento
Execução
31
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
GUIA PMBOK
As Áreas de Conhecimento agrupam processos que possuem assuntos em
comum.
32
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Apensar da importância dos clientes e patrocinadores, o Gerente de Projeto continua como
protagonista principal, ele é responsável direto pelo sucesso do projeto.
Contudo, ele conta com a equipe de trabalho como principal aliada.
Equipe de Projeto: Músicos
A melhor forma de descrever a equipe de trabalho de um projeto é compara-la
aos músicos de uma orquestra.
GUIA PMBOK
Gerente de Projeto:
Maestro
33
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
GUIA PMBOK
O PMI® e a Agile Alliance® uniram forças para criar um Guia de Práticas Ágeis
com a intenção de desenvolver uma maior compreensão das práticas ágeis, com
ênfase na forma como a Ágil se relaciona com a comunidade de gerenciamento de
projetos.
34
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
GUIA PMBOK
O Guia de Práticas Ágeis foi desenvolvido como um recurso para
entender, avaliar e usar abordagens ágeis e híbridas ágeis. Este guia
de prática fornece orientação sobre quando, onde e como aplicar
abordagens ágeis e fornece ferramentas práticas para profissionais e
organizações que desejam aumentar a agilidade.
Guia começa por apresentar a mentalidade, os valores e os
princípios do Manifesto Ágil.
Análise profunda da seleção do ciclo de vida
Para os gerentes de projetos o aspecto mais visível das abordagens
Agile é sem dúvida o ciclo de vida. Vários ciclos de vida são
discutidos no guia, juntamente com filtros de adequação, diretrizes
de adaptação e combinações comuns de abordagens..
Recomendações para criar um ambiente ágil
Existem vários fatores críticos a serem considerados ao criar um
ambiente ágil, como o conceito do líder servidor e a composição da
equipe. Esses fatores são explorados em profundidade no guia.
Recomendações para entregar em um ambiente ágil
O guia orienta sobre como organizar a equipe e prepara-las com
práticas comuns para fornecer valor em uma base regular. São
fornecidos exemplos de medidas empíricas para a equipe e para
reportar posição.
35
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
GUIA PMBOK
Considerações organizacionais para a agilidade do projeto:
Todo o projeto é influenciado fortemente pelo contexto da
organização. O guia explora os fatores organizacionais que afetam o
uso de práticas ágeis, como cultura, prontidão, práticas de negócios
e o papel do Escritório de Gerenciamento de Projetos.
Mas informações:
Mapeamento com o GUIA PMBOK®
Para ajudar aqueles que têm uma formação tradicional na transição
do gerenciamento de projetos para uma mentalidade ágil, é
mostrado um mapeamento de conceitos ágeis para os Grupos de
Processo de Gerenciamento de Projetos e Áreas de Conhecimento
definidos no Guia PMBOK® 6º. edição.
O mapeamento descreve como as abordagens híbridas e ágeis
abordam os atributos descritos nas Áreas de conhecimento do Guia
PMBOK®. Abrange o que permanece o mesmo e o que pode
ser diferente, juntamente com algumas diretrizes a serem
consideradas para aumentar a probabilidade de sucesso.
Visão Geral de Agile e Lean Frameworks:
O guia descreve algumas das abordagens ágeis mais utilizadas,
como Scrum, XP, Kanban, Scrumban, FDD, Scrum of Scrums, Scale
Agile Framework, Scal Scale, Enterprise Scrum e Disciplined Agile.
36
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Conteúdo
Gestão de Projetos Ágeis
Governança de Projetos 4
37
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Governança de Projetos
Governança de Projetos
Estabelece um sistema de tomada de decisão
Gestão de Projetos
Gestão é responsável por executar as decisões
Modelos de Gerenciamento de Projetos
Visão geral da Governança de Projetos
A governança de projetos é uma estrutura de camadas que estabelece uma sistema de
tomada de decisão baseada em autoridade e responsabilidades:
Modelo de Gestão
baseado
no PMBOK
Modelo de Gestão
baseado no Ágil
Modelo de Gestão
Híbrido
Modelo de Gestão baseado
em Métodos Ágeis
Modelo de Gestão baseado
em Ágil e PMBOK®
38
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Gestão de
Projetos
Governança de Projetos
Governança
de Projetos
A governança define um sistema de
tomada de decisão, estabelecendo
metas, politicas, diretrizes, princípios e
responsabilidades.
É o conjunto de práticas que tem como
objetivo realizar as decisões e entregar
valor através da execução de projetos.
Toma a decisão de qual o modelo de
gestão de projeto deve ser utilizado
Executa o projeto utilizando o
modelo de gestão selecionado.
39
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Metáfora do Jogo de Carta
Governança de Projetos
Paciência
As mesmas cartas do baralho podem ser utilizadas e configuradas para formar diversos jogos,
exemplos: Truco, Paciência, Poker, 21 e etc.
Existem jogos mais simples ou mais complexos de acordo com contexto (lazer, diversão,
esporte, ganho de dinheiro e etc) e necessidades das pessoas (jogadores) e características do
jogo.
Um bom modelo de gestão deve ser adaptável e configurável de acordo com contexto,
necessidades e características da demanda por projeto.
Pois, seria muito chato usar o baralho para jogar sempre o mesmo jogo, sem considerar o
contexto e o necessidades das pessoas.
Truco
Poker
Black Jack (21)
Buraco
Canastra
Bridge
Cacheta
40
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Governança define um sistema de tomada de decisão, que quando aplicado a
projetos, facilita a decisão de qual o modelo de gestão será ideal para conduzir
ou gerenciar um projeto.
Levando em consideração as diretrizes de governança, contexto de negócio,
necessidades e características da demanda por projeto.
Governança de Projetos
Demanda por
projeto
Análise e Tomada
de Decisão
Modelo de Gestão baseado no PMBOK
Modelo de Gestão baseado no Ágil
(com apenas um método ágil)
Modelo de Gestão Híbrido
Modelo de Gestão
baseado em Métodos
Ágeis
Modelo de Gestão
baseado em Ágil e
PMBOK®
Modelos de Gestão
41
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Características e Necessidades de projeto determinam qual será o modelo de gestão
ideal para cada projeto. Notadamente a construção de uma cidade deveria seguir um
modelo baseado no PMBOK® e a extensão de construção cível, contudo as
características do projeto impõe método ágil como modelo de gestão mais adequado
Governança de Projetos
Projeto: Construção de uma pequena cidade com conceitos de Smart City:
Entrega de valor mais
rápido (MMP)
Requisitos Emergentes
Incertezas
Smart cities, ou cidades inteligentes, se define pelo uso da tecnologia para melhorar a
infraestrutura urbana e tornar os centros urbanos mais eficientes e melhores de se viver.
Empirismo
(conhecimento pela
experimentação)
Mudanças de requisitos
durante o processo de
desenvolvimento
Características do Projeto:
Escolha a opção: ( ) Modelo baseado no PMBOK® ( ) Modelo baseado em Ágil
42
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Características e Necessidades de projetos determinam qual será o modelo de gestão
ideal: Exemplo de um projeto que deve ser utilizado as técnicas do PMBOK® devido
suas características: .
Governança de Projetos
Escopo fechado
Projeto de Mudança de Datacenter para outro:
Pouca ou nenhuma mudança
durante a execução do projeto
Requisitos são conhecidos
Características do Projeto:
Qualidade deve ser gerenciado
Orçamento definido
Data de inicio e fim definidas
Riscos devem ser gerenciado
Custos devem ser gerenciado
43
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Características e Necessidades de Gestão de Projetos
Exemplos de características que podem determinar o modelo de gestão de projetos:
Principais Características de um Projeto Ágil:
- Escopo aberto
- Aprendizagem emergente. Aprendizagem durante o projeto.
- Alguns requisitos são hipóteses que serão validadas durante o projeto
- Não preciso ter total conhecimento ou domínio de negócio
- Mudanças acentuadas de requisitos durante o projeto ou alto volumes de
requisitos
- Soluções para um ambiente: VUCA (Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo)
- Não necessário conhecer todos os requisitos;
- Alguns requisitos serão emergentes
- Equipe experiente, colaborativa, auto-organizada e multidisciplinar
- Uso eminente de tecnologias emergentes
Governança de Projetos
Essas características
podem ser
transformadas
em uma lista de
critérios para facilitar
a análise
e toma da decisão.
44
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Características e Necessidades de Gestão de Projetos
Exemplos de características que podem determinar o modelo de gestão de projetos:
Principais Características de Projeto baseado no PMBOK®:
- Escopo fechado
- Requisitos prescritivos, ou seja, todos os requisitos são conhecidos.
- Data de início e fim do projeto bem definida
- Pouca ou nenhuma mudança de requisitos durante o projeto
- Precisar controlar riscos
- Necessidade de controlar qualidade de forma explicita
- Carência de controlar custos
- Necessidade de aquisições de serviços, produtos e/ou contratações
de fornecedores
- Precisar controlar as atividades que são feitas pelos membros das equipe
- Necessidade gerenciar as partes interessadas de “perto”
Governança de Projetos
Essas características
podem ser
transformadas
em uma lista de
critérios para facilitar
a análise
e toma da decisão.
45
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Características e Necessidades de Gestão de Projeto. Exemplo de um projeto que
deve ser utilizado um modelo hibrido devido as características:
Características Ágeis:
- Escopo aberto
- Aprendizagem emergente.
- Alguns requisitos são hipóteses de negócio
que devem ser validados durante o projeto
- Falta de domínio de negócio
- Mudanças de requisitos durante o processo
- Possibilidade requisitos emergentes
- Equipe experiente, colaborativa, auto-
organizada e multidisciplinar
Características Tradicionais (PMBOK®):
- Necessidade de controlar riscos
- Necessidade de controlar qualidade
- Necessidade de controlar custos
- Necessidade de aquisições de serviços,
produtos e/ou contratações de fornecedores
- Necessidade de gerenciar as partes
interessadas
- Necessidade de gerenciar a comunição de
forma explicita
Neste exemplo as características e necessidades de gestão se completam formando um modelo
hibrido de gerenciamento de projeto.
Governança de Projetos
Modelo hibrido baseado em Ágil e PMBOK®
46
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Boas práticas na elaboração de um Modelo Hibrido:
- Estabeleça a governança para analisar e tomar decisão sobre modelo de gestão projeto.
- Defina critérios para facilitar a tomada de decisão.
- O modelo híbrido deve, essencialmente, ser customizado para cada ambiente de
negócios e tipo de projeto.
- Modelos são complementares. Eles devem ser combinado para complementar as atividades
ou controles.
- Modelo não devem sofrer sobreposição. Exemplo: Timebox e Cronograma são sobre
gerenciamento de tempo.
- As características do produto ou serviço podem ser determinantes pelo escolha do
modelo de gestão de projetos. Exemplo: Frequência de mudanças, grande número
de incertezas, riscos, custos e etc.
- Identificar a abordagem predominante: Descritiva ou Empírica. Pois, elas ajudam na
tomada de decisão de qual modelo deve utilizado para gerenciar os projetos.
- Os papéis da equipe de projeto devem ter responsabilidades bem definidas.
- Tome cuidado para não fazer o controle do controle.
Governança de Projetos
47
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
5
Gestão de Projetos Ágeis
Modelos Híbridos de
Gerenciamento de Projetos
48
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Modelo Hibrido
FDD
XP
O Modelo Hibrido de Gerenciamento de Projetos é como um ornitorrinco que tem
características próprias.
O ornitorrinco (nome científico: Ornithorhynchus anatinus, do grego: ornitho, ave +
rhynchus, bico; e do latim: anati, pato + inus, semelhante a: "com bico de ave,
semelhante a pato") é um mamífero semiaquático natural da Austrália e Tasmânia.
É o único representante vivo da família Ornithorhynchidae, e a única espécie do
gênero Ornithorhynchus. Juntamente com as equidnas, formam o grupo dos
monotremados, os únicos mamíferos ovíparos existentes. A espécie é monotípica, ou
seja, não tem subespécies ou variedades reconhecida.
Vivíparos
Ovíparos
49
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Modelo Hibrido
FDD
Tentar forçar a junção entre PMBOK e Ágil é querer criar um modelo no estilo Frankenstein,
pois eles não são compatíveis, não se encaixam, mas são complementares.
50
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Modelo Hibrido
O PMBOK e Ágil: Uma Comparação
Termo PMBOK Métodos Ágeis (Scrum)
Mudança Controlada Faz parte do jogo, é bem vinda.
Foco Projeto Produto
Tempo Controle através cronograma Controle através Timebox
Estrutura
Analítica
EAP (Estrutura Analítica do Projeto) Não está explicita, mas quando existir, ela
deverá ser do produto
Escopo Controlado e bem detalhado (Declaração
de escopo do projeto)
Escopo do produto. Representado pela
visão de alto nível do produto.
Requisitos Declaração explícitas dos requisitos. Na
maioria das vezes todos os requisitos são
identificados, analisados antes do projeto
Declaração explícita dos requisitos
através do produto backlog. Não é
necessário ter todos os requisitos para
iniciar o desenvolvimento
Equipe Gerente de Projeto como protagonista e
equipe do projeto são coadjuvantes
Equipe Scrum com protagonista
Estimativas Gerente de Projeto e/ou especialistas Equipe de desenvolvimento
Custos Planejado, Acompanhado Controlado Não tem
Riscos Planejado, Acompanhado Controlado
(Ações para mitigar)
Acompanhados e controlados durante a
Sprint com foco em garantir a entrega da
meta.
51
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Modelo Hibrido
O PMBOK e Ágil: Uma Comparação
Termo PMBOK Métodos Ágeis (Scrum)
Comunicação Planejada, acompanhada e controlada Informal, mas intensa, principalmente
entre a equipe Scrum e pessoas de
negócio
Prazo de Entrega Depende, pode ser de curto, médio ou
de longo prazo
Curto prazo (máximo 30 dias – duração
máxima de uma Sprint)
Qualidade Planejada, acompanhada e controlada Implícita ao processo
Premissas Declarações formais e explicitas Implícito e informal
Restrições Declarações formais e explicitas Implícito e informal
Lições aprendidas No final de cada fase e no final do
projeto
No final de cada Sprint (ciclo) nas
retrospectivas.
Melhoria contínua Não é explicito e nem formal. Depende
do GP e/ou da equipe
É formal e explicita (adaptação). Ela
acontece no final de cada Sprint. É dos
pilares do Scrum.
Transparência Sim, mas depende do GP e/ou da
equipe
Sim, é dos pilares do Scrum.
Artefatos e
documentos
Diversos Apenas três artefatos
52
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Modelo Hibrido
Exemplo de modelos de gerenciamento de projetos que podem ser aplicados em uma empresa
que produz e comercializa software em “on-premises”
Modelo de Gerenciamento de
Projetos
Justificativa
Desenvolvimento de Produto
- Scrum
Desenvolvimento de novas funcionalidades, melhorias e requisitos legais, são demandas
planejadas. Elas fazem parte do produto backlog, são priorizadas e incorporadas ao plano
de releases do produto. Elas serão entregues nas liberações de releases (versões) do
software.
Manutenção de Produto
- Kanban
As demandas de manutenção, conhecidas como demandas não planejadas, pois elas estão
no formato “event-driven”, normalmente representam bugs, falhas ou erros de software que
devem ser corrigidos e liberados de imediato, quando os riscos causam alto impacto na
operação, geralmente através de uma build.
Sustentação da Operação:
Central de Serviços
- Kanban
As demandas de incidentes são conhecidas como demandas não planejadas, pois elas
estão no formato “event-driven”.
Para responder estas demandas é necessário categorização, análise, solução e respostas.
Quando identificadas como demanda do tipo manutenção devem ser endereçadas para
equipe de manutenção. Caso contrário a equipe da Central de Serviços deverá assumir a
responsabilidades pela solução e se necessário deverá ser encaminhada a equipe de
Gerenciamento de Problemas.
Sustentação da Operação:
Mudança e Liberação
- PMBOK
O gerenciamento de mudança e liberação, são atividades que podem ser coordenadas
utilizando as técnicas do PMBOK, pois, elas requerem um escopo bem definido, data de
início e de fim, os requisitos são conhecidos e controlados, assim como os riscos, qualidade
e custo. Geralmente requer um estreito gerenciamento das partes interessadas.
Sustentação da Operação
Gerenciamento de Problemas
(troubleshooting)
- Kanban
As demandas de gerenciamento de problemas são oriundas de gerenciamento de eventos
e/ou do gerenciamento de incidentes elas identificam bugs, falhas, erros e baixo nível de
qualidade dos serviços relacionados a software (Sistema operacional, Sistema Gerenciador
de Banco de Dados e etc) ou hardware, elas não são planejadas na maioria das vezes, pois
elas estão no formato “event-driven”.
Quando elas oferecem riscos ao negócio elas devem ser resolvidas de imediato. Por conta
disto elas requerem um método adaptável e flexível.
53
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Conteúdo
Gestão de Projetos Ágeis
Modelos Híbridos de
Gerenciamento de Projetos
PMBOK® e ÁGIL
54
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Exemplo completo de um modelo hibrido de gerenciamento de projeto:
Características Ágeis:
- Escopo aberto
- Aprendizagem emergente.
- Alguns requisitos são hipóteses de negócio
que devem ser validados durante o projeto
- Falta de domínio de negócio
- Mudanças de requisitos durante o processo
- Possibilidade requisitos emergentes
- Equipe experiente, colaborativa, auto-
organizada e multidisciplinar
Características Tradicionais (PMBOK®):
- Necessidade de controlar riscos
- Necessidade de controlar qualidade
- Necessidade de controlar custos
- Necessidade de aquisições de serviços,
produtos e/ou contratações de fornecedores
- Necessidade de gerenciar as partes
interessadas
- Necessidade de gerenciar a comunição de
forma explicita
Modelo Hibrido: PMBOK® e ÁGIL
Modelo Hibrido baseado em Ágil e PMBOK
55
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Modelo Hibrido: PMBOK® e ÁGIL
Exemplo que mostra PMBOK® e Ágil são complementares.
Gerenciamento de
Custos
Gerenciamento de
Aquisição
Gerenciamento de
Qualidade
Gerenciamento de
Comunicação
Gerenciamento de
Partes Interessadas
Gerenciamento de
Riscos
ModeloHibridodeGerenciamentodeProjetos
ScrumPMBOK
Equipe
Ágil
Gerente de
Projeto
56
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Modelo Hibrido: PMBOK® e ÁGIL
O PMBOK® e Ágil são complementares. Alguns exemplos:
Gerenciamento de
Custos
Gerenciamento de
Aquisição
Gerenciamento de
Qualidade
Gerenciamento de
Comunicação
Gerenciamento de
Partes Interessadas
Gerenciamento de
Riscos
Gerenciamento de Aquisição:
- Em um projeto de desenvolvimento de produto de Software deverá ser contrato
um serviço de PaaS (Plataforma como serviço)
Gerenciamento de Riscos:
- Em um projeto de desenvolvimento de produto de Software deverá ser mitigado
os riscos relacionamentos com a tecnologia adotada e com a contração de
fornecedores de serviços.
Gerenciamento de Parte Interessadas:
- Em um projeto de desenvolvimento de produto de Software deverá ser
engajados alguns diretores (partes interessadas) de um determinada filial.
Gerenciamento de Custos:
- Em um projeto de desenvolvimento de produto de Software com orçamento
“apertado” deverá ser acompanhado, controlado e reportado os custos para CFO.
ModeloHibridodeGerenciamentodeProjetos
PMBOK Gerente de
Projeto
57
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Conteúdo
Gestão de Projetos Ágeis
Modelos Híbridos de
Gerenciamento de Projetos
Métodos Ágeis
58
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Modelo Hibrido: SCRUM, FDD e XP
FDDSCRUM
Gestão de Projetos
Requisitos de Software
XP
desenvolvimento
de Software
Colocando tudo
junto e misturado
59
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Modelo Hibrido: SCRUM, FDD e XP
Programação pareada
TDD
Práticas XP:FDD
Refactoring
Juntando Scrum, FDD e XP. O Scrum cuida do gerenciamento do projeto, FDD fica com a
descoberta, análise das funcionalidades e requisitos e as práticas XP são aplicadas no
desenvolvimento do software.
60
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Backlog da
Gestão de
Demanda
Backlog do
Produto
Novas
funcionalidades
Bugs
Scrum
Backlog
Demanda:
Cliente
Suporte,
Comercial
Testes
Negócio...
Selecionados(5) WIP(5) Teste(3) Feitos
dev1
dev2
dev3
dev4
dev5 t3
t2
t1
1 – WIP = work in progress
Sprint Backlog
Sprint
Reunião diária
Revisão do
produto
Retrospectiva
Reunião
Planejamento
Backlog do
Produto
Kanban
bugs
Novas
funcionalidades
Melhorias
Juntando Scrum e Kanban. O Scrum cuida do gerenciamento do projeto da implementação
de novas funcionalidades, customizações e melhoras. O Kanban é aplicado na correção de
bugs e falhas (drive event – orientação a eventos).
Equipe Desenvolvimento
Equipe Manutenção
Modelo Hibrido: SCRUM e KANBAN
61
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Este modelo junta o Scrum e Kanban criando um novo modelo chamado ScrumBan
Modelo Hibrido: SCRUMBAN
Scrum é um método ágil excelente para desenvolvimento de produtos de software e o Kanban é método mais
adaptativo (mais flexível) ideal para sustentação de produtos ou para produtos onde os requisitos mudam
constante. Algumas situações é necessário juntar o melhor de ambos para criar um modelo robusto e
adaptativo que chamamos de ScrumBan.
ScrumBan requer uma equipe ágil com maior nível de maturidade, empoderamento, auto-organização e
colaboração.
Fluxo Contínuo
Reunião de
Planejamento
Reunião
Diária
Revisão do
Produto Retrospectiva
WIP SLALead time
Classes de Serviços
62
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Conteúdo
Gestão de Projetos Ágeis
Gerente de Projeto 6
63
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Gerente de Projeto
Podemos ter um único modelo de gestão para todos os tipos de projetos?
Não. Os projetos não são iguais, eles podem ter características e necessidades de
gerenciamento especificas, utilizar um único modelo, pode causar ineficiência.
“Para quem só tem martelo,
todo projeto parece um prego”
64
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Sou Gerente de Projeto e Agora?
Gerente de Projeto
Como fica o Gerente de Projeto (PMP) em
ambientes que adotam Ágil e Modelos
Híbridos?
65
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
“Change your Mindset”
(mude a sua mentalidade)
Sou Gerente de Projeto e Agora?
Gerente de Projeto
deve “Shift your Mindset”
para atuar em projetos
ágeis e projetos híbridos.
Gerente de Projeto
“Shift your Mindset”
(chavear sua mentalidade)
66
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Os profissionais que atuam como Gerente de Projeto baseado no PMBOK®
podem e devem atuar em projetos ágeis e projetos de modelos híbridos.
- Quando o modelo de projeto for baseado nas técnicas do PMBOK®, o
Gerente de Projetos é o protagonista.
-Quando o modelo de projeto for baseado nas práticas ágeis, o Gerente de
Projetos deverá Shift your Mindset (chavear sua mentalidade) para atuar
como Scrum Master ou Dono do Produto. É imprescindível ter competências
para desempenhar tais papeis.
- Quando for modelo hibrido para gerenciar projetos baseado no PMBOK® e
em Métodos Ágeis, o Gerente de Projetos deverá colaborar no
gerenciamento do projeto, atuando nas áreas de conhecimento baseadas
no PMBOK®.
Gerente de Projeto
67
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Novo perfil exigido profissional responsável pelo gerenciamento
de projeto:
Gerente de Projeto
O perfil de herói é do Batman é que é um super herói
sem superpoderes, mas ele tem um cinto de utilidade
que tem a ferramenta certa para cada situação.
Continuará sendo chamado quando surgem emergências
68
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Workshop Gestão de Projetos Ágeis
Gerenciamento de Projetos com Modelos Híbridos baseado em
Técnicas do PMBOK® e Práticas Ágeis
Treinamento
Pessoas
Inovação
Tecnologia
Rildo Santos
rildo.santos@etecnologia.com.br
(11) 991235358
skype: rildo.f.santos
“Para alcançar o sucesso na gestão de projetos precisamos das pessoas certas, nos lugares certos e ferramentas
certas.”
Às vezes as exigências e necessidades de gestão de projetos vão além de único método ágil ou do modelo proposto pela
PMBOK, para este cenário de complexidade a solução recomendada é trabalhar com modelos híbridos de gerenciamento de
projetos. Um modelo hibrido pode combinar técnicas do PMBOK® e Práticas Ágeis ou juntar métodos ágeis para criar um
modelo flexível e adaptativo que facilite a gestão e contribua para geração de valor.
Este workshop apresenta e demonstra através de estudos de casos práticos como analisar, selecionar e utilizar modelos híbridos
para gerenciar projetos. Ele também aborda governança de projetos, métodos ágeis, técnicas do PMBOK e como definir critérios
de seleção baseados nas características e necessidades de gestão para definir qual modelo é mais adequado para gerenciar os
projetos de forma eficiente.
Objetivo: Preparar os participantes para atuar com modelos híbridos baseados nas técnicas do PMBOK e Métodos Ágeis para
gerenciar de projetos de forma eficiente.
Para quem: Este workshop é indicado para Equipes Ágeis (Desenvolvedores, Donos do Produto, Scrum Master e Testadores),
Analistas de Negócio, PMOs, Gerentes de Projeto, Analistas de Projetos, Gerentes de Desenvolvimento, Coordenadores e
Lideres Técnicos
Carga horária: 16 horas (2 dias)
Para contratar turma “in-company” entre em contato conosco. Este workshop pode ser “customizado” para atender as
necessidades da sua empresa.
69
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Referências:
70
GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos
Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br
Versão: 1 | Abril 2019 | #gpa
GPA
Rildo Santos (@rildosan)
Gestão de
Projetos
ÁgeisGerenciamento de Projetos com
Modelos Híbridos baseado no
PMBOK® e Métodos Ágeis
www.etecnologia.com.br
rildo.santos@etecnologia.com.br
rildosan@rildosan.com
skype: rildo.f.santos
Pessoas
Inovação
Tecnologia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - IniciaçãoGerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - Iniciação
Paulo Junior
 
Gestão estratégica empresarial
Gestão estratégica empresarialGestão estratégica empresarial
Gestão estratégica empresarial
Gerisval Pessoa
 
Analise swot
Analise swotAnalise swot
Gestão por Processo
Gestão por ProcessoGestão por Processo
Gestão por Processo
Rildo (@rildosan) Santos
 
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Annelise Gripp
 
Gestão Estratégica das Organizações
Gestão Estratégica das OrganizaçõesGestão Estratégica das Organizações
Gestão Estratégica das Organizações
Kenneth Corrêa
 
Exercicio de Planejamento Estrategico
Exercicio de Planejamento EstrategicoExercicio de Planejamento Estrategico
Exercicio de Planejamento Estrategico
PAULO RICARDO FLORES
 
Osm aula1
Osm aula1Osm aula1
Osm aula1
Joel Vian
 
Treinamento de Scrum
Treinamento de ScrumTreinamento de Scrum
Treinamento de Scrum
Luiz Duarte
 
Scrum Experience
Scrum ExperienceScrum Experience
Scrum Experience
Rildo (@rildosan) Santos
 
Gestao de portfolio a execucao da estrategia atraves de projetos
Gestao de portfolio   a execucao da estrategia atraves de projetosGestao de portfolio   a execucao da estrategia atraves de projetos
Gestao de portfolio a execucao da estrategia atraves de projetos
Robes Baima, PMI-PMP, PMI-RMP
 
Gerenciamento de projetos apostila completa
Gerenciamento de projetos   apostila completaGerenciamento de projetos   apostila completa
Gerenciamento de projetos apostila completa
Paulo Junior
 
Aula 1 - Introdução ao marketing
Aula 1 - Introdução ao marketingAula 1 - Introdução ao marketing
Aula 1 - Introdução ao marketing
Kesia Rozzett Oliveira
 
Transformação Ágil
Transformação ÁgilTransformação Ágil
Transformação Ágil
Rildo (@rildosan) Santos
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
Kesia Rozzett Oliveira
 
Planejamento estrategico, tático e operacional
Planejamento estrategico, tático e operacionalPlanejamento estrategico, tático e operacional
Planejamento estrategico, tático e operacional
PMY TECNOLOGIA LTDA
 
Webaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidade
Webaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidadeWebaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidade
Webaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidade
Projetos e TI
 
Gerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em ProjetosGerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em Projetos
Mauro Sotille, MBA, PMP
 
Introdução ao Design Thinking
Introdução ao Design Thinking   Introdução ao Design Thinking
Introdução ao Design Thinking
Priscila Machado
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Marcos Garrido
 

Mais procurados (20)

Gerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - IniciaçãoGerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - Iniciação
 
Gestão estratégica empresarial
Gestão estratégica empresarialGestão estratégica empresarial
Gestão estratégica empresarial
 
Analise swot
Analise swotAnalise swot
Analise swot
 
Gestão por Processo
Gestão por ProcessoGestão por Processo
Gestão por Processo
 
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
Scrum - Fundamentos, teorias e práticas!
 
Gestão Estratégica das Organizações
Gestão Estratégica das OrganizaçõesGestão Estratégica das Organizações
Gestão Estratégica das Organizações
 
Exercicio de Planejamento Estrategico
Exercicio de Planejamento EstrategicoExercicio de Planejamento Estrategico
Exercicio de Planejamento Estrategico
 
Osm aula1
Osm aula1Osm aula1
Osm aula1
 
Treinamento de Scrum
Treinamento de ScrumTreinamento de Scrum
Treinamento de Scrum
 
Scrum Experience
Scrum ExperienceScrum Experience
Scrum Experience
 
Gestao de portfolio a execucao da estrategia atraves de projetos
Gestao de portfolio   a execucao da estrategia atraves de projetosGestao de portfolio   a execucao da estrategia atraves de projetos
Gestao de portfolio a execucao da estrategia atraves de projetos
 
Gerenciamento de projetos apostila completa
Gerenciamento de projetos   apostila completaGerenciamento de projetos   apostila completa
Gerenciamento de projetos apostila completa
 
Aula 1 - Introdução ao marketing
Aula 1 - Introdução ao marketingAula 1 - Introdução ao marketing
Aula 1 - Introdução ao marketing
 
Transformação Ágil
Transformação ÁgilTransformação Ágil
Transformação Ágil
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
 
Planejamento estrategico, tático e operacional
Planejamento estrategico, tático e operacionalPlanejamento estrategico, tático e operacional
Planejamento estrategico, tático e operacional
 
Webaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidade
Webaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidadeWebaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidade
Webaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidade
 
Gerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em ProjetosGerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em Projetos
 
Introdução ao Design Thinking
Introdução ao Design Thinking   Introdução ao Design Thinking
Introdução ao Design Thinking
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
 

Semelhante a Gestão de Projetos Ágeis

Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Flávio Steffens
 
Treinamentos In Company - ADDTECH
Treinamentos In Company - ADDTECHTreinamentos In Company - ADDTECH
Treinamentos In Company - ADDTECH
.add
 
Métodos Ágeis
Métodos ÁgeisMétodos Ágeis
Métodos Ágeis
Aldo Pires
 
Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)
Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)
Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)
CompanyWeb
 
Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience
Rildo (@rildosan) Santos
 
Design Sprint e Design Thinking na inovação para processos de negócio [Semana...
Design Sprint e Design Thinking na inovação para processos de negócio [Semana...Design Sprint e Design Thinking na inovação para processos de negócio [Semana...
Design Sprint e Design Thinking na inovação para processos de negócio [Semana...
Kelly Sganderla
 
Desmitificando o ágil e o scrum
Desmitificando o ágil e o scrumDesmitificando o ágil e o scrum
Desmitificando o ágil e o scrum
Scumpb
 
Estratégia de Desenvolvimento de Produto Para Startups
Estratégia de Desenvolvimento de Produto Para StartupsEstratégia de Desenvolvimento de Produto Para Startups
Estratégia de Desenvolvimento de Produto Para Startups
Renzo Colnago
 
O Pensamento Lean-Agile nos Negócios do Século XXI
O Pensamento Lean-Agile nos Negócios do Século XXIO Pensamento Lean-Agile nos Negócios do Século XXI
O Pensamento Lean-Agile nos Negócios do Século XXI
Luiz C. Parzianello
 
TDC2018FLN | Trilha DT - Process Design Thinking
TDC2018FLN | Trilha DT - Process Design ThinkingTDC2018FLN | Trilha DT - Process Design Thinking
TDC2018FLN | Trilha DT - Process Design Thinking
tdc-globalcode
 
Desmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & ScrumDesmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & Scrum
Teamware do Brasil
 
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
GrupoMENTHOR
 
Introdução Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De Software
Introdução  Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De SoftwareIntrodução  Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De Software
Introdução Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De Software
Marcos Cardoso
 
Engenharia de Software I - Aula 5
Engenharia de Software I - Aula 5Engenharia de Software I - Aula 5
Engenharia de Software I - Aula 5
Alessandro Almeida
 
Análise de Negócio com Métodos Ágeis, Um Caso de Sucesso
Análise de Negócio com Métodos Ágeis, Um Caso de SucessoAnálise de Negócio com Métodos Ágeis, Um Caso de Sucesso
Análise de Negócio com Métodos Ágeis, Um Caso de Sucesso
Rildo (@rildosan) Santos
 
Metodologias utilizadas no mercado para gerenciar projetos!
Metodologias utilizadas no mercado para gerenciar projetos!Metodologias utilizadas no mercado para gerenciar projetos!
Metodologias utilizadas no mercado para gerenciar projetos!
Annelise Gripp
 
Palestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS Project
Palestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS ProjectPalestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS Project
Palestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS Project
elonvila
 
Engenharia de Software Ágil (Scrum e FDD)
Engenharia de Software Ágil (Scrum e FDD)Engenharia de Software Ágil (Scrum e FDD)
Engenharia de Software Ágil (Scrum e FDD)
Rildo (@rildosan) Santos
 
Ferramentas e ritos
Ferramentas e ritosFerramentas e ritos
Ferramentas e ritos
Davidson Sales
 
People Centric IT
People Centric ITPeople Centric IT
People Centric IT
Aldo Pires
 

Semelhante a Gestão de Projetos Ágeis (20)

Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
 
Treinamentos In Company - ADDTECH
Treinamentos In Company - ADDTECHTreinamentos In Company - ADDTECH
Treinamentos In Company - ADDTECH
 
Métodos Ágeis
Métodos ÁgeisMétodos Ágeis
Métodos Ágeis
 
Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)
Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)
Visão Geral da Notação BPMN - Gestão por Processos (BPM)
 
Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience
 
Design Sprint e Design Thinking na inovação para processos de negócio [Semana...
Design Sprint e Design Thinking na inovação para processos de negócio [Semana...Design Sprint e Design Thinking na inovação para processos de negócio [Semana...
Design Sprint e Design Thinking na inovação para processos de negócio [Semana...
 
Desmitificando o ágil e o scrum
Desmitificando o ágil e o scrumDesmitificando o ágil e o scrum
Desmitificando o ágil e o scrum
 
Estratégia de Desenvolvimento de Produto Para Startups
Estratégia de Desenvolvimento de Produto Para StartupsEstratégia de Desenvolvimento de Produto Para Startups
Estratégia de Desenvolvimento de Produto Para Startups
 
O Pensamento Lean-Agile nos Negócios do Século XXI
O Pensamento Lean-Agile nos Negócios do Século XXIO Pensamento Lean-Agile nos Negócios do Século XXI
O Pensamento Lean-Agile nos Negócios do Século XXI
 
TDC2018FLN | Trilha DT - Process Design Thinking
TDC2018FLN | Trilha DT - Process Design ThinkingTDC2018FLN | Trilha DT - Process Design Thinking
TDC2018FLN | Trilha DT - Process Design Thinking
 
Desmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & ScrumDesmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & Scrum
 
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
 
Introdução Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De Software
Introdução  Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De SoftwareIntrodução  Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De Software
Introdução Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De Software
 
Engenharia de Software I - Aula 5
Engenharia de Software I - Aula 5Engenharia de Software I - Aula 5
Engenharia de Software I - Aula 5
 
Análise de Negócio com Métodos Ágeis, Um Caso de Sucesso
Análise de Negócio com Métodos Ágeis, Um Caso de SucessoAnálise de Negócio com Métodos Ágeis, Um Caso de Sucesso
Análise de Negócio com Métodos Ágeis, Um Caso de Sucesso
 
Metodologias utilizadas no mercado para gerenciar projetos!
Metodologias utilizadas no mercado para gerenciar projetos!Metodologias utilizadas no mercado para gerenciar projetos!
Metodologias utilizadas no mercado para gerenciar projetos!
 
Palestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS Project
Palestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS ProjectPalestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS Project
Palestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS Project
 
Engenharia de Software Ágil (Scrum e FDD)
Engenharia de Software Ágil (Scrum e FDD)Engenharia de Software Ágil (Scrum e FDD)
Engenharia de Software Ágil (Scrum e FDD)
 
Ferramentas e ritos
Ferramentas e ritosFerramentas e ritos
Ferramentas e ritos
 
People Centric IT
People Centric ITPeople Centric IT
People Centric IT
 

Mais de Rildo (@rildosan) Santos

Feedback. Arte de dar e receber feedback
Feedback. Arte de dar e receber feedbackFeedback. Arte de dar e receber feedback
Feedback. Arte de dar e receber feedback
Rildo (@rildosan) Santos
 
Minicurso Meça o que importa com OKR
Minicurso Meça o que importa com OKRMinicurso Meça o que importa com OKR
Minicurso Meça o que importa com OKR
Rildo (@rildosan) Santos
 
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Rildo (@rildosan) Santos
 
Meça o que importa com OKR
Meça o que importa com OKRMeça o que importa com OKR
Meça o que importa com OKR
Rildo (@rildosan) Santos
 
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem HíbridaMinicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Rildo (@rildosan) Santos
 
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Rildo (@rildosan) Santos
 
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOKNovidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Rildo (@rildosan) Santos
 
Jornada de Aprendizado Lean BPM
Jornada de Aprendizado Lean BPM Jornada de Aprendizado Lean BPM
Jornada de Aprendizado Lean BPM
Rildo (@rildosan) Santos
 
Mapa Mental Scrum
Mapa Mental ScrumMapa Mental Scrum
Mapa Mental Scrum
Rildo (@rildosan) Santos
 
Guia BPM CBOK(R)
Guia BPM CBOK(R)Guia BPM CBOK(R)
Guia BPM CBOK(R)
Rildo (@rildosan) Santos
 
Scrum Master em ação
Scrum Master em açãoScrum Master em ação
Scrum Master em ação
Rildo (@rildosan) Santos
 
Service Design Thinking
Service Design Thinking Service Design Thinking
Service Design Thinking
Rildo (@rildosan) Santos
 
Scrum, o tutorial definitivo
Scrum, o tutorial definitivo Scrum, o tutorial definitivo
Scrum, o tutorial definitivo
Rildo (@rildosan) Santos
 
Feedback Canvas
Feedback CanvasFeedback Canvas
Feedback Canvas
Rildo (@rildosan) Santos
 
Business Design Thinking
Business Design ThinkingBusiness Design Thinking
Business Design Thinking
Rildo (@rildosan) Santos
 
Guia de Práticas de Análise de Negócio
Guia de Práticas de Análise de NegócioGuia de Práticas de Análise de Negócio
Guia de Práticas de Análise de Negócio
Rildo (@rildosan) Santos
 
Portfólio de Análise de Negócio: Consultoria, Treinamento e Mentoria
Portfólio de Análise de Negócio: Consultoria, Treinamento e MentoriaPortfólio de Análise de Negócio: Consultoria, Treinamento e Mentoria
Portfólio de Análise de Negócio: Consultoria, Treinamento e Mentoria
Rildo (@rildosan) Santos
 
Process Design Thinking
Process Design ThinkingProcess Design Thinking
Process Design Thinking
Rildo (@rildosan) Santos
 
Project Agile Canvas
Project Agile CanvasProject Agile Canvas
Project Agile Canvas
Rildo (@rildosan) Santos
 
Análise de Negócio na Perspectiva de BI
Análise de Negócio na Perspectiva de BIAnálise de Negócio na Perspectiva de BI
Análise de Negócio na Perspectiva de BI
Rildo (@rildosan) Santos
 

Mais de Rildo (@rildosan) Santos (20)

Feedback. Arte de dar e receber feedback
Feedback. Arte de dar e receber feedbackFeedback. Arte de dar e receber feedback
Feedback. Arte de dar e receber feedback
 
Minicurso Meça o que importa com OKR
Minicurso Meça o que importa com OKRMinicurso Meça o que importa com OKR
Minicurso Meça o que importa com OKR
 
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
Minicurso Fundamentos da Análise de Negócio 3.0
 
Meça o que importa com OKR
Meça o que importa com OKRMeça o que importa com OKR
Meça o que importa com OKR
 
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem HíbridaMinicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
Minicurso Gestão Ágil de Projetos com Abordagem Híbrida
 
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
Digital Business Design (Design de Negócios Digitais)
 
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOKNovidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
Novidades da Sétima Edição do Guia PMBOK
 
Jornada de Aprendizado Lean BPM
Jornada de Aprendizado Lean BPM Jornada de Aprendizado Lean BPM
Jornada de Aprendizado Lean BPM
 
Mapa Mental Scrum
Mapa Mental ScrumMapa Mental Scrum
Mapa Mental Scrum
 
Guia BPM CBOK(R)
Guia BPM CBOK(R)Guia BPM CBOK(R)
Guia BPM CBOK(R)
 
Scrum Master em ação
Scrum Master em açãoScrum Master em ação
Scrum Master em ação
 
Service Design Thinking
Service Design Thinking Service Design Thinking
Service Design Thinking
 
Scrum, o tutorial definitivo
Scrum, o tutorial definitivo Scrum, o tutorial definitivo
Scrum, o tutorial definitivo
 
Feedback Canvas
Feedback CanvasFeedback Canvas
Feedback Canvas
 
Business Design Thinking
Business Design ThinkingBusiness Design Thinking
Business Design Thinking
 
Guia de Práticas de Análise de Negócio
Guia de Práticas de Análise de NegócioGuia de Práticas de Análise de Negócio
Guia de Práticas de Análise de Negócio
 
Portfólio de Análise de Negócio: Consultoria, Treinamento e Mentoria
Portfólio de Análise de Negócio: Consultoria, Treinamento e MentoriaPortfólio de Análise de Negócio: Consultoria, Treinamento e Mentoria
Portfólio de Análise de Negócio: Consultoria, Treinamento e Mentoria
 
Process Design Thinking
Process Design ThinkingProcess Design Thinking
Process Design Thinking
 
Project Agile Canvas
Project Agile CanvasProject Agile Canvas
Project Agile Canvas
 
Análise de Negócio na Perspectiva de BI
Análise de Negócio na Perspectiva de BIAnálise de Negócio na Perspectiva de BI
Análise de Negócio na Perspectiva de BI
 

Gestão de Projetos Ágeis

  • 1. 1 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Versão: 1 | Abril 2019 | #gpa GPA Rildo Santos (@rildosan) Gestão de Projetos ÁgeisGerenciamento de Projetos com Modelos Híbridos baseado no PMBOK® e Métodos Ágeis www.etecnologia.com.br rildo.santos@etecnologia.com.br rildosan@rildosan.com skype: rildo.f.santos Pessoas Inovação Tecnologia
  • 2. 2 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Entre em contato conosco para agendar uma reunião para saber mais como podemos ajudar sua empresa a crescer mais rápido. Envie um e-mail para rildo.santos@etecnologia.com.br /Blog: www.rildosan.com /Site: www.etecnologia.com.br /Comunidade: www.etecnologia.ning.com /E-mails: etecnologia@etecnologia.combr treinamento@etecnologia.com.br rildo.santos@etecnologia.com.br Somos uma empresa que acredita que colocar pessoas em primeiro lugar é essencial para gerar valor e sustentabilidade para empresas. Somos especialistas em negócio, gestão, inovação e tecnologia. Já ajudamos muitos clientes a melhorar seu desempenho e se preparar para o crescimento sustentável. Nossos Serviços Consultoria, Mentoria e Treinamento Planejamento Estratégico Lean BPM Inovação pelo Design Análise de Negócio Liderança de Pessoas Experiência das Pessoas Transformação Ágil Pessoas Inovação Tecnologia Consultoria Treinamento Mentoria Transformação Digital Agile Gestão de Projetos Ágeis BPM Inovação pelo Design
  • 3. 3 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br eTecnologia.com.br rildo.santos@etecnologia.com.br www.etecnologia.com.br blog: rildosan.com rildosan@rildosan.com comunidade: www.etecnologia.ning.com Minha pequena história com os Métodos Ágeis: Sou ex desenvolvedor Java, alias não existe “ex”, uma vez desenvolvedor você sempre será um “dev”. Trabalhei com método tradicional como cascata e depois com RUP. Minha historia com os métodos ágeis começou em 2006, quando conheci XP e depois o Scrum, gostei do Scrum, pois era como pensava que deveria ser o processo de desenvolvimento de software. Em 2007 escrevei o ebook Scrum Experience que foi considerado, na época, pela Revista InfoExame como o melhor material disponível na internet para aprender Scrum. De lá para cá, ganhei muita experiência, atuei em muitos projetos, implantações e mentoria em métodos ágeis. Rildo Santos (@rildosan) é consultor multidisciplinar e transdisciplinar, entusiasta e praticante de Métodos Ágeis, Inovação e Future Thinking. Atua como consultor, mentor, coach, escritor, facilitador, palestrante, professor e empreendedor. Lida com métodos ágeis, inovação, design, estratégia, análise de negócio, liderança, tecnologia da informação, processos e empreendedorismo. É Administrador de Empresas, Especialista em Educação e Mestre em Engenharia de Software. Atualmente lidera projetos de Inovação, Transformação Ágil, Transformação Digital e Plataforma de Negócio Digital utilizando tecnologias emergentes. Facilitador
  • 4. 4 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Compartilhamento de Conhecimento: Acesse: www.slideshare.net/ridlo/presentations Compartilhamento de conhecimento é parte da missão da eTecnologia: Contribuímos para que as pessoas possam alcançar seus sonhos pessoais e profissionais. Publicamos nosso conteúdo, apresentações no slideshare, faça uma visita. * Já alcançamos a marca de mais de 1.000.000 de views
  • 5. 5 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Gestão de Projetos Ágeis Durante muito tempo apenas um modelo foi largamente utilizado para planejar e executar os projetos, contudo, com chegada e avanço dos métodos ágeis, houve uma mudança, que demonstrou que existem outras formas de se planejar e executar projetos, principalmente para aqueles que tem uma abordagem empírica, como desenvolvimento de software. Atualmente considerar apenas um modelo de gestão de projetos, representa uma miopia, uma visão ultrapassada da realidade de negócio. Gestão de Projetos Ágeis, destaco a palavra “ágeis”, pois ela está no sentido figurado para mostrar: “Busca de uma solução rápida para gerenciar projetos”, isso dá flexibilidade e possibilidade de analisar e escolher um modelo de que atenda às necessidades e características de gestão, ou seja, o modelo mais adequado. O modelo pode ser baseado nos métodos ágeis ou baseado no PMBOK, mas também poderá ser um modelo hibrido, pois, algumas vezes será preciso juntar mais que um método ágil, Scrum e Kanban por exemplo, outras vezes será preciso combinar um método ágil, Scrum com as técnicas do PMBOK, e por aí vai, é disto que se trata a Gestão de Projetos Ágeis. Não se trata de privilegiar um modelo ou outro, e sim de se analisar e selecionar qual modelo deve ser adequado para cada projeto, a partir de um conjunto de critérios para gerenciar o projeto de forma eficiente e para que ele gere o resultado esperado. “Para quem só tem martelo, todo projeto parece um prego”
  • 6. 6 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Conteúdo Gestão de Projetos Ágeis Conteúdo Introdução Por que precisamos dos Métodos Ágeis? Pensamento Ágil Gestão de Projetos com PMBOK® Governança de Projetos Modelos Híbridos de Gestão de Projetos Estudos de Casos Práticos* *Somente no workshop presencial Gerente de Projetos
  • 7. 7 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Gestão de Projetos Ágeis Introdução Por que precisamos dos Métodos Ágeis? 1
  • 8. 8 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Desafios (trade-off) da Gestão de Projetos: Para ter sucesso devemos entregar produto ou serviço com a qualidade combinada, no tempo certo (dentro do prazo), com custo adequado e atender as expectativas (satisfação) das partes interessadas (cliente) e gerar valor para o negócio. Tempo Qualidade Custo Satisfação das Partes Interessadas Por que precisamos dos Métodos Ágeis? Rápido Barato Valor para o negócio Provação: Escolha 3 opções Eficiência Efetividade Eficácia Eficiência Eficácia Desafio: Entregar todas as opções
  • 9. 9 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Por que precisamos dos Métodos Ágeis? Projeto de Construção de uma Casa ( ) Sim ( ) Não É mesma coisa (ou mesmo tipo de projeto)? ( ) Não sei ( ) Talvez Projeto de Desenvolvimento de Software
  • 10. 10 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Abordagem Prescritiva: Abordagem ou processo prescritivo, são processos em que todas as variáveis são conhecidas, que têm poucas ou nenhuma mudança ao logo do tempo, são repetitivos, são previsíveis e tem baixo risco. Geralmente existe uma documentação aplicada a execução do processo. Eles são empregados para desenvolvimento de produtos. Encontramos estes processos essencialmente em industrias para desenvolvimento de produtos. Exemplo: - Construção cível: Casas, edifícios, pontes.. - Montadoras de automóveis - Linha branca (eletrodoméstico) - Linha cinza (computadores) - Áreas de retaguarda das empresas (backoffice) Por que precisamos dos Métodos Ágeis? Não, desenvolver software exige uma abordagem (processo) empírica... Abordagem Empírica: Abordagem ou processo empíricos, são aqueles processos que não se conhece todas as variáveis, têm mudanças ao logo do tempo, não são repetitivos, são imprevisíveis e geralmente tem um nível acentuado de risco. Geralmente, a execução destes processos é baseada na experiência e no conhecimento das pessoas que executam as atividades do processo. Encontramos estes processos em algumas áreas de negócio e em algumas ciências como: - Medicina - Direito - Educação - Indústria Farmacêutica - Esportes - Desenvolvimento de Software - Etc.
  • 11. 11 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Para desenvolvimento de software: O recomendado são os Métodos Ágeis, que são fundamentados no Empirismo1, como Scrum, XP e etc. Scrum emprega uma abordagem iterativa e incremental e técnicas de inspeção e adaptação para otimizar a previsibilidade e controlar os riscos. Para áreas como medicina e direito: O recomendado é utilizar Case Management. Para serviços a sugestão é Service Design (Design de Serviços). Por que precisamos dos Métodos Ágeis? Na maioria das empresas podemos encontrar os dois tipos de processos, no segmento de serviço, como um hospital ou uma escola encontramos os dois tipos de processo, normalmente os processos empíricos se sobressaem. Já no segmento industrial, em uma fábrica, por exemplo, geralmente nos deparamos com processos prescritivos no chão de fábrica e processos empíricos na administração da empresa. Exemplo: Método Ágil Scrum 1 - Teorias Empíricas de Controle de Processo Scrum é fundamentado nas teorias empíricas de controle de processo, ou empirismo. O empirismo afirma que o conhecimento vem da experiência e de tomada de decisões baseadas no que é conhecido. O Scrum emprega uma abordagem iterativa e incremental para aperfeiçoar a previsibilidade e o controle de riscos Não, desenvolver software exige uma abordagem (processo) empírica...
  • 12. 12 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br A complexidade em desenvolvimento de software - Requisitos - Tecnologia - Pessoas Falta de domínio do negócio Não conhecimento de todos os requisitos Mudanças de requisitos durante o processo Requisitos emergentes Volume de requisitos Isso leva ao aumento: - Complexidade - Imprevisibilidade - Riscos 1 - Adaptado - Cynefin framework Framework Cynefin1 Por que precisamos dos Métodos Ágeis?
  • 13. 13 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Por que precisamos dos Métodos Ágeis? Projeto baseado nas técnicas do PMBOK® Software Abordagem Prescritiva Abordagem Empírica Construção Civil Projeto Processo baseado em métodos ágeis Escopo fechado Escopo aberto
  • 14. 14 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Por que precisamos dos Métodos Ágeis? “Quando o encaixe é forçado não quer dizer que ele funciona” “Peças certas se encaixam e funcionam juntas” O modelo proposto pelo PMBOK® e o modelo proposta pelo Métodos Ágeis são peças que não encaixam. São modelos de gestão distintivos PMBOK® SCRUM Eles tem abordagens, conceitos e foco totalmente diferentes, portanto não force peças que se encaixam.
  • 15. 15 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Por que precisamos dos Métodos Ágeis? Modelos Híbridos 28% Modelos Híbridos Relatório “State of Agile” em sua 12º. edição (2018), Modelos Híbridos são aplicados em 28% dos projetos de desenvolvimento de software: Fonte: https://explore.versionone.com/state-of-agile/versionone-12th-annual-state-of-agile-report 1 1 - Consideramos o Scrumban como um modelo hibrido uma vez que ela junta dois métodos, o Scrum e Kanban em único modelo. Relatório “State of Agile”
  • 16. 16 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Gestão de Projetos Ágeis Uma Visão Geral do Pensamento Ágil 2
  • 17. 17 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Pensamento Ágil Ágil é um Mindset Definido por quatro Valores Fundamentados por doze Princípios Aplicado por diversas Práticas Ser Ágil Fazer Ágil
  • 18. 18 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Pensamento Ágil Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver software fazendo-o nós mesmos e ajudando outros a fazê-lo. Através deste trabalho, passamos a valorizar: Pessoas e interação entre elas mais que processos e ferramentas; Software em funcionamento mais que documentação abrangente Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos; Responder a mudanças mais que seguir um plano. Quebrando Paradigmas Mudando a mentalidade Valores Ágeis http://www.manifestoagil.com.br/ Manifesto Ágil
  • 19. 19 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente, através da entrega adiantada e contínua de software de valor. Aceitar mudanças de requisitos, mesmo no fim do desenvolvimento. Processos ágeis se adéquam a mudanças, para que o cliente possa tirar vantagens competitivas. Entregar software funcionando com frequência, na escala de semanas até meses, com preferência aos períodos mais curtos. Pessoas relacionadas à negócios e desenvolvedores devem trabalhar em conjunto e diariamente, durante todo o curso do projeto. Construir projetos ao redor de indivíduos motivados. Dando a eles o ambiente e suporte necessário, e confiar que farão seu trabalho. O Método mais eficiente e eficaz de transmitir informações para, e por dentro de um time de desenvolvimento, é através de uma conversa face a face. Software funcional é a medida primária de progresso. Processos ágeis promovem um ambiente sustentável. Os patrocinadores, desenvolvedores e usuários, devem ser capazes de manter indefinidamente, passos constantes. Contínua atenção à excelência técnica e bom design, aumenta a agilidade. Simplicidade: a arte de maximizar a quantidade de trabalho que não precisou ser feito. As melhores arquiteturas, requisitos e designs emergem de times auto-organizáveis. Em intervalos regulares, o time reflete em como ficar mais efetivo, então, se ajustam e otimizam seu comportamento de acordo. Princípios Ágeis (por trás do Manifesto Ágil) Pensamento Ágil Nós seguimos os seguintes princípios: http://www.manifestoagil.com.br/principios.htm l
  • 20. 20 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Métodos Ágeis KANBAN XP SCRUM LEAN FDD Existem diversos Métodos Ágeis no mercado, cada método tem suas características e particularidades. Lean – Baseado no Lean Thinking, foca no fluxo e na entrega de valor para o cliente, melhoria contínua e na eliminação de desperdícios do processo de desenvolvimento de desenvolvimento de software Scrum – É um framework para desenvolver, entregar e manter produtos complexos e adaptativos. Kanban* – O método Kanban é um meio para projetar, gerenciar e melhorar os sistemas de fluxo de trabalho. FDD – Método ágil para gerenciamento e desenvolvimento de software. Foco desenvolvimento orientado as “features”. XP – Método Ágil para equipes pequenas e médias e que irão desenvolver software com requisitos vagos e em constante mudança. Pensamento Ágil
  • 21. 21 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Framework Scrum Artefatos Sprint Backlog Produto Planejamento da Sprint Reunião diária 2-4 Semanas 24 horas Revisão da Sprint Retrospectiva da Sprint Visão Reuniões Product Backlog Legenda: ▪ Product Owner (PO) ▪ ScrumMaster (SM) ▪ Equipe de Desenvolvimento ▪ Product Backlog ▪ Sprint Backlog ▪ Incremento do Produto Papéis Eventos (Reuniões) Artefatos ▪ Planejamento da Sprint ▪ Diária ▪ Revisão da Sprint ▪ Retrospectiva da Sprint Pré-Game Game Pós-Game Pensamento Ágil
  • 22. 22 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Pensamento Ágil XP (Extreme Programming) eXtreme Programming, ou XP, é um método ágil para desenvolvimento de software para equipes pequenas e médias.Os cinco valores fundamentais da metodologia XP são: comunicação, simplicidade, feedback, coragem e respeito. A partir desses valores, possui como princípios básicos: feedback rápido, presumir simplicidade, mudanças incrementais, abraçar mudanças e trabalho de qualidade. Um ponto forte do XP são praticas de engenharia de software, tais como: TDD, Refatoração, Programação Pareada e etc.
  • 23. 23 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Feature Driven Development (Desenvolvimento Guiado por Funcionalidades) ou FDD, é um método ágil para gerenciamento e desenvolvimento de software. Ela combina as melhores práticas do gerenciamento ágil de projetos com uma abordagem completa para Engenharia de Software orientada por objetos. O lema da FDD é: “Resultados frequentes, tangíveis e funcionais.” Como já dissemos o FDD é um método ótimo para descobrir as funcionalidades de software. Pensamento Ágil
  • 24. 24 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Kanban é um método para desenvolvimento de software baseada em práticas Lean. Ele permite o gerenciamento do fluxo de trabalho de forma visual, suas principais características são visualização do fluxo de trabalho, limitação do WIP (trabalho em andamento), medição do tempo de espera (lead time) e melhoria contínua. Exemplo de um Kanban: Backlog Teste (3)Desenvolvimento (5) LiveDeploy(3) Pensamento Ágil
  • 25. 25 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Visível Princípios Valores Pensamento Ágil InvisívelICEBERG ÁGIL: O Pensamento Ágil é composto de Valores, Princípios e Práticas Ágeis. Métodos Ágeis requerem visão holística, visão do todo, que abrange a parte visível e a parte invisível do Pensamento Ágil. Nada adianta empregar as práticas ágeis sem entender os valores e princípios ágeis. Práticas Ágeis O que Como fazer Por que Propósito Pensamento Ágil
  • 26. 26 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Conteúdo Gestão de Projetos Ágeis Uma visão geral do GUIA PMBOK® 3
  • 27. 27 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br GUIA PMBOK PMI lançou 6ª edição do GUIA PMBOK®. As mudanças para esta edição incluem novos processos, adequação de outros e um apêndice e informações sobre métodos ágeis para cada uma das áreas de conhecimento.
  • 28. 28 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br O Guia PMBOK® apresenta um conjunto de práticas tradicionais já comprovadas em Gerenciamento de Projetos, amplamente utilizadas. É um guia onde se descreve a somatória de conhecimento e as melhores práticas dentro da área de gerência de projetos. Projeto, segundo o PMBOK®: “Um projeto é um esforço temporário empreendido para criar ou entregar um produto, serviço ou resultado exclusivo” Características de um Projeto: -Temporal: A natureza temporária indica um início e um termino bem definidos. - Objetivo: Criar ou entregar um produto, serviço ou resultado exclusivos. - O término é alcançado quando os objetivos do projeto são atingidos ou quando o projeto é cancelado porque os seus objetivos não serão ou não podem ser alcançados, ou quando a necessidade do projeto deixar de existir. Um projeto também poderá ser encerrado se o cliente (cliente, patrocinador ou financiador) desejar encerrá-lo. GUIA PMBOK GUIA PMBOK® 6ª Edição – É um Conjunto de Conhecimento do Gerenciamento de Projetos (Project Management Body of Knowledge) do PMI
  • 29. 29 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br GUIA PMBOK Portfólio: Um portfólio refere-se a projetos, programas, subportfólios e operações gerenciados como um grupo para atingir objetivos estratégicos. Programa: Um programa é definido como um grupo de projetos, subprogramas e atividades de programa relacionados, gerenciados de modo coordenado visando a obtenção de benefícios que não estariam disponíveis se eles fossem gerenciados individualmente. Arquivo Gaveta do Arquivo Um pasta dentro da gaveta do arquivo.
  • 30. 30 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br GUIA PMBOK Gerenciamento de projetos é a aplicação do conhecimento, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto para atender aos seus requisitos. O gerenciamento de projetos é realizado através da aplicação e integração apropriadas dos 49 processos de gerenciamento de projetos, logicamente agrupados em cinco grupos de processos. Esses cinco grupos de processos são: - Iniciação - Monitoramento e Controle - Planejamento - Execução - Encerramento Monitoramento e Controle Iniciação Encerramento Planejamento Execução
  • 31. 31 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br GUIA PMBOK As Áreas de Conhecimento agrupam processos que possuem assuntos em comum.
  • 32. 32 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Apensar da importância dos clientes e patrocinadores, o Gerente de Projeto continua como protagonista principal, ele é responsável direto pelo sucesso do projeto. Contudo, ele conta com a equipe de trabalho como principal aliada. Equipe de Projeto: Músicos A melhor forma de descrever a equipe de trabalho de um projeto é compara-la aos músicos de uma orquestra. GUIA PMBOK Gerente de Projeto: Maestro
  • 33. 33 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br GUIA PMBOK O PMI® e a Agile Alliance® uniram forças para criar um Guia de Práticas Ágeis com a intenção de desenvolver uma maior compreensão das práticas ágeis, com ênfase na forma como a Ágil se relaciona com a comunidade de gerenciamento de projetos.
  • 34. 34 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br GUIA PMBOK O Guia de Práticas Ágeis foi desenvolvido como um recurso para entender, avaliar e usar abordagens ágeis e híbridas ágeis. Este guia de prática fornece orientação sobre quando, onde e como aplicar abordagens ágeis e fornece ferramentas práticas para profissionais e organizações que desejam aumentar a agilidade. Guia começa por apresentar a mentalidade, os valores e os princípios do Manifesto Ágil. Análise profunda da seleção do ciclo de vida Para os gerentes de projetos o aspecto mais visível das abordagens Agile é sem dúvida o ciclo de vida. Vários ciclos de vida são discutidos no guia, juntamente com filtros de adequação, diretrizes de adaptação e combinações comuns de abordagens.. Recomendações para criar um ambiente ágil Existem vários fatores críticos a serem considerados ao criar um ambiente ágil, como o conceito do líder servidor e a composição da equipe. Esses fatores são explorados em profundidade no guia. Recomendações para entregar em um ambiente ágil O guia orienta sobre como organizar a equipe e prepara-las com práticas comuns para fornecer valor em uma base regular. São fornecidos exemplos de medidas empíricas para a equipe e para reportar posição.
  • 35. 35 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br GUIA PMBOK Considerações organizacionais para a agilidade do projeto: Todo o projeto é influenciado fortemente pelo contexto da organização. O guia explora os fatores organizacionais que afetam o uso de práticas ágeis, como cultura, prontidão, práticas de negócios e o papel do Escritório de Gerenciamento de Projetos. Mas informações: Mapeamento com o GUIA PMBOK® Para ajudar aqueles que têm uma formação tradicional na transição do gerenciamento de projetos para uma mentalidade ágil, é mostrado um mapeamento de conceitos ágeis para os Grupos de Processo de Gerenciamento de Projetos e Áreas de Conhecimento definidos no Guia PMBOK® 6º. edição. O mapeamento descreve como as abordagens híbridas e ágeis abordam os atributos descritos nas Áreas de conhecimento do Guia PMBOK®. Abrange o que permanece o mesmo e o que pode ser diferente, juntamente com algumas diretrizes a serem consideradas para aumentar a probabilidade de sucesso. Visão Geral de Agile e Lean Frameworks: O guia descreve algumas das abordagens ágeis mais utilizadas, como Scrum, XP, Kanban, Scrumban, FDD, Scrum of Scrums, Scale Agile Framework, Scal Scale, Enterprise Scrum e Disciplined Agile.
  • 36. 36 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Conteúdo Gestão de Projetos Ágeis Governança de Projetos 4
  • 37. 37 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Governança de Projetos Governança de Projetos Estabelece um sistema de tomada de decisão Gestão de Projetos Gestão é responsável por executar as decisões Modelos de Gerenciamento de Projetos Visão geral da Governança de Projetos A governança de projetos é uma estrutura de camadas que estabelece uma sistema de tomada de decisão baseada em autoridade e responsabilidades: Modelo de Gestão baseado no PMBOK Modelo de Gestão baseado no Ágil Modelo de Gestão Híbrido Modelo de Gestão baseado em Métodos Ágeis Modelo de Gestão baseado em Ágil e PMBOK®
  • 38. 38 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Gestão de Projetos Governança de Projetos Governança de Projetos A governança define um sistema de tomada de decisão, estabelecendo metas, politicas, diretrizes, princípios e responsabilidades. É o conjunto de práticas que tem como objetivo realizar as decisões e entregar valor através da execução de projetos. Toma a decisão de qual o modelo de gestão de projeto deve ser utilizado Executa o projeto utilizando o modelo de gestão selecionado.
  • 39. 39 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Metáfora do Jogo de Carta Governança de Projetos Paciência As mesmas cartas do baralho podem ser utilizadas e configuradas para formar diversos jogos, exemplos: Truco, Paciência, Poker, 21 e etc. Existem jogos mais simples ou mais complexos de acordo com contexto (lazer, diversão, esporte, ganho de dinheiro e etc) e necessidades das pessoas (jogadores) e características do jogo. Um bom modelo de gestão deve ser adaptável e configurável de acordo com contexto, necessidades e características da demanda por projeto. Pois, seria muito chato usar o baralho para jogar sempre o mesmo jogo, sem considerar o contexto e o necessidades das pessoas. Truco Poker Black Jack (21) Buraco Canastra Bridge Cacheta
  • 40. 40 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Governança define um sistema de tomada de decisão, que quando aplicado a projetos, facilita a decisão de qual o modelo de gestão será ideal para conduzir ou gerenciar um projeto. Levando em consideração as diretrizes de governança, contexto de negócio, necessidades e características da demanda por projeto. Governança de Projetos Demanda por projeto Análise e Tomada de Decisão Modelo de Gestão baseado no PMBOK Modelo de Gestão baseado no Ágil (com apenas um método ágil) Modelo de Gestão Híbrido Modelo de Gestão baseado em Métodos Ágeis Modelo de Gestão baseado em Ágil e PMBOK® Modelos de Gestão
  • 41. 41 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Características e Necessidades de projeto determinam qual será o modelo de gestão ideal para cada projeto. Notadamente a construção de uma cidade deveria seguir um modelo baseado no PMBOK® e a extensão de construção cível, contudo as características do projeto impõe método ágil como modelo de gestão mais adequado Governança de Projetos Projeto: Construção de uma pequena cidade com conceitos de Smart City: Entrega de valor mais rápido (MMP) Requisitos Emergentes Incertezas Smart cities, ou cidades inteligentes, se define pelo uso da tecnologia para melhorar a infraestrutura urbana e tornar os centros urbanos mais eficientes e melhores de se viver. Empirismo (conhecimento pela experimentação) Mudanças de requisitos durante o processo de desenvolvimento Características do Projeto: Escolha a opção: ( ) Modelo baseado no PMBOK® ( ) Modelo baseado em Ágil
  • 42. 42 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Características e Necessidades de projetos determinam qual será o modelo de gestão ideal: Exemplo de um projeto que deve ser utilizado as técnicas do PMBOK® devido suas características: . Governança de Projetos Escopo fechado Projeto de Mudança de Datacenter para outro: Pouca ou nenhuma mudança durante a execução do projeto Requisitos são conhecidos Características do Projeto: Qualidade deve ser gerenciado Orçamento definido Data de inicio e fim definidas Riscos devem ser gerenciado Custos devem ser gerenciado
  • 43. 43 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Características e Necessidades de Gestão de Projetos Exemplos de características que podem determinar o modelo de gestão de projetos: Principais Características de um Projeto Ágil: - Escopo aberto - Aprendizagem emergente. Aprendizagem durante o projeto. - Alguns requisitos são hipóteses que serão validadas durante o projeto - Não preciso ter total conhecimento ou domínio de negócio - Mudanças acentuadas de requisitos durante o projeto ou alto volumes de requisitos - Soluções para um ambiente: VUCA (Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo) - Não necessário conhecer todos os requisitos; - Alguns requisitos serão emergentes - Equipe experiente, colaborativa, auto-organizada e multidisciplinar - Uso eminente de tecnologias emergentes Governança de Projetos Essas características podem ser transformadas em uma lista de critérios para facilitar a análise e toma da decisão.
  • 44. 44 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Características e Necessidades de Gestão de Projetos Exemplos de características que podem determinar o modelo de gestão de projetos: Principais Características de Projeto baseado no PMBOK®: - Escopo fechado - Requisitos prescritivos, ou seja, todos os requisitos são conhecidos. - Data de início e fim do projeto bem definida - Pouca ou nenhuma mudança de requisitos durante o projeto - Precisar controlar riscos - Necessidade de controlar qualidade de forma explicita - Carência de controlar custos - Necessidade de aquisições de serviços, produtos e/ou contratações de fornecedores - Precisar controlar as atividades que são feitas pelos membros das equipe - Necessidade gerenciar as partes interessadas de “perto” Governança de Projetos Essas características podem ser transformadas em uma lista de critérios para facilitar a análise e toma da decisão.
  • 45. 45 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Características e Necessidades de Gestão de Projeto. Exemplo de um projeto que deve ser utilizado um modelo hibrido devido as características: Características Ágeis: - Escopo aberto - Aprendizagem emergente. - Alguns requisitos são hipóteses de negócio que devem ser validados durante o projeto - Falta de domínio de negócio - Mudanças de requisitos durante o processo - Possibilidade requisitos emergentes - Equipe experiente, colaborativa, auto- organizada e multidisciplinar Características Tradicionais (PMBOK®): - Necessidade de controlar riscos - Necessidade de controlar qualidade - Necessidade de controlar custos - Necessidade de aquisições de serviços, produtos e/ou contratações de fornecedores - Necessidade de gerenciar as partes interessadas - Necessidade de gerenciar a comunição de forma explicita Neste exemplo as características e necessidades de gestão se completam formando um modelo hibrido de gerenciamento de projeto. Governança de Projetos Modelo hibrido baseado em Ágil e PMBOK®
  • 46. 46 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Boas práticas na elaboração de um Modelo Hibrido: - Estabeleça a governança para analisar e tomar decisão sobre modelo de gestão projeto. - Defina critérios para facilitar a tomada de decisão. - O modelo híbrido deve, essencialmente, ser customizado para cada ambiente de negócios e tipo de projeto. - Modelos são complementares. Eles devem ser combinado para complementar as atividades ou controles. - Modelo não devem sofrer sobreposição. Exemplo: Timebox e Cronograma são sobre gerenciamento de tempo. - As características do produto ou serviço podem ser determinantes pelo escolha do modelo de gestão de projetos. Exemplo: Frequência de mudanças, grande número de incertezas, riscos, custos e etc. - Identificar a abordagem predominante: Descritiva ou Empírica. Pois, elas ajudam na tomada de decisão de qual modelo deve utilizado para gerenciar os projetos. - Os papéis da equipe de projeto devem ter responsabilidades bem definidas. - Tome cuidado para não fazer o controle do controle. Governança de Projetos
  • 47. 47 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br 5 Gestão de Projetos Ágeis Modelos Híbridos de Gerenciamento de Projetos
  • 48. 48 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Modelo Hibrido FDD XP O Modelo Hibrido de Gerenciamento de Projetos é como um ornitorrinco que tem características próprias. O ornitorrinco (nome científico: Ornithorhynchus anatinus, do grego: ornitho, ave + rhynchus, bico; e do latim: anati, pato + inus, semelhante a: "com bico de ave, semelhante a pato") é um mamífero semiaquático natural da Austrália e Tasmânia. É o único representante vivo da família Ornithorhynchidae, e a única espécie do gênero Ornithorhynchus. Juntamente com as equidnas, formam o grupo dos monotremados, os únicos mamíferos ovíparos existentes. A espécie é monotípica, ou seja, não tem subespécies ou variedades reconhecida. Vivíparos Ovíparos
  • 49. 49 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Modelo Hibrido FDD Tentar forçar a junção entre PMBOK e Ágil é querer criar um modelo no estilo Frankenstein, pois eles não são compatíveis, não se encaixam, mas são complementares.
  • 50. 50 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Modelo Hibrido O PMBOK e Ágil: Uma Comparação Termo PMBOK Métodos Ágeis (Scrum) Mudança Controlada Faz parte do jogo, é bem vinda. Foco Projeto Produto Tempo Controle através cronograma Controle através Timebox Estrutura Analítica EAP (Estrutura Analítica do Projeto) Não está explicita, mas quando existir, ela deverá ser do produto Escopo Controlado e bem detalhado (Declaração de escopo do projeto) Escopo do produto. Representado pela visão de alto nível do produto. Requisitos Declaração explícitas dos requisitos. Na maioria das vezes todos os requisitos são identificados, analisados antes do projeto Declaração explícita dos requisitos através do produto backlog. Não é necessário ter todos os requisitos para iniciar o desenvolvimento Equipe Gerente de Projeto como protagonista e equipe do projeto são coadjuvantes Equipe Scrum com protagonista Estimativas Gerente de Projeto e/ou especialistas Equipe de desenvolvimento Custos Planejado, Acompanhado Controlado Não tem Riscos Planejado, Acompanhado Controlado (Ações para mitigar) Acompanhados e controlados durante a Sprint com foco em garantir a entrega da meta.
  • 51. 51 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Modelo Hibrido O PMBOK e Ágil: Uma Comparação Termo PMBOK Métodos Ágeis (Scrum) Comunicação Planejada, acompanhada e controlada Informal, mas intensa, principalmente entre a equipe Scrum e pessoas de negócio Prazo de Entrega Depende, pode ser de curto, médio ou de longo prazo Curto prazo (máximo 30 dias – duração máxima de uma Sprint) Qualidade Planejada, acompanhada e controlada Implícita ao processo Premissas Declarações formais e explicitas Implícito e informal Restrições Declarações formais e explicitas Implícito e informal Lições aprendidas No final de cada fase e no final do projeto No final de cada Sprint (ciclo) nas retrospectivas. Melhoria contínua Não é explicito e nem formal. Depende do GP e/ou da equipe É formal e explicita (adaptação). Ela acontece no final de cada Sprint. É dos pilares do Scrum. Transparência Sim, mas depende do GP e/ou da equipe Sim, é dos pilares do Scrum. Artefatos e documentos Diversos Apenas três artefatos
  • 52. 52 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Modelo Hibrido Exemplo de modelos de gerenciamento de projetos que podem ser aplicados em uma empresa que produz e comercializa software em “on-premises” Modelo de Gerenciamento de Projetos Justificativa Desenvolvimento de Produto - Scrum Desenvolvimento de novas funcionalidades, melhorias e requisitos legais, são demandas planejadas. Elas fazem parte do produto backlog, são priorizadas e incorporadas ao plano de releases do produto. Elas serão entregues nas liberações de releases (versões) do software. Manutenção de Produto - Kanban As demandas de manutenção, conhecidas como demandas não planejadas, pois elas estão no formato “event-driven”, normalmente representam bugs, falhas ou erros de software que devem ser corrigidos e liberados de imediato, quando os riscos causam alto impacto na operação, geralmente através de uma build. Sustentação da Operação: Central de Serviços - Kanban As demandas de incidentes são conhecidas como demandas não planejadas, pois elas estão no formato “event-driven”. Para responder estas demandas é necessário categorização, análise, solução e respostas. Quando identificadas como demanda do tipo manutenção devem ser endereçadas para equipe de manutenção. Caso contrário a equipe da Central de Serviços deverá assumir a responsabilidades pela solução e se necessário deverá ser encaminhada a equipe de Gerenciamento de Problemas. Sustentação da Operação: Mudança e Liberação - PMBOK O gerenciamento de mudança e liberação, são atividades que podem ser coordenadas utilizando as técnicas do PMBOK, pois, elas requerem um escopo bem definido, data de início e de fim, os requisitos são conhecidos e controlados, assim como os riscos, qualidade e custo. Geralmente requer um estreito gerenciamento das partes interessadas. Sustentação da Operação Gerenciamento de Problemas (troubleshooting) - Kanban As demandas de gerenciamento de problemas são oriundas de gerenciamento de eventos e/ou do gerenciamento de incidentes elas identificam bugs, falhas, erros e baixo nível de qualidade dos serviços relacionados a software (Sistema operacional, Sistema Gerenciador de Banco de Dados e etc) ou hardware, elas não são planejadas na maioria das vezes, pois elas estão no formato “event-driven”. Quando elas oferecem riscos ao negócio elas devem ser resolvidas de imediato. Por conta disto elas requerem um método adaptável e flexível.
  • 53. 53 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Conteúdo Gestão de Projetos Ágeis Modelos Híbridos de Gerenciamento de Projetos PMBOK® e ÁGIL
  • 54. 54 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Exemplo completo de um modelo hibrido de gerenciamento de projeto: Características Ágeis: - Escopo aberto - Aprendizagem emergente. - Alguns requisitos são hipóteses de negócio que devem ser validados durante o projeto - Falta de domínio de negócio - Mudanças de requisitos durante o processo - Possibilidade requisitos emergentes - Equipe experiente, colaborativa, auto- organizada e multidisciplinar Características Tradicionais (PMBOK®): - Necessidade de controlar riscos - Necessidade de controlar qualidade - Necessidade de controlar custos - Necessidade de aquisições de serviços, produtos e/ou contratações de fornecedores - Necessidade de gerenciar as partes interessadas - Necessidade de gerenciar a comunição de forma explicita Modelo Hibrido: PMBOK® e ÁGIL Modelo Hibrido baseado em Ágil e PMBOK
  • 55. 55 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Modelo Hibrido: PMBOK® e ÁGIL Exemplo que mostra PMBOK® e Ágil são complementares. Gerenciamento de Custos Gerenciamento de Aquisição Gerenciamento de Qualidade Gerenciamento de Comunicação Gerenciamento de Partes Interessadas Gerenciamento de Riscos ModeloHibridodeGerenciamentodeProjetos ScrumPMBOK Equipe Ágil Gerente de Projeto
  • 56. 56 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Modelo Hibrido: PMBOK® e ÁGIL O PMBOK® e Ágil são complementares. Alguns exemplos: Gerenciamento de Custos Gerenciamento de Aquisição Gerenciamento de Qualidade Gerenciamento de Comunicação Gerenciamento de Partes Interessadas Gerenciamento de Riscos Gerenciamento de Aquisição: - Em um projeto de desenvolvimento de produto de Software deverá ser contrato um serviço de PaaS (Plataforma como serviço) Gerenciamento de Riscos: - Em um projeto de desenvolvimento de produto de Software deverá ser mitigado os riscos relacionamentos com a tecnologia adotada e com a contração de fornecedores de serviços. Gerenciamento de Parte Interessadas: - Em um projeto de desenvolvimento de produto de Software deverá ser engajados alguns diretores (partes interessadas) de um determinada filial. Gerenciamento de Custos: - Em um projeto de desenvolvimento de produto de Software com orçamento “apertado” deverá ser acompanhado, controlado e reportado os custos para CFO. ModeloHibridodeGerenciamentodeProjetos PMBOK Gerente de Projeto
  • 57. 57 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Conteúdo Gestão de Projetos Ágeis Modelos Híbridos de Gerenciamento de Projetos Métodos Ágeis
  • 58. 58 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Modelo Hibrido: SCRUM, FDD e XP FDDSCRUM Gestão de Projetos Requisitos de Software XP desenvolvimento de Software Colocando tudo junto e misturado
  • 59. 59 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Modelo Hibrido: SCRUM, FDD e XP Programação pareada TDD Práticas XP:FDD Refactoring Juntando Scrum, FDD e XP. O Scrum cuida do gerenciamento do projeto, FDD fica com a descoberta, análise das funcionalidades e requisitos e as práticas XP são aplicadas no desenvolvimento do software.
  • 60. 60 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Backlog da Gestão de Demanda Backlog do Produto Novas funcionalidades Bugs Scrum Backlog Demanda: Cliente Suporte, Comercial Testes Negócio... Selecionados(5) WIP(5) Teste(3) Feitos dev1 dev2 dev3 dev4 dev5 t3 t2 t1 1 – WIP = work in progress Sprint Backlog Sprint Reunião diária Revisão do produto Retrospectiva Reunião Planejamento Backlog do Produto Kanban bugs Novas funcionalidades Melhorias Juntando Scrum e Kanban. O Scrum cuida do gerenciamento do projeto da implementação de novas funcionalidades, customizações e melhoras. O Kanban é aplicado na correção de bugs e falhas (drive event – orientação a eventos). Equipe Desenvolvimento Equipe Manutenção Modelo Hibrido: SCRUM e KANBAN
  • 61. 61 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Este modelo junta o Scrum e Kanban criando um novo modelo chamado ScrumBan Modelo Hibrido: SCRUMBAN Scrum é um método ágil excelente para desenvolvimento de produtos de software e o Kanban é método mais adaptativo (mais flexível) ideal para sustentação de produtos ou para produtos onde os requisitos mudam constante. Algumas situações é necessário juntar o melhor de ambos para criar um modelo robusto e adaptativo que chamamos de ScrumBan. ScrumBan requer uma equipe ágil com maior nível de maturidade, empoderamento, auto-organização e colaboração. Fluxo Contínuo Reunião de Planejamento Reunião Diária Revisão do Produto Retrospectiva WIP SLALead time Classes de Serviços
  • 62. 62 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Conteúdo Gestão de Projetos Ágeis Gerente de Projeto 6
  • 63. 63 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Gerente de Projeto Podemos ter um único modelo de gestão para todos os tipos de projetos? Não. Os projetos não são iguais, eles podem ter características e necessidades de gerenciamento especificas, utilizar um único modelo, pode causar ineficiência. “Para quem só tem martelo, todo projeto parece um prego”
  • 64. 64 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Sou Gerente de Projeto e Agora? Gerente de Projeto Como fica o Gerente de Projeto (PMP) em ambientes que adotam Ágil e Modelos Híbridos?
  • 65. 65 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br “Change your Mindset” (mude a sua mentalidade) Sou Gerente de Projeto e Agora? Gerente de Projeto deve “Shift your Mindset” para atuar em projetos ágeis e projetos híbridos. Gerente de Projeto “Shift your Mindset” (chavear sua mentalidade)
  • 66. 66 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Os profissionais que atuam como Gerente de Projeto baseado no PMBOK® podem e devem atuar em projetos ágeis e projetos de modelos híbridos. - Quando o modelo de projeto for baseado nas técnicas do PMBOK®, o Gerente de Projetos é o protagonista. -Quando o modelo de projeto for baseado nas práticas ágeis, o Gerente de Projetos deverá Shift your Mindset (chavear sua mentalidade) para atuar como Scrum Master ou Dono do Produto. É imprescindível ter competências para desempenhar tais papeis. - Quando for modelo hibrido para gerenciar projetos baseado no PMBOK® e em Métodos Ágeis, o Gerente de Projetos deverá colaborar no gerenciamento do projeto, atuando nas áreas de conhecimento baseadas no PMBOK®. Gerente de Projeto
  • 67. 67 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Novo perfil exigido profissional responsável pelo gerenciamento de projeto: Gerente de Projeto O perfil de herói é do Batman é que é um super herói sem superpoderes, mas ele tem um cinto de utilidade que tem a ferramenta certa para cada situação. Continuará sendo chamado quando surgem emergências
  • 68. 68 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Workshop Gestão de Projetos Ágeis Gerenciamento de Projetos com Modelos Híbridos baseado em Técnicas do PMBOK® e Práticas Ágeis Treinamento Pessoas Inovação Tecnologia Rildo Santos rildo.santos@etecnologia.com.br (11) 991235358 skype: rildo.f.santos “Para alcançar o sucesso na gestão de projetos precisamos das pessoas certas, nos lugares certos e ferramentas certas.” Às vezes as exigências e necessidades de gestão de projetos vão além de único método ágil ou do modelo proposto pela PMBOK, para este cenário de complexidade a solução recomendada é trabalhar com modelos híbridos de gerenciamento de projetos. Um modelo hibrido pode combinar técnicas do PMBOK® e Práticas Ágeis ou juntar métodos ágeis para criar um modelo flexível e adaptativo que facilite a gestão e contribua para geração de valor. Este workshop apresenta e demonstra através de estudos de casos práticos como analisar, selecionar e utilizar modelos híbridos para gerenciar projetos. Ele também aborda governança de projetos, métodos ágeis, técnicas do PMBOK e como definir critérios de seleção baseados nas características e necessidades de gestão para definir qual modelo é mais adequado para gerenciar os projetos de forma eficiente. Objetivo: Preparar os participantes para atuar com modelos híbridos baseados nas técnicas do PMBOK e Métodos Ágeis para gerenciar de projetos de forma eficiente. Para quem: Este workshop é indicado para Equipes Ágeis (Desenvolvedores, Donos do Produto, Scrum Master e Testadores), Analistas de Negócio, PMOs, Gerentes de Projeto, Analistas de Projetos, Gerentes de Desenvolvimento, Coordenadores e Lideres Técnicos Carga horária: 16 horas (2 dias) Para contratar turma “in-company” entre em contato conosco. Este workshop pode ser “customizado” para atender as necessidades da sua empresa.
  • 69. 69 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Referências:
  • 70. 70 GestãodeProjetosÁgeiscomModelosHíbridos Rildo Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.brwww.etecnologia.com.br Versão: 1 | Abril 2019 | #gpa GPA Rildo Santos (@rildosan) Gestão de Projetos ÁgeisGerenciamento de Projetos com Modelos Híbridos baseado no PMBOK® e Métodos Ágeis www.etecnologia.com.br rildo.santos@etecnologia.com.br rildosan@rildosan.com skype: rildo.f.santos Pessoas Inovação Tecnologia