SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
FÍSICA


                               CINEMÁTICA ESCALAR
1. INTRODUÇÃO                                                       1.5. Espaço ou Posição Escalar (S)
       A cinemática escalar é a parte da Mecânica                          Determina a localização do ponto material em
que apenas descreve o movimento, sem se preocupar                   uma determinada escala ao longo da trajetória. Ob-
com a sua causa.                                                    serve que a posição não representa o quanto a partí-
       Só podemos dizer que conhecemos o movi-                      cula deslocou-se. Quando se diz, por exemplo, que há
mento de um corpo se, e somente se, em qualquer                     um automóvel quebrado no quilômetro 20 da BR
instante, pudermos informar qual a posição, a veloci-               040, você com certeza sabe sua localização; no en-
dade e a aceleração que esse corpo terá.                            tanto, não pode determinar quanto ele viajou para
                                                                    chegar lá, pois não sabe de onde o automóvel partiu.
1.1. Ponto Material
     Corpo cujas dimensões são desprezíveis, quando                 1.6. Deslocamento Escalar ou Variação
comparadas com outras dimensões envolvidas no es-                   de Espaço (∆s):
tudo do fenômeno.                                                          Seja So a posição escalar de uma partícula de
       Exemplo: a Terra em relação à Via Láctea tem                 um instante t0 e S sua posição escalar no instante t. O
dimensões desprezíveis. Assim, em relação à Via                     deslocamento escalar é definido por:
Láctea, a Terra é um ponto material.
                                                                                         ∆S = S − S 0
      No estudo de um ponto material, devemos
desprezar seu movimento de rotação.                                          100 Km                         300 Km
1.2. Corpo Extenso
        Corpo cujas dimensões não podem ser des-                                   S0                   S
prezadas no estudo de um determinado fenômeno.
Exemplo:                                                                  Na figura, um automóvel sai do quilômetro
      Um carro fazendo uma manobra em uma gara-                     100 e vai ao quilômetro 300. Para calcular o deslo-
gem é um corpo extenso. O mesmo carro em relação                    camento escalar temos:
à rodovia Belém-Brasília é um ponto material.
                                                                                              ∆S = S – So
1.3. Trajetória
      Linha que une todas as sucessivas posições de                                           ∆S = 300 –
um objeto.                                                                                    100

                          P2                                                                 ∆S = 200 km
                                                                    1.7. Velocidade Escalar Média (Vm)
                                                                           É muito comum, ao assistirmos a uma corrida
                   P1             P3                                de automóveis, o locutor dizer qual foi a velocidade
                                                                    média dos carros em uma determinada volta ou mes-
      A forma da trajetória depende do referencial                  mo em toda a corrida. Isto não significa, porém, que
adotado.                                                            aquela tenha sido a velocidade do carro em todo o
                                                                    percurso.
Exemplo:                                                                   Define–se velocidade escalar média de um
      Um estudante, sentado no banco de um ônibus                   móvel, o quociente entre a variação de espaço e o in-
em movimento retilíneo uniforme, lança uma borra-                   tervalo de tempo gasto.
cha para cima, na vertical. Para o estudante, a trajetó-
ria da borracha, será uma reta. Para um observador                                                ∆S
parado na estrada, a trajetória será um arco de pará-                                      Vm =
                                                                                                  ∆t
bola.
1.4. Movimento e repouso.                                                  Para converter km/h em m/s, basta dividir o
      Um ponto material está em repouso em relação                  valor em km/h pelo fator de conversão 3,6. Para a
a um certo referencial quando sua posição não varia                 transformação inversa – converter m/s em km/h –
para este referencial. Caso ocorra variação na posi-                basta multiplicar o valor em km/h por 3,6.
ção, o ponto material estará em movimento para a-                          Dizer que a velocidade de um móvel é cons-
quele referencial.                                                  tante significa que essa velocidade é a mesma em
                                                                    qualquer instante e que é igual à velocidade escalar
                                                                    média em qualquer intervalo de tempo.

Editora Exato                                                4
Se o móvel avançar e, em seguida, recuar so-                Vm =
                                                                         ∆s
                                                                              , vamos substituir =   5=
                                                                                                          ∆s
                                                                                                               , como o
bre a mesma trajetória, voltando ao ponto de partida,                    ∆t                               30
temos:                                                      número 30 está dividindo, o ∆s ele passa para o outro
                ∆S = 0 e Vm = 0.                            lado multiplicando o 5, olhe
                                                                  5.30 = ∆s
                     ESTUDO DIRIGIDO                              ∆s = 150m
1   Defina ponto material e cite um exemplo.
                                                            3   Um automóvel possui velocidade média de
                                                                100km/h. Calcule o tempo que ele gasta para
                                                                percorrer 400km.
                                                                Resolução:
2   Um estudante sentado no banco de um ônibus                  Dados
    que viaja a 60km/h estará certamente em mo-                 Vm=100km/h
    vimento. Certo ou errado? Justifique.                       ∆s 400km
                                                                ∆t = ?
                                                                Vm =
                                                                     ∆s
                                                                         = 100 = 400
                                                                     ∆t           ∆t
                                                                     400
                                                                      //
3   Qual a fórmula para se calcular a velocidade                ∆t =
                                                                     100
                                                                      //
    escalar média? Escreva o significado de cada
    símbolo e sua respectiva unidade no sistema                 ∆t = 4h
    internacional.
                                                                                  EXERCÍCIOS

                                                            1   Calcule a velocidade escalar média de um
                                                                homem que corre 200m num intervalo de
                EXERCÍCIOS RESOLVIDOS                           tempo de 40s.
1   Um carro percorre 300km em 3 horas. Calcule
    sua velocidade escalar média. Dê a resposta             2   Um carro leva 8 horas para ir de Brasília a
    em km/h e depois transforme para m/s.                       Belo Horizonte. Considerando que o mesmo
    Resolução:                                                  tenha desenvolvido uma velocidade média de
    Dados:                                                      93km/h, calcule a distância percorrida pelo
    ∆s = 300km                                                  veículo.
    ∆t = 3h
    Vm = ?
           ∆s            300                                3   A prova mais rápida de uma Olimpíada é a
    Vm =        → Vm =                                          corrida de 100m no atletismo. Sabendo que
           ∆t             3
                km                                              esta prova dura aproximadamente 10s, qual a
    Vm = 100
                 h                                              velocidade média desenvolvida pelos atletas
    Para transformar km/h para m/s basta dividir por            nesta prova?
      3,6, assim: 100 ÷3,6 = Vm = 27,7m/s.
                                                            4   Juliano foi a um concerto de uma orquestra
2   Um cavalo corre com velocidade média de                     sinfônica, mas, como chegou um pouco atra-
    5m/s. Calcule o seu deslocamento após 30s de                sado, teve que se sentar nas últimas cadeiras.
    corrida.                                                    Considerando que ele estava a 99m do palco,
      Resolução:                                                onde estava a orquestra, quanto tempo o som
      Dados:                                                    levaria para sair do palco e chegar aos ouvidos
      Vm = 5m/s                                                 de Juliano? (velocidade do som no ar =
      ∆t = 30s                                                  330m/s)
      ∆s = ?




Editora Exato                                           5
5   A respeito dos conceitos de movimento e re-
    pouso, julgue os itens:
    1 A Terra está em movimento em relação ao
      Sol.
    2 Um móvel pode estar em movimento em rela-
      ção a um referencial e em repouso em relação
      a outro.
    3 As estrelas do céu estão em repouso.
    4 Se uma pessoa está em repouso em relação à
      Terra, ela está em repouso em relação a todos
      os outros referenciais.


                    GABARITO

Estudo dirigido
1   Corpo de dimensões desprezíveis quando o
    comparamos com outras dimensões. Exemplo:
    a terra em relação ao universo é desprezível,
    já em relação a você ela é muito grande; logo,
    em relação ao universo, a Terra é um ponto
    material e em relação a você, não.
2   Errado. Depende do referencial. Por exemplo:
    para uma árvore na estrada, o estudante estaria
    em movimento; já, para o banco do ônibus, ele
    está parado (repouso).
            ∆s
3   Vm =
            ∆t
    Vm = velocidade média (m/s)
    ∆s = deslocamento (m)
    ∆t = variação de tempo (s)
Exercícios
1   5m/s.
2   744km.
3   10 m/s.
4   0,3s.
5   C, C, E, E




Editora Exato                                         6

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cinemática introdução
Cinemática introduçãoCinemática introdução
Cinemática introduçãoFlavio Albano
 
Questões Corrigidas, em Word: Composição de Movimentos, Projéteis e Velocidad...
Questões Corrigidas, em Word: Composição de Movimentos, Projéteis e Velocidad...Questões Corrigidas, em Word: Composição de Movimentos, Projéteis e Velocidad...
Questões Corrigidas, em Word: Composição de Movimentos, Projéteis e Velocidad...Rodrigo Penna
 
Questões Corrigidas, em Word: Atrito - Conteúdo vinculado ao blog http:...
Questões Corrigidas, em Word:  Atrito - Conteúdo vinculado ao blog      http:...Questões Corrigidas, em Word:  Atrito - Conteúdo vinculado ao blog      http:...
Questões Corrigidas, em Word: Atrito - Conteúdo vinculado ao blog http:...Rodrigo Penna
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (função horária das posições do muv )
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (função horária das posições do muv )Física 1º ano   prof. pedro ivo - (função horária das posições do muv )
Física 1º ano prof. pedro ivo - (função horária das posições do muv )Pedro Ivo Andrade Sousa
 
Questões Corrigidas, em Word: Movimento Circular Uniforme (MCU) - Conteúdo vi...
Questões Corrigidas, em Word: Movimento Circular Uniforme (MCU) - Conteúdo vi...Questões Corrigidas, em Word: Movimento Circular Uniforme (MCU) - Conteúdo vi...
Questões Corrigidas, em Word: Movimento Circular Uniforme (MCU) - Conteúdo vi...Rodrigo Penna
 
3370669 fisica-aula-04-mecancia-movimento-circular-uniforme
3370669 fisica-aula-04-mecancia-movimento-circular-uniforme3370669 fisica-aula-04-mecancia-movimento-circular-uniforme
3370669 fisica-aula-04-mecancia-movimento-circular-uniformeSamuel Gomes
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (movimento retilíneo uniforme )
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (movimento retilíneo uniforme )Física 1º ano   prof. pedro ivo - (movimento retilíneo uniforme )
Física 1º ano prof. pedro ivo - (movimento retilíneo uniforme )Pedro Ivo Andrade Sousa
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...Física 1º ano   prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...
Física 1º ano prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...Pedro Ivo Andrade Sousa
 
Questões Corrigidas, em Word: Cinemática gráficos - Conteúdo vinculado ao bl...
Questões Corrigidas, em Word:  Cinemática gráficos - Conteúdo vinculado ao bl...Questões Corrigidas, em Word:  Cinemática gráficos - Conteúdo vinculado ao bl...
Questões Corrigidas, em Word: Cinemática gráficos - Conteúdo vinculado ao bl...Rodrigo Penna
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )Física 1º ano   prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )
Física 1º ano prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )Pedro Ivo Andrade Sousa
 
Análise de Carregamento Hidrodinâmico em Estruturas Flutuantes - Parte I A Ex...
Análise de Carregamento Hidrodinâmico em Estruturas Flutuantes - Parte I A Ex...Análise de Carregamento Hidrodinâmico em Estruturas Flutuantes - Parte I A Ex...
Análise de Carregamento Hidrodinâmico em Estruturas Flutuantes - Parte I A Ex...João Henrique Volpini Mattos
 
Análise de Carregamento Hidrodinâmico Em Estruturas Flutuantes - Parte II A R...
Análise de Carregamento Hidrodinâmico Em Estruturas Flutuantes - Parte II A R...Análise de Carregamento Hidrodinâmico Em Estruturas Flutuantes - Parte II A R...
Análise de Carregamento Hidrodinâmico Em Estruturas Flutuantes - Parte II A R...João Henrique Volpini Mattos
 
Fisica -resumao_de_formulas
Fisica  -resumao_de_formulasFisica  -resumao_de_formulas
Fisica -resumao_de_formulasCelso Franzotti
 

Mais procurados (18)

Enem módulo 03
Enem módulo 03Enem módulo 03
Enem módulo 03
 
Cinemática introdução
Cinemática introduçãoCinemática introdução
Cinemática introdução
 
Questões Corrigidas, em Word: Composição de Movimentos, Projéteis e Velocidad...
Questões Corrigidas, em Word: Composição de Movimentos, Projéteis e Velocidad...Questões Corrigidas, em Word: Composição de Movimentos, Projéteis e Velocidad...
Questões Corrigidas, em Word: Composição de Movimentos, Projéteis e Velocidad...
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Introdução à Cinemática
Introdução à CinemáticaIntrodução à Cinemática
Introdução à Cinemática
 
Questões Corrigidas, em Word: Atrito - Conteúdo vinculado ao blog http:...
Questões Corrigidas, em Word:  Atrito - Conteúdo vinculado ao blog      http:...Questões Corrigidas, em Word:  Atrito - Conteúdo vinculado ao blog      http:...
Questões Corrigidas, em Word: Atrito - Conteúdo vinculado ao blog http:...
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (função horária das posições do muv )
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (função horária das posições do muv )Física 1º ano   prof. pedro ivo - (função horária das posições do muv )
Física 1º ano prof. pedro ivo - (função horária das posições do muv )
 
Questões Corrigidas, em Word: Movimento Circular Uniforme (MCU) - Conteúdo vi...
Questões Corrigidas, em Word: Movimento Circular Uniforme (MCU) - Conteúdo vi...Questões Corrigidas, em Word: Movimento Circular Uniforme (MCU) - Conteúdo vi...
Questões Corrigidas, em Word: Movimento Circular Uniforme (MCU) - Conteúdo vi...
 
Cinemática introdução
Cinemática introduçãoCinemática introdução
Cinemática introdução
 
3370669 fisica-aula-04-mecancia-movimento-circular-uniforme
3370669 fisica-aula-04-mecancia-movimento-circular-uniforme3370669 fisica-aula-04-mecancia-movimento-circular-uniforme
3370669 fisica-aula-04-mecancia-movimento-circular-uniforme
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (movimento retilíneo uniforme )
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (movimento retilíneo uniforme )Física 1º ano   prof. pedro ivo - (movimento retilíneo uniforme )
Física 1º ano prof. pedro ivo - (movimento retilíneo uniforme )
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...Física 1º ano   prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...
Física 1º ano prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...
 
Questões Corrigidas, em Word: Cinemática gráficos - Conteúdo vinculado ao bl...
Questões Corrigidas, em Word:  Cinemática gráficos - Conteúdo vinculado ao bl...Questões Corrigidas, em Word:  Cinemática gráficos - Conteúdo vinculado ao bl...
Questões Corrigidas, em Word: Cinemática gráficos - Conteúdo vinculado ao bl...
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )Física 1º ano   prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )
Física 1º ano prof. pedro ivo - (movimento uniformemente variado )
 
Análise de Carregamento Hidrodinâmico em Estruturas Flutuantes - Parte I A Ex...
Análise de Carregamento Hidrodinâmico em Estruturas Flutuantes - Parte I A Ex...Análise de Carregamento Hidrodinâmico em Estruturas Flutuantes - Parte I A Ex...
Análise de Carregamento Hidrodinâmico em Estruturas Flutuantes - Parte I A Ex...
 
Análise de Carregamento Hidrodinâmico Em Estruturas Flutuantes - Parte II A R...
Análise de Carregamento Hidrodinâmico Em Estruturas Flutuantes - Parte II A R...Análise de Carregamento Hidrodinâmico Em Estruturas Flutuantes - Parte II A R...
Análise de Carregamento Hidrodinâmico Em Estruturas Flutuantes - Parte II A R...
 
Fisica -resumao_de_formulas
Fisica  -resumao_de_formulasFisica  -resumao_de_formulas
Fisica -resumao_de_formulas
 
Movimento Uniforme
Movimento UniformeMovimento Uniforme
Movimento Uniforme
 

Destaque

Aula 03 cinemática introdução
Aula 03 cinemática introduçãoAula 03 cinemática introdução
Aula 03 cinemática introduçãoMárcio Nicontchuk
 
Física - Exercícios Resolvidos de Cinemática
Física - Exercícios Resolvidos de CinemáticaFísica - Exercícios Resolvidos de Cinemática
Física - Exercícios Resolvidos de CinemáticaJoana Figueredo
 
Fisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serie
Fisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serieFisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serie
Fisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_seriecomentada
 
919 Questões de Física (resolvidas)
919 Questões de Física (resolvidas)919 Questões de Física (resolvidas)
919 Questões de Física (resolvidas)Adriano Capilupe
 
Aula de física movimento, repouso, velocidade média
Aula de física  movimento, repouso, velocidade médiaAula de física  movimento, repouso, velocidade média
Aula de física movimento, repouso, velocidade médialuam1969
 
Resolução Exercícios Cinemática
Resolução Exercícios CinemáticaResolução Exercícios Cinemática
Resolução Exercícios Cinemáticajoana71
 
Abril 02 movimentos
Abril 02 movimentosAbril 02 movimentos
Abril 02 movimentosfisicafred
 
ExercíCios De CinemáTica 1
ExercíCios De CinemáTica 1ExercíCios De CinemáTica 1
ExercíCios De CinemáTica 1Homero Junior
 
pmbok vs itil utn 2014
pmbok vs itil utn 2014pmbok vs itil utn 2014
pmbok vs itil utn 2014Elearning-UTN
 
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1Homero Junior
 
Fisica exercicios resolvidos 002
Fisica exercicios resolvidos  002Fisica exercicios resolvidos  002
Fisica exercicios resolvidos 002comentada
 
Aulão de física para o enem 2013
Aulão de física para o enem 2013Aulão de física para o enem 2013
Aulão de física para o enem 2013davimouranobre
 
Fisica exercicios resolvidos 003
Fisica exercicios resolvidos  003Fisica exercicios resolvidos  003
Fisica exercicios resolvidos 003comentada
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos de Cinemática
www.aulasdefisicaapoio.com   - Física - Exercícios Resolvidos de Cinemáticawww.aulasdefisicaapoio.com   - Física - Exercícios Resolvidos de Cinemática
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos de CinemáticaVideoaulas De Física Apoio
 
Física - Exercícios Resolvidos de Equilíbrio de um Ponto Material
Física - Exercícios Resolvidos de Equilíbrio de um Ponto MaterialFísica - Exercícios Resolvidos de Equilíbrio de um Ponto Material
Física - Exercícios Resolvidos de Equilíbrio de um Ponto MaterialJoana Figueredo
 
Aula 01 Introdução à Física
Aula 01   Introdução à FísicaAula 01   Introdução à Física
Aula 01 Introdução à Físicatiago.ufc
 
Velocidade média, instantânea e aceleração escalar
Velocidade média, instantânea e aceleração escalarVelocidade média, instantânea e aceleração escalar
Velocidade média, instantânea e aceleração escalarCatarina Lopes
 

Destaque (20)

Simulado Ciclo 1 2º ano
Simulado Ciclo 1   2º anoSimulado Ciclo 1   2º ano
Simulado Ciclo 1 2º ano
 
Aula 03 cinemática introdução
Aula 03 cinemática introduçãoAula 03 cinemática introdução
Aula 03 cinemática introdução
 
Física - Exercícios Resolvidos de Cinemática
Física - Exercícios Resolvidos de CinemáticaFísica - Exercícios Resolvidos de Cinemática
Física - Exercícios Resolvidos de Cinemática
 
Fisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serie
Fisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serieFisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serie
Fisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serie
 
919 Questões de Física (resolvidas)
919 Questões de Física (resolvidas)919 Questões de Física (resolvidas)
919 Questões de Física (resolvidas)
 
Aula de física movimento, repouso, velocidade média
Aula de física  movimento, repouso, velocidade médiaAula de física  movimento, repouso, velocidade média
Aula de física movimento, repouso, velocidade média
 
Resolução Exercícios Cinemática
Resolução Exercícios CinemáticaResolução Exercícios Cinemática
Resolução Exercícios Cinemática
 
Abril 02 movimentos
Abril 02 movimentosAbril 02 movimentos
Abril 02 movimentos
 
ExercíCios De CinemáTica 1
ExercíCios De CinemáTica 1ExercíCios De CinemáTica 1
ExercíCios De CinemáTica 1
 
pmbok vs itil utn 2014
pmbok vs itil utn 2014pmbok vs itil utn 2014
pmbok vs itil utn 2014
 
Velocidade Média
Velocidade MédiaVelocidade Média
Velocidade Média
 
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
 
Fisica exercicios resolvidos 002
Fisica exercicios resolvidos  002Fisica exercicios resolvidos  002
Fisica exercicios resolvidos 002
 
Aulão de física para o enem 2013
Aulão de física para o enem 2013Aulão de física para o enem 2013
Aulão de física para o enem 2013
 
Fisica exercicios resolvidos 003
Fisica exercicios resolvidos  003Fisica exercicios resolvidos  003
Fisica exercicios resolvidos 003
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos de Cinemática
www.aulasdefisicaapoio.com   - Física - Exercícios Resolvidos de Cinemáticawww.aulasdefisicaapoio.com   - Física - Exercícios Resolvidos de Cinemática
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos de Cinemática
 
Física - Exercícios Resolvidos de Equilíbrio de um Ponto Material
Física - Exercícios Resolvidos de Equilíbrio de um Ponto MaterialFísica - Exercícios Resolvidos de Equilíbrio de um Ponto Material
Física - Exercícios Resolvidos de Equilíbrio de um Ponto Material
 
Aula 01 Introdução à Física
Aula 01   Introdução à FísicaAula 01   Introdução à Física
Aula 01 Introdução à Física
 
Velocidade média, instantânea e aceleração escalar
Velocidade média, instantânea e aceleração escalarVelocidade média, instantânea e aceleração escalar
Velocidade média, instantânea e aceleração escalar
 
Aula 1 velocidade média
Aula 1  velocidade médiaAula 1  velocidade média
Aula 1 velocidade média
 

Semelhante a Fisica 001 cinematica

Fundamentos da cinematica escalar
Fundamentos da cinematica escalarFundamentos da cinematica escalar
Fundamentos da cinematica escalarCatarina Lopes
 
Mru movimento retilineo uniforme
Mru   movimento retilineo uniformeMru   movimento retilineo uniforme
Mru movimento retilineo uniformeVlamir Gama Rocha
 
Movimento e Leis de Newton - 9 ano EM202
Movimento e Leis de Newton - 9 ano EM202Movimento e Leis de Newton - 9 ano EM202
Movimento e Leis de Newton - 9 ano EM202belinharieper
 
CINEMÁTICA CONCEITOS INICIAIS - AULA PARA 26-02-2015
CINEMÁTICA CONCEITOS INICIAIS - AULA PARA 26-02-2015CINEMÁTICA CONCEITOS INICIAIS - AULA PARA 26-02-2015
CINEMÁTICA CONCEITOS INICIAIS - AULA PARA 26-02-2015P Valter De Almeida Gomes
 
Fisica movimento uniforme resolvidos
Fisica movimento uniforme resolvidosFisica movimento uniforme resolvidos
Fisica movimento uniforme resolvidoscomentada
 
Cinemática: Movimento Retilíneo Uniforme e Movimento Uniformemente Variado - ...
Cinemática: Movimento Retilíneo Uniforme e Movimento Uniformemente Variado - ...Cinemática: Movimento Retilíneo Uniforme e Movimento Uniformemente Variado - ...
Cinemática: Movimento Retilíneo Uniforme e Movimento Uniformemente Variado - ...Lara Lídia
 
Aula 3 movimento retilíneo uniforme
Aula 3 movimento retilíneo uniformeAula 3 movimento retilíneo uniforme
Aula 3 movimento retilíneo uniformeDaniela F Almenara
 
Movimento uniforme
Movimento uniformeMovimento uniforme
Movimento uniformefisicaatual
 
Movimento Uniforme
Movimento UniformeMovimento Uniforme
Movimento Uniformefisicaatual
 
Tarefa de Final de Curso - Cinemática
Tarefa de Final de Curso - CinemáticaTarefa de Final de Curso - Cinemática
Tarefa de Final de Curso - Cinemáticaxtganderson
 
Movimento uniforme
Movimento uniformeMovimento uniforme
Movimento uniformefisicaatual
 
MRU / MRUV - Slide de física.
MRU / MRUV - Slide de física.MRU / MRUV - Slide de física.
MRU / MRUV - Slide de física.Adalgisa Barreto
 
MRU / MRUV - Slide de física.
MRU / MRUV - Slide de física.MRU / MRUV - Slide de física.
MRU / MRUV - Slide de física.Adalgisa Barreto
 

Semelhante a Fisica 001 cinematica (20)

Movimento Uniforme
Movimento UniformeMovimento Uniforme
Movimento Uniforme
 
Fundamentos da cinematica escalar
Fundamentos da cinematica escalarFundamentos da cinematica escalar
Fundamentos da cinematica escalar
 
Mru movimento retilineo uniforme
Mru   movimento retilineo uniformeMru   movimento retilineo uniforme
Mru movimento retilineo uniforme
 
Movimento e Leis de Newton - 9 ano EM202
Movimento e Leis de Newton - 9 ano EM202Movimento e Leis de Newton - 9 ano EM202
Movimento e Leis de Newton - 9 ano EM202
 
CINEMÁTICA CONCEITOS INICIAIS - AULA PARA 26-02-2015
CINEMÁTICA CONCEITOS INICIAIS - AULA PARA 26-02-2015CINEMÁTICA CONCEITOS INICIAIS - AULA PARA 26-02-2015
CINEMÁTICA CONCEITOS INICIAIS - AULA PARA 26-02-2015
 
Fisica movimento uniforme resolvidos
Fisica movimento uniforme resolvidosFisica movimento uniforme resolvidos
Fisica movimento uniforme resolvidos
 
"Somos Físicos" Cinemática
"Somos Físicos" Cinemática"Somos Físicos" Cinemática
"Somos Físicos" Cinemática
 
Apostila de física impacto (1)
Apostila de física   impacto (1)Apostila de física   impacto (1)
Apostila de física impacto (1)
 
2 movimentos
2  movimentos2  movimentos
2 movimentos
 
Cinemática: Movimento Retilíneo Uniforme e Movimento Uniformemente Variado - ...
Cinemática: Movimento Retilíneo Uniforme e Movimento Uniformemente Variado - ...Cinemática: Movimento Retilíneo Uniforme e Movimento Uniformemente Variado - ...
Cinemática: Movimento Retilíneo Uniforme e Movimento Uniformemente Variado - ...
 
Aula 3 movimento retilíneo uniforme
Aula 3 movimento retilíneo uniformeAula 3 movimento retilíneo uniforme
Aula 3 movimento retilíneo uniforme
 
Movimento uniforme
Movimento uniformeMovimento uniforme
Movimento uniforme
 
Movimento Uniforme
Movimento UniformeMovimento Uniforme
Movimento Uniforme
 
Tarefa de Final de Curso - Cinemática
Tarefa de Final de Curso - CinemáticaTarefa de Final de Curso - Cinemática
Tarefa de Final de Curso - Cinemática
 
Física- Aula 4
Física- Aula 4Física- Aula 4
Física- Aula 4
 
Aula 2 cinemática
Aula 2   cinemáticaAula 2   cinemática
Aula 2 cinemática
 
Mecânica 9° ano
Mecânica 9° anoMecânica 9° ano
Mecânica 9° ano
 
Movimento uniforme
Movimento uniformeMovimento uniforme
Movimento uniforme
 
MRU / MRUV - Slide de física.
MRU / MRUV - Slide de física.MRU / MRUV - Slide de física.
MRU / MRUV - Slide de física.
 
MRU / MRUV - Slide de física.
MRU / MRUV - Slide de física.MRU / MRUV - Slide de física.
MRU / MRUV - Slide de física.
 

Mais de con_seguir

Transformações geométricas no plano
Transformações geométricas no planoTransformações geométricas no plano
Transformações geométricas no planocon_seguir
 
Sistemas lineares
Sistemas linearesSistemas lineares
Sistemas linearescon_seguir
 
Relações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retânguloRelações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retângulocon_seguir
 
Numeros complexos aula
Numeros complexos aulaNumeros complexos aula
Numeros complexos aulacon_seguir
 
Numeros complexos
Numeros complexosNumeros complexos
Numeros complexoscon_seguir
 
Matematica raciocinio logico
Matematica raciocinio logicoMatematica raciocinio logico
Matematica raciocinio logicocon_seguir
 
Matematica questões resolvidas i
Matematica questões resolvidas iMatematica questões resolvidas i
Matematica questões resolvidas icon_seguir
 
Geometria analitica exercicios resolvidos
Geometria analitica exercicios resolvidosGeometria analitica exercicios resolvidos
Geometria analitica exercicios resolvidoscon_seguir
 
Geometria analitica equacao da reta
Geometria analitica equacao da retaGeometria analitica equacao da reta
Geometria analitica equacao da retacon_seguir
 
Fundamentos matematica iv
Fundamentos matematica ivFundamentos matematica iv
Fundamentos matematica ivcon_seguir
 
Fundamentos matematica ii
Fundamentos matematica iiFundamentos matematica ii
Fundamentos matematica iicon_seguir
 
Fundamentos matematica i
Fundamentos matematica iFundamentos matematica i
Fundamentos matematica icon_seguir
 
Fundamentos geometria i
Fundamentos geometria iFundamentos geometria i
Fundamentos geometria icon_seguir
 
Funcao do primeiro grau
Funcao do primeiro grauFuncao do primeiro grau
Funcao do primeiro graucon_seguir
 
Fisica 003 optica
Fisica   003 opticaFisica   003 optica
Fisica 003 opticacon_seguir
 
Exercicios resolvidos poligonos
Exercicios resolvidos   poligonosExercicios resolvidos   poligonos
Exercicios resolvidos poligonoscon_seguir
 
Estudos da reta
Estudos da retaEstudos da reta
Estudos da retacon_seguir
 

Mais de con_seguir (20)

Transformações geométricas no plano
Transformações geométricas no planoTransformações geométricas no plano
Transformações geométricas no plano
 
Sistemas lineares
Sistemas linearesSistemas lineares
Sistemas lineares
 
Relações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retânguloRelações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retângulo
 
Ponto reta
Ponto retaPonto reta
Ponto reta
 
Poliedro
PoliedroPoliedro
Poliedro
 
Numeros complexos aula
Numeros complexos aulaNumeros complexos aula
Numeros complexos aula
 
Numeros complexos
Numeros complexosNumeros complexos
Numeros complexos
 
Matematica raciocinio logico
Matematica raciocinio logicoMatematica raciocinio logico
Matematica raciocinio logico
 
Matematica questões resolvidas i
Matematica questões resolvidas iMatematica questões resolvidas i
Matematica questões resolvidas i
 
Geometria analitica exercicios resolvidos
Geometria analitica exercicios resolvidosGeometria analitica exercicios resolvidos
Geometria analitica exercicios resolvidos
 
Geometria analitica equacao da reta
Geometria analitica equacao da retaGeometria analitica equacao da reta
Geometria analitica equacao da reta
 
Geometria
GeometriaGeometria
Geometria
 
Fundamentos matematica iv
Fundamentos matematica ivFundamentos matematica iv
Fundamentos matematica iv
 
Fundamentos matematica ii
Fundamentos matematica iiFundamentos matematica ii
Fundamentos matematica ii
 
Fundamentos matematica i
Fundamentos matematica iFundamentos matematica i
Fundamentos matematica i
 
Fundamentos geometria i
Fundamentos geometria iFundamentos geometria i
Fundamentos geometria i
 
Funcao do primeiro grau
Funcao do primeiro grauFuncao do primeiro grau
Funcao do primeiro grau
 
Fisica 003 optica
Fisica   003 opticaFisica   003 optica
Fisica 003 optica
 
Exercicios resolvidos poligonos
Exercicios resolvidos   poligonosExercicios resolvidos   poligonos
Exercicios resolvidos poligonos
 
Estudos da reta
Estudos da retaEstudos da reta
Estudos da reta
 

Último

Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 

Último (20)

Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 

Fisica 001 cinematica

  • 1. FÍSICA CINEMÁTICA ESCALAR 1. INTRODUÇÃO 1.5. Espaço ou Posição Escalar (S) A cinemática escalar é a parte da Mecânica Determina a localização do ponto material em que apenas descreve o movimento, sem se preocupar uma determinada escala ao longo da trajetória. Ob- com a sua causa. serve que a posição não representa o quanto a partí- Só podemos dizer que conhecemos o movi- cula deslocou-se. Quando se diz, por exemplo, que há mento de um corpo se, e somente se, em qualquer um automóvel quebrado no quilômetro 20 da BR instante, pudermos informar qual a posição, a veloci- 040, você com certeza sabe sua localização; no en- dade e a aceleração que esse corpo terá. tanto, não pode determinar quanto ele viajou para chegar lá, pois não sabe de onde o automóvel partiu. 1.1. Ponto Material Corpo cujas dimensões são desprezíveis, quando 1.6. Deslocamento Escalar ou Variação comparadas com outras dimensões envolvidas no es- de Espaço (∆s): tudo do fenômeno. Seja So a posição escalar de uma partícula de Exemplo: a Terra em relação à Via Láctea tem um instante t0 e S sua posição escalar no instante t. O dimensões desprezíveis. Assim, em relação à Via deslocamento escalar é definido por: Láctea, a Terra é um ponto material. ∆S = S − S 0 No estudo de um ponto material, devemos desprezar seu movimento de rotação. 100 Km 300 Km 1.2. Corpo Extenso Corpo cujas dimensões não podem ser des- S0 S prezadas no estudo de um determinado fenômeno. Exemplo: Na figura, um automóvel sai do quilômetro Um carro fazendo uma manobra em uma gara- 100 e vai ao quilômetro 300. Para calcular o deslo- gem é um corpo extenso. O mesmo carro em relação camento escalar temos: à rodovia Belém-Brasília é um ponto material. ∆S = S – So 1.3. Trajetória Linha que une todas as sucessivas posições de ∆S = 300 – um objeto. 100 P2 ∆S = 200 km 1.7. Velocidade Escalar Média (Vm) É muito comum, ao assistirmos a uma corrida P1 P3 de automóveis, o locutor dizer qual foi a velocidade média dos carros em uma determinada volta ou mes- A forma da trajetória depende do referencial mo em toda a corrida. Isto não significa, porém, que adotado. aquela tenha sido a velocidade do carro em todo o percurso. Exemplo: Define–se velocidade escalar média de um Um estudante, sentado no banco de um ônibus móvel, o quociente entre a variação de espaço e o in- em movimento retilíneo uniforme, lança uma borra- tervalo de tempo gasto. cha para cima, na vertical. Para o estudante, a trajetó- ria da borracha, será uma reta. Para um observador ∆S parado na estrada, a trajetória será um arco de pará- Vm = ∆t bola. 1.4. Movimento e repouso. Para converter km/h em m/s, basta dividir o Um ponto material está em repouso em relação valor em km/h pelo fator de conversão 3,6. Para a a um certo referencial quando sua posição não varia transformação inversa – converter m/s em km/h – para este referencial. Caso ocorra variação na posi- basta multiplicar o valor em km/h por 3,6. ção, o ponto material estará em movimento para a- Dizer que a velocidade de um móvel é cons- quele referencial. tante significa que essa velocidade é a mesma em qualquer instante e que é igual à velocidade escalar média em qualquer intervalo de tempo. Editora Exato 4
  • 2. Se o móvel avançar e, em seguida, recuar so- Vm = ∆s , vamos substituir = 5= ∆s , como o bre a mesma trajetória, voltando ao ponto de partida, ∆t 30 temos: número 30 está dividindo, o ∆s ele passa para o outro ∆S = 0 e Vm = 0. lado multiplicando o 5, olhe 5.30 = ∆s ESTUDO DIRIGIDO ∆s = 150m 1 Defina ponto material e cite um exemplo. 3 Um automóvel possui velocidade média de 100km/h. Calcule o tempo que ele gasta para percorrer 400km. Resolução: 2 Um estudante sentado no banco de um ônibus Dados que viaja a 60km/h estará certamente em mo- Vm=100km/h vimento. Certo ou errado? Justifique. ∆s 400km ∆t = ? Vm = ∆s = 100 = 400 ∆t ∆t 400 // 3 Qual a fórmula para se calcular a velocidade ∆t = 100 // escalar média? Escreva o significado de cada símbolo e sua respectiva unidade no sistema ∆t = 4h internacional. EXERCÍCIOS 1 Calcule a velocidade escalar média de um homem que corre 200m num intervalo de EXERCÍCIOS RESOLVIDOS tempo de 40s. 1 Um carro percorre 300km em 3 horas. Calcule sua velocidade escalar média. Dê a resposta 2 Um carro leva 8 horas para ir de Brasília a em km/h e depois transforme para m/s. Belo Horizonte. Considerando que o mesmo Resolução: tenha desenvolvido uma velocidade média de Dados: 93km/h, calcule a distância percorrida pelo ∆s = 300km veículo. ∆t = 3h Vm = ? ∆s 300 3 A prova mais rápida de uma Olimpíada é a Vm = → Vm = corrida de 100m no atletismo. Sabendo que ∆t 3 km esta prova dura aproximadamente 10s, qual a Vm = 100 h velocidade média desenvolvida pelos atletas Para transformar km/h para m/s basta dividir por nesta prova? 3,6, assim: 100 ÷3,6 = Vm = 27,7m/s. 4 Juliano foi a um concerto de uma orquestra 2 Um cavalo corre com velocidade média de sinfônica, mas, como chegou um pouco atra- 5m/s. Calcule o seu deslocamento após 30s de sado, teve que se sentar nas últimas cadeiras. corrida. Considerando que ele estava a 99m do palco, Resolução: onde estava a orquestra, quanto tempo o som Dados: levaria para sair do palco e chegar aos ouvidos Vm = 5m/s de Juliano? (velocidade do som no ar = ∆t = 30s 330m/s) ∆s = ? Editora Exato 5
  • 3. 5 A respeito dos conceitos de movimento e re- pouso, julgue os itens: 1 A Terra está em movimento em relação ao Sol. 2 Um móvel pode estar em movimento em rela- ção a um referencial e em repouso em relação a outro. 3 As estrelas do céu estão em repouso. 4 Se uma pessoa está em repouso em relação à Terra, ela está em repouso em relação a todos os outros referenciais. GABARITO Estudo dirigido 1 Corpo de dimensões desprezíveis quando o comparamos com outras dimensões. Exemplo: a terra em relação ao universo é desprezível, já em relação a você ela é muito grande; logo, em relação ao universo, a Terra é um ponto material e em relação a você, não. 2 Errado. Depende do referencial. Por exemplo: para uma árvore na estrada, o estudante estaria em movimento; já, para o banco do ônibus, ele está parado (repouso). ∆s 3 Vm = ∆t Vm = velocidade média (m/s) ∆s = deslocamento (m) ∆t = variação de tempo (s) Exercícios 1 5m/s. 2 744km. 3 10 m/s. 4 0,3s. 5 C, C, E, E Editora Exato 6