SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 31
Baixar para ler offline
PORTFÓLIO DE SOLUÇÕES
A EXCELLENCE SOLUTIONS fornece soluções focadas em gestão estratégica de excelência,
através de soluções S&OP, SUPLLY CHAIN, GESTÃO DE PROCESSOS, GESTÃO DE
PROJETOS, PMO e ERP, permitindo atingir os objetivos de nossos clientes com excelência,
qualidade, dentro dos prazos e investimentos previstos.
S&OP SUPPLY CHAIN GESTÃO DE
PROCESSOS
GESTÃO DE
PROJETOS
PMO ERP
S&OP
Sales and Operations Planning
INTRODUÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 05
SOBRE S&OP . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 09
GERANDO RESULTADOS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15
FATORES CRITICOS DE SUCESSO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
S&OP
INTRODUÇÃO…
Introdução ao S&OP
Apesar de conhecida mundialmente a
técnica é recente no Brasil, porem
amplamente aplicada no hemisfério norte.
O processo é estudado por vários
especialistas, onde um dois mais
conhecidos é Thomas Wallace, além de
ser considerado um dos fundadores da
técnica nos Estados Unidos, Wallace já
escreveu vários livros sobre o assunto
Introdução ao S&OP
Por ser um processo de
gestão e organização
multisetorial dentro das
organizações, o S&OP pode
levar seus resultados a
praticamente qualquer
segmento da indústria.
Segmentos das 270 organizações brasileiras consultadas
Introdução ao S&OP
O principal objetivo do S&OP é chegar a um plano operacional que contemple a unicidade, utilizando-se
de recursos essenciais de modo com que seja possível alcançar maior eficiência e rentabilidade, ou seja:
 Apoiar o planejamento estratégico do negócio através de análises e revisões periódicas, garantindo
sua viabilidade e efetividade;
 Garantir que os planos operacionais sejam realistas, considerando as inter-relações existentes entre
as diversas áreas da empresa;
 Gerenciar as mudanças de forma eficaz a partir de postura proativa;
 Gerenciar os estoques de produtos finais e/ou carteira de pedidos de forma a garantir bom
desempenho de entrega (disponibilidade de produto);
 Avaliar o desempenho do processo de planejamento de vendas e estoque, identificando e
segregando as atividades que estão fora de controle daquelas que se encontram sob controle;
 Desenvolver o trabalho em equipe através da criação de condições para que cada departamento
participe do planejamento global da empresa.
S&OP
SOBRE S&OP…
S&OP é um Software ?
Não, o processo de S&OP é uma
transformação cultural que busca a
sinergia entre os times de operação
e vendas de modo a melhorar a
eficiente dos processo produtivos,
visando um melhor atendimento ao
cliente.
Pessoas
80%
Processo
15%
Software
5%
Você sabia ?
As empresa Brasileiras somadas perdem:
215
bilhões
US$
De receita no ano por não conseguirem atender as
oportunidades de demanda do mercado.
Problema Clássico
Descolamento Teórico
VendasOperações
Conflito de
Interesses
Processos
Complexos
Alinhamento
Diretrizes
Entendimento
das Metodologias
Consequências • Erro na Previsão de Venda.
• Alteração constante de MIX de produção.
• Capacidade de fábrica finita vs demanda
infinita.
• Atrasos nas entregas de clientes.
• Custo elevado da capacidade excedente.
• Estoques Excessivo.
• Consumo de caixa (financeiro) excessivo.
• Consumo da margem operacional.
• Previsão “financeira” de vendas.
• Hora extra.
Normalmente, nas industrias pesquisadas
encontramos estes problemas no fluxo
produtivo, que são amplamente tratados no
S&OP.
Composição do Processo
O S&OP quando implantado, alinha as diretrizes e expectativas de toda áreas da empresa para um
único foco, meta e resultado.
Vendas
Customer
Service
PCM PCP Produção Logística
Cliente
Empresa
ValorValor
S&OP
GERANDO RESULTADOS…
Qual a mágica do S&OP ?
O que fazemos é apenas alinhar
todas os processos para uma visão
em que o cliente é colocada em
primeiro lugar, embasado em um
poderoso e responsável
planejamento de vendas que deve
representar o resultado financeiro
previsto para o cenários produtivos.
S + O + P
Sales Operation Planning
Cliente Comercial
Customer Experience Demanda
Operações
Comercial
Qualidade
Planejamento
Operação
Modelo Clássico Composição de Demanda
Modelo Colaborativo de Gestão de Demanda (End to End Vision) – S&OP Change
Manegement
Elaboramos o Diagnóstico Mapa de Priorização Modelagem Estatísticos de Demanda
Revisão e Adequações de Processo Capacitação
Entregamos os Resultados !
ComoFazemos? 1 2 3
4 5 6
Estabelecendo o Processo
A metodologia roda em 4 esferas
importantíssimas S&OP
Demand
Planning
Resource
Planning
Financial
Drive
Corporate
Meeting
Esfera – Demand Planning
Statistic Planning
• Modelagem Estatística do Negócio
• Ferramenta de Projeção
• Saneamento do Histórico de Dados
• Tendência Individualizado por Part
Number
Market Planning
• Perspectiva do Mercado
• Esforço de Vendas
• Ganhos Potenciais
• Oportunidades
• Percepção do Cliente
Intelligence
Plannning
• Cenário econômico
• Novos Projetos
• Ações de Marketing
• Tendência do Seguimento
• Visão da Concorrência
Esfera – Resource Planning
Material Planning
• Nivelamento de Inventário
• Definição de Políticas de Inventário
• Risco para Plano
• Curva ABC
• Projeção de Giro
• Share de Fornecimento
Production Planning
• Esforço Produtivo
• Calendário de Turno
• Linearização de Demanda
• Necessidade de Inventário
• Gargalos Produtivos
• PMP
Resource Plannning
• Cronograma de Preventiva
• Contração e Demissões
• Treinamento
• Conteúdo de Qualidade
• RAMP UP e Novos Projetos
• Parametrização ERP
Esfera – Financial Drive
Cash Flow Planning
• Previsão de Fluxo Financeiro de
Entrada e Saída
• Previsão de Necessidade de Caixa
• Previsão Fluxo de Demissão e
Contratação
Sales Planning
• Faturamento Previsto
• Margem Alocada
• Risco por Família de Produto
• Concentração de Venda
Investiment
Plannning
• Investimento em CAPEX
• Investimento em OPEX
Esfera – Corporate Meeting
Processo
Demand
Planning
Resource
Planning
Financial
Drive
Corporate
Meting
ü APROVADO
X REPROVADO
Alguns Resultados Gerados!
Paramétricos
OTIEF - Ganho de 5 a 30 %
Valor de Inventário – Redução de 15% a 50%
Giro de Inventário – Ganho de 6 % a 26%
Obsoleto – Redução de até 80 %
Fretes Extra – Redução em 30 %
Custos de Importação – Melhora em até 10%
Hora Extra Não Prevista – Melhorar até 50 %
c
Não Paramétricos
 Sinergia Operacional.
 Percepção do Cliente.
 Facilidade para tomada de decisões
estratégicas.
 Visão sistémica dos processo da empresa.
 Velocidade de respostas para tomada de
decisão.
 Otimização do Organograma da Empresa.
S&OP
FARORES CRITICOS DE SUCESSO…
Apesar de ser um processo aparentemente bastante simples, englobando
basicamente duas atividades já realizadas pelas empresas (previsão de
vendas e planejamento da produção) e duas rodadas de reuniões, o
processo de S&OP necessita de uma conjunção de fatores para que seja
implementado com êxito. Estes requisitos se devem principalmente à
necessidade de as diferentes áreas funcionais da empresa trabalharem de
forma integrada. A seguir serão descritos estes requisitos, chamados daqui
por diante de fatores críticos de sucesso.
Fatores Críticos de Sucesso
Fatores Críticos de Sucesso
Comprometimento da empresa !
 Vital a convicção ao grau de legitimação do processo S&OP, visto o grau de
comprometimento efetivo do corpo diretivo da organização no processo de S&OP.
 Comprometimento de todas as áreas envolvidas direta ou indiretamente pelo processo.
Planejamento das reuniões
 O planejamento das reuniões deve ser feito de forma a definir uma pauta voltada para os
principais pontos de discussão e evitar que questões menores ganhem importância
indevida, garantindo o foco.
Fatores Críticos de Sucesso
Definição de responsabilidades
 Além de se deixar claras as responsabilidades dos representantes de cada área dentro do
processo, é aconselhável a definição de um sponsor e de um responsável pelo processo de
S&OP como um todo.
 O responsável pelo processo S&OP, terá como principal responsabilidade gerenciar a
execução de cada uma das etapas do processo, incluindo o cumprimento dos prazos
definidos, e conduzir as reuniões de planejamento.
• Acompanhamento financeiro
 As reuniões executiva de S&OP devem ser utilizadas para acompanhamento e revisão do
orçamento geral da empresa, não só do ponto de vista de volumes como também de receita
e lucratividade. Esta influência no aspecto financeiro se dá através das possíveis mudanças
de planejamento do mix de vendas resultantes.
ALGUMAS CERTIFICAÇÕES E PARCEIROS
Diante do exposto, nos permita a elaborar de um
diagnóstico preliminar, visando avaliar a maturidade
processual existente em sua empresa...?
Estamos preparados para lhe atender com a excelência
esperada!
OBRIGADO PELA
OPORTUNIDADE!
Relações Próximas e
Duradouras!
Entregamos Resultados!
contato@excellencesolutions.com.br
www.excellencesolutions.com.br
Tel.: +55 (15) 3418 3167

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

GTISUL - ENCONTRO CIOS RS - V2
GTISUL - ENCONTRO CIOS RS - V2GTISUL - ENCONTRO CIOS RS - V2
GTISUL - ENCONTRO CIOS RS - V2
Antonio Andrade
 
14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras
14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras
14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras
encontroresidencial
 

Mais procurados (20)

Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por ProcessosIntegrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
 
A gestão de operações com foco em inovação de processos e serviços
A gestão de operações com foco em inovação de processos e serviçosA gestão de operações com foco em inovação de processos e serviços
A gestão de operações com foco em inovação de processos e serviços
 
Mapeamento de processos
Mapeamento de processosMapeamento de processos
Mapeamento de processos
 
Criação e gestão de indicadores processo 2a parte
Criação e gestão de indicadores processo   2a parteCriação e gestão de indicadores processo   2a parte
Criação e gestão de indicadores processo 2a parte
 
O processo de S&OP no Brasil
O processo de S&OP no BrasilO processo de S&OP no Brasil
O processo de S&OP no Brasil
 
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
Modelos de Excelência Operacional: Boas práticas para implantação de uma cult...
 
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo GonçalvesBPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
BPM DAY Campinas - Palestra com Ricardo Gonçalves
 
Resumo indicadores
Resumo indicadoresResumo indicadores
Resumo indicadores
 
Indicadores de Resultados - Oficina MEG na Prática
Indicadores de Resultados - Oficina MEG na PráticaIndicadores de Resultados - Oficina MEG na Prática
Indicadores de Resultados - Oficina MEG na Prática
 
Apresentação Comecial Modro Consultoria
Apresentação Comecial Modro ConsultoriaApresentação Comecial Modro Consultoria
Apresentação Comecial Modro Consultoria
 
GTISUL - ENCONTRO CIOS RS - V2
GTISUL - ENCONTRO CIOS RS - V2GTISUL - ENCONTRO CIOS RS - V2
GTISUL - ENCONTRO CIOS RS - V2
 
Planejamento Orçamentário para Agências
Planejamento Orçamentário para AgênciasPlanejamento Orçamentário para Agências
Planejamento Orçamentário para Agências
 
Avaliação de Desempenho Logístico e Balanced Scorecard
Avaliação de Desempenho Logístico e Balanced ScorecardAvaliação de Desempenho Logístico e Balanced Scorecard
Avaliação de Desempenho Logístico e Balanced Scorecard
 
2ª Conferência S&OP - Planejamento de Vendas e Operações
2ª Conferência S&OP - Planejamento de Vendas e Operações2ª Conferência S&OP - Planejamento de Vendas e Operações
2ª Conferência S&OP - Planejamento de Vendas e Operações
 
KPIs - Indicadores Chave de Performance
KPIs - Indicadores Chave de PerformanceKPIs - Indicadores Chave de Performance
KPIs - Indicadores Chave de Performance
 
Indicadores de desempenho
Indicadores de desempenhoIndicadores de desempenho
Indicadores de desempenho
 
Desdobramento de metas
Desdobramento de metasDesdobramento de metas
Desdobramento de metas
 
KPI\'s
KPI\'sKPI\'s
KPI\'s
 
Priorização de Portfólio de Projetos com o MS EPM
Priorização de Portfólio de Projetos com o MS EPMPriorização de Portfólio de Projetos com o MS EPM
Priorização de Portfólio de Projetos com o MS EPM
 
14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras
14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras
14 - Resultados da avaliação do residencial no Brasil - Petrobras
 

Semelhante a Excellence Solutions - PROJETO S&OP

Controladoria estratégica e orçamentaria
Controladoria estratégica e orçamentariaControladoria estratégica e orçamentaria
Controladoria estratégica e orçamentaria
Alexandre Pereira
 
Trabalho Sobre Bsc
Trabalho Sobre BscTrabalho Sobre Bsc
Trabalho Sobre Bsc
avtrindade
 
Indicadores performancecadeiadesuprimentos
Indicadores performancecadeiadesuprimentosIndicadores performancecadeiadesuprimentos
Indicadores performancecadeiadesuprimentos
Dora Machado Consultoria
 
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael Rosemann
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael RosemannCriando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael Rosemann
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael Rosemann
EloGroup
 
Aulaextra orcamentoglobal77329
Aulaextra orcamentoglobal77329Aulaextra orcamentoglobal77329
Aulaextra orcamentoglobal77329
acrcordeiro
 

Semelhante a Excellence Solutions - PROJETO S&OP (20)

Introdução e vendas.pptx
Introdução e vendas.pptxIntrodução e vendas.pptx
Introdução e vendas.pptx
 
E32 ll06
E32 ll06E32 ll06
E32 ll06
 
Gestão de Supply Chain & Operações conectada a Gestão do Negócio
Gestão de Supply Chain & Operações conectada a Gestão do NegócioGestão de Supply Chain & Operações conectada a Gestão do Negócio
Gestão de Supply Chain & Operações conectada a Gestão do Negócio
 
Indicadores Estrategicos
Indicadores EstrategicosIndicadores Estrategicos
Indicadores Estrategicos
 
Controladoria estratégica e orçamentaria
Controladoria estratégica e orçamentariaControladoria estratégica e orçamentaria
Controladoria estratégica e orçamentaria
 
Conheça a Fox Partners!
Conheça a Fox Partners!Conheça a Fox Partners!
Conheça a Fox Partners!
 
Ebook Processos Poderosos de Negócios
Ebook Processos Poderosos de NegóciosEbook Processos Poderosos de Negócios
Ebook Processos Poderosos de Negócios
 
PMO - Escritório de Projetos | Workshop
PMO - Escritório de Projetos | WorkshopPMO - Escritório de Projetos | Workshop
PMO - Escritório de Projetos | Workshop
 
Trabalho Sobre Bsc
Trabalho Sobre BscTrabalho Sobre Bsc
Trabalho Sobre Bsc
 
Balanced ScoreCard - Os desafios da Implantação e Fatores Críticos de Sucesso
Balanced ScoreCard - Os desafios da Implantação e Fatores Críticos de SucessoBalanced ScoreCard - Os desafios da Implantação e Fatores Críticos de Sucesso
Balanced ScoreCard - Os desafios da Implantação e Fatores Críticos de Sucesso
 
Estratégia para Redução Custos
Estratégia para Redução Custos Estratégia para Redução Custos
Estratégia para Redução Custos
 
S&OP IBP Foods & Beverage Industries Monograph
S&OP IBP Foods & Beverage Industries MonographS&OP IBP Foods & Beverage Industries Monograph
S&OP IBP Foods & Beverage Industries Monograph
 
Aula05
Aula05Aula05
Aula05
 
Indicadores performancecadeiadesuprimentos
Indicadores performancecadeiadesuprimentosIndicadores performancecadeiadesuprimentos
Indicadores performancecadeiadesuprimentos
 
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) – Michael Rosemann
 Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) – Michael Rosemann  Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) – Michael Rosemann
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) – Michael Rosemann
 
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael Rosemann
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael RosemannCriando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael Rosemann
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael Rosemann
 
Aulaextra orcamentoglobal77329
Aulaextra orcamentoglobal77329Aulaextra orcamentoglobal77329
Aulaextra orcamentoglobal77329
 
Apresentação
Apresentação Apresentação
Apresentação
 
Gestão Financeira para Superar a Crise
Gestão Financeira para Superar a CriseGestão Financeira para Superar a Crise
Gestão Financeira para Superar a Crise
 
Apresentação SupriQual junho 2014
Apresentação SupriQual junho 2014Apresentação SupriQual junho 2014
Apresentação SupriQual junho 2014
 

Último

Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdfAula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
lucianatorresdemelo
 
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptxsistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
CarladeOliveira25
 
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
Renandantas16
 

Último (12)

Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdfAula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
 
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIAMERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
 
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptxProfissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
 
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
 
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
 
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
 
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdf
 
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptxsistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
 
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
 

Excellence Solutions - PROJETO S&OP

  • 1.
  • 2. PORTFÓLIO DE SOLUÇÕES A EXCELLENCE SOLUTIONS fornece soluções focadas em gestão estratégica de excelência, através de soluções S&OP, SUPLLY CHAIN, GESTÃO DE PROCESSOS, GESTÃO DE PROJETOS, PMO e ERP, permitindo atingir os objetivos de nossos clientes com excelência, qualidade, dentro dos prazos e investimentos previstos. S&OP SUPPLY CHAIN GESTÃO DE PROCESSOS GESTÃO DE PROJETOS PMO ERP
  • 4. INTRODUÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 05 SOBRE S&OP . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 09 GERANDO RESULTADOS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15 FATORES CRITICOS DE SUCESSO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
  • 6. Introdução ao S&OP Apesar de conhecida mundialmente a técnica é recente no Brasil, porem amplamente aplicada no hemisfério norte. O processo é estudado por vários especialistas, onde um dois mais conhecidos é Thomas Wallace, além de ser considerado um dos fundadores da técnica nos Estados Unidos, Wallace já escreveu vários livros sobre o assunto
  • 7. Introdução ao S&OP Por ser um processo de gestão e organização multisetorial dentro das organizações, o S&OP pode levar seus resultados a praticamente qualquer segmento da indústria. Segmentos das 270 organizações brasileiras consultadas
  • 8. Introdução ao S&OP O principal objetivo do S&OP é chegar a um plano operacional que contemple a unicidade, utilizando-se de recursos essenciais de modo com que seja possível alcançar maior eficiência e rentabilidade, ou seja:  Apoiar o planejamento estratégico do negócio através de análises e revisões periódicas, garantindo sua viabilidade e efetividade;  Garantir que os planos operacionais sejam realistas, considerando as inter-relações existentes entre as diversas áreas da empresa;  Gerenciar as mudanças de forma eficaz a partir de postura proativa;  Gerenciar os estoques de produtos finais e/ou carteira de pedidos de forma a garantir bom desempenho de entrega (disponibilidade de produto);  Avaliar o desempenho do processo de planejamento de vendas e estoque, identificando e segregando as atividades que estão fora de controle daquelas que se encontram sob controle;  Desenvolver o trabalho em equipe através da criação de condições para que cada departamento participe do planejamento global da empresa.
  • 10. S&OP é um Software ? Não, o processo de S&OP é uma transformação cultural que busca a sinergia entre os times de operação e vendas de modo a melhorar a eficiente dos processo produtivos, visando um melhor atendimento ao cliente. Pessoas 80% Processo 15% Software 5%
  • 11. Você sabia ? As empresa Brasileiras somadas perdem: 215 bilhões US$ De receita no ano por não conseguirem atender as oportunidades de demanda do mercado.
  • 12. Problema Clássico Descolamento Teórico VendasOperações Conflito de Interesses Processos Complexos Alinhamento Diretrizes Entendimento das Metodologias
  • 13. Consequências • Erro na Previsão de Venda. • Alteração constante de MIX de produção. • Capacidade de fábrica finita vs demanda infinita. • Atrasos nas entregas de clientes. • Custo elevado da capacidade excedente. • Estoques Excessivo. • Consumo de caixa (financeiro) excessivo. • Consumo da margem operacional. • Previsão “financeira” de vendas. • Hora extra. Normalmente, nas industrias pesquisadas encontramos estes problemas no fluxo produtivo, que são amplamente tratados no S&OP.
  • 14. Composição do Processo O S&OP quando implantado, alinha as diretrizes e expectativas de toda áreas da empresa para um único foco, meta e resultado. Vendas Customer Service PCM PCP Produção Logística Cliente Empresa ValorValor
  • 16. Qual a mágica do S&OP ? O que fazemos é apenas alinhar todas os processos para uma visão em que o cliente é colocada em primeiro lugar, embasado em um poderoso e responsável planejamento de vendas que deve representar o resultado financeiro previsto para o cenários produtivos. S + O + P Sales Operation Planning
  • 17. Cliente Comercial Customer Experience Demanda Operações Comercial Qualidade Planejamento Operação Modelo Clássico Composição de Demanda Modelo Colaborativo de Gestão de Demanda (End to End Vision) – S&OP Change Manegement
  • 18. Elaboramos o Diagnóstico Mapa de Priorização Modelagem Estatísticos de Demanda Revisão e Adequações de Processo Capacitação Entregamos os Resultados ! ComoFazemos? 1 2 3 4 5 6
  • 19. Estabelecendo o Processo A metodologia roda em 4 esferas importantíssimas S&OP Demand Planning Resource Planning Financial Drive Corporate Meeting
  • 20. Esfera – Demand Planning Statistic Planning • Modelagem Estatística do Negócio • Ferramenta de Projeção • Saneamento do Histórico de Dados • Tendência Individualizado por Part Number Market Planning • Perspectiva do Mercado • Esforço de Vendas • Ganhos Potenciais • Oportunidades • Percepção do Cliente Intelligence Plannning • Cenário econômico • Novos Projetos • Ações de Marketing • Tendência do Seguimento • Visão da Concorrência
  • 21. Esfera – Resource Planning Material Planning • Nivelamento de Inventário • Definição de Políticas de Inventário • Risco para Plano • Curva ABC • Projeção de Giro • Share de Fornecimento Production Planning • Esforço Produtivo • Calendário de Turno • Linearização de Demanda • Necessidade de Inventário • Gargalos Produtivos • PMP Resource Plannning • Cronograma de Preventiva • Contração e Demissões • Treinamento • Conteúdo de Qualidade • RAMP UP e Novos Projetos • Parametrização ERP
  • 22. Esfera – Financial Drive Cash Flow Planning • Previsão de Fluxo Financeiro de Entrada e Saída • Previsão de Necessidade de Caixa • Previsão Fluxo de Demissão e Contratação Sales Planning • Faturamento Previsto • Margem Alocada • Risco por Família de Produto • Concentração de Venda Investiment Plannning • Investimento em CAPEX • Investimento em OPEX
  • 23. Esfera – Corporate Meeting Processo Demand Planning Resource Planning Financial Drive Corporate Meting ü APROVADO X REPROVADO
  • 24. Alguns Resultados Gerados! Paramétricos OTIEF - Ganho de 5 a 30 % Valor de Inventário – Redução de 15% a 50% Giro de Inventário – Ganho de 6 % a 26% Obsoleto – Redução de até 80 % Fretes Extra – Redução em 30 % Custos de Importação – Melhora em até 10% Hora Extra Não Prevista – Melhorar até 50 % c Não Paramétricos  Sinergia Operacional.  Percepção do Cliente.  Facilidade para tomada de decisões estratégicas.  Visão sistémica dos processo da empresa.  Velocidade de respostas para tomada de decisão.  Otimização do Organograma da Empresa.
  • 26. Apesar de ser um processo aparentemente bastante simples, englobando basicamente duas atividades já realizadas pelas empresas (previsão de vendas e planejamento da produção) e duas rodadas de reuniões, o processo de S&OP necessita de uma conjunção de fatores para que seja implementado com êxito. Estes requisitos se devem principalmente à necessidade de as diferentes áreas funcionais da empresa trabalharem de forma integrada. A seguir serão descritos estes requisitos, chamados daqui por diante de fatores críticos de sucesso. Fatores Críticos de Sucesso
  • 27. Fatores Críticos de Sucesso Comprometimento da empresa !  Vital a convicção ao grau de legitimação do processo S&OP, visto o grau de comprometimento efetivo do corpo diretivo da organização no processo de S&OP.  Comprometimento de todas as áreas envolvidas direta ou indiretamente pelo processo. Planejamento das reuniões  O planejamento das reuniões deve ser feito de forma a definir uma pauta voltada para os principais pontos de discussão e evitar que questões menores ganhem importância indevida, garantindo o foco.
  • 28. Fatores Críticos de Sucesso Definição de responsabilidades  Além de se deixar claras as responsabilidades dos representantes de cada área dentro do processo, é aconselhável a definição de um sponsor e de um responsável pelo processo de S&OP como um todo.  O responsável pelo processo S&OP, terá como principal responsabilidade gerenciar a execução de cada uma das etapas do processo, incluindo o cumprimento dos prazos definidos, e conduzir as reuniões de planejamento. • Acompanhamento financeiro  As reuniões executiva de S&OP devem ser utilizadas para acompanhamento e revisão do orçamento geral da empresa, não só do ponto de vista de volumes como também de receita e lucratividade. Esta influência no aspecto financeiro se dá através das possíveis mudanças de planejamento do mix de vendas resultantes.
  • 30. Diante do exposto, nos permita a elaborar de um diagnóstico preliminar, visando avaliar a maturidade processual existente em sua empresa...? Estamos preparados para lhe atender com a excelência esperada!
  • 31. OBRIGADO PELA OPORTUNIDADE! Relações Próximas e Duradouras! Entregamos Resultados! contato@excellencesolutions.com.br www.excellencesolutions.com.br Tel.: +55 (15) 3418 3167