SlideShare uma empresa Scribd logo
Estrutura Organizacional
Estrutura organizacional
• É o conjunto ordenado de responsabilidades, autoridades,
comunicações e decisões das unidades organizacionais de uma
empresa.
• É a forma em que as atividades são divididas, organizadas e
coordenadas
• A estrutura de uma empresa esta diretamente ligada a sua estratégia.
• Inclui aspectos físicos, humanos, financeiros, jurídicos,
administrativos e econômicos
Estrutura Formal
• Objeto de grande parte de estudo das organizações empresarias, é
aquela deliberadamente planejada e formalmente representada, em
alguns de seus aspectos, pelo organograma.
• É estável
• É sujeita ao controle da direção e pode crescer a um tamanho imenso
• Comunicação vertical
Estrutura Informal
• É a rede de relações sociais e pessoais que não é estabelecida ou
requerida pela estrutura formal. Surge da interação social das
pessoas, o que significa que se desenvolve espontâneamente quando
as pessoas se reúnem.
• Apresenta relações que, usualmente, não aparecem no organograma.
• É instável
• Comunicação horizontal
Estrutura Informal
• Vantagens da estrutura informal
• Proporciona maior rapidez no processo.
• Complementa e estrutura formal.
• Reduz a carga de comunicação dos chefes.
• Motiva e integra as pessoas na empresa.
• Desvantagens
• Desconhecimento das chefias.
• Dificuldade de controle.
• Possibilidade de atritos entre pessoas
Tipos de Estruturas
Estrutura Linear
 É a estrutura organizacional mais simples e antiga.
 Baseada na organização dos antigos exércitos.
 Todos os órgãos são estruturados sob uma única linha de
subordinação.
 Comum em empresas pequenas, onde há diversificação
do trabalho.
 Todos os órgãos são estruturados sob uma única linha de
subordinação.
 Cada unidade de trabalho executa tarefas especificas e
bem definidas.
Vantagens:
Simples e de fácil
compreensão;
Clara delimitação de
responsabilidade;
Facilidade de
funcionamento e de
comando.
Estrutura Linear
Desvantagens:
 Sobrecarrega a direção;
 Não favorece o espírito de
cooperação;
Estrutura Linear
Segue as características básicas da Estrutura
Linear, destinguindo-se pela existência de
órgãos de staff com função de prestar serviços
especializados e consultoria técnica.
Estrutura Liner Staff
Staff
Staff
B.1 B.2 B.3
B
C.1 C.2 C.3
C
A
Estrutura Linear Staff
• Principio básicos da estrutura Staff:
(Terminologia inglesa a qual se designa pessoal)
O Staff tem o direito de acessar e fazer recomendações ao pessoal
subordinado, mas não tem o direito de comandar.
A linha inferior deve ouvir as recomendações do staff, más não serão
obrigados as aceita-las
Vantagens:
Assegura assessoria
especializada mantendo a
unidade de comando;
Tira sobrecarga dos chefes
de linha, podendo estes se
empenhar em atividades
básicas e fundamentais
como produzir e vender;
Permite participação de
especialistas em qualquer
ponto da linha hierárquica.
Estrutura Linear Staff
Desvantagens:
 Possibilidades de conflito
entre o staff e chefes de
linha;
 Os técnicos procuram
agradar aos executivos;
 Requer hábil coordenação
das orientações ou
sugestões emanadas do
staff;
 Reduz o espírito de
iniciativa dos chefes.
Estrutura Linear Staff
Estrutura Funcional
• É a estrutura que se encontra uma chefia para cada função, de
modo que os subalternos exerçam mais de uma função, ficando a
mando de mais um chefe.
• Resultou de um trabalho crítico feito por Taylor à Estrutura
Linear, quando se defrontou com o excessivo e variado volume de
atribuições concentradas nos mestres de produção de uma
siderúrgica americana.
Estrutura Funcional
Apresenta as seguintes características:
› Ênfase na especialização - cada órgão ou cargo contribui com sua especialidade para a
organização
› Descentralização das decisões - são delegadas aos órgãos ou cargos especializados que
possuam o conhecimento necessário para melhor implementá-las
› Linhas diretas de comunicação - as comunicações entre os órgãos ou cargos existentes são
efetuadas diretamente
Estrutura Funcional:
Vantagens:
 Facilita o trabalho em
equipe.
 O especialista sente-se mais
valorizado.
Desvantagens:
 Muitas chefias, podem
causar confusão.
 A coordenação é mais facil.
 Confusão quanto aos
objetivos .
Estrutura Funcional:
Estrutura Linear Estrutura Funcional Estrutura Linha-Staff
Diretor Diretor Diretor
Gerente Gerente Gerente Gerente Staff Gerente
Execução Execução Execução Execução Assessoria Execução
Predomínio da Predomínio da Predomínio da
Autoridade Linear Autoridade Funcional Autoridade Linear e
Autoridade Funcional
Estrutura Funcional:
• Como funciona
• Divisão dos objetivos
• Equipes
• Gerentes
• Problemas
• Uma nova estrutura na organização
• Serviços duplicados
• Permanência no emprego
Estrutura por Projetos
Estrutura por Projetos
Fonte: Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 3ª edição
• Características
• Vantagens
• Desvantagens
Estrutura com Colegiados
Estrutura com Colegiados
Características
• Direção plural
• Responsabilidade impessoal da execução
• Poderes restritos
• Nível hierárquico superior
• Único chefe imediato
Estrutura com Colegiados
Vantagens
• Participação de especialistas
• Julgamento impessoal
• Pontos de vista abrangentes
• Encoraja críticas construtivas
• Melhores soluções
• Maior ponderação na decisão
• Espírito de equipe e cooperação
• Redução dos conflitos pós-decisão
Estrutura com Colegiados
Desvantagens
• Fraqueza em operações quotidianas
• Decisões mais demoradas
• Responsabilidades diluídas/fracionadas
• Lentidão do processo decisório
• Retira do comando a iniciativa da decisão
• Exige um presidente com excepcional senso de coordenação e
negociação
• Custos mais elevados
• Perigo de soluções conciliatórias
Estrutura com Colegiados
Fonte: http://blogpegg.wordpress.com (Adaptado de CURY, Antonio, 2009, p.234)
Estrutura Matricial
• Estrutura Matricial Fraca
• Estrutura Matricial Balanceada
• Estrutura Matricial Forte
Estrutura Matricial Fraca
Fonte: Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 3ª edição
Estrutura Matricial Balanceada
Fonte: Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 3ª edição
Estrutura Matricial Forte
Fonte: Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 3ª edição
Estrutura Organizacional
Fonte: Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 3ª edição
Obrigado !!!
• Alunos:
• Bruno Barbieri
• Jonas Alexandre Benevenuto
• Matheus Gomes Inácio
FIO - Faculdades Integradas de Ourinhos, 7º termo BSI

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Organização
OrganizaçãoOrganização
Organização
Eduardo da Silva
 
Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
Luis Cunha
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
Kesia Rozzett Oliveira
 
Teorias da Administração
Teorias da AdministraçãoTeorias da Administração
Teorias da Administração
Alex Eduardo Ribeiro
 
Plano de Negócios - Slides facilitadores
Plano de Negócios - Slides facilitadoresPlano de Negócios - Slides facilitadores
Plano de Negócios - Slides facilitadores
Letícia Vilela de Aquino
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
Rosario Cação
 
Organogramas
OrganogramasOrganogramas
Organogramas
cattonia
 
Gestão de equipes e sistema de Liderança
Gestão de equipes e sistema de LiderançaGestão de equipes e sistema de Liderança
Gestão de equipes e sistema de Liderança
Ludmila Moura
 
Teoria geral da administração
Teoria geral da administraçãoTeoria geral da administração
Teoria geral da administração
Denis Carlos Sodré
 
Rotinas administrativas
Rotinas administrativasRotinas administrativas
Rotinas administrativas
Valéria Lins
 
Aula 1 adm - Introdução ADM
Aula 1 adm - Introdução ADMAula 1 adm - Introdução ADM
Aula 1 adm - Introdução ADM
PMY TECNOLOGIA LTDA
 
Teoria da Burocracia
Teoria da BurocraciaTeoria da Burocracia
Teoria da Burocracia
Eliseu Fortolan
 
Funções da Administração
Funções da AdministraçãoFunções da Administração
Funções da Administração
Divino Fredson
 
Teoria comportamental slide
Teoria comportamental  slideTeoria comportamental  slide
Teoria comportamental slide
Sabrina Suellen
 
Fundamentos da Administração
Fundamentos da AdministraçãoFundamentos da Administração
Fundamentos da Administração
alemartins10
 
Aula funções da administração
Aula   funções da administraçãoAula   funções da administração
Aula funções da administração
Niloar Bissani
 
Organização_formal_e_informal
Organização_formal_e_informalOrganização_formal_e_informal
Organização_formal_e_informal
Jordanio Silva Santos
 
Aula 5 - Teoria das Relações Humanas
Aula 5  - Teoria das Relações HumanasAula 5  - Teoria das Relações Humanas
Aula 5 - Teoria das Relações Humanas
Prof. Leonardo Rocha
 
Analise swot
Analise swotAnalise swot

Mais procurados (20)

Organização
OrganizaçãoOrganização
Organização
 
Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
 
Teorias da Administração
Teorias da AdministraçãoTeorias da Administração
Teorias da Administração
 
Plano de Negócios - Slides facilitadores
Plano de Negócios - Slides facilitadoresPlano de Negócios - Slides facilitadores
Plano de Negócios - Slides facilitadores
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Organogramas
OrganogramasOrganogramas
Organogramas
 
Gestão de equipes e sistema de Liderança
Gestão de equipes e sistema de LiderançaGestão de equipes e sistema de Liderança
Gestão de equipes e sistema de Liderança
 
Teoria geral da administração
Teoria geral da administraçãoTeoria geral da administração
Teoria geral da administração
 
Rotinas administrativas
Rotinas administrativasRotinas administrativas
Rotinas administrativas
 
Aula 1 adm - Introdução ADM
Aula 1 adm - Introdução ADMAula 1 adm - Introdução ADM
Aula 1 adm - Introdução ADM
 
Teoria da Burocracia
Teoria da BurocraciaTeoria da Burocracia
Teoria da Burocracia
 
Funções da Administração
Funções da AdministraçãoFunções da Administração
Funções da Administração
 
Teoria comportamental slide
Teoria comportamental  slideTeoria comportamental  slide
Teoria comportamental slide
 
Fundamentos da Administração
Fundamentos da AdministraçãoFundamentos da Administração
Fundamentos da Administração
 
Aula funções da administração
Aula   funções da administraçãoAula   funções da administração
Aula funções da administração
 
Organização_formal_e_informal
Organização_formal_e_informalOrganização_formal_e_informal
Organização_formal_e_informal
 
Aula 5 - Teoria das Relações Humanas
Aula 5  - Teoria das Relações HumanasAula 5  - Teoria das Relações Humanas
Aula 5 - Teoria das Relações Humanas
 
Analise swot
Analise swotAnalise swot
Analise swot
 

Destaque

Organização linear
Organização linearOrganização linear
Organização linear
bubblesmath
 
Hb025 caim e-abel
Hb025 caim e-abelHb025 caim e-abel
Hb025 caim e-abel
Sandra Fuso
 
Slide cronologico caim e abel
Slide cronologico    caim e abelSlide cronologico    caim e abel
Slide cronologico caim e abel
Cabralrocha
 
Amil - Marketing de Serviços
Amil - Marketing de ServiçosAmil - Marketing de Serviços
Amil - Marketing de Serviços
Elliah Pernas
 
Perfil Organizacional
Perfil OrganizacionalPerfil Organizacional
Analise do Ambiente
Analise do AmbienteAnalise do Ambiente
Analise do Ambiente
neodo
 
ADM - O ambiente organizacional
ADM - O ambiente organizacionalADM - O ambiente organizacional
ADM - O ambiente organizacional
Gabriel Faustino
 
Gestão participação
Gestão participaçãoGestão participação
Gestão participação
Karla Lopes
 
Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacional
Correios
 
Análise Ambiental Externa e Interna
Análise Ambiental   Externa e InternaAnálise Ambiental   Externa e Interna
Análise Ambiental Externa e Interna
guest4dea83
 
Previsao de Vendas
Previsao de VendasPrevisao de Vendas
Previsao de Vendas
Euler Nogueira
 
Gestão participativa
Gestão participativaGestão participativa
Gestão participativa
NEAGERED
 
Administração participativa
Administração participativaAdministração participativa
Administração participativa
Alexei Sousa Rabello
 

Destaque (13)

Organização linear
Organização linearOrganização linear
Organização linear
 
Hb025 caim e-abel
Hb025 caim e-abelHb025 caim e-abel
Hb025 caim e-abel
 
Slide cronologico caim e abel
Slide cronologico    caim e abelSlide cronologico    caim e abel
Slide cronologico caim e abel
 
Amil - Marketing de Serviços
Amil - Marketing de ServiçosAmil - Marketing de Serviços
Amil - Marketing de Serviços
 
Perfil Organizacional
Perfil OrganizacionalPerfil Organizacional
Perfil Organizacional
 
Analise do Ambiente
Analise do AmbienteAnalise do Ambiente
Analise do Ambiente
 
ADM - O ambiente organizacional
ADM - O ambiente organizacionalADM - O ambiente organizacional
ADM - O ambiente organizacional
 
Gestão participação
Gestão participaçãoGestão participação
Gestão participação
 
Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacional
 
Análise Ambiental Externa e Interna
Análise Ambiental   Externa e InternaAnálise Ambiental   Externa e Interna
Análise Ambiental Externa e Interna
 
Previsao de Vendas
Previsao de VendasPrevisao de Vendas
Previsao de Vendas
 
Gestão participativa
Gestão participativaGestão participativa
Gestão participativa
 
Administração participativa
Administração participativaAdministração participativa
Administração participativa
 

Semelhante a Estrutura Organizacional - Conceito e Tipos

Aula 2 estrutura organizacional
Aula 2   estrutura organizacionalAula 2   estrutura organizacional
Aula 2 estrutura organizacional
Niloar Bissani
 
Teoria Neoclássica
Teoria NeoclássicaTeoria Neoclássica
Teoria Neoclássica
PaulaLouise
 
Palestra estrutura da empresa
Palestra estrutura da empresaPalestra estrutura da empresa
Palestra estrutura da empresa
R Gómez
 
Estrutura organizacional cespe
Estrutura organizacional   cespeEstrutura organizacional   cespe
Estrutura organizacional cespe
hugomagal
 
Aula 10 capítulo 6 - atribuições das unid organizacionais
Aula 10   capítulo 6 - atribuições das unid organizacionaisAula 10   capítulo 6 - atribuições das unid organizacionais
Aula 10 capítulo 6 - atribuições das unid organizacionais
Correios
 
Modelos organizacionais
Modelos organizacionaisModelos organizacionais
Modelos organizacionais
DefesaCivildeCamaari
 
Aula 03 -_projetos_auxiliados_computador_-_gerencia_projeto_v01
Aula 03 -_projetos_auxiliados_computador_-_gerencia_projeto_v01Aula 03 -_projetos_auxiliados_computador_-_gerencia_projeto_v01
Aula 03 -_projetos_auxiliados_computador_-_gerencia_projeto_v01
andreaoliveira0601
 
Estrutura organizacional 2012_01
Estrutura organizacional 2012_01Estrutura organizacional 2012_01
Estrutura organizacional 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Departamentalização 2012_01
Departamentalização 2012_01Departamentalização 2012_01
Departamentalização 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Teoria neoclássica 2012_01
Teoria neoclássica 2012_01Teoria neoclássica 2012_01
Teoria neoclássica 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Aula 1 organograma e departamentalizacao
Aula 1   organograma e departamentalizacaoAula 1   organograma e departamentalizacao
Aula 1 organograma e departamentalizacao
Leandro Sperotto SPEROTTO
 
Aula 02 2015.pptx
Aula 02 2015.pptxAula 02 2015.pptx
Aula 02 2015.pptx
MarioCoelho19
 
Estutura de gerenciamento de projetos
Estutura de gerenciamento de projetosEstutura de gerenciamento de projetos
Estutura de gerenciamento de projetos
Alaide Pitombeira de Freitas, CSM
 
Linha e assessoria
Linha e assessoriaLinha e assessoria
Linha e assessoria
Bibiana Souza
 
Estrutura organizacional influência da estrutura na eficiência da organizaç...
Estrutura organizacional   influência da estrutura na eficiência da organizaç...Estrutura organizacional   influência da estrutura na eficiência da organizaç...
Estrutura organizacional influência da estrutura na eficiência da organizaç...
DigicomInformtica
 
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9   capítulo 5 - linha e assessoriaAula 9   capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
Correios
 
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9   capítulo 5 - linha e assessoriaAula 9   capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
Correios
 
Slides - Organização.pdf processos administrativos
Slides - Organização.pdf processos administrativosSlides - Organização.pdf processos administrativos
Slides - Organização.pdf processos administrativos
RicardodeQueirozMach
 
Guia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TI
Guia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TIGuia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TI
Guia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TI
Marcelo Fabiano N. de Oliveira
 
Guia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TI
Guia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TIGuia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TI
Guia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TI
Marcelo Fabiano N. de Oliveira
 

Semelhante a Estrutura Organizacional - Conceito e Tipos (20)

Aula 2 estrutura organizacional
Aula 2   estrutura organizacionalAula 2   estrutura organizacional
Aula 2 estrutura organizacional
 
Teoria Neoclássica
Teoria NeoclássicaTeoria Neoclássica
Teoria Neoclássica
 
Palestra estrutura da empresa
Palestra estrutura da empresaPalestra estrutura da empresa
Palestra estrutura da empresa
 
Estrutura organizacional cespe
Estrutura organizacional   cespeEstrutura organizacional   cespe
Estrutura organizacional cespe
 
Aula 10 capítulo 6 - atribuições das unid organizacionais
Aula 10   capítulo 6 - atribuições das unid organizacionaisAula 10   capítulo 6 - atribuições das unid organizacionais
Aula 10 capítulo 6 - atribuições das unid organizacionais
 
Modelos organizacionais
Modelos organizacionaisModelos organizacionais
Modelos organizacionais
 
Aula 03 -_projetos_auxiliados_computador_-_gerencia_projeto_v01
Aula 03 -_projetos_auxiliados_computador_-_gerencia_projeto_v01Aula 03 -_projetos_auxiliados_computador_-_gerencia_projeto_v01
Aula 03 -_projetos_auxiliados_computador_-_gerencia_projeto_v01
 
Estrutura organizacional 2012_01
Estrutura organizacional 2012_01Estrutura organizacional 2012_01
Estrutura organizacional 2012_01
 
Departamentalização 2012_01
Departamentalização 2012_01Departamentalização 2012_01
Departamentalização 2012_01
 
Teoria neoclássica 2012_01
Teoria neoclássica 2012_01Teoria neoclássica 2012_01
Teoria neoclássica 2012_01
 
Aula 1 organograma e departamentalizacao
Aula 1   organograma e departamentalizacaoAula 1   organograma e departamentalizacao
Aula 1 organograma e departamentalizacao
 
Aula 02 2015.pptx
Aula 02 2015.pptxAula 02 2015.pptx
Aula 02 2015.pptx
 
Estutura de gerenciamento de projetos
Estutura de gerenciamento de projetosEstutura de gerenciamento de projetos
Estutura de gerenciamento de projetos
 
Linha e assessoria
Linha e assessoriaLinha e assessoria
Linha e assessoria
 
Estrutura organizacional influência da estrutura na eficiência da organizaç...
Estrutura organizacional   influência da estrutura na eficiência da organizaç...Estrutura organizacional   influência da estrutura na eficiência da organizaç...
Estrutura organizacional influência da estrutura na eficiência da organizaç...
 
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9   capítulo 5 - linha e assessoriaAula 9   capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
 
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9   capítulo 5 - linha e assessoriaAula 9   capítulo 5 - linha e assessoria
Aula 9 capítulo 5 - linha e assessoria
 
Slides - Organização.pdf processos administrativos
Slides - Organização.pdf processos administrativosSlides - Organização.pdf processos administrativos
Slides - Organização.pdf processos administrativos
 
Guia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TI
Guia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TIGuia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TI
Guia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TI
 
Guia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TI
Guia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TIGuia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TI
Guia de Gerenciamento de Projetos para profissionais de TI
 

Estrutura Organizacional - Conceito e Tipos

  • 2. Estrutura organizacional • É o conjunto ordenado de responsabilidades, autoridades, comunicações e decisões das unidades organizacionais de uma empresa. • É a forma em que as atividades são divididas, organizadas e coordenadas • A estrutura de uma empresa esta diretamente ligada a sua estratégia. • Inclui aspectos físicos, humanos, financeiros, jurídicos, administrativos e econômicos
  • 3. Estrutura Formal • Objeto de grande parte de estudo das organizações empresarias, é aquela deliberadamente planejada e formalmente representada, em alguns de seus aspectos, pelo organograma. • É estável • É sujeita ao controle da direção e pode crescer a um tamanho imenso • Comunicação vertical
  • 4.
  • 5.
  • 6. Estrutura Informal • É a rede de relações sociais e pessoais que não é estabelecida ou requerida pela estrutura formal. Surge da interação social das pessoas, o que significa que se desenvolve espontâneamente quando as pessoas se reúnem. • Apresenta relações que, usualmente, não aparecem no organograma. • É instável • Comunicação horizontal
  • 7. Estrutura Informal • Vantagens da estrutura informal • Proporciona maior rapidez no processo. • Complementa e estrutura formal. • Reduz a carga de comunicação dos chefes. • Motiva e integra as pessoas na empresa. • Desvantagens • Desconhecimento das chefias. • Dificuldade de controle. • Possibilidade de atritos entre pessoas
  • 8.
  • 10. Estrutura Linear  É a estrutura organizacional mais simples e antiga.  Baseada na organização dos antigos exércitos.  Todos os órgãos são estruturados sob uma única linha de subordinação.  Comum em empresas pequenas, onde há diversificação do trabalho.  Todos os órgãos são estruturados sob uma única linha de subordinação.  Cada unidade de trabalho executa tarefas especificas e bem definidas.
  • 11. Vantagens: Simples e de fácil compreensão; Clara delimitação de responsabilidade; Facilidade de funcionamento e de comando. Estrutura Linear Desvantagens:  Sobrecarrega a direção;  Não favorece o espírito de cooperação;
  • 13. Segue as características básicas da Estrutura Linear, destinguindo-se pela existência de órgãos de staff com função de prestar serviços especializados e consultoria técnica. Estrutura Liner Staff Staff Staff B.1 B.2 B.3 B C.1 C.2 C.3 C A
  • 14. Estrutura Linear Staff • Principio básicos da estrutura Staff: (Terminologia inglesa a qual se designa pessoal) O Staff tem o direito de acessar e fazer recomendações ao pessoal subordinado, mas não tem o direito de comandar. A linha inferior deve ouvir as recomendações do staff, más não serão obrigados as aceita-las
  • 15. Vantagens: Assegura assessoria especializada mantendo a unidade de comando; Tira sobrecarga dos chefes de linha, podendo estes se empenhar em atividades básicas e fundamentais como produzir e vender; Permite participação de especialistas em qualquer ponto da linha hierárquica. Estrutura Linear Staff Desvantagens:  Possibilidades de conflito entre o staff e chefes de linha;  Os técnicos procuram agradar aos executivos;  Requer hábil coordenação das orientações ou sugestões emanadas do staff;  Reduz o espírito de iniciativa dos chefes.
  • 17. Estrutura Funcional • É a estrutura que se encontra uma chefia para cada função, de modo que os subalternos exerçam mais de uma função, ficando a mando de mais um chefe. • Resultou de um trabalho crítico feito por Taylor à Estrutura Linear, quando se defrontou com o excessivo e variado volume de atribuições concentradas nos mestres de produção de uma siderúrgica americana.
  • 18. Estrutura Funcional Apresenta as seguintes características: › Ênfase na especialização - cada órgão ou cargo contribui com sua especialidade para a organização › Descentralização das decisões - são delegadas aos órgãos ou cargos especializados que possuam o conhecimento necessário para melhor implementá-las › Linhas diretas de comunicação - as comunicações entre os órgãos ou cargos existentes são efetuadas diretamente
  • 19. Estrutura Funcional: Vantagens:  Facilita o trabalho em equipe.  O especialista sente-se mais valorizado. Desvantagens:  Muitas chefias, podem causar confusão.  A coordenação é mais facil.  Confusão quanto aos objetivos .
  • 21. Estrutura Linear Estrutura Funcional Estrutura Linha-Staff Diretor Diretor Diretor Gerente Gerente Gerente Gerente Staff Gerente Execução Execução Execução Execução Assessoria Execução Predomínio da Predomínio da Predomínio da Autoridade Linear Autoridade Funcional Autoridade Linear e Autoridade Funcional Estrutura Funcional:
  • 22. • Como funciona • Divisão dos objetivos • Equipes • Gerentes • Problemas • Uma nova estrutura na organização • Serviços duplicados • Permanência no emprego Estrutura por Projetos
  • 23. Estrutura por Projetos Fonte: Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 3ª edição
  • 24. • Características • Vantagens • Desvantagens Estrutura com Colegiados
  • 25. Estrutura com Colegiados Características • Direção plural • Responsabilidade impessoal da execução • Poderes restritos • Nível hierárquico superior • Único chefe imediato
  • 26. Estrutura com Colegiados Vantagens • Participação de especialistas • Julgamento impessoal • Pontos de vista abrangentes • Encoraja críticas construtivas • Melhores soluções • Maior ponderação na decisão • Espírito de equipe e cooperação • Redução dos conflitos pós-decisão
  • 27. Estrutura com Colegiados Desvantagens • Fraqueza em operações quotidianas • Decisões mais demoradas • Responsabilidades diluídas/fracionadas • Lentidão do processo decisório • Retira do comando a iniciativa da decisão • Exige um presidente com excepcional senso de coordenação e negociação • Custos mais elevados • Perigo de soluções conciliatórias
  • 28. Estrutura com Colegiados Fonte: http://blogpegg.wordpress.com (Adaptado de CURY, Antonio, 2009, p.234)
  • 29. Estrutura Matricial • Estrutura Matricial Fraca • Estrutura Matricial Balanceada • Estrutura Matricial Forte
  • 30. Estrutura Matricial Fraca Fonte: Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 3ª edição
  • 31. Estrutura Matricial Balanceada Fonte: Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 3ª edição
  • 32. Estrutura Matricial Forte Fonte: Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 3ª edição
  • 33. Estrutura Organizacional Fonte: Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 3ª edição
  • 34. Obrigado !!! • Alunos: • Bruno Barbieri • Jonas Alexandre Benevenuto • Matheus Gomes Inácio FIO - Faculdades Integradas de Ourinhos, 7º termo BSI