SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 53
Baixar para ler offline
Disciplina: Gestão de Negócios
Curso de Administração
Instituição: SENAC/MG
Profa. Letícia Aquino
ORGANIZAÇÃO


   “ representada pelo conjunto de
    É
        órgãos, suas relações de
interdependência e a via hierárquica,
 assim como as vinculações que devem
 ser configuradas pelo organograma”       .
                      (Nogueira de Faria)
Organização da empresa é a
                          ordenação e o agrupamento
                            de atividades e recursos,
                             visando ao alcance de
                             objetivos e resultados
                                 estabelecidos.


                          Estrutura organizacional é o
                              conjunto ordenado de
                         responsabilidades, autoridades,
                          comunicações e decisões das
                        unidades organizacionais de uma
                                    empresa.

 Estrutura Formal, objeto de grande       Estrutura Informal é a rede de
  parte de estudo das organizações    relações sociais e pessoais que não é
                                          estabelecida ou requerida pela
        empresarias, é aquela          estrutura formal. Surge da interação
    deliberadamente planejada e       social das pessoas, o que significa que
formalmente representada, em alguns     se desenvolve espontânea mente
de seus aspectos, pelo organograma.       quando as pessoas se reúnem.
                                        Portanto, apresenta relações que,
                                          usualmente, não aparecem no
                                                   organograma.
FATOR HUMANO                             FATOR AMBIENTE
                                              EXTERNO
          Sistema de                                        Sistema de
       Responsabilidade                                     Autoridade
   •Departamentalização                             •Amplitude de controle
   •Linha e Assessoria                              •Níveis hierárquicos
   •Descrição das atividades                        •Delegação
                                                    •Centraliz/descentralização

                           Níveis de Influência
                    Estratégico, tático e operacional
                         Níveis de Abrangência
                            Empresa, Corporação
                                                                Sistema de
         Sistema de
                                                               Comunicação
          Decisões
   •Dado        Informação                               •O que comunicar
   •Decisão     Ação                                     •Como comunicar
                                                         •Quando comunicar
                                                         •De quem/para quem



FATOR OBJETIVOS E
                                                        FATOR TECNOLÓGICO
ESTRATÉGIAS
Nível Estratégico
                        Planejamento
                        Estratégico



 Nível Tático           Planejamento
                        Tático


                        Planejamento
    Nível Operacional   Operacional
O organograma é a representação
      Gráfica da estrutura da empresa
No organograma é possível perceber:

•   A divisão do trabalho
•   Departamentalização
•   Relação superior subordinado
•   Linhas de autoridade
•   Linhas de responsabilidade
No organograma pode-se demostrar
         Conforme necessidade:

• Os cargos existentes

• Os nomes dos titulares

• A quantidade de pessoas p/ unidade

• Relação funcional
ESTRUTURA LINEAR OU MILITAR

                   PRESIDÊNCIA


                  VICE-PRESIDÊNCIA

                       DIRETORIA


  DEPARTAMENTO                         DEPARTAMENTO


DIVISÃO      DIVISÃO               DIVISÃO                 DIVISÃO


          SETOR    SETOR                Nome da empresa
                                             Mês/ano de
          SEÇÃO    SEÇÃO                     atualização
SUPERINTENDÊNCIA
                                                    Nome da empresa
                                                       Mês/ano de
                                  VICE-                atualização
                            SUPERINTENDÊNCIA




            DIRETORIA                          DIRETORIA



            GERÊNCIA                            GERÊNCIA



           SUPERVISÃO                          SUPERVISÃO




Legenda: ____ atividade de linha
ESTRUTURA LINEAR OU MILITAR
   É uma estrutura baseada na organização do exército,
  tendo como característica uma única chefia como fonte
                       de autoridade.
Vantagens:
• aplicação simples;
• fácil transmissão de ordens e recebimento de informações;
• definição clara dos deveres e responsabilidades.

Desvantagens:
• organização rígida;
• exige chefes excepcionais;
• não favorece o espírito de equipe e de cooperação.
LINHA E ASSESSORIA
                 PRESIDÊNCIA


      ASSESSORIA DE
      PLANEJAMENTO


                                       DIRETORIA
 DIRETORIA        DIRETORIA
                                     ADMINISTRATIVA/
INDUSTRIAL        COMERCIAL            FINANCEIRA


                          ASSESSORIA DE
                           ORGANIZAÇÃO,
                       SISTEMAS & MÉTODOS


                            GERÊNCIA              GERÊNCIA
                         ADMINISTRATIVA          FINANCEIRA
ESTRUTURA LINHA E ASSESSORIA
• Nas unidades de linha os executivos são
  encarregados pelas funções básicas da empresa e
  tem responsabilidade e autoridade perante as
  atribuições relacionadas com a operacionalização
 das atividades principais da organização.
 (OLIVEIRA, 2004)

• As funções de assessoria estão ligadas às
  atividades de aconselhamento, análise e estudos
  de novos negócios. (OLIVEIRA, 2004)
ESTRUTURA LINHA E ASSESSORIA
Vantagens:
• tornar a organização facilmente adaptável às
  necessidades;
• favorecer a execução do trabalho das unidades de linha;
• promover maior eficiência.

Desvantagens:
• a assessoria tende a usurpar a autoridade de linha;
• os órgãos de execução reagem contra sugestões da
  assessoria;
• as sugestões, às vezes, confundem-se com as ordens ou
  entram em conflitos com estas.
Órgãos colegiados
                COMISSÃO
                EXECUTIVA


                PRESIDÊNCIA




                                        DIRETORIA
 DIRETORIA       DIRETORIA
                                      ADMINISTRATIVA/
INDUSTRIAL       COMERCIAL              FINANCEIRA


                          ASSESSORIA DE
                           ORGANIZAÇÃO,
                       SISTEMAS & MÉTODOS



                            GERÊNCIA                 GERÊNCIA
                         ADMINISTRATIVA             FINANCEIRA
Estrutura comissão ou colegiada
Caracteriza-se pela chefia colegiada pela tomada de decisões
    políticas e estratégicas da empresa e pela divisão de
                       responsabilidade.
 Vantagens:
 • facilitar a participação de especialistas;
 • julgamento impessoal;
 • pontos de vista mais gerais.

 Desvantagens:
 • fraqueza na direção de operações quotidianas;
 • decisões mais demoradas;
 • responsabilidade mais diluída.


      Denominações: junta, comissão, conselho. (Cury, 2000)
ORGANOGRAMA CIRCULAR
Estrutura de Governança
Rede de comunicação informal
ESTRUTURA PARA RESULTADOS

                                 PRESIDÊNCIA




                                             DIVISÃO           DIVISÃO
          DIVISÃO            DIVISÃO                       ADMINISTRATIVA/
                          FARMACÊUTICA
                                               REDE
          QUÍMICA                           FARMÁCIAS        FINANCEIRA



                                         UENs
    UEN – Unidade Estratégica de Negócios é uma unidade ou divisão da empresa
  responsável para desenvolver uma ou mais AEN – Áreas Estratégicas de Negócios.

  AEN – Áreas estratégicas de Negócios é uma parte ou segmento de mercado com a
qual a empresa, por meio de suas UEN, se relaciona de maneira estratégica, ou seja, de
                                  forma otimizada.
ESTRUTURA ORIENTADA A PROCESSO
Estrutura orientada a processos
 Vantagens:
• o processo tem um líder que é responsável por ele;
• cada empregado conhece o processo por inteiro;
• as melhorias no processo são constantes;
• cada empregado é responsável pelo processo por
  inteiro e não somente por sua atividade.
• Desvantagens:
• O trabalho pode se tornar muito rotineiro;
• O processo de criação pode ficar comprometido;
• A organização pode ficar “engessada”.
ORGANOGRAMA RADIAL

                                                                                 FÁBRICA
        EMPRESA DE                                                                  DE
        PUBLICIDADE                                                             AUTOMÓVEL


                                              EMPRESA
                                              HOLDING


          EMPRESA DE                                                          FÁBRICA DE
                                                                               TRATORES
            PESQUISA


HOLDING
1. Empresa cujo capital é constituído exclusivamente de ações de outras, que são, assim, por
elas controladas, e cujo controle é a sua única atividade.
2. Empresa que adquire a totalidade ou a maioria das ações de outras, que passam a ser suas
subsidiárias.


Hold = significa manter, controlar ou guarda
Organograma com áreas terceirizadas
                         PRESIDÊNCIA
                           PRESIDÊNCIA




        DIRETORIA
          DIRETORIA
                                           DIRETORIA
                                             DIRETORIA DE
        COMERCIAL
          COMERCIAL                        PRODUÇÃO
                                              PRODUÇ ÃO




 GERENCIA DE       GERENCIA DE GERENCIADE                 GERÊNCIA DE
   GERÊNCIA DE       GERENCIA   GERÊNCIA DE              GERENCIA DE
                     DE VENDAS                            MANUTENÇ ÃO
ATENDIMENTO
  ATENDIMENTO        VENDAS      FÁBRICA
                                 F Á BRICA               MANUTENÇÃO

   TELEMARKETING
   TELEMARKETING      REGIÃO NORTE
                                          LEGENDA:

    HELPDESK                             ATIVIDADES TERCEIRIZADAS
                        REGIÃO SUL


Helpdesk: Serviço de Apoio ao Usuário e/ou Consumidor (Sac)
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
                DEPARTAMENTALIZAÇÃO

            É a técnica de descentralizar as
               partes de uma estrutura,
          formando unidades produtoras em
            perfeita funcionalização, dentro
             das necessidades do trabalho




Referência: Nogueira de Faria e Antonio Cury
DEPARTAMENTALIZAÇÃO

OBJETIVOS

•   Aproveitar a especialização
•   Maximizar recursos
•   Coordenar e controlar as atividades
•   Descentralizar
•   Integrar ambiente e organização
•   Reduzir custos
TÉCNICA DE ELABORAÇÃO

• Definição dos objetivos
• Definição das funções primárias e secundárias –
  afinidade e similaridades
• Descrição das funções
• Levantamento dos relacionamentos
• Hierarquização dos órgãos
• Definição de autoridade
• Escolha do modelo
Elaboração
• Nome da organização, data da elaboração e revisão

• Nome dos órgãos (e as siglas devem ser legendadas)

• A linha contínua significa autoridade

• A linha pontilhada pode ter qualquer significado

• Linha pontilhada sempre exige uma explicação

• A mesma nomenclatura devem estar no mesmo nível
Organograma

• É comum e correta a utilização da forma mista;

• Uma atividade de apoio a várias unidades fica
subordinada a unidade que mais a utiliza.
Tipos de:
Departamentalização
Afinidade de funções

                    DIRETORIA
                  ADMINISTRATIVA




 DEPARTAMENTO                      DEPARTAMENTO
      DE                            DE RECURSOS
                                     HUMANOS
  SUPRIMENTOS


ALMOXA-                                   RECRUTA-
RIFADO    COMPRAS             PESSOAL      MENTO
Por área geográfica

                 DEPARTAMENTO DE
                     VENDAS




REGIÃO NORTE                       REGIÃO SUL
Por clientela


                      ESCOLA




CURSOS - 1º GRAU                   CURSOS - 2º GRAU
Por tipos de produção

           FÁBRICA DE ROUPAS




PRODUÇÃO
PRODUÇÃO                       PRODUÇÃO
 ADULTO
 ADULTOS                        INFANTIL
Por turnos

     FÁBRICA DE PEÇAS




EQUIPE DE         EQUIPE DE
TRABALHO          TRABALHO
 DIURNO           NOTURNO
POR PROCESSO

                           DIVISÃO
                         DE PRODUÇÃO




 SEÇÃO DE    SEÇÃO DE      SEÇÃO DE      SEÇÃO DE      SEÇÃO DE
PREPARAÇÃO    CORTE       ESTAMPARIA   PRÉ-MOLDAGEM   MONTAGEM
POR PROJETO

                          PRESIDÊNCIA




                                          DIRETORIA
             DIRETORIA     DIRETORIA
                                        ADMINISTRATIVA/
            DE PROJETOS    COMERCIAL      FINANCEIRA




PROJETO A    PROJETO B     PROJETO C
Por projeto – Estrutura matricial

                  DIRETORIA




RECURSOS         FINANCEIRO
HUMANOS


                                      PROJETOS
Por estrutura mista

                 DIRETORIA
               ADMINISTRATIVA




DEPARTAMENTO   DEPARTAMENTO      DEPARTAMENTO
 DE MATERIAS    DE RECURSOS      DE MARKETING
                  HUMANOS


                                      NORTE

                                       SUL
Funcionograma

              O que é?

    É um tipo de organograma que
 demonstra a descrição funcional de
cada setor, citando as atividades dos
 órgãos que compõem a estrutura da
                organização.
Objetivo do Funcionograma


Detalhar a estrutura organizacional
    com as principais atividades,
  permitindo observar melhor a
      distribuição de funções.
PRESIDÊNCIA


 DIRETORIA                  DIRETORIA             DIRETORIA
  TÉCNICO                 ADMINISTRATIVO         FINANCEIRO


         ASSESSORIA


•Confecção de Organograms,
Funcionogramas;
•Racionalização de Processos
de Trabalho;
                                           Funcionograma
•Elaboração de Instrumentos
Normativos:
•Elaboração de Formulários,
Lay-out.
Funcionograma
                          DIRETORIA
                        ADMINISTRATIVA


  DEPARTAMENTO                            DEPARTAMENTO DE
   DE MATERIAS                            RECURSOS HUMANOS


•Realizar as compras                     •Realizar o processo
de todos os                              de Recrutamento e
materiais necessários                    Seleção;
para a empresa;
                                         •Promover o
•Administrar os                          treinamento do pessoal
estoques da empresa;                     da empresa;
•Efetuar o                               •Administrar o pessoal,
planejamento do                          freqüência, folha de
estoque.                                 pagamento.
FLUXOGRAMA
SÍMBOLO       SIGNIFICADO         SÍMBOLO      SIGNIFICADO
          PONTO DE DECISÃO                  DOCUMENTO



          OPERAÇÃO/PROCESSO                 ENTRADA MANUAL



          LIMITES (INICIO,PARE,             MOVIMENTO/
          FIM, TERMINAÇÃO)                  TRANSPORTE

          ATRASO/ESPERA                     SENTIDO DE FLUXO


          CONECTOR FORA DE                  INSPEÇÃO E/OU
          PÁGINA                            CONECTOR

          VÁRIOS                            PREPARAÇÃO
          DOCUMENTOS
Fluxograma
Arquitetura organizacional
É compatibilização entre:



• Estratégia

• Estrutura Organizacional

• Processos Administrativos
Referência:
OLIVEIRA, D. de P. Rebouças de. Sistema,
Organização e Métodos. São Paulo. Atlas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Planejamento, organização, direcao e controle
Planejamento, organização, direcao e controlePlanejamento, organização, direcao e controle
Planejamento, organização, direcao e controleRodrigo Ribeiro
 
Tipos de organização
Tipos de organizaçãoTipos de organização
Tipos de organizaçãoRobson Costa
 
Gestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- IntroduçãoGestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- IntroduçãoMarcos Alves
 
Exercicio de Planejamento Estrategico
Exercicio de Planejamento EstrategicoExercicio de Planejamento Estrategico
Exercicio de Planejamento EstrategicoPAULO RICARDO FLORES
 
Aula de Plano de Negócios
Aula de Plano de NegóciosAula de Plano de Negócios
Aula de Plano de NegóciosJhonny Santos
 
Fundamentos da Administração
Fundamentos da AdministraçãoFundamentos da Administração
Fundamentos da Administraçãoalemartins10
 
Introdução Organização Sistemas e Metodos
Introdução Organização Sistemas e MetodosIntrodução Organização Sistemas e Metodos
Introdução Organização Sistemas e MetodosAdm Pub
 
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃOAula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃOAlexandre Conte
 
Gestão por Competencias
Gestão por CompetenciasGestão por Competencias
Gestão por CompetenciasKenneth Corrêa
 
Rotinas administrativas
Rotinas administrativasRotinas administrativas
Rotinas administrativasValéria Lins
 
Aula 2 - Organizações e Organização
Aula 2 - Organizações e OrganizaçãoAula 2 - Organizações e Organização
Aula 2 - Organizações e OrganizaçãoProf. Leonardo Rocha
 

Mais procurados (20)

Planejamento, organização, direcao e controle
Planejamento, organização, direcao e controlePlanejamento, organização, direcao e controle
Planejamento, organização, direcao e controle
 
Tipos de organização
Tipos de organizaçãoTipos de organização
Tipos de organização
 
Teoria geral da administração
Teoria geral da administraçãoTeoria geral da administração
Teoria geral da administração
 
Gestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- IntroduçãoGestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- Introdução
 
Exercicio de Planejamento Estrategico
Exercicio de Planejamento EstrategicoExercicio de Planejamento Estrategico
Exercicio de Planejamento Estrategico
 
Organização
OrganizaçãoOrganização
Organização
 
Gestão de Pessoas
 Gestão de Pessoas Gestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
 
Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01
 
Aula de Plano de Negócios
Aula de Plano de NegóciosAula de Plano de Negócios
Aula de Plano de Negócios
 
Fundamentos da Administração
Fundamentos da AdministraçãoFundamentos da Administração
Fundamentos da Administração
 
Treinamento & Desenvolvimento
Treinamento & DesenvolvimentoTreinamento & Desenvolvimento
Treinamento & Desenvolvimento
 
Linha Histórica da Administração
Linha Histórica da AdministraçãoLinha Histórica da Administração
Linha Histórica da Administração
 
Introdução Organização Sistemas e Metodos
Introdução Organização Sistemas e MetodosIntrodução Organização Sistemas e Metodos
Introdução Organização Sistemas e Metodos
 
Planejamento, Organização, Direção e Controle
Planejamento, Organização, Direção e ControlePlanejamento, Organização, Direção e Controle
Planejamento, Organização, Direção e Controle
 
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃOAula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
 
Gestão por Competencias
Gestão por CompetenciasGestão por Competencias
Gestão por Competencias
 
Administração de materiais
Administração de materiaisAdministração de materiais
Administração de materiais
 
Rotinas administrativas
Rotinas administrativasRotinas administrativas
Rotinas administrativas
 
Noções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura OrganizacionalNoções de Cultura Organizacional
Noções de Cultura Organizacional
 
Aula 2 - Organizações e Organização
Aula 2 - Organizações e OrganizaçãoAula 2 - Organizações e Organização
Aula 2 - Organizações e Organização
 

Destaque

Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacionalCorreios
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisLuis Cunha
 
Manual ufcd empresa_comercial
Manual ufcd empresa_comercialManual ufcd empresa_comercial
Manual ufcd empresa_comercialLuísa Bessa
 
Ufcd 0373 empresa comercial - funcionamento e organização do trabalho_índice
Ufcd 0373 empresa comercial - funcionamento e organização do trabalho_índiceUfcd 0373 empresa comercial - funcionamento e organização do trabalho_índice
Ufcd 0373 empresa comercial - funcionamento e organização do trabalho_índiceManuais Formação
 
Empresa comercial limitada - LTDA
Empresa comercial limitada - LTDAEmpresa comercial limitada - LTDA
Empresa comercial limitada - LTDAEdhy Torres
 
Aula 5 organogramas, fluxogramas e funcionagramas
Aula 5   organogramas, fluxogramas e funcionagramasAula 5   organogramas, fluxogramas e funcionagramas
Aula 5 organogramas, fluxogramas e funcionagramasProf. Leonardo Rocha
 
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura OrganizacionalAula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura OrganizacionalProf. Leonardo Rocha
 
Modelos de Organograma
Modelos de OrganogramaModelos de Organograma
Modelos de OrganogramaUnipinhal
 
Aula 4 - Organogramas, Fluxogramas e Funcionagrama
Aula 4 - Organogramas, Fluxogramas e FuncionagramaAula 4 - Organogramas, Fluxogramas e Funcionagrama
Aula 4 - Organogramas, Fluxogramas e FuncionagramaProf. Leonardo Rocha
 
Circuito Documental Da OrganizaçãO
Circuito Documental Da OrganizaçãOCircuito Documental Da OrganizaçãO
Circuito Documental Da OrganizaçãOlitositz
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisRafael Evans
 
Ufcd 5654 comportamento organizacional_índice
Ufcd 5654 comportamento organizacional_índiceUfcd 5654 comportamento organizacional_índice
Ufcd 5654 comportamento organizacional_índiceManuais Formação
 

Destaque (18)

Aula 5 estrutura organizacional
Aula 5   estrutura organizacionalAula 5   estrutura organizacional
Aula 5 estrutura organizacional
 
Organograma 2012_01
Organograma 2012_01Organograma 2012_01
Organograma 2012_01
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
 
Manual ufcd empresa_comercial
Manual ufcd empresa_comercialManual ufcd empresa_comercial
Manual ufcd empresa_comercial
 
Empresa comercial
Empresa comercialEmpresa comercial
Empresa comercial
 
Ufcd 0373 empresa comercial - funcionamento e organização do trabalho_índice
Ufcd 0373 empresa comercial - funcionamento e organização do trabalho_índiceUfcd 0373 empresa comercial - funcionamento e organização do trabalho_índice
Ufcd 0373 empresa comercial - funcionamento e organização do trabalho_índice
 
Empresa comercial limitada - LTDA
Empresa comercial limitada - LTDAEmpresa comercial limitada - LTDA
Empresa comercial limitada - LTDA
 
Estrutura organizacional 2012_01
Estrutura organizacional 2012_01Estrutura organizacional 2012_01
Estrutura organizacional 2012_01
 
Estrutura da organização
Estrutura da organizaçãoEstrutura da organização
Estrutura da organização
 
1
11
1
 
Empresa comercial
Empresa comercialEmpresa comercial
Empresa comercial
 
Aula 5 organogramas, fluxogramas e funcionagramas
Aula 5   organogramas, fluxogramas e funcionagramasAula 5   organogramas, fluxogramas e funcionagramas
Aula 5 organogramas, fluxogramas e funcionagramas
 
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura OrganizacionalAula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
 
Modelos de Organograma
Modelos de OrganogramaModelos de Organograma
Modelos de Organograma
 
Aula 4 - Organogramas, Fluxogramas e Funcionagrama
Aula 4 - Organogramas, Fluxogramas e FuncionagramaAula 4 - Organogramas, Fluxogramas e Funcionagrama
Aula 4 - Organogramas, Fluxogramas e Funcionagrama
 
Circuito Documental Da OrganizaçãO
Circuito Documental Da OrganizaçãOCircuito Documental Da OrganizaçãO
Circuito Documental Da OrganizaçãO
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
 
Ufcd 5654 comportamento organizacional_índice
Ufcd 5654 comportamento organizacional_índiceUfcd 5654 comportamento organizacional_índice
Ufcd 5654 comportamento organizacional_índice
 

Semelhante a Estrutura organizacional

Aula3 dimenso1-estruturaorganizacional-110924131822-phpapp02
Aula3 dimenso1-estruturaorganizacional-110924131822-phpapp02Aula3 dimenso1-estruturaorganizacional-110924131822-phpapp02
Aula3 dimenso1-estruturaorganizacional-110924131822-phpapp02Gracietti Santana de Oliveira
 
aula5-estruturaorganizacional-100828153250-phpapp01.pptx
aula5-estruturaorganizacional-100828153250-phpapp01.pptxaula5-estruturaorganizacional-100828153250-phpapp01.pptx
aula5-estruturaorganizacional-100828153250-phpapp01.pptxMENTORAMONIZEALMEIDA
 
Desenho Organizacional
Desenho OrganizacionalDesenho Organizacional
Desenho OrganizacionalThatiana Karen
 
Aula arquitetura organizacional
Aula arquitetura organizacionalAula arquitetura organizacional
Aula arquitetura organizacionalPROF. SHASTIN
 
Introdução à adminstração revisão para av 1
Introdução à adminstração revisão para av 1Introdução à adminstração revisão para av 1
Introdução à adminstração revisão para av 1Cariocabear
 
Aula 2 estrutura organizacional
Aula 2   estrutura organizacionalAula 2   estrutura organizacional
Aula 2 estrutura organizacionalNiloar Bissani
 
Escola aberta estrutura_organ_pf_maio2112_apres
Escola aberta estrutura_organ_pf_maio2112_apresEscola aberta estrutura_organ_pf_maio2112_apres
Escola aberta estrutura_organ_pf_maio2112_apresPaula Fabiani
 
Aula 03 estrutura-organizacional1
Aula 03 estrutura-organizacional1Aula 03 estrutura-organizacional1
Aula 03 estrutura-organizacional1adrianorosas27
 
Teoria Estruturalista1
Teoria Estruturalista1Teoria Estruturalista1
Teoria Estruturalista1lupajero
 
Osm Organogramas Funcionogramas
Osm Organogramas FuncionogramasOsm Organogramas Funcionogramas
Osm Organogramas FuncionogramasAdm Pub
 
Aula 06 estruturas organizacionais
Aula 06   estruturas organizacionaisAula 06   estruturas organizacionais
Aula 06 estruturas organizacionaisKatia Gomide
 
Gestão das organizações, natureza, âmbito e complexidade
Gestão das organizações, natureza, âmbito e complexidadeGestão das organizações, natureza, âmbito e complexidade
Gestão das organizações, natureza, âmbito e complexidadeLuis Borges Gouveia
 
POT - Aula 3 - Dimensões Básicas de Análises das Organizações.pptx
POT - Aula 3 - Dimensões Básicas de Análises das Organizações.pptxPOT - Aula 3 - Dimensões Básicas de Análises das Organizações.pptx
POT - Aula 3 - Dimensões Básicas de Análises das Organizações.pptxJackellynneSilvadoNa
 
Aula 1 - Processos Gerenciais
Aula 1 - Processos GerenciaisAula 1 - Processos Gerenciais
Aula 1 - Processos GerenciaisMurilo Amorim
 

Semelhante a Estrutura organizacional (20)

Aula3 dimenso1-estruturaorganizacional-110924131822-phpapp02
Aula3 dimenso1-estruturaorganizacional-110924131822-phpapp02Aula3 dimenso1-estruturaorganizacional-110924131822-phpapp02
Aula3 dimenso1-estruturaorganizacional-110924131822-phpapp02
 
aula5-estruturaorganizacional-100828153250-phpapp01.pptx
aula5-estruturaorganizacional-100828153250-phpapp01.pptxaula5-estruturaorganizacional-100828153250-phpapp01.pptx
aula5-estruturaorganizacional-100828153250-phpapp01.pptx
 
Aula 8 Departamentalização.pptx
Aula 8 Departamentalização.pptxAula 8 Departamentalização.pptx
Aula 8 Departamentalização.pptx
 
Eorg
EorgEorg
Eorg
 
Desenho Organizacional
Desenho OrganizacionalDesenho Organizacional
Desenho Organizacional
 
Aula arquitetura organizacional
Aula arquitetura organizacionalAula arquitetura organizacional
Aula arquitetura organizacional
 
Material 41dab8bdce
Material 41dab8bdceMaterial 41dab8bdce
Material 41dab8bdce
 
Introdução à adminstração revisão para av 1
Introdução à adminstração revisão para av 1Introdução à adminstração revisão para av 1
Introdução à adminstração revisão para av 1
 
Aula 2 estrutura organizacional
Aula 2   estrutura organizacionalAula 2   estrutura organizacional
Aula 2 estrutura organizacional
 
Escola aberta estrutura_organ_pf_maio2112_apres
Escola aberta estrutura_organ_pf_maio2112_apresEscola aberta estrutura_organ_pf_maio2112_apres
Escola aberta estrutura_organ_pf_maio2112_apres
 
Organização
OrganizaçãoOrganização
Organização
 
Aula 03 estrutura-organizacional1
Aula 03 estrutura-organizacional1Aula 03 estrutura-organizacional1
Aula 03 estrutura-organizacional1
 
Linha e assessoria
Linha e assessoriaLinha e assessoria
Linha e assessoria
 
Teoria Estruturalista1
Teoria Estruturalista1Teoria Estruturalista1
Teoria Estruturalista1
 
Osm Organogramas Funcionogramas
Osm Organogramas FuncionogramasOsm Organogramas Funcionogramas
Osm Organogramas Funcionogramas
 
Aula 06 estruturas organizacionais
Aula 06   estruturas organizacionaisAula 06   estruturas organizacionais
Aula 06 estruturas organizacionais
 
Aula 4 - organizacional
Aula 4 - organizacionalAula 4 - organizacional
Aula 4 - organizacional
 
Gestão das organizações, natureza, âmbito e complexidade
Gestão das organizações, natureza, âmbito e complexidadeGestão das organizações, natureza, âmbito e complexidade
Gestão das organizações, natureza, âmbito e complexidade
 
POT - Aula 3 - Dimensões Básicas de Análises das Organizações.pptx
POT - Aula 3 - Dimensões Básicas de Análises das Organizações.pptxPOT - Aula 3 - Dimensões Básicas de Análises das Organizações.pptx
POT - Aula 3 - Dimensões Básicas de Análises das Organizações.pptx
 
Aula 1 - Processos Gerenciais
Aula 1 - Processos GerenciaisAula 1 - Processos Gerenciais
Aula 1 - Processos Gerenciais
 

Mais de Letícia Vilela de Aquino (8)

Modelo de plano de acão
Modelo de plano de acãoModelo de plano de acão
Modelo de plano de acão
 
Desenvolvendo habilidades para liderar
Desenvolvendo habilidades para liderar Desenvolvendo habilidades para liderar
Desenvolvendo habilidades para liderar
 
Habilidades Conceituais
Habilidades ConceituaisHabilidades Conceituais
Habilidades Conceituais
 
Modelo de Plano de Negocios
Modelo de Plano de NegociosModelo de Plano de Negocios
Modelo de Plano de Negocios
 
Plano de Negócios restaurante
Plano de Negócios restaurantePlano de Negócios restaurante
Plano de Negócios restaurante
 
Manual do plano de negócios do SEBRAE
Manual do plano de negócios do SEBRAEManual do plano de negócios do SEBRAE
Manual do plano de negócios do SEBRAE
 
Plano de Negócios - hotelaria
Plano de Negócios -  hotelariaPlano de Negócios -  hotelaria
Plano de Negócios - hotelaria
 
Plano de Negócios - Slides facilitadores
Plano de Negócios - Slides facilitadoresPlano de Negócios - Slides facilitadores
Plano de Negócios - Slides facilitadores
 

Último

Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 

Último (20)

Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 

Estrutura organizacional

  • 1. Disciplina: Gestão de Negócios Curso de Administração Instituição: SENAC/MG Profa. Letícia Aquino
  • 2.
  • 3.
  • 4. ORGANIZAÇÃO “ representada pelo conjunto de É órgãos, suas relações de interdependência e a via hierárquica, assim como as vinculações que devem ser configuradas pelo organograma” . (Nogueira de Faria)
  • 5. Organização da empresa é a ordenação e o agrupamento de atividades e recursos, visando ao alcance de objetivos e resultados estabelecidos. Estrutura organizacional é o conjunto ordenado de responsabilidades, autoridades, comunicações e decisões das unidades organizacionais de uma empresa. Estrutura Formal, objeto de grande Estrutura Informal é a rede de parte de estudo das organizações relações sociais e pessoais que não é estabelecida ou requerida pela empresarias, é aquela estrutura formal. Surge da interação deliberadamente planejada e social das pessoas, o que significa que formalmente representada, em alguns se desenvolve espontânea mente de seus aspectos, pelo organograma. quando as pessoas se reúnem. Portanto, apresenta relações que, usualmente, não aparecem no organograma.
  • 6. FATOR HUMANO FATOR AMBIENTE EXTERNO Sistema de Sistema de Responsabilidade Autoridade •Departamentalização •Amplitude de controle •Linha e Assessoria •Níveis hierárquicos •Descrição das atividades •Delegação •Centraliz/descentralização Níveis de Influência Estratégico, tático e operacional Níveis de Abrangência Empresa, Corporação Sistema de Sistema de Comunicação Decisões •Dado Informação •O que comunicar •Decisão Ação •Como comunicar •Quando comunicar •De quem/para quem FATOR OBJETIVOS E FATOR TECNOLÓGICO ESTRATÉGIAS
  • 7. Nível Estratégico Planejamento Estratégico Nível Tático Planejamento Tático Planejamento Nível Operacional Operacional
  • 8. O organograma é a representação Gráfica da estrutura da empresa No organograma é possível perceber: • A divisão do trabalho • Departamentalização • Relação superior subordinado • Linhas de autoridade • Linhas de responsabilidade
  • 9. No organograma pode-se demostrar Conforme necessidade: • Os cargos existentes • Os nomes dos titulares • A quantidade de pessoas p/ unidade • Relação funcional
  • 10. ESTRUTURA LINEAR OU MILITAR PRESIDÊNCIA VICE-PRESIDÊNCIA DIRETORIA DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO DIVISÃO DIVISÃO DIVISÃO DIVISÃO SETOR SETOR Nome da empresa Mês/ano de SEÇÃO SEÇÃO atualização
  • 11. SUPERINTENDÊNCIA Nome da empresa Mês/ano de VICE- atualização SUPERINTENDÊNCIA DIRETORIA DIRETORIA GERÊNCIA GERÊNCIA SUPERVISÃO SUPERVISÃO Legenda: ____ atividade de linha
  • 12. ESTRUTURA LINEAR OU MILITAR É uma estrutura baseada na organização do exército, tendo como característica uma única chefia como fonte de autoridade. Vantagens: • aplicação simples; • fácil transmissão de ordens e recebimento de informações; • definição clara dos deveres e responsabilidades. Desvantagens: • organização rígida; • exige chefes excepcionais; • não favorece o espírito de equipe e de cooperação.
  • 13. LINHA E ASSESSORIA PRESIDÊNCIA ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO DIRETORIA DIRETORIA DIRETORIA ADMINISTRATIVA/ INDUSTRIAL COMERCIAL FINANCEIRA ASSESSORIA DE ORGANIZAÇÃO, SISTEMAS & MÉTODOS GERÊNCIA GERÊNCIA ADMINISTRATIVA FINANCEIRA
  • 14. ESTRUTURA LINHA E ASSESSORIA • Nas unidades de linha os executivos são encarregados pelas funções básicas da empresa e tem responsabilidade e autoridade perante as atribuições relacionadas com a operacionalização das atividades principais da organização. (OLIVEIRA, 2004) • As funções de assessoria estão ligadas às atividades de aconselhamento, análise e estudos de novos negócios. (OLIVEIRA, 2004)
  • 15. ESTRUTURA LINHA E ASSESSORIA Vantagens: • tornar a organização facilmente adaptável às necessidades; • favorecer a execução do trabalho das unidades de linha; • promover maior eficiência. Desvantagens: • a assessoria tende a usurpar a autoridade de linha; • os órgãos de execução reagem contra sugestões da assessoria; • as sugestões, às vezes, confundem-se com as ordens ou entram em conflitos com estas.
  • 16. Órgãos colegiados COMISSÃO EXECUTIVA PRESIDÊNCIA DIRETORIA DIRETORIA DIRETORIA ADMINISTRATIVA/ INDUSTRIAL COMERCIAL FINANCEIRA ASSESSORIA DE ORGANIZAÇÃO, SISTEMAS & MÉTODOS GERÊNCIA GERÊNCIA ADMINISTRATIVA FINANCEIRA
  • 17. Estrutura comissão ou colegiada Caracteriza-se pela chefia colegiada pela tomada de decisões políticas e estratégicas da empresa e pela divisão de responsabilidade. Vantagens: • facilitar a participação de especialistas; • julgamento impessoal; • pontos de vista mais gerais. Desvantagens: • fraqueza na direção de operações quotidianas; • decisões mais demoradas; • responsabilidade mais diluída. Denominações: junta, comissão, conselho. (Cury, 2000)
  • 19.
  • 22. ESTRUTURA PARA RESULTADOS PRESIDÊNCIA DIVISÃO DIVISÃO DIVISÃO DIVISÃO ADMINISTRATIVA/ FARMACÊUTICA REDE QUÍMICA FARMÁCIAS FINANCEIRA UENs UEN – Unidade Estratégica de Negócios é uma unidade ou divisão da empresa responsável para desenvolver uma ou mais AEN – Áreas Estratégicas de Negócios. AEN – Áreas estratégicas de Negócios é uma parte ou segmento de mercado com a qual a empresa, por meio de suas UEN, se relaciona de maneira estratégica, ou seja, de forma otimizada.
  • 24. Estrutura orientada a processos  Vantagens: • o processo tem um líder que é responsável por ele; • cada empregado conhece o processo por inteiro; • as melhorias no processo são constantes; • cada empregado é responsável pelo processo por inteiro e não somente por sua atividade. • Desvantagens: • O trabalho pode se tornar muito rotineiro; • O processo de criação pode ficar comprometido; • A organização pode ficar “engessada”.
  • 25. ORGANOGRAMA RADIAL FÁBRICA EMPRESA DE DE PUBLICIDADE AUTOMÓVEL EMPRESA HOLDING EMPRESA DE FÁBRICA DE TRATORES PESQUISA HOLDING 1. Empresa cujo capital é constituído exclusivamente de ações de outras, que são, assim, por elas controladas, e cujo controle é a sua única atividade. 2. Empresa que adquire a totalidade ou a maioria das ações de outras, que passam a ser suas subsidiárias. Hold = significa manter, controlar ou guarda
  • 26. Organograma com áreas terceirizadas PRESIDÊNCIA PRESIDÊNCIA DIRETORIA DIRETORIA DIRETORIA DIRETORIA DE COMERCIAL COMERCIAL PRODUÇÃO PRODUÇ ÃO GERENCIA DE GERENCIA DE GERENCIADE GERÊNCIA DE GERÊNCIA DE GERENCIA GERÊNCIA DE GERENCIA DE DE VENDAS MANUTENÇ ÃO ATENDIMENTO ATENDIMENTO VENDAS FÁBRICA F Á BRICA MANUTENÇÃO TELEMARKETING TELEMARKETING REGIÃO NORTE LEGENDA: HELPDESK ATIVIDADES TERCEIRIZADAS REGIÃO SUL Helpdesk: Serviço de Apoio ao Usuário e/ou Consumidor (Sac)
  • 27. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DEPARTAMENTALIZAÇÃO É a técnica de descentralizar as partes de uma estrutura, formando unidades produtoras em perfeita funcionalização, dentro das necessidades do trabalho Referência: Nogueira de Faria e Antonio Cury
  • 28. DEPARTAMENTALIZAÇÃO OBJETIVOS • Aproveitar a especialização • Maximizar recursos • Coordenar e controlar as atividades • Descentralizar • Integrar ambiente e organização • Reduzir custos
  • 29. TÉCNICA DE ELABORAÇÃO • Definição dos objetivos • Definição das funções primárias e secundárias – afinidade e similaridades • Descrição das funções • Levantamento dos relacionamentos • Hierarquização dos órgãos • Definição de autoridade • Escolha do modelo
  • 30. Elaboração • Nome da organização, data da elaboração e revisão • Nome dos órgãos (e as siglas devem ser legendadas) • A linha contínua significa autoridade • A linha pontilhada pode ter qualquer significado • Linha pontilhada sempre exige uma explicação • A mesma nomenclatura devem estar no mesmo nível
  • 31. Organograma • É comum e correta a utilização da forma mista; • Uma atividade de apoio a várias unidades fica subordinada a unidade que mais a utiliza.
  • 33. Afinidade de funções DIRETORIA ADMINISTRATIVA DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO DE DE RECURSOS HUMANOS SUPRIMENTOS ALMOXA- RECRUTA- RIFADO COMPRAS PESSOAL MENTO
  • 34. Por área geográfica DEPARTAMENTO DE VENDAS REGIÃO NORTE REGIÃO SUL
  • 35. Por clientela ESCOLA CURSOS - 1º GRAU CURSOS - 2º GRAU
  • 36. Por tipos de produção FÁBRICA DE ROUPAS PRODUÇÃO PRODUÇÃO PRODUÇÃO ADULTO ADULTOS INFANTIL
  • 37. Por turnos FÁBRICA DE PEÇAS EQUIPE DE EQUIPE DE TRABALHO TRABALHO DIURNO NOTURNO
  • 38. POR PROCESSO DIVISÃO DE PRODUÇÃO SEÇÃO DE SEÇÃO DE SEÇÃO DE SEÇÃO DE SEÇÃO DE PREPARAÇÃO CORTE ESTAMPARIA PRÉ-MOLDAGEM MONTAGEM
  • 39. POR PROJETO PRESIDÊNCIA DIRETORIA DIRETORIA DIRETORIA ADMINISTRATIVA/ DE PROJETOS COMERCIAL FINANCEIRA PROJETO A PROJETO B PROJETO C
  • 40. Por projeto – Estrutura matricial DIRETORIA RECURSOS FINANCEIRO HUMANOS PROJETOS
  • 41.
  • 42. Por estrutura mista DIRETORIA ADMINISTRATIVA DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO DE MATERIAS DE RECURSOS DE MARKETING HUMANOS NORTE SUL
  • 43. Funcionograma O que é? É um tipo de organograma que demonstra a descrição funcional de cada setor, citando as atividades dos órgãos que compõem a estrutura da organização.
  • 44. Objetivo do Funcionograma Detalhar a estrutura organizacional com as principais atividades, permitindo observar melhor a distribuição de funções.
  • 45. PRESIDÊNCIA DIRETORIA DIRETORIA DIRETORIA TÉCNICO ADMINISTRATIVO FINANCEIRO ASSESSORIA •Confecção de Organograms, Funcionogramas; •Racionalização de Processos de Trabalho; Funcionograma •Elaboração de Instrumentos Normativos: •Elaboração de Formulários, Lay-out.
  • 46. Funcionograma DIRETORIA ADMINISTRATIVA DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO DE DE MATERIAS RECURSOS HUMANOS •Realizar as compras •Realizar o processo de todos os de Recrutamento e materiais necessários Seleção; para a empresa; •Promover o •Administrar os treinamento do pessoal estoques da empresa; da empresa; •Efetuar o •Administrar o pessoal, planejamento do freqüência, folha de estoque. pagamento.
  • 47.
  • 48. FLUXOGRAMA SÍMBOLO SIGNIFICADO SÍMBOLO SIGNIFICADO PONTO DE DECISÃO DOCUMENTO OPERAÇÃO/PROCESSO ENTRADA MANUAL LIMITES (INICIO,PARE, MOVIMENTO/ FIM, TERMINAÇÃO) TRANSPORTE ATRASO/ESPERA SENTIDO DE FLUXO CONECTOR FORA DE INSPEÇÃO E/OU PÁGINA CONECTOR VÁRIOS PREPARAÇÃO DOCUMENTOS
  • 50.
  • 51.
  • 52. Arquitetura organizacional É compatibilização entre: • Estratégia • Estrutura Organizacional • Processos Administrativos
  • 53. Referência: OLIVEIRA, D. de P. Rebouças de. Sistema, Organização e Métodos. São Paulo. Atlas.