Administração participativa

15.899 visualizações

Publicada em

0 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.899
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
548
Comentários
0
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Administração participativa

  1. 1. ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA
  2. 2. Administração participativa é uma filosofia ou doutrina que valoriza a participação das pessoas no processo de tomar decisões sobre a administração das organizações. (Maximiano, 2006) ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA Consiste em compartilhar as decisões que afetam a empresa, não apenas com funcionários, mas também com clientes, fornecedores, e eventualmente, distribuidores ou concessionários da organização.
  3. 3. PARADIGMA UMA DAS MAIS ANTIGAS FORMAS DE ADMINISTRAÇÃO (GRÉCIA, HÁ MAIS DE 2.000 ANOS) E É UMA DAS MAIS AVANÇADAS FORMAS DE GESTÃO ADMINISTRATIVA DA ATUALIDADE.
  4. 4. A ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA VISA: <ul><li>Aproveitar o potencial intelectual das pessoas; </li></ul><ul><li>Aumentar a qualidade das decisões (maior satisfação e motivação); </li></ul><ul><li>Aprimorar a competitividade das organizações. </li></ul>
  5. 5. OBEDIÊNCIA LIDERANÇA DISCIPLINA AUTONOMIA RESPONSABILIDADE FAMÍLIA GRUPOS ORGANIZAÇÕES SOCIEDADE MODELO PARTICIPATIVO AUTORIDADE
  6. 6. <ul><li>Empresas que utilizam o modelo Participativo, são chamadas Empresas orgânicas; </li></ul><ul><li>Predomínio da Liderança, disciplina e autonomia; </li></ul><ul><li>Responsabilidade; </li></ul><ul><li>Auto critica e auto controle mantem a disciplina; </li></ul><ul><li>Uso do empowerment. </li></ul>ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA
  7. 7. Comparação entre os Sistemas Diretivos(1) e Participativos(4), segundo Likert: <ul><li>Controle disperso, baseado no auto-controle; </li></ul><ul><li>Controle centralizado; </li></ul><ul><li>definição participativa de metas; </li></ul><ul><li>Definição de metas feita apenas no topo da organização, sem participação dos níveis inferiores; </li></ul><ul><li>Informação correndo livremente em todos as direções; </li></ul><ul><li>Informação de cima para baixo, distorcida e imprecisa. </li></ul><ul><li>Processo de interação livre, de modo que as pessoas influenciam os objetivos; </li></ul><ul><li>Processo de interação limitado; </li></ul><ul><li>Metas elevadas de desempenho, aceitas por todos. </li></ul><ul><li>Pessoas não se comprometem com as metas de desempenho. </li></ul>Sistema 4 Sistema 1
  8. 8. ESTRATÉGIAS As estratégias da Administração Participativa agrupam-se em quatro categorias principais: <ul><li>Informação: Aprimoramento dos canais de comunicação empresarial, junto a clientes, funcionários, intermediários e stakeholders. </li></ul><ul><li>Mecanismos para ouvir o cliente; </li></ul><ul><li>Mecanismos para ouvir o funcionário; </li></ul><ul><li>Informações visuais; </li></ul><ul><li>Diminuição das distâncias sociais. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Envolvimento no processo decisório: Vai além da simples comunicação. Significa consultar as pessoas, individualmente ou em grupo, sobre problemas no local de trabalho. </li></ul><ul><li>Decisão participativa : Consultiva e compartilhada. </li></ul><ul><li>Equipes Autogeridas : A delegação de autoridade (Empowerment) e o aprimoramento da comunicação dentro de um grupo são as características básicas desta estratégia de participação. </li></ul><ul><li>Co-gestão ou participação na direção: Significa participar institucionalmente da estrutura de poder da organização ou Empresa. </li></ul>Existem três modalidades principais de envolvimento no processo decisório:
  10. 10. <ul><li>Participação nos resultados : Podendo ser implantada em qualquer etapa do estágio da vida da empresa. Os funcionários podem participar do faturamento, dos incrementos nas receitas, das economias ou ganhos de produtividade, dos lucros e da propriedade da empresa. </li></ul><ul><li>A participação nos resultados fecha o círculo do mecanismo da recompensa: se as pessoas participam dos problemas e decisões, também devem participar de alguma maneira dos benefícios dos resultados de seus esforços. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Autogestão: É a autonomia completa, de uma pessoa ou grupo, para administrar uma empresa ou empreendimento. </li></ul><ul><li>Autogestão só existe quando os participantes de um empreendimento são também seus proprietários, como no caso das cooperativas, repúblicas de estudantes, condomínios, associações, grupos de teatro, conjuntos musicais e clubes; </li></ul><ul><li>Assembléias, Plebiscitos e Reuniões são os principais instrumentos de Autogestão. </li></ul>
  12. 12. A implantação da Administração Participativa envolve mudanças em três aspectos da organização: <ul><li>Comportamental : Mudar o comportamento diante das pessoas, substituindo estilos tradicionais de autoritarismo, imposição, indiferença, paternalismo, por atitudes de cooperação, liderança, autonomia e responsabilidade; </li></ul><ul><li>Estrutural: Redesenhar as estruturas administrativas organizacionais, envolvendo as pessoas e o “sistema” de normas e procedimentos; </li></ul><ul><li>Visão sistêmica : A administração deve ser compartilhada em todos os sentidos, não apenas nas relações com os funcionários. São consultados: Clientes, fornecedores, distribuidores, assistência técnica. </li></ul>
  13. 13. CONCLUSÃO <ul><li>Com a administração participativa a empresa recebe informações internas e externas, aumentando seu feedback, podendo assim, ampliar sua visão nas tomadas de decisões; </li></ul><ul><li>Os funcionários passam a “fazer parte” da empresa, do ponto de vista comportamental e estrutural, aumentando sua produtividade e zelando para que ela cresça; </li></ul><ul><li>A cultura, tanto dos chefes quanto funcionários, tem influência direta no sucesso do processo. </li></ul>
  14. 14. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA – INESP 3º ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ADMINISTRAÇÃO GERAL – PROF A. SARA ALUNOS: ALEXEI DE SOUSA RABELLO DÊNER LUÍS RODRIGUES LUAN GONÇALVES PEDRO PAULO V. DUARTE TONY MARSUEL F. MARQUES ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA 31/03/2011

×