SlideShare uma empresa Scribd logo
Enfª Andréa Dantas
Gestora do Trabalho e
Educação em Saúde
QUANDO ALGUÉM TOMA ALGUMA
ATITUDE QUE TE PREJUDICA, VOCÊ?
(a)Sai correndo pra reclamar com a primeira
pessoa que aparecer na sua frente
(b)Deixa para lá
(c)Procura conversar com a pessoa, antes de
se queixar com alguém, fazendo com que
ele compreenda que não agiu
corretamente.
QUANDO VOCÊ SABE DE ALGUMA COISA QUE
NÃO DEVE SER CONTADA PARA NINGUÉM,
VOCÊ?
(a) Conta para qualquer pessoa
(b) Conta só para aqueles com quem você
tem mais contato
(c) Não conta nada para ninguém
QUANDO ALGUM DE SEUS COLEGAS FALA MAL
DE OUTRO E PEDE QUE VOCÊ GUARDE
SEGREDO, VOCÊ?
(a) Vai correndo contar para o colega que foi
criticado.
(b) Conta para os outros, mas pede que não
contem para o que foi criticado.
(c) A primeira coisa que você faz é contar
para o funcionário que foi alvo da crítica.
OS 5 PILARES DO RELACIONAMENTOS
INTERPESSOAIS:
 Autoconhecimento,
 Empatia,
 Assertividade,
 Cordialidade e
 Ética.
AUTOCONHECIMENTO.
Quais atitudes de outras pessoas que
afetam positivamente ou
negativamente seu comportamento?
Quais atitudes que você tem que
afetam positivamente ou
negativamente outras pessoas.
3 PASSOS PARA ADQUIRIR
AUTO-CONHECIMENTO
 OBSERVAÇÃO – Preste atenção em tudo.
 QUESTIONAMENTO – Questione todas as
atitudes.
 ANÁLISE – Tire imagens para auxiliar.
EMPATIA
 Considerar os outros.
 Suas opiniões.
 Sentimentos e motivações.
 Colocar-se no lugar do outro.
 Tratar o outro como gostaria de ser tratado.
ASSERTIVIDADE
Assertividade é uma competência emocional que
determina que um indivíduo consegue tomar uma posição
clara, ou seja, não fica "em cima do muro".
Uma pessoa assertiva afirma o seu eu e a sua
autoestima, demonstra segurança e sabe o que quer e
qual alvo pretende alcançar.
CORDIALIDADE
 Tratar as pessoas com cordialidade é ser gentil,
solícito e simpático, é demonstrar consideração pelo o
outro de várias formas.
 É um ato de fazer o que deve ser feito sem levar em
conta quem.
OS DEZ PARA MANTER UM BOM
RELACIONAMENTO NO TRABALHO
1 - Seja cordial com todos os colegas, mas evite
conversas muito pessoal. A vida pessoal de cada um
deve ficar fora do âmbito do trabalho. Quanto mais se
sabe sobre a vida pessoal de alguém, mais intimidade
se adquire. Consequentemente, a intromissão em
campos não profissionais.
OS DEZ PARA MANTER UM BOM
RELACIONAMENTO NO TRABALHO
2 - Escute o que o outro tem a dizer, mas quando for
algo que pode gerar um conflito, não leve para o lado
pessoal. Aborde a questão em uma reunião. As
coisas devem ser tratadas de modo profissional. Isto
ajuda a se distanciar das discussões entre duas
pessoas.
OS DEZ PARA MANTER UM BOM
RELACIONAMENTO NO TRABALHO
3 - Seja sorridente, amável, não leve
seus problemas pessoais para o
trabalho, mas caso não esteja bem
consigo mesmo, lembre-se de tratar os
outros com gentileza.
OS DEZ PARA MANTER UM
BOM RELACIONAMENTO NO
TRABALHO
4 - Evite apontar o que o
colega deixou de fazer.
Ocupe-se com sua tarefa.
Cada um é responsável pela
sua atividade e responde
pelo que faz.
OS DEZ PARA MANTER UM
BOM RELACIONAMENTO NO
TRABALHO
5 - Caso precise se defender
de alguma acusação, seja
firme nas palavras, não perca
a paciência, controle a ira e
construa argumentos para
sua defesa. Tenha domínio
próprio.
OS DEZ PARA MANTER UM
BOM RELACIONAMENTO NO
TRABALHO
6 - Procure ser cordial com
todos, mas se afaste dos
colegas escandalosos, que
fazem da raiva, da ira ou do
mal-humor uma ferramenta
para prejudicar as relações
humanas no trabalho.
OS DEZ PARA MANTER UM
BOM RELACIONAMENTO NO
TRABALHO
7 - Faça o melhor que puder na
sua função, mas ajude algum
colega que pedir sua ajuda.
Caso não peça sua ajuda,
pergunte primeiro se ele deseja
ser ajudado. Às vezes queremos
ajudar, mas o outro não deseja
ser ajudado.
OS DEZ PARA MANTER UM BOM
RELACIONAMENTO NO
TRABALHO
8 - Veja em cada colega um
colaborador. Cada um tem suas
dificuldades e suas
potencialidades, mas procure ver o
lado bom que cada um apresenta.
Se virmos apenas o lado difícil das
pessoas, a convivência fica
insuportável.
OS DEZ PARA MANTER
UM BOM
RELACIONAMENTO NO
TRABALHO
9 - Evite brincadeiras que
podem ofender. Ser
alegre não quer dizer que
tenha que ser brincalhão
o tempo inteiro, este tipo
de pessoa não é
agradável e pode deixar
os outros pouco à
vontade diante de alguém
que brinca demais.
OS DEZ PARA
MANTER UM BOM
RELACIONAMENTO
NO TRABALHO
10 - Não seja
inconveniente. Se
algum colega veio
com uma roupa,
penteado, bolsa, etc.
que chama a atenção
por não ser bonito,
evite dar relevância a
estas questões.
CONTRATO DE CONVIVÊNCIA
RELAÇÕES INTERPESSOAIS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra Inteligência Emocional
Palestra Inteligência EmocionalPalestra Inteligência Emocional
Palestra Inteligência Emocional
Edson Salgado Ávella
 
Relações humanas
Relações humanasRelações humanas
Relações humanas
Jose Silvio Damacena Damacena
 
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outroEmpatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Vera Lessa
 
A importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalhoA importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalho
inovaDay .
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Giselli Espindola Boemer
 
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em EquipePalestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Eduardo Maróstica
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
edumm001
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
Andrea Dalforno
 
Apresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência EmocionalApresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência Emocional
anaediteaires
 
Motivação e inteligência emocional
Motivação e inteligência emocionalMotivação e inteligência emocional
Motivação e inteligência emocional
Cintia Meneghini
 
Relacionamento Interpessoal
Relacionamento Interpessoal Relacionamento Interpessoal
Relacionamento Interpessoal
Carmen Pinto
 
Palestra Motivacional
Palestra Motivacional Palestra Motivacional
Palestra Motivacional
Lucas Fonseca
 
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoalDicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Karol Oliveira
 
Treinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em EquipeTreinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em Equipe
Vinicius Souza
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocional
Alexandre Rivero
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
Gerisval Pessoa
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
Camilo Almendra
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Matheus Gomes
 
Postura profissional
Postura profissionalPostura profissional
Postura profissional
Milena Rebouças
 
Comunicação Assertiva - Karime Kamel
Comunicação Assertiva  - Karime KamelComunicação Assertiva  - Karime Kamel
Comunicação Assertiva - Karime Kamel
Karime Kamel
 

Mais procurados (20)

Palestra Inteligência Emocional
Palestra Inteligência EmocionalPalestra Inteligência Emocional
Palestra Inteligência Emocional
 
Relações humanas
Relações humanasRelações humanas
Relações humanas
 
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outroEmpatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
 
A importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalhoA importância da inteligência emocional no trabalho
A importância da inteligência emocional no trabalho
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em EquipePalestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
Palestra Ituporanga Motivação, Liderança e Trabalho em Equipe
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
Apresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência EmocionalApresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência Emocional
 
Motivação e inteligência emocional
Motivação e inteligência emocionalMotivação e inteligência emocional
Motivação e inteligência emocional
 
Relacionamento Interpessoal
Relacionamento Interpessoal Relacionamento Interpessoal
Relacionamento Interpessoal
 
Palestra Motivacional
Palestra Motivacional Palestra Motivacional
Palestra Motivacional
 
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoalDicas para melhorar o relacionamento interpessoal
Dicas para melhorar o relacionamento interpessoal
 
Treinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em EquipeTreinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em Equipe
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocional
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Postura profissional
Postura profissionalPostura profissional
Postura profissional
 
Comunicação Assertiva - Karime Kamel
Comunicação Assertiva  - Karime KamelComunicação Assertiva  - Karime Kamel
Comunicação Assertiva - Karime Kamel
 

Destaque

Relacionamento interpessoal - lidar consigo, lidar com o outro (a sombra)
Relacionamento interpessoal - lidar consigo, lidar com o outro (a sombra)Relacionamento interpessoal - lidar consigo, lidar com o outro (a sombra)
Relacionamento interpessoal - lidar consigo, lidar com o outro (a sombra)
Charles A. Resende
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
ntm.pedagogico
 
Superando As Expectativas Dos Clientes
Superando As Expectativas Dos ClientesSuperando As Expectativas Dos Clientes
Superando As Expectativas Dos Clientes
Michel Moreira
 
Tentando Compreender As CriançAs
Tentando Compreender As CriançAsTentando Compreender As CriançAs
Tentando Compreender As CriançAs
Sara Brandão
 
Estereótipos e Arquetipos
Estereótipos e ArquetiposEstereótipos e Arquetipos
Estereótipos e Arquetipos
Maninho Walker
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
Nadia Santana
 
Apresentação Modelos de Negócios Digitais - FEI - São Bernardo do Campo - 08/...
Apresentação Modelos de Negócios Digitais - FEI - São Bernardo do Campo - 08/...Apresentação Modelos de Negócios Digitais - FEI - São Bernardo do Campo - 08/...
Apresentação Modelos de Negócios Digitais - FEI - São Bernardo do Campo - 08/...
Fabio Souza Damasceno
 
Inbound Marketing - Faça a sua empresa gerar resultados reais com marketing d...
Inbound Marketing - Faça a sua empresa gerar resultados reais com marketing d...Inbound Marketing - Faça a sua empresa gerar resultados reais com marketing d...
Inbound Marketing - Faça a sua empresa gerar resultados reais com marketing d...
Marcelo Sales
 
Marketing 3.0 - Aplicação
Marketing 3.0 - AplicaçãoMarketing 3.0 - Aplicação
Marketing 3.0 - Aplicação
Samantha Col Debella
 
A Educação na Pós Modernidade
A Educação na Pós ModernidadeA Educação na Pós Modernidade
A Educação na Pós Modernidade
João Rafael Lopes
 
Apresentação Stuart Hall e Barbosa & Campbell
Apresentação Stuart Hall e Barbosa & CampbellApresentação Stuart Hall e Barbosa & Campbell
Apresentação Stuart Hall e Barbosa & Campbell
Filipe Campelo Xavier da Costa
 
Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança lider coach, feedback, des ...
Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança   lider coach, feedback, des ...Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança   lider coach, feedback, des ...
Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança lider coach, feedback, des ...
Janaina Ferreira
 
Comunicação apresentação
Comunicação apresentaçãoComunicação apresentação
Comunicação apresentação
Cassia Dias
 

Destaque (13)

Relacionamento interpessoal - lidar consigo, lidar com o outro (a sombra)
Relacionamento interpessoal - lidar consigo, lidar com o outro (a sombra)Relacionamento interpessoal - lidar consigo, lidar com o outro (a sombra)
Relacionamento interpessoal - lidar consigo, lidar com o outro (a sombra)
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Superando As Expectativas Dos Clientes
Superando As Expectativas Dos ClientesSuperando As Expectativas Dos Clientes
Superando As Expectativas Dos Clientes
 
Tentando Compreender As CriançAs
Tentando Compreender As CriançAsTentando Compreender As CriançAs
Tentando Compreender As CriançAs
 
Estereótipos e Arquetipos
Estereótipos e ArquetiposEstereótipos e Arquetipos
Estereótipos e Arquetipos
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
 
Apresentação Modelos de Negócios Digitais - FEI - São Bernardo do Campo - 08/...
Apresentação Modelos de Negócios Digitais - FEI - São Bernardo do Campo - 08/...Apresentação Modelos de Negócios Digitais - FEI - São Bernardo do Campo - 08/...
Apresentação Modelos de Negócios Digitais - FEI - São Bernardo do Campo - 08/...
 
Inbound Marketing - Faça a sua empresa gerar resultados reais com marketing d...
Inbound Marketing - Faça a sua empresa gerar resultados reais com marketing d...Inbound Marketing - Faça a sua empresa gerar resultados reais com marketing d...
Inbound Marketing - Faça a sua empresa gerar resultados reais com marketing d...
 
Marketing 3.0 - Aplicação
Marketing 3.0 - AplicaçãoMarketing 3.0 - Aplicação
Marketing 3.0 - Aplicação
 
A Educação na Pós Modernidade
A Educação na Pós ModernidadeA Educação na Pós Modernidade
A Educação na Pós Modernidade
 
Apresentação Stuart Hall e Barbosa & Campbell
Apresentação Stuart Hall e Barbosa & CampbellApresentação Stuart Hall e Barbosa & Campbell
Apresentação Stuart Hall e Barbosa & Campbell
 
Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança lider coach, feedback, des ...
Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança   lider coach, feedback, des ...Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança   lider coach, feedback, des ...
Aula 03, 04, 05 e 06 gestao pessoas e liderança lider coach, feedback, des ...
 
Comunicação apresentação
Comunicação apresentaçãoComunicação apresentação
Comunicação apresentação
 

Semelhante a RELAÇÕES INTERPESSOAIS

RELACIONAMENTO NO TRABALHO
RELACIONAMENTO NO TRABALHORELACIONAMENTO NO TRABALHO
RELACIONAMENTO NO TRABALHO
Ericlesia
 
Aula 6 - Comportamento social
Aula 6 - Comportamento socialAula 6 - Comportamento social
Aula 6 - Comportamento social
Professor Cristiano Barreto
 
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoalEncontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
adanipalma
 
Inteligência emocional
Inteligência emocionalInteligência emocional
Inteligência emocional
Anderson Antônio Paiva
 
Como lidar com seu chefe
Como lidar com seu chefeComo lidar com seu chefe
Como lidar com seu chefe
Fabio Scussolino
 
Aprenda a dizer nao
Aprenda a dizer naoAprenda a dizer nao
Aprenda a dizer nao
WSwanessa
 
7 dicas para superar a timidez
7 dicas para superar a timidez7 dicas para superar a timidez
7 dicas para superar a timidez
Marlos Calil
 
Práticas de recepção - Aula 5
Práticas de recepção - Aula 5Práticas de recepção - Aula 5
Práticas de recepção - Aula 5
Professor Cristiano Barreto
 
Assertividade resumido
Assertividade resumidoAssertividade resumido
Assertividade resumido
Rosana Corrêa
 
Comunicação e Relações Humanas.pptx
Comunicação e Relações Humanas.pptxComunicação e Relações Humanas.pptx
Comunicação e Relações Humanas.pptx
CrasCariniHumbertoAl
 
relacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptx
relacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptxrelacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptx
relacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptx
IngridSantos292767
 
O Advogado Arrogante - Um guia completo para o insucesso
O Advogado Arrogante - Um guia completo para o insucessoO Advogado Arrogante - Um guia completo para o insucesso
O Advogado Arrogante - Um guia completo para o insucesso
Andre Medeiros
 
O problema do meu cliente é meu 4
O problema do meu cliente é meu 4O problema do meu cliente é meu 4
O problema do meu cliente é meu 4
Fabio Braun
 
Aprenda a negociar com pessoas intimidadoras
Aprenda a negociar com pessoas intimidadorasAprenda a negociar com pessoas intimidadoras
Aprenda a negociar com pessoas intimidadoras
Agendor
 
Planejamento de recepções
Planejamento de recepçõesPlanejamento de recepções
Planejamento de recepções
Senac
 
Woman techmakers BH - Mulheres Ousadas Chegam Mais Longe
Woman techmakers BH - Mulheres Ousadas Chegam Mais LongeWoman techmakers BH - Mulheres Ousadas Chegam Mais Longe
Woman techmakers BH - Mulheres Ousadas Chegam Mais Longe
Poliana Godinho Pires
 
10 regras básicas para um coordenador de eventos
10 regras básicas para um coordenador de eventos10 regras básicas para um coordenador de eventos
10 regras básicas para um coordenador de eventos
Fabio Kontopp
 
Administração de conflitos
Administração de conflitosAdministração de conflitos
Administração de conflitos
Cursos Profissionalizantes
 
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptxTécnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Liderança assertivadefinitiva
Liderança assertivadefinitivaLiderança assertivadefinitiva
Liderança assertivadefinitiva
CBB - Colégio Betel Brasileiro
 

Semelhante a RELAÇÕES INTERPESSOAIS (20)

RELACIONAMENTO NO TRABALHO
RELACIONAMENTO NO TRABALHORELACIONAMENTO NO TRABALHO
RELACIONAMENTO NO TRABALHO
 
Aula 6 - Comportamento social
Aula 6 - Comportamento socialAula 6 - Comportamento social
Aula 6 - Comportamento social
 
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoalEncontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
 
Inteligência emocional
Inteligência emocionalInteligência emocional
Inteligência emocional
 
Como lidar com seu chefe
Como lidar com seu chefeComo lidar com seu chefe
Como lidar com seu chefe
 
Aprenda a dizer nao
Aprenda a dizer naoAprenda a dizer nao
Aprenda a dizer nao
 
7 dicas para superar a timidez
7 dicas para superar a timidez7 dicas para superar a timidez
7 dicas para superar a timidez
 
Práticas de recepção - Aula 5
Práticas de recepção - Aula 5Práticas de recepção - Aula 5
Práticas de recepção - Aula 5
 
Assertividade resumido
Assertividade resumidoAssertividade resumido
Assertividade resumido
 
Comunicação e Relações Humanas.pptx
Comunicação e Relações Humanas.pptxComunicação e Relações Humanas.pptx
Comunicação e Relações Humanas.pptx
 
relacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptx
relacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptxrelacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptx
relacionamento interpessoal - Planejamento e Organização do Trabalho.pptx
 
O Advogado Arrogante - Um guia completo para o insucesso
O Advogado Arrogante - Um guia completo para o insucessoO Advogado Arrogante - Um guia completo para o insucesso
O Advogado Arrogante - Um guia completo para o insucesso
 
O problema do meu cliente é meu 4
O problema do meu cliente é meu 4O problema do meu cliente é meu 4
O problema do meu cliente é meu 4
 
Aprenda a negociar com pessoas intimidadoras
Aprenda a negociar com pessoas intimidadorasAprenda a negociar com pessoas intimidadoras
Aprenda a negociar com pessoas intimidadoras
 
Planejamento de recepções
Planejamento de recepçõesPlanejamento de recepções
Planejamento de recepções
 
Woman techmakers BH - Mulheres Ousadas Chegam Mais Longe
Woman techmakers BH - Mulheres Ousadas Chegam Mais LongeWoman techmakers BH - Mulheres Ousadas Chegam Mais Longe
Woman techmakers BH - Mulheres Ousadas Chegam Mais Longe
 
10 regras básicas para um coordenador de eventos
10 regras básicas para um coordenador de eventos10 regras básicas para um coordenador de eventos
10 regras básicas para um coordenador de eventos
 
Administração de conflitos
Administração de conflitosAdministração de conflitos
Administração de conflitos
 
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptxTécnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
 
Liderança assertivadefinitiva
Liderança assertivadefinitivaLiderança assertivadefinitiva
Liderança assertivadefinitiva
 

Mais de Andréa Dantas

Registros de Enfermagem
Registros de EnfermagemRegistros de Enfermagem
Registros de Enfermagem
Andréa Dantas
 
DIABETE MELLITUS; TRATAMENTO E INTERVENÇÃO
DIABETE MELLITUS; TRATAMENTO E INTERVENÇÃODIABETE MELLITUS; TRATAMENTO E INTERVENÇÃO
DIABETE MELLITUS; TRATAMENTO E INTERVENÇÃO
Andréa Dantas
 
MANUAL DE ATENÇÃO NEONATAL MS V1
MANUAL DE ATENÇÃO NEONATAL MS V1MANUAL DE ATENÇÃO NEONATAL MS V1
MANUAL DE ATENÇÃO NEONATAL MS V1
Andréa Dantas
 
Calculo de medicação
Calculo de medicaçãoCalculo de medicação
Calculo de medicação
Andréa Dantas
 
MANUAL DO CUIDADOR DE IDOSOS MS
MANUAL DO CUIDADOR DE IDOSOS MSMANUAL DO CUIDADOR DE IDOSOS MS
MANUAL DO CUIDADOR DE IDOSOS MS
Andréa Dantas
 
REVISTA INDERME- ENFERMAGEM ATUAL
REVISTA INDERME- ENFERMAGEM ATUALREVISTA INDERME- ENFERMAGEM ATUAL
REVISTA INDERME- ENFERMAGEM ATUAL
Andréa Dantas
 
Crack é possível vencer ms
Crack é possível vencer msCrack é possível vencer ms
Crack é possível vencer ms
Andréa Dantas
 
Cuidado enfermagem na terapia subcutanea
Cuidado enfermagem na terapia subcutaneaCuidado enfermagem na terapia subcutanea
Cuidado enfermagem na terapia subcutanea
Andréa Dantas
 
Avaliação de úlceras por pressão
Avaliação de úlceras por pressãoAvaliação de úlceras por pressão
Avaliação de úlceras por pressão
Andréa Dantas
 
5º sinal vital2
5º sinal vital25º sinal vital2
5º sinal vital2
Andréa Dantas
 
Agir bem é bom
Agir bem é bomAgir bem é bom
Agir bem é bom
Andréa Dantas
 
AUTOMEDICAÇÃO
AUTOMEDICAÇÃOAUTOMEDICAÇÃO
AUTOMEDICAÇÃO
Andréa Dantas
 
OS ASPECTOS DA DOR
OS ASPECTOS DA DOROS ASPECTOS DA DOR
OS ASPECTOS DA DOR
Andréa Dantas
 
JORNAL DOR
JORNAL DORJORNAL DOR
JORNAL DOR
Andréa Dantas
 

Mais de Andréa Dantas (14)

Registros de Enfermagem
Registros de EnfermagemRegistros de Enfermagem
Registros de Enfermagem
 
DIABETE MELLITUS; TRATAMENTO E INTERVENÇÃO
DIABETE MELLITUS; TRATAMENTO E INTERVENÇÃODIABETE MELLITUS; TRATAMENTO E INTERVENÇÃO
DIABETE MELLITUS; TRATAMENTO E INTERVENÇÃO
 
MANUAL DE ATENÇÃO NEONATAL MS V1
MANUAL DE ATENÇÃO NEONATAL MS V1MANUAL DE ATENÇÃO NEONATAL MS V1
MANUAL DE ATENÇÃO NEONATAL MS V1
 
Calculo de medicação
Calculo de medicaçãoCalculo de medicação
Calculo de medicação
 
MANUAL DO CUIDADOR DE IDOSOS MS
MANUAL DO CUIDADOR DE IDOSOS MSMANUAL DO CUIDADOR DE IDOSOS MS
MANUAL DO CUIDADOR DE IDOSOS MS
 
REVISTA INDERME- ENFERMAGEM ATUAL
REVISTA INDERME- ENFERMAGEM ATUALREVISTA INDERME- ENFERMAGEM ATUAL
REVISTA INDERME- ENFERMAGEM ATUAL
 
Crack é possível vencer ms
Crack é possível vencer msCrack é possível vencer ms
Crack é possível vencer ms
 
Cuidado enfermagem na terapia subcutanea
Cuidado enfermagem na terapia subcutaneaCuidado enfermagem na terapia subcutanea
Cuidado enfermagem na terapia subcutanea
 
Avaliação de úlceras por pressão
Avaliação de úlceras por pressãoAvaliação de úlceras por pressão
Avaliação de úlceras por pressão
 
5º sinal vital2
5º sinal vital25º sinal vital2
5º sinal vital2
 
Agir bem é bom
Agir bem é bomAgir bem é bom
Agir bem é bom
 
AUTOMEDICAÇÃO
AUTOMEDICAÇÃOAUTOMEDICAÇÃO
AUTOMEDICAÇÃO
 
OS ASPECTOS DA DOR
OS ASPECTOS DA DOROS ASPECTOS DA DOR
OS ASPECTOS DA DOR
 
JORNAL DOR
JORNAL DORJORNAL DOR
JORNAL DOR
 

RELAÇÕES INTERPESSOAIS

  • 1. Enfª Andréa Dantas Gestora do Trabalho e Educação em Saúde
  • 2. QUANDO ALGUÉM TOMA ALGUMA ATITUDE QUE TE PREJUDICA, VOCÊ? (a)Sai correndo pra reclamar com a primeira pessoa que aparecer na sua frente (b)Deixa para lá (c)Procura conversar com a pessoa, antes de se queixar com alguém, fazendo com que ele compreenda que não agiu corretamente.
  • 3. QUANDO VOCÊ SABE DE ALGUMA COISA QUE NÃO DEVE SER CONTADA PARA NINGUÉM, VOCÊ? (a) Conta para qualquer pessoa (b) Conta só para aqueles com quem você tem mais contato (c) Não conta nada para ninguém
  • 4. QUANDO ALGUM DE SEUS COLEGAS FALA MAL DE OUTRO E PEDE QUE VOCÊ GUARDE SEGREDO, VOCÊ? (a) Vai correndo contar para o colega que foi criticado. (b) Conta para os outros, mas pede que não contem para o que foi criticado. (c) A primeira coisa que você faz é contar para o funcionário que foi alvo da crítica.
  • 5. OS 5 PILARES DO RELACIONAMENTOS INTERPESSOAIS:  Autoconhecimento,  Empatia,  Assertividade,  Cordialidade e  Ética.
  • 6. AUTOCONHECIMENTO. Quais atitudes de outras pessoas que afetam positivamente ou negativamente seu comportamento? Quais atitudes que você tem que afetam positivamente ou negativamente outras pessoas.
  • 7. 3 PASSOS PARA ADQUIRIR AUTO-CONHECIMENTO  OBSERVAÇÃO – Preste atenção em tudo.  QUESTIONAMENTO – Questione todas as atitudes.  ANÁLISE – Tire imagens para auxiliar.
  • 8. EMPATIA  Considerar os outros.  Suas opiniões.  Sentimentos e motivações.  Colocar-se no lugar do outro.  Tratar o outro como gostaria de ser tratado.
  • 9.
  • 10. ASSERTIVIDADE Assertividade é uma competência emocional que determina que um indivíduo consegue tomar uma posição clara, ou seja, não fica "em cima do muro". Uma pessoa assertiva afirma o seu eu e a sua autoestima, demonstra segurança e sabe o que quer e qual alvo pretende alcançar.
  • 11. CORDIALIDADE  Tratar as pessoas com cordialidade é ser gentil, solícito e simpático, é demonstrar consideração pelo o outro de várias formas.  É um ato de fazer o que deve ser feito sem levar em conta quem.
  • 12. OS DEZ PARA MANTER UM BOM RELACIONAMENTO NO TRABALHO 1 - Seja cordial com todos os colegas, mas evite conversas muito pessoal. A vida pessoal de cada um deve ficar fora do âmbito do trabalho. Quanto mais se sabe sobre a vida pessoal de alguém, mais intimidade se adquire. Consequentemente, a intromissão em campos não profissionais.
  • 13. OS DEZ PARA MANTER UM BOM RELACIONAMENTO NO TRABALHO 2 - Escute o que o outro tem a dizer, mas quando for algo que pode gerar um conflito, não leve para o lado pessoal. Aborde a questão em uma reunião. As coisas devem ser tratadas de modo profissional. Isto ajuda a se distanciar das discussões entre duas pessoas.
  • 14. OS DEZ PARA MANTER UM BOM RELACIONAMENTO NO TRABALHO 3 - Seja sorridente, amável, não leve seus problemas pessoais para o trabalho, mas caso não esteja bem consigo mesmo, lembre-se de tratar os outros com gentileza.
  • 15. OS DEZ PARA MANTER UM BOM RELACIONAMENTO NO TRABALHO 4 - Evite apontar o que o colega deixou de fazer. Ocupe-se com sua tarefa. Cada um é responsável pela sua atividade e responde pelo que faz.
  • 16. OS DEZ PARA MANTER UM BOM RELACIONAMENTO NO TRABALHO 5 - Caso precise se defender de alguma acusação, seja firme nas palavras, não perca a paciência, controle a ira e construa argumentos para sua defesa. Tenha domínio próprio.
  • 17. OS DEZ PARA MANTER UM BOM RELACIONAMENTO NO TRABALHO 6 - Procure ser cordial com todos, mas se afaste dos colegas escandalosos, que fazem da raiva, da ira ou do mal-humor uma ferramenta para prejudicar as relações humanas no trabalho.
  • 18. OS DEZ PARA MANTER UM BOM RELACIONAMENTO NO TRABALHO 7 - Faça o melhor que puder na sua função, mas ajude algum colega que pedir sua ajuda. Caso não peça sua ajuda, pergunte primeiro se ele deseja ser ajudado. Às vezes queremos ajudar, mas o outro não deseja ser ajudado.
  • 19. OS DEZ PARA MANTER UM BOM RELACIONAMENTO NO TRABALHO 8 - Veja em cada colega um colaborador. Cada um tem suas dificuldades e suas potencialidades, mas procure ver o lado bom que cada um apresenta. Se virmos apenas o lado difícil das pessoas, a convivência fica insuportável.
  • 20. OS DEZ PARA MANTER UM BOM RELACIONAMENTO NO TRABALHO 9 - Evite brincadeiras que podem ofender. Ser alegre não quer dizer que tenha que ser brincalhão o tempo inteiro, este tipo de pessoa não é agradável e pode deixar os outros pouco à vontade diante de alguém que brinca demais.
  • 21. OS DEZ PARA MANTER UM BOM RELACIONAMENTO NO TRABALHO 10 - Não seja inconveniente. Se algum colega veio com uma roupa, penteado, bolsa, etc. que chama a atenção por não ser bonito, evite dar relevância a estas questões.
  • 22.