SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Condições de vida urbana
As condições de vida urbana ,[object Object],[object Object]
Para as populações ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Para as actividades económicas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Condições de vida urbana ,[object Object]
[object Object]
Saturação das infra-estruturas A insuficiência e ineficácia dos transportes públicos urbanos  e a utilização crescente do transporte individual levaram a congestionamentos e problemas de transito bem como de estacionamento
Habitação e habitabilidade A forte densidade demográfica particularmente nos bairros mais antigos onde a maioria das habitações são alugadas levou ao aparecimento de bairros altamente degradados. Os moradores mesmo quando proprietários tratando na sua maioria de idosos de fracos recursos não possuem rendimentos nem motivação para procederem a obras de beneficiação.
[object Object],[object Object]
[object Object]
Envelhecimento ,[object Object],[object Object]
Desemprego e pobreza ,[object Object],[object Object]
 
Pressão ambiental ,[object Object],[object Object],[object Object]
Ocupação de solos com potencial agrícola
Falta de zonas verdes que possibilitem o lazer

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Evolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesaEvolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesaIlda Bicacro
 
12º o reforço da globalização
12º o reforço da globalização12º o reforço da globalização
12º o reforço da globalizaçãoIlda Bicacro
 
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas UrbanasGeografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas UrbanasRaffaella Ergün
 
Os diferentes tipos de plantas das cidades
Os diferentes tipos de plantas das cidadesOs diferentes tipos de plantas das cidades
Os diferentes tipos de plantas das cidadesrmmpr
 
Evolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesaEvolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesaAna Pais
 
A distribuição espacial das redes de comunicação
A distribuição espacial das redes de comunicaçãoA distribuição espacial das redes de comunicação
A distribuição espacial das redes de comunicaçãoIlda Bicacro
 
Turismo no espaço rural 11-6
Turismo no espaço rural 11-6Turismo no espaço rural 11-6
Turismo no espaço rural 11-6Joao Paulo Curto
 
Desequilíbrios regionais
Desequilíbrios regionaisDesequilíbrios regionais
Desequilíbrios regionaisAna Helena
 
eografiaA organização das áreas urbanas
eografiaA organização das áreas urbanaseografiaA organização das áreas urbanas
eografiaA organização das áreas urbanasbruno oliveira
 
As áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º ano
As áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º anoAs áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º ano
As áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º ano713773
 
renda locativa áreas funcionais lugar central
 renda locativa áreas funcionais lugar central renda locativa áreas funcionais lugar central
renda locativa áreas funcionais lugar centralMinistério da Educação
 
Evolução da população portuguesa – 1950/2008
Evolução da população portuguesa – 1950/2008Evolução da população portuguesa – 1950/2008
Evolução da população portuguesa – 1950/2008Idalina Leite
 
11º ano Línguas e Humanidade - Geografia
11º ano Línguas e Humanidade - Geografia11º ano Línguas e Humanidade - Geografia
11º ano Línguas e Humanidade - GeografiaAna Vilardouro
 

Mais procurados (20)

O Fontismo
O FontismoO Fontismo
O Fontismo
 
Evolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesaEvolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesa
 
As Cidades Cbd
As Cidades CbdAs Cidades Cbd
As Cidades Cbd
 
12º o reforço da globalização
12º o reforço da globalização12º o reforço da globalização
12º o reforço da globalização
 
FunçãO Residenciial
FunçãO ResidenciialFunçãO Residenciial
FunçãO Residenciial
 
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas UrbanasGeografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
 
Funções urbanas (2)
Funções urbanas (2)Funções urbanas (2)
Funções urbanas (2)
 
Os diferentes tipos de plantas das cidades
Os diferentes tipos de plantas das cidadesOs diferentes tipos de plantas das cidades
Os diferentes tipos de plantas das cidades
 
Evolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesaEvolução da população portuguesa
Evolução da população portuguesa
 
A distribuição espacial das redes de comunicação
A distribuição espacial das redes de comunicaçãoA distribuição espacial das redes de comunicação
A distribuição espacial das redes de comunicação
 
Rural versus urbano
Rural versus urbanoRural versus urbano
Rural versus urbano
 
Turismo no espaço rural 11-6
Turismo no espaço rural 11-6Turismo no espaço rural 11-6
Turismo no espaço rural 11-6
 
Desequilíbrios regionais
Desequilíbrios regionaisDesequilíbrios regionais
Desequilíbrios regionais
 
eografiaA organização das áreas urbanas
eografiaA organização das áreas urbanaseografiaA organização das áreas urbanas
eografiaA organização das áreas urbanas
 
Expansão urbana
Expansão urbanaExpansão urbana
Expansão urbana
 
As áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º ano
As áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º anoAs áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º ano
As áreas metropolitanas de Lisboa e Porto - Geografia 11º ano
 
renda locativa áreas funcionais lugar central
 renda locativa áreas funcionais lugar central renda locativa áreas funcionais lugar central
renda locativa áreas funcionais lugar central
 
Evolução da população portuguesa – 1950/2008
Evolução da população portuguesa – 1950/2008Evolução da população portuguesa – 1950/2008
Evolução da população portuguesa – 1950/2008
 
11º ano Línguas e Humanidade - Geografia
11º ano Línguas e Humanidade - Geografia11º ano Línguas e Humanidade - Geografia
11º ano Línguas e Humanidade - Geografia
 
Envelhecimento
EnvelhecimentoEnvelhecimento
Envelhecimento
 

Destaque

Rede urbana nacional
Rede urbana nacionalRede urbana nacional
Rede urbana nacionalCacilda Basto
 
Powerpoint vida urbana
Powerpoint vida urbana Powerpoint vida urbana
Powerpoint vida urbana zefreitas
 
A saturação das infra estruturas
A saturação das infra estruturasA saturação das infra estruturas
A saturação das infra estruturasRicardoFilipe95
 
A Rede Urbana Nacional
A Rede Urbana NacionalA Rede Urbana Nacional
A Rede Urbana NacionalMaria Adelaide
 
8 as condições de vida da população
8 as condições de vida da população8 as condições de vida da população
8 as condições de vida da populaçãoFabrício Colombo
 
Projeto Qualidade De Vida Na Zona Rural
Projeto Qualidade De Vida Na Zona RuralProjeto Qualidade De Vida Na Zona Rural
Projeto Qualidade De Vida Na Zona Ruralflavialazaroto
 
Recuperação e qualidade de vida urbana
Recuperação e qualidade de vida urbanaRecuperação e qualidade de vida urbana
Recuperação e qualidade de vida urbanaOleksandr Kovalchuk
 
Trabalho habitação
Trabalho habitaçãoTrabalho habitação
Trabalho habitaçãoMayjö .
 
Habitação 3
Habitação 3Habitação 3
Habitação 3Mayjö .
 
Artigo patologias e tratamento de fachadas
Artigo patologias e tratamento de fachadas Artigo patologias e tratamento de fachadas
Artigo patologias e tratamento de fachadas joabi
 
Problemas urbanos nas grandes cidades
Problemas urbanos nas grandes cidadesProblemas urbanos nas grandes cidades
Problemas urbanos nas grandes cidadesLUIS ABREU
 
A RecuperaçãO Da Qualidade Urbana 1
A RecuperaçãO Da Qualidade Urbana 1A RecuperaçãO Da Qualidade Urbana 1
A RecuperaçãO Da Qualidade Urbana 1Maria Adelaide
 
Problemas urbanos
Problemas urbanosProblemas urbanos
Problemas urbanosKaryn XP
 
Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto
Áreas Metropolitanas de Lisboa e PortoÁreas Metropolitanas de Lisboa e Porto
Áreas Metropolitanas de Lisboa e PortoIdalina Leite
 
A OrganizaçãO Das áReas Urbanas
A OrganizaçãO Das áReas UrbanasA OrganizaçãO Das áReas Urbanas
A OrganizaçãO Das áReas UrbanasMaria Adelaide
 

Destaque (20)

Geografia11ºano
Geografia11ºanoGeografia11ºano
Geografia11ºano
 
Rede urbana nacional
Rede urbana nacionalRede urbana nacional
Rede urbana nacional
 
Powerpoint vida urbana
Powerpoint vida urbana Powerpoint vida urbana
Powerpoint vida urbana
 
A saturação das infra estruturas
A saturação das infra estruturasA saturação das infra estruturas
A saturação das infra estruturas
 
A Rede Urbana Nacional
A Rede Urbana NacionalA Rede Urbana Nacional
A Rede Urbana Nacional
 
8 as condições de vida da população
8 as condições de vida da população8 as condições de vida da população
8 as condições de vida da população
 
Projeto Qualidade De Vida Na Zona Rural
Projeto Qualidade De Vida Na Zona RuralProjeto Qualidade De Vida Na Zona Rural
Projeto Qualidade De Vida Na Zona Rural
 
Programa polis 1
Programa polis 1Programa polis 1
Programa polis 1
 
Recuperação e qualidade de vida urbana
Recuperação e qualidade de vida urbanaRecuperação e qualidade de vida urbana
Recuperação e qualidade de vida urbana
 
Trabalho habitação
Trabalho habitaçãoTrabalho habitação
Trabalho habitação
 
Habitação 3
Habitação 3Habitação 3
Habitação 3
 
Artigo patologias e tratamento de fachadas
Artigo patologias e tratamento de fachadas Artigo patologias e tratamento de fachadas
Artigo patologias e tratamento de fachadas
 
Problemas urbanos nas grandes cidades
Problemas urbanos nas grandes cidadesProblemas urbanos nas grandes cidades
Problemas urbanos nas grandes cidades
 
Urbanização e problemas urbanos
Urbanização e problemas urbanosUrbanização e problemas urbanos
Urbanização e problemas urbanos
 
A RecuperaçãO Da Qualidade Urbana 1
A RecuperaçãO Da Qualidade Urbana 1A RecuperaçãO Da Qualidade Urbana 1
A RecuperaçãO Da Qualidade Urbana 1
 
A cidade
A cidadeA cidade
A cidade
 
Problemas urbanos
Problemas urbanosProblemas urbanos
Problemas urbanos
 
Os suburbios Geografia
Os suburbios GeografiaOs suburbios Geografia
Os suburbios Geografia
 
Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto
Áreas Metropolitanas de Lisboa e PortoÁreas Metropolitanas de Lisboa e Porto
Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto
 
A OrganizaçãO Das áReas Urbanas
A OrganizaçãO Das áReas UrbanasA OrganizaçãO Das áReas Urbanas
A OrganizaçãO Das áReas Urbanas
 

Semelhante a CondiçOes De Vida Urbana

Problemas urbanos 1ªparte (1)
Problemas urbanos 1ªparte (1)Problemas urbanos 1ªparte (1)
Problemas urbanos 1ªparte (1)InsMonteiro40
 
Apresentação de geo.
Apresentação de geo.Apresentação de geo.
Apresentação de geo.Laguat
 
Nova Friburgo em Transição
Nova Friburgo em TransiçãoNova Friburgo em Transição
Nova Friburgo em TransiçãoFrau Soares
 
9 Problemas Das Cidades
9  Problemas Das Cidades9  Problemas Das Cidades
9 Problemas Das CidadesMayjö .
 
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralA inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralIdalina Leite
 
Geografia 3º teste 8ºano (2013/2014)
Geografia 3º teste 8ºano (2013/2014)Geografia 3º teste 8ºano (2013/2014)
Geografia 3º teste 8ºano (2013/2014)Sofia Meireles
 
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...Universidade Federal Fluminense
 
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social de populações sujeita...
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social de populações sujeita...Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social de populações sujeita...
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social de populações sujeita...Universidade Federal Fluminense
 
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...Universidade Federal Fluminense
 
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralA inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralArthur Rodrigues Lourenço
 
Cidade, ordenamento e ambiente
Cidade, ordenamento e ambienteCidade, ordenamento e ambiente
Cidade, ordenamento e ambienteDébora Neves
 
População portuguesa
População portuguesaPopulação portuguesa
População portuguesaTina Lima
 
2 O Sossego Ou A AgitaçãO
2  O Sossego Ou A AgitaçãO2  O Sossego Ou A AgitaçãO
2 O Sossego Ou A AgitaçãOMayjö .
 

Semelhante a CondiçOes De Vida Urbana (20)

Problemas urbanos 1ªparte (1)
Problemas urbanos 1ªparte (1)Problemas urbanos 1ªparte (1)
Problemas urbanos 1ªparte (1)
 
Apresentação de geo.
Apresentação de geo.Apresentação de geo.
Apresentação de geo.
 
Elaine nascimento
Elaine nascimentoElaine nascimento
Elaine nascimento
 
Nova Friburgo em Transição
Nova Friburgo em TransiçãoNova Friburgo em Transição
Nova Friburgo em Transição
 
9º ano_Aula nº3
9º ano_Aula nº39º ano_Aula nº3
9º ano_Aula nº3
 
9 Problemas Das Cidades
9  Problemas Das Cidades9  Problemas Das Cidades
9 Problemas Das Cidades
 
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralA inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
 
Problemas urbanos
Problemas urbanosProblemas urbanos
Problemas urbanos
 
Geografia 3º teste 8ºano (2013/2014)
Geografia 3º teste 8ºano (2013/2014)Geografia 3º teste 8ºano (2013/2014)
Geografia 3º teste 8ºano (2013/2014)
 
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...
 
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social de populações sujeita...
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social de populações sujeita...Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social de populações sujeita...
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social de populações sujeita...
 
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...
Modelo de mensuração de riscos e vulnerabilidade social a desastres de popula...
 
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralA inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
 
0004
00040004
0004
 
Slide romina
Slide   rominaSlide   romina
Slide romina
 
Cidade, ordenamento e ambiente
Cidade, ordenamento e ambienteCidade, ordenamento e ambiente
Cidade, ordenamento e ambiente
 
M1D2 - Aula 1
M1D2 - Aula 1M1D2 - Aula 1
M1D2 - Aula 1
 
População portuguesa
População portuguesaPopulação portuguesa
População portuguesa
 
Futurologia
FuturologiaFuturologia
Futurologia
 
2 O Sossego Ou A AgitaçãO
2  O Sossego Ou A AgitaçãO2  O Sossego Ou A AgitaçãO
2 O Sossego Ou A AgitaçãO
 

Mais de Maria Adelaide

Mais de Maria Adelaide (10)

Características da população agrícola
Características da população agrícolaCaracterísticas da população agrícola
Características da população agrícola
 
A agricultura
A agriculturaA agricultura
A agricultura
 
Transgênicos
TransgênicosTransgênicos
Transgênicos
 
A politica agrícola comum
A politica agrícola comumA politica agrícola comum
A politica agrícola comum
 
Pac
PacPac
Pac
 
FunçõEs Urbanas
FunçõEs UrbanasFunçõEs Urbanas
FunçõEs Urbanas
 
Morfologia Urbana
Morfologia UrbanaMorfologia Urbana
Morfologia Urbana
 
A Agricultura
A AgriculturaA Agricultura
A Agricultura
 
A ProduçãO Florestal
A ProduçãO FlorestalA ProduçãO Florestal
A ProduçãO Florestal
 
A Politica AgríCola Comum
A Politica AgríCola ComumA Politica AgríCola Comum
A Politica AgríCola Comum
 

Último

Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonAlgumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonRosiniaGonalves
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfSandra Pratas
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturagomescostamma
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
19 de abril - Dia dos Povos Indígenas do Brasil
19 de abril - Dia dos Povos Indígenas do Brasil19 de abril - Dia dos Povos Indígenas do Brasil
19 de abril - Dia dos Povos Indígenas do BrasilMary Alvarenga
 

Último (20)

Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonAlgumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
19 de abril - Dia dos Povos Indígenas do Brasil
19 de abril - Dia dos Povos Indígenas do Brasil19 de abril - Dia dos Povos Indígenas do Brasil
19 de abril - Dia dos Povos Indígenas do Brasil
 

CondiçOes De Vida Urbana

  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7. Saturação das infra-estruturas A insuficiência e ineficácia dos transportes públicos urbanos e a utilização crescente do transporte individual levaram a congestionamentos e problemas de transito bem como de estacionamento
  • 8. Habitação e habitabilidade A forte densidade demográfica particularmente nos bairros mais antigos onde a maioria das habitações são alugadas levou ao aparecimento de bairros altamente degradados. Os moradores mesmo quando proprietários tratando na sua maioria de idosos de fracos recursos não possuem rendimentos nem motivação para procederem a obras de beneficiação.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.  
  • 14.
  • 15. Ocupação de solos com potencial agrícola
  • 16. Falta de zonas verdes que possibilitem o lazer