SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
AS REGIÕES
AGRÁRIAS
Entre Douro e Minho (Norte Litoral)
O Sistema Agrário
 Pequena dimensão
(minifúndio) com
uma dimensão
média de 4.3ha;
 Forma irregular de
parcelas;
 Campos fechados;
 Policultura intensiva;
 Regadio;
Morfologia Agrária: Sistema de culturas:
O Sistema Agrário
 Disperso  Milho
 Feijão Branco
 Produtos hortícolas
(couve, cenoura,
nabo)
 Vinho verde
 Centeio
 Kiwi
Povoamento: Principais culturas:
Criação de gado:
• Bovino em regime
extensivo
O Sistema Agrário
• Pinheiro bravo;
• Eucalipto;
• Carvalho;
Sivilcultura:
Cultura de regadio
Braga, tem dois meses secos,
zona com maior valor de
precipitação
Maior zona com cultura de
regadio em Portugal
continental
madeira
Diferentes culturas
Predominam :
 Culturas temporárias, nomeadamente no
litoral , zona do Porto e Braga, sendo que se
estende a uma pequena parte de Aveiro .
 Prados e as pastagens permanentes, nas
zonas circundantes, predominam no distrito de
Viana do Castelo e nas zonas perto da
barreira de condensação.
Principais produções vegetais e
animais
 Predomina a
horticultura e a
viticultura .
 Zona de
Portugal
continental com
maior mancha
de gado bovino
(leiteiro) .
Problemas da região agrária
• Os campos de exploração são de pequenas
dimensões;
• A população agrícola encontra-se envelhecida (média
nacional é de 63 anos) apesar de ser a região com o
menor índice de envelhecimento. A densidade da
população é fraca, porém tem uma das populações
agrícolas mais numerosas, 19%;
• Não são utilizadas as novas tecnologias, o que faz
com que continuem a utilizar instrumentos
rudimentares;
• Fraca fertilização dos solos portugueses;
• Fraca sustentabilidade social e económica das áreas
rurais;
• Elevado risco de desertificação;
• Insuficiência da formação profissional dos agricultores;
A instrução da população
A maior parte da
população agrícola em
Portugal tem o 1º ciclo ,
sendo que em Entre
Douro e Minho temos
logo a seguir pessoas
com o 2º e 3º ciclos,
sendo que a população
sem escolaridade está
em minoria.
40
35
30
25
Índice de aridez e áreas
montanhosas
 É uma zona muito húmida devido aos fatores já
referidos.
 A zona montanhosa é pouco propícia para a
atividade agrícola, sendo por isso a zona onde
predominam as pastagens.
Fatores naturais e humanos
 Entre Douro e Minho é a região de Portugal
onde temos os maiores valores ao nível da
precipitação, isto deve-se sobretudo á barreira
de condensação.
 A cidade metropolitana do Porto localiza-se
nesta região agrária.
 É uma zona com solos húmidos e férteis.
 Localiza-se no litoral .
Algumas curiosidades
Trabalho realizado por:
Cátia Leite nº2
Mª Inês Gonçalves nº16
Sara Guerra nº21
Vanessa Pinto nº25
11ºL1

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

1.agricultura 1 conceitos_2010-2011
1.agricultura 1 conceitos_2010-20111.agricultura 1 conceitos_2010-2011
1.agricultura 1 conceitos_2010-2011
Helena Saraiva
 
Geografia- Região Agrária dos Açores
Geografia- Região Agrária dos AçoresGeografia- Região Agrária dos Açores
Geografia- Região Agrária dos Açores
Oleksandr Kovalchuk
 
eografiaA organização das áreas urbanas
eografiaA organização das áreas urbanaseografiaA organização das áreas urbanas
eografiaA organização das áreas urbanas
bruno oliveira
 
Agricultura: fatores condicionantes
Agricultura: fatores condicionantesAgricultura: fatores condicionantes
Agricultura: fatores condicionantes
Idalina Leite
 
Geografia A 10 ano - Recursos Marítimos
Geografia A 10 ano - Recursos MarítimosGeografia A 10 ano - Recursos Marítimos
Geografia A 10 ano - Recursos Marítimos
Raffaella Ergün
 
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas UrbanasGeografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Raffaella Ergün
 

Mais procurados (20)

Região agrária do Ribatejo e Oeste.
Região agrária do Ribatejo e Oeste.Região agrária do Ribatejo e Oeste.
Região agrária do Ribatejo e Oeste.
 
Características da população agrícola
Características da população agrícolaCaracterísticas da população agrícola
Características da população agrícola
 
A Agricultura
A AgriculturaA Agricultura
A Agricultura
 
A agricultura portuguesa e a política agrícola comum
A agricultura portuguesa e a política agrícola comumA agricultura portuguesa e a política agrícola comum
A agricultura portuguesa e a política agrícola comum
 
Agricultura 11º ano (exceto PAC)
Agricultura 11º ano (exceto PAC)Agricultura 11º ano (exceto PAC)
Agricultura 11º ano (exceto PAC)
 
Características da agricultura portuguesa
Características da agricultura portuguesaCaracterísticas da agricultura portuguesa
Características da agricultura portuguesa
 
5 04 a implantação do liberalismo em portugal
5 04 a implantação do liberalismo em portugal5 04 a implantação do liberalismo em portugal
5 04 a implantação do liberalismo em portugal
 
As características da rede urbana
As características da rede urbanaAs características da rede urbana
As características da rede urbana
 
1.agricultura 1 conceitos_2010-2011
1.agricultura 1 conceitos_2010-20111.agricultura 1 conceitos_2010-2011
1.agricultura 1 conceitos_2010-2011
 
Geografia- Região Agrária dos Açores
Geografia- Região Agrária dos AçoresGeografia- Região Agrária dos Açores
Geografia- Região Agrária dos Açores
 
Produção agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- AlentejoProdução agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- Alentejo
 
As fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agráriosAs fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agrários
 
eografiaA organização das áreas urbanas
eografiaA organização das áreas urbanaseografiaA organização das áreas urbanas
eografiaA organização das áreas urbanas
 
Atividade piscatória
Atividade piscatóriaAtividade piscatória
Atividade piscatória
 
Distribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesaDistribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesa
 
A Politica AgríCola Comum
A Politica AgríCola ComumA Politica AgríCola Comum
A Politica AgríCola Comum
 
A sociedade no Antigo Regime
A sociedade no Antigo RegimeA sociedade no Antigo Regime
A sociedade no Antigo Regime
 
Agricultura: fatores condicionantes
Agricultura: fatores condicionantesAgricultura: fatores condicionantes
Agricultura: fatores condicionantes
 
Geografia A 10 ano - Recursos Marítimos
Geografia A 10 ano - Recursos MarítimosGeografia A 10 ano - Recursos Marítimos
Geografia A 10 ano - Recursos Marítimos
 
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas UrbanasGeografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
 

Semelhante a As regiões agrárias: Entre Douro e Minho

Horticultura floricultura & fruticultura
Horticultura floricultura & fruticulturaHorticultura floricultura & fruticultura
Horticultura floricultura & fruticultura
Pedro Tomé
 
O mundo rural em portugal
O mundo rural em portugalO mundo rural em portugal
O mundo rural em portugal
Cacilda Basto
 
Regiões Geoeconômicas
Regiões GeoeconômicasRegiões Geoeconômicas
Regiões Geoeconômicas
Pré Master
 
1228694024 diapositivos
1228694024 diapositivos1228694024 diapositivos
1228694024 diapositivos
Pelo Siro
 
Bioma Mata atlântica
Bioma Mata atlânticaBioma Mata atlântica
Bioma Mata atlântica
Felipe Batista
 
Europa meridional2 (mediterrânea)
  Europa meridional2 (mediterrânea)  Europa meridional2 (mediterrânea)
Europa meridional2 (mediterrânea)
Leoo Bianchi
 
Produções agrícolas em Portugal
Produções agrícolas em PortugalProduções agrícolas em Portugal
Produções agrícolas em Portugal
Emília Cabral
 
Regiões Agrárias 2
Regiões Agrárias 2Regiões Agrárias 2
Regiões Agrárias 2
Idalina Leite
 

Semelhante a As regiões agrárias: Entre Douro e Minho (20)

C - Que características apresentam as áreas rurais em Portugal.pdf
C - Que características apresentam as áreas rurais em Portugal.pdfC - Que características apresentam as áreas rurais em Portugal.pdf
C - Que características apresentam as áreas rurais em Portugal.pdf
 
A agricultura
A agriculturaA agricultura
A agricultura
 
Horticultura floricultura & fruticultura
Horticultura floricultura & fruticulturaHorticultura floricultura & fruticultura
Horticultura floricultura & fruticultura
 
Aula 2
Aula 2Aula 2
Aula 2
 
D - Como tem evoluído a atividade agrícola em Portugal.pdf
D - Como tem evoluído a atividade agrícola em Portugal.pdfD - Como tem evoluído a atividade agrícola em Portugal.pdf
D - Como tem evoluído a atividade agrícola em Portugal.pdf
 
A - O que são áreas rurais.pdf
A - O que são áreas rurais.pdfA - O que são áreas rurais.pdf
A - O que são áreas rurais.pdf
 
O mundo rural em portugal
O mundo rural em portugalO mundo rural em portugal
O mundo rural em portugal
 
As áreas rurais em mudança 2
As áreas rurais em mudança 2As áreas rurais em mudança 2
As áreas rurais em mudança 2
 
Seminário
SeminárioSeminário
Seminário
 
Regiões Geoeconômicas
Regiões GeoeconômicasRegiões Geoeconômicas
Regiões Geoeconômicas
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
1228694024 diapositivos
1228694024 diapositivos1228694024 diapositivos
1228694024 diapositivos
 
Bioma Mata atlântica
Bioma Mata atlânticaBioma Mata atlântica
Bioma Mata atlântica
 
Sul – o Brasil
Sul – o BrasilSul – o Brasil
Sul – o Brasil
 
São mateus
São mateusSão mateus
São mateus
 
Europa meridional2 (mediterrânea)
  Europa meridional2 (mediterrânea)  Europa meridional2 (mediterrânea)
Europa meridional2 (mediterrânea)
 
AULA_14_NOV_frAGILIDADES AGRARIAS.pdf
AULA_14_NOV_frAGILIDADES AGRARIAS.pdfAULA_14_NOV_frAGILIDADES AGRARIAS.pdf
AULA_14_NOV_frAGILIDADES AGRARIAS.pdf
 
Produções agrícolas em Portugal
Produções agrícolas em PortugalProduções agrícolas em Portugal
Produções agrícolas em Portugal
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
Regiões Agrárias 2
Regiões Agrárias 2Regiões Agrárias 2
Regiões Agrárias 2
 

Mais de Sara Guerra

Mais de Sara Guerra (11)

Movimentos sociais
Movimentos sociais Movimentos sociais
Movimentos sociais
 
Canal do Suez
Canal do SuezCanal do Suez
Canal do Suez
 
Consumo e estilos de vida - Sociologia
Consumo e estilos de vida - Sociologia Consumo e estilos de vida - Sociologia
Consumo e estilos de vida - Sociologia
 
Biomassa
BiomassaBiomassa
Biomassa
 
D. Dinis - A Mensagem (Fernando Pessoa)
D. Dinis - A Mensagem (Fernando Pessoa)D. Dinis - A Mensagem (Fernando Pessoa)
D. Dinis - A Mensagem (Fernando Pessoa)
 
Os Maias | Capítulo 12
Os Maias | Capítulo 12Os Maias | Capítulo 12
Os Maias | Capítulo 12
 
Intinerário em espaço rural | São Miguel - Açores e Madeira
Intinerário em espaço rural | São Miguel - Açores e MadeiraIntinerário em espaço rural | São Miguel - Açores e Madeira
Intinerário em espaço rural | São Miguel - Açores e Madeira
 
Cesário Verde | Em Petiz - III Parte: Histórias
Cesário Verde | Em Petiz - III Parte: HistóriasCesário Verde | Em Petiz - III Parte: Histórias
Cesário Verde | Em Petiz - III Parte: Histórias
 
Tributos, encargos e rendas medievais
Tributos, encargos e rendas medievaisTributos, encargos e rendas medievais
Tributos, encargos e rendas medievais
 
Declaração e requerimento - tipos de texto
Declaração e requerimento - tipos de texto Declaração e requerimento - tipos de texto
Declaração e requerimento - tipos de texto
 
Vinicius de Moraes - Vida e Obra
Vinicius de Moraes - Vida e ObraVinicius de Moraes - Vida e Obra
Vinicius de Moraes - Vida e Obra
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 

Último (20)

Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 

As regiões agrárias: Entre Douro e Minho

  • 1. AS REGIÕES AGRÁRIAS Entre Douro e Minho (Norte Litoral)
  • 2. O Sistema Agrário  Pequena dimensão (minifúndio) com uma dimensão média de 4.3ha;  Forma irregular de parcelas;  Campos fechados;  Policultura intensiva;  Regadio; Morfologia Agrária: Sistema de culturas:
  • 3. O Sistema Agrário  Disperso  Milho  Feijão Branco  Produtos hortícolas (couve, cenoura, nabo)  Vinho verde  Centeio  Kiwi Povoamento: Principais culturas: Criação de gado: • Bovino em regime extensivo
  • 4. O Sistema Agrário • Pinheiro bravo; • Eucalipto; • Carvalho; Sivilcultura:
  • 5. Cultura de regadio Braga, tem dois meses secos, zona com maior valor de precipitação Maior zona com cultura de regadio em Portugal continental madeira
  • 6. Diferentes culturas Predominam :  Culturas temporárias, nomeadamente no litoral , zona do Porto e Braga, sendo que se estende a uma pequena parte de Aveiro .  Prados e as pastagens permanentes, nas zonas circundantes, predominam no distrito de Viana do Castelo e nas zonas perto da barreira de condensação.
  • 7. Principais produções vegetais e animais  Predomina a horticultura e a viticultura .  Zona de Portugal continental com maior mancha de gado bovino (leiteiro) .
  • 8. Problemas da região agrária • Os campos de exploração são de pequenas dimensões; • A população agrícola encontra-se envelhecida (média nacional é de 63 anos) apesar de ser a região com o menor índice de envelhecimento. A densidade da população é fraca, porém tem uma das populações agrícolas mais numerosas, 19%; • Não são utilizadas as novas tecnologias, o que faz com que continuem a utilizar instrumentos rudimentares; • Fraca fertilização dos solos portugueses; • Fraca sustentabilidade social e económica das áreas rurais; • Elevado risco de desertificação; • Insuficiência da formação profissional dos agricultores;
  • 9. A instrução da população A maior parte da população agrícola em Portugal tem o 1º ciclo , sendo que em Entre Douro e Minho temos logo a seguir pessoas com o 2º e 3º ciclos, sendo que a população sem escolaridade está em minoria. 40 35 30 25
  • 10. Índice de aridez e áreas montanhosas  É uma zona muito húmida devido aos fatores já referidos.  A zona montanhosa é pouco propícia para a atividade agrícola, sendo por isso a zona onde predominam as pastagens.
  • 11. Fatores naturais e humanos  Entre Douro e Minho é a região de Portugal onde temos os maiores valores ao nível da precipitação, isto deve-se sobretudo á barreira de condensação.  A cidade metropolitana do Porto localiza-se nesta região agrária.  É uma zona com solos húmidos e férteis.  Localiza-se no litoral .
  • 13. Trabalho realizado por: Cátia Leite nº2 Mª Inês Gonçalves nº16 Sara Guerra nº21 Vanessa Pinto nº25 11ºL1