SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 51
O PODER DA EMPATIA
O papel do GP no cultivo desta habilidade nas
interações do time
Agile Brazil 2017
PAREANDO...
VAMOS REFLETIR?!
VAMOS REFLETIR?!
● Você acha que o outro compreendeu
seu problema?
● Como você se sentiu ao ver o problema
descrito?
● Você compreendeu o problema do
outro?
"Agilidade é muito mais uma mudança de cultura organizacional do
que o uso de ferramentas e processos específicos. Trata-se de transformação
organizacionale do indivíduo".
- Diana De'Carli, Project Manager, ThoughtWorks
Simpatia
Empatia
Compaixão
Inteligência Emocional é a habilidade de
reconhecer e compreender emoções em si
mesmo e em outras pessoas, e a capacidade
de usar essa consciência para gerenciar seus
comportamentos e relacionamentos.
(Goleman & Boyatzis)
Competências da Inteligência Emocional (Goleman)
● Autopercepção
○ a capacidade de reconhecer minhas próprias emoções e sentimentos
● Autocontrole
○ como eu lido com meus sentimentos
● Automotivação
○ como eu direciono minhas emoções a serviço de um objetivo ou realização pessoal
● Empatia
○ como eu reconheço as emoções na outra pessoa e desenvolvo empatia de
sentimentos
● Habilidades sociais
○ como eu interajo com outros indivíduos, utilizando competências sociais
SIMPATIA
Afinidade. Similitude de ideias. Pessoa que costuma ser agradável, delicada,
afável.
SIMPATIA
● Sinto muito pelo que lhe aconteceu
● Vai ficar tudo bem
● Podia ser pior
EMPATIA
Processo de identificação em que o indivíduo se coloca no lugar do outro e, com
base em suas próprias suposições ou impressões, tenta compreender o
comportamento do outro
EMPATIA
● Eu sinto como você sente
● O que eu faço com este sentimento?
"No século 18, Adam Smith notou que quanto
mais empatia tivermos por alguém que sofre,
mais desejaremos retaliação contra aqueles
que causam esse sofrimento. As pessoas mais
empáticas são também as mais propensas a
represálias violentas".
- Paul Bloom, autor de Against Empathy: The
Case for Rational Compassion
RISCOS DA EMPATIA
Consciente
Inconsciente
Burnout - Exaustão
física e emocional
Dissociação
Despersonalização
Viés de confirmação
Viés de grupo
Fadiga da Compaixão
Ego coletivo
"Um mundo sem empatia seria terrível. Só
precisamos ter o cuidado de evitar usar a
empatia como um guia moral".
- Paul Bloom, autor de Against Empathy: The
Case for Rational Compassion
COMPAIXÃO
Sentimento para com a tragédia pessoal de outrem, acompanhado do desejo
de minorá-la
COMPAIXÃO
● Como eu posso lhe ajudar?
TRANSFORMAR
A EXPERIÊNCIA
DA EMPATIA
EM AÇÃO
COMPASSIVA
"Há uma diferença substancial entre empatia e
compaixão. A empatia é a capacidade de sentir o
que sentem os demais. A compaixão é um estado
superior. É ter o compromisso e as ferramentas
para aliviar o sofrimento.
Umas das coisas mais interessantes que tenho visto
nos circuitos neurais da compaixão é que a área
motora do cérebro é ativada: a compaixão te
capacita para agir, para aliviar o sofrimento".
- Richard Davidson, neurocientista, PhD em neuropsicologia e
pesquisador na área de neurociência afetiva
"A compaixão é quase uma forma objetiva de
empatia, onde você tem espaço suficiente
entre seus sentimentos e os sentimentos da
outra pessoa quando está em posição de
ajudá-la e, finalmente, aliviar o sofrimento
dela, se for necessário".
- Jeff Weiner, CEO LinkedIn
EU COMO GERENTE DE
PROJETOS
Mais do que comandar uma equipe, liderar é inspirar pessoas.
"A ferramenta mais importante de uma pessoa líder, é o seu próprio
exemplo!"
- John Wooden
EU COMO GERENTE DE PROJETOS
EU COMO GERENTE DE PROJETOS
● ESTUDAR (busque o conhecimento)
○ Sobre pessoas
■ Perfil comportamental
■ Níveis de Aprendizagem
■ Crenças/ Valores/ Princípios
■ Cultura
■ Motivações
■ ...
EU COMO GERENTE DE PROJETOS
● ESTUDAR (busque
conhecimento)
○ Sobre empatia
■ Livros
■ Vídeos
■ Artigos
■ Grupo de Estudo
O Poder da Empatia - YouTube
EU COMO GERENTE DE PROJETOS
● AUTO-CONHECIMENTO
○ Terapia/ Coaching
■ Perfil comportamental
■ Níveis de Aprendizagem
■ Crenças/ Valores/ Princípios
■ Cultura
■ Motivações
■ …
EU COMO GERENTE DE PROJETOS
● EXERCITAR A EMPATIA DE FORMA CONSCIENTE
"A empatia é um processo consciente. Requer esforço!".
- Diana De'Carli, Project Manager, ThoughtWorks
EU COMO GERENTE DE PROJETOS
● EXERCITAR A EMPATIA DE FORMA CONSCIENTE
"Fazer um esforço conscientepara colocar-se no lugar de
outras pessoas — inclusive no de nossos "inimigos" — para reconhecer sua
humanidade, individualidade e perspectivas.
- Roman Krznaric, no livro "O poder da empatia. A Arte de se Colocar no Lugar do
Outro para Transformar o Mundo" (2014)
EU COMO GERENTE DE PROJETOS
● EXERCITAR A EMPATIA DE FORMA CONSCIENTE
○ Criar o hábito (exercite)
■ Seja Consciente. Administre isso nas situações.
● Não Julgue
● Seja Sensível
● Compreenda
● Ouça na essência
EU COMO GERENTE DE PROJETOS
● EXERCITAR A EMPATIA DE FORMA CONSCIENTE
○ Criar o hábito (exercite)
■ Busque intencionalmente situações diferentes
● Conheça lugares novos
● Olhe diferente para filmes, conversas, livros
● Conheça pessoas novas, culturas diferentes
EU COMO GERENTE DE PROJETOS
● CULTIVAR PESSOAS
PESSOAS EM PROJETOS
Ambiente complexo. Diversos tipos de pressão e
expectativas
PROJETOS
❏ Problemas complexos
❏ Times com alta capacidade
❏ Técnica
❏ Consultiva
❏ Diversidade
❏ Socioeconômica
❏ Gênero
❏ Etnia
❏ Personalidade
❏ Credo, …
TIMES = PESSOAS
❏ Experiências
❏ Vida
❏ Técnica
❏ Expectativas
❏ Da pessoa
❏ Sobre a pessoa
DESAFIO
● Ambiente complexo
● Times efetivos
● Desenvolvimento pessoal
SITUAÇÕES EM QUE A
EMPATIA É IMPORTANTE
Se colocar no LUGAR DO OUTRO, com COMPAIXÃO.
SITUAÇÕESEMQUEA
EMPATIAÉIMPORTANTE
● INÍCIO DE PROJETO
○ Construir o sentimento de time
SITUAÇÕESEMQUEA
EMPATIAÉIMPORTANTE
● Onboarding
○ Fazer valer os primeiros dias!
SITUAÇÕESEMQUEA
EMPATIAÉIMPORTANTE
● Pareamento
○ Apoiar o par!
SITUAÇÕESEMQUEA
EMPATIAÉIMPORTANTE
● Feedback
SITUAÇÕESEMQUEA
EMPATIAÉIMPORTANTE
● TeamOuting
○ Celebrar!
SITUAÇÕESEMQUEA
EMPATIAÉIMPORTANTE
● Clientes Difíceis
CULTIVAR PESSOAS
Nós crescemos cultivando e apoiando pessoas que se conectam e se dedicam
ao nosso propósito. (Programa de Cultivation - ThoughtWorks Brasil)
CULTIVAR PESSOAS
● O PAPEL DO NOVO GESTOR
Fonte: Imagem do meu Workshop e de Tadeu Marinho (Agile Coach da Knowledge21, sobre "O QUE A
GESTÃO PODE FAZER PARA TE AJUDAR A REALIZAR O SEU MELHOR TRABALHO?" - Scrum Gathering
Rio 2017
CULTIVAR PESSOAS
● TEAMBUILDING
○ Mapas Pessoais
○ Team Outings inclusivos
○ Sessão de Papéis e Expectativas
○ Matriz de competências
CULTIVAR PESSOAS
● PLANO DE ONBOARDING
CULTIVAR PESSOAS
● TÉCNICAS DE PAREAMENTO
○ Estudar e Aplicar
○ Os desafios de parear, que para ele são: (Marcos Brizeno - Consultor
ThoughtWorks)
■ Fadiga — a energia exigida para manter o foco durante o pareamento; e
■ Ego — o desafio de permanecer humilde e evitar discussões improdutivas.
CULTIVAR PESSOAS
● ESTIMULAR A COMUNICAÇÃO NÃO-VIOLENTA (CNV)
"Uma forma de comunicação que nos leva a nos
entregarmos de coração."
- Marshall Rosenberg (livro Comunicação Não-Violenta)
CULTIVAR PESSOAS
● CONSTRUIR GRUPOS DE ESTUDOS SOBRE ASPECTOS HUMANOS
empatia
feedback gestão de conflitos
complexidade de times
comunicação não-violenta (CNV)
conversas difíceis
CULTIVAR PESSOAS
● BUSCAR A REFLEXÃO DO TIME
○ 1:1 (one to one session)
○ Catch-ups
○ Retrospectivas
CULTIVAR PESSOAS
● ESTIMULAR
○ Estudos
○ Auto-conhecimento
○ Exercitar a empatia
"Poderia haver maior milagre do que olharmos com os olhos
do outro por um instante?
- Henry David Thoureau
REFERÊNCIAS
Obrigado(a)!!!
Dúvidas e sugestões:
Kenedy Araújo/ Marcely Santos
karaujo@thoughtworks.com/ mdsantos@thoughtworks.com
@kenedy_araujo/ @marcelydssantos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho em equipe - AConecta
Trabalho em equipe - AConectaTrabalho em equipe - AConecta
Trabalho em equipe - AConectaArthur Araujo
 
Grupos e Equipas de trabalho (RH)
Grupos e Equipas de trabalho (RH)Grupos e Equipas de trabalho (RH)
Grupos e Equipas de trabalho (RH)Nicole Fernandes
 
Liderança e motivação
Liderança e motivaçãoLiderança e motivação
Liderança e motivaçãofrancisleide
 
Gestão De Equipas
Gestão De EquipasGestão De Equipas
Gestão De EquipasDaniel Lopes
 
LiderançA & GestãO De Equipes 1º Passo Como Ser LíDer
LiderançA & GestãO De Equipes   1º Passo   Como Ser LíDerLiderançA & GestãO De Equipes   1º Passo   Como Ser LíDer
LiderançA & GestãO De Equipes 1º Passo Como Ser LíDerCarlos Silva
 
Apresentação Liderança Profissional
Apresentação Liderança ProfissionalApresentação Liderança Profissional
Apresentação Liderança ProfissionalSaber Liderar
 
Gestao e motivacao_de_equipas -manual do formador
Gestao e motivacao_de_equipas -manual do formadorGestao e motivacao_de_equipas -manual do formador
Gestao e motivacao_de_equipas -manual do formadorchdefese
 
Voce s.a. trabalho em equipe
Voce s.a.   trabalho em equipeVoce s.a.   trabalho em equipe
Voce s.a. trabalho em equipeAndre Cardoso
 
Liderança - Jovem Candango
Liderança - Jovem CandangoLiderança - Jovem Candango
Liderança - Jovem CandangoJader Windson
 
Liderança e Gestão de pessoas
Liderança e Gestão de pessoasLiderança e Gestão de pessoas
Liderança e Gestão de pessoasAdriana Reis
 
Faculdade alfredo nasser_Compreendendo equipes nas organizações
Faculdade alfredo nasser_Compreendendo equipes nas organizaçõesFaculdade alfredo nasser_Compreendendo equipes nas organizações
Faculdade alfredo nasser_Compreendendo equipes nas organizaçõesLukas Oliveira
 
Motivação equipe de enfermagem
Motivação equipe de enfermagemMotivação equipe de enfermagem
Motivação equipe de enfermagemBruno Morais Lopes
 

Mais procurados (20)

Trabalho em equipe - AConecta
Trabalho em equipe - AConectaTrabalho em equipe - AConecta
Trabalho em equipe - AConecta
 
Grupos e Equipas de trabalho (RH)
Grupos e Equipas de trabalho (RH)Grupos e Equipas de trabalho (RH)
Grupos e Equipas de trabalho (RH)
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Liderança e motivação
Liderança e motivaçãoLiderança e motivação
Liderança e motivação
 
Gestão De Equipas
Gestão De EquipasGestão De Equipas
Gestão De Equipas
 
LiderançA & GestãO De Equipes 1º Passo Como Ser LíDer
LiderançA & GestãO De Equipes   1º Passo   Como Ser LíDerLiderançA & GestãO De Equipes   1º Passo   Como Ser LíDer
LiderançA & GestãO De Equipes 1º Passo Como Ser LíDer
 
Trabalho em Equipe
Trabalho em EquipeTrabalho em Equipe
Trabalho em Equipe
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Liderança e Trabalho em Equipe
Liderança e Trabalho em EquipeLiderança e Trabalho em Equipe
Liderança e Trabalho em Equipe
 
Apresentação Liderança Profissional
Apresentação Liderança ProfissionalApresentação Liderança Profissional
Apresentação Liderança Profissional
 
Gestao e motivacao_de_equipas -manual do formador
Gestao e motivacao_de_equipas -manual do formadorGestao e motivacao_de_equipas -manual do formador
Gestao e motivacao_de_equipas -manual do formador
 
Voce s.a. trabalho em equipe
Voce s.a.   trabalho em equipeVoce s.a.   trabalho em equipe
Voce s.a. trabalho em equipe
 
Aula 06 lideranca-equipe
Aula 06 lideranca-equipeAula 06 lideranca-equipe
Aula 06 lideranca-equipe
 
Liderança - Jovem Candango
Liderança - Jovem CandangoLiderança - Jovem Candango
Liderança - Jovem Candango
 
Liderança e Gestão de pessoas
Liderança e Gestão de pessoasLiderança e Gestão de pessoas
Liderança e Gestão de pessoas
 
Faculdade alfredo nasser_Compreendendo equipes nas organizações
Faculdade alfredo nasser_Compreendendo equipes nas organizaçõesFaculdade alfredo nasser_Compreendendo equipes nas organizações
Faculdade alfredo nasser_Compreendendo equipes nas organizações
 
Motivação equipe de enfermagem
Motivação equipe de enfermagemMotivação equipe de enfermagem
Motivação equipe de enfermagem
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 

Semelhante a Agile Brazil 2017

comportamento-organizacional.ppt
comportamento-organizacional.pptcomportamento-organizacional.ppt
comportamento-organizacional.pptMaressaCosta9
 
Comportamento Organizacional
Comportamento OrganizacionalComportamento Organizacional
Comportamento Organizacionalguestcda5ca
 
PPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptx
PPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptxPPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptx
PPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptxMatildePaulo1
 
Marcas deixe um legado.final.2012.final
Marcas   deixe um legado.final.2012.finalMarcas   deixe um legado.final.2012.final
Marcas deixe um legado.final.2012.finalIvana M T Hilgert
 
Saia da bolha: use sua capacidade de interagir no mundo da TI
Saia da bolha: use sua capacidade de interagir no mundo da TISaia da bolha: use sua capacidade de interagir no mundo da TI
Saia da bolha: use sua capacidade de interagir no mundo da TIilegra
 
Aspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoas
Aspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoasAspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoas
Aspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoasTurma_do_Marketing
 
Jornada do Crescimento - Módulo:Inteligência Emocional
Jornada do Crescimento - Módulo:Inteligência EmocionalJornada do Crescimento - Módulo:Inteligência Emocional
Jornada do Crescimento - Módulo:Inteligência Emocionalmonicasepeda22
 
Projeto pescar empreendedorismo - 24-07-12
Projeto pescar   empreendedorismo - 24-07-12Projeto pescar   empreendedorismo - 24-07-12
Projeto pescar empreendedorismo - 24-07-12Eve Cuesta
 
Colec o_jogos_cooperativos
Colec  o_jogos_cooperativosColec  o_jogos_cooperativos
Colec o_jogos_cooperativosMarley Marques
 
Introdução à PNL - Programação Neurolinguística
Introdução à PNL - Programação NeurolinguísticaIntrodução à PNL - Programação Neurolinguística
Introdução à PNL - Programação NeurolinguísticaAntonino Silva
 
Palestra Crença de Heroi
Palestra Crença de Heroi Palestra Crença de Heroi
Palestra Crença de Heroi Edhyr Motta
 
Din mica de_grupo__apostila
Din mica de_grupo__apostilaDin mica de_grupo__apostila
Din mica de_grupo__apostilaSolange Montosa
 
Motivacao para-emagrecer
Motivacao para-emagrecerMotivacao para-emagrecer
Motivacao para-emagreceremagrecer
 
relacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptx
relacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptxrelacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptx
relacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptxProfYasminBlanco
 
inMBA - Tema Liderança - Aula 2
inMBA - Tema Liderança - Aula 2inMBA - Tema Liderança - Aula 2
inMBA - Tema Liderança - Aula 2Marcus Pimenta
 
Ludico e Desenvolvimento humano - 2015
Ludico e Desenvolvimento humano - 2015Ludico e Desenvolvimento humano - 2015
Ludico e Desenvolvimento humano - 2015Jean Eudes P. Pasteur
 
Inteligência emocional na gestão de resultados
Inteligência emocional na gestão de resultadosInteligência emocional na gestão de resultados
Inteligência emocional na gestão de resultadostasso-t7
 

Semelhante a Agile Brazil 2017 (20)

comportamento-organizacional.ppt
comportamento-organizacional.pptcomportamento-organizacional.ppt
comportamento-organizacional.ppt
 
Comportamento Organizacional
Comportamento OrganizacionalComportamento Organizacional
Comportamento Organizacional
 
PPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptx
PPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptxPPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptx
PPT - 200822MULHER AGUIA2.0.pptx
 
Marcas deixe um legado.final.2012.final
Marcas   deixe um legado.final.2012.finalMarcas   deixe um legado.final.2012.final
Marcas deixe um legado.final.2012.final
 
Saia da bolha: use sua capacidade de interagir no mundo da TI
Saia da bolha: use sua capacidade de interagir no mundo da TISaia da bolha: use sua capacidade de interagir no mundo da TI
Saia da bolha: use sua capacidade de interagir no mundo da TI
 
Aspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoas
Aspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoasAspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoas
Aspectos comportamentais e éticos na gestão de pessoas
 
Jornada do Crescimento - Módulo:Inteligência Emocional
Jornada do Crescimento - Módulo:Inteligência EmocionalJornada do Crescimento - Módulo:Inteligência Emocional
Jornada do Crescimento - Módulo:Inteligência Emocional
 
Projeto pescar empreendedorismo - 24-07-12
Projeto pescar   empreendedorismo - 24-07-12Projeto pescar   empreendedorismo - 24-07-12
Projeto pescar empreendedorismo - 24-07-12
 
Oficina plug
Oficina plugOficina plug
Oficina plug
 
Colec o_jogos_cooperativos
Colec  o_jogos_cooperativosColec  o_jogos_cooperativos
Colec o_jogos_cooperativos
 
Introdução à PNL - Programação Neurolinguística
Introdução à PNL - Programação NeurolinguísticaIntrodução à PNL - Programação Neurolinguística
Introdução à PNL - Programação Neurolinguística
 
Habilidades Socioemocionais.pdf
Habilidades Socioemocionais.pdfHabilidades Socioemocionais.pdf
Habilidades Socioemocionais.pdf
 
Palestra Crença de Heroi
Palestra Crença de Heroi Palestra Crença de Heroi
Palestra Crença de Heroi
 
Din mica de_grupo__apostila
Din mica de_grupo__apostilaDin mica de_grupo__apostila
Din mica de_grupo__apostila
 
Motivacao para-emagrecer
Motivacao para-emagrecerMotivacao para-emagrecer
Motivacao para-emagrecer
 
relacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptx
relacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptxrelacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptx
relacionalmentointerpessoal-110530140603-phpapp01.pptx
 
Jogos cooperativos
Jogos cooperativosJogos cooperativos
Jogos cooperativos
 
inMBA - Tema Liderança - Aula 2
inMBA - Tema Liderança - Aula 2inMBA - Tema Liderança - Aula 2
inMBA - Tema Liderança - Aula 2
 
Ludico e Desenvolvimento humano - 2015
Ludico e Desenvolvimento humano - 2015Ludico e Desenvolvimento humano - 2015
Ludico e Desenvolvimento humano - 2015
 
Inteligência emocional na gestão de resultados
Inteligência emocional na gestão de resultadosInteligência emocional na gestão de resultados
Inteligência emocional na gestão de resultados
 

Mais de Marcely Santos

O papel da liderança mais humanizada no processo de transformação (1)
O papel da liderança mais humanizada no processo de transformação (1)O papel da liderança mais humanizada no processo de transformação (1)
O papel da liderança mais humanizada no processo de transformação (1)Marcely Santos
 
A importância da comunicação para a pessoa de produto potencializar resultado...
A importância da comunicação para a pessoa de produto potencializar resultado...A importância da comunicação para a pessoa de produto potencializar resultado...
A importância da comunicação para a pessoa de produto potencializar resultado...Marcely Santos
 
A importância de ser protagonista da sua jornada profissional
A importância de ser protagonista da sua jornada profissionalA importância de ser protagonista da sua jornada profissional
A importância de ser protagonista da sua jornada profissionalMarcely Santos
 
O papel da_lideranca_mais_humanizada_no_processo_de_transformacao
O papel da_lideranca_mais_humanizada_no_processo_de_transformacaoO papel da_lideranca_mais_humanizada_no_processo_de_transformacao
O papel da_lideranca_mais_humanizada_no_processo_de_transformacaoMarcely Santos
 
O que aprendemos com o Cebolinha sobre o plano perfeito e infalível.
O que aprendemos com o Cebolinha sobre o plano perfeito e infalível.O que aprendemos com o Cebolinha sobre o plano perfeito e infalível.
O que aprendemos com o Cebolinha sobre o plano perfeito e infalível.Marcely Santos
 
[Agile in the jungle] Alinhamento de Expectativas para uma cadência de entreg...
[Agile in the jungle] Alinhamento de Expectativas para uma cadência de entreg...[Agile in the jungle] Alinhamento de Expectativas para uma cadência de entreg...
[Agile in the jungle] Alinhamento de Expectativas para uma cadência de entreg...Marcely Santos
 
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.Marcely Santos
 
LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADE
LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADELIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADE
LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADEMarcely Santos
 
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.Marcely Santos
 
LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADE
LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADE LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADE
LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADE Marcely Santos
 
PROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOS
PROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOSPROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOS
PROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOSMarcely Santos
 
Alinhamento de expectativas para uma cadência de entregas eficazes e pessoas ...
Alinhamento de expectativas para uma cadência de entregas eficazes e pessoas ...Alinhamento de expectativas para uma cadência de entregas eficazes e pessoas ...
Alinhamento de expectativas para uma cadência de entregas eficazes e pessoas ...Marcely Santos
 
PROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOS
PROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOSPROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOS
PROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOSMarcely Santos
 
A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...
A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...
A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...Marcely Santos
 
O Papel do Analista de Negócios no Mundo Ágil
O Papel do Analista de Negócios no Mundo ÁgilO Papel do Analista de Negócios no Mundo Ágil
O Papel do Analista de Negócios no Mundo ÁgilMarcely Santos
 
A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...
A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...
A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...Marcely Santos
 
Gestão de Tempo: como criar uma cadência de entregas eficazes na sua organiza...
Gestão de Tempo: como criar uma cadência de entregas eficazes na sua organiza...Gestão de Tempo: como criar uma cadência de entregas eficazes na sua organiza...
Gestão de Tempo: como criar uma cadência de entregas eficazes na sua organiza...Marcely Santos
 
Como ser gerente de projetos em uma equipe auto-organizável?
Como ser gerente de projetos em uma equipe auto-organizável?Como ser gerente de projetos em uma equipe auto-organizável?
Como ser gerente de projetos em uma equipe auto-organizável?Marcely Santos
 
Lindando com as 5 disfunções das equipes com práticas de coaching
Lindando com as 5 disfunções das equipes com práticas de coachingLindando com as 5 disfunções das equipes com práticas de coaching
Lindando com as 5 disfunções das equipes com práticas de coachingMarcely Santos
 

Mais de Marcely Santos (20)

O papel da liderança mais humanizada no processo de transformação (1)
O papel da liderança mais humanizada no processo de transformação (1)O papel da liderança mais humanizada no processo de transformação (1)
O papel da liderança mais humanizada no processo de transformação (1)
 
A importância da comunicação para a pessoa de produto potencializar resultado...
A importância da comunicação para a pessoa de produto potencializar resultado...A importância da comunicação para a pessoa de produto potencializar resultado...
A importância da comunicação para a pessoa de produto potencializar resultado...
 
A importância de ser protagonista da sua jornada profissional
A importância de ser protagonista da sua jornada profissionalA importância de ser protagonista da sua jornada profissional
A importância de ser protagonista da sua jornada profissional
 
O papel da_lideranca_mais_humanizada_no_processo_de_transformacao
O papel da_lideranca_mais_humanizada_no_processo_de_transformacaoO papel da_lideranca_mais_humanizada_no_processo_de_transformacao
O papel da_lideranca_mais_humanizada_no_processo_de_transformacao
 
O que aprendemos com o Cebolinha sobre o plano perfeito e infalível.
O que aprendemos com o Cebolinha sobre o plano perfeito e infalível.O que aprendemos com o Cebolinha sobre o plano perfeito e infalível.
O que aprendemos com o Cebolinha sobre o plano perfeito e infalível.
 
[Agile in the jungle] Alinhamento de Expectativas para uma cadência de entreg...
[Agile in the jungle] Alinhamento de Expectativas para uma cadência de entreg...[Agile in the jungle] Alinhamento de Expectativas para uma cadência de entreg...
[Agile in the jungle] Alinhamento de Expectativas para uma cadência de entreg...
 
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
 
LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADE
LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADELIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADE
LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADE
 
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
O desafio de manter a motivação em times distribuídos.
 
LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADE
LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADE LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADE
LIDANDO COM PERCEPÇÕES, EMOÇÕES E MOTIVAÇÃO UTILIZANDO AGILIDADE
 
PROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOS
PROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOSPROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOS
PROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOS
 
Alinhamento de expectativas para uma cadência de entregas eficazes e pessoas ...
Alinhamento de expectativas para uma cadência de entregas eficazes e pessoas ...Alinhamento de expectativas para uma cadência de entregas eficazes e pessoas ...
Alinhamento de expectativas para uma cadência de entregas eficazes e pessoas ...
 
PROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOS
PROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOSPROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOS
PROJETOS ÁGEIS COM CLIENTES REMOTOS: DESAFIOS DA ANÁLISE DE NEGÓCIOS
 
A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...
A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...
A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...
 
O Papel do Analista de Negócios no Mundo Ágil
O Papel do Analista de Negócios no Mundo ÁgilO Papel do Analista de Negócios no Mundo Ágil
O Papel do Analista de Negócios no Mundo Ágil
 
A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...
A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...
A felicidade nasce de um simples sorriso. A cadência de entregas eficazes no ...
 
Gestão de Tempo: como criar uma cadência de entregas eficazes na sua organiza...
Gestão de Tempo: como criar uma cadência de entregas eficazes na sua organiza...Gestão de Tempo: como criar uma cadência de entregas eficazes na sua organiza...
Gestão de Tempo: como criar uma cadência de entregas eficazes na sua organiza...
 
Como ser gerente de projetos em uma equipe auto-organizável?
Como ser gerente de projetos em uma equipe auto-organizável?Como ser gerente de projetos em uma equipe auto-organizável?
Como ser gerente de projetos em uma equipe auto-organizável?
 
Lindando com as 5 disfunções das equipes com práticas de coaching
Lindando com as 5 disfunções das equipes com práticas de coachingLindando com as 5 disfunções das equipes com práticas de coaching
Lindando com as 5 disfunções das equipes com práticas de coaching
 
Scrum Gathering 2018
Scrum Gathering 2018Scrum Gathering 2018
Scrum Gathering 2018
 

Agile Brazil 2017

  • 1. O PODER DA EMPATIA O papel do GP no cultivo desta habilidade nas interações do time Agile Brazil 2017
  • 4. VAMOS REFLETIR?! ● Você acha que o outro compreendeu seu problema? ● Como você se sentiu ao ver o problema descrito? ● Você compreendeu o problema do outro?
  • 5. "Agilidade é muito mais uma mudança de cultura organizacional do que o uso de ferramentas e processos específicos. Trata-se de transformação organizacionale do indivíduo". - Diana De'Carli, Project Manager, ThoughtWorks
  • 6. Simpatia Empatia Compaixão Inteligência Emocional é a habilidade de reconhecer e compreender emoções em si mesmo e em outras pessoas, e a capacidade de usar essa consciência para gerenciar seus comportamentos e relacionamentos. (Goleman & Boyatzis)
  • 7. Competências da Inteligência Emocional (Goleman) ● Autopercepção ○ a capacidade de reconhecer minhas próprias emoções e sentimentos ● Autocontrole ○ como eu lido com meus sentimentos ● Automotivação ○ como eu direciono minhas emoções a serviço de um objetivo ou realização pessoal ● Empatia ○ como eu reconheço as emoções na outra pessoa e desenvolvo empatia de sentimentos ● Habilidades sociais ○ como eu interajo com outros indivíduos, utilizando competências sociais
  • 8. SIMPATIA Afinidade. Similitude de ideias. Pessoa que costuma ser agradável, delicada, afável.
  • 9. SIMPATIA ● Sinto muito pelo que lhe aconteceu ● Vai ficar tudo bem ● Podia ser pior
  • 10. EMPATIA Processo de identificação em que o indivíduo se coloca no lugar do outro e, com base em suas próprias suposições ou impressões, tenta compreender o comportamento do outro
  • 11. EMPATIA ● Eu sinto como você sente ● O que eu faço com este sentimento?
  • 12. "No século 18, Adam Smith notou que quanto mais empatia tivermos por alguém que sofre, mais desejaremos retaliação contra aqueles que causam esse sofrimento. As pessoas mais empáticas são também as mais propensas a represálias violentas". - Paul Bloom, autor de Against Empathy: The Case for Rational Compassion
  • 13. RISCOS DA EMPATIA Consciente Inconsciente Burnout - Exaustão física e emocional Dissociação Despersonalização Viés de confirmação Viés de grupo Fadiga da Compaixão Ego coletivo
  • 14. "Um mundo sem empatia seria terrível. Só precisamos ter o cuidado de evitar usar a empatia como um guia moral". - Paul Bloom, autor de Against Empathy: The Case for Rational Compassion
  • 15. COMPAIXÃO Sentimento para com a tragédia pessoal de outrem, acompanhado do desejo de minorá-la
  • 16. COMPAIXÃO ● Como eu posso lhe ajudar?
  • 17. TRANSFORMAR A EXPERIÊNCIA DA EMPATIA EM AÇÃO COMPASSIVA "Há uma diferença substancial entre empatia e compaixão. A empatia é a capacidade de sentir o que sentem os demais. A compaixão é um estado superior. É ter o compromisso e as ferramentas para aliviar o sofrimento. Umas das coisas mais interessantes que tenho visto nos circuitos neurais da compaixão é que a área motora do cérebro é ativada: a compaixão te capacita para agir, para aliviar o sofrimento". - Richard Davidson, neurocientista, PhD em neuropsicologia e pesquisador na área de neurociência afetiva
  • 18. "A compaixão é quase uma forma objetiva de empatia, onde você tem espaço suficiente entre seus sentimentos e os sentimentos da outra pessoa quando está em posição de ajudá-la e, finalmente, aliviar o sofrimento dela, se for necessário". - Jeff Weiner, CEO LinkedIn
  • 19. EU COMO GERENTE DE PROJETOS Mais do que comandar uma equipe, liderar é inspirar pessoas.
  • 20. "A ferramenta mais importante de uma pessoa líder, é o seu próprio exemplo!" - John Wooden EU COMO GERENTE DE PROJETOS
  • 21. EU COMO GERENTE DE PROJETOS ● ESTUDAR (busque o conhecimento) ○ Sobre pessoas ■ Perfil comportamental ■ Níveis de Aprendizagem ■ Crenças/ Valores/ Princípios ■ Cultura ■ Motivações ■ ...
  • 22. EU COMO GERENTE DE PROJETOS ● ESTUDAR (busque conhecimento) ○ Sobre empatia ■ Livros ■ Vídeos ■ Artigos ■ Grupo de Estudo O Poder da Empatia - YouTube
  • 23. EU COMO GERENTE DE PROJETOS ● AUTO-CONHECIMENTO ○ Terapia/ Coaching ■ Perfil comportamental ■ Níveis de Aprendizagem ■ Crenças/ Valores/ Princípios ■ Cultura ■ Motivações ■ …
  • 24. EU COMO GERENTE DE PROJETOS ● EXERCITAR A EMPATIA DE FORMA CONSCIENTE "A empatia é um processo consciente. Requer esforço!". - Diana De'Carli, Project Manager, ThoughtWorks
  • 25. EU COMO GERENTE DE PROJETOS ● EXERCITAR A EMPATIA DE FORMA CONSCIENTE "Fazer um esforço conscientepara colocar-se no lugar de outras pessoas — inclusive no de nossos "inimigos" — para reconhecer sua humanidade, individualidade e perspectivas. - Roman Krznaric, no livro "O poder da empatia. A Arte de se Colocar no Lugar do Outro para Transformar o Mundo" (2014)
  • 26. EU COMO GERENTE DE PROJETOS ● EXERCITAR A EMPATIA DE FORMA CONSCIENTE ○ Criar o hábito (exercite) ■ Seja Consciente. Administre isso nas situações. ● Não Julgue ● Seja Sensível ● Compreenda ● Ouça na essência
  • 27. EU COMO GERENTE DE PROJETOS ● EXERCITAR A EMPATIA DE FORMA CONSCIENTE ○ Criar o hábito (exercite) ■ Busque intencionalmente situações diferentes ● Conheça lugares novos ● Olhe diferente para filmes, conversas, livros ● Conheça pessoas novas, culturas diferentes
  • 28. EU COMO GERENTE DE PROJETOS ● CULTIVAR PESSOAS
  • 29. PESSOAS EM PROJETOS Ambiente complexo. Diversos tipos de pressão e expectativas
  • 30. PROJETOS ❏ Problemas complexos ❏ Times com alta capacidade ❏ Técnica ❏ Consultiva
  • 31. ❏ Diversidade ❏ Socioeconômica ❏ Gênero ❏ Etnia ❏ Personalidade ❏ Credo, … TIMES = PESSOAS ❏ Experiências ❏ Vida ❏ Técnica ❏ Expectativas ❏ Da pessoa ❏ Sobre a pessoa
  • 32. DESAFIO ● Ambiente complexo ● Times efetivos ● Desenvolvimento pessoal
  • 33. SITUAÇÕES EM QUE A EMPATIA É IMPORTANTE Se colocar no LUGAR DO OUTRO, com COMPAIXÃO.
  • 34. SITUAÇÕESEMQUEA EMPATIAÉIMPORTANTE ● INÍCIO DE PROJETO ○ Construir o sentimento de time
  • 40. CULTIVAR PESSOAS Nós crescemos cultivando e apoiando pessoas que se conectam e se dedicam ao nosso propósito. (Programa de Cultivation - ThoughtWorks Brasil)
  • 41. CULTIVAR PESSOAS ● O PAPEL DO NOVO GESTOR Fonte: Imagem do meu Workshop e de Tadeu Marinho (Agile Coach da Knowledge21, sobre "O QUE A GESTÃO PODE FAZER PARA TE AJUDAR A REALIZAR O SEU MELHOR TRABALHO?" - Scrum Gathering Rio 2017
  • 42. CULTIVAR PESSOAS ● TEAMBUILDING ○ Mapas Pessoais ○ Team Outings inclusivos ○ Sessão de Papéis e Expectativas ○ Matriz de competências
  • 43. CULTIVAR PESSOAS ● PLANO DE ONBOARDING
  • 44. CULTIVAR PESSOAS ● TÉCNICAS DE PAREAMENTO ○ Estudar e Aplicar ○ Os desafios de parear, que para ele são: (Marcos Brizeno - Consultor ThoughtWorks) ■ Fadiga — a energia exigida para manter o foco durante o pareamento; e ■ Ego — o desafio de permanecer humilde e evitar discussões improdutivas.
  • 45. CULTIVAR PESSOAS ● ESTIMULAR A COMUNICAÇÃO NÃO-VIOLENTA (CNV) "Uma forma de comunicação que nos leva a nos entregarmos de coração." - Marshall Rosenberg (livro Comunicação Não-Violenta)
  • 46. CULTIVAR PESSOAS ● CONSTRUIR GRUPOS DE ESTUDOS SOBRE ASPECTOS HUMANOS empatia feedback gestão de conflitos complexidade de times comunicação não-violenta (CNV) conversas difíceis
  • 47. CULTIVAR PESSOAS ● BUSCAR A REFLEXÃO DO TIME ○ 1:1 (one to one session) ○ Catch-ups ○ Retrospectivas
  • 48. CULTIVAR PESSOAS ● ESTIMULAR ○ Estudos ○ Auto-conhecimento ○ Exercitar a empatia
  • 49. "Poderia haver maior milagre do que olharmos com os olhos do outro por um instante? - Henry David Thoureau
  • 51. Obrigado(a)!!! Dúvidas e sugestões: Kenedy Araújo/ Marcely Santos karaujo@thoughtworks.com/ mdsantos@thoughtworks.com @kenedy_araujo/ @marcelydssantos