SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
História Prenúncios de uma nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930  PRENÚNCIOS  DE UMA NOVA ORDEM: A DÉCADA DE 1920 E A REVOLUÇÃO DE 1930
A década de 1920 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],História Prenúncios de uma nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],História Prenúncios de uma nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930
Tenentismo ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],História Prenúncios de uma nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],História Prenúncios de uma nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930
História  Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930  A Coluna Prestes
História  Prenúncios de uma nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930
História  Os prenúncios da nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930 Superar o atraso  Garantir o ingresso na era da modernidade Modelo civilizado, atualizado, cosmopolita Brasilidade, nacionalidade, tradicionalismo  Pano de fundo político  (PCB – FASCISMO) A SEMANA DE ARTE MODERNA NOVAS BASES PARA A NACIONALIDADE
História  Os prenúncios da nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],A SEMANA DE ARTE MODERNA
História Os prenúncios da nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930 MODERNISMO
Os prenúncios da nova ordem: a década de 1920  e a Revolução de 1930 História MODERNISMO
História Um dos cartazes da «Semana», satirizando os grandes  nomes da música, da literatura e da pintura. Os prenúncios da nova ordem: a década de 1920  e a Revolução de 1930 MODERNISMO
História  Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],www.multirio.rj.gov.br O MOVIMENTO DE 1930
História  Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930  ALIANÇA LIBERAL ,[object Object],[object Object]
História   Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930. Getúlio Vargas (ao centro) no comando da Revolução de 1930.  A REVOLUÇÃO DE 1930
História  Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
História  Prenúncios de uma nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930.   Morte do "presidente" João Pessoa ASSASSINATO DE JOÃO PESSOA
Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930 ,[object Object],História REVOLUÇÃO DE 1930
História   Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930.
História  Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930.  AS VERSÕES SOBRE A REVOLUÇÃO DE 1930 ,[object Object],[object Object],[object Object]
História  Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930.  Revisionismo histórico da Revolução de 1930 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Os prenúncios da nova ordem:  década de 1920 e a Revolução de 1930. ERA VARGAS (1930-1945) História
História  Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930.  ANÁLISE DE  BORIS FAUSTO   * A Revolução de 1930 não foi liderada nem pela classe média e nem pelos industriais; * Ela foi liderada por setores heterogêneos; * Contribuiu para a redefinição do papel do Estado na economia;

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A República Velha (1889-1930)
A República Velha (1889-1930)A República Velha (1889-1930)
A República Velha (1889-1930)
Isaquel Silva
 
Redemocratização brasil
Redemocratização brasilRedemocratização brasil
Redemocratização brasil
Fabiana Tonsis
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
Isaquel Silva
 

Mais procurados (20)

Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
 
O governo João Goulart (1961-1964)
O governo João Goulart (1961-1964)O governo João Goulart (1961-1964)
O governo João Goulart (1961-1964)
 
O segundo governo vargas
O segundo governo vargasO segundo governo vargas
O segundo governo vargas
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
 
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
 
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo
Era Vargas – 1937-1945 – O Estado Novo
 
3º ano - Era Vargas 1930-1945
3º ano  - Era Vargas 1930-19453º ano  - Era Vargas 1930-1945
3º ano - Era Vargas 1930-1945
 
A República Velha (1889-1930)
A República Velha (1889-1930)A República Velha (1889-1930)
A República Velha (1889-1930)
 
Brasil Colônia
Brasil ColôniaBrasil Colônia
Brasil Colônia
 
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
 
Redemocratização brasil
Redemocratização brasilRedemocratização brasil
Redemocratização brasil
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
A ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasilA ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasil
 
República Oligárquica
República OligárquicaRepública Oligárquica
República Oligárquica
 
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulãoA Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
 
O império napoleônico
O império napoleônicoO império napoleônico
O império napoleônico
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
 
República Populista (1946-1964)
República Populista (1946-1964)República Populista (1946-1964)
República Populista (1946-1964)
 
Revolucao russa
Revolucao russaRevolucao russa
Revolucao russa
 
07 revolução mexicana
07   revolução mexicana07   revolução mexicana
07 revolução mexicana
 

Semelhante a A década de 1920 e a revolução de 1930

H.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
H.Brasil: Revolução 1930 e Era VargasH.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
H.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
Edvaldo Lopes
 
Revolução de 1930 slide
Revolução de 1930 slideRevolução de 1930 slide
Revolução de 1930 slide
Isabel Aguiar
 
Brasil Republica Velha - declinio
Brasil Republica Velha - declinioBrasil Republica Velha - declinio
Brasil Republica Velha - declinio
Alexandre Protásio
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
Janayna Lira
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
Janayna Lira
 

Semelhante a A década de 1920 e a revolução de 1930 (20)

Brasil: fim da República Velha e Revolução de 1930
Brasil: fim da República Velha e Revolução de 1930Brasil: fim da República Velha e Revolução de 1930
Brasil: fim da República Velha e Revolução de 1930
 
H.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
H.Brasil: Revolução 1930 e Era VargasH.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
H.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
 
Revolução de 1930
Revolução de 1930Revolução de 1930
Revolução de 1930
 
Modernismo Brasileiro - contexto histórico
Modernismo Brasileiro - contexto históricoModernismo Brasileiro - contexto histórico
Modernismo Brasileiro - contexto histórico
 
Era Vargas: a construção de um Brasil novo
Era Vargas: a construção de um Brasil novoEra Vargas: a construção de um Brasil novo
Era Vargas: a construção de um Brasil novo
 
Era Vargas 1930 - 1945
Era Vargas 1930 - 1945Era Vargas 1930 - 1945
Era Vargas 1930 - 1945
 
Revolução de 1930 slide
Revolução de 1930 slideRevolução de 1930 slide
Revolução de 1930 slide
 
REVOLUÇÃO DE 1930 E ERA VARGAS UM PASSEIO PELA A HISTÓRIA.pptx
REVOLUÇÃO DE 1930  E ERA VARGAS UM PASSEIO PELA A HISTÓRIA.pptxREVOLUÇÃO DE 1930  E ERA VARGAS UM PASSEIO PELA A HISTÓRIA.pptx
REVOLUÇÃO DE 1930 E ERA VARGAS UM PASSEIO PELA A HISTÓRIA.pptx
 
Brasil Republica Velha - declinio
Brasil Republica Velha - declinioBrasil Republica Velha - declinio
Brasil Republica Velha - declinio
 
Era vargas governo constitucional
Era vargas   governo constitucionalEra vargas   governo constitucional
Era vargas governo constitucional
 
aula-revoluode1930-140222094305-phpapp01.pptx
aula-revoluode1930-140222094305-phpapp01.pptxaula-revoluode1930-140222094305-phpapp01.pptx
aula-revoluode1930-140222094305-phpapp01.pptx
 
A Era Vargas
A Era VargasA Era Vargas
A Era Vargas
 
Slides de Aula sobre a Revolução de 30
Slides de Aula sobre a Revolução de 30Slides de Aula sobre a Revolução de 30
Slides de Aula sobre a Revolução de 30
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
 
Revoltas sociais
Revoltas sociaisRevoltas sociais
Revoltas sociais
 
História do Brasil - Brasil República - Prof. Alexandre Morais
História do Brasil - Brasil República - Prof. Alexandre MoraisHistória do Brasil - Brasil República - Prof. Alexandre Morais
História do Brasil - Brasil República - Prof. Alexandre Morais
 
A Crise da República Velha
A Crise da República VelhaA Crise da República Velha
A Crise da República Velha
 
Historia9 cidadania
Historia9 cidadaniaHistoria9 cidadania
Historia9 cidadania
 
A era vargas boa (1)
A era vargas boa (1)A era vargas boa (1)
A era vargas boa (1)
 

Mais de Edenilson Morais

As origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtAs origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendt
Edenilson Morais
 
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernosA crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
Edenilson Morais
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Edenilson Morais
 
Artigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidadeArtigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidade
Edenilson Morais
 

Mais de Edenilson Morais (20)

Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do MaranhãoSimulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
 
Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem
 
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
 
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade culturalHistória do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
 
História de mato grosso período colonial
História de mato grosso   período colonialHistória de mato grosso   período colonial
História de mato grosso período colonial
 
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
 
Sociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel FoucaltSociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel Foucalt
 
A nova historia cultural
A nova historia culturalA nova historia cultural
A nova historia cultural
 
Guerraspunicas
GuerraspunicasGuerraspunicas
Guerraspunicas
 
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
 
As origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtAs origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendt
 
Durkheim suicidio
Durkheim suicidioDurkheim suicidio
Durkheim suicidio
 
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernosA crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
 
Sociologia globalização
Sociologia globalizaçãoSociologia globalização
Sociologia globalização
 
A visão da afro
A visão da afroA visão da afro
A visão da afro
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
 
Cartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerraCartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerra
 
Sociologia resumo
Sociologia resumoSociologia resumo
Sociologia resumo
 
Artigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidadeArtigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidade
 
Weber e o capitalismo
Weber e o capitalismoWeber e o capitalismo
Weber e o capitalismo
 

Último

ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 

A década de 1920 e a revolução de 1930

  • 1. História Prenúncios de uma nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930 PRENÚNCIOS DE UMA NOVA ORDEM: A DÉCADA DE 1920 E A REVOLUÇÃO DE 1930
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6. História Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930 A Coluna Prestes
  • 7. História Prenúncios de uma nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930
  • 8. História Os prenúncios da nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930 Superar o atraso Garantir o ingresso na era da modernidade Modelo civilizado, atualizado, cosmopolita Brasilidade, nacionalidade, tradicionalismo Pano de fundo político (PCB – FASCISMO) A SEMANA DE ARTE MODERNA NOVAS BASES PARA A NACIONALIDADE
  • 9.
  • 10. História Os prenúncios da nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930 MODERNISMO
  • 11. Os prenúncios da nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930 História MODERNISMO
  • 12. História Um dos cartazes da «Semana», satirizando os grandes nomes da música, da literatura e da pintura. Os prenúncios da nova ordem: a década de 1920 e a Revolução de 1930 MODERNISMO
  • 13.
  • 14.
  • 15. História Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930. Getúlio Vargas (ao centro) no comando da Revolução de 1930. A REVOLUÇÃO DE 1930
  • 16.
  • 17. História Prenúncios de uma nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930.   Morte do "presidente" João Pessoa ASSASSINATO DE JOÃO PESSOA
  • 18.
  • 19. História Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930.
  • 20.
  • 21.
  • 22. Os prenúncios da nova ordem: década de 1920 e a Revolução de 1930. ERA VARGAS (1930-1945) História
  • 23. História Os prenúncios da nova ordem: A década de 1920 e a Revolução de 1930. ANÁLISE DE BORIS FAUSTO * A Revolução de 1930 não foi liderada nem pela classe média e nem pelos industriais; * Ela foi liderada por setores heterogêneos; * Contribuiu para a redefinição do papel do Estado na economia;