SlideShare uma empresa Scribd logo
Forças e leis de
Newton
Experimento introdução
• https://www.youtube.com/watch?v=5YuZxkwuJeE
Uma força pode causar diferentes efeitos
em um corpo como, por exemplo:
a) imprimir movimento
b) cessar um movimento
c) sustentar um corpo
d) deformar outros corpos
Força
Força resultante:
treino c)
e)
d
)
f
)
Exercício 1
Num cabo-de-guerra, um garoto e duas garotas
puxando a corda para a direita. A força que cada um faz
é: 70 N, 40 N e 30 N. Do outro lado, outros três puxam a
corda para a esquerda, com as forças: 80 N, 60 N e 45
N. Qual o valor, a direção e o sentido da força
resultante?​
Exercício 2
Vinícius observa duas crianças, Caio e João V, empurrarem uma caixa de
brinquedos. Relembrando a aula de física que teve pela manhã ,ele observa o
deslocamento da caixa e faz um desenho representando as forças envolvidas
neste processo, conforme figura. Considerando que a caixa esteja submetida a
duas forças horizontais, nos sentidos representados na figura, de intensidades
F1 = 100N e F2=75 N, ficou pensando em como poderia evitar o deslocamento
da caixa, fazendo com que ela ficasse parada. Concluiu então que para isso
ocorrer uma outra criança deveria exercer uma fora de:
a) 100N, junto com João
b) 100 N, junto com Caio
c) 75N, junto com João
d) 25 N, junto com Caio
e) 25N, junto com João
Marcar apresentação
Atividade avaliativa
Apresentação de experimentos
Em trios
VER SLIDES DOS EXPERIMENTOS
Por que ele caiu?
Inércia: Quanto maior a massa de um corpo maior a sua
INÉRCIA, ou seja, maior é sua tendência de permanecer em
REPOUSO.... ou em MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORME.
Copiar
Primeira Lei de Newton (inércia): cUm objeto em repouso
tende a permanecer em repouso, um objeto em
velocidade constante tende a permanecer em
movimento. Isso muda quando uma força
resultante não nula atua sobre o corpo.
Abrir simulador no phet
Copiar
Segunda Lei de Newton: Todo corpo necessita da ação de
uma força para mudar seu estado (repouso ou movimento)
FR = m . a
Copiar
Exercício 3
Sobre um corpo de massa igual a 20 kg atuam
duas forças de mesma direção e sentidos
opostos que correspondem a 60 N e 20 N.
Determine a aceleração em que esse objeto
movimenta-se.
a) 1 m/s2
b) 2 m/s2
c) 4 m/s2
d) 6 m/s2
e) 8 m/s2
Por que ele caiu??
Terceira Lei de Newton (ação e reação): Quando um corpo
exerce uma força sobre outro, o segundo corpo exerce uma
força sobre o primeiro, de mesma intensidade e direção mas
de sentido oposto.
Copiar
Exercício 4
Associe a Coluna I com a Coluna II.
Coluna I:
1) Quando um garoto joga um carrinho, para que ele se desloque pelo chão,
faz com que este adquira uma aceleração.
2) Uma pessoa tropeça e cai batendo no chão. A pessoa se machuca porque
o chão bate na pessoa.
3) Um garoto está andando com um skate, quando o skate bate numa pedra
parando. O garoto é, então, lançado para frente.
Coluna II
( ) terceira lei de Newton (lei da ação e reação)
( ) primeira lei de Newton (lei da inércia)
( ) segunda lei de Newton (F=m.a)
Por que
o
astronau
ta
parece
pular?
Força peso: P= m . g
massa dada em quilograma
gravidade da Terra=9,8 m/s2
Copiar
Massa gato = 5 kg
Copiar
Força peso: P= m . g
massa dada em quilograma
gravidade da Terra=9,8 m/s2
Exercício 5
O peso de um objeto na lua é de 48 N.
Determine o peso desse objeto na Terra.
Dados: Gravidade da Terra = 10 m/s2;
Gravidade da lua = 1,6 m/s2.
a) 350 N
b) 300 N
c) 200 N
d) 150 N
e) 50 N
Exercício 6
Na Terra, onde a aceleração da gravidade é
igual a 9,8 m/s², um corpo pesa 196 N. Na Lua,
onde a gravidade é de aproximadamente 1,6
m/s², o peso desse corpo será de:
a) 360 N.
b) 320 N.
c) 720 N.
d) 32 N.
Força normal: força atribuída
a mesa, teto, parede e mesa
Copiar
Força tração: força atribuída a
cordas e fios
Copiar
Força contato: força atribuída
a interação entre corpos de
dimensões parecidas
Copiar
Força elástica: E= k . x
Constante da mola
deformação da mola
Copiar
Exercício 7
Uma mola possui constante elástica cujo valor é
de 50 N/m. Se a comprimirmos em 20 cm, qual
é o valor da força elástica obtida?
a) 25 N
b) 250 N
c) 1000 N
d) 100 N
e) 10 N
Exercício 8
Uma mola é puxada com uma força de 150 N e
possui constante elástica de 1,5 kN/m.
Determine o valor da deformação sofrida pela
mola, em centímetros:
a) 0,1
b) 15
c) 150
d) 100
e) 10
No google sala de aula
MARCAR PROVA INDIVIDUAL
Pode usar a calculadora.
Não a do celular.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx

AULAS 2° E Karine Felix.pptx
AULAS 2° E Karine Felix.pptxAULAS 2° E Karine Felix.pptx
AULAS 2° E Karine Felix.pptx
Karine Felix
 
AULAS 3° C Karine Felix.pptx
AULAS 3° C Karine Felix.pptxAULAS 3° C Karine Felix.pptx
AULAS 3° C Karine Felix.pptx
Karine Felix
 
AULA 1º SERIE CEMVS (ALUNO) PARTE 1 - 3º BIM DINAMICA - LEIS DE NEWTON 15 08 ...
AULA 1º SERIE CEMVS (ALUNO) PARTE 1 - 3º BIM DINAMICA - LEIS DE NEWTON 15 08 ...AULA 1º SERIE CEMVS (ALUNO) PARTE 1 - 3º BIM DINAMICA - LEIS DE NEWTON 15 08 ...
AULA 1º SERIE CEMVS (ALUNO) PARTE 1 - 3º BIM DINAMICA - LEIS DE NEWTON 15 08 ...
MarcosOntonio
 
Apostila leis de newton
Apostila leis de newtonApostila leis de newton
Apostila leis de newton
littlevic4
 
07 leis de newtons
07 leis de newtons07 leis de newtons
07 leis de newtons
carlos monteiro
 
Em trânsito forças - causas de movimento - leis de newton
Em trânsito   forças - causas de movimento - leis de newtonEm trânsito   forças - causas de movimento - leis de newton
Em trânsito forças - causas de movimento - leis de newton
Fisica-Quimica
 
Aula Experimental 2.docx
Aula Experimental 2.docxAula Experimental 2.docx
Aula Experimental 2.docx
DirceGrein
 
9 ano leis de newton
9 ano leis de newton9 ano leis de newton
9 ano leis de newton
crisbassanimedeiros
 
Lista ciclo1 revisão
Lista ciclo1 revisãoLista ciclo1 revisão
Lista ciclo1 revisão
fisicadu
 
Aula 05 mecância - dinâmica - leis de newton
Aula 05   mecância - dinâmica - leis de newtonAula 05   mecância - dinâmica - leis de newton
Aula 05 mecância - dinâmica - leis de newton
Jonatas Carlos
 
( Aula 6 ) Dinâmica ( Leis de Newton ).ppt
( Aula 6 ) Dinâmica ( Leis de Newton ).ppt( Aula 6 ) Dinâmica ( Leis de Newton ).ppt
( Aula 6 ) Dinâmica ( Leis de Newton ).ppt
LindomarBento1
 
Aula6 força movimento
Aula6 força movimentoAula6 força movimento
Aula6 força movimento
Weslley Murdock
 
Listade exercicios Leis de Newton
Listade exercicios Leis de NewtonListade exercicios Leis de Newton
Listade exercicios Leis de Newton
Maria Gleides
 
AS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICA
AS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICAAS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICA
AS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICA
MarcellusPinheiro1
 
Leis de newton
Leis de newton Leis de newton
Leis de newton
Simone Martins
 
Leis de Newton - Slide.pptx
Leis de Newton - Slide.pptxLeis de Newton - Slide.pptx
Leis de Newton - Slide.pptx
JonathasAureliano1
 
LEIS DE NEWTON 2 - 1ª EDIÇÃO 2015.pptx
LEIS DE NEWTON 2 - 1ª EDIÇÃO 2015.pptxLEIS DE NEWTON 2 - 1ª EDIÇÃO 2015.pptx
LEIS DE NEWTON 2 - 1ª EDIÇÃO 2015.pptx
cristianecanella
 
Conteúdo de Física para a prova do CBM.pptx
Conteúdo de Física para a prova do CBM.pptxConteúdo de Física para a prova do CBM.pptx
Conteúdo de Física para a prova do CBM.pptx
williancardx
 
Recuperação de física 9º ano 2º período
Recuperação de física 9º ano  2º períodoRecuperação de física 9º ano  2º período
Recuperação de física 9º ano 2º período
Renan Silva
 
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
Nalu Lima
 

Semelhante a Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx (20)

AULAS 2° E Karine Felix.pptx
AULAS 2° E Karine Felix.pptxAULAS 2° E Karine Felix.pptx
AULAS 2° E Karine Felix.pptx
 
AULAS 3° C Karine Felix.pptx
AULAS 3° C Karine Felix.pptxAULAS 3° C Karine Felix.pptx
AULAS 3° C Karine Felix.pptx
 
AULA 1º SERIE CEMVS (ALUNO) PARTE 1 - 3º BIM DINAMICA - LEIS DE NEWTON 15 08 ...
AULA 1º SERIE CEMVS (ALUNO) PARTE 1 - 3º BIM DINAMICA - LEIS DE NEWTON 15 08 ...AULA 1º SERIE CEMVS (ALUNO) PARTE 1 - 3º BIM DINAMICA - LEIS DE NEWTON 15 08 ...
AULA 1º SERIE CEMVS (ALUNO) PARTE 1 - 3º BIM DINAMICA - LEIS DE NEWTON 15 08 ...
 
Apostila leis de newton
Apostila leis de newtonApostila leis de newton
Apostila leis de newton
 
07 leis de newtons
07 leis de newtons07 leis de newtons
07 leis de newtons
 
Em trânsito forças - causas de movimento - leis de newton
Em trânsito   forças - causas de movimento - leis de newtonEm trânsito   forças - causas de movimento - leis de newton
Em trânsito forças - causas de movimento - leis de newton
 
Aula Experimental 2.docx
Aula Experimental 2.docxAula Experimental 2.docx
Aula Experimental 2.docx
 
9 ano leis de newton
9 ano leis de newton9 ano leis de newton
9 ano leis de newton
 
Lista ciclo1 revisão
Lista ciclo1 revisãoLista ciclo1 revisão
Lista ciclo1 revisão
 
Aula 05 mecância - dinâmica - leis de newton
Aula 05   mecância - dinâmica - leis de newtonAula 05   mecância - dinâmica - leis de newton
Aula 05 mecância - dinâmica - leis de newton
 
( Aula 6 ) Dinâmica ( Leis de Newton ).ppt
( Aula 6 ) Dinâmica ( Leis de Newton ).ppt( Aula 6 ) Dinâmica ( Leis de Newton ).ppt
( Aula 6 ) Dinâmica ( Leis de Newton ).ppt
 
Aula6 força movimento
Aula6 força movimentoAula6 força movimento
Aula6 força movimento
 
Listade exercicios Leis de Newton
Listade exercicios Leis de NewtonListade exercicios Leis de Newton
Listade exercicios Leis de Newton
 
AS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICA
AS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICAAS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICA
AS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICA
 
Leis de newton
Leis de newton Leis de newton
Leis de newton
 
Leis de Newton - Slide.pptx
Leis de Newton - Slide.pptxLeis de Newton - Slide.pptx
Leis de Newton - Slide.pptx
 
LEIS DE NEWTON 2 - 1ª EDIÇÃO 2015.pptx
LEIS DE NEWTON 2 - 1ª EDIÇÃO 2015.pptxLEIS DE NEWTON 2 - 1ª EDIÇÃO 2015.pptx
LEIS DE NEWTON 2 - 1ª EDIÇÃO 2015.pptx
 
Conteúdo de Física para a prova do CBM.pptx
Conteúdo de Física para a prova do CBM.pptxConteúdo de Física para a prova do CBM.pptx
Conteúdo de Física para a prova do CBM.pptx
 
Recuperação de física 9º ano 2º período
Recuperação de física 9º ano  2º períodoRecuperação de física 9º ano  2º período
Recuperação de física 9º ano 2º período
 
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
 

Último

UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 

Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx

  • 1. Forças e leis de Newton
  • 3. Uma força pode causar diferentes efeitos em um corpo como, por exemplo: a) imprimir movimento b) cessar um movimento c) sustentar um corpo d) deformar outros corpos Força
  • 5. Exercício 1 Num cabo-de-guerra, um garoto e duas garotas puxando a corda para a direita. A força que cada um faz é: 70 N, 40 N e 30 N. Do outro lado, outros três puxam a corda para a esquerda, com as forças: 80 N, 60 N e 45 N. Qual o valor, a direção e o sentido da força resultante?​
  • 6. Exercício 2 Vinícius observa duas crianças, Caio e João V, empurrarem uma caixa de brinquedos. Relembrando a aula de física que teve pela manhã ,ele observa o deslocamento da caixa e faz um desenho representando as forças envolvidas neste processo, conforme figura. Considerando que a caixa esteja submetida a duas forças horizontais, nos sentidos representados na figura, de intensidades F1 = 100N e F2=75 N, ficou pensando em como poderia evitar o deslocamento da caixa, fazendo com que ela ficasse parada. Concluiu então que para isso ocorrer uma outra criança deveria exercer uma fora de: a) 100N, junto com João b) 100 N, junto com Caio c) 75N, junto com João d) 25 N, junto com Caio e) 25N, junto com João
  • 7. Marcar apresentação Atividade avaliativa Apresentação de experimentos Em trios VER SLIDES DOS EXPERIMENTOS
  • 8. Por que ele caiu?
  • 9. Inércia: Quanto maior a massa de um corpo maior a sua INÉRCIA, ou seja, maior é sua tendência de permanecer em REPOUSO.... ou em MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORME. Copiar
  • 10. Primeira Lei de Newton (inércia): cUm objeto em repouso tende a permanecer em repouso, um objeto em velocidade constante tende a permanecer em movimento. Isso muda quando uma força resultante não nula atua sobre o corpo. Abrir simulador no phet Copiar
  • 11. Segunda Lei de Newton: Todo corpo necessita da ação de uma força para mudar seu estado (repouso ou movimento) FR = m . a Copiar
  • 12. Exercício 3 Sobre um corpo de massa igual a 20 kg atuam duas forças de mesma direção e sentidos opostos que correspondem a 60 N e 20 N. Determine a aceleração em que esse objeto movimenta-se. a) 1 m/s2 b) 2 m/s2 c) 4 m/s2 d) 6 m/s2 e) 8 m/s2
  • 13. Por que ele caiu??
  • 14. Terceira Lei de Newton (ação e reação): Quando um corpo exerce uma força sobre outro, o segundo corpo exerce uma força sobre o primeiro, de mesma intensidade e direção mas de sentido oposto. Copiar
  • 15. Exercício 4 Associe a Coluna I com a Coluna II. Coluna I: 1) Quando um garoto joga um carrinho, para que ele se desloque pelo chão, faz com que este adquira uma aceleração. 2) Uma pessoa tropeça e cai batendo no chão. A pessoa se machuca porque o chão bate na pessoa. 3) Um garoto está andando com um skate, quando o skate bate numa pedra parando. O garoto é, então, lançado para frente. Coluna II ( ) terceira lei de Newton (lei da ação e reação) ( ) primeira lei de Newton (lei da inércia) ( ) segunda lei de Newton (F=m.a)
  • 17. Força peso: P= m . g massa dada em quilograma gravidade da Terra=9,8 m/s2 Copiar Massa gato = 5 kg
  • 18. Copiar Força peso: P= m . g massa dada em quilograma gravidade da Terra=9,8 m/s2
  • 19. Exercício 5 O peso de um objeto na lua é de 48 N. Determine o peso desse objeto na Terra. Dados: Gravidade da Terra = 10 m/s2; Gravidade da lua = 1,6 m/s2. a) 350 N b) 300 N c) 200 N d) 150 N e) 50 N
  • 20. Exercício 6 Na Terra, onde a aceleração da gravidade é igual a 9,8 m/s², um corpo pesa 196 N. Na Lua, onde a gravidade é de aproximadamente 1,6 m/s², o peso desse corpo será de: a) 360 N. b) 320 N. c) 720 N. d) 32 N.
  • 21. Força normal: força atribuída a mesa, teto, parede e mesa Copiar
  • 22. Força tração: força atribuída a cordas e fios Copiar
  • 23. Força contato: força atribuída a interação entre corpos de dimensões parecidas Copiar
  • 24. Força elástica: E= k . x Constante da mola deformação da mola Copiar
  • 25. Exercício 7 Uma mola possui constante elástica cujo valor é de 50 N/m. Se a comprimirmos em 20 cm, qual é o valor da força elástica obtida? a) 25 N b) 250 N c) 1000 N d) 100 N e) 10 N
  • 26. Exercício 8 Uma mola é puxada com uma força de 150 N e possui constante elástica de 1,5 kN/m. Determine o valor da deformação sofrida pela mola, em centímetros: a) 0,1 b) 15 c) 150 d) 100 e) 10
  • 27. No google sala de aula
  • 28. MARCAR PROVA INDIVIDUAL Pode usar a calculadora. Não a do celular.