O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Planejamento Estratégico

1.032 visualizações

Publicada em

Apresentação de conceitos básicos de ferramentas de planejamento estratégicos, utilizados no mundo dos negócios

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

Planejamento Estratégico

  1. 1. 1 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Ferramentas deFerramentas de Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico Me. Robson Soares Costa
  2. 2. 2 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 “O homem só se move para evitar a dor ou procurar prazer” (Michel Porter)
  3. 3. 3 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 SWOTSWOT O Planejamento Estratégico deve buscar (conhecer) e utilizar melhor os Pontos Fortes, eliminando, ou adequando, seus Pontos Fracos, conhecendo e usufruindo as Oportunidades externas, afastando, ou reduzindo, o impacto negativo das Ameaças.
  4. 4. 4 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 DIAGNÓSTICO: INTERNODIAGNÓSTICO: INTERNO “Pontos fortes”: são variáveis internas e controláveis que propiciam uma condição favorável para a organização, em relação ao seu ambiente; “Pontos fracos” são variáveis internas e controláveis que provocam uma situação desfavorável para a organização, em relação ao seu ambiente;
  5. 5. 5 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Ponto NeutroPonto Neutro Para alguns especialistas, junto com os pontos fortes e fracos, apareceria em determinado momento, uma variável que, embora identificada pela organização, não estaria em condições de ser classificada como ponto forte ou fraco. Exemplo: tecnologia.
  6. 6. 6 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 DIAGNÓSTICO: EXTERNODIAGNÓSTICO: EXTERNO “Oportunidade” são variáveis externas e não controláveis pela organização, que podem criar condições favoráveis para ela, desde que a mesma tenha condições e/ou interesse de usufruí-las; “Ameaças” são variáveis externas e não controláveis pela organização, que podem criar condições desfavoráveis para a mesma.
  7. 7. 7 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 SWOTSWOT
  8. 8. 8 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 O crescimento de um mercado podeO crescimento de um mercado pode ser considerado uma oportunidade?ser considerado uma oportunidade? Se a organização tiver pontos fortes como recursos financeiros suficientes para financiar seu crescimento, seria um ponto forte; Caso contrário a organização perderia participação no mercado mesmo com igual número de clientes.
  9. 9. 9 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Modelo de Porter (1980)Modelo de Porter (1980)
  10. 10. 10 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 As forças do mercadoAs forças do mercado Qual o poder de barganha dos fornecedores da maior empresa do mundo? Qual o novo entrante que surgiu no mercado de aviação brasileira no final do século passado? Qual a maior ameaça da Gol? Qual o poder de barganha de um cliente de uma empresa de telefonia celular?
  11. 11. 11 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Produtos Substitutos XProdutos Substitutos X AlternativosAlternativos Substitutos: forma diferente e a mesma função. Exemplo: lápis, calculadora e software de contabilidade; Alternativos: forma e função diferentes, mas objetivos iguais. O cinema e restaurante tem o mesmo objetivo: o lazer. Conceito da concorrência total.
  12. 12. 12 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 PESTPEST
  13. 13. 13 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Análise PESTAnálise PEST Fatores políticos referem-se a questões regulamentares que afetam a empresa como regras regulamentares, aspectos legais ou apenas o ambiente político. Fatores econômicos referem-se às forças financeiras atuais que agem no seu mercado-alvo. Avalia aspectos como recessão ou mercado de ações.
  14. 14. 14 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Análise PESTAnálise PEST Fatores sociais referem-se a mudanças nas tendências sociais, modismos ou grupos demográficos que afetam o seu mercado-alvo e suas opiniões atuais. Fatores tecnológicos incluem todas as mudanças tecnológicas que afetam seu produto, seu mercado ou seus esforços de coleta de informações sobre esse mercado.
  15. 15. 15 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Matriz BCGMatriz BCG Boston Consulting GroupBoston Consulting Group BCG é um modelo utilizado para análise de portfólio de produtos ou de unidades de negócio baseado no conceito de ciclo de vida do produto.
  16. 16. 16 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Matriz BCGMatriz BCG “Ponto de interrogação” (também conhecido como "criança-prodígio"): tem a pior característica quanto a fluxo de caixa, pois exige altos investimentos e apresenta baixo retorno e tem baixa participação de mercado. Estrela: exige grandes investimentos e são líderes no mercado, gerando receita. Ficam frequentemente no equilíbrio quanto ao fluxo de caixa.
  17. 17. 17 ©The McGraw-Hill Companies, Inc., 2004 Matriz BCGMatriz BCG  Vaca leiteira: os lucros e a geração de caixa devem ser altos. Como o crescimento do mercado é baixo, poucos investimentos deverão ser exigidos. Pode ser a base de uma empresa.  Abacaxi (também conhecido como "cachorro", "vira-lata" ou "animal de estimação", expressões que não traduzem bem o conceito em português): os "abacaxis" devem ser evitados e minimizados em uma empresa.

×