SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 92
Gestão de Pessoas, Carreira e Remuneração na Advocacia Lara Selem
Credenciais Advogada, Escritora e Consultora em Gestão de Serviços Jurídicos. Executive MBA pela Baldwin Wallace College (EUA), especialista em Gestão de Serviços Jurídicos pela FGV-EDESP (São Paulo, SP) e em Liderança de Empresas de Serviços Profissionais pela Harvard Business School (EUA). Colaboradora da Revista Consulex, Advogados: Mercado & Negócios, Consultor Jurídico e outras. Autora dos livros “Advocacia: Gestão, Marketing & Outras Lendas”, “Estratégia na Advocacia”, “Gestão de Escritório”, “A Reinvenção da Advocacia” e “Gestão Judiciária Estratégica”. laraselem@estrategianaadvocacia.com.br www.estrategianaadvocacia.com.br
Como o trabalho acontece no seu escritório?
Como o serviço prestado ao cliente pode atingir o alto desempenho?
PESSOAS
Empresa de Serviços Profissionais
No tocante a seus colegas e o escritório em si, os advogados exercem três papéis distintos: o de produtores; o de gestores; e de donos. O poder central do escritório está em sua capacidade de moldar o comportamento de seus profissionais individuais, de modo que, em média, esses profissionais coloquem os interesses do escritório à frente de suas próprias necessidades. Reflete a estratégia do escritório com relação ao mercado, isto é, que conjunto de necessidades dos clientes pretende abordar, com que conjunto de capacidades, e contra que concorrentes. Precisa ser implementada pelos mesmos profissionais responsáveis pela construção de relacionamentos com clientes. Alinhamento
Empresa de Serviços Profissionais Presta assessoria jurídica para a comunidade em geral, empresarial ou não. É um trabalho de bastidores. Natureza pessoal e intangível dos serviços. Absoluta dependência de advogados capacitados e motivados. Baseado em relação de confiança.
Evolução do trabalho do Advogado
Alinhamento
Organização TALENTO = fonte de vantagem competitiva Busca e Retenção de talentos Papéis: produtor, gestor, dono Administração do tempo “Controlar” os sócios Liderança Critérios sobre Promoções Políticas de Remuneração Análises de Desempenho
Organização Divisão do trabalho profissional  áreas de produção áreas de apoio Estrutura hierárquica Organograma Jurídico Organograma Administrativo Participação nas decisões Amplitude de comando Autonomia
Cultura Afeta diretamente o comportamento de cada pessoa na banca.  A cultura é um conjunto de indicadores invisíveis que definem como as pessoas se comportam. Analise: Formalidade x Informalidade Liderança hard x Liderança soft Valorização de Pessoas x Valorização de Resultados
Liderança É crítica para o sucesso de qualquer organização. Sem liderança forte, a difusão de poder pelo escritório pode paralisar as decisões e minar o alinhamento. Formadora de consenso e inspiradora. Vinculada diretamente à integração da equipe. Fundamentos básicos do líder: caráter, discernimento, intuição.
Operador do Direito x Advogado Estrela
O trabalho do Advogado Advocacia Judicial Direito aplicável  Pesquisa da lei, doutrina, jurisprudência aplicáveis ao caso Tempo do processo Prazos peremptórios Combatividade e urbanidade Concisão ou prolixidade
O trabalho do Advogado Advocacia Extrajudicial Contenciosa Consultiva Criação, modificação ou extinção de negócios jurídicos Arbitragem Pode atuar como : advogado de parte, consultor de parte, consultor do juízo e árbitro Direção Jurídica em empresas
Papéis no ‘negócio’ Advocacia + risco -
Sistema de Contratação
Formação da Equipe
Sistema de Contratação
Descrição do Cargo
Sistema de Contratação
Perfil da Vaga
Exemplo Advogado Júnior para São Paulo ATRIBUIÇÕES: Levantamento de características societárias de empresas; Apoio área societária e contratual; Verificação de documentos necessários para implementação de planejamento; Atualização de relatórios; Arquivos; Acompanhamento de processos e demandas judiciais; Realizar interface com parceiros; Elaboração de pesquisas jurisprudenciais e doutrinárias.  REQUISITOS: Superior completo em direito. Desejável experiência na área de direito societário ou contratual. Desejável conhecimentos em procedimentos paralegais.  No. de vagas disponíveis: 1
Sistema de Contratação
Anúncio no Jornal
Buscas na Internet
Banco de Currículosno site da Banca
Cartazes em Faculdades
Empresas Especializadas
Sistema de Contratação
Análise de Currículo Não concentre a análise apenas na experiência profissional, mas compare os currículos com os requisitos e exigências do cargo em questão, mantendo apenas aqueles que realmente são condizentes com o cargo.  Avalie as experiências dos candidatos. Histórico profissional e acadêmico são apenas alguns dos indicadores a considerar. Verifique as referências dos candidatos.
Prova Técnica A aplicação da prova técnica avalia a compatibilidade do currículo apresentado à capacidade de produção técnica dentro da vaga a preencher e é uma oportunidade de produção intelectual para gerentes de áreas, tendo em vista necessidade de reciclagem da prova técnica. O resultado da prova técnica deve ser analisado junto com a análise de perfil psicológico, devendo então ser ordenada por desempenho.
Perfil Psicológico Esta fase irá filtrar ainda mais o profissional para a escolha daquele que tenha o perfil mais adequado para trabalhar e se desenvolver no escritório, funcionando ainda como uma ferramenta preventiva. Os testes psicológicos podem revelar detalhes importantes da personalidade do candidato, tais como ansiedade, agressividade, empenho, objetividade, etc.
Alguns testes utilizados P.I. – Sistema “PredictiveIndex” é uma ferramenta que possibilita efetuar levantamento do perfil comportamental dos profissionais atuante ou candidatos na mesma linguagem das funções bem como avaliar as necessidades motivadoras e os comportamentos voltados ao trabalho de cada profissional.
Alguns testes utilizados Grafologia a grafologia procura adaptar o perfil do candidato e suas potencialidades à função da empresa. Com ela é possível analisar o potencial dos profissionais a fim de promover e reorganizar equipes de trabalho.
Entrevista A entrevista deve ser realizada pelo gerente ou sócio da área em que o candidato poderá vir a trabalhar. É o momento de conhecer o candidato de forma mais profunda.  Deve ser feita uma entrevista estruturada, com as mesmas perguntas para todos os candidatos. Não se deve dar conselhos ou criticar. Reapresente o escritório e a vaga, detalhando um pouco mais a rotina de trabalho.  Pode-se começar com questões ligadas à parte pessoal e social, explorando mais profundamente a parte acadêmica e profissional. Confira o nível de interesse do candidato pela oportunidade, explore os salários e benefícios anteriores para verificar se o que está sendo oferecido é compatível com suas necessidades. Devem ser anotadas as impressões do entrevistador.
Sugestões de perguntas Pessoal / familiar / social Fale-me a seu respeito (como pessoa, familiar e profissionalmente) O que gosta de fazer nas horas de folga? Como descreve sua personalidade? Quais são seus pontos fortes? E os fracos? Onde você se vê em cinco anos? Fale-me de algum objetivo que não conseguiu realizar e porque? Quais são suas metas e ambições?
Sugestões de perguntas Profissional Por que você está se candidatando a um cargo em nosso escritório? O que você pode nos oferecer? Por que você está deixando seu emprego atual? Fazendo uma retrospectiva, como você avalia seu ex-empregador? O que você sabe sobre nosso escritório? Por que devemos contratá-lo? O que é mais importante para você profissionalmente? Como você avalia seu desempenho profissional?
Sugestões de perguntas Formação e atualização Como você tem se mantido atualizado em sua área? O que o levou a escolher esta profissão? Informações gerais Explicações sobre o cargo, escritório, remuneração e negociação. Alguma dúvida quanto a essas questões?
Fase de Seleção Após a entrevista deve ser feito um resumo e ao final das entrevistas deve-se reunir com o responsável pela área para qual o profissional está sendo solicitado para troca de idéias, pontos positivos e negativos, lembrando sempre as características necessárias para a vaga. Os candidatos não aproveitados nesta fase podem e devem ser chamados para eventuais novas oportunidades no escritório.  O prazo esperado para toda a seleção é de 15 dias.
Fase de Seleção Independente da fase da seleção, é importante dar retorno aos não selecionados, se possível por e-mail (mais rápido e barato), ou pelo menos informar desde o início que se não receberem retorno até determinada data não estão selecionados.
Sistema de Contratação
Documentação Escolhido o candidato, reunir a documentação necessária para início do processo de contratação: ficha individual,  currículo,  cópia de certificados,  cópia de documentos pessoais, etc. Com a documentação nas mãos, elaborar e colher as assinaturas do contrato.
Pasta Funcional o escritório deve manter uma pasta funcional individual de cada profissional, com seus documentos, resultados de avaliações e demais informações profissionais.  Todos os profissionais que trabalharem no escritório deverão ter uma pasta funcional que deverá conter:  Formulário de Informações de Emergência; Contrato com o escritório; Certificados de cursos; Avaliações de Desempenho e seus resultados; Plano de AutoDesenvolvimento; e outros.
Formulário de Informações de Emergência
Kit ‘boas vindas’ O escritório deve manter uma política de boas vindas, apresentando a cada novo profissional o Manual Interno do escritório, Plano de Carreira e Treinamentos que se fizerem necessários. O escritório pode também preparar um kit de material de escritório personalizado (caneta, bloco, caneca, agenda, etc.). Não esquecer de providenciar senhas, local de trabalho adequado, chaves, etc.
Apresentação à Equipe O profissional deve ser apresentado à sua equipe de trabalho, assim como aos demais profissionais, principalmente quanto ao funcionamento geral do escritório e equipes comuns ao exercício de suas funções.
Formas de Contratação
52 Vínculos com Advogados CLT Associado Prestação de Serviços (PJ) Sócio De Capital De Serviço
53 Empregado (CLT) – R$ 4,0 MIL ADVOGADO IR     27,5% - R$ 423,08 Previd.  11% s/R$ 2.508 Carga		 21,9% R$ 3,1 MIL ESCRITÓRIO Previdência 	20,0% Outros		  6,8% FGTS 		  8,0% 13º Salário 	  8,3% Férias 		11,1% Carga 		54,2% R$ 6,2 MIL
54 Associado (RPA) – R$ 4,0 MIL ADVOGADO IR     27,5% - R$ 423,08 Previd.  11% s/R$ 2.508 ISS 5% Carga		 28,8% R$ 2,8 MIL ESCRITÓRIO Previdência 	20,0% Carga 		20,0% R$ 4,8 MIL
55 Prestação de Serviços PJ – R$ 4,0 MIL ADVOGADO PIS/COFINS/CSOC   4,65% IR			    1,5% Contabilidade       R$ 130 Outros impostos    6,85% OAB Empr.		   R$ 46 Carga		  14,2% R$ 3,4 MIL ESCRITÓRIO 	Sem tributação Carga 		0% R$ 4,0 MIL
56 Sócio – R$ 4,0 MIL ADVOGADO Previdência   7,65% sobre R$ 260 R$ 19,90 Carga		    0,5% R$ 3,98 MIL ESCRITÓRIO Previdência  	 20% s/pró-labore R$ 260 R$ 52,00 Carga		   1,3% R$ 4,05 MIL
57 ,[object Object]
Cautelas contratuais
Comprometimento
Riscos trabalhistas
Política de relacionamento
Plano de carreiraGestão do Vínculo
Degraus de Crescimento
Construa o Futuro, Celebre o Presente e Valorize o Passado
Etapas da Carreira do Advogado
Requisitos Básicos e Específicos
Requisitos Específicos
Crescimento na Carreira (Vertical) Para a passagem de um para outro nível da carreira, o profissional deverá obter crescimento de 5% de um ano pra outro em sua avaliação, durante 2 anos seguidos.  Além do resultado obtido na Avaliação de Desempenho, o profissional deverá ter atingido todos os requisitos básicos e específicos do nível em que se encontra. Contam, ainda, como critérios de promoção:  tempo de casa, resultados financeiros obtidos, cursos extra realizados, produção intelectual, atendimento a clientes, utilização do sistema e demais ferramentas disponibilizadas para otimização do fluxo de trabalho.
Objetivos Coletivos e Individuais
Equilíbrio
Via de duas mãos
Faturamento Geral Índice de visitas a clientes ativos Índice de prospecções Redução de despesas Faturamento por Área Despesas recuperáveis de clientes Horas de Treinamento Checklist de cumprimento de regras Alimentação do Sistema de Controle Produção Intelectual Índice de sugestões e melhoria Avaliação de Desempenho
Objetivo da Equipe Para sabermos se um grupo avançou em direção a um objetivo, devemos obter respostas às perguntas abaixo: A equipe tem um objetivo ? Se tem  mais de um objetivo, eles são compatíveis ? Houve movimento do grupo provocado por alguma atividade coletiva ? Ocorreu movimento na direção do objetivo ?
Fatores para Eficácia da Equipe a relativa clareza do objetivo; o grau em que o objetivo do grupo mobiliza as energias dos seus membros para as atividades do grupo; o grau de conflito, entre os membros, quanto ao objetivo que, entre vários deve controlar as atividades do grupo; o grau de conflito, entre os membros, quanto aos meios empregados pelo grupo para atingir seus objetivos; o grau em que as atividades dos diferentes membros se coordenam, segundo a maneira exigida pelas tarefas do grupo; a disponibilidade de recursosnecessários para o grupo, sejam econômicos, materiais, legais, intelectuais, etc.
Valor Agregado: competências, habilidades e atitudes
Gestão por Competências A Gestão por Competências é uma filosofia de desenvolvimento de talentos nas empresas. Através dela é possível orientar as ações de desenvolvimento no intuito de enriquecer o perfil do colaboradores e potencializar os seus resultados, favorecendo o atingimento de metas e objetivos.  A definição de Competência está baseada numa tríade conhecida como CHA, que são os conhecimentos, as habilidades e as atitudes que uma pessoa possui.
Conhecimentos, Habilidades e Atitudes (CHA) conhecimentos teóricos adquiridos no decorrer da vida, nas escolas, universidades, cursos etc. emoções, valores e sentimentos, comportamentos que temos diante de situações do nosso cotidiano e das tarefas que desenvolvemos no nosso dia-a-dia todo o conhecimento que praticamos aperfeiçoado à habilidade, vivência e domínio do conhecimento
Perfil Ideal Fonte: As melhores Empresas Para Você Trabalhar 2007
O processo de Gestão por Competências = + COMPETÊNCIAS ORGANIZACIONAIS CONHECIMENTO CONTIDO NOS SERVIÇOS JURÍDICOS E PROCESSOS DE TRABALHO CULTURA E VALORES RESULTADO DO NEGÓCIO ‘ADVOCACIA’ = + + COMPETÊNCIAS HUMANAS CONHECIMENTO INDIVIDUAL HABILIDADES ATITUDES DESEMPENHO INDIVIDUAL
Gestão por Competências
Comunicação Capacidade de ouvir, processar e compreender as mensagens situando-as no contexto adequado, expressando-se e argumentando com coerência, usando o feedback de forma a facilitar a interação. 
Conhecimento Capacidade de agregar conceitos, informações, técnicas e experiências práticas, transformando-os em ações e comportamentos que visem a efetividade dos objetivos da organização.
Empreendedorismo Capacidade de buscar e identificar oportunidades de ação, propor e implementar soluções, de forma assertiva, inovadora e adequada.
Foco no Cliente Capacidade de analisar o cenário, além de sua área de atuação, identificando as necessidades e as perspectivas do cliente interno e externo da organização.
Liderança Capacidade de direcionar os esforços de pessoas e grupos para o alcance dos objetivos da instituição, incentivando o aprendizado, facilitando o desenvolvimento de indivíduos e equipes e promovendo um clima motivador e harmônico.
Negociação Capacidade de conciliar interesses divergentes buscando equilíbrio de soluções satisfatórias para as partes envolvidas.
Capacidade de estruturar e estabelecer estratégias, metas e ações, atingindo os resultados esperados, dentro dos prazos e padrões pré-definidos. Orientação a Resultados
Trabalho em Equipe Capacidade de trabalhar em grupo, integrando e respeitando a diversidade de conhecimentos, valores, talentos e personalidades, superando interesses individuais na busca de objetivos comuns.
Visão Sistêmica Capacidade para reconhecer o seu papel, perceber a integração e a interdependência das áreas e demais aspectos que envolvem e compõem a organização, visualizando tendências internas e externas e possíveis ações capazes de influenciar o futuro.
Avaliação de Desempenho

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano de Negócio para Advogados e Escritório de Advocacia
Plano de Negócio para Advogados e Escritório de AdvocaciaPlano de Negócio para Advogados e Escritório de Advocacia
Plano de Negócio para Advogados e Escritório de AdvocaciaFernando Finger Santiago
 
Gestão profissional nos escritórios de advocacia
Gestão profissional nos escritórios de advocaciaGestão profissional nos escritórios de advocacia
Gestão profissional nos escritórios de advocaciaMarco Antonio P. Gonçalves
 
Planejamento e Controle Financeiro para Escritórios de Advocacia
Planejamento e Controle Financeiro para Escritórios de AdvocaciaPlanejamento e Controle Financeiro para Escritórios de Advocacia
Planejamento e Controle Financeiro para Escritórios de AdvocaciaWebJurídico
 
Advocacia Criminal na Prática - Universidade Positivo
Advocacia Criminal na Prática - Universidade PositivoAdvocacia Criminal na Prática - Universidade Positivo
Advocacia Criminal na Prática - Universidade PositivoLara Selem
 
Modelo de Estruturação e Gestão de um escritório de Advocacia
Modelo de Estruturação e Gestão de um escritório de AdvocaciaModelo de Estruturação e Gestão de um escritório de Advocacia
Modelo de Estruturação e Gestão de um escritório de AdvocaciaHudson Mancilha
 
Palestra sobre Advocacia Avançada, por Lara Selem
Palestra sobre Advocacia Avançada, por Lara SelemPalestra sobre Advocacia Avançada, por Lara Selem
Palestra sobre Advocacia Avançada, por Lara SelemLara Selem
 
Gestão e Planejamento Estratégico para Escritório de Advocacia
Gestão e Planejamento Estratégico para Escritório de AdvocaciaGestão e Planejamento Estratégico para Escritório de Advocacia
Gestão e Planejamento Estratégico para Escritório de AdvocaciaFernando Finger Santiago
 
caderno-de-exercicio-departamento-pessoal
caderno-de-exercicio-departamento-pessoalcaderno-de-exercicio-departamento-pessoal
caderno-de-exercicio-departamento-pessoalFabiana Arthur
 
Rescisão contratual de trabalho
Rescisão contratual de trabalhoRescisão contratual de trabalho
Rescisão contratual de trabalhoromeromelosilva
 
Elaboração de Organograma e Estruturação Organizacional
Elaboração de Organograma e Estruturação OrganizacionalElaboração de Organograma e Estruturação Organizacional
Elaboração de Organograma e Estruturação OrganizacionalMilton Henrique do Couto Neto
 
Laboratório de Vendas Jurídicas - Lara Selem
Laboratório de Vendas Jurídicas - Lara SelemLaboratório de Vendas Jurídicas - Lara Selem
Laboratório de Vendas Jurídicas - Lara SelemLara Selem
 
Aula 3 Adm. RH - Recrutamento
Aula 3  Adm. RH - RecrutamentoAula 3  Adm. RH - Recrutamento
Aula 3 Adm. RH - RecrutamentoAngelo Peres
 
Gerenciamento de Recrutamento e Seleção
Gerenciamento de Recrutamento e SeleçãoGerenciamento de Recrutamento e Seleção
Gerenciamento de Recrutamento e SeleçãoRicardo Brandão Broker
 
Gestão de pessoas cargos e salários
Gestão de pessoas cargos e saláriosGestão de pessoas cargos e salários
Gestão de pessoas cargos e saláriosFátima Santos
 
Técnicas de Recrutamento
Técnicas de RecrutamentoTécnicas de Recrutamento
Técnicas de RecrutamentoCarlo Pires
 

Mais procurados (20)

Plano de Negócio para Advogados e Escritório de Advocacia
Plano de Negócio para Advogados e Escritório de AdvocaciaPlano de Negócio para Advogados e Escritório de Advocacia
Plano de Negócio para Advogados e Escritório de Advocacia
 
Gestão profissional nos escritórios de advocacia
Gestão profissional nos escritórios de advocaciaGestão profissional nos escritórios de advocacia
Gestão profissional nos escritórios de advocacia
 
Planejamento e Controle Financeiro para Escritórios de Advocacia
Planejamento e Controle Financeiro para Escritórios de AdvocaciaPlanejamento e Controle Financeiro para Escritórios de Advocacia
Planejamento e Controle Financeiro para Escritórios de Advocacia
 
Advocacia Criminal na Prática - Universidade Positivo
Advocacia Criminal na Prática - Universidade PositivoAdvocacia Criminal na Prática - Universidade Positivo
Advocacia Criminal na Prática - Universidade Positivo
 
Modelo de Estruturação e Gestão de um escritório de Advocacia
Modelo de Estruturação e Gestão de um escritório de AdvocaciaModelo de Estruturação e Gestão de um escritório de Advocacia
Modelo de Estruturação e Gestão de um escritório de Advocacia
 
Palestra sobre Advocacia Avançada, por Lara Selem
Palestra sobre Advocacia Avançada, por Lara SelemPalestra sobre Advocacia Avançada, por Lara Selem
Palestra sobre Advocacia Avançada, por Lara Selem
 
Empreendedorismo para Advogados
Empreendedorismo para AdvogadosEmpreendedorismo para Advogados
Empreendedorismo para Advogados
 
Gestão e Planejamento Estratégico para Escritório de Advocacia
Gestão e Planejamento Estratégico para Escritório de AdvocaciaGestão e Planejamento Estratégico para Escritório de Advocacia
Gestão e Planejamento Estratégico para Escritório de Advocacia
 
Cálculos Trabalhistas
Cálculos TrabalhistasCálculos Trabalhistas
Cálculos Trabalhistas
 
caderno-de-exercicio-departamento-pessoal
caderno-de-exercicio-departamento-pessoalcaderno-de-exercicio-departamento-pessoal
caderno-de-exercicio-departamento-pessoal
 
DEPARTAMENTO PESSOAL
DEPARTAMENTO PESSOALDEPARTAMENTO PESSOAL
DEPARTAMENTO PESSOAL
 
Gestão de cargos e salários
Gestão de cargos e saláriosGestão de cargos e salários
Gestão de cargos e salários
 
Rescisão contratual de trabalho
Rescisão contratual de trabalhoRescisão contratual de trabalho
Rescisão contratual de trabalho
 
Elaboração de Organograma e Estruturação Organizacional
Elaboração de Organograma e Estruturação OrganizacionalElaboração de Organograma e Estruturação Organizacional
Elaboração de Organograma e Estruturação Organizacional
 
Laboratório de Vendas Jurídicas - Lara Selem
Laboratório de Vendas Jurídicas - Lara SelemLaboratório de Vendas Jurídicas - Lara Selem
Laboratório de Vendas Jurídicas - Lara Selem
 
Aula 3 Adm. RH - Recrutamento
Aula 3  Adm. RH - RecrutamentoAula 3  Adm. RH - Recrutamento
Aula 3 Adm. RH - Recrutamento
 
Gerenciamento de Recrutamento e Seleção
Gerenciamento de Recrutamento e SeleçãoGerenciamento de Recrutamento e Seleção
Gerenciamento de Recrutamento e Seleção
 
Gestão de pessoas cargos e salários
Gestão de pessoas cargos e saláriosGestão de pessoas cargos e salários
Gestão de pessoas cargos e salários
 
Remuneração Variável
Remuneração VariávelRemuneração Variável
Remuneração Variável
 
Técnicas de Recrutamento
Técnicas de RecrutamentoTécnicas de Recrutamento
Técnicas de Recrutamento
 

Destaque

Manual de apresentação novos colaboradores - google docs
Manual de apresentação   novos colaboradores - google docsManual de apresentação   novos colaboradores - google docs
Manual de apresentação novos colaboradores - google docsproriso
 
Starcargointernacional empresa
Starcargointernacional empresaStarcargointernacional empresa
Starcargointernacional empresaMarta Prazeres
 
[BPM Global Trends 2014] Vanice Ferreira (Governo de MG) – Núcleo de Gestão I...
[BPM Global Trends 2014] Vanice Ferreira (Governo de MG) – Núcleo de Gestão I...[BPM Global Trends 2014] Vanice Ferreira (Governo de MG) – Núcleo de Gestão I...
[BPM Global Trends 2014] Vanice Ferreira (Governo de MG) – Núcleo de Gestão I...EloGroup
 
Laboratório de Planejamento Estratégico
Laboratório de Planejamento EstratégicoLaboratório de Planejamento Estratégico
Laboratório de Planejamento EstratégicoLara Selem
 
Workshop Gestão Legal de Alta Performance
Workshop Gestão Legal de Alta PerformanceWorkshop Gestão Legal de Alta Performance
Workshop Gestão Legal de Alta PerformanceLara Selem
 
Informática básica internet
Informática básica internetInformática básica internet
Informática básica internetMatheus França
 
Cartilha de Integração de Novo Funcionário Equipa Informática
Cartilha de Integração de Novo Funcionário Equipa InformáticaCartilha de Integração de Novo Funcionário Equipa Informática
Cartilha de Integração de Novo Funcionário Equipa Informáticaequipainfo
 
Integração Treinamento Colaboradores
Integração Treinamento ColaboradoresIntegração Treinamento Colaboradores
Integração Treinamento ColaboradoresSINDILOJAS POA
 
LinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-Presented
LinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-PresentedLinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-Presented
LinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-PresentedSlideShare
 

Destaque (13)

Manual de apresentação novos colaboradores - google docs
Manual de apresentação   novos colaboradores - google docsManual de apresentação   novos colaboradores - google docs
Manual de apresentação novos colaboradores - google docs
 
Starcargointernacional empresa
Starcargointernacional empresaStarcargointernacional empresa
Starcargointernacional empresa
 
[BPM Global Trends 2014] Vanice Ferreira (Governo de MG) – Núcleo de Gestão I...
[BPM Global Trends 2014] Vanice Ferreira (Governo de MG) – Núcleo de Gestão I...[BPM Global Trends 2014] Vanice Ferreira (Governo de MG) – Núcleo de Gestão I...
[BPM Global Trends 2014] Vanice Ferreira (Governo de MG) – Núcleo de Gestão I...
 
Laboratório de Planejamento Estratégico
Laboratório de Planejamento EstratégicoLaboratório de Planejamento Estratégico
Laboratório de Planejamento Estratégico
 
Workshop Gestão Legal de Alta Performance
Workshop Gestão Legal de Alta PerformanceWorkshop Gestão Legal de Alta Performance
Workshop Gestão Legal de Alta Performance
 
Guia do-colaborador-m3-apl
Guia do-colaborador-m3-aplGuia do-colaborador-m3-apl
Guia do-colaborador-m3-apl
 
Informática básica internet
Informática básica internetInformática básica internet
Informática básica internet
 
Cartilha de Integração de Novo Funcionário Equipa Informática
Cartilha de Integração de Novo Funcionário Equipa InformáticaCartilha de Integração de Novo Funcionário Equipa Informática
Cartilha de Integração de Novo Funcionário Equipa Informática
 
Aula básica de internet
Aula básica de internetAula básica de internet
Aula básica de internet
 
Integração Treinamento Colaboradores
Integração Treinamento ColaboradoresIntegração Treinamento Colaboradores
Integração Treinamento Colaboradores
 
Integração
IntegraçãoIntegração
Integração
 
Manual Vigor
Manual VigorManual Vigor
Manual Vigor
 
LinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-Presented
LinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-PresentedLinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-Presented
LinkedIn SlideShare: Knowledge, Well-Presented
 

Semelhante a Workshop sobre Gestão de Pessoas, por Lara Selem

Aula 4 Adm RH - Seleção de Pessoas
Aula 4  Adm RH - Seleção de PessoasAula 4  Adm RH - Seleção de Pessoas
Aula 4 Adm RH - Seleção de PessoasAngelo Peres
 
Gestão de pessoas nas organizações
Gestão de pessoas nas organizaçõesGestão de pessoas nas organizações
Gestão de pessoas nas organizaçõessamuel
 
Aula 07 gestao pessoas e liderança macroprocessos seleção, avaliação e remu...
Aula 07 gestao pessoas e liderança   macroprocessos seleção, avaliação e remu...Aula 07 gestao pessoas e liderança   macroprocessos seleção, avaliação e remu...
Aula 07 gestao pessoas e liderança macroprocessos seleção, avaliação e remu...Janaina Ferreira
 
ApresentaçãO Tga 26 05
ApresentaçãO Tga 26 05ApresentaçãO Tga 26 05
ApresentaçãO Tga 26 05lupajero
 
RECRUTAMENTO E SELEÇÃO.pdf
RECRUTAMENTO E SELEÇÃO.pdfRECRUTAMENTO E SELEÇÃO.pdf
RECRUTAMENTO E SELEÇÃO.pdfMarianaTakitane1
 
Unidade 3 Processos De GestãO De Pessoas Como Um Modelo
Unidade 3 Processos De GestãO De Pessoas Como Um ModeloUnidade 3 Processos De GestãO De Pessoas Como Um Modelo
Unidade 3 Processos De GestãO De Pessoas Como Um Modelomilkinha
 
Guia emprego (1) (1) (1)
Guia emprego (1) (1) (1)Guia emprego (1) (1) (1)
Guia emprego (1) (1) (1)Fausto Fonseca
 
Apresentação TASA Brasil
Apresentação TASA BrasilApresentação TASA Brasil
Apresentação TASA BrasilTASA Brasil
 
Curso de assitente de rh
Curso de assitente de rhCurso de assitente de rh
Curso de assitente de rhCarlos Rocha
 
Recrutamento e seleção de pessoas
Recrutamento e seleção de pessoasRecrutamento e seleção de pessoas
Recrutamento e seleção de pessoasRamos, Luiz Ramos
 
Preparando a avaliação_de_desempenho
Preparando a avaliação_de_desempenhoPreparando a avaliação_de_desempenho
Preparando a avaliação_de_desempenhoIsabel Teixeira
 

Semelhante a Workshop sobre Gestão de Pessoas, por Lara Selem (20)

Rh E Dp
Rh E DpRh E Dp
Rh E Dp
 
Aula 4 Adm RH - Seleção de Pessoas
Aula 4  Adm RH - Seleção de PessoasAula 4  Adm RH - Seleção de Pessoas
Aula 4 Adm RH - Seleção de Pessoas
 
Gestão de pessoas nas organizações
Gestão de pessoas nas organizaçõesGestão de pessoas nas organizações
Gestão de pessoas nas organizações
 
Grh aula 4
Grh aula 4Grh aula 4
Grh aula 4
 
Aula 07 gestao pessoas e liderança macroprocessos seleção, avaliação e remu...
Aula 07 gestao pessoas e liderança   macroprocessos seleção, avaliação e remu...Aula 07 gestao pessoas e liderança   macroprocessos seleção, avaliação e remu...
Aula 07 gestao pessoas e liderança macroprocessos seleção, avaliação e remu...
 
Aula2mod3 seleção-2012
Aula2mod3 seleção-2012Aula2mod3 seleção-2012
Aula2mod3 seleção-2012
 
ApresentaçãO Tga 26 05
ApresentaçãO Tga 26 05ApresentaçãO Tga 26 05
ApresentaçãO Tga 26 05
 
RECRUTAMENTO E SELEÇÃO.pdf
RECRUTAMENTO E SELEÇÃO.pdfRECRUTAMENTO E SELEÇÃO.pdf
RECRUTAMENTO E SELEÇÃO.pdf
 
Unidade 3 Processos De GestãO De Pessoas Como Um Modelo
Unidade 3 Processos De GestãO De Pessoas Como Um ModeloUnidade 3 Processos De GestãO De Pessoas Como Um Modelo
Unidade 3 Processos De GestãO De Pessoas Como Um Modelo
 
Aula 01 departamento pessoal
Aula 01 departamento pessoalAula 01 departamento pessoal
Aula 01 departamento pessoal
 
Guia emprego (1) (1) (1)
Guia emprego (1) (1) (1)Guia emprego (1) (1) (1)
Guia emprego (1) (1) (1)
 
Gestao03
Gestao03Gestao03
Gestao03
 
Apresentação TASA Brasil
Apresentação TASA BrasilApresentação TASA Brasil
Apresentação TASA Brasil
 
Curso de assitente de rh
Curso de assitente de rhCurso de assitente de rh
Curso de assitente de rh
 
Aula gpe 27 07
Aula gpe 27 07Aula gpe 27 07
Aula gpe 27 07
 
Recrutamento e seleção de pessoas
Recrutamento e seleção de pessoasRecrutamento e seleção de pessoas
Recrutamento e seleção de pessoas
 
Preparando a avaliação de desempenho
Preparando a avaliação de desempenhoPreparando a avaliação de desempenho
Preparando a avaliação de desempenho
 
Preparando a avaliação_de_desempenho
Preparando a avaliação_de_desempenhoPreparando a avaliação_de_desempenho
Preparando a avaliação_de_desempenho
 
Institucional Dasein
Institucional DaseinInstitucional Dasein
Institucional Dasein
 
Fórum - Carreiras do Administrador
Fórum - Carreiras do AdministradorFórum - Carreiras do Administrador
Fórum - Carreiras do Administrador
 

Mais de Lara Selem

Palestra Lara Selem - OAB/MS - 18052018
Palestra Lara Selem - OAB/MS - 18052018Palestra Lara Selem - OAB/MS - 18052018
Palestra Lara Selem - OAB/MS - 18052018Lara Selem
 
II Conferência Nacional da Jovem Advocacia - Natal/RN
II Conferência Nacional da Jovem Advocacia - Natal/RNII Conferência Nacional da Jovem Advocacia - Natal/RN
II Conferência Nacional da Jovem Advocacia - Natal/RNLara Selem
 
XXIII Conferência Nacional da Advocacia - Painel 40 - Lara Selem
XXIII Conferência Nacional da Advocacia - Painel 40 - Lara SelemXXIII Conferência Nacional da Advocacia - Painel 40 - Lara Selem
XXIII Conferência Nacional da Advocacia - Painel 40 - Lara SelemLara Selem
 
II Encontro da Jovem Advocacia Capixaba - Lara Selem
II Encontro da Jovem Advocacia Capixaba - Lara SelemII Encontro da Jovem Advocacia Capixaba - Lara Selem
II Encontro da Jovem Advocacia Capixaba - Lara SelemLara Selem
 
Palestra no CESA ES - Lara Selem
Palestra no CESA ES - Lara SelemPalestra no CESA ES - Lara Selem
Palestra no CESA ES - Lara SelemLara Selem
 
Advocacia do Futuro, com Lara Selem
Advocacia do Futuro, com Lara Selem Advocacia do Futuro, com Lara Selem
Advocacia do Futuro, com Lara Selem Lara Selem
 
Legal Canvas para OAB/RS
Legal Canvas para OAB/RSLegal Canvas para OAB/RS
Legal Canvas para OAB/RSLara Selem
 
Palestra Lara Selem - OAB/MS - 16/julho/2015
Palestra Lara Selem - OAB/MS - 16/julho/2015Palestra Lara Selem - OAB/MS - 16/julho/2015
Palestra Lara Selem - OAB/MS - 16/julho/2015Lara Selem
 
ESTRATÉGIA E SOCIEDADE DE ADVOGADOS
ESTRATÉGIA E SOCIEDADE DE ADVOGADOSESTRATÉGIA E SOCIEDADE DE ADVOGADOS
ESTRATÉGIA E SOCIEDADE DE ADVOGADOSLara Selem
 
Palestra OAB/SE 28082013
Palestra OAB/SE 28082013Palestra OAB/SE 28082013
Palestra OAB/SE 28082013Lara Selem
 
Palestra OAB/SC Joinville - Semana do Advogado 2013
Palestra OAB/SC Joinville - Semana do Advogado 2013Palestra OAB/SC Joinville - Semana do Advogado 2013
Palestra OAB/SC Joinville - Semana do Advogado 2013Lara Selem
 
Palestra OAB/PR - Semana do Advogado 2013
Palestra OAB/PR - Semana do Advogado 2013Palestra OAB/PR - Semana do Advogado 2013
Palestra OAB/PR - Semana do Advogado 2013Lara Selem
 
Aula 6 04052013
Aula 6   04052013Aula 6   04052013
Aula 6 04052013Lara Selem
 
Aula 5 03052013 - parte 2
Aula 5   03052013 - parte 2Aula 5   03052013 - parte 2
Aula 5 03052013 - parte 2Lara Selem
 
Aula 5 03052013 - parte 1
Aula 5   03052013 - parte 1Aula 5   03052013 - parte 1
Aula 5 03052013 - parte 1Lara Selem
 
Aula 2 06042013
Aula 2   06042013Aula 2   06042013
Aula 2 06042013Lara Selem
 
Palestra JHCG 09042013
Palestra JHCG 09042013Palestra JHCG 09042013
Palestra JHCG 09042013Lara Selem
 
Reinvencao da Advocacia
Reinvencao da AdvocaciaReinvencao da Advocacia
Reinvencao da AdvocaciaLara Selem
 
Lara selem mulher e advocacia - 08032013
Lara selem   mulher e advocacia - 08032013Lara selem   mulher e advocacia - 08032013
Lara selem mulher e advocacia - 08032013Lara Selem
 
X Encontro Nacional da Advocacia Jovem
X Encontro Nacional da Advocacia JovemX Encontro Nacional da Advocacia Jovem
X Encontro Nacional da Advocacia JovemLara Selem
 

Mais de Lara Selem (20)

Palestra Lara Selem - OAB/MS - 18052018
Palestra Lara Selem - OAB/MS - 18052018Palestra Lara Selem - OAB/MS - 18052018
Palestra Lara Selem - OAB/MS - 18052018
 
II Conferência Nacional da Jovem Advocacia - Natal/RN
II Conferência Nacional da Jovem Advocacia - Natal/RNII Conferência Nacional da Jovem Advocacia - Natal/RN
II Conferência Nacional da Jovem Advocacia - Natal/RN
 
XXIII Conferência Nacional da Advocacia - Painel 40 - Lara Selem
XXIII Conferência Nacional da Advocacia - Painel 40 - Lara SelemXXIII Conferência Nacional da Advocacia - Painel 40 - Lara Selem
XXIII Conferência Nacional da Advocacia - Painel 40 - Lara Selem
 
II Encontro da Jovem Advocacia Capixaba - Lara Selem
II Encontro da Jovem Advocacia Capixaba - Lara SelemII Encontro da Jovem Advocacia Capixaba - Lara Selem
II Encontro da Jovem Advocacia Capixaba - Lara Selem
 
Palestra no CESA ES - Lara Selem
Palestra no CESA ES - Lara SelemPalestra no CESA ES - Lara Selem
Palestra no CESA ES - Lara Selem
 
Advocacia do Futuro, com Lara Selem
Advocacia do Futuro, com Lara Selem Advocacia do Futuro, com Lara Selem
Advocacia do Futuro, com Lara Selem
 
Legal Canvas para OAB/RS
Legal Canvas para OAB/RSLegal Canvas para OAB/RS
Legal Canvas para OAB/RS
 
Palestra Lara Selem - OAB/MS - 16/julho/2015
Palestra Lara Selem - OAB/MS - 16/julho/2015Palestra Lara Selem - OAB/MS - 16/julho/2015
Palestra Lara Selem - OAB/MS - 16/julho/2015
 
ESTRATÉGIA E SOCIEDADE DE ADVOGADOS
ESTRATÉGIA E SOCIEDADE DE ADVOGADOSESTRATÉGIA E SOCIEDADE DE ADVOGADOS
ESTRATÉGIA E SOCIEDADE DE ADVOGADOS
 
Palestra OAB/SE 28082013
Palestra OAB/SE 28082013Palestra OAB/SE 28082013
Palestra OAB/SE 28082013
 
Palestra OAB/SC Joinville - Semana do Advogado 2013
Palestra OAB/SC Joinville - Semana do Advogado 2013Palestra OAB/SC Joinville - Semana do Advogado 2013
Palestra OAB/SC Joinville - Semana do Advogado 2013
 
Palestra OAB/PR - Semana do Advogado 2013
Palestra OAB/PR - Semana do Advogado 2013Palestra OAB/PR - Semana do Advogado 2013
Palestra OAB/PR - Semana do Advogado 2013
 
Aula 6 04052013
Aula 6   04052013Aula 6   04052013
Aula 6 04052013
 
Aula 5 03052013 - parte 2
Aula 5   03052013 - parte 2Aula 5   03052013 - parte 2
Aula 5 03052013 - parte 2
 
Aula 5 03052013 - parte 1
Aula 5   03052013 - parte 1Aula 5   03052013 - parte 1
Aula 5 03052013 - parte 1
 
Aula 2 06042013
Aula 2   06042013Aula 2   06042013
Aula 2 06042013
 
Palestra JHCG 09042013
Palestra JHCG 09042013Palestra JHCG 09042013
Palestra JHCG 09042013
 
Reinvencao da Advocacia
Reinvencao da AdvocaciaReinvencao da Advocacia
Reinvencao da Advocacia
 
Lara selem mulher e advocacia - 08032013
Lara selem   mulher e advocacia - 08032013Lara selem   mulher e advocacia - 08032013
Lara selem mulher e advocacia - 08032013
 
X Encontro Nacional da Advocacia Jovem
X Encontro Nacional da Advocacia JovemX Encontro Nacional da Advocacia Jovem
X Encontro Nacional da Advocacia Jovem
 

Último

As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 

Último (20)

As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 

Workshop sobre Gestão de Pessoas, por Lara Selem

  • 1. Gestão de Pessoas, Carreira e Remuneração na Advocacia Lara Selem
  • 2. Credenciais Advogada, Escritora e Consultora em Gestão de Serviços Jurídicos. Executive MBA pela Baldwin Wallace College (EUA), especialista em Gestão de Serviços Jurídicos pela FGV-EDESP (São Paulo, SP) e em Liderança de Empresas de Serviços Profissionais pela Harvard Business School (EUA). Colaboradora da Revista Consulex, Advogados: Mercado & Negócios, Consultor Jurídico e outras. Autora dos livros “Advocacia: Gestão, Marketing & Outras Lendas”, “Estratégia na Advocacia”, “Gestão de Escritório”, “A Reinvenção da Advocacia” e “Gestão Judiciária Estratégica”. laraselem@estrategianaadvocacia.com.br www.estrategianaadvocacia.com.br
  • 3. Como o trabalho acontece no seu escritório?
  • 4. Como o serviço prestado ao cliente pode atingir o alto desempenho?
  • 6. Empresa de Serviços Profissionais
  • 7. No tocante a seus colegas e o escritório em si, os advogados exercem três papéis distintos: o de produtores; o de gestores; e de donos. O poder central do escritório está em sua capacidade de moldar o comportamento de seus profissionais individuais, de modo que, em média, esses profissionais coloquem os interesses do escritório à frente de suas próprias necessidades. Reflete a estratégia do escritório com relação ao mercado, isto é, que conjunto de necessidades dos clientes pretende abordar, com que conjunto de capacidades, e contra que concorrentes. Precisa ser implementada pelos mesmos profissionais responsáveis pela construção de relacionamentos com clientes. Alinhamento
  • 8. Empresa de Serviços Profissionais Presta assessoria jurídica para a comunidade em geral, empresarial ou não. É um trabalho de bastidores. Natureza pessoal e intangível dos serviços. Absoluta dependência de advogados capacitados e motivados. Baseado em relação de confiança.
  • 11. Organização TALENTO = fonte de vantagem competitiva Busca e Retenção de talentos Papéis: produtor, gestor, dono Administração do tempo “Controlar” os sócios Liderança Critérios sobre Promoções Políticas de Remuneração Análises de Desempenho
  • 12. Organização Divisão do trabalho profissional áreas de produção áreas de apoio Estrutura hierárquica Organograma Jurídico Organograma Administrativo Participação nas decisões Amplitude de comando Autonomia
  • 13. Cultura Afeta diretamente o comportamento de cada pessoa na banca. A cultura é um conjunto de indicadores invisíveis que definem como as pessoas se comportam. Analise: Formalidade x Informalidade Liderança hard x Liderança soft Valorização de Pessoas x Valorização de Resultados
  • 14. Liderança É crítica para o sucesso de qualquer organização. Sem liderança forte, a difusão de poder pelo escritório pode paralisar as decisões e minar o alinhamento. Formadora de consenso e inspiradora. Vinculada diretamente à integração da equipe. Fundamentos básicos do líder: caráter, discernimento, intuição.
  • 15. Operador do Direito x Advogado Estrela
  • 16. O trabalho do Advogado Advocacia Judicial Direito aplicável Pesquisa da lei, doutrina, jurisprudência aplicáveis ao caso Tempo do processo Prazos peremptórios Combatividade e urbanidade Concisão ou prolixidade
  • 17. O trabalho do Advogado Advocacia Extrajudicial Contenciosa Consultiva Criação, modificação ou extinção de negócios jurídicos Arbitragem Pode atuar como : advogado de parte, consultor de parte, consultor do juízo e árbitro Direção Jurídica em empresas
  • 18. Papéis no ‘negócio’ Advocacia + risco -
  • 19.
  • 26. Exemplo Advogado Júnior para São Paulo ATRIBUIÇÕES: Levantamento de características societárias de empresas; Apoio área societária e contratual; Verificação de documentos necessários para implementação de planejamento; Atualização de relatórios; Arquivos; Acompanhamento de processos e demandas judiciais; Realizar interface com parceiros; Elaboração de pesquisas jurisprudenciais e doutrinárias. REQUISITOS: Superior completo em direito. Desejável experiência na área de direito societário ou contratual. Desejável conhecimentos em procedimentos paralegais. No. de vagas disponíveis: 1
  • 30. Banco de Currículosno site da Banca
  • 34. Análise de Currículo Não concentre a análise apenas na experiência profissional, mas compare os currículos com os requisitos e exigências do cargo em questão, mantendo apenas aqueles que realmente são condizentes com o cargo. Avalie as experiências dos candidatos. Histórico profissional e acadêmico são apenas alguns dos indicadores a considerar. Verifique as referências dos candidatos.
  • 35. Prova Técnica A aplicação da prova técnica avalia a compatibilidade do currículo apresentado à capacidade de produção técnica dentro da vaga a preencher e é uma oportunidade de produção intelectual para gerentes de áreas, tendo em vista necessidade de reciclagem da prova técnica. O resultado da prova técnica deve ser analisado junto com a análise de perfil psicológico, devendo então ser ordenada por desempenho.
  • 36. Perfil Psicológico Esta fase irá filtrar ainda mais o profissional para a escolha daquele que tenha o perfil mais adequado para trabalhar e se desenvolver no escritório, funcionando ainda como uma ferramenta preventiva. Os testes psicológicos podem revelar detalhes importantes da personalidade do candidato, tais como ansiedade, agressividade, empenho, objetividade, etc.
  • 37. Alguns testes utilizados P.I. – Sistema “PredictiveIndex” é uma ferramenta que possibilita efetuar levantamento do perfil comportamental dos profissionais atuante ou candidatos na mesma linguagem das funções bem como avaliar as necessidades motivadoras e os comportamentos voltados ao trabalho de cada profissional.
  • 38. Alguns testes utilizados Grafologia a grafologia procura adaptar o perfil do candidato e suas potencialidades à função da empresa. Com ela é possível analisar o potencial dos profissionais a fim de promover e reorganizar equipes de trabalho.
  • 39. Entrevista A entrevista deve ser realizada pelo gerente ou sócio da área em que o candidato poderá vir a trabalhar. É o momento de conhecer o candidato de forma mais profunda. Deve ser feita uma entrevista estruturada, com as mesmas perguntas para todos os candidatos. Não se deve dar conselhos ou criticar. Reapresente o escritório e a vaga, detalhando um pouco mais a rotina de trabalho. Pode-se começar com questões ligadas à parte pessoal e social, explorando mais profundamente a parte acadêmica e profissional. Confira o nível de interesse do candidato pela oportunidade, explore os salários e benefícios anteriores para verificar se o que está sendo oferecido é compatível com suas necessidades. Devem ser anotadas as impressões do entrevistador.
  • 40. Sugestões de perguntas Pessoal / familiar / social Fale-me a seu respeito (como pessoa, familiar e profissionalmente) O que gosta de fazer nas horas de folga? Como descreve sua personalidade? Quais são seus pontos fortes? E os fracos? Onde você se vê em cinco anos? Fale-me de algum objetivo que não conseguiu realizar e porque? Quais são suas metas e ambições?
  • 41. Sugestões de perguntas Profissional Por que você está se candidatando a um cargo em nosso escritório? O que você pode nos oferecer? Por que você está deixando seu emprego atual? Fazendo uma retrospectiva, como você avalia seu ex-empregador? O que você sabe sobre nosso escritório? Por que devemos contratá-lo? O que é mais importante para você profissionalmente? Como você avalia seu desempenho profissional?
  • 42. Sugestões de perguntas Formação e atualização Como você tem se mantido atualizado em sua área? O que o levou a escolher esta profissão? Informações gerais Explicações sobre o cargo, escritório, remuneração e negociação. Alguma dúvida quanto a essas questões?
  • 43. Fase de Seleção Após a entrevista deve ser feito um resumo e ao final das entrevistas deve-se reunir com o responsável pela área para qual o profissional está sendo solicitado para troca de idéias, pontos positivos e negativos, lembrando sempre as características necessárias para a vaga. Os candidatos não aproveitados nesta fase podem e devem ser chamados para eventuais novas oportunidades no escritório.  O prazo esperado para toda a seleção é de 15 dias.
  • 44. Fase de Seleção Independente da fase da seleção, é importante dar retorno aos não selecionados, se possível por e-mail (mais rápido e barato), ou pelo menos informar desde o início que se não receberem retorno até determinada data não estão selecionados.
  • 46. Documentação Escolhido o candidato, reunir a documentação necessária para início do processo de contratação: ficha individual, currículo, cópia de certificados, cópia de documentos pessoais, etc. Com a documentação nas mãos, elaborar e colher as assinaturas do contrato.
  • 47. Pasta Funcional o escritório deve manter uma pasta funcional individual de cada profissional, com seus documentos, resultados de avaliações e demais informações profissionais. Todos os profissionais que trabalharem no escritório deverão ter uma pasta funcional que deverá conter: Formulário de Informações de Emergência; Contrato com o escritório; Certificados de cursos; Avaliações de Desempenho e seus resultados; Plano de AutoDesenvolvimento; e outros.
  • 49. Kit ‘boas vindas’ O escritório deve manter uma política de boas vindas, apresentando a cada novo profissional o Manual Interno do escritório, Plano de Carreira e Treinamentos que se fizerem necessários. O escritório pode também preparar um kit de material de escritório personalizado (caneta, bloco, caneca, agenda, etc.). Não esquecer de providenciar senhas, local de trabalho adequado, chaves, etc.
  • 50. Apresentação à Equipe O profissional deve ser apresentado à sua equipe de trabalho, assim como aos demais profissionais, principalmente quanto ao funcionamento geral do escritório e equipes comuns ao exercício de suas funções.
  • 52. 52 Vínculos com Advogados CLT Associado Prestação de Serviços (PJ) Sócio De Capital De Serviço
  • 53. 53 Empregado (CLT) – R$ 4,0 MIL ADVOGADO IR 27,5% - R$ 423,08 Previd. 11% s/R$ 2.508 Carga 21,9% R$ 3,1 MIL ESCRITÓRIO Previdência 20,0% Outros 6,8% FGTS 8,0% 13º Salário 8,3% Férias 11,1% Carga 54,2% R$ 6,2 MIL
  • 54. 54 Associado (RPA) – R$ 4,0 MIL ADVOGADO IR 27,5% - R$ 423,08 Previd. 11% s/R$ 2.508 ISS 5% Carga 28,8% R$ 2,8 MIL ESCRITÓRIO Previdência 20,0% Carga 20,0% R$ 4,8 MIL
  • 55. 55 Prestação de Serviços PJ – R$ 4,0 MIL ADVOGADO PIS/COFINS/CSOC 4,65% IR 1,5% Contabilidade R$ 130 Outros impostos 6,85% OAB Empr. R$ 46 Carga 14,2% R$ 3,4 MIL ESCRITÓRIO Sem tributação Carga 0% R$ 4,0 MIL
  • 56. 56 Sócio – R$ 4,0 MIL ADVOGADO Previdência 7,65% sobre R$ 260 R$ 19,90 Carga 0,5% R$ 3,98 MIL ESCRITÓRIO Previdência 20% s/pró-labore R$ 260 R$ 52,00 Carga 1,3% R$ 4,05 MIL
  • 57.
  • 64. Construa o Futuro, Celebre o Presente e Valorize o Passado
  • 65. Etapas da Carreira do Advogado
  • 66. Requisitos Básicos e Específicos
  • 68. Crescimento na Carreira (Vertical) Para a passagem de um para outro nível da carreira, o profissional deverá obter crescimento de 5% de um ano pra outro em sua avaliação, durante 2 anos seguidos. Além do resultado obtido na Avaliação de Desempenho, o profissional deverá ter atingido todos os requisitos básicos e específicos do nível em que se encontra. Contam, ainda, como critérios de promoção: tempo de casa, resultados financeiros obtidos, cursos extra realizados, produção intelectual, atendimento a clientes, utilização do sistema e demais ferramentas disponibilizadas para otimização do fluxo de trabalho.
  • 69. Objetivos Coletivos e Individuais
  • 71. Via de duas mãos
  • 72. Faturamento Geral Índice de visitas a clientes ativos Índice de prospecções Redução de despesas Faturamento por Área Despesas recuperáveis de clientes Horas de Treinamento Checklist de cumprimento de regras Alimentação do Sistema de Controle Produção Intelectual Índice de sugestões e melhoria Avaliação de Desempenho
  • 73. Objetivo da Equipe Para sabermos se um grupo avançou em direção a um objetivo, devemos obter respostas às perguntas abaixo: A equipe tem um objetivo ? Se tem mais de um objetivo, eles são compatíveis ? Houve movimento do grupo provocado por alguma atividade coletiva ? Ocorreu movimento na direção do objetivo ?
  • 74. Fatores para Eficácia da Equipe a relativa clareza do objetivo; o grau em que o objetivo do grupo mobiliza as energias dos seus membros para as atividades do grupo; o grau de conflito, entre os membros, quanto ao objetivo que, entre vários deve controlar as atividades do grupo; o grau de conflito, entre os membros, quanto aos meios empregados pelo grupo para atingir seus objetivos; o grau em que as atividades dos diferentes membros se coordenam, segundo a maneira exigida pelas tarefas do grupo; a disponibilidade de recursosnecessários para o grupo, sejam econômicos, materiais, legais, intelectuais, etc.
  • 75. Valor Agregado: competências, habilidades e atitudes
  • 76. Gestão por Competências A Gestão por Competências é uma filosofia de desenvolvimento de talentos nas empresas. Através dela é possível orientar as ações de desenvolvimento no intuito de enriquecer o perfil do colaboradores e potencializar os seus resultados, favorecendo o atingimento de metas e objetivos. A definição de Competência está baseada numa tríade conhecida como CHA, que são os conhecimentos, as habilidades e as atitudes que uma pessoa possui.
  • 77. Conhecimentos, Habilidades e Atitudes (CHA) conhecimentos teóricos adquiridos no decorrer da vida, nas escolas, universidades, cursos etc. emoções, valores e sentimentos, comportamentos que temos diante de situações do nosso cotidiano e das tarefas que desenvolvemos no nosso dia-a-dia todo o conhecimento que praticamos aperfeiçoado à habilidade, vivência e domínio do conhecimento
  • 78.
  • 79. Perfil Ideal Fonte: As melhores Empresas Para Você Trabalhar 2007
  • 80.
  • 81. O processo de Gestão por Competências = + COMPETÊNCIAS ORGANIZACIONAIS CONHECIMENTO CONTIDO NOS SERVIÇOS JURÍDICOS E PROCESSOS DE TRABALHO CULTURA E VALORES RESULTADO DO NEGÓCIO ‘ADVOCACIA’ = + + COMPETÊNCIAS HUMANAS CONHECIMENTO INDIVIDUAL HABILIDADES ATITUDES DESEMPENHO INDIVIDUAL
  • 83. Comunicação Capacidade de ouvir, processar e compreender as mensagens situando-as no contexto adequado, expressando-se e argumentando com coerência, usando o feedback de forma a facilitar a interação. 
  • 84. Conhecimento Capacidade de agregar conceitos, informações, técnicas e experiências práticas, transformando-os em ações e comportamentos que visem a efetividade dos objetivos da organização.
  • 85. Empreendedorismo Capacidade de buscar e identificar oportunidades de ação, propor e implementar soluções, de forma assertiva, inovadora e adequada.
  • 86. Foco no Cliente Capacidade de analisar o cenário, além de sua área de atuação, identificando as necessidades e as perspectivas do cliente interno e externo da organização.
  • 87. Liderança Capacidade de direcionar os esforços de pessoas e grupos para o alcance dos objetivos da instituição, incentivando o aprendizado, facilitando o desenvolvimento de indivíduos e equipes e promovendo um clima motivador e harmônico.
  • 88. Negociação Capacidade de conciliar interesses divergentes buscando equilíbrio de soluções satisfatórias para as partes envolvidas.
  • 89. Capacidade de estruturar e estabelecer estratégias, metas e ações, atingindo os resultados esperados, dentro dos prazos e padrões pré-definidos. Orientação a Resultados
  • 90. Trabalho em Equipe Capacidade de trabalhar em grupo, integrando e respeitando a diversidade de conhecimentos, valores, talentos e personalidades, superando interesses individuais na busca de objetivos comuns.
  • 91. Visão Sistêmica Capacidade para reconhecer o seu papel, perceber a integração e a interdependência das áreas e demais aspectos que envolvem e compõem a organização, visualizando tendências internas e externas e possíveis ações capazes de influenciar o futuro.
  • 93. Avaliação de Desempenho Periodicidade Semestral / anual feedbacks trimestrais (superior imediato e avaliado) Amplitude inicial Avaliados: advogados e estagiários Avaliações: auto-avaliação + avaliação do líder imediato + avaliação do sócio. Aplicação de Resultados subsídio para promoção na carreira plano de auto-desenvolvimento BDI
  • 94.
  • 95.
  • 96. Devolutiva O líder deve comunicar pessoal e individualmente os resultados da avaliação, em reunião com duração de 40 a 60 minutos. O Plano Individual de Desenvolvimento consistirá de ações para melhoria do desempenho do avaliado, que deverão ser pactuadas ao final da reunião. Revisar o andamento do plano nos feedbacks trimestrais.