Ae aula 23_10_14 (3)

329 visualizações

Publicada em

adm estrategica

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
329
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ae aula 23_10_14 (3)

  1. 1. 1 ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA Aula - Estratégias de sustentabilidade e socioambientais SUSTENTABILIDADE Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA A sustentabilidade sócio-econômico-político- ambiental deve orientar o mundo em que vivemos. Isso se aplica às empresas, microcosmos de uma sociedade em mudança, que gasta mais recursos do que o planeta pode suprir.
  2. 2. 2 Responsabilidade Social É o grau com que os administradores realizam atividades que projetam e melhoram a sociedade além do exigido para atender os interesses econômicos e técnicos. Envolve atividades que ajudam a sociedade mesmo que não contribuam diretamente com lucro. Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA RESPONSABILIDADE SOCIAL Certo e Peter (2004), destacam que os gestores de corporações bem-sucedidas têm obrigações para muitos interessados diferentes, a saber: ● Os acionistas ou proprietários, para aumentar o valor da empresa; ● Os fornecedores de materiais e revendedores de produtos, para lidar regularmente com eles; ● Os investidores de capital, para reembolsá-los do capital investido;
  3. 3. 3 Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA RESPONSABILIDADE SOCIAL ● O governo e a sociedade, no cumprimento das leis e regulações ● Os grupos políticos, para considerar seus argumentos ● Os empregados e sindicatos, para garantir ambientes seguros de trabalho e reconhecer seus direitos ● Os consumidores, pra fornecer e comercializar seus produtos/serviços ● Os concorrentes, para evitar práticas que desvirtuem o comércio ● A comunidade local e a sociedade como um todo, para evitar práticas que prejudiquem o ambiente. Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA RESPONSABILIDADE SOCIAL • A maioria dessas práticas listadas faz parte das práticas recomendadas pela Governança Corporativa • Visa a proteger os investidores, empregados e credores, facilitando, assim, o acesso ao capital. • As empresas devem se envolver em atividades voltadas principalmente para responsabilidades sociais. Existem dois pontos de vista sobre o assunto: o ponto de vista clássico e o ponto de vista contemporâneo.
  4. 4. 4 Criação de Valor Fatores de Sucesso para o Negócio 1. Crescimento da Receita & Acesso ao Mercado 2. Redução de Custos & Produtividade 3. Acesso a Capital 4. Gestão do Risco & Licença para Funcionar 5. Capital Humano 6. Valor da Marca & Reputação Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA RESPONSABILIDADE SOCIAL • Ponto de vista clássico: sustenta que as empresas não devem assumir qualquer responsabilidade social além de dar tanto lucro quanto possível aos seus investidores. • Ponto de vista contemporâneo: argumenta que as empresas, como importantes e influentes membros da sociedade, são responsáveis por ajudar a manter e melhorar o bem-estar da sociedade como um todo.
  5. 5. 5 Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA RESPONSABILIDADE SOCIAL O ponto de vista clássico considera as empresas como entidades econômicas, enquanto o ponto de vista contemporâneo considera as empresas como membros da sociedade. Responsabilidade Social • O envolvimento entre o avanço social e os objetivos econômicos depende: – Do tamanho da empresa – Capacidade de investir em programas de responsabilidade social – Competitividade – Grau de atração ou omissão
  6. 6. 6 Responsabilidade Social • Influência sobre os negócios: – As empresas são socialmente responsáveis à medida que atuam voluntariamente – Não há padrões para determinar o quanto são responsáveis – A influência legal é projetada para controlar práticas de indústrias específicas – As influências políticas são exercidas por grupos com interesses nas práticas comerciais – Influências da concorrência monitoram atitudes que a afetam e a sociedade, como a propaganda enganos – As influência éticas são auto-regulamentadas quanto a conduta dos negócios, mas depende de julgamento social Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA RESPONSABILIDADE SOCIAL DOS NEGÓCIOS A responsabilidade social dos negócios, é fruto da necessidade do surgimento de um ambiente de negócios mais consciente e capaz de disponibilizar a população produtos e serviços desenvolvidos por meio de processos que preservem o meio ambiente, pois considerando a continuação da tendência atual, a perda do capital natural vai impactar, em um futuro próximo, as condições de atuação das empresas.
  7. 7. 7 Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA RESPONSABILIDADE SOCIAL DOS NEGÓCIOS As empresas têm considerável poder e podem influenciar a sociedade. As quatro maiores forças que podem inibir o uso inadequado do poder das empresas são: LEGAL POLÍTICA CONCORRÊNCIA ÉTICA Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA RESPONSABILIDADE SOCIAL DOS NEGÓCIOS ● Legal: é dada pela legislação, seja federal, estadual ou municipal e as agências e processos através dos quais essas leis são aplicadas. Muitas das leis criadas, objetivam controlar práticas comerciais em indústrias específicas, como a de brinquedos ou têxtil; existem outras leis voltadas para áreas funcionais, como embalagens ou segurança do produto. ● Política: pode ser entendida como a pressão exercida por grupos com interesse especial no controle das práticas comerciais. Esses grupos fazem lobby para persuadir as diversas agências reguladoras a cancelar ou acelerar determinada legislação.
  8. 8. 8 Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA RESPONSABILIDADE SOCIAL DOS NEGÓCIOS ● Concorrência: são consideradas as atitudes que empresas concorrentes adotam para afetar umas às outras e a sociedade. Uma das mais comuns é uma empresa processar a outra acusando a concorrente de atividades fraudulentas, principalmente em anúncios de propaganda. ●Ética: aborda as práticas de negócios que envolvem a tomada de decisão ética e a auto-regulamentação da conduta nos negócios. Muitas empresas têm o seu próprio código de ética e departamentos que tratam das reclamações de empregados e consumidores. Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA RESPONSABILIDADE SOCIAL DOS NEGÓCIOS Segundo Porter (2008), durante o Fórum Mundial de Estratégia: • muitas empresas monitoram seus investimentos sociais e publicam relatórios de sustentabilidade • porém poucas conseguem integrar as questões sociais e ambientais em sua estratégia, reforçando a vantagem competitiva do negócio. A eficácia, do ponto de vista estratégico, é investir na transformação da cadeia de valor para beneficiar a sociedade e reforçar os negócios da empresa.
  9. 9. 9 Sustentabilidade: conceito Utilização de recursos para atender às necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras em atender as suas próprias necessidades. Este conceito integra os três vetores da sustentabilidade: ambiental, econômico e social.
  10. 10. 10 Sustentabilidade é • Fator estratégico e criação de valor a longo prazo • A legitimidade da empresa, está além da conformidade (licença de operação e crescimento) • A ligação entre diversos fatores (Governança, Transparência, Valor agregado ao acionistas) • Deslocamento do stakeholder-oriented para o value-oriented • Transparência dos seus valores intangíveis Sustentabilidade: Pressões externas • Pressões de Leis e Regulamentações • Legislação Ambiental • Legislação Trabalhista • Proteção aos Minoritários • Código de Defesa do Consumidor • Pressões Sociais • Aumento do consumo consciente • Crescimento do conceito de cidadania • Atuação de organizações não governamentais
  11. 11. 11 Sustentabilidade: Pressões externas • Pressões do ambiente de negócios • Movimento internacional de fusões e aquisições • Concessão de crédito vinculada a critérios de sustentabilidade • Intensificação dos investimentos de fundos de pensão • Postura mais ativa dos investidores institucionais, nacionais e internacionais • Seletividade de fornecedores • Oportunidades e Riscos de reputação da cadeia de valor, incluindo fornecedores, clientes e parceiros. Integrando sustentabilidade e estratégia de negócios • Fazer da sustentabilidade parte integral da estratégia de negócio da companhia oferece oportunidades de benefícios reais . • Esses benefícios podem ser divididos em: • Valor • Crescimento • Boas Práticas Gerenciais • Comprometimento
  12. 12. 12 Modelo Sistêmico de Criação de Valor 1. Governança e Engajamento • Governança & Gestão • Engajamento de Partes Interessadas 2. Foco Ambiental • Melhoria do Processo Ambiental • Produtos e Serviços Ambientais 3. Desenvolvimento Socioeconômico • Crescimento Econômico Local • Desenvolvimento da Comunidade • Gestão de Recursos Humanos Indicadores de Gestão Sustentável Indicadores de Gestão Sustentável devem ser instrumentos de viabilização da Estratégia e da Operação tornando a Organização apta a: • Definir prioridades estratégicas que expressem valores do desenvolvimento sustentável • Planejar equilibradamente o Econômico, o Social e o Ambiental • Monitorar o desempenho da organização nessas três dimensões • Introduzir ações eficazes corretivas de desvios • Avaliar os resultados da sustentabilidade: dimensão por dimensão e quanto a seu equilíbrio recíproco • Acumular informações de desempenho em sustentabilidade comparáveis no tempo
  13. 13. 13 Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA SUSTENTABILIDADE ESTRATÉGICA NA VISÃO DE MICHAEL PORTER As empresas deverm selecionar melhor os seus projetos de responsabilidade corporativa e investir apenas naqueles que têm relação com seu negócio. Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA SUSTENTABILIDADE ESTRATÉGICA NA VISÃO DE MICHAEL PORTER Por que as empresas encaram a responsabilidade social corporativa como um simples instrumento de relações públicas ou de marketing?
  14. 14. 14 Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA SUSTENTABILIDADE ESTRATÉGICA NA VISÃO DE MICHAEL PORTER Reação a pressões políticas, quando as empresas se viram forçadas a dar respostas para questões que elas não pensavam ser sua responsabilidade. Devido as companhias começaram a perceber que a responsabilidade social poderia ser algo positivo e que valeria a pena ser proativo. Elas passaram então a enxergá-la como um instrumento para a construção de uma imagem.“ Estratégias de Sustentabilidade e Sócio Ambientais ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA SUSTENTABILIDADE ESTRATÉGICA NA VISÃO DE MICHAEL PORTER Dificuldade Normalmente, as companhias têm uma estratégia econômica e uma estratégia de responsabilidade social, e o que elas devem ter é uma estratégia só. A empresa é mais competitiva se cuidar do meio ambiente.
  15. 15. 15 ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA Aula - Operações Internacionais
  16. 16. 16 Operações Internacionais • Negócios Internacionais • Corporações Multinacionais • Fusões • Aquisições • Alianças Estratégicas • Joint Venture • Acordos de licenciamento Operações Internacionais • Fatores de análise do ambiente: – Operações em diferentes governos internacionais – Diferentes condições econômicas – Pessoas com sistemas e valores diferentes – Administração a distância – Condução dos negócios que variam em população e área
  17. 17. 17 Operações Internacionais • Traçar missão organizacional para o tipo e expansão do envolvimento internacional desejado, assim como estabelecer metas adequadas. • Fornecer diretrizes de longo e curto prazo: as metas devem refletir a missão. Operações Internacionais • A formulação da estratégia deve considerar as diversas concorrências. • A implementação é mais complexa: necessário entender como os seguimentos internos e externos operam. • Avaliação: deve seguir um padrão e fazer ajustes necessários ao controle administrativo (sistemas monetários e leis de tributação).
  18. 18. 18

×