Primordios da administração apresentação

42.722 visualizações

Publicada em

O surgimento da administração e sua utilização na enfermagem.

0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
42.722
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
609
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Primordios da administração apresentação

  1. 1. Primórdios da administração Universidade do Estado do Pará Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Curso de Graduação em Enfermagem Profª. Cléa Nobre. Disciplina: Administração geral e em saúde. Belém – Pará. <ul><li>Subgrupo A1 </li></ul><ul><li>Luciene Paes </li></ul><ul><li>Márcia Barbosa </li></ul><ul><li>Rivena Dias </li></ul><ul><li>Vanessa Savino </li></ul><ul><li>Wilcyane Costa </li></ul>
  2. 2. <ul><li>Sempre existiu no decorrer da história da humanidade alguma forma rudimentar de administrar as organizações, desde as mais simples até as mais complexas; </li></ul><ul><li>A partir do século XX a Administração passou por fases de desenvolvimento de notável inovação; </li></ul><ul><li>Administração é o resultado histórico e integrado da contribuição cumulativa de numerosos precursores, alguns filósofos, outros físicos, economistas, estadistas e outros até mesmo empresários que, no decorrer dos tempos, foram, cada qual no seu campo de atividades, divulgando as suas obras. </li></ul>INTRODUÇÃO
  3. 3. INTRODUÇÃO <ul><li>A administração moderna utiliza certos conceitos e princípios descobertos e utilizados nas ciências matemáticas (inclusive a Estatística), nas ciências humanas, nas ciências físicas, como também no Direito, Engenharia,etc; </li></ul><ul><li>A influência de filósofos, como Sócrates, Plantão e Aristóteles, nas tarefas de Administração na Antiguidade é remarcável. Com o surgimento da Filosofia Moderna, destacando Bacon e Descartes; </li></ul><ul><li>A organização eclesiástica da Igreja Católica influenciou de certa maneira o pensamento administrativo. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>A organização militar trouxe grande influência para a Administração, contribuindo com alguns princípios que a Teoria Clássica iria mais adiante assimilar e incorporar; </li></ul><ul><li>A Revolução Industrial veio produzir o contexto industrial, tecnológico, social, político e econômico de situações, problemas e variáveis, a partir do qual teria início a Teoria Clássica da Administração; </li></ul><ul><li>Os economistas liberais deram suporte para o aparecimento de alguns princípios de Administração que teriam enorme aceitação posteriormente. </li></ul>INTRODUÇÃO
  5. 5. INFLUÊNCIA DOS FILÓSOFOS <ul><li>Sócrates: A administração é uma habilidade pessoal separada do conhecimento técnico e da experiência; </li></ul><ul><li>Aristóteles: Criador da lógica, distingue três formas de administração: Monarquia, aristocracia e democracia; </li></ul><ul><li>Francis Bacon: Separa o que essencial do que é acessório: ‘‘Princípio da prevalência do principal sobre o acessório.”; </li></ul><ul><li>René Descartes: ‘‘Princípio da dúvida ou da evidência”- Não aceitar como verdadeira coisa alguma se não souber com evidência aquilo que é realmente verdadeiro </li></ul>
  6. 6. INFLUÊNCIA DOS FILÓSOFOS <ul><li>“ Princípio da análise ou da decomposição:Dividir e decompor cada dificuldade em tantas partes para que seja possível sua melhor resolução; </li></ul><ul><li>“ Princípio da Síntese ou decomposição”:Conduzir ordenadamente pensamentos e raciocínio; </li></ul><ul><li>Princípio da verificação: Fazer recontagem e verificações ,a fim de que se tenha certeza de que nada foi omitido ou deixado de lado. </li></ul>
  7. 7. INFLUÊNCIA DOS FILÓSOFOS <ul><li>Thomas Hobbes: Teoria da origem contratualista do Estado; </li></ul><ul><li>Jean Jacques Rousseau: Teoria do contrato social; </li></ul><ul><li>Karl Marx e Frederich Engels </li></ul><ul><li>Com o surgimento da Filosofia moderna,a administração deixa de receber contribuições e influências,já que o campo filosófico se afasta dos problemas organizacionais. </li></ul>
  8. 8. INFLUÊNCIA DA ORGANIZAÇÃO DA IGREJA CATÓLICA
  9. 9. <ul><li>Normas administrativas e princípios de organização pública passam a ser de responsabilidade das instituições da Igreja e das organizações militares, e não mais do Estado; </li></ul><ul><li>Essa transferência se deu de forma lenta, mais efetiva. </li></ul>INFLUÊNCIA DA ORGANIZAÇÃO DA IGREJA CATÓLICA
  10. 10. <ul><li>A Igreja Católica foi estruturando sua organização, sua hierarquia de autoridade, seu estado-maior(assessoria) e sua coordenação funcional; </li></ul><ul><li>A organização hierárquica da Igreja é tão simples e eficiente </li></ul><ul><li>Enorme organização mundial uma só cabeça executiva: o Papa; </li></ul><ul><li>A estrutura da organização eclesiástica-Modelo para muitas organizações que incorporaram seus princípios e normas administrativas. </li></ul>INFLUÊNCIA DA ORGANIZAÇÃO DA IGREJA CATÓLICA
  11. 11. INFLUÊNCIA DA ORGANIZAÇÃO MILITAR 
  12. 12. <ul><li>A organização militar tem influenciado- desenvolvimento das teorias da Administração ao longo do tempo; </li></ul><ul><li>O princípio da unidade de comando (pelo qual cada subordinado só pode Ter um superior) – fundamental para a função de direção . </li></ul>Influência da Organização Militar 
  13. 13. <ul><li>A escala hierárquica, ou seja, a escala de níveis de comando de acordo com o grau de autoridade e responsabilidade correspondente é tipicamente um aspecto da organização militar utilizado em outras organizações; </li></ul><ul><li>Uma outra contribuição é o Princípio da direção , através do qual todo soldado deve saber perfeitamente o que se espera dele e aquilo que ele deve fazer. </li></ul>Influência da Organização Militar  
  14. 14. <ul><li>Séc.XIX-Carl Von Clausewitz (1780-1831), general prussiano, Tratado sobre a Guerra e os Princípios de Guerra; </li></ul><ul><li>Para ele, toda organização requer um cuidadoso planejamento; </li></ul><ul><li>As decisões devem basear-se na probabilidade e não apenas na necessidade lógica; </li></ul><ul><li>O administrador deve aceitar a incerteza e planejar de maneira a poder minimizar essa incerteza. </li></ul>Influência da Organização Militar  
  15. 15. INFLUÊNCIA DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL <ul><li>Início: meados de 1776 com invenção da máquina a vapor; </li></ul><ul><li>Modificação da estrutura social, econômica e política; </li></ul><ul><li>Primeira Revolução é dividida em 4 fases: </li></ul><ul><ul><li>Fase 1: mecanização da indústria agrícola com máquinas que superam os processos manuais; </li></ul></ul>
  16. 16. <ul><ul><li>Fase 2: Aplicação da força motriz à indústria onde as máquinas a vapor iniciam uma transformação nos transportes, comunicações e agricultura; </li></ul></ul><ul><ul><li>Fase 3: Desenvolvimento do sistema fabril onde novas indústrias surgem provocando crescimento urbano acelerado; </li></ul></ul><ul><ul><li>Fase 4: Aceleramento dos transportes e comunicações onde surge a 1° estrada de ferro, o telégrafo elétrico, selo postal e telefone. </li></ul></ul>Influência da Revolução Industrial
  17. 17. <ul><li>A Segunda Revolução Industrial caracteriza-se: </li></ul><ul><ul><li>Desenvolvimento de novo processo de fabricação de aço; </li></ul></ul><ul><ul><li>Aperfeiçoamento do dínamo; </li></ul></ul><ul><ul><li>Invenção do motor de combustão interna; </li></ul></ul><ul><li>Ocorre a expansão das fábricas por fusões de pequenas oficinas; </li></ul><ul><li>Surge grandes contingentes de operários e com isso más condições de trabalho; </li></ul>Influência da Revolução Industrial
  18. 18. <ul><li>A administração passa a ser preocupação pelo surgimento de novas tecnologias e legislações que defendem o trabalhador; </li></ul><ul><li>A revolução apesar de profundas modificações não influenciou nos princípios diretos de administração; </li></ul><ul><li>A revolução Industrial focava na maior quantidade, qualidade e menor custo em detrimento da gestão do pessoal; </li></ul>Influência da Revolução Industrial
  19. 19. INFLUÊNCIA DOS ECONOMISTAS LIBERAIS <ul><li>Liberalismo </li></ul><ul><li>As idéias liberais decorrem do direito natural: a ordem natural é a ordem mais perfeita; </li></ul><ul><li>Seu postulado principal é a livre concorrência; </li></ul>
  20. 20. INFLUÊNCIA DOS ECONOMISTAS LIBERAIS <ul><li>Adam Smith </li></ul><ul><li>Enfatizava a necessidade de se racionalizar a produção. </li></ul><ul><li>O princípio da especialização e o princípio da divisão do trabalho aparecem em seu livro Da Riqueza das Nações (1776); </li></ul><ul><li>“ O bom administrador deve preservar a ordem, a economia e a atenção, não devendo se descuidar dos aspectos do controle e da remuneração dos trabalhadores”. </li></ul>
  21. 21. INFLUÊNCIA DOS ECONOMISTAS LIBERAIS <ul><li>Samuel P. Newman </li></ul><ul><li>O administrador deve ser uma combinação de inúmeras qualidades raramente encontradas em um só indivíduo: </li></ul><ul><ul><li>Capacidade de previsões e cálculos, para que seus planos sejam bem fundados; </li></ul></ul><ul><ul><li>Perseverança e constância de propósitos ao executar seus planos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Discrição e decisão de caráter para poder superintender e dirigir os esforços dos outros; </li></ul></ul><ul><ul><li>Conhecimento, tanto do estado do mundo em geral, como dos detalhes de empregos e empreendimentos particulares, para poder conduzir alguns ramos da produção. </li></ul></ul>
  22. 22. INFLUÊNCIA DOS ECONOMISTAS LIBERAIS <ul><li>Samuel P. Newman </li></ul><ul><li>As funções do administrador consistem em: </li></ul><ul><ul><li>Planejamento; </li></ul></ul><ul><ul><li>Arranjo; </li></ul></ul><ul><ul><li>Condução dos diferentes processos de produção. </li></ul></ul>
  23. 23. INFLUÊNCIA DOS ECONOMISTAS LIBERAIS <ul><li>A partir da segunda metade do séc. XIX, o liberalismo econômico começou a perder sua enorme influência; </li></ul><ul><li>O novo capitalismo inicia com a produção em larga escala a partir das grandes concentrações de maquinaria e de mão-de-obra; </li></ul><ul><li>Surgem situações extremamente problemáticas de organização de trabalho, de ambiente, de concorrência econômica, de padrão de vida, etc. </li></ul>
  24. 24. INFLUÊNCIA DOS ECONOMISTAS LIBERAIS <ul><li>O socialismo e o sindicalismo obrigam o capitalismo a buscar o máximo aperfeiçoamento possível dos fatores de produção e de sua adequada remuneração; </li></ul><ul><li>Quanto maior a pressão exercida pelas exigências proletárias, menos graves se tornam as injustiças e mais acelerado e intenso o processo de desenvolvimento da tecnologia; </li></ul><ul><li>Dentro dessa nova situação, surgem os primeiros esforços realizados nas empresas capitalistas para implantação de métodos e processos de racionalização do trabalho. </li></ul>
  25. 25. Obrigada!!!

×