Teorias da administração

2.621 visualizações

Publicada em

Teoria Clássica e sua relação com a Teoria Científica.

-É uma escola de pensamento administrativo idealizada pelo engenheiro francês Henri Fayol, a partir da década de 1910.

-É um sistema de organização industrial criado pelo engenheiro mecânico e economista norte-americano Frederick Winslow Taylor, no final do século XIX.

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.621
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
126
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teorias da administração

  1. 1. Teoria Clássica da Administração Taylor e Fayol Acadêmicos: Ignacio San Martín Monosalva Maessa Gatto Tamires Dantas
  2. 2. TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO • É uma escola de pensamento administrativo idealizada pelo engenheiro francês Henri Fayol, a partir da década de 1910. • Caracteriza-se pela ênfase na estrutura organizacional, pela visão do homem econômico, pela busca da máxima eficiência e também pelo olhar sobre todas as esferas da organização (operacionais e gerenciais), bem como na direção de aplicação do topo para baixo (da gerência para a produção). • Desenvolveu 14 princípios básicos: Divisão do trabalho, Autoridade, Disciplina, Unidade de comando, Unidade de direção, Subordinação dos interesses individuais, Remuneração, Centralização, Linha de Comando, Ordem, Equidade, Estabilidade dos funcionários, Iniciativa e Espírito de equipe. Funções Técnicas Funções Comerciais Funções Financeiras Funções de Segurança Funções Contábeis Funções Administrativas
  3. 3. TEORIA CLÁSSICADA ADMINISTRAÇÃO ASPECTOS POSITIVOS • Profissionalização da administração. • Deu ênfase na estrutura da organização. • Divisão de trabalho. • Contribuição para a administração moderna. ASPECTOS NEGATIVOS • Obsessão pelo comando. • A empresa como sistema fechado. • Manipulação dos trabalhadores. • A inexistência de fundamentação científica das concepções.
  4. 4. TEORIA CIENTÍFICA DA ADMINISTRAÇÃO • É um sistema de organização industrial criado pelo engenheiro mecânico e economista norte-americano Frederick Winslow Taylor, no final do século XIX. • A principal característica deste sistema é a organização e divisão de tarefas dentro de uma empresa com o objetivo de obter o máximo de rendimento e eficiência com o mínimo de tempo e atividade. • Com esse novo modelo administrativo, as empresas aumentavam sua produção, os empregados ganhavam mais e os produtos ficavam mais baratos para os consumidores.
  5. 5. TEORIA CIENTÍFICA DA ADMINISTRAÇÃO ASPECTOS POSITIVOS • Reduzindo os movimentos inúteis, melhorando as ferramentas e arrumação do local de trabalho. • Realizar sempre a mesma atividade. • Fordismo. • Seleção de empregados. ASPECTOS NEGATIVOS • Não consideração das necessidades sociais. • Ignora as necessidades dos trabalhadores. • Transformou o homem em uma máquina. • Trata os indivíduos como um só grupo.
  6. 6. Confronto das teorias
  7. 7. Teoria Clássica e sua relação com a Teoria Científica. • Ambas surgiram pela necessidade de maior rendimento devido à concorrência. • A teoria de Fayol utiliza a divisão do trabalho na organização pelas Funções Administrativas de PLANEJAR, ORGANIZAR, COMANDAR, COORDENAR e CONTROLAR. • Ele formulou também 14 princípios para orientar o administrador. Entre as várias qualidades para tornar-se um, cita qualidades físicas como saúde, vigor e destreza. • As mesmas que tinham grande importância para os trabalhadores de Taylor. • Nas duas teorias notam-se doutrinas militares como hierarquia, disciplina, autoridade e unidade de comando demonstrando rigidez.
  8. 8. Foto: Frederick Taylor Fonte: Google Foto: Henri Fayol Fonte: Google Foto: Operários Fonte: Google
  9. 9. CONCLUSÃO • As Teorias Administrativas apresentam diferentes abordagens para a Administração das organizações. • Cada uma delas reflete os fenômenos históricos, sociais, culturais, tecnológicos e econômicos de sua época, bem como os problemas que afligiam as organizações. • Cada Teoria representa as soluções administrativas encontradas para determinadas circunstâncias, tendo em vista as variáveis focalizadas e os temas mais relevantes.
  10. 10. REFERÊNCIAS • CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração. 6a. Edição Atualizada. São Paulo, Ed. Campus, 2003. • Autor: RAGO, LUZIA MARGARETH / MOREIRA, EDUARDO F. P. O que é Taylorismo (Coleção Primeiros Passos). Editora: Brasiliense. • http://www.administradores.com.br/artigos/

×