O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Escola Secundária da Sertã, "Nós Propomos! Saúde Mental"

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
9º ano A (Grupo 2) - Pandemias
9º ano A (Grupo 2) - Pandemias
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 22 Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Semelhante a Escola Secundária da Sertã, "Nós Propomos! Saúde Mental" (20)

Anúncio

Mais de Ilda Bicacro (20)

Mais recentes (20)

Anúncio

Escola Secundária da Sertã, "Nós Propomos! Saúde Mental"

  1. 1. Saúde Mental Projeto “Nós Propomos!” Ana Antunes; Diana Silva; Diana Cardoso; Inês Nunes; Mariana Martins – 111ºD Professora: Ilda Martinho Bicacro ESCOLA SECUNDÁRIA DA SERTÃ
  2. 2. Introdução Este trabalho foi realizado no âmbito do projeto "Nós Propomos" e no Estudo de Caso da disciplina de Geografia A do 11° ano da Escola Secundária da Sertã. Foi pedido a indicação de um problema do nosso território e depois de alguns estudos a apresentação de uma proposta de solução. A saúde mental é o problema escolhido para o nosso trabalho de projeto. Isto deve-se ao facto de termos testemunhos de pessoas que necessitam de ajuda do Centro de Saúde da Sertã̃, do ramo de psicologia/psiquiatria, e não encontram respostas claras.
  3. 3. Localização A Sertã é um concelho que pertence ao distrito de Castelo Branco, na NUT II - Região Centro e NUT III - Médio Tejo. Possui 10 uniões das 14 freguesias dispersas por um vasto território. Coordenadas do centro de Vila da Sertã: 39° 48' 03" N 08° 06' 01" O
  4. 4. Problema identificado: Saúde mental O problema que nós identificamos foi a falta de conhecimento e importância dada à Saúde Mental na Sertã. Este problema é de extrema importância, em especial para os jovens nos dias de hoje, por isso, decidimos abordar este tema e procurar soluções para poder apresentar propostas que possam ser postas em prática no nosso meio, quer no Centro de Saúde, quer nas Escolas do Agrupamento da Sertã.
  5. 5. Metodologia Para obtermos conhecimento e fundamentar as nossas propostas, neste projeto fizemos: - Pesquisa - Conversas informais com familiares, colegas e amigos - Entrevistas (Psicóloga Ana Neto em dois momentos e à Enfermeira Susana André) - Aplicação de um questionário online - Tratamento de dados - Elaboração de Relatório - Propostas
  6. 6. Saúde Mental, o que é? Saúde Mental e Saúde Física são duas vertentes fundamentais e indissociáveis da saúde. É sentirmo-nos bem connosco próprios e na relação com os outros e assim sermos capazes de lidar de forma positiva com todos os problemas e adversidades que são colocados na nossa vida. Tudo isto promove autoconfiança e deste modo não temermos o futuro. Saúde mental implica: - Capacidade de adaptação a novas circunstâncias ou mudanças de vida; - Superação de crises e resolução de perdas afetivas e conflitos emocionais; - Ter capacidade de reconhecer limites e sinais de mal-estar; - Ter sentido crítico e de realidade, mas também humor, criatividade e capacidade de sonhar; - Estabelecer relações satisfatórias com outros membros da comunidade; - Ter projetos de vida e, sobretudo, descobrir um sentido para a vida.
  7. 7. Inquérito e tratamento de dados Para obter a opinião da população, lançamos um inquérito online, com diversas questões para as diversas faixas etárias. Neste inquérito contamos com 414 respostas.
  8. 8. Fontes
  9. 9. Algumas respostas no inquérito *Grande parte das pessoas que responderam ao inquérito deixaram esta pergunta em branco demonstrando desconhecimento perante o tema “ Ser feliz” “Nada” “Mente sã” “O nosso bem estar” “Estar bem connosco próprios, cientes das nossas responsabilidades e capazes de cooperar com as mesmas tendo em consideração o stress ou outros fatores do dia a dia” “A saúde mental é tão ou mais importante que a Física, relacionada com a mente, controla os nossos pensamentos, define ações e permite-nos refletir sobre as mesmas. As probabilidades de sermos bem sucedidos na vida aumentam consoante o (bom) estado da nossa saúde mental, e portanto seria importante haver mais interesse neste assunto” ” “Problemas mentais” “Não sei nada sobre o tema “É sermos capazes de lidar de forma positiva com as adversidades"
  10. 10. Conclusões sobre as resposta aos questionários: Concluímos que a população: - sabe da existência deste problema. - considera a saúde mental um tabu. - desvaloriza a saúde mental e não usa meios com receio de serem vistos como “doentes mentais”. Nota: Esta atitude está completamente errada, pois a saúde mental é um problema que deve ser tratado como outro qualquer grave da saúde física.
  11. 11. Feedback dado ao nosso trabalho (online)
  12. 12. Entrevista à Psicóloga Ana Neto (1) Ana Neto reforçou a ideia de que ainda existem muitos tabus, há muita gente que dá prioridade à saúde física e preferem acreditar que têm sob controlo a sua saúde mental do que admitir que não estão bem. Por exemplo “Nós só nos lembramos dos nossos ouvidos quando nos doem”. As pessoas só consideram doença quando dói. A Psicologa Ana Neto exerce funções no AES
  13. 13. Entrevista à Psicóloga Ana Neto (2) Com a psicóloga Ana Neto, aprendemos ainda as diferenças entre as competências do psicólogo e do psiquiatra e percebemos a ação destes profissionais na sua interação com as pessoas que acompanham e tratam.
  14. 14. Entrevista à Psicóloga Ana Neto (3) Da entrevista em duas sessões, no início e final do trabalho, destacamos: - os conceitos principais da saúde mental - como tratar estes problemas individual e coletivamente. - os sinais de alguém que precisa de ajuda Os sinais são variados, dependendo da pessoa e da sua perturbação.
  15. 15. Entrevista à Enfermeira Susana André (1) Nesta entrevista ficámos a saber que recursos temos no Centro Saúde local no âmbito de consultas de psicologia e psiquiatria e quais as soluções apresentadas por esta técnica aos serviços competentes desta Unidade Local de Saúde.
  16. 16. Susana André é uma enfermeira especializada nesta área no Centro de Saúde local. Susana André forneceu-nos informações acerca dos serviços disponíveis no Centro de saúde. Atualmente há uma psicóloga que presta apoio duas vezes por semana e uma psiquiatra que está presente uma vez por semana, mas só concede consultas depois da primeira realizada. Susana André julga que estes serviços não são suficientes e que ainda existe muita coisa a melhorar, mas há falta de recursos financeiros. Na opinião desta profissional ainda há muito para fazer, principalmente em duas temáticas, a solidão e o alcoolismo, que por serem aceites deixam de ser valorizadas, mas é importante dar finalidade a estas duas tônicas para se conseguir combater a saúde mental. Entrevista à Enfermeira Susana André (2)
  17. 17. Conclusão Com este trabalho percebemos que a população do concelho da Sertã considera a saúde mental um ponto muito fraco que é preciso melhorar. No inquérito que realizámos apenas 66,2% das pessoas têm conhecimento da existência de consultas de psicologia e das consultas de psiquiatria somente 58,4% dos elementos. É nossa intenção informar a população do concelho da Sertã, da existência das consultas proporcionadas no centro de saúde local. Demonstrar também a importância de procurar ajuda quando sentimos a perda da sanidade mental, seja qual for a faixa etária.
  18. 18. Nós Propomos! 1. Realização de palestras / sessões / debates na Escola (para todos os alunos a partir do 7º ano) sobre: - Alcoolismo; Drogas - Violência Doméstica; no Namoro - Obesidade; Saúde Mental 1. Realização de palestras / sessões / debates na Escola (para pais e EE) sobre: - Alcoolismo; Drogas - Violência Doméstica; Violência no Namoro - Obesidade; Saúde Mental 1. ( Associação de Estudantes / Associação de Pais e EE / Projetos das Turmas) No Centro de Saúde, atendimento em consultas de psicologia e psiquiatria em regime de igualdade com outras consultas.
  19. 19. Fontes: - https://www.dgs.pt/paginas-de-sistema/saude-de-a-a-z/programa-nacional-para-a- saude-mental/perguntas-e-respostas.aspx - https://www.adeb.pt/pages/o-que-e-a-saude-mental - https://rr.sapo.pt/2021/02/25/pais/saude-mental-na-pandemia-mais-de-70-mil- portugueses-ja-pediram-ajuda/noticia/228117/
  20. 20. Agradecimentos Muito obrigada a todas as pessoas que colaboram connosco na realização deste projeto, sem elas nada teria sido possível! - Professora Ilda Bicacro - Psicóloga Ana Neto - Enfermeira Susana André - Todas as pessoas que colaboraram com as respostas ao questionário on line

×