SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 79
Baixar para ler offline
ANGIO - RM
Prof. Esp.Herculys Douglas
ANGIO - TC
PÓS-GRADUAÇÃO EM TC E RM
ANGIOGRAFIA
• Angiografia ou angiograma é um método de
realização de um exame radiológico dos vasos
sanguíneos.
• O nome vem do grego angeion, vaso, e graphein,
escrever.
SISTEMA CIRCULATÓRIO
VASOS SANGUÍNEOS
PATOLOGIAS
PATOLOGIAS
PATOLOGIAS
STENT
ANGIOPLASTIA
PATOLOGIAS
PATOLOGIAS
EMBOLIZAÇÃO
ANGIOGRAFIA
• Hemodinâmica
• Arco cirúrgico
• Radiografia
• Tomografia computadorizada
• Ressonância magnética
ANGIOGRAFIA
A Tecnologia está mudando...
E rapidamente....
DIFERENÇAS: TC E RM
TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
Raios X Campos eletromagnéticos
Iodo Gadolínio
Transformada de Fourier Transformada de Fourier (rápida)
Maior possibilidade de reação adversa Menor possibilidade de reação adversa
100% utilizam M.C Pode ser realizado sem M.C*
ANGIOGRAFIA: TC E RM
UNIDADE INJETORA: TC e RM
DELAY= Tempo de espera entre o início da injeção e a aquisição dos cortes.
DIFERENÇAS
• Viscosidade
• Osmolaridade e osmolalidade
• Quantidade
• Índices de reações adversas
MEIOS DE CONTRASTE: TC E RM
ANGIOGRAFIA: TC E RM
Pode utilizar a unidade injetora?
ANGIOGRAFIA: TC E RM
UNIDADE INJETORA: CONSOLE
• Efeito nocivo ou indesejado
• Grau de severidade
• Tempo decorrido
• Reação anafilactóides e
quimiotóxicas.
REAÇÕES ADVERSAS
• Reações leves
• Reações moderadas
• Reações graves
GRAU DE SEVERIDADE
ANGIOGRAFIA: TC E RM
CONTRASTE RADIOLÓGICO
• Distancia entre o branco
e preto.
• Tons de cinza
• Qualidade da imagem
CONTRASTE: QUAL O MAIOR?
ANGIO-TC
Prof. Esp. Herculys Douglas
PÓS-GRADUAÇÃO EM TC E RM
ANGIO-TC
v ANAMNESE
v CADASTRO
v EXAME
v PROCESSAMENTO
CADASTRO DO PACIENTE
CADASTRO DO PACIENTE
Posicionamento
MEIOS DE CONTRASTE
• Meio de contraste
iodado.
• Utilização da unidade
injetora.
• É utilizado entre 1 e 2
mL por Kg.
• Administração:
endovenosa.
FLUOROSCOPIA
(Monitoring)
q Monitoramento da captação
do meio de contraste através da
escala Hounsfield, na qual é
selecionado uma pequena área
do vaso e o aparelho irá liberar
o exame.
TIPOS DE AQUISIÇÃO
SMART PREP
q Monitoramento da captação
do meio de contraste em um
órgão ou estrutura, através da
injeção de uma pequena
quantidade de contraste para se
obter imagem com densidade
uniforme em toda sua extensão.
Scan
Phase
CT #
Peak Enhancement
Monitor
Phase
Operator-Defined Threshold
Time
TIPOS DE AQUISIÇÃO
RECONSTRUÇÃO 3D
RECONSTRUÇÃO 3D
Injeção: 4.5ml por seg
Fase Inicial Fase Tardia
Modo (pitch3)1.25/3.75mm
TEMPOS DE AQUISIÇÃO
Pausa de 15seg
Tempo Total de Scan 22seg
MIP VR
TIPOS DE PROCESSAMENTO
TIPOS DE PROCESSAMENTO
TIPOS DE PROCESSAMENTO
120kV/230mA/2.5mmEsp/0.8seg
Volume Rendering MIP
TIPOS DE PROCESSAMENTO
ANGIO-TC: CORONÁRIAS
ANGIO-TC: CORONÁRIAS
ANGIO-TC: CORONÁRIAS
R L
BW
RG
PROCEDIMENTO
Ø posicionar o paciente
Ø conectar os eletrodos
Ø visualizar os bpm no ECG
q SmartScore > calcificação
q CardIQ/Function > mobilidade
q CardIQ/Analysis > análise cardíaca
ANGIO-TC: CORONÁRIAS
Programa de pós processamento de
imagem que isola o coração das
outras estruturas, reconstruindo-o
em 3D, onde é possivel visualizar a
anatomia cardiaca, artéria e veia
coronária, anomalias congênitas,,
cavidades do coração, enxerto,
Stents e o completo sistema
vascular.
CardIQ
(Analisys)
ANGIO-TC: CORONÁRIAS
ANGIO-TC: CORONÁRIAS
q Programa é usado para calcular
e exibir variações anatômicas e
funcionais do coração.
q Pode-se quantificar o volume
ventricular esquerdo e direito assim
como volume do miocárdio,
endocárdio e epicárdio
q É necessário somente uso de
contraste EV para se poder fazer a
análise cardíaca funcional.
CardIQ
(Function)
ANGIO-TC: CORONÁRIAS
q Método não invasivo que
mede quantitativamente a
extensão do depósito de cálcio
na Artéria Coronária.
SmartScore
(Cardiac CT)
ANGIO-TC: CORONÁRIAS
ANGIO-TC: CORONÁRIAS
VR MIP
ANGIO-TC: CORONÁRIAS
ESTENOSE: CX
PERICARDITE COM CALCIFICAÇÃO
FLUXO DE TRABALHO - CARDIAC CT IMAGING
ECG- Scan
Imagem SnapShot
Recon
Pós processo
CardIQ
Auto transfer
Resultado
ReformataçãoAnálise de vaso 3D Coronárias3D Heart VR
3D Quick View
Multi-Phase rfmt Reviewer
~2 min
Function
ANEURISMA
ANEURISMA
ANGIOPLASTIA
ANGIO-RM
Prof. Esp. Herculys Douglas
PÓS-GRADUAÇÃO EM TC E RM
ANGIO-RM
v ANAMNESE
v CADASTRO
v EXAME
v PROCESSAMENTO
CADASTRO DO PACIENTE
CADASTRO DO PACIENTE
Posicionamento
INHANCE E 3D TOF – SEM CONTRASTE
MEIOS DE CONTRASTE
• Utilização da unidade
injetora, caso seja com
M.C (DTPA-Gd).
• É utilizado entre 0,1 e
0,2 mL por Kg de M.C.
• Administração:
endovenosa.
• Redução do tempo de
relaxamento T1.
• Doses baixas-0,1 a 0,2
mmol/Kg
• Baixa viscosidade
• Excreção entre 1,3 e 4 h.
GADOLÍNIO + DTPA
Clorofila-absorção de fótons
de luz, é um quelato de Mg.
Hemoglobina-transporte de
O2 é um quelato de ferro.
QUELANTES
• “Sequestrantes de
materiais ou substância “.
• Evita a absorção
• Excreção renal
• Acidente de Goiânia-Azul
da Prússia.
QUELANTES
QUEM CHUPA O VENENO DA
COBRA?
QUEM CHUPA O VENENO DA
COBRA? QUELANTE!
• Fluoro-Trigger (Bolus Track)
• Smart-Prep
• Bolus Test
TÉCNICAS PARA INJEÇÃO DE CONTRASTE
• Visualização da chegada do
contraste em tempo real.
• Aplicativos associados
TÉCNICAS PARA INJEÇÃO DE CONTRASTE:
FLUORO - TRIGGER
• Utilização de tracker
(marcador).
• Monitoramento automático
TÉCNICAS PARA INJEÇÃO DE CONTRASTE:
SMART - PREP
• Injeção de pequena
quantidade de contraste (1
a 2 ml).
• Seleção de topografia
• Delay automático
TÉCNICAS PARA INJEÇÃO DE CONTRASTE:
BOLLUS - TEST
• Máscara: pré-contraste
• Várias séries com contaste:
arterial e venosa.
• Subtração do tecido
estacionário.
TÉCNICAS PARA INJEÇÃO DE CONTRASTE:
TRICKS
ANATOMIA
ANATOMIA
ANATOMIA
ESTENOSE
ESTENOSE+TROMBO
PATOLOGIA???
PATOLOGIA???
ANGIO: TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Renderização de volume aplicado a angiotomografia (atual)
Renderização de volume aplicado a angiotomografia (atual)Renderização de volume aplicado a angiotomografia (atual)
Renderização de volume aplicado a angiotomografia (atual)Fabiano Ladislau
 
Aula de tomografia 2019
Aula de tomografia   2019Aula de tomografia   2019
Aula de tomografia 2019FLAVIO LOBATO
 
Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]
Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]
Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]Guillermo Alberto López
 
Princípios Físicos Ressonância Magnética
Princípios Físicos Ressonância MagnéticaPrincípios Físicos Ressonância Magnética
Princípios Físicos Ressonância MagnéticaAlex Eduardo Ribeiro
 
Aula científica sobre seios paranasais, cavum e vias aéreas superiores 2013...
Aula científica sobre seios paranasais, cavum e vias aéreas superiores   2013...Aula científica sobre seios paranasais, cavum e vias aéreas superiores   2013...
Aula científica sobre seios paranasais, cavum e vias aéreas superiores 2013...Robson Rocha
 
Aula Científica Sobre Seios Paranasais e Cavum
Aula Científica Sobre Seios Paranasais e CavumAula Científica Sobre Seios Paranasais e Cavum
Aula Científica Sobre Seios Paranasais e CavumRobson Rocha
 

Mais procurados (20)

Renderização de volume aplicado a angiotomografia (atual)
Renderização de volume aplicado a angiotomografia (atual)Renderização de volume aplicado a angiotomografia (atual)
Renderização de volume aplicado a angiotomografia (atual)
 
Angiografia por Ressonância Magnética. Gadolínio e Tc
Angiografia por Ressonância Magnética. Gadolínio e TcAngiografia por Ressonância Magnética. Gadolínio e Tc
Angiografia por Ressonância Magnética. Gadolínio e Tc
 
Aula de tomografia 2019
Aula de tomografia   2019Aula de tomografia   2019
Aula de tomografia 2019
 
Aula 07 ultrassonografia
Aula 07 ultrassonografiaAula 07 ultrassonografia
Aula 07 ultrassonografia
 
Tomografia computadorizada
Tomografia computadorizadaTomografia computadorizada
Tomografia computadorizada
 
Tomografia trabalho
Tomografia trabalhoTomografia trabalho
Tomografia trabalho
 
EXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
EXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICAEXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
EXAMES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
 
Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]
Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]
Tomografia computadorizada power point (1) [reparado]
 
URGÊNCIA E EMERGÊNCIA NA RADIOLOGIA
URGÊNCIA E EMERGÊNCIA NA RADIOLOGIAURGÊNCIA E EMERGÊNCIA NA RADIOLOGIA
URGÊNCIA E EMERGÊNCIA NA RADIOLOGIA
 
Tomografia Computadorizada: Patologias do Tórax
Tomografia Computadorizada: Patologias do TóraxTomografia Computadorizada: Patologias do Tórax
Tomografia Computadorizada: Patologias do Tórax
 
Aula de rm prof. luis aguiar
Aula de rm   prof. luis aguiarAula de rm   prof. luis aguiar
Aula de rm prof. luis aguiar
 
Tc apostila almir
Tc apostila almirTc apostila almir
Tc apostila almir
 
Rx- Análise de Qualidade
Rx- Análise de QualidadeRx- Análise de Qualidade
Rx- Análise de Qualidade
 
Ressonancia magnetica
Ressonancia magneticaRessonancia magnetica
Ressonancia magnetica
 
Tomografia do Abdome
Tomografia do Abdome Tomografia do Abdome
Tomografia do Abdome
 
Radiologia do tórax
Radiologia do tóraxRadiologia do tórax
Radiologia do tórax
 
Princípios Físicos Ressonância Magnética
Princípios Físicos Ressonância MagnéticaPrincípios Físicos Ressonância Magnética
Princípios Físicos Ressonância Magnética
 
Aula científica sobre seios paranasais, cavum e vias aéreas superiores 2013...
Aula científica sobre seios paranasais, cavum e vias aéreas superiores   2013...Aula científica sobre seios paranasais, cavum e vias aéreas superiores   2013...
Aula científica sobre seios paranasais, cavum e vias aéreas superiores 2013...
 
Ressonância Magnética: Equipamentos.
Ressonância Magnética: Equipamentos.Ressonância Magnética: Equipamentos.
Ressonância Magnética: Equipamentos.
 
Aula Científica Sobre Seios Paranasais e Cavum
Aula Científica Sobre Seios Paranasais e CavumAula Científica Sobre Seios Paranasais e Cavum
Aula Científica Sobre Seios Paranasais e Cavum
 

Semelhante a ANGIO: TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

Angio ressonância Magnética
Angio ressonância MagnéticaAngio ressonância Magnética
Angio ressonância MagnéticaDanielle Climaco
 
Aula 1 - histórico e aspectos físicos
Aula 1 - histórico e aspectos físicosAula 1 - histórico e aspectos físicos
Aula 1 - histórico e aspectos físicosPedro Antonio
 
Tomografia para tecnicos
Tomografia   para tecnicosTomografia   para tecnicos
Tomografia para tecnicosLuanapqt
 
CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...
CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...
CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...KarlosEduardo30
 
E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.
E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.
E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.Isabel Canova
 
Técnicas Avançadas em Neuro RM
Técnicas Avançadas em Neuro RMTécnicas Avançadas em Neuro RM
Técnicas Avançadas em Neuro RMFabiano Ladislau
 
SLIDES AULA 4 FISICA RM.ppt
SLIDES AULA 4 FISICA RM.pptSLIDES AULA 4 FISICA RM.ppt
SLIDES AULA 4 FISICA RM.pptFlavioleandro6
 
Papel das terapias ablativas nas metástases hepáticas
Papel das terapias ablativas nas metástases hepáticasPapel das terapias ablativas nas metástases hepáticas
Papel das terapias ablativas nas metástases hepáticasCirurgia Online
 
24 como selecionar o paciente para cirurgia ou rxtqt
24   como selecionar o paciente para cirurgia ou rxtqt24   como selecionar o paciente para cirurgia ou rxtqt
24 como selecionar o paciente para cirurgia ou rxtqtONCOcare
 
Detector de Radiacao Ionizante
Detector de Radiacao IonizanteDetector de Radiacao Ionizante
Detector de Radiacao IonizanteDiego Santos
 
Como fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos Clínicos
Como fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos ClínicosComo fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos Clínicos
Como fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos ClínicosJean Carlo Cadillo López
 
protocolos de tomografia geral tc protocolos G E R A L CORPO TOO.pdf
protocolos de tomografia geral tc protocolos  G E R A L CORPO TOO.pdfprotocolos de tomografia geral tc protocolos  G E R A L CORPO TOO.pdf
protocolos de tomografia geral tc protocolos G E R A L CORPO TOO.pdfLazaro Fideles
 
Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...
Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...
Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...Fabiano Ladislau
 
Cap 116 implante de marcapasso transvenoso
Cap 116 implante de marcapasso transvenosoCap 116 implante de marcapasso transvenoso
Cap 116 implante de marcapasso transvenosoThiago Viegas
 

Semelhante a ANGIO: TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA (20)

Angio ressonância Magnética
Angio ressonância MagnéticaAngio ressonância Magnética
Angio ressonância Magnética
 
Ango rm
Ango rmAngo rm
Ango rm
 
Avanços Tecnológicos na RM
Avanços Tecnológicos na RM Avanços Tecnológicos na RM
Avanços Tecnológicos na RM
 
Aula 1 - histórico e aspectos físicos
Aula 1 - histórico e aspectos físicosAula 1 - histórico e aspectos físicos
Aula 1 - histórico e aspectos físicos
 
Smn unicamp
Smn unicampSmn unicamp
Smn unicamp
 
Tomografia para tecnicos
Tomografia   para tecnicosTomografia   para tecnicos
Tomografia para tecnicos
 
CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...
CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...
CONARAD-A-evolucao-tecnologica-e-o-estado-da-arte-em-Tomografia-Computadoriza...
 
E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.
E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.
E-book_de_Tomografia.pdf - mini curso para iniciantes da área de radiologia.
 
Técnicas Avançadas em Neuro RM
Técnicas Avançadas em Neuro RMTécnicas Avançadas em Neuro RM
Técnicas Avançadas em Neuro RM
 
SLIDES AULA 4 FISICA RM.ppt
SLIDES AULA 4 FISICA RM.pptSLIDES AULA 4 FISICA RM.ppt
SLIDES AULA 4 FISICA RM.ppt
 
Tomografia Computadorizada Aplicada na Oncologia
Tomografia Computadorizada Aplicada na OncologiaTomografia Computadorizada Aplicada na Oncologia
Tomografia Computadorizada Aplicada na Oncologia
 
Papel das terapias ablativas nas metástases hepáticas
Papel das terapias ablativas nas metástases hepáticasPapel das terapias ablativas nas metástases hepáticas
Papel das terapias ablativas nas metástases hepáticas
 
24 como selecionar o paciente para cirurgia ou rxtqt
24   como selecionar o paciente para cirurgia ou rxtqt24   como selecionar o paciente para cirurgia ou rxtqt
24 como selecionar o paciente para cirurgia ou rxtqt
 
Tomografia feixe conico
Tomografia feixe conicoTomografia feixe conico
Tomografia feixe conico
 
Detector de Radiacao Ionizante
Detector de Radiacao IonizanteDetector de Radiacao Ionizante
Detector de Radiacao Ionizante
 
Como fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos Clínicos
Como fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos ClínicosComo fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos Clínicos
Como fazer SRS, SBRT, IGRT com EPID Casos Clínicos
 
protocolos de tomografia geral tc protocolos G E R A L CORPO TOO.pdf
protocolos de tomografia geral tc protocolos  G E R A L CORPO TOO.pdfprotocolos de tomografia geral tc protocolos  G E R A L CORPO TOO.pdf
protocolos de tomografia geral tc protocolos G E R A L CORPO TOO.pdf
 
Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...
Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...
Estudo Multiparamétrico da Hiperplasia e Câncer de Próstata - CONGRESSO NACIO...
 
Cap 116 implante de marcapasso transvenoso
Cap 116 implante de marcapasso transvenosoCap 116 implante de marcapasso transvenoso
Cap 116 implante de marcapasso transvenoso
 
Redução da dose de radiação na tomografia
Redução da dose de radiação na tomografiaRedução da dose de radiação na tomografia
Redução da dose de radiação na tomografia
 

Mais de Herculys Douglas Clímaco Marques

Segurança em ressonância magnética - dispositivos médicos
Segurança em ressonância magnética - dispositivos médicosSegurança em ressonância magnética - dispositivos médicos
Segurança em ressonância magnética - dispositivos médicosHerculys Douglas Clímaco Marques
 
HEMODINÂMICA: EMBOLOTERAPIA E QUIMIOEMBOLIZAÇÃO HEPÁTICA
HEMODINÂMICA: EMBOLOTERAPIA E QUIMIOEMBOLIZAÇÃO HEPÁTICAHEMODINÂMICA: EMBOLOTERAPIA E QUIMIOEMBOLIZAÇÃO HEPÁTICA
HEMODINÂMICA: EMBOLOTERAPIA E QUIMIOEMBOLIZAÇÃO HEPÁTICAHerculys Douglas Clímaco Marques
 

Mais de Herculys Douglas Clímaco Marques (20)

Neuroimagem
NeuroimagemNeuroimagem
Neuroimagem
 
Segurança em ressonância magnética - dispositivos médicos
Segurança em ressonância magnética - dispositivos médicosSegurança em ressonância magnética - dispositivos médicos
Segurança em ressonância magnética - dispositivos médicos
 
Trichuris trichiura e Enterobius vermiculares
Trichuris trichiura e Enterobius vermicularesTrichuris trichiura e Enterobius vermiculares
Trichuris trichiura e Enterobius vermiculares
 
Radiologia Intervencionista
Radiologia IntervencionistaRadiologia Intervencionista
Radiologia Intervencionista
 
TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA (TC)
TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA (TC)TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA (TC)
TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA (TC)
 
Meios de Contraste: TC e RM
Meios de Contraste: TC e RM Meios de Contraste: TC e RM
Meios de Contraste: TC e RM
 
Interpretação de Imagens Tomográficas (TC)
Interpretação de Imagens Tomográficas (TC)Interpretação de Imagens Tomográficas (TC)
Interpretação de Imagens Tomográficas (TC)
 
Meios de Constraste em Ressonância Magnética
Meios de Constraste em Ressonância MagnéticaMeios de Constraste em Ressonância Magnética
Meios de Constraste em Ressonância Magnética
 
HEMODINÂMICA: EMBOLOTERAPIA E QUIMIOEMBOLIZAÇÃO HEPÁTICA
HEMODINÂMICA: EMBOLOTERAPIA E QUIMIOEMBOLIZAÇÃO HEPÁTICAHEMODINÂMICA: EMBOLOTERAPIA E QUIMIOEMBOLIZAÇÃO HEPÁTICA
HEMODINÂMICA: EMBOLOTERAPIA E QUIMIOEMBOLIZAÇÃO HEPÁTICA
 
PROFISSÃO: TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA
PROFISSÃO: TECNÓLOGO EM RADIOLOGIAPROFISSÃO: TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA
PROFISSÃO: TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA
 
Ressonância Magnética: Abdome
Ressonância Magnética: AbdomeRessonância Magnética: Abdome
Ressonância Magnética: Abdome
 
Radiologia Forense
Radiologia ForenseRadiologia Forense
Radiologia Forense
 
Estudo de caso: um jovem e a radiologia.
Estudo de caso: um jovem e a radiologia.Estudo de caso: um jovem e a radiologia.
Estudo de caso: um jovem e a radiologia.
 
Meios de contraste: TC e RM
Meios de contraste: TC e RMMeios de contraste: TC e RM
Meios de contraste: TC e RM
 
QUESTÕES DE RADIOLOGIA: CONCURSOS
QUESTÕES DE RADIOLOGIA: CONCURSOSQUESTÕES DE RADIOLOGIA: CONCURSOS
QUESTÕES DE RADIOLOGIA: CONCURSOS
 
Reconstruções: TC e RM
Reconstruções: TC e RMReconstruções: TC e RM
Reconstruções: TC e RM
 
Ressonância Magnética - Oncologia
Ressonância Magnética - OncologiaRessonância Magnética - Oncologia
Ressonância Magnética - Oncologia
 
Tecnólogo em Radiologia na Pandemia Covid-19
Tecnólogo em Radiologia na Pandemia Covid-19Tecnólogo em Radiologia na Pandemia Covid-19
Tecnólogo em Radiologia na Pandemia Covid-19
 
Mercado Mobile - Aplicativos
Mercado Mobile - AplicativosMercado Mobile - Aplicativos
Mercado Mobile - Aplicativos
 
DICAS: CONCURSOS PÚBLICOS RADIOLOGIA
DICAS: CONCURSOS PÚBLICOS RADIOLOGIADICAS: CONCURSOS PÚBLICOS RADIOLOGIA
DICAS: CONCURSOS PÚBLICOS RADIOLOGIA
 

Último

02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 

Último (20)

02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 

ANGIO: TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA