SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Conselho de Classe:
Um espaço de Reflexão e
Ação
Por:
Vadeilza Castilho de Araújo Bernert
Técnica Pedagógica
Coordenadoria Regional de Educação – CRE/SEDUC
Vilhena - RO
Objetivo do Conselho de Classe
O objetivo geral do Conselho de Classe
é a melhoria qualitativa e quantitativa do
processo ensino-aprendizagem, através
de discussões e reflexões pela equipe
da escola com definições satisfatórias
que venham a melhorar o processo
ensino aprendizagem.
• O Conselho de Classe é um espaço apropriado para
avaliação do processo de ensino.
• São espaços escolares mais identificados com reflexões sobre
as práticas gestoras e docentes
Segundo Dalben (1994), "é capaz de
dinamizar o coletivo escolar pela via
da gestão do processo de ensino,
foco central do processo de
escolarização. É o espaço prioritário
da discussão pedagógica.”
Porém, Lima (2012) , afirma
que reside no Conselho de
Classe o espaço apropriado
para avaliação do processo de
ensino, mas que este é deixado
de lado sob a pressão das
forças tradicionais que cedem
lugar à mera expressão
numérica dos resultados da
avaliação da aprendizagem.
Ou como mostra a imagem acima.
Ou ainda em alguns casos o
Conselho de Classe significa
simplesmente, um espaço para
leilões de notas, conceitos e
menções. O desejo exagerado por
anunciar apenas os resultados, tem
ocasionado a fragilização do
processo de avaliação que perde
sua importância pela ênfase nos
resultados descontextualizados da
realidade onde foram originados.
(WERLE, 2010)
Nesta mesma linha de raciocínio, Dalben
alerta que o papel do Conselho de
Classe no cotidiano escolar tem sido
mais o de reforçar e legitimar os resultados dos alunos, já fornecidos
pelos professores e registrados em seus diários, e não o de propiciar a
articulação coletiva desses profissionais num processo de análise
dialética, considerando a totalidade. (DALBEN, 1994, p. 114)
O que o estudante aprendeu?
O que ele ainda não aprendeu?
O que foi realizado para que ele
aprendesse?
e, finalmente,
O que pode realizar para que ele
ainda aprenda?
(BRASÍLIA-DF, 2014).
As análises decorrentes das práticas dos
Conselhos de Classe constituem espaço
propício para fazer o acompanhamento e
avaliação das práticas docentes e
discentes.
O que não pode no Conselho de Classe?
Se transformar em um desabafo coletivo e em uma cascata de
queixas, que mais se assemelha a um tribunal onde o aluno é o
réu.
Discussões paralelas a respeito de um aluno e o foco da
análise a respeito da aprendizagem não for atingido.
Indicadores importantes para reflexão
• Alto índice de conceitos insatisfatórios em determinadas disciplinas.
• Alunos com conceitos insatisfatórios no(s) bimestre(s).
• Alunos que fazem parte do Projeto de Intervenção Pedagógica
Processual – IPP, Portaria N. 522/14-GAB/SEDUC-RO, Artigo 7º que
ainda continuam com conceitos insatisfatórios.
• Alunos faltosos com conceitos satisfatórios x alunos frequentes com
conceitos insatisfatórios.
• Como foram praticadas as sugestões para a melhoria do desempenho dos
alunos propostas no IPP e na Reunião Pedagógica?
• O IPP? Está ocorrendo? Há registros?
• A avaliação tem caráter diagnóstico? Como está sendo aplicada na sala
de aula?
• O que pensam os alunos que participam do Conselho sobre o
desempenho da sua sala? Têm propostas?
Fases importantes para o Conselho (Sugestão)
• Planejamento do Conselho (Coordenação Pedagógica);
• Convocação aos docentes;
• Levantamento de dados da turma (Equipe Pedagógica) Instrumentais;
Quadro Demonstrativos de Notas (impressa), Instrumental dos Líderes de
Classe, se tiver.
• Pauta (Coordenação Pedagógica)
• Ata descritiva, (Secretaria)
• Fala dos Líderes de Classes; (reflexão sobre atuação em sala de aula: clima de
trabalho, reações, qualidade de aproveitamento);
• Análise dos depoimentos apresentados pelos alunos;
• Sugestões de medidas a serem tomadas; (Gestor Escolar)
• Avaliação global da turma e individual;
• Apresentação de gráfico do rendimento escolar, por turma e disciplina;
(Coordenação Pedagógica);
• Discussão de medidas para tomada de decisão em relação aos problemas de
cada turma ou aluno;
• Avaliação dos alunos que apresentam dificuldades de qualquer natureza;
• Estabelecimento de plano de ação para a tomada de decisão; O que fazer?
• Debate sobre o Processo pedagógico;
• Auto-avaliação pelos professores;
• Leitura, aprovação e assinatura da ata;
• Encerramento da reunião.
Pós-Conselho (Gestão Escolar, Coordenação Pedagógica e
Orientadores)
Leitura da Ata;
Diagnóstico (Pontos relevantes);
Quais foram os problemas levantados?
Quais os encaminhamentos propostos?
Quais questões de ensino e aprendizagem foram tratadas no
Conselho?
Quais foram as sugestões propostas?
Quais práticas de gestão democrática você identificou no Conselho?
Que mudanças você propõe para a realização do Conselho de Classe?
Referências:
• BRASIL, Secretaria de Educação Básica. Formação de professores
do ensino médio, Etapa II - Caderno I : Organização do Trabalho
Pedagógico no Ensino Médio / Ministério da Educação, Secretaria de
Educação Básica; [autores : Erisevelton Silva Lima... et al.]. – Curitiba :
UFPR/Setor de Educação, 2014. 49p. : il. algumas color.
• DALBEN, Â. I. de F. Trabalho escolar e conselho de classe. Coleção
magistério: formação e trabalho pedagógico. Campinas: Papirus, 1994.
• LIMA, E. S. O Diretor e as avaliações praticadas na escola. Brasília-
DF: Editora Kiron, 2012.
• WERLE, F. O. C. Sistema de Avaliação da Educação Básica no Brasil:
abordagem por níveis de segmentação. In: WERLE, F. O. C. (Org.).
Avaliação em larga escala: foco na escola. São Leopoldo: Oikos;
Brasília-DF: Liber Livro, 2010.
OBRIGADA!!!
Vadeilza Castilho de Araújo Bernert
Contato:
vadeilzacastilho@seduc.ro.gov.br
Twitter @vadeilza

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10QUEDMA SILVA
 
Plano intervenção
Plano intervençãoPlano intervenção
Plano intervençãojosihy
 
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 muni2014
 
Pauta planejamento 2012 1º
Pauta planejamento 2012     1ºPauta planejamento 2012     1º
Pauta planejamento 2012 1ºNethy Marques
 
Formação recomposição da Aprendizagem
Formação recomposição da Aprendizagem Formação recomposição da Aprendizagem
Formação recomposição da Aprendizagem carmensilva723002
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Luiza Carvalho
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borgespdescola
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarBelister Paulino
 
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxPLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxssuser6c03a6
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolarAnanda Lima
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemCleyton Carvalho
 
Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Lindomar Oliveira
 
Coordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoCoordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoNailson Rocha
 
Relatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarRelatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarMaryanne Monteiro
 

Mais procurados (20)

Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
 
Plano intervenção
Plano intervençãoPlano intervenção
Plano intervenção
 
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
 
Plano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógicaPlano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógica
 
Plano de ação 2011
Plano de ação 2011Plano de ação 2011
Plano de ação 2011
 
Gestão de sala de aula
Gestão de sala de aulaGestão de sala de aula
Gestão de sala de aula
 
Pauta planejamento 2012 1º
Pauta planejamento 2012     1ºPauta planejamento 2012     1º
Pauta planejamento 2012 1º
 
Formação recomposição da Aprendizagem
Formação recomposição da Aprendizagem Formação recomposição da Aprendizagem
Formação recomposição da Aprendizagem
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão Escolar
 
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docxPLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
PLANO DE AÇÃO 2023 cei.docx
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolar
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
Ficha de conselho de classe
Ficha de conselho de classeFicha de conselho de classe
Ficha de conselho de classe
 
Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019
 
Coordenador Pedagógico
Coordenador PedagógicoCoordenador Pedagógico
Coordenador Pedagógico
 
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
Plano de ação pedagógica 2009   anandreiaPlano de ação pedagógica 2009   anandreia
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
 
Relatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarRelatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolar
 
Slides semana pedagógica
Slides  semana pedagógicaSlides  semana pedagógica
Slides semana pedagógica
 

Destaque

Síntese conselho de classe
Síntese conselho de classeSíntese conselho de classe
Síntese conselho de classevivianelima
 
Reunião professores coordenadores conselho de classe 2013
Reunião professores coordenadores   conselho de classe 2013Reunião professores coordenadores   conselho de classe 2013
Reunião professores coordenadores conselho de classe 2013Rosemary Batista
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classelucavao2010
 
Modelo de relatório de alunos em recuperação em Cada Bimestre (6º aio 9º ano)...
Modelo de relatório de alunos em recuperação em Cada Bimestre (6º aio 9º ano)...Modelo de relatório de alunos em recuperação em Cada Bimestre (6º aio 9º ano)...
Modelo de relatório de alunos em recuperação em Cada Bimestre (6º aio 9º ano)...Adilson P Motta Motta
 
Orientação escolar conselho de classe e grupos de estudos
Orientação escolar   conselho de classe e grupos de estudosOrientação escolar   conselho de classe e grupos de estudos
Orientação escolar conselho de classe e grupos de estudosAlexandre Misturini
 
SEMINARIO 2 - A EVOLUÇÃO NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS PARA O DIRETOR GESTOR, NA...
SEMINARIO 2 - A EVOLUÇÃO NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS PARA O DIRETOR GESTOR, NA...SEMINARIO 2 - A EVOLUÇÃO NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS PARA O DIRETOR GESTOR, NA...
SEMINARIO 2 - A EVOLUÇÃO NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS PARA O DIRETOR GESTOR, NA...unieubra
 
Gestão escolar e papel do diretor
Gestão escolar e papel do diretorGestão escolar e papel do diretor
Gestão escolar e papel do diretorHelena Mendonça
 
Slides conselho de classe
Slides conselho de classeSlides conselho de classe
Slides conselho de classearaciescola
 
O papel do gestor na incorporação das tic na escola
O papel do gestor na incorporação das tic na escolaO papel do gestor na incorporação das tic na escola
O papel do gestor na incorporação das tic na escolaNTEBalsas
 
Conselho Escolar, gestão democrática da educação e escolha do diretor
Conselho Escolar, gestão democrática da educação e escolha do diretorConselho Escolar, gestão democrática da educação e escolha do diretor
Conselho Escolar, gestão democrática da educação e escolha do diretorUBIRAJARA COUTO LIMA
 
O papel do diretor
O  papel do diretorO  papel do diretor
O papel do diretorbiwal
 
Caderno novo do conselho escolar
Caderno novo do conselho escolarCaderno novo do conselho escolar
Caderno novo do conselho escolarDaniela F Almenara
 
Slides conselho escolar
Slides conselho escolarSlides conselho escolar
Slides conselho escolarcezarjeri
 
Gestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da EducaçãoGestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da Educaçãoregicenci
 

Destaque (17)

Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
 
Síntese conselho de classe
Síntese conselho de classeSíntese conselho de classe
Síntese conselho de classe
 
Reunião professores coordenadores conselho de classe 2013
Reunião professores coordenadores   conselho de classe 2013Reunião professores coordenadores   conselho de classe 2013
Reunião professores coordenadores conselho de classe 2013
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
 
Modelo de relatório de alunos em recuperação em Cada Bimestre (6º aio 9º ano)...
Modelo de relatório de alunos em recuperação em Cada Bimestre (6º aio 9º ano)...Modelo de relatório de alunos em recuperação em Cada Bimestre (6º aio 9º ano)...
Modelo de relatório de alunos em recuperação em Cada Bimestre (6º aio 9º ano)...
 
Orientação escolar conselho de classe e grupos de estudos
Orientação escolar   conselho de classe e grupos de estudosOrientação escolar   conselho de classe e grupos de estudos
Orientação escolar conselho de classe e grupos de estudos
 
SEMINARIO 2 - A EVOLUÇÃO NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS PARA O DIRETOR GESTOR, NA...
SEMINARIO 2 - A EVOLUÇÃO NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS PARA O DIRETOR GESTOR, NA...SEMINARIO 2 - A EVOLUÇÃO NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS PARA O DIRETOR GESTOR, NA...
SEMINARIO 2 - A EVOLUÇÃO NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS PARA O DIRETOR GESTOR, NA...
 
Gestão escolar e papel do diretor
Gestão escolar e papel do diretorGestão escolar e papel do diretor
Gestão escolar e papel do diretor
 
Slides conselho de classe
Slides conselho de classeSlides conselho de classe
Slides conselho de classe
 
O papel do gestor na incorporação das tic na escola
O papel do gestor na incorporação das tic na escolaO papel do gestor na incorporação das tic na escola
O papel do gestor na incorporação das tic na escola
 
Orientaes colegiado escolar
Orientaes   colegiado escolarOrientaes   colegiado escolar
Orientaes colegiado escolar
 
Conselho Escolar, gestão democrática da educação e escolha do diretor
Conselho Escolar, gestão democrática da educação e escolha do diretorConselho Escolar, gestão democrática da educação e escolha do diretor
Conselho Escolar, gestão democrática da educação e escolha do diretor
 
Conselho de classe 2011
Conselho de classe 2011Conselho de classe 2011
Conselho de classe 2011
 
O papel do diretor
O  papel do diretorO  papel do diretor
O papel do diretor
 
Caderno novo do conselho escolar
Caderno novo do conselho escolarCaderno novo do conselho escolar
Caderno novo do conselho escolar
 
Slides conselho escolar
Slides conselho escolarSlides conselho escolar
Slides conselho escolar
 
Gestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da EducaçãoGestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da Educação
 

Semelhante a Conselho de classe

Conselho de classe - Pedagogo César Tavares
Conselho de classe - Pedagogo César TavaresConselho de classe - Pedagogo César Tavares
Conselho de classe - Pedagogo César TavaresCÉSAR TAVARES
 
Workshop Formativo[1]
Workshop Formativo[1]Workshop Formativo[1]
Workshop Formativo[1]Macogomes
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiormariamoura1788lulu
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiormariamoura1788lulu
 
Conselho de classe_e_serie
Conselho de classe_e_serieConselho de classe_e_serie
Conselho de classe_e_serieRosemary Batista
 
Oficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptx
Oficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptxOficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptx
Oficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptxssuserfe1df6
 
Auto AvaliaçãO Da Be Lurdes Silva
Auto AvaliaçãO Da Be Lurdes SilvaAuto AvaliaçãO Da Be Lurdes Silva
Auto AvaliaçãO Da Be Lurdes Silvalurdesilva
 
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3João Alves Dos Reis
 
Planejamento Educacao Física
Planejamento Educacao FísicaPlanejamento Educacao Física
Planejamento Educacao FísicaDanilo Pires
 
Planejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisicaPlanejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisicaDanilo Pires
 
Planejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisicaPlanejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisicaDanilo Pires
 
Slides_.pptslides rendimento escolar Escola Craveiro Costa
Slides_.pptslides rendimento escolar Escola Craveiro CostaSlides_.pptslides rendimento escolar Escola Craveiro Costa
Slides_.pptslides rendimento escolar Escola Craveiro CostaErlissonPinheiro
 
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemEstudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemAna Rita S de Souza
 
Folha avaliação formativa[15433]
Folha   avaliação formativa[15433]Folha   avaliação formativa[15433]
Folha avaliação formativa[15433]pereyras
 
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagemDidática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagemLeonardo Severo
 
Modelo Auto AvaliaçãO Da Biblioteca Escolar
Modelo Auto AvaliaçãO Da Biblioteca EscolarModelo Auto AvaliaçãO Da Biblioteca Escolar
Modelo Auto AvaliaçãO Da Biblioteca Escolarmizedomingues
 

Semelhante a Conselho de classe (20)

Conselho de classe - Pedagogo César Tavares
Conselho de classe - Pedagogo César TavaresConselho de classe - Pedagogo César Tavares
Conselho de classe - Pedagogo César Tavares
 
Workshop Formativo[1]
Workshop Formativo[1]Workshop Formativo[1]
Workshop Formativo[1]
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superior
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superior
 
Conselho de classe eficaz
Conselho de classe eficazConselho de classe eficaz
Conselho de classe eficaz
 
Conselho de classe_e_serie
Conselho de classe_e_serieConselho de classe_e_serie
Conselho de classe_e_serie
 
Oficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptx
Oficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptxOficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptx
Oficina_Recomposição_PE (1) - Mata Norte.pptx
 
Auto AvaliaçãO Da Be Lurdes Silva
Auto AvaliaçãO Da Be Lurdes SilvaAuto AvaliaçãO Da Be Lurdes Silva
Auto AvaliaçãO Da Be Lurdes Silva
 
Comunicaçao portas abertas slides
Comunicaçao portas abertas slidesComunicaçao portas abertas slides
Comunicaçao portas abertas slides
 
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
Joao Reis AutoavaliaçãO Bib Pataias SessãO3
 
Planejamento Educacao Física
Planejamento Educacao FísicaPlanejamento Educacao Física
Planejamento Educacao Física
 
Planejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisicaPlanejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisica
 
Planejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisicaPlanejamento educacao fisica
Planejamento educacao fisica
 
Slides_.pptslides rendimento escolar Escola Craveiro Costa
Slides_.pptslides rendimento escolar Escola Craveiro CostaSlides_.pptslides rendimento escolar Escola Craveiro Costa
Slides_.pptslides rendimento escolar Escola Craveiro Costa
 
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemEstudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
 
Formador de formadores
Formador de formadoresFormador de formadores
Formador de formadores
 
Formador de formadores
Formador de formadoresFormador de formadores
Formador de formadores
 
Folha avaliação formativa[15433]
Folha   avaliação formativa[15433]Folha   avaliação formativa[15433]
Folha avaliação formativa[15433]
 
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagemDidática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
Didática e Ensino Remoto: avaliação da aprendizagem
 
Modelo Auto AvaliaçãO Da Biblioteca Escolar
Modelo Auto AvaliaçãO Da Biblioteca EscolarModelo Auto AvaliaçãO Da Biblioteca Escolar
Modelo Auto AvaliaçãO Da Biblioteca Escolar
 

Mais de Vadeilza Castilho

Gestão estratégica em tecnologia da informação para um trabalho eficiente...
Gestão estratégica em tecnologia da informação para um trabalho eficiente...Gestão estratégica em tecnologia da informação para um trabalho eficiente...
Gestão estratégica em tecnologia da informação para um trabalho eficiente...Vadeilza Castilho
 
Ética Profissional: Trabalho em Equipe
Ética Profissional: Trabalho em EquipeÉtica Profissional: Trabalho em Equipe
Ética Profissional: Trabalho em EquipeVadeilza Castilho
 
Gestão Estratégica em Tecnologia da Informação para um Trabalho Eficiente e E...
Gestão Estratégica em Tecnologia da Informação para um Trabalho Eficiente e E...Gestão Estratégica em Tecnologia da Informação para um Trabalho Eficiente e E...
Gestão Estratégica em Tecnologia da Informação para um Trabalho Eficiente e E...Vadeilza Castilho
 
Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos Vadeilza Castilho
 
História da Educação: Conceito histórico
História da Educação: Conceito históricoHistória da Educação: Conceito histórico
História da Educação: Conceito históricoVadeilza Castilho
 
Computador internet tv-vídeo-integrados à pratica pedagógica da rede ensino...
Computador internet tv-vídeo-integrados à pratica pedagógica da rede ensino...Computador internet tv-vídeo-integrados à pratica pedagógica da rede ensino...
Computador internet tv-vídeo-integrados à pratica pedagógica da rede ensino...Vadeilza Castilho
 

Mais de Vadeilza Castilho (7)

Gestão estratégica em tecnologia da informação para um trabalho eficiente...
Gestão estratégica em tecnologia da informação para um trabalho eficiente...Gestão estratégica em tecnologia da informação para um trabalho eficiente...
Gestão estratégica em tecnologia da informação para um trabalho eficiente...
 
Ética Profissional: Trabalho em Equipe
Ética Profissional: Trabalho em EquipeÉtica Profissional: Trabalho em Equipe
Ética Profissional: Trabalho em Equipe
 
Gestão Estratégica em Tecnologia da Informação para um Trabalho Eficiente e E...
Gestão Estratégica em Tecnologia da Informação para um Trabalho Eficiente e E...Gestão Estratégica em Tecnologia da Informação para um Trabalho Eficiente e E...
Gestão Estratégica em Tecnologia da Informação para um Trabalho Eficiente e E...
 
Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos
 
Didática
DidáticaDidática
Didática
 
História da Educação: Conceito histórico
História da Educação: Conceito históricoHistória da Educação: Conceito histórico
História da Educação: Conceito histórico
 
Computador internet tv-vídeo-integrados à pratica pedagógica da rede ensino...
Computador internet tv-vídeo-integrados à pratica pedagógica da rede ensino...Computador internet tv-vídeo-integrados à pratica pedagógica da rede ensino...
Computador internet tv-vídeo-integrados à pratica pedagógica da rede ensino...
 

Último

bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaanapsuls
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 

Último (20)

bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 

Conselho de classe

  • 1. Conselho de Classe: Um espaço de Reflexão e Ação Por: Vadeilza Castilho de Araújo Bernert Técnica Pedagógica Coordenadoria Regional de Educação – CRE/SEDUC Vilhena - RO
  • 2. Objetivo do Conselho de Classe O objetivo geral do Conselho de Classe é a melhoria qualitativa e quantitativa do processo ensino-aprendizagem, através de discussões e reflexões pela equipe da escola com definições satisfatórias que venham a melhorar o processo ensino aprendizagem.
  • 3. • O Conselho de Classe é um espaço apropriado para avaliação do processo de ensino. • São espaços escolares mais identificados com reflexões sobre as práticas gestoras e docentes Segundo Dalben (1994), "é capaz de dinamizar o coletivo escolar pela via da gestão do processo de ensino, foco central do processo de escolarização. É o espaço prioritário da discussão pedagógica.”
  • 4. Porém, Lima (2012) , afirma que reside no Conselho de Classe o espaço apropriado para avaliação do processo de ensino, mas que este é deixado de lado sob a pressão das forças tradicionais que cedem lugar à mera expressão numérica dos resultados da avaliação da aprendizagem. Ou como mostra a imagem acima.
  • 5. Ou ainda em alguns casos o Conselho de Classe significa simplesmente, um espaço para leilões de notas, conceitos e menções. O desejo exagerado por anunciar apenas os resultados, tem ocasionado a fragilização do processo de avaliação que perde sua importância pela ênfase nos resultados descontextualizados da realidade onde foram originados. (WERLE, 2010)
  • 6. Nesta mesma linha de raciocínio, Dalben alerta que o papel do Conselho de Classe no cotidiano escolar tem sido mais o de reforçar e legitimar os resultados dos alunos, já fornecidos pelos professores e registrados em seus diários, e não o de propiciar a articulação coletiva desses profissionais num processo de análise dialética, considerando a totalidade. (DALBEN, 1994, p. 114)
  • 7.
  • 8. O que o estudante aprendeu? O que ele ainda não aprendeu? O que foi realizado para que ele aprendesse? e, finalmente, O que pode realizar para que ele ainda aprenda? (BRASÍLIA-DF, 2014).
  • 9. As análises decorrentes das práticas dos Conselhos de Classe constituem espaço propício para fazer o acompanhamento e avaliação das práticas docentes e discentes.
  • 10. O que não pode no Conselho de Classe? Se transformar em um desabafo coletivo e em uma cascata de queixas, que mais se assemelha a um tribunal onde o aluno é o réu. Discussões paralelas a respeito de um aluno e o foco da análise a respeito da aprendizagem não for atingido.
  • 11. Indicadores importantes para reflexão • Alto índice de conceitos insatisfatórios em determinadas disciplinas. • Alunos com conceitos insatisfatórios no(s) bimestre(s). • Alunos que fazem parte do Projeto de Intervenção Pedagógica Processual – IPP, Portaria N. 522/14-GAB/SEDUC-RO, Artigo 7º que ainda continuam com conceitos insatisfatórios. • Alunos faltosos com conceitos satisfatórios x alunos frequentes com conceitos insatisfatórios. • Como foram praticadas as sugestões para a melhoria do desempenho dos alunos propostas no IPP e na Reunião Pedagógica? • O IPP? Está ocorrendo? Há registros? • A avaliação tem caráter diagnóstico? Como está sendo aplicada na sala de aula? • O que pensam os alunos que participam do Conselho sobre o desempenho da sua sala? Têm propostas?
  • 12. Fases importantes para o Conselho (Sugestão) • Planejamento do Conselho (Coordenação Pedagógica); • Convocação aos docentes; • Levantamento de dados da turma (Equipe Pedagógica) Instrumentais; Quadro Demonstrativos de Notas (impressa), Instrumental dos Líderes de Classe, se tiver. • Pauta (Coordenação Pedagógica) • Ata descritiva, (Secretaria) • Fala dos Líderes de Classes; (reflexão sobre atuação em sala de aula: clima de trabalho, reações, qualidade de aproveitamento); • Análise dos depoimentos apresentados pelos alunos; • Sugestões de medidas a serem tomadas; (Gestor Escolar) • Avaliação global da turma e individual;
  • 13. • Apresentação de gráfico do rendimento escolar, por turma e disciplina; (Coordenação Pedagógica); • Discussão de medidas para tomada de decisão em relação aos problemas de cada turma ou aluno; • Avaliação dos alunos que apresentam dificuldades de qualquer natureza; • Estabelecimento de plano de ação para a tomada de decisão; O que fazer? • Debate sobre o Processo pedagógico; • Auto-avaliação pelos professores; • Leitura, aprovação e assinatura da ata; • Encerramento da reunião.
  • 14. Pós-Conselho (Gestão Escolar, Coordenação Pedagógica e Orientadores) Leitura da Ata; Diagnóstico (Pontos relevantes); Quais foram os problemas levantados? Quais os encaminhamentos propostos? Quais questões de ensino e aprendizagem foram tratadas no Conselho? Quais foram as sugestões propostas? Quais práticas de gestão democrática você identificou no Conselho? Que mudanças você propõe para a realização do Conselho de Classe?
  • 15. Referências: • BRASIL, Secretaria de Educação Básica. Formação de professores do ensino médio, Etapa II - Caderno I : Organização do Trabalho Pedagógico no Ensino Médio / Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica; [autores : Erisevelton Silva Lima... et al.]. – Curitiba : UFPR/Setor de Educação, 2014. 49p. : il. algumas color. • DALBEN, Â. I. de F. Trabalho escolar e conselho de classe. Coleção magistério: formação e trabalho pedagógico. Campinas: Papirus, 1994. • LIMA, E. S. O Diretor e as avaliações praticadas na escola. Brasília- DF: Editora Kiron, 2012. • WERLE, F. O. C. Sistema de Avaliação da Educação Básica no Brasil: abordagem por níveis de segmentação. In: WERLE, F. O. C. (Org.). Avaliação em larga escala: foco na escola. São Leopoldo: Oikos; Brasília-DF: Liber Livro, 2010.
  • 16. OBRIGADA!!! Vadeilza Castilho de Araújo Bernert Contato: vadeilzacastilho@seduc.ro.gov.br Twitter @vadeilza