Técnicas de estruturação (Departamentalização)

1.133 visualizações

Publicada em

Principais tipos de Estruturação ou Departamentalização.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.133
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Técnicas de estruturação (Departamentalização)

  1. 1. Técnicas de Estruturação O.S.M 2º Período Pâmela Nogueira
  2. 2. Estrutura organizacional é o conjunto de responsabilidades, autoridades, comunicações e decisões das unidades de uma empresa. O seu estudo é necessário para se definir as tarefas dentro de uma empresa, e a forma como a estrutura deve ser empregada, que depende da função da empresa.
  3. 3. Podendo ser: o Estrutura formal Forma onde as estruturas são organizadas por departamentos e representadas por organogramas. o Estrutura informal Forma onde as estruturas surgem a partir da interação das pessoas, sendo espontâneas.
  4. 4. E Qual é o seu objetivo? A Estrutura Organizacional tem como objetivo apresentar as técnicas de estruturação, que são utilizadas por uma organização para melhor integrar, coordenar, controlar, descentralizar, maximizar e aproveitar especializações em seu ambiente interno.
  5. 5. A estrutura organizacional pode ser representada pelo organograma, que é parte integrante da departamentalização, sendo esta também parte integrante da estrutura. A departamentalização pode ser considerada como componentes e subcomponentes da estrutura organizacional. Nosso objetivo é mostrar as técnicas de estruturação, utilizando a departamentalização como principal estratégia para as atividades da empresa.
  6. 6. Essas técnicas podem ser dividas em:
  7. 7. Quantidade ou números: É a divisão de uma equipe em quantidade de pessoas para exercer determinado trabalho.
  8. 8. Vantagens:  Mantém um equilíbrio entre os diferentes níveis de poder;  Ter um superior responsável por cada sessão como também maior número de pessoas para exercer tal trabalho. Desvantagens:  Não funciona para níveis altos e intermediários da empresa;  Aumento da capacidade e competência dos profissionais da empresa.
  9. 9. Processos: Processo é o conjunto de atividades que apresentam reação lógica, que tem por consequência atender a necessidade interna e externa da empresa.
  10. 10. Vantagens:  Interligar as atividades de diversos processos;  Melhor avaliação de cada parte do processo;  Maior e melhor especialização dos produtos;  Comunicação mais rápida com os setores participantes do processo. Desvantagens:  Perda da visão global do seguimento do processo;  Pouca flexibilidade para ajustes no processo.
  11. 11. Produtos ou serviços: Neste tipo as atividades são essenciais de acordo com o produto, ou seja, depende do tipo de produto a ser produzido pela empresa.
  12. 12. Vantagens:  Ser adaptável a diferentes produtos ou serviços.  Utiliza a capacitação máxima dos recursos, através do conhecimento especializado;  Cada grupo de produto ou serviço funciona como uma unidade, possibilitando um melhor controle; Desvantagens:  Maior possibilidade de instabilidade em relação a desemprego.  Pode ser de controle mais difícil de acordo com as políticas gerais da empresa.
  13. 13. Turno ou Tempo: Na departamentalização por turno ou tempo, busca-se a criação de equipes, para a execução das tarefas, em turnos diferentes, dessa forma, há uma continuidade do trabalho.
  14. 14. Vantagens:  Aumento da produção;  Diminuição do tempo, em trabalho similares, repetidos e contínuos.  Processos produtivos padronizados;  A organização não precisa pagar horas extras.
  15. 15. Funcional: Na departamentalização por funções, busca-se agrupar as atividades semelhantes, ou seja, formado por pessoas que possuem especialidade, conhecimento e habilidade em determinada função, dentro de uma mesma área técnica, seguindo os objetivos da organização.
  16. 16. Vantagens:  Especialização do trabalho;  Maior estabilidade e segurança;  Orienta as pessoas para uma atividade especifica; Desvantagens:  A responsabilidade pelo desempenho total da organização está apenas na cúpula.  Problemas de Comunicação e interação,  Não existe uma visão ampla, são resistentes a inovação;
  17. 17. Projetos: Busca-se agrupar as pessoas, de acordo com as atribuições e tarefas, (supervisionadas pelo gerente), para a realização de determinado projeto, proposto pela organização. Cada projeto tem seu ciclo de vida específico, ao final de cada trabalho, as pessoas são designadas a novas tarefas.
  18. 18. Vantagens:  Alta Responsabilidade e Conhecimento da equipe envolvida no desenvolvimento do trabalho.  Adaptação a novos conceitos e técnicas.  Melhor atendimento aos clientes e cumprimentos de prazos. Desvantagens:  Ao terminar um projeto, a empresa pode dispensar os colaboradores, causando incerteza e imprevisibilidade de futuro no emprego.  Sistema falho de comunicação e tomada de decisão;  Equipe de projetos com muitos colaboradores pode diminuir a eficiência e eficácia do mesmo;
  19. 19. Matricial: A estrutura matricial é a utilização de duas ou mais formas de estrutura sobre os mesmos membros de uma organização.
  20. 20. Vantagens:  Grande orientação para os resultados, mantendo a identificação por especialidade.  Maior grau de especialização; Desvantagens:  Possibilidade de conflitos entre os diversos comandos, obrigando a uma permanente comunicação com os gestores de topo;  A comunicação deficiente, isso porque as decisões são normalmente centralizadas nos níveis mais elevados da empresa.
  21. 21. Área Geográfica: São agrupadas na mesma unidade pessoas que realizam atividades dentro de uma mesma área geográfica, através da criação de áreas ou departamentos específicos para cada região.
  22. 22. Vantagens:  Clientes se sentem mais a vontade ao falar com representantes locais;  Os atributos do produto podem ser alterados para atender gastos locais;  A administração conhece melhor as peculiaridades da área onde atua. Desvantagens:  Pode deixar em segundo plano a coordenação, tanto nos aspectos de planejamento, execução ou controle da empresa, em face do grau de liberdade e autonomia colocado nas regiões;  Faz com que as outras áreas da empresa se tornem secundárias.
  23. 23. Clientes: Consiste em separá-los por grupos semelhantes e, portanto mantendo o foco ideal para cada tipo de cliente.
  24. 24. Vantagens:  Condições para conhecer e dar melhor tratamento ao cliente;  Adaptação dos produtos e serviços aos clientes;  Atendimento contínuo e rápido aos diferentes tipos de clientes; Desvantagens:  Dificuldade de coordenação devido ao tratamento especial exigido pelos gerentes de cada departamento de cliente;  Preocupação compulsiva pelo cliente esquecendo às vezes de outros fatores como lucratividade e produtividade.
  25. 25. Conclusão Percebe-se então, a importância das departamentalizações em uma estrutura organizacional, pelo fato das técnicas auxiliarem para um melhor controle, organização e decisão em um processo produtivo, promovendo a busca da eficiência e eficácia nas empresas.
  26. 26. "Organização da empresa é a ordenação e o agrupamento de atividades e recursos, visando ao alcance de objetivos e resultados estabelecidos". Djalma, 2002, p. 84.

×