Problemas da agricultura convencional

4.404 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.404
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
75
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
107
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Problemas da agricultura convencional

  1. 1. Problemas da Agricultura Convencional Prof. Carlos Priante AULA 4
  2. 2. Agricultura • Lavouras começaram a ser plantadas por volta de 10-15 mil anos atrás. • Nossos ancestrais perceberam o grande potencial das plantas. • Este potencial passou a ser explorado em diversas atividades: para nutrição, remédios, ferramentas, materiais básicos, etc.
  3. 3. Tipos de Agricultura • Existem dois principais tipos de agricultura: Tradicional Convencional
  4. 4. Agricultura Tradicional • É um tipo de agricultura praticada em pequenas propriedades, com técnicas mais primitivas, aquelas passadas por gerações. • Normalmente esta agricultura faz uso da policultura (cultivo de vários produtos no mesmo local). • Por ser mais primitiva e não se utilizar de muita tecnologia, tem uma baixa produtividade, gerando pouca renda. • Então, a agricultura tradicional visa o auto-consumo e o sustento das famílias que a praticam.
  5. 5. Algumas características da agricultura tradicional são: • A percentagem de população que a pratica é elevada; • Tem um de caráter familiar; • Demonstra os conhecimentos técnicos básicos por parte do agricultor; • Os instrumentos de trabalho são simples e rudimentares;
  6. 6. • Tem baixo rendimento e produtividade; • Destina-se ao auto-consumo; • Fraco investimento de capitais; • A terra é trabalhada de uma forma descontínua e intensiva; • Predomina a policultura.
  7. 7. Agricultura Convencional • A agricultura convencional surgiu em meados do século 19, conhecida como a 2ª revolução agrícola (R. Verde), que teve como destaque o lançamento dos fertilizantes químicos.
  8. 8. • Agricultor é dependente por tecnologias e recursos das industrias, • Tem a finalidade era expandir a produção agrícola de modo que pudesse acompanhar o crescimento da população. • Este sistema de técnicas expandiu-se  após as grandes guerras,  com o emprego de sementes manipuladas geneticamente para o aumento da produtividade,  associado ao uso de agroquímicos (agrotóxicos e fertilizantes)  e da maquinaria agrícola.
  9. 9. Características da agricultura convencional: • Uso de maquinas e implementos para o preparo do solo (trator, arado, grade, escarificador, subsolador, etc) • Uso de corretivos de solo com práticas como: calagem, adubação. • Uso de espécies ou variedades adaptadas ou modificadas para produção em todas as ocasiões e necessidades possíveis. • Uso de produtos fitossanitários, ou seja, aqueles destinados a controle de pragas e doenças em plantas.
  10. 10. Impactos Ambientais • Desmatamento de grandes extensões de matas. • Contaminação do solo por produtos químicos (agrotóxicos, herbicidas, etc). • Contaminação da água (rios, lagos, lençol freático) por agentes químicos. • Intoxicação de espécies animais, causando doenças e até mortes.
  11. 11. Agente Laranja • É uma mistura de dois herbicidas: o 2,4-D e o 2,4,5-D. • Foi usado como desfolhante pelo exército dos Estados Unidos na guerra do Vietnã, despejando no país cerca de 80 milhões de litros do herbicida. • Sua formula ainda não completamente estudada gerou doenças como o câncer e má formações por gerações, além de matar diretamente cerca de 4 milhões de pessoas.
  12. 12. Transgênicos • Os transgênicos, ou organismos geneticamente modificados, são produtos de cruzamentos que jamais aconteceriam na natureza, como, por exemplo, arroz com bactéria. • Por meio da engenharia genética, criam-se sementes resistentes a agrotóxicos, ou mesmo sementes que produzem plantas inseticidas.
  13. 13. • O uso contínuo de sementes transgênicas leva à resistência de ervas daninhas e insetos, o que por sua vez leva o agricultor a aumentar a dose de agrotóxicos ano a ano. • Além disso, o uso de transgênicos representa um alto risco de perda de biodiversidade, tanto pelo aumento no uso de agroquímicos (que tem efeitos sobre a vida no solo e ao redor das lavouras), quanto pela contaminação de sementes naturais por transgênicas. • Neste caso, um bom exemplo de alimento importante, que hoje se encontra em ameaça, é o arroz.
  14. 14. • Argumentos a favor dos transgênicos incluem a redução do uso de compostos como herbicidas, pesticidas, fungicidas, micro- fertilizantes • Mas organizações ambientalistas ainda questionam se os benefícios da utilização destas plantas poderia compensar os possíveis potenciais malefícios por elas causados.

×