Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 43-44

1.038 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.038
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
674
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 43-44

  1. 1. • Não deixem de me dar folhas com fragmentos inspirados em músicas (mesmo que não tenham feito depois o tepecê no verso da folha)
  2. 2. Em Gaveta de Nuvens, pus informações sobre cada aluno até meados de novembro
  3. 3. A hiperonímia é uma relação de hierarquia entre um termo subordinado (hipónimo) e um seu subordinante (hiperónimo): o hipónimo é um membro da espécie, da classe, que o hiperónimo designa.
  4. 4. hiperónimo clube hipónimos Benfica | Sporting | Porto | Boavista
  5. 5. hiperónimo cor hipónimos verde | azul | amarelo | vermelho
  6. 6. Por exemplo, a palavra «crocodilo» é hipónimo de «animal». Entretanto, «animal» é hiperónimo de «crocodilo». O hiperónimo «animal» tem aliás muitos outros seus hipónimos: «gato», «lesma», «caracol», «pato». Estes termos subordinados a um mesmo hiperónimo são, entre si, co-hipónimos.
  7. 7. Os co-hipónimos «cravo» e «piano» têm como hiperónimo «instrumento musical». Os co-hipónimos «cravo» e «rosa» têm como hiperónimo «flor». Os co-hipónimos «Camões» e «Fernando Pessoa» têm como hiperónimo «escritor»
  8. 8. Nada impede que termos que são hipónimos de um outro termo mais geral que os subordina sejam, por sua vez, hiperónimos de termos mais específicos: «animal» é hiperónimo de «mamífero»; «mamífero» é hiperónimo de «cão»; «cão» é hiperónimo de «cão de caça», «cão pisteiro», «rafeiro» (e estes termos são entre si co-hipónimos).
  9. 9. Outra relação que estrutura o léxico é a de holonímia. Um termo representa o todo; e outro, a parte: «mesa» é holónimo de «tampo»; e «tampo» é merónimo de «mesa».
  10. 10. holónimo mesa merónimos tampo | perna | escritos que eu ou a Dona Noémia, escravos vossos, teremos de apagar
  11. 11. Mais exemplos: «ponteiro» é merónimo de «relógio»; «espelho retrovisor» e «volante» são entre si co-merónimos (e sabemos que o seu holónimo é «carro»); «mão» é holónimo de «dedo».
  12. 12. «cáfila» é holónimo de «camelo». «vaso sanguíneo» é merónimo de «sistema circulatório». «cocó» é hipónimo de «excremento». «texto de carácter autobiográfico» é hiperónimo de «memórias».
  13. 13. Castelo Branco, Lisboa, Faro // Portugal cozinha, casa de banho, corredor // casa
  14. 14. Morfologia, Sintaxe, Fonética // Gramática folhas, lombada, capa // livro
  15. 15. • procurar com certo cuidado • escolher cartas com situações interessantes • índices podem ajudar a encontrar as cartas mais interessantes • evitar cartas que não contemplem todos os dados pedidos
  16. 16. • estatuto de remetente/destinatário (homem, mulher; jovem, idoso; empregado, patrão; etc.) • fórmula de despedida – por vezes, incluem abreviaturas (ex.: De V. Ex.ª At.º Ob.º) – F. (= Fulano)
  17. 17. • outras abreviaturas – V. (= Você)
  18. 18. Na reescrita da carta, pretende-se adaptação aos tempos actuais. Não será mera transcrição com pequenas reformulações; é nova carta, ainda que inspirada na mesma situação (transposta para o nosso tempo).
  19. 19. TPC No manual lê a secção ‘Relações semânticas entre as palavras’ (pp. 314- 316). Depois, no Caderno de Actividades, vai resolvendo — desportivamente, digamos — os exercícios relativos a ‘Relações entre as palavras’ (pp. 28-37), cujas correções estão na p. 90. (Pus reproduções no blogue, para o caso de não terem o Caderno de Atividades.)
  20. 20. Se não tivermos lido hoje em voz alta poema de Vasco Graça Moura, manter-se-á a necessidade da preparação dessa leitura de «Autorretrato com a musa» (p. 146). Irei aceitando ainda os poemas (não rimados) hexassilábicos que começámos em aula.

×