Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 99-100

668 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
668
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
415
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 99-100

  1. 1. Art. 17.º Das decisões do júri não haverá recurso.
  2. 2. destinatários • instituições ou pessoas portuguesas • alunos, pais, professores, funcionários do AEB
  3. 3. área • arte, literatura, ciência • escrita (poesia, conto, teatro)
  4. 4. objeto do concurso • toda a obra passada do candidato • um trabalho ad hoc de tema livre (numa das três modalidades)
  5. 5. apresentação das candidaturas • por correio (para o Expresso) • presencial (no CRE da sua escola)
  6. 6. prazo das candidaturas • 4 de dezembro de 2008 • 5 de junho de 2015
  7. 7. processo da candidatura • preenchimento de impresso (e, eventualmente, entrega de documentação) • entrega de dois exemplares do trabalho (com pseudónimo e indicação de escalão) e preenchimento de identificação (chave do pseudónimo, nomeadamente)
  8. 8. constituição do júri • personalidades a convidar pelo jornal • dois professores de Português e outro elemento [um escritor]
  9. 9. prerrogativas do júri • escolha de alguém que não esteja entre os candidatos; excecionalmente, atribuição do prémio a duas personalidades, dividindo-o • atribuição de menções especiais e não atribuição de prémio (por falta de qualidade dos trabalhos)
  10. 10. informação pública dos resultados • não explicitada • no dia 20 de novembro, dia da ESJGF
  11. 11. prémio • diploma e 50.000 euros (ou sete prémios Tia Albertina) • não explicitado
  12. 12. A «Os originais que integrem essa documentação não serão devolvidos» 3 compromissivo
  13. 13. B «Quem pode participar?» 2 diretivo
  14. 14. C «Espero que ganhes o prémio!» 4 expressivo
  15. 15. D «Não esperes mais, concorre!» 2 diretivo
  16. 16. 5. «Em caso de empate, o Presidente terá voto de qualidade» (artigo 4, ponto 3).
  17. 17. 6. • terceira pessoa, aliás impessoalização («será concedido», «será atribuído», «deverão ser apresentadas», etc.) • linguagem denotativa • frases declarativas
  18. 18. Velho (Mafalda Veiga) Parado e atento à raiva do silêncio de um relógio partido e gasto pelo tempo estava um velho sentado no banco de um jardim a recordar fragmentos do passado
  19. 19. na telefonia tocava uma velha canção e um jovem cantor falava da solidão que sabes tu do canto de estar só assim só e abandonado como o velho do jardim?
  20. 20. o olhar triste e cansado procurando alguém e a gente passa ao seu lado a olhá-lo com desdém sabes eu acho que todos fogem de ti pra não ver a imagem da solidão que irão viver quando forem como tu um velho sentado num jardim
  21. 21. passam os dias e sentes que és um perdedor já não consegues saber o que tem ou não valor o teu caminho parece estar mesmo a chegar ao fim pra dares lugar a outro no teu banco do jardim
  22. 22. o olhar triste e cansado procurando alguém e a gente passa ao teu lado a olhar-te com desdém sabes eu acho que todos fogem de ti pra não ver a imagem da solidão que irão viver quando forem como tu um resto de tudo o que existiu quando forem como tu um velho sentado num jardim
  23. 23. • «a sopa de massinhas do tempo» / metáfora
  24. 24. • «que provaram as pássaras de um milhão de catraias» / hipérbole
  25. 25. • «para verificar se eu tenho uma visão ou se tu tinhas uma visão ou se ele tinha uma visão para descobrir a Eternidade» / polissíndeto
  26. 26. • «Denver tem saudades dos seus heróis» / metonímia
  27. 27. • «o cabelo da alma iluminou-se» / metáfora
  28. 28. TPC — Lê o verbete sobre regulamentos (p. 37). Relanceia o «Regulamento do Clube de Rádio Escolar» (pp. 38-39), para lhe acrescentar três artigos (inseridos em qualquer ponto dos actuais trinta). Esses novos artigos seguirão a redação esperável num regulamento, mas, com mais ou menos subtileza, serão risivelmente absurdos (ou surpreendentes, ou ridículos).

×