SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
SUBSTANTIVO
Substantivos são palavras que nomeiam
seres, objetos, fenômenos, lugares,
qualidades, ações, dentre outros.
“Tudo o que existe é ser e cada ser tem um nome. Substantivo é
a classe gramatical de palavras variáveis, as quais denominam
os seres.”
Além de objetos, pessoas e fenômenos, os substantivos também
nomeiam:
Lugares: Alemanha, Porto Alegre;
Sentimentos: raiva, amor;
Estados: alegria, tristeza;
Qualidades: honestidade, sinceridade;
Ações: corrida, pescaria.
Morfossintaxe do substantivo
O substantivo em geral exerce funções diretamente
relacionadas com o verbo:
Núcleo do sujeito;
 Núcleo dos complementos verbais (objeto direto ou indireto);
Núcleo do agente da passiva;
Núcleo do complemento nominal;
Núcleo do aposto;
Núcleo do predicativo do sujeito;
 Núcleo do objeto;
Núcleo do vocativo;
Núcleos de adjuntos adnominais e de adjuntos adverbiais -
quando essas funções são desempenhadas por grupos de
palavras.
Tipos de Substantivos
Os substantivos são classificados em:
Comum: são as palavras que designam os seres da mesma
espécie de forma genérica, por exemplo, pessoa, gente, país.
 Próprio: grafados em letra maiúscula, são palavras que
particularizam seres, entidades, países, cidades, estados da
mesma espécie, por exemplo, Brasil, São Paulo, Maria.
Tipos de Substantivos
Os substantivos são classificados em:
Simples: são formados por apenas uma palavra, por
exemplo, casa, carro, camiseta.
Composto: é formado por mais de uma palavra, por
exemplo, guarda-chuva, guarda-roupa.
Tipos de Substantivos
Os substantivos são classificados em:
Concreto: designam seres com existência própria, que
são independentes de outros seres, por exemplo, menina,
homem.
Obs.: os substantivos concretos designam seres do mundo real e do
mundo imaginário.
 Seres do mundo real: homem, mulher, cadeira, cobra,
Brasília, etc.
 Seres do mundo imaginário: saci, mãe-d'água, fantasma, etc.
Abstrato: é aquele que designa seres que dependem de outros
para se manifestar ou existir; está relacionado aos sentimentos,
estados, qualidades e ações, por exemplo, beleza, alegria.
Tipos de Substantivos
Os substantivos são classificados em:
Primitivo: como o próprio nome indica, são aqueles que não
derivam de outras palavras, por exemplo, casa, folha.
Derivado: são aquelas palavras que derivam de outras, por
exemplo, casarão (derivado de casa) e folhagem (derivado de
folha).
Tipos de Substantivos
Os substantivos são classificados em:
Coletivo: é aquele que se refere a um conjunto de seres da
mesma espécie, por exemplo, flora (conjunto de flores),
álbum (conjunto de fotos).
Tiposde Substantivo- Coletivo
Abelha - enxame, cortiço, colmeia;
Abutre - bando;
Acompanhante - comitiva, cortejo, séquito;
Alho - (quando entrelaçados) réstia, enfiada, cambada;
Aluno - classe;
Amigo - (quando em assembleia) tertúlia;
Animal - (em geral) piara, pandilha, (todos de uma região) fauna,
(manada de cavalgaduras) récua, récova, (de carga) tropa, (de carga,
menos de 10) lote, (de raça, para reprodução) plantel, (ferozes ou
selvagens) alcateia;
Anjo - chusma, coro, falange, legião, teoria;
Apetrecho - (quando de profissionais) ferramenta, instrumental;
Nota: o coletivo é um substantivo singular, mas com ideia de plural.
FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
O substantivo é uma classe variável.
A palavra é variável quando sofre flexão (variação). A
palavra menino, por exemplo, pode sofrer variações para
indicar:
Plural: meninos (número)
Feminino: menina (gênero)
Aumentativo: meninão
Diminutivo: menininho
(Grau)
Flexão de Gênero
Gênero é a propriedade que as palavras têm de indicar sexo
real ou fictício dos seres.
Na língua portuguesa, há dois gêneros: masculino e feminino.
Gênero masculino: substantivos que podem vir precedidos
dos artigos o, os, um, uns.
Gênero feminino: substantivos que podem vir precedidos
dos artigos a, as, uma, umas.
FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
Flexão de Gênero
Substantivos Biformes e Substantivos Uniformes
Substantivos Biformes (= duas formas): ao indicar nomes de
seres vivos, geralmente o gênero da palavra está relacionado ao
sexo do ser, havendo, portanto, duas formas, uma para o
masculino e outra para o feminino. Observe:
gato - gata
homem - mulher
poeta - poetisa
prefeito - prefeita
FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
Flexão de Gênero
Substantivos Uniformes: são aqueles que apresentam uma única forma,
que serve tanto para o masculino quanto para o feminino. Classificam-se
em:
 Epicenos: têm um só gênero e nomeiam bichos.
Por exemplo:
a cobra macho e a cobra fêmea, o jacaré macho e o jacaré fêmea.
 Sobrecomuns: têm um só gênero e nomeiam pessoas.
Por exemplo:
a criança, a testemunha, a vítima, o cônjuge, o gênio, o ídolo, o indivíduo.
 Comuns de Dois Gêneros: indicam o sexo das pessoas por meio do artigo.
Por exemplo:
o colega e a colega, o doente e a doente, o artista e a artista.
FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
Formação do Feminino dos Substantivos Biformes
a) Regra geral: troca-se a terminação -o por -a.
Por exemplo:
aluno – aluna
b) Substantivos terminados em -ês: acrescenta-se -a ao
masculino.
Por exemplo:
freguês - freguesa
FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
Formação do Feminino dos Substantivos Biformes
c) Substantivos terminados em -ão: fazem o feminino de três
formas:
patrão - patroa
campeão - campeã
solteirão – solteirona
Exceções:
barão - baronesa
ladrão- ladra
sultão - sultana
FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
Formação do Feminino dos Substantivos Biformes
d) Substantivos terminados em -or: Acrescenta-se -a ao
masculino.
Por exemplo:
doutor – doutora
 troca-se -or por -triz:
imperador – imperatriz
e) Substantivos com feminino em -esa, -essa, -isa:
FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
-esa - -essa- -isa-
cônsul -
consulesa
abade -
abadessa
poeta -
poetisa
duque -
duquesa
conde -
condessa
profeta -
profetisa
Formação do Feminino dos Substantivos Biformes
f) Substantivos que formam o feminino trocando o -e final por -
a:
elefante – elefanta
g) Substantivos que têm radicais diferentes no masculino e no
feminino:
bode - cabra
boi - vaca
FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
Formação do Feminino dos Substantivos Biformes
f) Substantivos que formam o feminino trocando o -e final por -a:
elefante – elefanta
g) Substantivos que têm radicais diferentes no masculino e no
feminino:
bode - cabra
boi – vaca
h) Substantivos que formam o feminino de maneira especial, isto é,
não seguem nenhuma das regras anteriores:
czar - czarina
réu - ré
FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
Formação do Feminino dos Substantivos Uniformes
Epicenos:
Alguns nomes de animais apresentam uma só forma para
designar os dois sexos. Esses substantivos são chamados de
epicenos. No caso dos epicenos, quando houver a necessidade
de especificar o sexo, utilizam-se palavras macho e fêmea.
Por exemplo: a cobra
A cobra macho picou o marinheiro.
A cobra fêmea escondeu-se na bananeira.
FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
Formação do Feminino dos Substantivos Uniformes
 Sobrecomuns:
Entregue as crianças à natureza.
A palavra crianças refere-se tanto a seres do sexo masculino, quanto a seres
do sexo feminino.
Nesse caso, nem o artigo nem um possível adjetivo permitem identificar o
sexo dos seres a que se refere a palavra. Veja:
A criança chorona chamava-se João.
A criança chorona chamava-se Maria.
Outros substantivos sobrecomuns:
a criatura - João é uma boa criatura./ Maria é uma boa criatura.
o cônjuge- O cônjuge de João faleceu. / O cônjuge de Marcela faleceu.
FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
Formação do Feminino dos Substantivos Uniformes
 Comum de dois gêneros
Observe a manchete:
“Motorista tem acidente idêntico 23 anos depois.”
Quem sofreu o acidente: um homem ou uma mulher?
É impossível saber apenas pelo título da notícia, uma vez que a palavra motorista é
um substantivo uniforme. O restante da notícia nos informa que se trata de um
homem.
A distinção de gênero pode ser feita através da análise do artigo ou adjetivo, quando
acompanharem o substantivo.
Exemplos:
o colega - a colega
o imigrante - a imigrante
um jovem - uma jovem
artista famoso - artista famosa
repórter francês - repórter francesa
FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
a abusão erro comum, superstição, crendice
a aluvião
sedimentos deixados pelas águas, inundação, grande
numero
a cólera ou cólera-morbo doença infecciosa
a personagem pessoa importante, pessoa que figura numa história
a trama intriga, conluio, maquinação, cilada
a xerox (ou xérox) cópia xerográfica, xerocópia
o ágape
refeição que os cristãos faziam em comum, banquete
de confraternização
o caudal torrente, rio
o diabetes ou diabete doença
o jângal floresta própria da Índia
o lhama mamífero ruminante da família dos camelídeos
o ordenança soldado às ordens de um oficial
o praça soldado raso
o preá pequeno roedor
Substantivos de Gênero Incerto
Existem numerosos substantivos de gênero incerto e flutuante, sendo usados com a
mesma significação, ora como masculinos, ora como femininos.
Observeo gênerodossubstantivosseguintes:
Masculinos Femininos
o tapa
o eclipse
o lança-perfume
o dó (pena)
o sanduíche
o clarinete
o champanha
o sósia
o maracajá
o clã
o hosana
o herpes
o pijama
o suéter
o soprano
o proclama
o pernoite
o púbis
a dinamite
a áspide
a derme
a hélice
a alcíone
a filoxera
a clâmide
a omoplata
a cataplasma
a pane
a mascote
a gênese
a entorse
a libido
a cal
a faringe
a cólera
(doença)
a ubá (canoa)
São geralmente masculinos os substantivos
de origem grega terminados em -ma:
o grama (peso)
o quilograma
o plasma
o apostema
o diagrama
o epigrama
o telefonema
o estratagema
o dilema
o teorema
o apotegma
o trema
o eczema
o edema
o magma
o anátema
o estigma
o axioma
o tracoma
o hematoma
Exceções: a cataplasma, a celeuma, a fleuma, etc.
Gênero dos Nomes de Cidades:
Salvo raras exceções, nomes de cidades são femininos.
Por exemplo:
A histórica Ouro Preto.
A dinâmica São Paulo.
A acolhedora Porto Alegre.
Uma Londres imensa e triste.
Exceções: o Rio de Janeiro, o Cairo, o Porto, o Havre.
Bibliografia
1. https://www.todamateria.com.br/substantivos/ - Acesso em
22/12/2017.
2. http://www.soportugues.com.br/secoes/morf/morf26.php -
Acesso em 22/12/2017.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominal
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Adverbio
AdverbioAdverbio
Adverbio
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
Numerais
NumeraisNumerais
Numerais
 
Conotacao e denotacao
Conotacao e denotacaoConotacao e denotacao
Conotacao e denotacao
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
 
Vozes verbais
Vozes verbaisVozes verbais
Vozes verbais
 
Flexão do Substantivo
Flexão do SubstantivoFlexão do Substantivo
Flexão do Substantivo
 
Compreensão e Interpretação de Textos
Compreensão e Interpretação de Textos Compreensão e Interpretação de Textos
Compreensão e Interpretação de Textos
 
Slides aula verbos
Slides   aula verbosSlides   aula verbos
Slides aula verbos
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
 
Acentuação gráfica
Acentuação gráficaAcentuação gráfica
Acentuação gráfica
 
Modalizadores
ModalizadoresModalizadores
Modalizadores
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
 

Semelhante a Substantivo

Substantivos 120821052556-phpapp01
Substantivos 120821052556-phpapp01Substantivos 120821052556-phpapp01
Substantivos 120821052556-phpapp01
Cleo Aguiar
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
ISJ
 
As classes de palavras: substantivo
As classes de palavras: substantivoAs classes de palavras: substantivo
As classes de palavras: substantivo
nixsonmachado
 
SUBSTANTIVOS COM ATIVIDADES.docx
SUBSTANTIVOS COM ATIVIDADES.docxSUBSTANTIVOS COM ATIVIDADES.docx
SUBSTANTIVOS COM ATIVIDADES.docx
SizelandiaMarta1
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
ana paula
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
ana paula
 
ApresentaçãO1 Pptx
ApresentaçãO1 PptxApresentaçãO1 Pptx
ApresentaçãO1 Pptx
ana paula
 
ApresentaçãO1 Pptx
ApresentaçãO1 PptxApresentaçãO1 Pptx
ApresentaçãO1 Pptx
ana paula
 

Semelhante a Substantivo (20)

Classe gramatical
Classe  gramaticalClasse  gramatical
Classe gramatical
 
Classe gramatical
Classe  gramaticalClasse  gramatical
Classe gramatical
 
Substantivos 120821052556-phpapp01
Substantivos 120821052556-phpapp01Substantivos 120821052556-phpapp01
Substantivos 120821052556-phpapp01
 
CLASSE DE PALAVRAS completo para b .pptx
CLASSE DE PALAVRAS completo para b .pptxCLASSE DE PALAVRAS completo para b .pptx
CLASSE DE PALAVRAS completo para b .pptx
 
3s e ppv - CLASSE DE PALAVRAS.ppt
3s e ppv - CLASSE DE PALAVRAS.ppt3s e ppv - CLASSE DE PALAVRAS.ppt
3s e ppv - CLASSE DE PALAVRAS.ppt
 
Substantivos Slidesadasdasdsa
Substantivos  SlidesadasdasdsaSubstantivos  Slidesadasdasdsa
Substantivos Slidesadasdasdsa
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
 
As classes de palavras: substantivo
As classes de palavras: substantivoAs classes de palavras: substantivo
As classes de palavras: substantivo
 
Classes gramaticais-completo
Classes gramaticais-completoClasses gramaticais-completo
Classes gramaticais-completo
 
Classes gramaticais-completo
Classes gramaticais-completoClasses gramaticais-completo
Classes gramaticais-completo
 
Gramatica Basica
Gramatica BasicaGramatica Basica
Gramatica Basica
 
Aula 2 lp em
Aula 2   lp emAula 2   lp em
Aula 2 lp em
 
SUBSTANTIVOS COM ATIVIDADES.docx
SUBSTANTIVOS COM ATIVIDADES.docxSUBSTANTIVOS COM ATIVIDADES.docx
SUBSTANTIVOS COM ATIVIDADES.docx
 
substantivos.pdf
substantivos.pdfsubstantivos.pdf
substantivos.pdf
 
Língua portuguesa no enem (aula 1)
Língua portuguesa no enem (aula 1)Língua portuguesa no enem (aula 1)
Língua portuguesa no enem (aula 1)
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
 
Morfologia - Substantivo
Morfologia - SubstantivoMorfologia - Substantivo
Morfologia - Substantivo
 
ApresentaçãO1 Pptx
ApresentaçãO1 PptxApresentaçãO1 Pptx
ApresentaçãO1 Pptx
 
ApresentaçãO1 Pptx
ApresentaçãO1 PptxApresentaçãO1 Pptx
ApresentaçãO1 Pptx
 

Mais de Liliane França

Inexigibilidade de licitação artigo 25 lei 8666 de 1993
Inexigibilidade de licitação artigo 25  lei 8666 de 1993Inexigibilidade de licitação artigo 25  lei 8666 de 1993
Inexigibilidade de licitação artigo 25 lei 8666 de 1993
Liliane França
 

Mais de Liliane França (20)

Fluxograma de-processos
Fluxograma de-processosFluxograma de-processos
Fluxograma de-processos
 
Modalidades de licitação
Modalidades de licitaçãoModalidades de licitação
Modalidades de licitação
 
Inexigibilidade de licitação artigo 25 lei 8666 de 1993
Inexigibilidade de licitação artigo 25  lei 8666 de 1993Inexigibilidade de licitação artigo 25  lei 8666 de 1993
Inexigibilidade de licitação artigo 25 lei 8666 de 1993
 
LEI Nº 8.666, DE 21 DE JUNHO DE 1993
LEI Nº 8.666, DE 21 DE JUNHO DE 1993LEI Nº 8.666, DE 21 DE JUNHO DE 1993
LEI Nº 8.666, DE 21 DE JUNHO DE 1993
 
Pronome
PronomePronome
Pronome
 
Adjetivo
AdjetivoAdjetivo
Adjetivo
 
Plural dos substantivos
Plural dos substantivosPlural dos substantivos
Plural dos substantivos
 
Artigo
ArtigoArtigo
Artigo
 
Português para concursos
Português para concursosPortuguês para concursos
Português para concursos
 
Vírgula
VírgulaVírgula
Vírgula
 
Administração direta e indireta
Administração direta e indiretaAdministração direta e indireta
Administração direta e indireta
 
Nascimento da burguesia
Nascimento da burguesiaNascimento da burguesia
Nascimento da burguesia
 
Estatuto da juventude
Estatuto da juventudeEstatuto da juventude
Estatuto da juventude
 
Violência doméstica
Violência domésticaViolência doméstica
Violência doméstica
 
Motores de combustão interna copia [salvo automaticamente]
Motores de combustão interna   copia [salvo automaticamente]Motores de combustão interna   copia [salvo automaticamente]
Motores de combustão interna copia [salvo automaticamente]
 
Motores de combustão interna
Motores de combustão internaMotores de combustão interna
Motores de combustão interna
 
Contexto
ContextoContexto
Contexto
 
Espanha
EspanhaEspanha
Espanha
 
As mulheres são criadas para achar que o casamento é muito importante
As mulheres são criadas para achar que o casamento é muito importanteAs mulheres são criadas para achar que o casamento é muito importante
As mulheres são criadas para achar que o casamento é muito importante
 
Colégio estadual sílvio romero
Colégio estadual sílvio romeroColégio estadual sílvio romero
Colégio estadual sílvio romero
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 

Último (20)

SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 

Substantivo

  • 2. Substantivos são palavras que nomeiam seres, objetos, fenômenos, lugares, qualidades, ações, dentre outros.
  • 3. “Tudo o que existe é ser e cada ser tem um nome. Substantivo é a classe gramatical de palavras variáveis, as quais denominam os seres.” Além de objetos, pessoas e fenômenos, os substantivos também nomeiam: Lugares: Alemanha, Porto Alegre; Sentimentos: raiva, amor; Estados: alegria, tristeza; Qualidades: honestidade, sinceridade; Ações: corrida, pescaria.
  • 4. Morfossintaxe do substantivo O substantivo em geral exerce funções diretamente relacionadas com o verbo: Núcleo do sujeito;  Núcleo dos complementos verbais (objeto direto ou indireto); Núcleo do agente da passiva; Núcleo do complemento nominal; Núcleo do aposto; Núcleo do predicativo do sujeito;  Núcleo do objeto; Núcleo do vocativo; Núcleos de adjuntos adnominais e de adjuntos adverbiais - quando essas funções são desempenhadas por grupos de palavras.
  • 5. Tipos de Substantivos Os substantivos são classificados em: Comum: são as palavras que designam os seres da mesma espécie de forma genérica, por exemplo, pessoa, gente, país.  Próprio: grafados em letra maiúscula, são palavras que particularizam seres, entidades, países, cidades, estados da mesma espécie, por exemplo, Brasil, São Paulo, Maria.
  • 6. Tipos de Substantivos Os substantivos são classificados em: Simples: são formados por apenas uma palavra, por exemplo, casa, carro, camiseta. Composto: é formado por mais de uma palavra, por exemplo, guarda-chuva, guarda-roupa.
  • 7. Tipos de Substantivos Os substantivos são classificados em: Concreto: designam seres com existência própria, que são independentes de outros seres, por exemplo, menina, homem. Obs.: os substantivos concretos designam seres do mundo real e do mundo imaginário.  Seres do mundo real: homem, mulher, cadeira, cobra, Brasília, etc.  Seres do mundo imaginário: saci, mãe-d'água, fantasma, etc. Abstrato: é aquele que designa seres que dependem de outros para se manifestar ou existir; está relacionado aos sentimentos, estados, qualidades e ações, por exemplo, beleza, alegria.
  • 8. Tipos de Substantivos Os substantivos são classificados em: Primitivo: como o próprio nome indica, são aqueles que não derivam de outras palavras, por exemplo, casa, folha. Derivado: são aquelas palavras que derivam de outras, por exemplo, casarão (derivado de casa) e folhagem (derivado de folha).
  • 9. Tipos de Substantivos Os substantivos são classificados em: Coletivo: é aquele que se refere a um conjunto de seres da mesma espécie, por exemplo, flora (conjunto de flores), álbum (conjunto de fotos).
  • 10. Tiposde Substantivo- Coletivo Abelha - enxame, cortiço, colmeia; Abutre - bando; Acompanhante - comitiva, cortejo, séquito; Alho - (quando entrelaçados) réstia, enfiada, cambada; Aluno - classe; Amigo - (quando em assembleia) tertúlia; Animal - (em geral) piara, pandilha, (todos de uma região) fauna, (manada de cavalgaduras) récua, récova, (de carga) tropa, (de carga, menos de 10) lote, (de raça, para reprodução) plantel, (ferozes ou selvagens) alcateia; Anjo - chusma, coro, falange, legião, teoria; Apetrecho - (quando de profissionais) ferramenta, instrumental; Nota: o coletivo é um substantivo singular, mas com ideia de plural.
  • 11. FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS O substantivo é uma classe variável. A palavra é variável quando sofre flexão (variação). A palavra menino, por exemplo, pode sofrer variações para indicar: Plural: meninos (número) Feminino: menina (gênero) Aumentativo: meninão Diminutivo: menininho (Grau)
  • 12. Flexão de Gênero Gênero é a propriedade que as palavras têm de indicar sexo real ou fictício dos seres. Na língua portuguesa, há dois gêneros: masculino e feminino. Gênero masculino: substantivos que podem vir precedidos dos artigos o, os, um, uns. Gênero feminino: substantivos que podem vir precedidos dos artigos a, as, uma, umas. FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
  • 13. Flexão de Gênero Substantivos Biformes e Substantivos Uniformes Substantivos Biformes (= duas formas): ao indicar nomes de seres vivos, geralmente o gênero da palavra está relacionado ao sexo do ser, havendo, portanto, duas formas, uma para o masculino e outra para o feminino. Observe: gato - gata homem - mulher poeta - poetisa prefeito - prefeita FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
  • 14. Flexão de Gênero Substantivos Uniformes: são aqueles que apresentam uma única forma, que serve tanto para o masculino quanto para o feminino. Classificam-se em:  Epicenos: têm um só gênero e nomeiam bichos. Por exemplo: a cobra macho e a cobra fêmea, o jacaré macho e o jacaré fêmea.  Sobrecomuns: têm um só gênero e nomeiam pessoas. Por exemplo: a criança, a testemunha, a vítima, o cônjuge, o gênio, o ídolo, o indivíduo.  Comuns de Dois Gêneros: indicam o sexo das pessoas por meio do artigo. Por exemplo: o colega e a colega, o doente e a doente, o artista e a artista. FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
  • 15. Formação do Feminino dos Substantivos Biformes a) Regra geral: troca-se a terminação -o por -a. Por exemplo: aluno – aluna b) Substantivos terminados em -ês: acrescenta-se -a ao masculino. Por exemplo: freguês - freguesa FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
  • 16. Formação do Feminino dos Substantivos Biformes c) Substantivos terminados em -ão: fazem o feminino de três formas: patrão - patroa campeão - campeã solteirão – solteirona Exceções: barão - baronesa ladrão- ladra sultão - sultana FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
  • 17. Formação do Feminino dos Substantivos Biformes d) Substantivos terminados em -or: Acrescenta-se -a ao masculino. Por exemplo: doutor – doutora  troca-se -or por -triz: imperador – imperatriz e) Substantivos com feminino em -esa, -essa, -isa: FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS -esa - -essa- -isa- cônsul - consulesa abade - abadessa poeta - poetisa duque - duquesa conde - condessa profeta - profetisa
  • 18. Formação do Feminino dos Substantivos Biformes f) Substantivos que formam o feminino trocando o -e final por - a: elefante – elefanta g) Substantivos que têm radicais diferentes no masculino e no feminino: bode - cabra boi - vaca FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
  • 19. Formação do Feminino dos Substantivos Biformes f) Substantivos que formam o feminino trocando o -e final por -a: elefante – elefanta g) Substantivos que têm radicais diferentes no masculino e no feminino: bode - cabra boi – vaca h) Substantivos que formam o feminino de maneira especial, isto é, não seguem nenhuma das regras anteriores: czar - czarina réu - ré FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
  • 20. Formação do Feminino dos Substantivos Uniformes Epicenos: Alguns nomes de animais apresentam uma só forma para designar os dois sexos. Esses substantivos são chamados de epicenos. No caso dos epicenos, quando houver a necessidade de especificar o sexo, utilizam-se palavras macho e fêmea. Por exemplo: a cobra A cobra macho picou o marinheiro. A cobra fêmea escondeu-se na bananeira. FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
  • 21. Formação do Feminino dos Substantivos Uniformes  Sobrecomuns: Entregue as crianças à natureza. A palavra crianças refere-se tanto a seres do sexo masculino, quanto a seres do sexo feminino. Nesse caso, nem o artigo nem um possível adjetivo permitem identificar o sexo dos seres a que se refere a palavra. Veja: A criança chorona chamava-se João. A criança chorona chamava-se Maria. Outros substantivos sobrecomuns: a criatura - João é uma boa criatura./ Maria é uma boa criatura. o cônjuge- O cônjuge de João faleceu. / O cônjuge de Marcela faleceu. FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
  • 22. Formação do Feminino dos Substantivos Uniformes  Comum de dois gêneros Observe a manchete: “Motorista tem acidente idêntico 23 anos depois.” Quem sofreu o acidente: um homem ou uma mulher? É impossível saber apenas pelo título da notícia, uma vez que a palavra motorista é um substantivo uniforme. O restante da notícia nos informa que se trata de um homem. A distinção de gênero pode ser feita através da análise do artigo ou adjetivo, quando acompanharem o substantivo. Exemplos: o colega - a colega o imigrante - a imigrante um jovem - uma jovem artista famoso - artista famosa repórter francês - repórter francesa FLEXÃO DOS SUBSTANTIVOS
  • 23. a abusão erro comum, superstição, crendice a aluvião sedimentos deixados pelas águas, inundação, grande numero a cólera ou cólera-morbo doença infecciosa a personagem pessoa importante, pessoa que figura numa história a trama intriga, conluio, maquinação, cilada a xerox (ou xérox) cópia xerográfica, xerocópia o ágape refeição que os cristãos faziam em comum, banquete de confraternização o caudal torrente, rio o diabetes ou diabete doença o jângal floresta própria da Índia o lhama mamífero ruminante da família dos camelídeos o ordenança soldado às ordens de um oficial o praça soldado raso o preá pequeno roedor Substantivos de Gênero Incerto Existem numerosos substantivos de gênero incerto e flutuante, sendo usados com a mesma significação, ora como masculinos, ora como femininos.
  • 24. Observeo gênerodossubstantivosseguintes: Masculinos Femininos o tapa o eclipse o lança-perfume o dó (pena) o sanduíche o clarinete o champanha o sósia o maracajá o clã o hosana o herpes o pijama o suéter o soprano o proclama o pernoite o púbis a dinamite a áspide a derme a hélice a alcíone a filoxera a clâmide a omoplata a cataplasma a pane a mascote a gênese a entorse a libido a cal a faringe a cólera (doença) a ubá (canoa) São geralmente masculinos os substantivos de origem grega terminados em -ma: o grama (peso) o quilograma o plasma o apostema o diagrama o epigrama o telefonema o estratagema o dilema o teorema o apotegma o trema o eczema o edema o magma o anátema o estigma o axioma o tracoma o hematoma Exceções: a cataplasma, a celeuma, a fleuma, etc.
  • 25. Gênero dos Nomes de Cidades: Salvo raras exceções, nomes de cidades são femininos. Por exemplo: A histórica Ouro Preto. A dinâmica São Paulo. A acolhedora Porto Alegre. Uma Londres imensa e triste. Exceções: o Rio de Janeiro, o Cairo, o Porto, o Havre.
  • 26. Bibliografia 1. https://www.todamateria.com.br/substantivos/ - Acesso em 22/12/2017. 2. http://www.soportugues.com.br/secoes/morf/morf26.php - Acesso em 22/12/2017.