Trombose venosa profunda

15.649 visualizações

Publicada em

Cuidados de enfermagem na Trombose Venosa Profunda.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.649
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
107
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trombose venosa profunda

  1. 1. TROMBOSE VENOSA PROFUNDA CUIDADOS DE ENFERMAGEM
  2. 2. O QUE É?• A trombose venosa profunda (TVP) é uma doença caracterizada pela formação de coágulos em veias profundas.• É mais comum nas pernas.• Pode ocorrer na gestação e no puerpério, principalmente após cesáreas.• Depois da toxemia gravídica, é a causa mais comum de mortalidade materna.
  3. 3. DIAGNÓSTICO• SINAIS COMUNS: – DOR UNILATERAL DA PERNA – EDEMA UNILATERAL – SINAL DE HOMAN – CIANOSE DO MEMBRO – FEBRE, TAQUICARDIA• EXAME COMPLEMENTAR: – ULTRASONOGRAFIA DOPPLER
  4. 4. POSIÇÃO DE TREMDELEMBURG• Existem estudos que recomendam a compressão elástica e a deambulação, porém são novos.
  5. 5. Tipos de anticoagulantes• Marevan (Warfarina)• Clexane (Heparina de Baixo Peso Molecular)• Liquemine (Heparina não-fracionada)
  6. 6. CUIDADOS DE ENFERMAGEM• ATENÇÃO PARA RISCO DE HEMORRAGIA – surgimento de hematomas, sangramento espontâneo na escovação, nas punções. – Observar o tempo de interrupção do anticoagulante e a realização da cesárea. – Interromper anticoagulação se houver início das contrações
  7. 7. CUIDADOS DE ENFERMAGEMATENÇÃO PARA SINAIS DE EMBOLIA PULMONAR: – DISPNÉIA, TAQUIPNÉIA, – QUEDA DE SATURAÇÃO DE OXIGÊNIO, – DOR TORÁCICA – ANSIEDADE Pode ocorrer caso o trombo se desloque do membro afetado e chegue ao pulmão.
  8. 8. Medidas Gerais - Embolia Pulmonar1- Suplementação de O2 / suporte ventilatório;2- Administrar volume – correção da hipotensão e do choque através da elevacão da PVC. Nao exceder 500 a 1.000ml de volume pelo risco de isquemia de VD;3- Morfina – para sedação, analgesia e diminuição da ansiedade. Tem efeito vasodilatador pulmonar, administrar com cuidado na gestante hipotensa;4- Drogas vasoativas – utilizar em gestantes que nao respondem a infusão de volume (dobutamina e dopamina);5- Anticoagulacão.

×