Acentuação – regras especiais

5.780 visualizações

Publicada em

PROEJA 2013. Apoio às aulas presenciais.

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.780
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
631
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Acentuação – regras especiais

  1. 1. Acentuação – regrasespeciaisUlisses Infante/José Carlos deAzevedo
  2. 2. Advertência Esta apresentação, com circulaçãointerna e para fins exclusivamentedidáticos, foi elaborada a partir deseleção de trechos das fontes citadasna bibliografia, a quem cabem todosos créditos pelas informações aquiveiculadas.
  3. 3. Regras especiais e regras quemudaram com o acordo As regras que foram mantidas pelonovo Acordo Ortográfico aparecerãoem preto. As regras que foram mudadas pelonovo Acordo Ortográfico aparecerãoem verde.
  4. 4. Regras especiais Além das regras fundamentais, há umconjunto de regras destinadas a pôr emevidência alguns detalhes sonoros daspalavras. Estas regras sobrepõem-se às que jáestudamos: assim sendo, podem ocorrercasos como o da palavra "Jaú" que, apesarde ser oxítona terminada em u, acabasendo acentuada justamente porque esse urepresenta uma vogal tônica que formahiato com a vogal anterior.
  5. 5. Regras especiais Existem regras especiais para indicar: Hiatos Ditongos Acentos diferenciais.
  6. 6. Hiatos Acentuam-se as letras i e u quandorepresentam vogais tônicas isoladasnuma sílaba ou acompanhadas de sna mesma sílaba, desde que nãosejam seguidas por nh.
  7. 7. Hiatos Não se acentuam as letras i e uquando, ao formarem vogais tônicasnuma sílaba, são acompanhadas de l,r, m, n, z. Exceção: não se acentuam aspalavras paroxítonas cujas vogaistônicas i e u são precedidas deditongo decrescente.
  8. 8. Hiatos Observe: aí atribuído cafeína cuíca egoísmo juízes país raízes uísque ataúde baú graúdo miúdo reúne saúde tuiuiús
  9. 9. Hiatos Observe: raiz juiz contribuir ruim ainda Raul Luiz bainha campainha moinho rainha tainha
  10. 10. Hiatos Observe: Bocaiuva feiura boiuna baiuca Guaiauna boiuno
  11. 11. Hiatos Se o i ou o u formar hiato com uma vogalidêntica, não se usa o acento. Observe: xiita mandriice vadiice sucuuba.
  12. 12. Hiatos O acento só surgirá, nesse caso, sese tratar de uma proparoxítona,como: friíssimo iídiche. Mas nesse caso ele é regido pela regra fundamental dasproparoxítonas, e não pela regra dos hiatos.
  13. 13. Hiatos Não se coloca acentocircunflexo sobre apenúltima letra e ou oquando representam vogaistônicas e de timbre fechadonos hiatos ee e oo.
  14. 14. Hiatos Observe: creem deem leem ceem descreem desdeem releem reveem voo moo roo doo magoo abençoo corroo enjoo atordoo zoo
  15. 15. Ditongos Coloca-se acento agudo na letra querepresenta a vogal aberta dosditongos éi, ói e éu, desde quesejam tônicos em palavras oxítonas. Não são acentuados os ditongos éi,ói e éu que estiverem em posição desílaba tônica em palavrasparoxítonas.
  16. 16. Ditongos Se os ditongos éi, ói e éuaparecerem em posição de sílabatônica em palavras proparoxítonas,serão acentuados de acordo com aregra fundamental que determina quese acentuem todas as palavrasproparoxítonas.
  17. 17. Ditongos Exemplos aluguéis anéis carrosséis fiéis hotéis anzóis caracóis constrói constróis destrói destróis corrói
  18. 18. Ditongos Exemplos dói faróis lençóis céu chapéu chapéus escarcéu fogaréu léu povaréu alcalóidico aracnóideo
  19. 19. Ditongos Não se coloca acento agudo na letraque representa a vogal aberta dosditongos éi, ói e éu, se eles foremtônicos em palavras paroxítonas.
  20. 20. Ditongos assembleia centopeia epopeia estreia plateia ureia celuloide tipoia
  21. 21. Ditongos Não se coloca acento agudo na letraque representa a vogal aberta dosditongos éi, ói e éu, se eles nãoforem tônicos. Observe: ceuzinho pasteizinhos anzoizinhos coroneizinhos
  22. 22. Ditongos Não se coloca mais trema sobre a letra uque, precedida de g ou q e seguida de e oui, representa uma semivogal. Observe que,nesses casos, ocorre um ditongo crescente. aguentar alcaguete apaziguemos bangue ensanguentar
  23. 23. Ditongos Não se coloca mais acento na letra uquando ela, precedida de g ou q eseguida de e ou i, representa umavogal tônica. apazigue argui averigue oblique
  24. 24. Acentos diferenciais Sobrevivem em nosso sistema deacentuação gráfica alguns acentosdiferenciais, ou seja, acentos cujaúnica função é diferenciar homônimosna escrita. Trata-se, portanto, de casos muitoparticulares.
  25. 25. Acentos diferenciais 1) tem/vem Coloca-se acento circunflexo sobre asterceiras pessoas do plural dopresente do indicativo dos verbos tere vir e seus derivados a fim dediferenciá-las das formas dasterceiras pessoas do singular dosmesmos tempos.
  26. 26. Acentos diferenciais Observe Ele tem Eles têm Ele abstém, contém,mantém, retém, detém,entretém, obtém Eles abstêm, contêm,mantêm, retêm, detêm,entretêm, obtêm Ele vem Eles vêm Ele advém, convém,provém, intervém Eles advêm, convêm,provêm, intervêm
  27. 27. Acentos diferenciais 2) Outros acentos diferenciais pôde (terceira pessoa do singular dopretérito perfeito do indicativo) pode (terceira pessoa do singular dopresente do indicativo)
  28. 28. Acentos diferenciais pôr (verbo, faz parte do compostopôr do sol; seus derivados não sãoacentuados no infinitivo: repor,supor, dispor, decompor, soto-poretc.) por (preposição)
  29. 29. Acentos diferenciais facultativos (dupla grafia) dêmos (primeira pessoa do plural do presente dosubjuntivo) demos (primeira pessoa do plural do pretérito perfeitodo indicativo) fôrma (substantivo concreto) forma (substantivo abstrato e verbo) primeira pessoa do plural do presente do indicativo(amamos, louvamos) primeira pessoa do plural do pretérito perfeito doindicativo (amámos, louvámos)
  30. 30. Bibliografia ACADEMIA Brasileira de Letras. Vocabulárioortográfico da língua portuguesa. 5. ed. SãoPaulo: Global, 2009. INFANTE, Ulisses. Gramática aplicada aos textos.3. ed. São Paulo: Scipione, 1996. INSTITUTO Houaiss. Escrevendo pela novaortografia: como usar as regras do novo acordoortográfico da língua portuguesa. Coordenação deJosé Carlos de Azeredo. 2. ed. São Paulo: Publifolha,2008.

×