SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
    Enfermagem 1º semestre: Ana Paula, Ithiely,
Jeilda, Renata, Selma,
Veridyana e Julio Torela.
    O cuidar de forma ampla é visualizado
    com mais clareza na enfermagem, e
    ainda é melhor aplicado pela mulher,
    que por ser mãe tem um cuidar especial
    para com os necessitados, doentes e
    idosos.Além disso o cuidado se relaciona
    com afeição, preocupação e
    responsabilidades pelas pessoas
    necessitadas.
   Nas civilizações antigas muitas técnicas
    que hoje são exercidas pela
    enfermagem, eram realizadas por
    médicos. Outras eram delegadas há
    mulheres da família e também à
    escravos e servos, independente do
    sexo.
   Florence Nightingale
   Florence viajou muito em busca de realizar
    seu sonho de ser enfermeira, e depois de
    muitos obstáculos conseguiu através da
    Guerra da Crimeia, transformar o meio
    ambiente do hospital em Scutari. Um
    grande sucesso de Florence foi a redução
    da mortalidade de 42% para 2%, em um
    período de seis meses. Seus esforços com
    relação às reformas atingiram outros países,
    se tornado assim uma consultora no
    planejamento hospitalar.
    Há poucos livros em português que tratam
    da história da enfermagem.
    Surgiram alguns trabalhos, em geral teses e
    monografias na década de 1980, escritos
    por enfermeiras sobre a enfermagem no
    Brasil. A maioria abordam práticas de
    saúde, surgimento da medicina, da
    enfermagem e inter- relação entre essas
    duas atividades.Outras porém abordam
    sistema de ensino, formações, categorias e
    característica da profissão.
   A enfermagem desde suas raízes tem sido
    associada ao termo cuidar, e no Brasil
    também esta associada ao termo “assistir”.
    O assistir se originou das traduções norte-
    americanas, vindas do verbo to assist. O
    termo em inglês normalmente significa
    “ajudar” na área da saúde, pois o
    significado ficou mais forte se comparado
    à socorrer, estar perto de alguém quando
    se necessita de ajuda.
   A enfermegem e a medicina estão inter-
    relacionadas e com o processo de evlução
    pela qual a humanidade tem passado não
    se faz mas distinção de sexo para atuar
    nessas areas como antigamente. Mas,
    apesar da evolução o processo de cuidar
    apesar de tambem ser exercido por
    homens, é predominantimente feminino
    graças a formalização de seu ensino por
    Florence com aceitação exclusiva de
    moças.
   Uma das questões mais discutidas hoje
    em dia é a de clarificar o cuidar. Muito
    se tem estudado sobre o cuidado como
    fenômeno. Controvérsias existentes que
    consideram que o cuidado é como
    objeto, foco central, essência ou
    imperativo moral da enfermagem. Mas
    para entendê-lo realmente é necessário
    conhecer este fenômeno e explorar seu
    significado.
Sobre a questão da invisibilidade da
  enfermagem, acredita-se que, se
  enfermeiras apresentam “crise de
  identidade”, seria necessário maiores
  discussões a respeito. Tais discussões e
  busca de estratégia deveriam congregar a
  enfermagem como um todo, de forma
  coletiva, só assim sua identidade seria
  gradativamente construída, assegurando
  competência, segurança profissional, e
  principalmente, orgulho de ser profissional
  de enfermagem.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula de humanização plt
Aula de humanização pltAula de humanização plt
Aula de humanização pltenfanhanguera
 
Teorias de enfermagem e sae atualizado - aula 4
Teorias de enfermagem e sae atualizado - aula 4Teorias de enfermagem e sae atualizado - aula 4
Teorias de enfermagem e sae atualizado - aula 4Aprova Saúde
 
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)Tezin Maciel
 
Humanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI Slides
Humanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI SlidesHumanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI Slides
Humanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI SlidesCleiton Ribeiro Alves
 
Humanização na Saúde
Humanização na SaúdeHumanização na Saúde
Humanização na SaúdeYlla Cohim
 
Palestra de Humanização no Atendimento
Palestra de Humanização no AtendimentoPalestra de Humanização no Atendimento
Palestra de Humanização no AtendimentoFabiano Ladislau
 
Humanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergência
Humanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergênciaHumanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergência
Humanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergênciaAroldo Gavioli
 
Política nacional de humanização
Política nacional de humanizaçãoPolítica nacional de humanização
Política nacional de humanizaçãoPriscila Tenório
 
Teorias de Enfermagem
Teorias de Enfermagem Teorias de Enfermagem
Teorias de Enfermagem resenfe2013
 
Aula Cirurgias Seguras Salvam Vidas
Aula Cirurgias Seguras Salvam VidasAula Cirurgias Seguras Salvam Vidas
Aula Cirurgias Seguras Salvam VidasProqualis
 
HumanizaSUS
HumanizaSUSHumanizaSUS
HumanizaSUSLene So
 
Classificação de risco
Classificação de riscoClassificação de risco
Classificação de riscoCristiane Dias
 
Apresentacao anvisa
Apresentacao anvisaApresentacao anvisa
Apresentacao anvisa07082001
 
Apostila sae para_e-mail
Apostila sae para_e-mailApostila sae para_e-mail
Apostila sae para_e-mailEdla Oliv
 

Mais procurados (20)

Aula de humanização plt
Aula de humanização pltAula de humanização plt
Aula de humanização plt
 
Teorias de enfermagem e sae atualizado - aula 4
Teorias de enfermagem e sae atualizado - aula 4Teorias de enfermagem e sae atualizado - aula 4
Teorias de enfermagem e sae atualizado - aula 4
 
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
 
Humanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI Slides
Humanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI SlidesHumanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI Slides
Humanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI Slides
 
Humanização na Saúde
Humanização na SaúdeHumanização na Saúde
Humanização na Saúde
 
Palestra de Humanização no Atendimento
Palestra de Humanização no AtendimentoPalestra de Humanização no Atendimento
Palestra de Humanização no Atendimento
 
Humanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergência
Humanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergênciaHumanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergência
Humanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergência
 
Política nacional de humanização
Política nacional de humanizaçãoPolítica nacional de humanização
Política nacional de humanização
 
Aula 1 o ..
Aula 1 o ..Aula 1 o ..
Aula 1 o ..
 
Teorias de Enfermagem
Teorias de Enfermagem Teorias de Enfermagem
Teorias de Enfermagem
 
Assistencia domiciliar
Assistencia domiciliarAssistencia domiciliar
Assistencia domiciliar
 
Humanizar o atendimento na saúde
Humanizar o atendimento na saúdeHumanizar o atendimento na saúde
Humanizar o atendimento na saúde
 
Humanização
 Humanização Humanização
Humanização
 
Aula Cirurgias Seguras Salvam Vidas
Aula Cirurgias Seguras Salvam VidasAula Cirurgias Seguras Salvam Vidas
Aula Cirurgias Seguras Salvam Vidas
 
HumanizaSUS
HumanizaSUSHumanizaSUS
HumanizaSUS
 
Acolhimentoehumanização
AcolhimentoehumanizaçãoAcolhimentoehumanização
Acolhimentoehumanização
 
Classificação de risco
Classificação de riscoClassificação de risco
Classificação de risco
 
Apresentacao técnico em enfermagem
Apresentacao técnico em enfermagemApresentacao técnico em enfermagem
Apresentacao técnico em enfermagem
 
Apresentacao anvisa
Apresentacao anvisaApresentacao anvisa
Apresentacao anvisa
 
Apostila sae para_e-mail
Apostila sae para_e-mailApostila sae para_e-mail
Apostila sae para_e-mail
 

Destaque

Humanização na assistência em enfermagem: é preciso cuidar de quem cuida
Humanização na assistência em enfermagem: é preciso cuidar de quem cuidaHumanização na assistência em enfermagem: é preciso cuidar de quem cuida
Humanização na assistência em enfermagem: é preciso cuidar de quem cuidaIranildo Ribeiro
 
Trabalho de humanização (1)
Trabalho de humanização (1)Trabalho de humanização (1)
Trabalho de humanização (1)enfanhanguera
 
Apresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimentoApresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimentoFelipe Cavalcanti
 
Atendimento humanizado 4
Atendimento humanizado 4Atendimento humanizado 4
Atendimento humanizado 4Artur Wagner
 
Enfermagem - da Obediência à Competência - dia 16-05-12
Enfermagem - da Obediência à Competência - dia 16-05-12Enfermagem - da Obediência à Competência - dia 16-05-12
Enfermagem - da Obediência à Competência - dia 16-05-12Rotary Clube Vizela
 
A Humanização e a Gestão em Saúde: os desafios da Enfermagem
A Humanização e a Gestão em Saúde: os desafios da EnfermagemA Humanização e a Gestão em Saúde: os desafios da Enfermagem
A Humanização e a Gestão em Saúde: os desafios da EnfermagemDaniel Tavares
 
Oficina de lideranca diretores
Oficina de lideranca diretoresOficina de lideranca diretores
Oficina de lideranca diretoresClaudia Souza
 
Capelania e humaniza+ç+âo hospitalar
Capelania e humaniza+ç+âo hospitalarCapelania e humaniza+ç+âo hospitalar
Capelania e humaniza+ç+âo hospitalarPrLinaldo Junior
 
Apostila de humanização atendimento 2
Apostila de  humanização  atendimento 2Apostila de  humanização  atendimento 2
Apostila de humanização atendimento 2MariaBritodosSantos
 
Cultura e Humanização
Cultura e HumanizaçãoCultura e Humanização
Cultura e HumanizaçãoWendell Santos
 
Enfermagem moderna no Brasil
Enfermagem moderna no BrasilEnfermagem moderna no Brasil
Enfermagem moderna no BrasilPedro Miguel
 
EXCELÊNCIA EM LIDERANÇA E GESTÃO DE PESSOAS
EXCELÊNCIA EM LIDERANÇA E GESTÃO DE PESSOAS EXCELÊNCIA EM LIDERANÇA E GESTÃO DE PESSOAS
EXCELÊNCIA EM LIDERANÇA E GESTÃO DE PESSOAS Moacir Moura
 
Humanização da assistencia
Humanização da assistenciaHumanização da assistencia
Humanização da assistenciashueydribeiro
 

Destaque (17)

Humanização
HumanizaçãoHumanização
Humanização
 
Humanização na assistência em enfermagem: é preciso cuidar de quem cuida
Humanização na assistência em enfermagem: é preciso cuidar de quem cuidaHumanização na assistência em enfermagem: é preciso cuidar de quem cuida
Humanização na assistência em enfermagem: é preciso cuidar de quem cuida
 
Trabalho de humanização (1)
Trabalho de humanização (1)Trabalho de humanização (1)
Trabalho de humanização (1)
 
(Re)Humanização na Saúde
(Re)Humanização na Saúde(Re)Humanização na Saúde
(Re)Humanização na Saúde
 
Apresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimentoApresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimento
 
Atendimento humanizado 4
Atendimento humanizado 4Atendimento humanizado 4
Atendimento humanizado 4
 
Enfermagem - da Obediência à Competência - dia 16-05-12
Enfermagem - da Obediência à Competência - dia 16-05-12Enfermagem - da Obediência à Competência - dia 16-05-12
Enfermagem - da Obediência à Competência - dia 16-05-12
 
Liderança de Equipes de Projetos
Liderança de Equipes de ProjetosLiderança de Equipes de Projetos
Liderança de Equipes de Projetos
 
A Humanização e a Gestão em Saúde: os desafios da Enfermagem
A Humanização e a Gestão em Saúde: os desafios da EnfermagemA Humanização e a Gestão em Saúde: os desafios da Enfermagem
A Humanização e a Gestão em Saúde: os desafios da Enfermagem
 
Oficina de lideranca diretores
Oficina de lideranca diretoresOficina de lideranca diretores
Oficina de lideranca diretores
 
Capelania e humaniza+ç+âo hospitalar
Capelania e humaniza+ç+âo hospitalarCapelania e humaniza+ç+âo hospitalar
Capelania e humaniza+ç+âo hospitalar
 
Apostila de humanização atendimento 2
Apostila de  humanização  atendimento 2Apostila de  humanização  atendimento 2
Apostila de humanização atendimento 2
 
Cultura e Humanização
Cultura e HumanizaçãoCultura e Humanização
Cultura e Humanização
 
Enfermagem moderna no Brasil
Enfermagem moderna no BrasilEnfermagem moderna no Brasil
Enfermagem moderna no Brasil
 
EXCELÊNCIA EM LIDERANÇA E GESTÃO DE PESSOAS
EXCELÊNCIA EM LIDERANÇA E GESTÃO DE PESSOAS EXCELÊNCIA EM LIDERANÇA E GESTÃO DE PESSOAS
EXCELÊNCIA EM LIDERANÇA E GESTÃO DE PESSOAS
 
Humanização da assistencia
Humanização da assistenciaHumanização da assistencia
Humanização da assistencia
 
Significado de humanização
Significado de humanizaçãoSignificado de humanização
Significado de humanização
 

Semelhante a Trabalho de humanização slides

Apostila sae para_e-mail
Apostila sae para_e-mailApostila sae para_e-mail
Apostila sae para_e-mailEdla Oliv
 
INTRODUÇÃO À ENFERMAGEM.pptx
INTRODUÇÃO À ENFERMAGEM.pptxINTRODUÇÃO À ENFERMAGEM.pptx
INTRODUÇÃO À ENFERMAGEM.pptxBeatrizWilmann
 
HUMANIZAÇÃO EM ENFERMAGEM
HUMANIZAÇÃO EM ENFERMAGEMHUMANIZAÇÃO EM ENFERMAGEM
HUMANIZAÇÃO EM ENFERMAGEMCarolMendona13
 
EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA ENFERMAGEM E A INSERÇÃO MASCULINA
EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA ENFERMAGEM E A INSERÇÃO MASCULINAEVOLUÇÃO HISTÓRICA DA ENFERMAGEM E A INSERÇÃO MASCULINA
EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA ENFERMAGEM E A INSERÇÃO MASCULINARodrigo Abreu
 
Legislação Profissional (Aula 01).pptx
Legislação Profissional (Aula 01).pptxLegislação Profissional (Aula 01).pptx
Legislação Profissional (Aula 01).pptxGizeleSantos10
 
A família diante do adoecimento e da hospitalização infantil
A família diante do adoecimento e da hospitalização infantilA família diante do adoecimento e da hospitalização infantil
A família diante do adoecimento e da hospitalização infantilTania Fernandes
 
Desafios atuais do ensino de go
Desafios atuais do ensino de goDesafios atuais do ensino de go
Desafios atuais do ensino de gochirlei ferreira
 
Teoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardi
Teoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardiTeoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardi
Teoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardielisabett moreira
 
Parto aborto puerperio
Parto aborto puerperioParto aborto puerperio
Parto aborto puerperiokarol_ribeiro
 
As visitadoras de Saúde: as mulheres e as políticas públicas de saúde nos ano...
As visitadoras de Saúde: as mulheres e as políticas públicas de saúde nos ano...As visitadoras de Saúde: as mulheres e as políticas públicas de saúde nos ano...
As visitadoras de Saúde: as mulheres e as políticas públicas de saúde nos ano...Natália Barros
 
Aula 1 - HISTÓRIA, ÉTICA E LEGISLAÇÃO EM ENFERMAGEM
Aula 1 - HISTÓRIA, ÉTICA E LEGISLAÇÃO EM ENFERMAGEMAula 1 - HISTÓRIA, ÉTICA E LEGISLAÇÃO EM ENFERMAGEM
Aula 1 - HISTÓRIA, ÉTICA E LEGISLAÇÃO EM ENFERMAGEMLuziane Costa
 
Cuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.ppt
Cuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.pptCuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.ppt
Cuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.pptGabrielaCordeiro26
 
A familia em cuidados paliativos
A familia em cuidados paliativosA familia em cuidados paliativos
A familia em cuidados paliativosRaquel Camelo
 

Semelhante a Trabalho de humanização slides (20)

Apostila sae para_e-mail
Apostila sae para_e-mailApostila sae para_e-mail
Apostila sae para_e-mail
 
INTRODUÇÃO À ENFERMAGEM.pptx
INTRODUÇÃO À ENFERMAGEM.pptxINTRODUÇÃO À ENFERMAGEM.pptx
INTRODUÇÃO À ENFERMAGEM.pptx
 
HUMANIZAÇÃO EM ENFERMAGEM
HUMANIZAÇÃO EM ENFERMAGEMHUMANIZAÇÃO EM ENFERMAGEM
HUMANIZAÇÃO EM ENFERMAGEM
 
EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA ENFERMAGEM E A INSERÇÃO MASCULINA
EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA ENFERMAGEM E A INSERÇÃO MASCULINAEVOLUÇÃO HISTÓRICA DA ENFERMAGEM E A INSERÇÃO MASCULINA
EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA ENFERMAGEM E A INSERÇÃO MASCULINA
 
SAE
SAE SAE
SAE
 
Visitadomic
VisitadomicVisitadomic
Visitadomic
 
Legislação Profissional (Aula 01).pptx
Legislação Profissional (Aula 01).pptxLegislação Profissional (Aula 01).pptx
Legislação Profissional (Aula 01).pptx
 
A família diante do adoecimento e da hospitalização infantil
A família diante do adoecimento e da hospitalização infantilA família diante do adoecimento e da hospitalização infantil
A família diante do adoecimento e da hospitalização infantil
 
Desafios atuais do ensino de go
Desafios atuais do ensino de goDesafios atuais do ensino de go
Desafios atuais do ensino de go
 
Teoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardi
Teoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardiTeoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardi
Teoria socio humanista de beatriz b capella e maria tereza leopardi
 
Parto aborto puerperio
Parto aborto puerperioParto aborto puerperio
Parto aborto puerperio
 
Aborto
AbortoAborto
Aborto
 
Manual de parto
Manual de partoManual de parto
Manual de parto
 
Fundamentos de Enfermagem -
Fundamentos de Enfermagem -Fundamentos de Enfermagem -
Fundamentos de Enfermagem -
 
As visitadoras de Saúde: as mulheres e as políticas públicas de saúde nos ano...
As visitadoras de Saúde: as mulheres e as políticas públicas de saúde nos ano...As visitadoras de Saúde: as mulheres e as políticas públicas de saúde nos ano...
As visitadoras de Saúde: as mulheres e as políticas públicas de saúde nos ano...
 
Aula 1 - HISTÓRIA, ÉTICA E LEGISLAÇÃO EM ENFERMAGEM
Aula 1 - HISTÓRIA, ÉTICA E LEGISLAÇÃO EM ENFERMAGEMAula 1 - HISTÓRIA, ÉTICA E LEGISLAÇÃO EM ENFERMAGEM
Aula 1 - HISTÓRIA, ÉTICA E LEGISLAÇÃO EM ENFERMAGEM
 
Apresentação def.
Apresentação def.Apresentação def.
Apresentação def.
 
Cuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.ppt
Cuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.pptCuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.ppt
Cuidado_Transcultural_de_Madeleine_Leini.ppt
 
A familia em cuidados paliativos
A familia em cuidados paliativosA familia em cuidados paliativos
A familia em cuidados paliativos
 
A familia em cuidados paliativos
A familia em cuidados paliativosA familia em cuidados paliativos
A familia em cuidados paliativos
 

Mais de enfanhanguera

Erros de medicação
Erros de medicaçãoErros de medicação
Erros de medicaçãoenfanhanguera
 
Os principais nomes da filosofia
Os principais nomes da filosofiaOs principais nomes da filosofia
Os principais nomes da filosofiaenfanhanguera
 
O segredo para se relacionar com pessoas difíceis
O segredo para se relacionar com pessoas difíceisO segredo para se relacionar com pessoas difíceis
O segredo para se relacionar com pessoas difíceisenfanhanguera
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemenfanhanguera
 
O segredo para se relacionar com pessoas difíceis
O segredo para se relacionar com pessoas difíceisO segredo para se relacionar com pessoas difíceis
O segredo para se relacionar com pessoas difíceisenfanhanguera
 
Teoria de enfermagem de florence nightingale
Teoria de enfermagem de florence nightingaleTeoria de enfermagem de florence nightingale
Teoria de enfermagem de florence nightingaleenfanhanguera
 
Ciências sociais e humanas
Ciências sociais e humanasCiências sociais e humanas
Ciências sociais e humanasenfanhanguera
 
Trabalho de psicologia inteligencia
Trabalho de psicologia inteligenciaTrabalho de psicologia inteligencia
Trabalho de psicologia inteligenciaenfanhanguera
 
Trabalho de psicologia motivação
Trabalho de psicologia motivaçãoTrabalho de psicologia motivação
Trabalho de psicologia motivaçãoenfanhanguera
 

Mais de enfanhanguera (12)

Erros de medicação
Erros de medicaçãoErros de medicação
Erros de medicação
 
Os principais nomes da filosofia
Os principais nomes da filosofiaOs principais nomes da filosofia
Os principais nomes da filosofia
 
O segredo para se relacionar com pessoas difíceis
O segredo para se relacionar com pessoas difíceisO segredo para se relacionar com pessoas difíceis
O segredo para se relacionar com pessoas difíceis
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagem
 
O segredo para se relacionar com pessoas difíceis
O segredo para se relacionar com pessoas difíceisO segredo para se relacionar com pessoas difíceis
O segredo para se relacionar com pessoas difíceis
 
Teoria de enfermagem de florence nightingale
Teoria de enfermagem de florence nightingaleTeoria de enfermagem de florence nightingale
Teoria de enfermagem de florence nightingale
 
Visão histórica
Visão históricaVisão histórica
Visão histórica
 
Ciências sociais e humanas
Ciências sociais e humanasCiências sociais e humanas
Ciências sociais e humanas
 
Trabalho de psicologia inteligencia
Trabalho de psicologia inteligenciaTrabalho de psicologia inteligencia
Trabalho de psicologia inteligencia
 
Psicologia
PsicologiaPsicologia
Psicologia
 
Afetividade
AfetividadeAfetividade
Afetividade
 
Trabalho de psicologia motivação
Trabalho de psicologia motivaçãoTrabalho de psicologia motivação
Trabalho de psicologia motivação
 

Trabalho de humanização slides

  • 1. Enfermagem 1º semestre: Ana Paula, Ithiely, Jeilda, Renata, Selma, Veridyana e Julio Torela.
  • 2. O cuidar de forma ampla é visualizado com mais clareza na enfermagem, e ainda é melhor aplicado pela mulher, que por ser mãe tem um cuidar especial para com os necessitados, doentes e idosos.Além disso o cuidado se relaciona com afeição, preocupação e responsabilidades pelas pessoas necessitadas.
  • 3. Nas civilizações antigas muitas técnicas que hoje são exercidas pela enfermagem, eram realizadas por médicos. Outras eram delegadas há mulheres da família e também à escravos e servos, independente do sexo.
  • 4. Florence Nightingale  Florence viajou muito em busca de realizar seu sonho de ser enfermeira, e depois de muitos obstáculos conseguiu através da Guerra da Crimeia, transformar o meio ambiente do hospital em Scutari. Um grande sucesso de Florence foi a redução da mortalidade de 42% para 2%, em um período de seis meses. Seus esforços com relação às reformas atingiram outros países, se tornado assim uma consultora no planejamento hospitalar.
  • 5. Há poucos livros em português que tratam da história da enfermagem. Surgiram alguns trabalhos, em geral teses e monografias na década de 1980, escritos por enfermeiras sobre a enfermagem no Brasil. A maioria abordam práticas de saúde, surgimento da medicina, da enfermagem e inter- relação entre essas duas atividades.Outras porém abordam sistema de ensino, formações, categorias e característica da profissão.
  • 6. A enfermagem desde suas raízes tem sido associada ao termo cuidar, e no Brasil também esta associada ao termo “assistir”. O assistir se originou das traduções norte- americanas, vindas do verbo to assist. O termo em inglês normalmente significa “ajudar” na área da saúde, pois o significado ficou mais forte se comparado à socorrer, estar perto de alguém quando se necessita de ajuda.
  • 7. A enfermegem e a medicina estão inter- relacionadas e com o processo de evlução pela qual a humanidade tem passado não se faz mas distinção de sexo para atuar nessas areas como antigamente. Mas, apesar da evolução o processo de cuidar apesar de tambem ser exercido por homens, é predominantimente feminino graças a formalização de seu ensino por Florence com aceitação exclusiva de moças.
  • 8. Uma das questões mais discutidas hoje em dia é a de clarificar o cuidar. Muito se tem estudado sobre o cuidado como fenômeno. Controvérsias existentes que consideram que o cuidado é como objeto, foco central, essência ou imperativo moral da enfermagem. Mas para entendê-lo realmente é necessário conhecer este fenômeno e explorar seu significado.
  • 9. Sobre a questão da invisibilidade da enfermagem, acredita-se que, se enfermeiras apresentam “crise de identidade”, seria necessário maiores discussões a respeito. Tais discussões e busca de estratégia deveriam congregar a enfermagem como um todo, de forma coletiva, só assim sua identidade seria gradativamente construída, assegurando competência, segurança profissional, e principalmente, orgulho de ser profissional de enfermagem.