SlideShare uma empresa Scribd logo
TI E VENDAS NO VAREJO:
DO E-COMMERCE AOS
MULTICANAIS
O consumidor demanda informação para tomada de decisão
de compra em muitos lugares.
EROS DE CASTRO
01- O Cenário Multicanal
02 - E-Commerce
03- Experimentando outros canais
04- Quem demanda é o Consumidor
05- 5 Canais Inovadores
06- Site Institucional ou de E-Commerce
07- Mídias Sociais
08- Marketplace
09 – Dispositivos Móveis
10 – Totens e telas interativas
Esquentando os tamborins
O CENÁRIO HOJE É MULTICANAL
Ponto de venda tradicional x pontos de venda alternativos
O case Coca-Cola de 1937. Uma parábola sobre multicanais
O conceito de multicanal é também uma tendência na web-TI
• sites próprios
• marketplaces
• mídias sociais
• dispositivos móveis
• totens e telas interativas
 Obviamente, os canais de venda mais tradicionais como as lojas
físicas, venda direta, telemarketing ou representação comercial
não deixaram de ter grande importância nas operações de varejo.
MERCADOS MULTITCANAIS PARA O VAREJO| 01
TI & E-COMMERCE
• O comércio eletrônico ou e-commerce iniciou no país há quase 20 anos.
• Nos últimos 15 anos a atividade se consolidou com a entrada das grandes marcas
tradicionais do varejo nacional (Lojas Americanas, Ponto Frio, Casas Bahia, etc.)
• Observamos também uma expansão bastante significativa no número de pequenas e
médias empresas no e-commerce
• Faturamento aumentou no 1 semestre de 2015 em relação 2014
E-COMMERCE | 02
O E-Commerce é só
começo de novas
possibilidades para o
varejo proporcionadas
pela TI
Dados e-bit Primeiro semestre de 2015
TI & E-COMMERCE O E-Commerce é só começo de novas possibilidades para o Varejo
Dados e-bit Primeiro semestre de 2015
Categorias mais vendidas
EXPERIMENTANDO OUTROS CANAIS
A Nespresso, uma famosa marca de café gourmet, implantou uma grande operação para vender seus
produtos no ambiente on-line, mas as vendas só decolaram após a abertura de lojas em locais nobres em
grandes cidades do mundo.
Atenção! Quem demanda multicanais é o próprio Consumidor!
1. O consumidor geralmente faz uma pesquisa na web antes de comprar
2. Confere na loja física para ter certeza do design, material e do acabamento final real.
3. A compra, depois dessa pesquisa, pode se dar em qualquer um desses dois canais, pois o cliente já se
decidiu pelo produto que quer.
4. O sucesso comercial hoje em dia passa por expor sua oferta em diferentes locais e formatos.
MERCADOSMULTITCANAIS PARA O VAREJO| 03
5 CANAIS INOVADORES
CANAIS INOVADORESPARA O VAREJO CRIADOS PELA TI| 05
1. Site e Domínio Próprio
2. Mídias Sociais
3. Marketplaces
4. Dispositivos móveis
5. Telas e totens interartivos
Cinco principais novos canais que já estão à disposição
dos varejistas
SITE INSTITUCIONAL OU DE E-COMMERCE
DOMÍNIO E ALUGUEL DE SERVIDOR DE WEB
 É a infraestrutura tecnológica própria para publicar seus conteúdos.
 O web site é uma espécie de catálogo de produtos ou serviços
 É o material de divulgação
 2 tipos: institucional ou para vendas on-line.
SITES INSTITUCIONAIS OU DE E-COMMERCE - 06
Site, loja e blog
em um só local
Conteúdo é a moeda de troca da internet.
WEB SITES DETALHES RELEVANTES SOBRE A IMPORTÂNCIA E OS
RECURSOS DE SITES PRÓPRIOS
a - Ajuda a esclarecer detalhes sobre sua marca
100 milhões de internautas no Brasil.
 A importância do conteúdo
 A importância de ser responsivo
 Qualidade e modernidade no design
b - Sua marca aparece para pessoas
 Google Search – resultados orgânicos x pagos
 Um e-commerce com muitos produtos (SKUs)
 Importância de ter Blogs
c - Bem melhor do que impressos
 Fácil atualizar
 Sem desperdícios de material e nem perda de tempo.
 Interativos e com coleta de dados e opiniões
Analytics
CURIOSIDADES
 Em setembro de 2014 atingiu-se a marca de 1
bilhão de web sites em todo o mundo, mas desde
então houve uma pequena queda para 995
milhões em setembro de 2015.
SITES INSTITUCIONAIS OU DE E-COMMERCE - 06
Domínios em 15/09/2015
3.707.381
.com.br
Empresas em 15/09/2015
18.173.685
WEB SITES anúncios e resultados orgânicos
1. Não competir em
produtos de
grande procura
2. Encontrar um
Nicho
3. Investir em
publicidade e
tecnologia
MÍDIAS SOCIAIS
O FENÔMENO DE NOSSO TEMPO
 As mídias sociais já se consolidaram entre os profissionais de web marketing.
 A principal delas, o Facebook, criou uma estrutura simples e fácil de se pagar por anúncios.
 O Facebook, com seus mais de 1 bilhão de páginas de perfil em todo o mundo, tem uma audiência
gigante para que produtos e serviços sejam anunciados e vendidos.
 Públicos que podem ser escolhidos e segmentados em grande detalhe.
 Muitas outras redes sociais podem se demonstrar úteis para marcas relacionadas ao varejo, tais
como:
• Linked In
• Pinterest
• Instagram entre outras.
 YouTube e posts em blogs são formas de se conectar com pessoas e podem ser consideradas redes
sociais.
 Há uma tendência das pessoas de preferir assistir filmes a ler textos.
 Nesse momento, vivemos a “febre” do Whatsapp, que foi recentemente comprado pelo próprio
Facebook.
 Ambientes extremamente velozes e, quando é realizado para empresas, requer uma atenção,
planejamento e execução profissional.
MÍDIAS SOCIAIS PARA O VAREJO - 07
MÍDIAS SOCIAIS
O FENÔMENO DE NOSSO TEMPO
MÍDIAS SOCIAIS PARA O VAREJO - 07
MARKETPLACES SÃO “SHOPPING CENTERS” ON-LINE
1. São classificados ou shopping centers virtuais
2. Uma só plataforma tecnológica diversas pessoas e empresas expõem seus
produtos para venda.
3. Compete-se entre si no preço para o mesmo produto.
4. Cobram uma comissão sobre as vendas realizadas.
5. Esforço de divulgação é geralmente grande e bem feito = audiência
6. Alguns marketplaces oferecem a vitrine digital (a tecnologia de loja
virtual) pronta para o lojista começar a vender.
7. Ferramentas de web marketing para os vendedores usarem.
Essa plataforma de negócios parece ser apropriada para:
• Pequenos negócios sem capacidade de grande investimento
• Negócios de nicho de pouca concorrência
• Empresas que estão preparadas para brigar nos preços.
MARKETPLACES - 08
Elo7
Rakuten
Extra
Submarino
Mercado Livre
DISPOSITIVOS MÓVEIS CONTEÚDO, SERVIÇO E
PUBLICIDADE EM QUALQUER LUGAR
DISPOSITIVOS MÓVEIS - 08
CELULARES E TABLETS
1. As pessoas usam (e adoram!) seus celulares do
tipo smartphones;
2. Ter seu aplicativo exclusivo instalado no
dispositivo (celular ou tablet) do maior número de
pessoas possível.
3. A grande vantagem: eles podem ser instalados na
memória e muitos funcionam mesmo sem
conexão contínua de internet.
4. Alguns aplicativos esperam verificar a presença de
um sinal wi-fi para fazer atualizações mais
pesadas.
DISPOSITIVOS MÓVEIS CONTEÚDO, SERVIÇO E
PUBLICIDADE EM QUALQUER LUGAR
1. Carregam muito mais rápido do que um site de
internet
2. Podem ocupar todo o espaço da tela, “tomando
conta” do dispositivo móvel.
3. “Reinando” sozinho na tela para mostrar seus
produtos/serviços, atrativos e design.
DISPOSITIVOS MÓVEIS - 08
DISPOSITIVOS MÓVEIS CONTEÚDO, SERVIÇO E
PUBLICIDADE EM QUALQUER LUGAR
LIMITAÇÃO DE ESPAÇO
• O espaço disponível para armazenar é
usado muito rapidamente em aparelhos
com pouca memória.
• Aplicativos nativos: câmera fotos,
música e filmes
DISPOSITIVOS MÓVEIS - 08
TOTENS E TELAS INTERATIVAS EXPOSIÇÃO E
ENGAJAMENTO UTILIZANDO TELAS
TOTENS E TELAS INTERATIVAS - 10
 Já reparou que praticamente onde quer que você vá existe uma TV ou monitor ligado?
 Bares e restaurantes usam o set up box de operadora de TV a cabo.
 TV Corporativa ou de Redes de Digital Signage, que é o nome dado ao sistema de exibição de textos,
imagens e filmes em telas proprietárias e em circuito fechado.
TOTENS E TELAS INTERATIVAS EXPOSIÇÃO E
ENGAJAMENTO UTILIZANDO TELAS
TOTENS E TELAS INTERATIVAS - 10
EXPOSIÇÃO
ENGAJAMENTO
TOTENS E TELAS INTERATIVAS EXPOSIÇÃO E
ENGAJAMENTO UTILIZANDO TELAS
 Telas e totens interativos parecem ser a
evolução natural da sinalização em
ambiente indoor.
 Podem se tornar pontos de venda dentro das
lojas ou ferramentas úteis para o vendedor
 Redes comerciais para publicar promoções e
conteúdos informativos em telas de LCD.
 O próximo passo natural da tecnologia parece
ser incluir interatividade usando telas e
monitores com touch screen (tecnologia que
sente o toque humano) para que o usuário
controle a experiência de consumo de mídia.
TOTENS E TELAS INTERATIVAS - 10
TOTENS E TELAS INTERATIVAS EXPOSIÇÃO E
ENGAJAMENTO UTILIZANDO TELAS
As telas grandes proporcionam experiências
incríveis.
As soluções tecnológicas mais modernas publicam
desde web sites promocionais até Aplicativos
Android ou ainda uma sequência preferida de
músicas escolhidas no Youtube.
Aliadas com câmeras e sensores podem criar
experiências únicas.
TOTENS E TELAS INTERATIVAS - 10
CONCLUSÃO
Muitos são os desafios, mas muitas também são as oportunidades
para o varejo. Considere que sua capacidade de vendas pode
aumentar a partir de esforços e investimentos que estão ao seu
alcance.
Pronto para decolar?
eros@insec21.com.br
Imagens créditos: freepik.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Big data e o desafio omni channel no universo varejista da moda
Big data e o desafio omni channel no universo varejista da modaBig data e o desafio omni channel no universo varejista da moda
Big data e o desafio omni channel no universo varejista da moda
Cleber Fonseca
 
Ação especiais para internet
Ação especiais para internetAção especiais para internet
Ação especiais para internet
Rafael. Firmi
 
O varejo vai mudar mais nos próximos 10 anos do que nos últimos 100.
O varejo vai mudar mais nos próximos 10 anos do que nos últimos 100.O varejo vai mudar mais nos próximos 10 anos do que nos últimos 100.
O varejo vai mudar mais nos próximos 10 anos do que nos últimos 100.
EAC Software
 
Oportunidades no e-commerce B2B
Oportunidades no e-commerce B2BOportunidades no e-commerce B2B
Oportunidades no e-commerce B2B
Profite - Marketing para Comércio Eletrônico
 
Como fazer o melhor e-commerce de supermercados do Brasil / América Latina
Como fazer o melhor e-commerce de supermercados do Brasil / América LatinaComo fazer o melhor e-commerce de supermercados do Brasil / América Latina
Como fazer o melhor e-commerce de supermercados do Brasil / América Latina
Profite - Marketing para Comércio Eletrônico
 
Apresentação mercado em casa delivery
Apresentação mercado em casa deliveryApresentação mercado em casa delivery
Apresentação mercado em casa delivery
Judson Alves
 
Bluetooth Marketing 2Call Mobile Marketing - 2010
Bluetooth Marketing 2Call Mobile Marketing - 2010Bluetooth Marketing 2Call Mobile Marketing - 2010
Bluetooth Marketing 2Call Mobile Marketing - 2010
2Call Mobile Marketing
 
Apresentação Hackarejo - Inovação no Varejo
Apresentação Hackarejo - Inovação no VarejoApresentação Hackarejo - Inovação no Varejo
Apresentação Hackarejo - Inovação no Varejo
Inventtando Agencia de Palestrantes
 
AP_GERAL_BLUMER
AP_GERAL_BLUMERAP_GERAL_BLUMER
AP_GERAL_BLUMER
Nanni Brandao
 
Online video project
Online video projectOnline video project
Online video project
Marcelo Fernandes
 
2012 05 retail evolution (pt)
2012 05 retail evolution (pt)2012 05 retail evolution (pt)
2012 05 retail evolution (pt)
Karen Sanchez
 
Marketing digital, modo de usar - Café na web, dá para comercializar direto?
Marketing digital, modo de usar  - Café na web, dá para comercializar direto?Marketing digital, modo de usar  - Café na web, dá para comercializar direto?
Marketing digital, modo de usar - Café na web, dá para comercializar direto?
Paulo Henrique Leme
 
NRF 2011: 5 caminhos para crescer
NRF 2011: 5 caminhos para crescerNRF 2011: 5 caminhos para crescer
NRF 2011: 5 caminhos para crescer
Sergio Silva
 
Como Montar Uma Loja de Informática
Como Montar Uma Loja de InformáticaComo Montar Uma Loja de Informática
Como Montar Uma Loja de Informática
Ricardo Jordão Magalhaes
 
Sumário Executivo Grupo IdeiaSex
Sumário Executivo Grupo IdeiaSexSumário Executivo Grupo IdeiaSex
Sumário Executivo Grupo IdeiaSex
Ruy Fortini
 
Plano de negócios: Softaware Soluções em Informática
Plano de negócios: Softaware Soluções em InformáticaPlano de negócios: Softaware Soluções em Informática
Plano de negócios: Softaware Soluções em Informática
Felipe Coutinho
 
Midia Kit - Market Mídia
Midia Kit - Market MídiaMidia Kit - Market Mídia
Midia Kit - Market Mídia
Adriano Macsoda
 
Loja sempre aberta
Loja sempre abertaLoja sempre aberta
Loja sempre aberta
Ani Inventores
 
20 ideias para se diferenciar
20 ideias para se diferenciar20 ideias para se diferenciar
20 ideias para se diferenciar
Ponto de Referência
 
Paper sobre Quiosques e Self Service no Comércio, Retalho, Hipermercados
Paper sobre Quiosques e Self Service no Comércio, Retalho, HipermercadosPaper sobre Quiosques e Self Service no Comércio, Retalho, Hipermercados
Paper sobre Quiosques e Self Service no Comércio, Retalho, Hipermercados
Miguel Soares
 

Mais procurados (20)

Big data e o desafio omni channel no universo varejista da moda
Big data e o desafio omni channel no universo varejista da modaBig data e o desafio omni channel no universo varejista da moda
Big data e o desafio omni channel no universo varejista da moda
 
Ação especiais para internet
Ação especiais para internetAção especiais para internet
Ação especiais para internet
 
O varejo vai mudar mais nos próximos 10 anos do que nos últimos 100.
O varejo vai mudar mais nos próximos 10 anos do que nos últimos 100.O varejo vai mudar mais nos próximos 10 anos do que nos últimos 100.
O varejo vai mudar mais nos próximos 10 anos do que nos últimos 100.
 
Oportunidades no e-commerce B2B
Oportunidades no e-commerce B2BOportunidades no e-commerce B2B
Oportunidades no e-commerce B2B
 
Como fazer o melhor e-commerce de supermercados do Brasil / América Latina
Como fazer o melhor e-commerce de supermercados do Brasil / América LatinaComo fazer o melhor e-commerce de supermercados do Brasil / América Latina
Como fazer o melhor e-commerce de supermercados do Brasil / América Latina
 
Apresentação mercado em casa delivery
Apresentação mercado em casa deliveryApresentação mercado em casa delivery
Apresentação mercado em casa delivery
 
Bluetooth Marketing 2Call Mobile Marketing - 2010
Bluetooth Marketing 2Call Mobile Marketing - 2010Bluetooth Marketing 2Call Mobile Marketing - 2010
Bluetooth Marketing 2Call Mobile Marketing - 2010
 
Apresentação Hackarejo - Inovação no Varejo
Apresentação Hackarejo - Inovação no VarejoApresentação Hackarejo - Inovação no Varejo
Apresentação Hackarejo - Inovação no Varejo
 
AP_GERAL_BLUMER
AP_GERAL_BLUMERAP_GERAL_BLUMER
AP_GERAL_BLUMER
 
Online video project
Online video projectOnline video project
Online video project
 
2012 05 retail evolution (pt)
2012 05 retail evolution (pt)2012 05 retail evolution (pt)
2012 05 retail evolution (pt)
 
Marketing digital, modo de usar - Café na web, dá para comercializar direto?
Marketing digital, modo de usar  - Café na web, dá para comercializar direto?Marketing digital, modo de usar  - Café na web, dá para comercializar direto?
Marketing digital, modo de usar - Café na web, dá para comercializar direto?
 
NRF 2011: 5 caminhos para crescer
NRF 2011: 5 caminhos para crescerNRF 2011: 5 caminhos para crescer
NRF 2011: 5 caminhos para crescer
 
Como Montar Uma Loja de Informática
Como Montar Uma Loja de InformáticaComo Montar Uma Loja de Informática
Como Montar Uma Loja de Informática
 
Sumário Executivo Grupo IdeiaSex
Sumário Executivo Grupo IdeiaSexSumário Executivo Grupo IdeiaSex
Sumário Executivo Grupo IdeiaSex
 
Plano de negócios: Softaware Soluções em Informática
Plano de negócios: Softaware Soluções em InformáticaPlano de negócios: Softaware Soluções em Informática
Plano de negócios: Softaware Soluções em Informática
 
Midia Kit - Market Mídia
Midia Kit - Market MídiaMidia Kit - Market Mídia
Midia Kit - Market Mídia
 
Loja sempre aberta
Loja sempre abertaLoja sempre aberta
Loja sempre aberta
 
20 ideias para se diferenciar
20 ideias para se diferenciar20 ideias para se diferenciar
20 ideias para se diferenciar
 
Paper sobre Quiosques e Self Service no Comércio, Retalho, Hipermercados
Paper sobre Quiosques e Self Service no Comércio, Retalho, HipermercadosPaper sobre Quiosques e Self Service no Comércio, Retalho, Hipermercados
Paper sobre Quiosques e Self Service no Comércio, Retalho, Hipermercados
 

Destaque

TI: Função estratégica no varejo
TI: Função estratégica no varejoTI: Função estratégica no varejo
TI: Função estratégica no varejo
EAC Software
 
Marcos nannetti poa eac ti
Marcos nannetti poa eac tiMarcos nannetti poa eac ti
Marcos nannetti poa eac ti
Varejo Regional - Sonia Salles
 
TI: função estratégica no varejo
TI: função estratégica no varejoTI: função estratégica no varejo
TI: função estratégica no varejo
EAC Software
 
Tecnologia da Informação Aplicada à Logística
Tecnologia da Informação Aplicada à Logística Tecnologia da Informação Aplicada à Logística
Tecnologia da Informação Aplicada à Logística
Elisângela X. P. dos Santos
 
Sistemas de informação e ti aplicada a logística
Sistemas de informação e ti aplicada a logísticaSistemas de informação e ti aplicada a logística
Sistemas de informação e ti aplicada a logística
tonype2010
 
Tecnologia da informação aplicado à logística
Tecnologia da informação aplicado à logísticaTecnologia da informação aplicado à logística
Tecnologia da informação aplicado à logística
Joaz Souza
 

Destaque (6)

TI: Função estratégica no varejo
TI: Função estratégica no varejoTI: Função estratégica no varejo
TI: Função estratégica no varejo
 
Marcos nannetti poa eac ti
Marcos nannetti poa eac tiMarcos nannetti poa eac ti
Marcos nannetti poa eac ti
 
TI: função estratégica no varejo
TI: função estratégica no varejoTI: função estratégica no varejo
TI: função estratégica no varejo
 
Tecnologia da Informação Aplicada à Logística
Tecnologia da Informação Aplicada à Logística Tecnologia da Informação Aplicada à Logística
Tecnologia da Informação Aplicada à Logística
 
Sistemas de informação e ti aplicada a logística
Sistemas de informação e ti aplicada a logísticaSistemas de informação e ti aplicada a logística
Sistemas de informação e ti aplicada a logística
 
Tecnologia da informação aplicado à logística
Tecnologia da informação aplicado à logísticaTecnologia da informação aplicado à logística
Tecnologia da informação aplicado à logística
 

Semelhante a Rio Info 2015 - TI Varejo - Painel Varejo do e-commerce aos multicanais - Eros de Castro

Conexão EAC - Visões e Insights
Conexão EAC - Visões e InsightsConexão EAC - Visões e Insights
Conexão EAC - Visões e Insights
EAC Software
 
Digital Dealer Presentation - Novembro 2013
Digital Dealer Presentation - Novembro 2013Digital Dealer Presentation - Novembro 2013
Digital Dealer Presentation - Novembro 2013
4Life Marketing Digital
 
Marketing Digital Caxias do Sul | UCS
Marketing Digital Caxias do Sul | UCSMarketing Digital Caxias do Sul | UCS
Marketing Digital Caxias do Sul | UCS
Rafael Comin
 
Curso tec em adm
Curso tec em adm Curso tec em adm
Curso tec em adm
Daniele Bassanesi
 
Aula 3 planejamento
Aula 3   planejamentoAula 3   planejamento
Aula 3 planejamento
Carolina Terra
 
Porque ID6
Porque ID6Porque ID6
Cenário do e-commerce de moda no brasil
Cenário do e-commerce de moda no brasilCenário do e-commerce de moda no brasil
Cenário do e-commerce de moda no brasil
Samuel Gonsales
 
PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO CCE
 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO CCE   PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO CCE
PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO CCE
Fernanda Venâncio
 
Marketing Digital - Sebrae Startup Day 2017
Marketing Digital - Sebrae Startup Day 2017Marketing Digital - Sebrae Startup Day 2017
Marketing Digital - Sebrae Startup Day 2017
Hiran Eduardo Murbach
 
Saiba mais sobre a plataforma de e-commerce 00K
Saiba mais sobre a plataforma de e-commerce 00KSaiba mais sobre a plataforma de e-commerce 00K
Saiba mais sobre a plataforma de e-commerce 00K
00KECOMMERCETOOLS
 
Apresentação leandro rolim mma pdf
Apresentação leandro rolim   mma pdfApresentação leandro rolim   mma pdf
Apresentação leandro rolim mma pdf
Leandro Rolim
 
Centros comerciais e Retalho - Quiosques Multimédia e Mupis Digitais
Centros comerciais e Retalho - Quiosques Multimédia e Mupis DigitaisCentros comerciais e Retalho - Quiosques Multimédia e Mupis Digitais
Centros comerciais e Retalho - Quiosques Multimédia e Mupis Digitais
PARTTEAM & OEMKIOSKS
 
Palestra Elemidia ESPM
Palestra Elemidia ESPMPalestra Elemidia ESPM
Palestra Elemidia ESPM
alefre2002
 
Cartilha do Varejo - Como atuar no mercado digital?
Cartilha do Varejo - Como atuar no mercado digital?Cartilha do Varejo - Como atuar no mercado digital?
Cartilha do Varejo - Como atuar no mercado digital?
Victória Campos
 
Tendências varejo 2012
Tendências varejo 2012Tendências varejo 2012
Tendências varejo 2012
INVENT® - Conhecimento Estratégico
 
Biz miz o1 m5_u5.1_r2_pt
Biz miz o1 m5_u5.1_r2_ptBiz miz o1 m5_u5.1_r2_pt
Biz miz o1 m5_u5.1_r2_pt
EmanuelePristera
 
Soluções_onthespot_Supermercado
Soluções_onthespot_SupermercadoSoluções_onthespot_Supermercado
Soluções_onthespot_Supermercado
Guilherme Afonso
 
Gestão de Clientes no Universo Digital
Gestão de Clientes no Universo DigitalGestão de Clientes no Universo Digital
Gestão de Clientes no Universo Digital
Paulo Oliveira
 
Novas tendências do marketing
Novas tendências do marketingNovas tendências do marketing
Novas tendências do marketing
Josinaldo Pereira de Lima
 
Comercio eletronico aula 1
Comercio eletronico   aula 1Comercio eletronico   aula 1
Comercio eletronico aula 1
odair de Osti
 

Semelhante a Rio Info 2015 - TI Varejo - Painel Varejo do e-commerce aos multicanais - Eros de Castro (20)

Conexão EAC - Visões e Insights
Conexão EAC - Visões e InsightsConexão EAC - Visões e Insights
Conexão EAC - Visões e Insights
 
Digital Dealer Presentation - Novembro 2013
Digital Dealer Presentation - Novembro 2013Digital Dealer Presentation - Novembro 2013
Digital Dealer Presentation - Novembro 2013
 
Marketing Digital Caxias do Sul | UCS
Marketing Digital Caxias do Sul | UCSMarketing Digital Caxias do Sul | UCS
Marketing Digital Caxias do Sul | UCS
 
Curso tec em adm
Curso tec em adm Curso tec em adm
Curso tec em adm
 
Aula 3 planejamento
Aula 3   planejamentoAula 3   planejamento
Aula 3 planejamento
 
Porque ID6
Porque ID6Porque ID6
Porque ID6
 
Cenário do e-commerce de moda no brasil
Cenário do e-commerce de moda no brasilCenário do e-commerce de moda no brasil
Cenário do e-commerce de moda no brasil
 
PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO CCE
 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO CCE   PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO CCE
PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO CCE
 
Marketing Digital - Sebrae Startup Day 2017
Marketing Digital - Sebrae Startup Day 2017Marketing Digital - Sebrae Startup Day 2017
Marketing Digital - Sebrae Startup Day 2017
 
Saiba mais sobre a plataforma de e-commerce 00K
Saiba mais sobre a plataforma de e-commerce 00KSaiba mais sobre a plataforma de e-commerce 00K
Saiba mais sobre a plataforma de e-commerce 00K
 
Apresentação leandro rolim mma pdf
Apresentação leandro rolim   mma pdfApresentação leandro rolim   mma pdf
Apresentação leandro rolim mma pdf
 
Centros comerciais e Retalho - Quiosques Multimédia e Mupis Digitais
Centros comerciais e Retalho - Quiosques Multimédia e Mupis DigitaisCentros comerciais e Retalho - Quiosques Multimédia e Mupis Digitais
Centros comerciais e Retalho - Quiosques Multimédia e Mupis Digitais
 
Palestra Elemidia ESPM
Palestra Elemidia ESPMPalestra Elemidia ESPM
Palestra Elemidia ESPM
 
Cartilha do Varejo - Como atuar no mercado digital?
Cartilha do Varejo - Como atuar no mercado digital?Cartilha do Varejo - Como atuar no mercado digital?
Cartilha do Varejo - Como atuar no mercado digital?
 
Tendências varejo 2012
Tendências varejo 2012Tendências varejo 2012
Tendências varejo 2012
 
Biz miz o1 m5_u5.1_r2_pt
Biz miz o1 m5_u5.1_r2_ptBiz miz o1 m5_u5.1_r2_pt
Biz miz o1 m5_u5.1_r2_pt
 
Soluções_onthespot_Supermercado
Soluções_onthespot_SupermercadoSoluções_onthespot_Supermercado
Soluções_onthespot_Supermercado
 
Gestão de Clientes no Universo Digital
Gestão de Clientes no Universo DigitalGestão de Clientes no Universo Digital
Gestão de Clientes no Universo Digital
 
Novas tendências do marketing
Novas tendências do marketingNovas tendências do marketing
Novas tendências do marketing
 
Comercio eletronico aula 1
Comercio eletronico   aula 1Comercio eletronico   aula 1
Comercio eletronico aula 1
 

Mais de Rio Info

Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...
Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...
Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina Dissat
Rio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina DissatRio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina Dissat
Rio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina Dissat
Rio Info
 
Rio Info 2015 - A verdade sobre os instrumentos de inovação - Luiz Claudio Souza
Rio Info 2015 - A verdade sobre os instrumentos de inovação - Luiz Claudio SouzaRio Info 2015 - A verdade sobre os instrumentos de inovação - Luiz Claudio Souza
Rio Info 2015 - A verdade sobre os instrumentos de inovação - Luiz Claudio Souza
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo Navarro
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo NavarroRio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo Navarro
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo Navarro
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Como captar recursos não reembolsáveis em editais de inovação...
Rio Info 2015 - Como captar recursos não reembolsáveis em editais de inovação...Rio Info 2015 - Como captar recursos não reembolsáveis em editais de inovação...
Rio Info 2015 - Como captar recursos não reembolsáveis em editais de inovação...
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...
Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...
Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie Witte
Rio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie WitteRio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie Witte
Rio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie Witte
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martins
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martinsRio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martins
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martins
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza - Biomob
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza -  BiomobRio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza -  Biomob
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza - Biomob
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando Ribas
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando RibasRio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando Ribas
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando Ribas
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio Oliveira
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio OliveiraRio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio Oliveira
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio Oliveira
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério Gonçalves
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério GonçalvesRio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério Gonçalves
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério Gonçalves
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto Gastei
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto GasteiRio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto Gastei
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto Gastei
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - Ploog
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - PloogRio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - Ploog
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - Ploog
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus Dratovsky
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus DratovskyRio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus Dratovsky
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus Dratovsky
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz Santos
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz SantosRio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz Santos
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz Santos
Rio Info
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo Fynn
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo FynnRio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo Fynn
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo Fynn
Rio Info
 

Mais de Rio Info (20)

Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...
Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...
Rio Info 2015: Painel: Educação digital: experiências e oportunidades - Sylvi...
 
Rio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina Dissat
Rio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina DissatRio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina Dissat
Rio Info 2015 - Desafio de tornar networking em faturamento - Cristina Dissat
 
Rio Info 2015 - A verdade sobre os instrumentos de inovação - Luiz Claudio Souza
Rio Info 2015 - A verdade sobre os instrumentos de inovação - Luiz Claudio SouzaRio Info 2015 - A verdade sobre os instrumentos de inovação - Luiz Claudio Souza
Rio Info 2015 - A verdade sobre os instrumentos de inovação - Luiz Claudio Souza
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo Navarro
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo NavarroRio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo Navarro
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Argentina - Visual Factory - Pablo Navarro
 
Rio Info 2015 - Como captar recursos não reembolsáveis em editais de inovação...
Rio Info 2015 - Como captar recursos não reembolsáveis em editais de inovação...Rio Info 2015 - Como captar recursos não reembolsáveis em editais de inovação...
Rio Info 2015 - Como captar recursos não reembolsáveis em editais de inovação...
 
Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...
Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...
Rio Info 2015 - Plano de stock options o que fazer e o que não fazer - Marcel...
 
Rio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie Witte
Rio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie WitteRio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie Witte
Rio Info 2015 - Empreendendo sonhos compartilhados - Natalie Witte
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martins
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martinsRio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martins
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraíba - Luiz Maurício Fraga martins
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio Grande do Sul - Leandro Araújo carras...
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza - Biomob
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza -  BiomobRio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza -  Biomob
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - São Paulo Capital - Valmir Souza - Biomob
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando Ribas
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando RibasRio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando Ribas
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Portugal Finity - Orlando Ribas
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Amazonas - Senior APP - Dalvanira Santos ...
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio Oliveira
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio OliveiraRio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio Oliveira
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Espírito Santo - Fabrio Oliveira
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério Gonçalves
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério GonçalvesRio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério Gonçalves
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Paraná - Any Market - Rogério Gonçalves
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro Interior - Luís Gustavo Bo...
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto Gastei
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto GasteiRio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto Gastei
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Alagoas - Leandro - Quanto Gastei
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - Ploog
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - PloogRio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - Ploog
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Rio de Janeiro - Pedro Pisa - Ploog
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus Dratovsky
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus DratovskyRio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus Dratovsky
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Sergipe - Marcus Dratovsky
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz Santos
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz SantosRio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz Santos
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Maranhão - Weldys da Cruz Santos
 
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo Fynn
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo FynnRio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo Fynn
Rio Info 2015 - Salão da Inovação - Uruguai - Ricardo Fynn
 

Rio Info 2015 - TI Varejo - Painel Varejo do e-commerce aos multicanais - Eros de Castro

  • 1. TI E VENDAS NO VAREJO: DO E-COMMERCE AOS MULTICANAIS O consumidor demanda informação para tomada de decisão de compra em muitos lugares.
  • 2. EROS DE CASTRO 01- O Cenário Multicanal 02 - E-Commerce 03- Experimentando outros canais 04- Quem demanda é o Consumidor 05- 5 Canais Inovadores 06- Site Institucional ou de E-Commerce 07- Mídias Sociais 08- Marketplace 09 – Dispositivos Móveis 10 – Totens e telas interativas Esquentando os tamborins
  • 3. O CENÁRIO HOJE É MULTICANAL Ponto de venda tradicional x pontos de venda alternativos O case Coca-Cola de 1937. Uma parábola sobre multicanais O conceito de multicanal é também uma tendência na web-TI • sites próprios • marketplaces • mídias sociais • dispositivos móveis • totens e telas interativas  Obviamente, os canais de venda mais tradicionais como as lojas físicas, venda direta, telemarketing ou representação comercial não deixaram de ter grande importância nas operações de varejo. MERCADOS MULTITCANAIS PARA O VAREJO| 01
  • 4. TI & E-COMMERCE • O comércio eletrônico ou e-commerce iniciou no país há quase 20 anos. • Nos últimos 15 anos a atividade se consolidou com a entrada das grandes marcas tradicionais do varejo nacional (Lojas Americanas, Ponto Frio, Casas Bahia, etc.) • Observamos também uma expansão bastante significativa no número de pequenas e médias empresas no e-commerce • Faturamento aumentou no 1 semestre de 2015 em relação 2014 E-COMMERCE | 02 O E-Commerce é só começo de novas possibilidades para o varejo proporcionadas pela TI Dados e-bit Primeiro semestre de 2015
  • 5. TI & E-COMMERCE O E-Commerce é só começo de novas possibilidades para o Varejo Dados e-bit Primeiro semestre de 2015 Categorias mais vendidas
  • 6. EXPERIMENTANDO OUTROS CANAIS A Nespresso, uma famosa marca de café gourmet, implantou uma grande operação para vender seus produtos no ambiente on-line, mas as vendas só decolaram após a abertura de lojas em locais nobres em grandes cidades do mundo. Atenção! Quem demanda multicanais é o próprio Consumidor! 1. O consumidor geralmente faz uma pesquisa na web antes de comprar 2. Confere na loja física para ter certeza do design, material e do acabamento final real. 3. A compra, depois dessa pesquisa, pode se dar em qualquer um desses dois canais, pois o cliente já se decidiu pelo produto que quer. 4. O sucesso comercial hoje em dia passa por expor sua oferta em diferentes locais e formatos. MERCADOSMULTITCANAIS PARA O VAREJO| 03
  • 7. 5 CANAIS INOVADORES CANAIS INOVADORESPARA O VAREJO CRIADOS PELA TI| 05 1. Site e Domínio Próprio 2. Mídias Sociais 3. Marketplaces 4. Dispositivos móveis 5. Telas e totens interartivos Cinco principais novos canais que já estão à disposição dos varejistas
  • 8. SITE INSTITUCIONAL OU DE E-COMMERCE DOMÍNIO E ALUGUEL DE SERVIDOR DE WEB  É a infraestrutura tecnológica própria para publicar seus conteúdos.  O web site é uma espécie de catálogo de produtos ou serviços  É o material de divulgação  2 tipos: institucional ou para vendas on-line. SITES INSTITUCIONAIS OU DE E-COMMERCE - 06 Site, loja e blog em um só local Conteúdo é a moeda de troca da internet.
  • 9. WEB SITES DETALHES RELEVANTES SOBRE A IMPORTÂNCIA E OS RECURSOS DE SITES PRÓPRIOS a - Ajuda a esclarecer detalhes sobre sua marca 100 milhões de internautas no Brasil.  A importância do conteúdo  A importância de ser responsivo  Qualidade e modernidade no design b - Sua marca aparece para pessoas  Google Search – resultados orgânicos x pagos  Um e-commerce com muitos produtos (SKUs)  Importância de ter Blogs c - Bem melhor do que impressos  Fácil atualizar  Sem desperdícios de material e nem perda de tempo.  Interativos e com coleta de dados e opiniões Analytics CURIOSIDADES  Em setembro de 2014 atingiu-se a marca de 1 bilhão de web sites em todo o mundo, mas desde então houve uma pequena queda para 995 milhões em setembro de 2015. SITES INSTITUCIONAIS OU DE E-COMMERCE - 06 Domínios em 15/09/2015 3.707.381 .com.br Empresas em 15/09/2015 18.173.685
  • 10. WEB SITES anúncios e resultados orgânicos 1. Não competir em produtos de grande procura 2. Encontrar um Nicho 3. Investir em publicidade e tecnologia
  • 11. MÍDIAS SOCIAIS O FENÔMENO DE NOSSO TEMPO  As mídias sociais já se consolidaram entre os profissionais de web marketing.  A principal delas, o Facebook, criou uma estrutura simples e fácil de se pagar por anúncios.  O Facebook, com seus mais de 1 bilhão de páginas de perfil em todo o mundo, tem uma audiência gigante para que produtos e serviços sejam anunciados e vendidos.  Públicos que podem ser escolhidos e segmentados em grande detalhe.  Muitas outras redes sociais podem se demonstrar úteis para marcas relacionadas ao varejo, tais como: • Linked In • Pinterest • Instagram entre outras.  YouTube e posts em blogs são formas de se conectar com pessoas e podem ser consideradas redes sociais.  Há uma tendência das pessoas de preferir assistir filmes a ler textos.  Nesse momento, vivemos a “febre” do Whatsapp, que foi recentemente comprado pelo próprio Facebook.  Ambientes extremamente velozes e, quando é realizado para empresas, requer uma atenção, planejamento e execução profissional. MÍDIAS SOCIAIS PARA O VAREJO - 07
  • 12. MÍDIAS SOCIAIS O FENÔMENO DE NOSSO TEMPO MÍDIAS SOCIAIS PARA O VAREJO - 07
  • 13. MARKETPLACES SÃO “SHOPPING CENTERS” ON-LINE 1. São classificados ou shopping centers virtuais 2. Uma só plataforma tecnológica diversas pessoas e empresas expõem seus produtos para venda. 3. Compete-se entre si no preço para o mesmo produto. 4. Cobram uma comissão sobre as vendas realizadas. 5. Esforço de divulgação é geralmente grande e bem feito = audiência 6. Alguns marketplaces oferecem a vitrine digital (a tecnologia de loja virtual) pronta para o lojista começar a vender. 7. Ferramentas de web marketing para os vendedores usarem. Essa plataforma de negócios parece ser apropriada para: • Pequenos negócios sem capacidade de grande investimento • Negócios de nicho de pouca concorrência • Empresas que estão preparadas para brigar nos preços. MARKETPLACES - 08 Elo7 Rakuten Extra Submarino Mercado Livre
  • 14. DISPOSITIVOS MÓVEIS CONTEÚDO, SERVIÇO E PUBLICIDADE EM QUALQUER LUGAR DISPOSITIVOS MÓVEIS - 08 CELULARES E TABLETS 1. As pessoas usam (e adoram!) seus celulares do tipo smartphones; 2. Ter seu aplicativo exclusivo instalado no dispositivo (celular ou tablet) do maior número de pessoas possível. 3. A grande vantagem: eles podem ser instalados na memória e muitos funcionam mesmo sem conexão contínua de internet. 4. Alguns aplicativos esperam verificar a presença de um sinal wi-fi para fazer atualizações mais pesadas.
  • 15. DISPOSITIVOS MÓVEIS CONTEÚDO, SERVIÇO E PUBLICIDADE EM QUALQUER LUGAR 1. Carregam muito mais rápido do que um site de internet 2. Podem ocupar todo o espaço da tela, “tomando conta” do dispositivo móvel. 3. “Reinando” sozinho na tela para mostrar seus produtos/serviços, atrativos e design. DISPOSITIVOS MÓVEIS - 08
  • 16. DISPOSITIVOS MÓVEIS CONTEÚDO, SERVIÇO E PUBLICIDADE EM QUALQUER LUGAR LIMITAÇÃO DE ESPAÇO • O espaço disponível para armazenar é usado muito rapidamente em aparelhos com pouca memória. • Aplicativos nativos: câmera fotos, música e filmes DISPOSITIVOS MÓVEIS - 08
  • 17. TOTENS E TELAS INTERATIVAS EXPOSIÇÃO E ENGAJAMENTO UTILIZANDO TELAS TOTENS E TELAS INTERATIVAS - 10  Já reparou que praticamente onde quer que você vá existe uma TV ou monitor ligado?  Bares e restaurantes usam o set up box de operadora de TV a cabo.  TV Corporativa ou de Redes de Digital Signage, que é o nome dado ao sistema de exibição de textos, imagens e filmes em telas proprietárias e em circuito fechado.
  • 18. TOTENS E TELAS INTERATIVAS EXPOSIÇÃO E ENGAJAMENTO UTILIZANDO TELAS TOTENS E TELAS INTERATIVAS - 10 EXPOSIÇÃO ENGAJAMENTO
  • 19. TOTENS E TELAS INTERATIVAS EXPOSIÇÃO E ENGAJAMENTO UTILIZANDO TELAS  Telas e totens interativos parecem ser a evolução natural da sinalização em ambiente indoor.  Podem se tornar pontos de venda dentro das lojas ou ferramentas úteis para o vendedor  Redes comerciais para publicar promoções e conteúdos informativos em telas de LCD.  O próximo passo natural da tecnologia parece ser incluir interatividade usando telas e monitores com touch screen (tecnologia que sente o toque humano) para que o usuário controle a experiência de consumo de mídia. TOTENS E TELAS INTERATIVAS - 10
  • 20. TOTENS E TELAS INTERATIVAS EXPOSIÇÃO E ENGAJAMENTO UTILIZANDO TELAS As telas grandes proporcionam experiências incríveis. As soluções tecnológicas mais modernas publicam desde web sites promocionais até Aplicativos Android ou ainda uma sequência preferida de músicas escolhidas no Youtube. Aliadas com câmeras e sensores podem criar experiências únicas. TOTENS E TELAS INTERATIVAS - 10
  • 21. CONCLUSÃO Muitos são os desafios, mas muitas também são as oportunidades para o varejo. Considere que sua capacidade de vendas pode aumentar a partir de esforços e investimentos que estão ao seu alcance. Pronto para decolar? eros@insec21.com.br Imagens créditos: freepik.com