SlideShare uma empresa Scribd logo
Informática Educativa I : Projeto com o software 
Geogebra 
Aluno: Naum Aguiar Fibiger
Definição do projeto: 
Estudo intuitivo de geometria com o software 
Geogebra. Neste projeto utilizaremos o software 
geogebra como objeto de aprendizagem no ensino de 
geometria relativo ao 6º ano do Ensino Fundamental 
abordando noção intuitiva de ponto, reta e plano. 
Figuras geométricas. Ou seja, o emprego do 
geogebra se dará conforme os conteúdos teóricos 
forem ministrados na sala de aula, acompanhados de 
avaliações do conteúdo da disciplina. A 
suplementação da teoria visa contribuir para a 
aprendizagem dos alunos também no laboratório de 
informática.
De acordo com Libâneo (2005, p. 12) uma das 
caracterísiticas da teoria racional-tecnológica é 
a “produção do aluno como um ser tecnológico, 
utilização mais intensiva dos meios de 
comunicação e informação e do aparato 
tecnológico”. A utilização dos meios 
tecnológicos aliado ao contexto histórico 
matemático dos povos antigos contribuiu para o 
ensino de Matemática atual.
“Diferentemente do cunho acadêmico da pedagogia tradicional, 
a corrente racional-tecnológica busca seu fundamento na 
racionalidade técnica e instrumental, visando a desenvolver 
habilidades e destrezas para formar o técnico. 
Metodologicamente, caracteriza-se pela introdução de 
técnicas mais refinadas de transmissão de conhecimentos 
incluindo os computadores, as mídias” (LIBÂNEO, 2005, p. 
11).
“O homem do Neolítico revelou um agudo sentido 
para os padrões geométricos. A cozedura e a 
pintura da cerâmica, o entrelaçamento de 
juncos, a tecelagem de cestos e têxteis e o 
fabrico de metais conduziram à noção de plano 
e relações espaciais” (BARASUOL 2006, p. 2- 
3).
Objetivos e metas do projeto: 
Identificar: O conceito de ponto e sua indicação; O 
conceito de reta e sua indicação; O conceito de plano 
e sua indicação; Verificar condição de existência da 
reta; Relacionar informações sobre a limitação de 
representação da reta e do plano no quadro ou papel. 
Identificar e classificar as figuras geométricas.
Público alvo: O projeto se destina a alunos do 6º ano 
do Ensino Fundamental. 
Quando utilizar: O projeto será aplicado em turmas 
de 6º ano do Ensino Fundamental com até 30 alunos. O 
arcabouço teórico será ministrado em sala de aula, 
servindo como pré requisito para a aplicação no 
laboratório de informática e avaliações do conteúdo 
ministrado. Um monitor. 
Local a usar: A sala de aula e o laboratório de 
informática.
Custo do projeto: 
Quinze (15) computadores ou notebooks, uma 
(01) impressora, duas (02) canetas pilot, um (01) 
apagador, quinze (15) réguas, quinze (15) lápis, 
um (01) quadro e resma com cem (100) folhas 
de ofício.
Descrição da forma de emprego do projeto: 
O estudo intuitivo de geometria com auxílio do 
software Geogebra vai além dos dois ambientes, sala 
de aula e laboratório de informática. No início das 
aulas teóricas é interessante abordar o conhecimento 
geométrico e os povos antigos. Tendo em mente que a 
turma tenha até 30 alunos e as aulas durem cerca de 
cinquenta minutos, podemos reservar as duas primeiras 
para a contextualização histórica.
Destacando os seguintes povos e suas 
contribuições matemáticas, a saber, babilônicos, 
egípcios e gregos. O professor abordará nestas 
duas aulas iniciais a escrita cuneiforme dos 
babilônicos, as pirâmides e a agrimensura 
desenvolvida pelos egípcios e a sistematização 
dos conhecimentos geométricos iniciado pelos 
gregos.
Cerca de duas a três aulas serão destinadas a 
noção intuitiva de ponto, reta e plano. 
Utilizaremos as folhas de ofício, lápis, régua, 
quadro, caneta pilot e apagador. Nessas aulas 
será destacado que o ponto não possui 
dimensões e que sua indicação é realizada por 
letras maiúsculas do nosso alfabeto.
Já a reta, que é vista sem espessura e ilimitada 
em ambos os sentidos. É impossível representa-la 
em sua totalidade. A indicação da reta 
geralmente é indicada por uma letra minúscula do 
nosso alfabeto. O plano não possui fronteiras, 
como a reta é impossível representá-lo no quadro 
ou papel.
A indicação do plano é feita utilizando letras 
minúsculas do alfabeto grego. Após essas aulas, 
podemos dividir a turma em duas partes, a 
primeira parte ficará em sala com o monitor 
realizando a avaliação (A) com duração de 50 
minutos acerca do conteúdo dado, a segunda 
parte acompanhará o professor ao laboratório de 
informática e começará a ter contato com o 
geogebra para por em prática o que aprendeu em 
sala.
Ao fim do tempo estipulado, as duas partes da 
turma trocam de lugar. Quem estava no 
laboratório fará a avaliação (B) e vice versa. 
Neste primeiro contato com o geogebra os alunos 
verão a tela inicial da plataforma com janela de 
álgebra, janela de gráfico e linha/entrada de 
comandos. O Geogebra é um software gratuito e 
com código aberto, criado por volta do ano de 
2001 por Markus Hohenwarter.
O software ganhou vários prêmios, a saber EASA 
2002 (Suécia), Learnie Award 2003 (Austria), 
Digita 2004 (Alemanha), Comenius 2004 
(Alemanha), Learnie Award 2005 (Austria), 
Trophées du Libre 2005 (França), eTwinning 
Award 2006 (Austria), Learnie Award 2006 
(Austria).
Está disponível em vários idiomas e pode ser 
explorado amplamente para o ensino de 
Matemática em diversos níveis. O software é bem 
fácil de usar e reúne ferramentas que abordarão 
geometria, álgebra, gráficos, tabelas etc. Eu 
utilizei muito a versão 4.2 durante a graduação. 
Atualmente está na versão 4.4.
O que mais me chamou a atenção é que ele 
possui uma janela de visualização ampla e 
recursos visuais que facilitam o aprendizado em 
diversas idades. 
Em mais quatro aulas com o tempo previsto de 
cinquenta minutos continuaremos dividindo a 
turma em duas partes, as quais procederão a 
sala de aula com o monitor e ao laboratório de 
informática com o professor, alternadamente.
A parte em sala verá o conteúdo sobre figuras 
geométricas e a parte no laboratório continuará 
aprendendo a utilizar o geogebra, e vice versa. 
Uma quinta aula será ministrada em sala com a 
turma toda como intuito de avaliar o aprendizado 
dos alunos através do projeto.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
 BARASUOL, Fabiana Fagundes. A 
matemática da pré-história ao antigo Egito. 
UNIrevista – Vol. 1, n° 2: (abril 2006). 
 LIBÂNEO, José Carlos. Educação na era do 
conhecimento em rede e 
transdisciplinaridade. São Paulo: Alínea, 
2005. 
 Http://www.baixaki.com.br (acessado em 
21/09/2014). 
 Http://pt.wikipedia.org/wiki/GeoGebra Acessado 
dia 31/08/2014.
Fonte Figura: www.ba ixaki.com.br (acessado em 21/09/2014).

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Utilização da teoria das representações semióticas na geometria.
Utilização da teoria das representações semióticas na geometria.Utilização da teoria das representações semióticas na geometria.
Utilização da teoria das representações semióticas na geometria.Edigley Alexandre
 
Modelo para projeto (2)
Modelo para projeto (2)Modelo para projeto (2)
Modelo para projeto (2)elianebini
 
Projeto winplot
Projeto   winplotProjeto   winplot
Projeto winplotEdna M
 
Estudo de Funções com o Software Winplot
Estudo de Funções com o Software Winplot Estudo de Funções com o Software Winplot
Estudo de Funções com o Software Winplot Rodrigo Romais
 
Projeto de aula: Geogebra
Projeto de aula: Geogebra Projeto de aula: Geogebra
Projeto de aula: Geogebra Pedro Henrique
 
GEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E II
GEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E IIGEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E II
GEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E IIEASYMATICA
 
Projeto software matemático geogebra (informatica educativa i)
Projeto software matemático geogebra (informatica educativa i)Projeto software matemático geogebra (informatica educativa i)
Projeto software matemático geogebra (informatica educativa i)Wellington Miranda
 
Cuentos Infantiles Palomitas Blancas30
Cuentos Infantiles Palomitas Blancas30Cuentos Infantiles Palomitas Blancas30
Cuentos Infantiles Palomitas Blancas30Mauro Javier Andres
 
Estudo de-Funções-Quadráticas-Utilizando-o-Geogebra.
Estudo de-Funções-Quadráticas-Utilizando-o-Geogebra.Estudo de-Funções-Quadráticas-Utilizando-o-Geogebra.
Estudo de-Funções-Quadráticas-Utilizando-o-Geogebra.Alexandre Mazzei
 
Trabalho do Geogebra
Trabalho do GeogebraTrabalho do Geogebra
Trabalho do GeogebraDelerre
 
Matemática no winplot - sandra de souza
Matemática no winplot  - sandra de souzaMatemática no winplot  - sandra de souza
Matemática no winplot - sandra de souzaSandraGorito
 
Hipotetico dedutivo
Hipotetico dedutivoHipotetico dedutivo
Hipotetico dedutivoJafer Daltro
 
Semiótica Aplicada
Semiótica AplicadaSemiótica Aplicada
Semiótica Aplicadamabuse h.d.
 

Destaque (20)

Utilização da teoria das representações semióticas na geometria.
Utilização da teoria das representações semióticas na geometria.Utilização da teoria das representações semióticas na geometria.
Utilização da teoria das representações semióticas na geometria.
 
Projeto geogebra
Projeto geogebra Projeto geogebra
Projeto geogebra
 
Modelo para projeto (2)
Modelo para projeto (2)Modelo para projeto (2)
Modelo para projeto (2)
 
Projeto winplot
Projeto   winplotProjeto   winplot
Projeto winplot
 
Estudo de Funções com o Software Winplot
Estudo de Funções com o Software Winplot Estudo de Funções com o Software Winplot
Estudo de Funções com o Software Winplot
 
Projeto de aula: Geogebra
Projeto de aula: Geogebra Projeto de aula: Geogebra
Projeto de aula: Geogebra
 
GEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E II
GEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E IIGEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E II
GEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E II
 
Falando um pouco_sobre_registros
Falando um pouco_sobre_registros Falando um pouco_sobre_registros
Falando um pouco_sobre_registros
 
Projeto software matemático geogebra (informatica educativa i)
Projeto software matemático geogebra (informatica educativa i)Projeto software matemático geogebra (informatica educativa i)
Projeto software matemático geogebra (informatica educativa i)
 
Cuentos Infantiles Palomitas Blancas30
Cuentos Infantiles Palomitas Blancas30Cuentos Infantiles Palomitas Blancas30
Cuentos Infantiles Palomitas Blancas30
 
Educação matemática
Educação matemáticaEducação matemática
Educação matemática
 
Estudo de-Funções-Quadráticas-Utilizando-o-Geogebra.
Estudo de-Funções-Quadráticas-Utilizando-o-Geogebra.Estudo de-Funções-Quadráticas-Utilizando-o-Geogebra.
Estudo de-Funções-Quadráticas-Utilizando-o-Geogebra.
 
geogebra
geogebrageogebra
geogebra
 
Trabalho do Geogebra
Trabalho do GeogebraTrabalho do Geogebra
Trabalho do Geogebra
 
Matemática no winplot - sandra de souza
Matemática no winplot  - sandra de souzaMatemática no winplot  - sandra de souza
Matemática no winplot - sandra de souza
 
Slide
SlideSlide
Slide
 
Hipotetico dedutivo
Hipotetico dedutivoHipotetico dedutivo
Hipotetico dedutivo
 
Semiótica Aplicada
Semiótica AplicadaSemiótica Aplicada
Semiótica Aplicada
 
Matlab ppt
Matlab pptMatlab ppt
Matlab ppt
 
Método Hipotético Dedutivo
 Método Hipotético Dedutivo Método Hipotético Dedutivo
Método Hipotético Dedutivo
 

Semelhante a Estudo intuitivo de geometria com o software Geogebra

T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinhoT8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinhoElaineDaSilvaMarinho
 
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinhoT8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinhoElaineDaSilvaMarinho
 
Entre a régua e o compasso o ponto na geometria analítica
Entre a régua e o compasso   o ponto na geometria analíticaEntre a régua e o compasso   o ponto na geometria analítica
Entre a régua e o compasso o ponto na geometria analíticaKelly Lima
 
Geometria das pipas
Geometria das pipas Geometria das pipas
Geometria das pipas Mara Limias
 
Objetos de Aprendizage ProUCA-CE
Objetos de Aprendizage ProUCA-CEObjetos de Aprendizage ProUCA-CE
Objetos de Aprendizage ProUCA-CEMarcia Duarte
 
Utilização da Teoria das Representações Semióticas na Geometria Dinâmica: Uma...
Utilização da Teoria das Representações Semióticas na Geometria Dinâmica: Uma...Utilização da Teoria das Representações Semióticas na Geometria Dinâmica: Uma...
Utilização da Teoria das Representações Semióticas na Geometria Dinâmica: Uma...Professor Luiz Fernando
 
Apresentação projeto alexandre_goes_2010
Apresentação projeto alexandre_goes_2010Apresentação projeto alexandre_goes_2010
Apresentação projeto alexandre_goes_2010suclaudete
 
Apresentação projeto alexandre_goes_2010
Apresentação projeto alexandre_goes_2010Apresentação projeto alexandre_goes_2010
Apresentação projeto alexandre_goes_2010midiasnaeducacaonte01
 
Projeto planejamento cíntiada_silvabarboza2013
Projeto planejamento cíntiada_silvabarboza2013Projeto planejamento cíntiada_silvabarboza2013
Projeto planejamento cíntiada_silvabarboza2013Cíntia Silva Barboza
 
Projeto em Informatica Educativa
Projeto em Informatica EducativaProjeto em Informatica Educativa
Projeto em Informatica EducativaAlexandre Mazzei
 
Informática Educativa - Projeto de Planejamento - Função Quadrática
Informática Educativa - Projeto de Planejamento - Função QuadráticaInformática Educativa - Projeto de Planejamento - Função Quadrática
Informática Educativa - Projeto de Planejamento - Função Quadráticamauriciocampos10mjcg
 
Trabalho do mauricio amorim de brito lante(1)
Trabalho do mauricio amorim de brito lante(1)Trabalho do mauricio amorim de brito lante(1)
Trabalho do mauricio amorim de brito lante(1)Mauricio Brito
 
Relação de Euler com o software Poly
Relação de Euler com o software PolyRelação de Euler com o software Poly
Relação de Euler com o software PolyFabiana Andrade
 
Projeto de Informática Educativa
Projeto de Informática Educativa Projeto de Informática Educativa
Projeto de Informática Educativa Carlos Meluria
 
Explorando a função do primeiro grau com o geogebra
Explorando a função do primeiro grau com o geogebraExplorando a função do primeiro grau com o geogebra
Explorando a função do primeiro grau com o geogebraRibeirocj jose
 
Trabalho geogebra
Trabalho geogebra Trabalho geogebra
Trabalho geogebra Andreatakaki
 
Projeto de aprendizagem ie i winplot
Projeto de aprendizagem ie i winplotProjeto de aprendizagem ie i winplot
Projeto de aprendizagem ie i winplotElvis Glauber
 

Semelhante a Estudo intuitivo de geometria com o software Geogebra (20)

T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinhoT8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
 
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinhoT8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
 
Entre a régua e o compasso o ponto na geometria analítica
Entre a régua e o compasso   o ponto na geometria analíticaEntre a régua e o compasso   o ponto na geometria analítica
Entre a régua e o compasso o ponto na geometria analítica
 
Geometria das pipas
Geometria das pipas Geometria das pipas
Geometria das pipas
 
Objetos de Aprendizage ProUCA-CE
Objetos de Aprendizage ProUCA-CEObjetos de Aprendizage ProUCA-CE
Objetos de Aprendizage ProUCA-CE
 
Projeto_NTEM_IE1_Fabio_2014
Projeto_NTEM_IE1_Fabio_2014Projeto_NTEM_IE1_Fabio_2014
Projeto_NTEM_IE1_Fabio_2014
 
E proinfo%20proj[1]
E proinfo%20proj[1]E proinfo%20proj[1]
E proinfo%20proj[1]
 
E proinfo%20proj[1]
E proinfo%20proj[1]E proinfo%20proj[1]
E proinfo%20proj[1]
 
Utilização da Teoria das Representações Semióticas na Geometria Dinâmica: Uma...
Utilização da Teoria das Representações Semióticas na Geometria Dinâmica: Uma...Utilização da Teoria das Representações Semióticas na Geometria Dinâmica: Uma...
Utilização da Teoria das Representações Semióticas na Geometria Dinâmica: Uma...
 
Apresentação projeto alexandre_goes_2010
Apresentação projeto alexandre_goes_2010Apresentação projeto alexandre_goes_2010
Apresentação projeto alexandre_goes_2010
 
Apresentação projeto alexandre_goes_2010
Apresentação projeto alexandre_goes_2010Apresentação projeto alexandre_goes_2010
Apresentação projeto alexandre_goes_2010
 
Projeto planejamento cíntiada_silvabarboza2013
Projeto planejamento cíntiada_silvabarboza2013Projeto planejamento cíntiada_silvabarboza2013
Projeto planejamento cíntiada_silvabarboza2013
 
Projeto em Informatica Educativa
Projeto em Informatica EducativaProjeto em Informatica Educativa
Projeto em Informatica Educativa
 
Informática Educativa - Projeto de Planejamento - Função Quadrática
Informática Educativa - Projeto de Planejamento - Função QuadráticaInformática Educativa - Projeto de Planejamento - Função Quadrática
Informática Educativa - Projeto de Planejamento - Função Quadrática
 
Trabalho do mauricio amorim de brito lante(1)
Trabalho do mauricio amorim de brito lante(1)Trabalho do mauricio amorim de brito lante(1)
Trabalho do mauricio amorim de brito lante(1)
 
Relação de Euler com o software Poly
Relação de Euler com o software PolyRelação de Euler com o software Poly
Relação de Euler com o software Poly
 
Projeto de Informática Educativa
Projeto de Informática Educativa Projeto de Informática Educativa
Projeto de Informática Educativa
 
Explorando a função do primeiro grau com o geogebra
Explorando a função do primeiro grau com o geogebraExplorando a função do primeiro grau com o geogebra
Explorando a função do primeiro grau com o geogebra
 
Trabalho geogebra
Trabalho geogebra Trabalho geogebra
Trabalho geogebra
 
Projeto de aprendizagem ie i winplot
Projeto de aprendizagem ie i winplotProjeto de aprendizagem ie i winplot
Projeto de aprendizagem ie i winplot
 

Último

Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédioifbauab
 
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]ESCRIBA DE CRISTO
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosbiancaborges0906
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assisbrunocali007
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorCasa Ciências
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxmairaviani
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxSolangeWaltre
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaComando Resgatai
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfLeandroTelesRocha2
 
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisAmérica Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisValéria Shoujofan
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfrarakey779
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 

Último (20)

Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
 
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisAmérica Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 

Estudo intuitivo de geometria com o software Geogebra

  • 1. Informática Educativa I : Projeto com o software Geogebra Aluno: Naum Aguiar Fibiger
  • 2. Definição do projeto: Estudo intuitivo de geometria com o software Geogebra. Neste projeto utilizaremos o software geogebra como objeto de aprendizagem no ensino de geometria relativo ao 6º ano do Ensino Fundamental abordando noção intuitiva de ponto, reta e plano. Figuras geométricas. Ou seja, o emprego do geogebra se dará conforme os conteúdos teóricos forem ministrados na sala de aula, acompanhados de avaliações do conteúdo da disciplina. A suplementação da teoria visa contribuir para a aprendizagem dos alunos também no laboratório de informática.
  • 3. De acordo com Libâneo (2005, p. 12) uma das caracterísiticas da teoria racional-tecnológica é a “produção do aluno como um ser tecnológico, utilização mais intensiva dos meios de comunicação e informação e do aparato tecnológico”. A utilização dos meios tecnológicos aliado ao contexto histórico matemático dos povos antigos contribuiu para o ensino de Matemática atual.
  • 4. “Diferentemente do cunho acadêmico da pedagogia tradicional, a corrente racional-tecnológica busca seu fundamento na racionalidade técnica e instrumental, visando a desenvolver habilidades e destrezas para formar o técnico. Metodologicamente, caracteriza-se pela introdução de técnicas mais refinadas de transmissão de conhecimentos incluindo os computadores, as mídias” (LIBÂNEO, 2005, p. 11).
  • 5. “O homem do Neolítico revelou um agudo sentido para os padrões geométricos. A cozedura e a pintura da cerâmica, o entrelaçamento de juncos, a tecelagem de cestos e têxteis e o fabrico de metais conduziram à noção de plano e relações espaciais” (BARASUOL 2006, p. 2- 3).
  • 6. Objetivos e metas do projeto: Identificar: O conceito de ponto e sua indicação; O conceito de reta e sua indicação; O conceito de plano e sua indicação; Verificar condição de existência da reta; Relacionar informações sobre a limitação de representação da reta e do plano no quadro ou papel. Identificar e classificar as figuras geométricas.
  • 7. Público alvo: O projeto se destina a alunos do 6º ano do Ensino Fundamental. Quando utilizar: O projeto será aplicado em turmas de 6º ano do Ensino Fundamental com até 30 alunos. O arcabouço teórico será ministrado em sala de aula, servindo como pré requisito para a aplicação no laboratório de informática e avaliações do conteúdo ministrado. Um monitor. Local a usar: A sala de aula e o laboratório de informática.
  • 8. Custo do projeto: Quinze (15) computadores ou notebooks, uma (01) impressora, duas (02) canetas pilot, um (01) apagador, quinze (15) réguas, quinze (15) lápis, um (01) quadro e resma com cem (100) folhas de ofício.
  • 9. Descrição da forma de emprego do projeto: O estudo intuitivo de geometria com auxílio do software Geogebra vai além dos dois ambientes, sala de aula e laboratório de informática. No início das aulas teóricas é interessante abordar o conhecimento geométrico e os povos antigos. Tendo em mente que a turma tenha até 30 alunos e as aulas durem cerca de cinquenta minutos, podemos reservar as duas primeiras para a contextualização histórica.
  • 10. Destacando os seguintes povos e suas contribuições matemáticas, a saber, babilônicos, egípcios e gregos. O professor abordará nestas duas aulas iniciais a escrita cuneiforme dos babilônicos, as pirâmides e a agrimensura desenvolvida pelos egípcios e a sistematização dos conhecimentos geométricos iniciado pelos gregos.
  • 11. Cerca de duas a três aulas serão destinadas a noção intuitiva de ponto, reta e plano. Utilizaremos as folhas de ofício, lápis, régua, quadro, caneta pilot e apagador. Nessas aulas será destacado que o ponto não possui dimensões e que sua indicação é realizada por letras maiúsculas do nosso alfabeto.
  • 12. Já a reta, que é vista sem espessura e ilimitada em ambos os sentidos. É impossível representa-la em sua totalidade. A indicação da reta geralmente é indicada por uma letra minúscula do nosso alfabeto. O plano não possui fronteiras, como a reta é impossível representá-lo no quadro ou papel.
  • 13. A indicação do plano é feita utilizando letras minúsculas do alfabeto grego. Após essas aulas, podemos dividir a turma em duas partes, a primeira parte ficará em sala com o monitor realizando a avaliação (A) com duração de 50 minutos acerca do conteúdo dado, a segunda parte acompanhará o professor ao laboratório de informática e começará a ter contato com o geogebra para por em prática o que aprendeu em sala.
  • 14. Ao fim do tempo estipulado, as duas partes da turma trocam de lugar. Quem estava no laboratório fará a avaliação (B) e vice versa. Neste primeiro contato com o geogebra os alunos verão a tela inicial da plataforma com janela de álgebra, janela de gráfico e linha/entrada de comandos. O Geogebra é um software gratuito e com código aberto, criado por volta do ano de 2001 por Markus Hohenwarter.
  • 15. O software ganhou vários prêmios, a saber EASA 2002 (Suécia), Learnie Award 2003 (Austria), Digita 2004 (Alemanha), Comenius 2004 (Alemanha), Learnie Award 2005 (Austria), Trophées du Libre 2005 (França), eTwinning Award 2006 (Austria), Learnie Award 2006 (Austria).
  • 16. Está disponível em vários idiomas e pode ser explorado amplamente para o ensino de Matemática em diversos níveis. O software é bem fácil de usar e reúne ferramentas que abordarão geometria, álgebra, gráficos, tabelas etc. Eu utilizei muito a versão 4.2 durante a graduação. Atualmente está na versão 4.4.
  • 17. O que mais me chamou a atenção é que ele possui uma janela de visualização ampla e recursos visuais que facilitam o aprendizado em diversas idades. Em mais quatro aulas com o tempo previsto de cinquenta minutos continuaremos dividindo a turma em duas partes, as quais procederão a sala de aula com o monitor e ao laboratório de informática com o professor, alternadamente.
  • 18. A parte em sala verá o conteúdo sobre figuras geométricas e a parte no laboratório continuará aprendendo a utilizar o geogebra, e vice versa. Uma quinta aula será ministrada em sala com a turma toda como intuito de avaliar o aprendizado dos alunos através do projeto.
  • 19. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  BARASUOL, Fabiana Fagundes. A matemática da pré-história ao antigo Egito. UNIrevista – Vol. 1, n° 2: (abril 2006).  LIBÂNEO, José Carlos. Educação na era do conhecimento em rede e transdisciplinaridade. São Paulo: Alínea, 2005.  Http://www.baixaki.com.br (acessado em 21/09/2014).  Http://pt.wikipedia.org/wiki/GeoGebra Acessado dia 31/08/2014.
  • 20. Fonte Figura: www.ba ixaki.com.br (acessado em 21/09/2014).