SlideShare uma empresa Scribd logo
Informática Educativa I: Projeto de Aprendizagem
Título: A linguagem probabilística.
Nome do Aluno: Cíntia da Silva Barboza
1. Disciplina e anos envolvidos:
Matemática do segundo ou terceiro ano do ensino médio.
2. Tema central:
Probabilidade
3. Temas de apoio:
Análise Gráfica, Fração, Porcentagem e Análise Combinatória.
4. Justificativa:
O estudo de probabilidade costuma ser trabalhado de maneira muito expositiva,
apesar de utilizar problemas ligados a atividades e situações cotidianas. Observamos
que esse é um conteúdo que os alunos costumam apresentar muita dificuldade. É um
assunto importante, abordado em muitos concursos, e seu ensino requer muita atenção.
Sendo assim, o projeto tem como objetivo desenvolver a compreensão da
linguagem da Probabilidade e ampliar as sugestões e os exemplos de relação de
Probabilidade com outras ciências, além de apresentar situações nas quais ela é útil.
5. Objetivos gerais e específicos:
Geral:
• Dar ao aluno condições de aplicar os conceitos de probabilidade na área de seu
interesse.
Específicos:
• Desenvolver a compreensão da linguagem da probabilidade.
• Mostrar a relação entre os conceitos de fração e de porcentagem com o conceito
1
de probabilidade.
• Analisar e interpretar dados em gráficos.
6. Enfoque pedagógico:
Nesse projeto o enfoque pedagógico será construtivista e neoconstrutivista.
O aluno com seus conhecimentos prévios irão prever eventos, fará testes de
possibilidades, a fim de tomar decisões. Nesse processo estará construindo seu
conhecimento.
7. Recursos tecnológicos:
• Data Show
• Calculadora
• Computador
• Software online: Probabilidade com urnas
• Calculadora
8. Etapas e suas estratégias de realização:
Para alcançarmos tais objetivos apresentaremos conceitos básicos da Probabilidade
sem a necessidade de cálculos da análise combinatória. Em seguida partiremos para
problemas mais realistas que exigem cálculos com grande número de elementos nos
conjuntos que descrevam os experimentos e seu espaço amostral.
A aula será iniciada com uma conversa sobre os jogos da mega sena, lançamento de
moedas e dados, nascimento de um filho, situações do cotidiano dos alunos. Após essa
breve introdução, falaremos sobre os primeiros registros ligados à teoria da
probabilidade com auxílio do Datashow e em seguida desenvolverei o roteiro de ação 5
2
proposto pelo Curso de Aperfeiçoamento oferecido por CECIERJ (Formação
Continuada em Matemática – Análise Combinatória – 3º ano/ 1º Bimestre). Ao término
dessas etapas, daremos inicio ao espaço amostral e eventos.
Os alunos, após tomarem conhecimento de como efetuarem o cálculo da
probabilidade, bem como sua relação com frações e porcentagem, no laboratório de
informática realizarão as tarefas propostas no software Probabilidade com urnas
disponível no link http://m3.ime.unicamp.br/recursos/1245
9. Definição de papéis:
Os alunos apresentarão o que julgam ser probabilidade e sua ligação com situações
cotidianas, em seguida assistirão a apresentação sobre a história da probabilidade,
desenvolverão o roteiro de ação, a fim de construir gradativamente seu conhecimento
sobre o conteúdo e desenvolverão as atividades propostas pelo software.
Já o professor terá o papel de mediador entre o aluno e o conteúdo, de orientador
nas atividades do roteiro e no laboratório de informática e de expositor, pois
apresentará a teoria relacionada ao conteúdo.
10. Sites e bibliografia de apoio:
• Roteiro de ação 5 – Análise Combinatória – 3º série – Ensino Médio – 1º
Bimestre - Curso de Aperfeiçoamento oferecido por CECIERJ.
• Livro Matemática Paiva, volume 2/ Manoel Paiva – 1º edição – São Paulo,
2009. Editora Moderna
• Matemática Ciência, Linguagem e Tecnologia – Jackson Ribeiro – 1ª Edição –
São Paulo, 2011. Editora Scipione.
• Matemática Ciência e Aplicações, volume 2 – Gelson Iezzi, Osvaldo Dulce,
3
David Degenszajin, Roberto Périgo, Nilze de Almeida – 6ª Edição – São Paulo,
2010. Editora Saraiva.
Endereços eletrônicos acessados em 01/10/2013 e 02/10/2013.
http://m3.ime.unicamp.br/
http://revistaescola.abril.com.br/matematica/pratica-pedagogica/probabilidade-
sorte-esta-lancada-617964.shtml
http://educacao.uol.com.br/planos-de-aula/fundamental/matematica-fracao-
probabilidade-e-porcentagem.htm
http://pitagorascamila.blogspot.com.br/2012/10/teorema-de-pitagoras-no-
mundo.html
http://www.sbem.com.br/files/viii/pdf/13/MR10.pdf
http://plgomes.blogspot.com.br/2009/12/neoconstrutivismo.html
11. Coleta de dados:
Além dos dados coletados nos livros e sites citados anteriormente, coletei
informações no curso de especialização e no curso de formação continuada. Foram
essas informações que enriqueceram o projeto.
12. Seleção do material:
Pesquisas bibliográficas, experiências anteriores e análise do software online.
13. Programação visual:
Figura 1http://m3.ime.unicamp.br/app/webroot/media/software/1245/
4
Figura 2http://m3.ime.unicamp.br/app/webroot/media/software/1245/introducao.html
14. Meios para a execução:
Para que o projeto seja executado serão necessários recursos físicos e digitais, bem
como a mediação e a orientação do professor da turma.
15. Avaliação:
Os momentos de avaliação não podem se restringir ao final do bimestre, sendo
assim os alunos serão avaliados continuamente. Ao longo das aulas, muitas
oportunidades de avaliação surgirão e poderão ser aproveitadas.
Teremos como avalia-los através da discussão inicial sobre a ideia de possuem
sobre o conteúdo, através da participação da aula expositiva e através da interação com
o software.
16. Cronograma:
Para a totalização do projeto serão necessárias 4 horas-aula de 50 minutos para
desenvolver os conteúdos e 2 horas-aula para o desenvolvimento do software.
5
Figura 2http://m3.ime.unicamp.br/app/webroot/media/software/1245/introducao.html
14. Meios para a execução:
Para que o projeto seja executado serão necessários recursos físicos e digitais, bem
como a mediação e a orientação do professor da turma.
15. Avaliação:
Os momentos de avaliação não podem se restringir ao final do bimestre, sendo
assim os alunos serão avaliados continuamente. Ao longo das aulas, muitas
oportunidades de avaliação surgirão e poderão ser aproveitadas.
Teremos como avalia-los através da discussão inicial sobre a ideia de possuem
sobre o conteúdo, através da participação da aula expositiva e através da interação com
o software.
16. Cronograma:
Para a totalização do projeto serão necessárias 4 horas-aula de 50 minutos para
desenvolver os conteúdos e 2 horas-aula para o desenvolvimento do software.
5

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto enem interativo
Projeto enem interativoProjeto enem interativo
Projeto enem interativo
EEEP. Moreira de Sousa
 
Atividade unidade7 alessaandra patricia alves roverssi
Atividade unidade7 alessaandra patricia alves roverssiAtividade unidade7 alessaandra patricia alves roverssi
Atividade unidade7 alessaandra patricia alves roverssi
Alepatyalves
 
Atividade unidade7 ane cristina cacavo
Atividade unidade7 ane cristina cacavoAtividade unidade7 ane cristina cacavo
Atividade unidade7 ane cristina cacavo
anecacavo
 
Projeto de Educação Matemática: Ensino de Matrizes e Grafos.
Projeto de Educação Matemática: Ensino de Matrizes e Grafos.Projeto de Educação Matemática: Ensino de Matrizes e Grafos.
Projeto de Educação Matemática: Ensino de Matrizes e Grafos.
profmatleandro
 
Modelo paraprojeto
Modelo paraprojetoModelo paraprojeto
Modelo paraprojeto
salgado de oliveira
 
Projeto de aprendizagem ie i winplot
Projeto de aprendizagem ie i winplotProjeto de aprendizagem ie i winplot
Projeto de aprendizagem ie i winplot
Elvis Glauber
 
Ativ7 4
Ativ7 4Ativ7 4
Plano de ensino arquitetura e organização de computadores
Plano de ensino   arquitetura e organização de computadoresPlano de ensino   arquitetura e organização de computadores
Plano de ensino arquitetura e organização de computadores
Aldneide Almeida
 
Projeto aprendendo e praticando com as mídias
Projeto aprendendo e praticando com as mídiasProjeto aprendendo e praticando com as mídias
Projeto aprendendo e praticando com as mídias
André Moraes
 
Apresentaçao grupo 8
Apresentaçao grupo 8Apresentaçao grupo 8
Apresentaçao grupo 8
rejanetaborda
 
Ativ 3.9 Maria Vilalon
Ativ 3.9 Maria VilalonAtiv 3.9 Maria Vilalon
Ativ 3.9 Maria Vilalon
Maria Vilalon
 
Modulo02atv26marialuci
Modulo02atv26marialuciModulo02atv26marialuci
Modulo02atv26marialuci
Luci Edimilson
 
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio I
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio IPlano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio I
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio I
Elton Ribeiro da Cruz
 
TFC FUNÇÃO DO 1° GRAU
TFC FUNÇÃO DO 1° GRAUTFC FUNÇÃO DO 1° GRAU
TFC FUNÇÃO DO 1° GRAU
Elvis Glauber
 
Webfólio
WebfólioWebfólio
Webfólio
Rafael Lopes
 

Mais procurados (15)

Projeto enem interativo
Projeto enem interativoProjeto enem interativo
Projeto enem interativo
 
Atividade unidade7 alessaandra patricia alves roverssi
Atividade unidade7 alessaandra patricia alves roverssiAtividade unidade7 alessaandra patricia alves roverssi
Atividade unidade7 alessaandra patricia alves roverssi
 
Atividade unidade7 ane cristina cacavo
Atividade unidade7 ane cristina cacavoAtividade unidade7 ane cristina cacavo
Atividade unidade7 ane cristina cacavo
 
Projeto de Educação Matemática: Ensino de Matrizes e Grafos.
Projeto de Educação Matemática: Ensino de Matrizes e Grafos.Projeto de Educação Matemática: Ensino de Matrizes e Grafos.
Projeto de Educação Matemática: Ensino de Matrizes e Grafos.
 
Modelo paraprojeto
Modelo paraprojetoModelo paraprojeto
Modelo paraprojeto
 
Projeto de aprendizagem ie i winplot
Projeto de aprendizagem ie i winplotProjeto de aprendizagem ie i winplot
Projeto de aprendizagem ie i winplot
 
Ativ7 4
Ativ7 4Ativ7 4
Ativ7 4
 
Plano de ensino arquitetura e organização de computadores
Plano de ensino   arquitetura e organização de computadoresPlano de ensino   arquitetura e organização de computadores
Plano de ensino arquitetura e organização de computadores
 
Projeto aprendendo e praticando com as mídias
Projeto aprendendo e praticando com as mídiasProjeto aprendendo e praticando com as mídias
Projeto aprendendo e praticando com as mídias
 
Apresentaçao grupo 8
Apresentaçao grupo 8Apresentaçao grupo 8
Apresentaçao grupo 8
 
Ativ 3.9 Maria Vilalon
Ativ 3.9 Maria VilalonAtiv 3.9 Maria Vilalon
Ativ 3.9 Maria Vilalon
 
Modulo02atv26marialuci
Modulo02atv26marialuciModulo02atv26marialuci
Modulo02atv26marialuci
 
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio I
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio IPlano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio I
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio I
 
TFC FUNÇÃO DO 1° GRAU
TFC FUNÇÃO DO 1° GRAUTFC FUNÇÃO DO 1° GRAU
TFC FUNÇÃO DO 1° GRAU
 
Webfólio
WebfólioWebfólio
Webfólio
 

Destaque

Presentacion Twitter y negocios. UJAT
Presentacion Twitter y negocios. UJATPresentacion Twitter y negocios. UJAT
Presentacion Twitter y negocios. UJAT
CindyKristhell
 
Wix
WixWix
PortafoliodiagnosticoIII
PortafoliodiagnosticoIIIPortafoliodiagnosticoIII
PortafoliodiagnosticoIII
Consultora educacional
 
Helping children cope With Violence
Helping children cope With ViolenceHelping children cope With Violence
Helping children cope With Violence
Kathryn Seifert
 
Web 2.0 y 3.0
Web 2.0 y 3.0Web 2.0 y 3.0
Web 2.0 y 3.0
Rukia Uchiha
 
Notas de clase optoelectronica
Notas de clase   optoelectronicaNotas de clase   optoelectronica
Notas de clase optoelectronica
Universidad Autónoma del Cauca
 
Red colsi
Red colsiRed colsi
Red colsi
monacha1130
 

Destaque (7)

Presentacion Twitter y negocios. UJAT
Presentacion Twitter y negocios. UJATPresentacion Twitter y negocios. UJAT
Presentacion Twitter y negocios. UJAT
 
Wix
WixWix
Wix
 
PortafoliodiagnosticoIII
PortafoliodiagnosticoIIIPortafoliodiagnosticoIII
PortafoliodiagnosticoIII
 
Helping children cope With Violence
Helping children cope With ViolenceHelping children cope With Violence
Helping children cope With Violence
 
Web 2.0 y 3.0
Web 2.0 y 3.0Web 2.0 y 3.0
Web 2.0 y 3.0
 
Notas de clase optoelectronica
Notas de clase   optoelectronicaNotas de clase   optoelectronica
Notas de clase optoelectronica
 
Red colsi
Red colsiRed colsi
Red colsi
 

Semelhante a Projeto planejamento cíntiada_silvabarboza2013

Projeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagemProjeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagem
Ana Patricia Manffrenatti
 
Projeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagemProjeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagem
Ana Patricia Manffrenatti
 
Projeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagemProjeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagem
Aline Costa
 
Projeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagemProjeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagem
Ronald Martins
 
Projeto_NTEM_IE1_Fabio_2014
Projeto_NTEM_IE1_Fabio_2014Projeto_NTEM_IE1_Fabio_2014
Projeto_NTEM_IE1_Fabio_2014
Fabio Vascnocelos
 
Planejamento Matrizes e determinantes
Planejamento Matrizes e determinantesPlanejamento Matrizes e determinantes
Planejamento Matrizes e determinantes
MarcieleEuzebio
 
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinhoT8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
ElaineDaSilvaMarinho
 
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinhoT8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
ElaineDaSilvaMarinho
 
Projeto de Aprendizagem sobre simulação de trajetória de partículas
Projeto de Aprendizagem sobre simulação de trajetória de partículasProjeto de Aprendizagem sobre simulação de trajetória de partículas
Projeto de Aprendizagem sobre simulação de trajetória de partículas
xtganderson
 
Projeto de aprendizagem - Planejamento - Alessandra maia
Projeto de aprendizagem - Planejamento - Alessandra maiaProjeto de aprendizagem - Planejamento - Alessandra maia
Projeto de aprendizagem - Planejamento - Alessandra maia
aleomaia
 
Plano%20final%20 maria%20emilia
Plano%20final%20 maria%20emiliaPlano%20final%20 maria%20emilia
Plano%20final%20 maria%20emilia
tecampinasoeste
 
Plano%20final%20 maria%20emilia
Plano%20final%20 maria%20emiliaPlano%20final%20 maria%20emilia
Plano%20final%20 maria%20emilia
tecampinasoeste
 
Projeto Os Pontos Notáveis de um Triângulo
Projeto Os Pontos Notáveis de um TriânguloProjeto Os Pontos Notáveis de um Triângulo
Projeto Os Pontos Notáveis de um Triângulo
Carmen Beatriz Pacheco
 
Simulação de trajetória de particulas através dos gráficos
Simulação de trajetória de particulas através dos gráficosSimulação de trajetória de particulas através dos gráficos
Simulação de trajetória de particulas através dos gráficos
xtganderson
 
Trajetória de particulas através dos gráficos
Trajetória de particulas através dos gráficosTrajetória de particulas através dos gráficos
Trajetória de particulas através dos gráficos
xtganderson
 
Projeto_planejamento_Leandro_Casemiro
Projeto_planejamento_Leandro_CasemiroProjeto_planejamento_Leandro_Casemiro
Projeto_planejamento_Leandro_Casemiro
l_dapaz
 
Objetos de Aprendizage ProUCA-CE
Objetos de Aprendizage ProUCA-CEObjetos de Aprendizage ProUCA-CE
Objetos de Aprendizage ProUCA-CE
Marcia Duarte
 
Projeto em informática educativa planejamento
Projeto em informática educativa   planejamentoProjeto em informática educativa   planejamento
Projeto em informática educativa planejamento
tpmoliveira
 
Projeto graphmatica e o ensino de funções no ensino médio
Projeto graphmatica e o ensino de funções no ensino médioProjeto graphmatica e o ensino de funções no ensino médio
Projeto graphmatica e o ensino de funções no ensino médio
colegiocpf
 
Greicy2012 - Projeto de Aprendizagem - Planejamento FUNCAO
Greicy2012 - Projeto de Aprendizagem - Planejamento FUNCAOGreicy2012 - Projeto de Aprendizagem - Planejamento FUNCAO
Greicy2012 - Projeto de Aprendizagem - Planejamento FUNCAO
Greicy Moraes Martinelle
 

Semelhante a Projeto planejamento cíntiada_silvabarboza2013 (20)

Projeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagemProjeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagem
 
Projeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagemProjeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagem
 
Projeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagemProjeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagem
 
Projeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagemProjeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagem
 
Projeto_NTEM_IE1_Fabio_2014
Projeto_NTEM_IE1_Fabio_2014Projeto_NTEM_IE1_Fabio_2014
Projeto_NTEM_IE1_Fabio_2014
 
Planejamento Matrizes e determinantes
Planejamento Matrizes e determinantesPlanejamento Matrizes e determinantes
Planejamento Matrizes e determinantes
 
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinhoT8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
 
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinhoT8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
T8 projetofinal infoeducativai_elainemarinho
 
Projeto de Aprendizagem sobre simulação de trajetória de partículas
Projeto de Aprendizagem sobre simulação de trajetória de partículasProjeto de Aprendizagem sobre simulação de trajetória de partículas
Projeto de Aprendizagem sobre simulação de trajetória de partículas
 
Projeto de aprendizagem - Planejamento - Alessandra maia
Projeto de aprendizagem - Planejamento - Alessandra maiaProjeto de aprendizagem - Planejamento - Alessandra maia
Projeto de aprendizagem - Planejamento - Alessandra maia
 
Plano%20final%20 maria%20emilia
Plano%20final%20 maria%20emiliaPlano%20final%20 maria%20emilia
Plano%20final%20 maria%20emilia
 
Plano%20final%20 maria%20emilia
Plano%20final%20 maria%20emiliaPlano%20final%20 maria%20emilia
Plano%20final%20 maria%20emilia
 
Projeto Os Pontos Notáveis de um Triângulo
Projeto Os Pontos Notáveis de um TriânguloProjeto Os Pontos Notáveis de um Triângulo
Projeto Os Pontos Notáveis de um Triângulo
 
Simulação de trajetória de particulas através dos gráficos
Simulação de trajetória de particulas através dos gráficosSimulação de trajetória de particulas através dos gráficos
Simulação de trajetória de particulas através dos gráficos
 
Trajetória de particulas através dos gráficos
Trajetória de particulas através dos gráficosTrajetória de particulas através dos gráficos
Trajetória de particulas através dos gráficos
 
Projeto_planejamento_Leandro_Casemiro
Projeto_planejamento_Leandro_CasemiroProjeto_planejamento_Leandro_Casemiro
Projeto_planejamento_Leandro_Casemiro
 
Objetos de Aprendizage ProUCA-CE
Objetos de Aprendizage ProUCA-CEObjetos de Aprendizage ProUCA-CE
Objetos de Aprendizage ProUCA-CE
 
Projeto em informática educativa planejamento
Projeto em informática educativa   planejamentoProjeto em informática educativa   planejamento
Projeto em informática educativa planejamento
 
Projeto graphmatica e o ensino de funções no ensino médio
Projeto graphmatica e o ensino de funções no ensino médioProjeto graphmatica e o ensino de funções no ensino médio
Projeto graphmatica e o ensino de funções no ensino médio
 
Greicy2012 - Projeto de Aprendizagem - Planejamento FUNCAO
Greicy2012 - Projeto de Aprendizagem - Planejamento FUNCAOGreicy2012 - Projeto de Aprendizagem - Planejamento FUNCAO
Greicy2012 - Projeto de Aprendizagem - Planejamento FUNCAO
 

Último

Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
CarolineSaback2
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 

Último (20)

Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 

Projeto planejamento cíntiada_silvabarboza2013

  • 1. Informática Educativa I: Projeto de Aprendizagem Título: A linguagem probabilística. Nome do Aluno: Cíntia da Silva Barboza 1. Disciplina e anos envolvidos: Matemática do segundo ou terceiro ano do ensino médio. 2. Tema central: Probabilidade 3. Temas de apoio: Análise Gráfica, Fração, Porcentagem e Análise Combinatória. 4. Justificativa: O estudo de probabilidade costuma ser trabalhado de maneira muito expositiva, apesar de utilizar problemas ligados a atividades e situações cotidianas. Observamos que esse é um conteúdo que os alunos costumam apresentar muita dificuldade. É um assunto importante, abordado em muitos concursos, e seu ensino requer muita atenção. Sendo assim, o projeto tem como objetivo desenvolver a compreensão da linguagem da Probabilidade e ampliar as sugestões e os exemplos de relação de Probabilidade com outras ciências, além de apresentar situações nas quais ela é útil. 5. Objetivos gerais e específicos: Geral: • Dar ao aluno condições de aplicar os conceitos de probabilidade na área de seu interesse. Específicos: • Desenvolver a compreensão da linguagem da probabilidade. • Mostrar a relação entre os conceitos de fração e de porcentagem com o conceito 1
  • 2. de probabilidade. • Analisar e interpretar dados em gráficos. 6. Enfoque pedagógico: Nesse projeto o enfoque pedagógico será construtivista e neoconstrutivista. O aluno com seus conhecimentos prévios irão prever eventos, fará testes de possibilidades, a fim de tomar decisões. Nesse processo estará construindo seu conhecimento. 7. Recursos tecnológicos: • Data Show • Calculadora • Computador • Software online: Probabilidade com urnas • Calculadora 8. Etapas e suas estratégias de realização: Para alcançarmos tais objetivos apresentaremos conceitos básicos da Probabilidade sem a necessidade de cálculos da análise combinatória. Em seguida partiremos para problemas mais realistas que exigem cálculos com grande número de elementos nos conjuntos que descrevam os experimentos e seu espaço amostral. A aula será iniciada com uma conversa sobre os jogos da mega sena, lançamento de moedas e dados, nascimento de um filho, situações do cotidiano dos alunos. Após essa breve introdução, falaremos sobre os primeiros registros ligados à teoria da probabilidade com auxílio do Datashow e em seguida desenvolverei o roteiro de ação 5 2
  • 3. proposto pelo Curso de Aperfeiçoamento oferecido por CECIERJ (Formação Continuada em Matemática – Análise Combinatória – 3º ano/ 1º Bimestre). Ao término dessas etapas, daremos inicio ao espaço amostral e eventos. Os alunos, após tomarem conhecimento de como efetuarem o cálculo da probabilidade, bem como sua relação com frações e porcentagem, no laboratório de informática realizarão as tarefas propostas no software Probabilidade com urnas disponível no link http://m3.ime.unicamp.br/recursos/1245 9. Definição de papéis: Os alunos apresentarão o que julgam ser probabilidade e sua ligação com situações cotidianas, em seguida assistirão a apresentação sobre a história da probabilidade, desenvolverão o roteiro de ação, a fim de construir gradativamente seu conhecimento sobre o conteúdo e desenvolverão as atividades propostas pelo software. Já o professor terá o papel de mediador entre o aluno e o conteúdo, de orientador nas atividades do roteiro e no laboratório de informática e de expositor, pois apresentará a teoria relacionada ao conteúdo. 10. Sites e bibliografia de apoio: • Roteiro de ação 5 – Análise Combinatória – 3º série – Ensino Médio – 1º Bimestre - Curso de Aperfeiçoamento oferecido por CECIERJ. • Livro Matemática Paiva, volume 2/ Manoel Paiva – 1º edição – São Paulo, 2009. Editora Moderna • Matemática Ciência, Linguagem e Tecnologia – Jackson Ribeiro – 1ª Edição – São Paulo, 2011. Editora Scipione. • Matemática Ciência e Aplicações, volume 2 – Gelson Iezzi, Osvaldo Dulce, 3
  • 4. David Degenszajin, Roberto Périgo, Nilze de Almeida – 6ª Edição – São Paulo, 2010. Editora Saraiva. Endereços eletrônicos acessados em 01/10/2013 e 02/10/2013. http://m3.ime.unicamp.br/ http://revistaescola.abril.com.br/matematica/pratica-pedagogica/probabilidade- sorte-esta-lancada-617964.shtml http://educacao.uol.com.br/planos-de-aula/fundamental/matematica-fracao- probabilidade-e-porcentagem.htm http://pitagorascamila.blogspot.com.br/2012/10/teorema-de-pitagoras-no- mundo.html http://www.sbem.com.br/files/viii/pdf/13/MR10.pdf http://plgomes.blogspot.com.br/2009/12/neoconstrutivismo.html 11. Coleta de dados: Além dos dados coletados nos livros e sites citados anteriormente, coletei informações no curso de especialização e no curso de formação continuada. Foram essas informações que enriqueceram o projeto. 12. Seleção do material: Pesquisas bibliográficas, experiências anteriores e análise do software online. 13. Programação visual: Figura 1http://m3.ime.unicamp.br/app/webroot/media/software/1245/ 4
  • 5. Figura 2http://m3.ime.unicamp.br/app/webroot/media/software/1245/introducao.html 14. Meios para a execução: Para que o projeto seja executado serão necessários recursos físicos e digitais, bem como a mediação e a orientação do professor da turma. 15. Avaliação: Os momentos de avaliação não podem se restringir ao final do bimestre, sendo assim os alunos serão avaliados continuamente. Ao longo das aulas, muitas oportunidades de avaliação surgirão e poderão ser aproveitadas. Teremos como avalia-los através da discussão inicial sobre a ideia de possuem sobre o conteúdo, através da participação da aula expositiva e através da interação com o software. 16. Cronograma: Para a totalização do projeto serão necessárias 4 horas-aula de 50 minutos para desenvolver os conteúdos e 2 horas-aula para o desenvolvimento do software. 5
  • 6. Figura 2http://m3.ime.unicamp.br/app/webroot/media/software/1245/introducao.html 14. Meios para a execução: Para que o projeto seja executado serão necessários recursos físicos e digitais, bem como a mediação e a orientação do professor da turma. 15. Avaliação: Os momentos de avaliação não podem se restringir ao final do bimestre, sendo assim os alunos serão avaliados continuamente. Ao longo das aulas, muitas oportunidades de avaliação surgirão e poderão ser aproveitadas. Teremos como avalia-los através da discussão inicial sobre a ideia de possuem sobre o conteúdo, através da participação da aula expositiva e através da interação com o software. 16. Cronograma: Para a totalização do projeto serão necessárias 4 horas-aula de 50 minutos para desenvolver os conteúdos e 2 horas-aula para o desenvolvimento do software. 5