SlideShare uma empresa Scribd logo
Panorama do Antigo Testamento
Sofonias
Introdução
O tema do livro é repetido por vários
profetas: O Dia do Senhor. Nenhum livro
do Antigo Testamento enfatiza tanto o Dia
do Senhor como Sofonias. Entretanto, sua
mensagem não é de puro julgamento,
como o nome do próprio profeta indica: “O
Senhor guarda” ou “O Senhor esconde”.
Informações Básicas
● Data: Entre 640 e 609 a.C.
● Autor: Sofonias
● Local: Judá
● Alvo: Anunciar o Dia da Ira do Senhor ao povo de Judá
● Versículo-chave: Sf 1.14
● Palavra-chave: Dia do Senhor
Informações Básicas
● Conteúdo: profecias de juízos catastróficos que hão de vir
sobre Jerusalém (e portanto Judá) e nações
circunvizinhas, além de uma profecia de restauração para
um remanescente de Judá.
● Ênfases: o dia vindouro do Senhor; juízo contra Judá por
seus pecados; o Senhor como Deus de todas as nações;
juízos contra as nações; a salvação acabará vindo para
um remanescente de Judá..
Esboço
● Sofonias em uma sentença: O profeta anuncia o juízo inevitável sobre o povo de
Deus e as nações, mas consola pregando promessas de restauração.
Texto Assunto O dia do Senhor
Sf 1.1 A identidade do profeta
Sf 1.2-2.3 Juízo contra Judá O cativeiro babilônico
Sf 2.4-15 Juízo contra 4 nações gentias Destruição e morte
Sf 3.1-7 Juízo contra Jerusalém
Sf 3.8 Juízo contra as nações Disciplina e castigo
Sf 3.9-20 Bênção e descanso A consumação final das
promessas do Senhor
Personagens Principais
● Sofonias
– Profeta que advertiu Judá sobre o castigo iminente e
também sobre a esperança futura (1.1-3.20)
● O povo de Judá
– Conduzido pelo rei Josias a se arrepender, mas acabou
no cativeiro babilônico (1.2; 3.1-20).
Destaques
● Resumo da profecia bíblica
– Há profecias para o povo de Deus e para os gentios.
– Há profecias do juízo do Senhor – O Dia do Senhor
– Há uma chamada ao arrependimento
– Há promessas de restauração e bênçãos futuras; há
menção do remanescente – o pequeno número de fiéis
que seria preservado pelo Senhor.
Destaques
● Disciplina e restauração
– Essa é uma dupla bem conhecida dos
profetas. Sofonias descreve a restauração e
os efeitos da disciplina tanto para gentios
como para judeus. Em Sofonias 3.9, o
profeta descreve a purificação promovida
pelo Senhor por ocasião da rendição dos
povos à vontade Dele.
Doutrinas
● O livro de Sofonias e sua ênfase no Dia do
Senhor recuperam conceitos expostos por
outros profetas acerca desse evento (Is 2.6-22;
Am 5.18-20; 8.3-13). Diante da destruição total
da criação (Sf 1.2-3) por conta da ira do
Senhor, a misericórdia de Deus se sobressai
com o chamado ao arrependimento de um
remanescente fiel, difundido a todas as nações.
Doutrinas
● Apesar da ira devastadora, Deus apresenta a possibilidade
de arrependimento antes que seja tarde demais (Sf 2.2). O
arrependimento apresentado em Sofonias parte de um
autoexame (Sf 2.1) e leva o povo de volta ao Senhor por
meio da busca de sua justiça e mansidão, o único caminho
para se livrar da ira de Deus (Sf 2.3). Assim, o
arrependimento, segundo Sofonias, é uma mudança total e
consciente de rumo. Abandona-se a iniquidade e busca-se o
Senhor e a Sua justiça.
Doutrinas
Infelizmente, a profecia de Sofonias traz à
tona uma realidade muito triste. Por mais que
lhe seja oferecido o caminho do
arrependimento, as nações, inclusive Israel,
apresentam pecados que os impedem de
voltar ao Senhor. Questões de soberba (Sf
2.8-10), orgulho (Sf 2.15) e rebeldia (Sf 3.2)
impedem as nações de verem seu pecado e
se arrependerem.
Doutrinas
Por outro lado, ao remanescente fiel que
se arrependeu, a mensagem do Dia do
Senhor anunciada por Sofonias significa
reconciliação com Deus por meio de
purificação e perdão (Sf 3.9-11). Esses
deixam o orgulho e a soberba e são
apresentados diante de Deus como
modestos e humildes (Sf 3.12).
Doutrinas
A mensagem de Sofonias de julgamento e
incentivo contém três doutrinas principais:
● 1) Deus é soberano sobre todas as nações.
● 2) Os ímpios serão punidos e os justos serão
recompensados no dia do julgamento.
● 3) Deus abençoa aqueles que se arrependem e
confiam nEle.
O Caráter de Deus em Sofonias
● Deus castiga: 1.2-3; 2.2; 3.6-7
● Deus é justo: 3.5
● Deus é amoroso: 3.17
● Deus se ira: 1.14-18
Sofonias e o Novo Testamento
● O Dia de Cristo
– A ênfase no Dia do Senhor de Sofonias chega ao Novo
Testamento com compreensão maior desse dia. Paulo deixa
claro que o Dia do Senhor será executado por Jesus Cristo (Rm
2.16), de forma que a referência a tal dia em suas cartas passa a
ser “Dia de Cristo” (1Co 1.8; Fp 1.6,10; 2.16). A expectativa do
Novo Testamento acerca desse dia não abandona o caráter
condenatório e o julgamento predito por Sofonias (Sf 1.7-18),
porém, a certeza da salvação em Cristo dá à igreja uma
perspectiva privilegiada de quem já pode celebrar a expiação
dos pecados (Sf 3.14-15), de forma que esse dia é desejado
(2Tm 4.8).
Sofonias e o Novo Testamento
● O Dia de Cristo
– Grande parte das bênçãos finais sobre Sião (pronunciadas
nos versículos 14-20) ainda está para ser cumprida, o que
nos leva a concluir que são profecias messiânicas que
aguardam a segunda vinda de Cristo para serem finalmente
concretizadas. O Senhor removeu o nosso castigo somente
através de Cristo, o qual veio para morrer pelos pecados de
Seu povo (Sf 3.15, Jo 3.16). Entretanto, Israel ainda não
reconheceu o seu verdadeiro Salvador. Isso ainda está para
acontecer (Rm 11.25-27).
Sofonias e o Novo Testamento
● O Dia de Cristo
– A promessa de paz e segurança para Israel, numa
altura em que o seu Rei está no seu meio, será
cumprida quando Cristo voltar para julgar o mundo e
resgatá-lo para Si próprio. Assim como Ele subiu ao
céu depois da Sua ressurreição, assim Ele regressará
e criará uma nova Jerusalém na terra (Apocalipse 21).
Naquela época, todas as promessas de Deus para
Israel serão cumpridas.
Aplicação Prática
Com alguns ajustes em nomes e situações, esse profeta do século 7 a.C. poderia ficar
atrás dos nossos púlpitos hoje e entregar a mesma mensagem de julgamento dos ímpios e
de esperança para os fiéis. Sofonias nos recorda que Deus fica ofendido com os pecados
morais e religiosos de Seu povo. O povo de Deus não escapará de punição quando peca
deliberadamente. A punição pode ser dolorosa, mas o seu propósito é redentor e não
punitivo. A inevitabilidade da punição sobre a impiedade dá conforto em um momento em
que parece que o mal está desenfreado e vitorioso. Temos a liberdade de desobedecer a
Deus, mas não a liberdade para escapar das consequências dessa desobediência. Aqueles
que são fiéis a Deus podem ser relativamente poucos, mas Deus não os esquece.
Conclusão
O breve livro de Sofonias fala de maneira
contundente tanto do juízo de Deus sobre o
pecado quanto do seu ato gracioso de
salvação para os humildes e os que não o
merecem, prenunciando assim o evangelho
conforme exprimido no Novo Testamento.
Perguntas?
● Sf 3.9
– Seria esse versículo uma antecipação
profética da restauração divina de uma
linguagem universal?
Perguntas?
● Resposta:
– Embora alguma pessoas defenderem essa
interpretação, o contexto da frase não nos
fornece muito respaldo para isso. O contexto
geral indica que Sofonias tinha em mente
uma purificação de coração e de vida (Sf
3.12-13).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Panorama do AT - Amós
Panorama do AT - AmósPanorama do AT - Amós
Panorama do AT - Amós
Respirando Deus
 
35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel35. O Profeta Joel
44. O Profeta Zacarias
44. O Profeta Zacarias44. O Profeta Zacarias
44. O Profeta Zacarias
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Panorama do NT - Romanos
Panorama do NT - RomanosPanorama do NT - Romanos
Panorama do NT - Romanos
Respirando Deus
 
45. o profeta malaquias
45. o profeta malaquias45. o profeta malaquias
45. o profeta malaquias
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Panorama do AT - Habacuque
Panorama do AT - HabacuquePanorama do AT - Habacuque
Panorama do AT - Habacuque
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Malaquias
Panorama do AT - MalaquiasPanorama do AT - Malaquias
Panorama do AT - Malaquias
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Oseias
Panorama do AT - OseiasPanorama do AT - Oseias
Panorama do AT - Oseias
Respirando Deus
 
42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Introdução ao Livro de Isaías
Introdução ao Livro de IsaíasIntrodução ao Livro de Isaías
Introdução ao Livro de Isaías
Robson Santana
 
43. O Profeta Ageu
43. O Profeta Ageu43. O Profeta Ageu
Panorama do AT - Jeremias e Lamentações
Panorama do AT - Jeremias e LamentaçõesPanorama do AT - Jeremias e Lamentações
Panorama do AT - Jeremias e Lamentações
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Êxodo
Panorama do AT -  ÊxodoPanorama do AT -  Êxodo
Panorama do AT - Êxodo
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Jonas
Panorama do AT - JonasPanorama do AT - Jonas
Panorama do AT - Jonas
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Eclesiastes
Panorama do AT - EclesiastesPanorama do AT - Eclesiastes
Panorama do AT - Eclesiastes
Respirando Deus
 
97 estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias
97   estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias97   estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias
97 estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias
Robson Tavares Fernandes
 
82 estudo panorâmico da bíblia (o livro de joel)
82   estudo panorâmico da bíblia (o livro de joel)82   estudo panorâmico da bíblia (o livro de joel)
82 estudo panorâmico da bíblia (o livro de joel)
Robson Tavares Fernandes
 
Panorama do NT - 1Tessalonicenses
Panorama do NT - 1TessalonicensesPanorama do NT - 1Tessalonicenses
Panorama do NT - 1Tessalonicenses
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Jó
Panorama do AT - JóPanorama do AT - Jó
Panorama do AT - Jó
Respirando Deus
 
39. O Profeta Miquéias
39. O Profeta Miquéias39. O Profeta Miquéias
39. O Profeta Miquéias
Igreja Presbiteriana de Dourados
 

Mais procurados (20)

Panorama do AT - Amós
Panorama do AT - AmósPanorama do AT - Amós
Panorama do AT - Amós
 
35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel
 
44. O Profeta Zacarias
44. O Profeta Zacarias44. O Profeta Zacarias
44. O Profeta Zacarias
 
Panorama do NT - Romanos
Panorama do NT - RomanosPanorama do NT - Romanos
Panorama do NT - Romanos
 
45. o profeta malaquias
45. o profeta malaquias45. o profeta malaquias
45. o profeta malaquias
 
Panorama do AT - Habacuque
Panorama do AT - HabacuquePanorama do AT - Habacuque
Panorama do AT - Habacuque
 
Panorama do AT - Malaquias
Panorama do AT - MalaquiasPanorama do AT - Malaquias
Panorama do AT - Malaquias
 
Panorama do AT - Oseias
Panorama do AT - OseiasPanorama do AT - Oseias
Panorama do AT - Oseias
 
42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias
 
Introdução ao Livro de Isaías
Introdução ao Livro de IsaíasIntrodução ao Livro de Isaías
Introdução ao Livro de Isaías
 
43. O Profeta Ageu
43. O Profeta Ageu43. O Profeta Ageu
43. O Profeta Ageu
 
Panorama do AT - Jeremias e Lamentações
Panorama do AT - Jeremias e LamentaçõesPanorama do AT - Jeremias e Lamentações
Panorama do AT - Jeremias e Lamentações
 
Panorama do AT - Êxodo
Panorama do AT -  ÊxodoPanorama do AT -  Êxodo
Panorama do AT - Êxodo
 
Panorama do AT - Jonas
Panorama do AT - JonasPanorama do AT - Jonas
Panorama do AT - Jonas
 
Panorama do AT - Eclesiastes
Panorama do AT - EclesiastesPanorama do AT - Eclesiastes
Panorama do AT - Eclesiastes
 
97 estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias
97   estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias97   estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias
97 estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias
 
82 estudo panorâmico da bíblia (o livro de joel)
82   estudo panorâmico da bíblia (o livro de joel)82   estudo panorâmico da bíblia (o livro de joel)
82 estudo panorâmico da bíblia (o livro de joel)
 
Panorama do NT - 1Tessalonicenses
Panorama do NT - 1TessalonicensesPanorama do NT - 1Tessalonicenses
Panorama do NT - 1Tessalonicenses
 
Panorama do AT - Jó
Panorama do AT - JóPanorama do AT - Jó
Panorama do AT - Jó
 
39. O Profeta Miquéias
39. O Profeta Miquéias39. O Profeta Miquéias
39. O Profeta Miquéias
 

Destaque

Sofonias Profeta Menor
Sofonias Profeta MenorSofonias Profeta Menor
Sofonias Profeta Menor
Célia Regina Carvalho
 
Profetas menores lição 10 - Sofonias
Profetas menores   lição 10 - SofoniasProfetas menores   lição 10 - Sofonias
Profetas menores lição 10 - Sofonias
Escola Bíblica Sem Fronteiras
 
Panorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2TimóteoPanorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2Timóteo
Respirando Deus
 
Panorama do antigo testamento aula1
Panorama do antigo testamento aula1Panorama do antigo testamento aula1
Panorama do antigo testamento aula1
Kairosphb
 
Reis e Profetas - Aula 4
Reis e Profetas -  Aula 4Reis e Profetas -  Aula 4
Reis e Profetas - Aula 4
Moisés Sampaio
 
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADALIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 

Destaque (6)

Sofonias Profeta Menor
Sofonias Profeta MenorSofonias Profeta Menor
Sofonias Profeta Menor
 
Profetas menores lição 10 - Sofonias
Profetas menores   lição 10 - SofoniasProfetas menores   lição 10 - Sofonias
Profetas menores lição 10 - Sofonias
 
Panorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2TimóteoPanorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2Timóteo
 
Panorama do antigo testamento aula1
Panorama do antigo testamento aula1Panorama do antigo testamento aula1
Panorama do antigo testamento aula1
 
Reis e Profetas - Aula 4
Reis e Profetas -  Aula 4Reis e Profetas -  Aula 4
Reis e Profetas - Aula 4
 
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADALIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
LIÇÃO 11 - VIVENDO DE FORMA MODERADA
 

Semelhante a Panorama do AT - Sofonias

Lição 3 joel, o derramamento do espírito santo
Lição 3   joel, o derramamento do espírito santoLição 3   joel, o derramamento do espírito santo
Lição 3 joel, o derramamento do espírito santo
Ebd Brasil
 
Aula 12 - Romanos
Aula 12 - RomanosAula 12 - Romanos
Aula 12 - Romanos
ibrdoamor
 
Comentário: 2º Domingo do advento - Ano B
Comentário: 2º Domingo do advento - Ano BComentário: 2º Domingo do advento - Ano B
Comentário: 2º Domingo do advento - Ano B
José Lima
 
Escatologia do antigo testamento
Escatologia do antigo testamentoEscatologia do antigo testamento
Escatologia do antigo testamento
Francileide Corte Real
 
Comentário: 1º Domingo do Advento - Ano B
Comentário: 1º Domingo do Advento - Ano BComentário: 1º Domingo do Advento - Ano B
Comentário: 1º Domingo do Advento - Ano B
José Lima
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
A obra da salvacao aula final
A obra da salvacao aula finalA obra da salvacao aula final
A obra da salvacao aula final
Samuel De Lima Santana
 
Teologia do antigo testamento a esperança messianica
Teologia do antigo testamento a esperança messianicaTeologia do antigo testamento a esperança messianica
Teologia do antigo testamento a esperança messianica
Jose Ventura
 
Livro De Romanos
Livro De RomanosLivro De Romanos
Livro De Romanos
melquisedeque Chagas
 
Escatologia bíblica
Escatologia bíblicaEscatologia bíblica
Escatologia bíblica
Marcos Kinho
 
Aula de gálatas e romanos 04-05-2015
Aula de gálatas e romanos   04-05-2015Aula de gálatas e romanos   04-05-2015
Aula de gálatas e romanos 04-05-2015
Francilene Santos
 
Lbj lição 13 a igreja louvará eternamente ao senhor
Lbj lição 13   a igreja louvará eternamente ao senhorLbj lição 13   a igreja louvará eternamente ao senhor
Lbj lição 13 a igreja louvará eternamente ao senhor
boasnovassena
 
Foco na profecia_16_apocalipse_14
Foco na profecia_16_apocalipse_14Foco na profecia_16_apocalipse_14
Foco na profecia_16_apocalipse_14
jailtoneas
 
Estudo sobre o Arrebatamento - Juniores
Estudo sobre o Arrebatamento - JunioresEstudo sobre o Arrebatamento - Juniores
Estudo sobre o Arrebatamento - Juniores
Sandra Fuso
 
Jesus: o Mestre das missões_Liç_Orig_732015 + textos
Jesus: o Mestre das missões_Liç_Orig_732015 + textosJesus: o Mestre das missões_Liç_Orig_732015 + textos
Jesus: o Mestre das missões_Liç_Orig_732015 + textos
Gerson G. Ramos
 
2016 3 tri lição 12 profecias de salvação e esperança
2016 3 tri lição 12   profecias de salvação e esperança2016 3 tri lição 12   profecias de salvação e esperança
2016 3 tri lição 12 profecias de salvação e esperança
boasnovassena
 
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo TestamentoLição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
Erberson Pinheiro
 
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoRevista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Lindiomar Rios
 
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdfarrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
roberto bueno
 
006 romanos
006 romanos006 romanos
006 romanos
Diógenes Gimenes
 

Semelhante a Panorama do AT - Sofonias (20)

Lição 3 joel, o derramamento do espírito santo
Lição 3   joel, o derramamento do espírito santoLição 3   joel, o derramamento do espírito santo
Lição 3 joel, o derramamento do espírito santo
 
Aula 12 - Romanos
Aula 12 - RomanosAula 12 - Romanos
Aula 12 - Romanos
 
Comentário: 2º Domingo do advento - Ano B
Comentário: 2º Domingo do advento - Ano BComentário: 2º Domingo do advento - Ano B
Comentário: 2º Domingo do advento - Ano B
 
Escatologia do antigo testamento
Escatologia do antigo testamentoEscatologia do antigo testamento
Escatologia do antigo testamento
 
Comentário: 1º Domingo do Advento - Ano B
Comentário: 1º Domingo do Advento - Ano BComentário: 1º Domingo do Advento - Ano B
Comentário: 1º Domingo do Advento - Ano B
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
A obra da salvacao aula final
A obra da salvacao aula finalA obra da salvacao aula final
A obra da salvacao aula final
 
Teologia do antigo testamento a esperança messianica
Teologia do antigo testamento a esperança messianicaTeologia do antigo testamento a esperança messianica
Teologia do antigo testamento a esperança messianica
 
Livro De Romanos
Livro De RomanosLivro De Romanos
Livro De Romanos
 
Escatologia bíblica
Escatologia bíblicaEscatologia bíblica
Escatologia bíblica
 
Aula de gálatas e romanos 04-05-2015
Aula de gálatas e romanos   04-05-2015Aula de gálatas e romanos   04-05-2015
Aula de gálatas e romanos 04-05-2015
 
Lbj lição 13 a igreja louvará eternamente ao senhor
Lbj lição 13   a igreja louvará eternamente ao senhorLbj lição 13   a igreja louvará eternamente ao senhor
Lbj lição 13 a igreja louvará eternamente ao senhor
 
Foco na profecia_16_apocalipse_14
Foco na profecia_16_apocalipse_14Foco na profecia_16_apocalipse_14
Foco na profecia_16_apocalipse_14
 
Estudo sobre o Arrebatamento - Juniores
Estudo sobre o Arrebatamento - JunioresEstudo sobre o Arrebatamento - Juniores
Estudo sobre o Arrebatamento - Juniores
 
Jesus: o Mestre das missões_Liç_Orig_732015 + textos
Jesus: o Mestre das missões_Liç_Orig_732015 + textosJesus: o Mestre das missões_Liç_Orig_732015 + textos
Jesus: o Mestre das missões_Liç_Orig_732015 + textos
 
2016 3 tri lição 12 profecias de salvação e esperança
2016 3 tri lição 12   profecias de salvação e esperança2016 3 tri lição 12   profecias de salvação e esperança
2016 3 tri lição 12 profecias de salvação e esperança
 
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo TestamentoLição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
 
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoRevista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
 
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdfarrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
 
006 romanos
006 romanos006 romanos
006 romanos
 

Mais de Respirando Deus

Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Respirando Deus
 
História da Igreja #25
História da Igreja #25História da Igreja #25
História da Igreja #25
Respirando Deus
 
História da Igreja #24
História da Igreja #24História da Igreja #24
História da Igreja #24
Respirando Deus
 
História da Igreja #23
História da Igreja #23História da Igreja #23
História da Igreja #23
Respirando Deus
 
História da Igreja #22
História da Igreja #22História da Igreja #22
História da Igreja #22
Respirando Deus
 
História da Igreja #21
História da Igreja #21História da Igreja #21
História da Igreja #21
Respirando Deus
 
Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018
Respirando Deus
 
História da Igreja #20
História da Igreja #20História da Igreja #20
História da Igreja #20
Respirando Deus
 
História da Igreja #19
História da Igreja #19História da Igreja #19
História da Igreja #19
Respirando Deus
 
História da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As CruzadasHistória da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As Cruzadas
Respirando Deus
 
História da Igreja #17
História da Igreja #17História da Igreja #17
História da Igreja #17
Respirando Deus
 
História da Igreja #16
História da Igreja #16História da Igreja #16
História da Igreja #16
Respirando Deus
 
História da Igreja #15
História da Igreja #15História da Igreja #15
História da Igreja #15
Respirando Deus
 
História da Igreja #14
História da Igreja #14História da Igreja #14
História da Igreja #14
Respirando Deus
 
História da Igreja #13
História da Igreja #13História da Igreja #13
História da Igreja #13
Respirando Deus
 

Mais de Respirando Deus (20)

Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
 
História da Igreja #25
História da Igreja #25História da Igreja #25
História da Igreja #25
 
História da Igreja #24
História da Igreja #24História da Igreja #24
História da Igreja #24
 
História da Igreja #23
História da Igreja #23História da Igreja #23
História da Igreja #23
 
História da Igreja #22
História da Igreja #22História da Igreja #22
História da Igreja #22
 
História da Igreja #21
História da Igreja #21História da Igreja #21
História da Igreja #21
 
Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018
 
História da Igreja #20
História da Igreja #20História da Igreja #20
História da Igreja #20
 
História da Igreja #19
História da Igreja #19História da Igreja #19
História da Igreja #19
 
História da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As CruzadasHistória da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As Cruzadas
 
História da Igreja #17
História da Igreja #17História da Igreja #17
História da Igreja #17
 
História da Igreja #16
História da Igreja #16História da Igreja #16
História da Igreja #16
 
História da Igreja #15
História da Igreja #15História da Igreja #15
História da Igreja #15
 
História da Igreja #14
História da Igreja #14História da Igreja #14
História da Igreja #14
 
História da Igreja #13
História da Igreja #13História da Igreja #13
História da Igreja #13
 

Último

16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 

Último (14)

16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 

Panorama do AT - Sofonias

  • 1. Panorama do Antigo Testamento Sofonias
  • 2. Introdução O tema do livro é repetido por vários profetas: O Dia do Senhor. Nenhum livro do Antigo Testamento enfatiza tanto o Dia do Senhor como Sofonias. Entretanto, sua mensagem não é de puro julgamento, como o nome do próprio profeta indica: “O Senhor guarda” ou “O Senhor esconde”.
  • 3. Informações Básicas ● Data: Entre 640 e 609 a.C. ● Autor: Sofonias ● Local: Judá ● Alvo: Anunciar o Dia da Ira do Senhor ao povo de Judá ● Versículo-chave: Sf 1.14 ● Palavra-chave: Dia do Senhor
  • 4. Informações Básicas ● Conteúdo: profecias de juízos catastróficos que hão de vir sobre Jerusalém (e portanto Judá) e nações circunvizinhas, além de uma profecia de restauração para um remanescente de Judá. ● Ênfases: o dia vindouro do Senhor; juízo contra Judá por seus pecados; o Senhor como Deus de todas as nações; juízos contra as nações; a salvação acabará vindo para um remanescente de Judá..
  • 5. Esboço ● Sofonias em uma sentença: O profeta anuncia o juízo inevitável sobre o povo de Deus e as nações, mas consola pregando promessas de restauração. Texto Assunto O dia do Senhor Sf 1.1 A identidade do profeta Sf 1.2-2.3 Juízo contra Judá O cativeiro babilônico Sf 2.4-15 Juízo contra 4 nações gentias Destruição e morte Sf 3.1-7 Juízo contra Jerusalém Sf 3.8 Juízo contra as nações Disciplina e castigo Sf 3.9-20 Bênção e descanso A consumação final das promessas do Senhor
  • 6. Personagens Principais ● Sofonias – Profeta que advertiu Judá sobre o castigo iminente e também sobre a esperança futura (1.1-3.20) ● O povo de Judá – Conduzido pelo rei Josias a se arrepender, mas acabou no cativeiro babilônico (1.2; 3.1-20).
  • 7. Destaques ● Resumo da profecia bíblica – Há profecias para o povo de Deus e para os gentios. – Há profecias do juízo do Senhor – O Dia do Senhor – Há uma chamada ao arrependimento – Há promessas de restauração e bênçãos futuras; há menção do remanescente – o pequeno número de fiéis que seria preservado pelo Senhor.
  • 8. Destaques ● Disciplina e restauração – Essa é uma dupla bem conhecida dos profetas. Sofonias descreve a restauração e os efeitos da disciplina tanto para gentios como para judeus. Em Sofonias 3.9, o profeta descreve a purificação promovida pelo Senhor por ocasião da rendição dos povos à vontade Dele.
  • 9. Doutrinas ● O livro de Sofonias e sua ênfase no Dia do Senhor recuperam conceitos expostos por outros profetas acerca desse evento (Is 2.6-22; Am 5.18-20; 8.3-13). Diante da destruição total da criação (Sf 1.2-3) por conta da ira do Senhor, a misericórdia de Deus se sobressai com o chamado ao arrependimento de um remanescente fiel, difundido a todas as nações.
  • 10. Doutrinas ● Apesar da ira devastadora, Deus apresenta a possibilidade de arrependimento antes que seja tarde demais (Sf 2.2). O arrependimento apresentado em Sofonias parte de um autoexame (Sf 2.1) e leva o povo de volta ao Senhor por meio da busca de sua justiça e mansidão, o único caminho para se livrar da ira de Deus (Sf 2.3). Assim, o arrependimento, segundo Sofonias, é uma mudança total e consciente de rumo. Abandona-se a iniquidade e busca-se o Senhor e a Sua justiça.
  • 11. Doutrinas Infelizmente, a profecia de Sofonias traz à tona uma realidade muito triste. Por mais que lhe seja oferecido o caminho do arrependimento, as nações, inclusive Israel, apresentam pecados que os impedem de voltar ao Senhor. Questões de soberba (Sf 2.8-10), orgulho (Sf 2.15) e rebeldia (Sf 3.2) impedem as nações de verem seu pecado e se arrependerem.
  • 12. Doutrinas Por outro lado, ao remanescente fiel que se arrependeu, a mensagem do Dia do Senhor anunciada por Sofonias significa reconciliação com Deus por meio de purificação e perdão (Sf 3.9-11). Esses deixam o orgulho e a soberba e são apresentados diante de Deus como modestos e humildes (Sf 3.12).
  • 13. Doutrinas A mensagem de Sofonias de julgamento e incentivo contém três doutrinas principais: ● 1) Deus é soberano sobre todas as nações. ● 2) Os ímpios serão punidos e os justos serão recompensados no dia do julgamento. ● 3) Deus abençoa aqueles que se arrependem e confiam nEle.
  • 14. O Caráter de Deus em Sofonias ● Deus castiga: 1.2-3; 2.2; 3.6-7 ● Deus é justo: 3.5 ● Deus é amoroso: 3.17 ● Deus se ira: 1.14-18
  • 15. Sofonias e o Novo Testamento ● O Dia de Cristo – A ênfase no Dia do Senhor de Sofonias chega ao Novo Testamento com compreensão maior desse dia. Paulo deixa claro que o Dia do Senhor será executado por Jesus Cristo (Rm 2.16), de forma que a referência a tal dia em suas cartas passa a ser “Dia de Cristo” (1Co 1.8; Fp 1.6,10; 2.16). A expectativa do Novo Testamento acerca desse dia não abandona o caráter condenatório e o julgamento predito por Sofonias (Sf 1.7-18), porém, a certeza da salvação em Cristo dá à igreja uma perspectiva privilegiada de quem já pode celebrar a expiação dos pecados (Sf 3.14-15), de forma que esse dia é desejado (2Tm 4.8).
  • 16. Sofonias e o Novo Testamento ● O Dia de Cristo – Grande parte das bênçãos finais sobre Sião (pronunciadas nos versículos 14-20) ainda está para ser cumprida, o que nos leva a concluir que são profecias messiânicas que aguardam a segunda vinda de Cristo para serem finalmente concretizadas. O Senhor removeu o nosso castigo somente através de Cristo, o qual veio para morrer pelos pecados de Seu povo (Sf 3.15, Jo 3.16). Entretanto, Israel ainda não reconheceu o seu verdadeiro Salvador. Isso ainda está para acontecer (Rm 11.25-27).
  • 17. Sofonias e o Novo Testamento ● O Dia de Cristo – A promessa de paz e segurança para Israel, numa altura em que o seu Rei está no seu meio, será cumprida quando Cristo voltar para julgar o mundo e resgatá-lo para Si próprio. Assim como Ele subiu ao céu depois da Sua ressurreição, assim Ele regressará e criará uma nova Jerusalém na terra (Apocalipse 21). Naquela época, todas as promessas de Deus para Israel serão cumpridas.
  • 18. Aplicação Prática Com alguns ajustes em nomes e situações, esse profeta do século 7 a.C. poderia ficar atrás dos nossos púlpitos hoje e entregar a mesma mensagem de julgamento dos ímpios e de esperança para os fiéis. Sofonias nos recorda que Deus fica ofendido com os pecados morais e religiosos de Seu povo. O povo de Deus não escapará de punição quando peca deliberadamente. A punição pode ser dolorosa, mas o seu propósito é redentor e não punitivo. A inevitabilidade da punição sobre a impiedade dá conforto em um momento em que parece que o mal está desenfreado e vitorioso. Temos a liberdade de desobedecer a Deus, mas não a liberdade para escapar das consequências dessa desobediência. Aqueles que são fiéis a Deus podem ser relativamente poucos, mas Deus não os esquece.
  • 19. Conclusão O breve livro de Sofonias fala de maneira contundente tanto do juízo de Deus sobre o pecado quanto do seu ato gracioso de salvação para os humildes e os que não o merecem, prenunciando assim o evangelho conforme exprimido no Novo Testamento.
  • 20. Perguntas? ● Sf 3.9 – Seria esse versículo uma antecipação profética da restauração divina de uma linguagem universal?
  • 21. Perguntas? ● Resposta: – Embora alguma pessoas defenderem essa interpretação, o contexto da frase não nos fornece muito respaldo para isso. O contexto geral indica que Sofonias tinha em mente uma purificação de coração e de vida (Sf 3.12-13).

Notas do Editor

  1. - Período de turbulência nível mundial. Sai Assíria entra Babilônia. - Mais de 4 décadas marcadas pela perversidade e rebeldia espiritual, com reinado de Manassés e seu neto Amom. - Sumo sacerdotre Hilquias encontrou livro da lei (2Rs 22.8), durante reinado de Josias. - Profecia de Sofonias influenciou as amplas reformas (2Rs 23), mas não foram suficientes nem duradouras, apenas superficiais e não sobreviveram a morte de Josias.
  2. Sf 1.1 – Único profeta de linhagem real. É provável que a influência que Sofonias teve com o rei Josias teve relação com sua linhagem real.
  3. Sofonias faz muito o uso de hipérboles. Ex. Meu time vai arrasar com vocês hoje.
  4. :
  5. Rom 2:16 no dia em que Deus, por meio de Cristo Jesus, julgar os segredos dos homens, de conformidade com o meu evangelho. 2Tm 4:8 Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda.
  6. Porque não quero, irmãos, que ignoreis este mistério ( para que não sejais presumidos em vós mesmos ): que veio endurecimento em parte a Israel, até que haja entrado a plenitude dos gentios. Rom 11:26 E, assim, todo o Israel será salvo, como está escrito: Virá de Sião o Libertador e ele apartará de Jacó as impiedades. Rom 11:27 Esta é a minha aliança com eles, quando eu tirar os seus pecados.