SlideShare uma empresa Scribd logo
Panorama do Antigo Testamento
Jonas
Introdução
Jonas é um dos profetas menores mais
conhecidos e pregados. Esse profeta nos ajuda
a lembrar do dever de pregar a todos, inclusive
àqueles que julgamos não merecedores da
graça e da misericórdia de Deus.
Informações Básicas
● Data: Entre 793 e 758 a.C.
● Autor: Jonas
● Local: Nínive (Assíria)
● Alvo: Ninivitas (arrependimento); israelitas (soberania de Deus
sobre as nações)
● Versículo-chave: Jn 4.11
● Palavra-chave: Misericórdia
Informações Básicas
● Conteúdo: embora o próprio Jonas seja um profeta muito
relutante, Deus demonstra compaixão por um dos
inimigos odiados de Israel.
● Ênfases: Deus como Criador, Sustentador e Redentor de
tudo e de todos; o interesse compassivo de Deus pelos
gentios (representados por Nínive); a relutância de Israel
(representada por Jonas) em reconhecer a compaixão de
Deus pelas nações.
Informações Básicas
● Propósito: Desobediência e revitalização são os principais
temas deste livro. A experiência de Jonas no ventre da
baleia lhe proporciona uma oportunidade única para
buscar uma libertação ao se arrepender durante este
retiro bastante diferente. Sua desobediência inicial o leva
não apenas à sua revitalização pessoal, mas à dos
ninivitas também. Muitos classificam a restauração que
ele trouxe a Nínive como um dos maiores esforços
evangelísticos de todos os tempos.
Esboço
● Jonas em uma sentença: Debaixo de disciplina e com muito
descontentamento, Jonas pregou, e Deus teve misericórdia do
povo de Nínive, adiando o julgamento que havia anunciado.
Vida de Jonas Tópico Local
Desobediência Jn 1 Fuga Mar Mediterrâneo
Disciplina Jn 2 Volta Mar Mediterrâneo
Pregação Jn 3 Arrependimento Nínive
Descontentamento Jn 4 Reflexão Nínive
Personagens Principais
● Jonas
– Relutante missionário aos habitantes de Nínive;
precisou ser engolido por um peixe enorme para
obedecer aomandamento de Deus (1.1 – 2.10).
● O comandante e a tripulação do navio de fuga de Jonas
– Tentaram evitar a morte de Jonas; jogaram-no ao mar
para fazer cessar a tempestade (1.5-16).
Destaques
● Diferente dos demais profetas menores, Jonas
consiste numa narrativa de seu ministério e não em
sua mensagem, a qual se resume a três versículos
(Jn 1.2; 3.2,4). A narrativa consiste nas desventuras
do profeta Jonas em sua resposta ao chamado de
Deus, primeiro rejeitando seu chamado, depois
aceitando-o de mau gosto. Lembre-se de que o
povo da cidade de Nínive era hostil para com os
israelitas.
Destaques
● A harmonia do livro
– A história de Jonas pode ser dividida em dois ciclos. Considerando os
quatro capítulos do livro, podemos agrupá-los de dois em dois. Você
perceberá a harmonia criada pelo escritor.
– Jn 1.1; 3.1 – Deus fala com Jonas
– Jn 1.2; 3.2 – A mesma ordem; Dispõe-te
– Jn 1.3; 3.3 – A mesma ação, mas em direção oposta
– Jn 1.4; 3.4 – A profecia do julgamento
– Jn 1.4-17; 3.4-10 – Jonas interage com pagãos que não conheciam a
Deus
– Jn 2.2; 4.2 – Jonas ora
– Jn 2.10; 4.4-11 – Deus responde
Destaques
● Milagres
– Jonas também é um livro único por causa dos muitos milagres ali
registrados:
– Jn 1.4 – A tempestade
– Jn 1.7 – A sorte cair em Jonas
– Jn 1.15 – O acalmar imediato da tempestade
– Jn 1.17 – O aparecimento do peixe
– Jn 2.10 – A saída de Jonas do peixe
– Jn 4.6 – O aparecimento da planta
– Jn 4.7 – O aparecimento do verme
– Jn 4.8 – O vento calmoso
Doutrinas
● Misericórdia de Deus
– Ao longo do livro, a misericórdia de Deus aparece como socorro a
pessoas que não criam Nele: Deus salvou os marinheiros da
tempestade (Jn 1.7), que cessou assim que Jonas foi lançado ao
mar (Jn 1.15), em resposta ao clamor dos marinheiros (Jn 1.14);
os ninivitas foram poupados da destruição ao se arrependerem (Jn
3.10); e o próprio Jonas que, mesmo fugindo do Senhor, foi salvo
de morrer afogado no mar ao ser engolido por um grande peixe,
enviado por Deus (Jn 1.17), e ainda foi vomitado à terra (Jn 2.10).
A misericórdia de Deus prova que Ele ama todas as nações e
todos os tipos de pessoas.
Doutrinas
● Infidelidade do povo de Deus
– Jonas é o único israelita do livro e o personagem com o
coração mais duro. Os gentios se mostram dispostos a
se arrepender, enquanto o povo de Deus está
insensível ao Senhor. O povo de Deus, por causa de
um sentimento de posse sobre o Senhor, não aceita o
caráter de Deus, nem que Ele seja salvação para as
outras nações (Jn 4.2), preferindo a morte em lugar
disso (Jn 4.3).
O Caráter de Deus em Jonas
● Deus é misericordioso: 4.2, 10-11
● Deus é providente: 1.4,17
● Deus se ira: 4.2
Jonas e o Novo Testamento
● Sinal de Jonas
– Jonas é o único profeta citado pelo próprio Jesus como
um antítipo de Sua obra. Assim como a experiência de
Jonas ao permanecer três dias no ventre do peixe,
enquanto lugar de morte, Jesus permaneceria morto
durante três dias. O sinal de Jonas que Cristo deu aos
fariseus (Mt 12.39-41) não foi a Sua morte, mas Sua
ressurreição após o terceiro dia.
Jonas e o Novo Testamento
● As palavras do próprio Jesus deixam claro que Jonas é um tipo
de Cristo. Em Mt 12.39-41, Jesus declara que Ele vai estar no
túmulo a mesma quantidade de tempo que Jonas estava no
ventre da baleia. Ele segue a dizer que, enquanto os ninivitas
se arrependeram diante da pregação de Jonas, os fariseus e
doutores da Lei que rejeitaram a Jesus estavam rejeitando
Aquele que é muito maior do que Jonas. Assim como Jonas
trouxe a verdade de Deus sobre o arrependimento e salvação
para os ninivitas, assim também Jesus traz a mesma
mensagem (Jn 2.9; Jo 14.6) de salvação alcançada apenas
através de Deus (Rm 11.36).
Jonas e o Novo Testamento
● Salvação aos povos
– O Senhor chama todas as nações ao arrependimento,
o que se consuma com Cristo, enviado para o mundo e
não apenas para Israel (Jo 1.6-14). Jesus é anunciado
pelo Novo Testamento como a luz tanto para gentios
como para o povo de Israel (Lc 2.30-32).
Aplicação Prática
● Não podemos nos esconder de Deus. O que Ele
deseja realizar através de nós virá a acontecer,
apesar de todas as nossas oposições e reclamações.
Efésios 2.10 nos lembra que Ele tem planos para nós
e vai assegurar que vamos nos conformar com esses
planos. Quanto mais fácil seria se nós, ao contrário de
Jonas, nos submetêssemos a Ele sem demora!
Aplicação Prática
● O amor de Deus se manifesta em Sua acessibilidade
a todos, independentemente da nossa reputação,
nacionalidade ou raça. A livre oferta do Evangelho é
para todos os povos em todos os tempos. Nossa
tarefa como Cristãos é ser o meio pelo qual Deus fala
ao mundo dessa oferta e alegrar-nos com a salvação
de outras pessoas. Esta é uma experiência que Deus
quer que compartilhemos com Ele, e não que sejamos
ciumentos ou ressentidos com os que vêm a Cristo.
Conclusão
● O livro de Jonas continua a história bíblica do
Deus Criador e Redentor, que tem compaixão
não só da Sua nação escolhida, mas de todos
os povos que Ele criou.
● Pergunta: Você estaria disposto a abandonar
sua zona de conforto e pregar para aquele tipo
de gente que, secretamente, você despreza?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Panorama do AT - Ageu
Panorama do AT - AgeuPanorama do AT - Ageu
Panorama do AT - Ageu
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Amós
Panorama do AT - AmósPanorama do AT - Amós
Panorama do AT - Amós
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - MiqueiasPanorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - Miqueias
Respirando Deus
 
26. Os poéticos: Eclesiastes
26. Os poéticos: Eclesiastes26. Os poéticos: Eclesiastes
26. Os poéticos: Eclesiastes
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Panorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - ColossensesPanorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - Colossenses
Respirando Deus
 
42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Panorama do AT - Obadias
Panorama do AT - ObadiasPanorama do AT - Obadias
Panorama do AT - Obadias
Respirando Deus
 
Panorama do NT - 1João
Panorama do NT - 1JoãoPanorama do NT - 1João
Panorama do NT - 1João
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Salmos
Panorama do AT - SalmosPanorama do AT - Salmos
Panorama do AT - Salmos
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Ezequiel
Panorama do AT - EzequielPanorama do AT - Ezequiel
Panorama do AT - Ezequiel
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Êxodo
Panorama do AT -  ÊxodoPanorama do AT -  Êxodo
Panorama do AT - Êxodo
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Hebreus
Panorama do NT - HebreusPanorama do NT - Hebreus
Panorama do NT - Hebreus
Respirando Deus
 
Panorama do NT - 2João
Panorama do NT - 2JoãoPanorama do NT - 2João
Panorama do NT - 2João
Respirando Deus
 
Panorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1CoríntiosPanorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1Coríntios
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Jó
Panorama do AT - JóPanorama do AT - Jó
Panorama do AT - Jó
Respirando Deus
 
69 estudo panorâmico da bíblia (o livro de jeremias)
69   estudo panorâmico da bíblia (o livro de jeremias)69   estudo panorâmico da bíblia (o livro de jeremias)
69 estudo panorâmico da bíblia (o livro de jeremias)
Robson Tavares Fernandes
 
Panorama do AT - Oseias
Panorama do AT - OseiasPanorama do AT - Oseias
Panorama do AT - Oseias
Respirando Deus
 
Panorama do NT - 3João
Panorama do NT - 3JoãoPanorama do NT - 3João
Panorama do NT - 3João
Respirando Deus
 
43. O Profeta Ageu
43. O Profeta Ageu43. O Profeta Ageu
PROFETAS MENORES
 PROFETAS MENORES PROFETAS MENORES
PROFETAS MENORES
Miguel Aguilera
 

Mais procurados (20)

Panorama do AT - Ageu
Panorama do AT - AgeuPanorama do AT - Ageu
Panorama do AT - Ageu
 
Panorama do AT - Amós
Panorama do AT - AmósPanorama do AT - Amós
Panorama do AT - Amós
 
Panorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - MiqueiasPanorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - Miqueias
 
26. Os poéticos: Eclesiastes
26. Os poéticos: Eclesiastes26. Os poéticos: Eclesiastes
26. Os poéticos: Eclesiastes
 
Panorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - ColossensesPanorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - Colossenses
 
42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias42. O Profeta Sofonias
42. O Profeta Sofonias
 
Panorama do AT - Obadias
Panorama do AT - ObadiasPanorama do AT - Obadias
Panorama do AT - Obadias
 
Panorama do NT - 1João
Panorama do NT - 1JoãoPanorama do NT - 1João
Panorama do NT - 1João
 
Panorama do AT - Salmos
Panorama do AT - SalmosPanorama do AT - Salmos
Panorama do AT - Salmos
 
Panorama do AT - Ezequiel
Panorama do AT - EzequielPanorama do AT - Ezequiel
Panorama do AT - Ezequiel
 
Panorama do AT - Êxodo
Panorama do AT -  ÊxodoPanorama do AT -  Êxodo
Panorama do AT - Êxodo
 
Panorama do NT - Hebreus
Panorama do NT - HebreusPanorama do NT - Hebreus
Panorama do NT - Hebreus
 
Panorama do NT - 2João
Panorama do NT - 2JoãoPanorama do NT - 2João
Panorama do NT - 2João
 
Panorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1CoríntiosPanorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1Coríntios
 
Panorama do AT - Jó
Panorama do AT - JóPanorama do AT - Jó
Panorama do AT - Jó
 
69 estudo panorâmico da bíblia (o livro de jeremias)
69   estudo panorâmico da bíblia (o livro de jeremias)69   estudo panorâmico da bíblia (o livro de jeremias)
69 estudo panorâmico da bíblia (o livro de jeremias)
 
Panorama do AT - Oseias
Panorama do AT - OseiasPanorama do AT - Oseias
Panorama do AT - Oseias
 
Panorama do NT - 3João
Panorama do NT - 3JoãoPanorama do NT - 3João
Panorama do NT - 3João
 
43. O Profeta Ageu
43. O Profeta Ageu43. O Profeta Ageu
43. O Profeta Ageu
 
PROFETAS MENORES
 PROFETAS MENORES PROFETAS MENORES
PROFETAS MENORES
 

Semelhante a Panorama do AT - Jonas

Lição 6 – jonas – a misericórdia divina
Lição 6 – jonas – a misericórdia divinaLição 6 – jonas – a misericórdia divina
Lição 6 – jonas – a misericórdia divina
Ebd Brasil
 
Mes da biblia livro de jonas
Mes da biblia livro de jonasMes da biblia livro de jonas
Mes da biblia livro de jonas
Pe. David Pereira de Jesus
 
Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013
Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013
Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013
Gerson G. Ramos
 
Profetas menores lição 6 - Jonas
Profetas menores   lição 6 - JonasProfetas menores   lição 6 - Jonas
Profetas menores lição 6 - Jonas
Escola Bíblica Sem Fronteiras
 
“Veio a palavra do Senhor” – A reação do profeta
“Veio a palavra do Senhor” – A reação do profeta“Veio a palavra do Senhor” – A reação do profeta
“Veio a palavra do Senhor” – A reação do profeta
JUERP
 
Estudos no Livro de Jonas (Cap 3)
Estudos no Livro de Jonas   (Cap 3)Estudos no Livro de Jonas   (Cap 3)
Estudos no Livro de Jonas (Cap 3)
Daniel Junior
 
hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...
hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...
hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...
Tiago Silva
 
hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...
hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...
hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...
Tiago Silva
 
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptxLição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Celso Napoleon
 
“Proclama a mensagem”
“Proclama a mensagem”“Proclama a mensagem”
“Proclama a mensagem”
JUERP
 
LIÇÃO 33 - JONAS - NAUM.pptx
LIÇÃO 33 - JONAS - NAUM.pptxLIÇÃO 33 - JONAS - NAUM.pptx
LIÇÃO 33 - JONAS - NAUM.pptx
Élida Rolim
 
Estudos no Livro de Jonas (Introdução)
Estudos no Livro de Jonas (Introdução)Estudos no Livro de Jonas (Introdução)
Estudos no Livro de Jonas (Introdução)
Daniel Junior
 
Jonas
JonasJonas
Jonas
s5cardoso
 
Comentários -João - Hernandes Dias Lopes.pdf
Comentários -João - Hernandes Dias Lopes.pdfComentários -João - Hernandes Dias Lopes.pdf
Comentários -João - Hernandes Dias Lopes.pdf
RobertoLopes438472
 
Ide e pregai
Ide e pregaiIde e pregai
Ide e pregai
Elias Costa
 
Comentário Bíblico: 3° domingo do advento - Ano A
Comentário Bíblico: 3° domingo do advento - Ano AComentário Bíblico: 3° domingo do advento - Ano A
Comentário Bíblico: 3° domingo do advento - Ano A
José Lima
 
Missões no Antigo Testamento
Missões no Antigo TestamentoMissões no Antigo Testamento
Missões no Antigo Testamento
Alberto Simonton
 
Panorama de Josué, (Antigo Testamento)..
Panorama de Josué, (Antigo Testamento)..Panorama de Josué, (Antigo Testamento)..
Panorama de Josué, (Antigo Testamento)..
ssuserc59aac
 
Análise panorâmica segundo escreveu João
Análise panorâmica segundo escreveu JoãoAnálise panorâmica segundo escreveu João
Análise panorâmica segundo escreveu João
ssuser34bbed
 
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo TestamentoLição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
Erberson Pinheiro
 

Semelhante a Panorama do AT - Jonas (20)

Lição 6 – jonas – a misericórdia divina
Lição 6 – jonas – a misericórdia divinaLição 6 – jonas – a misericórdia divina
Lição 6 – jonas – a misericórdia divina
 
Mes da biblia livro de jonas
Mes da biblia livro de jonasMes da biblia livro de jonas
Mes da biblia livro de jonas
 
Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013
Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013
Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013
 
Profetas menores lição 6 - Jonas
Profetas menores   lição 6 - JonasProfetas menores   lição 6 - Jonas
Profetas menores lição 6 - Jonas
 
“Veio a palavra do Senhor” – A reação do profeta
“Veio a palavra do Senhor” – A reação do profeta“Veio a palavra do Senhor” – A reação do profeta
“Veio a palavra do Senhor” – A reação do profeta
 
Estudos no Livro de Jonas (Cap 3)
Estudos no Livro de Jonas   (Cap 3)Estudos no Livro de Jonas   (Cap 3)
Estudos no Livro de Jonas (Cap 3)
 
hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...
hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...
hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...
 
hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...
hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...
hlgs103ls8yatoj5mjf2-signature-4fb5c116b8ba03c152cbd078112cae7320be3f94d496a5...
 
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptxLição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
 
“Proclama a mensagem”
“Proclama a mensagem”“Proclama a mensagem”
“Proclama a mensagem”
 
LIÇÃO 33 - JONAS - NAUM.pptx
LIÇÃO 33 - JONAS - NAUM.pptxLIÇÃO 33 - JONAS - NAUM.pptx
LIÇÃO 33 - JONAS - NAUM.pptx
 
Estudos no Livro de Jonas (Introdução)
Estudos no Livro de Jonas (Introdução)Estudos no Livro de Jonas (Introdução)
Estudos no Livro de Jonas (Introdução)
 
Jonas
JonasJonas
Jonas
 
Comentários -João - Hernandes Dias Lopes.pdf
Comentários -João - Hernandes Dias Lopes.pdfComentários -João - Hernandes Dias Lopes.pdf
Comentários -João - Hernandes Dias Lopes.pdf
 
Ide e pregai
Ide e pregaiIde e pregai
Ide e pregai
 
Comentário Bíblico: 3° domingo do advento - Ano A
Comentário Bíblico: 3° domingo do advento - Ano AComentário Bíblico: 3° domingo do advento - Ano A
Comentário Bíblico: 3° domingo do advento - Ano A
 
Missões no Antigo Testamento
Missões no Antigo TestamentoMissões no Antigo Testamento
Missões no Antigo Testamento
 
Panorama de Josué, (Antigo Testamento)..
Panorama de Josué, (Antigo Testamento)..Panorama de Josué, (Antigo Testamento)..
Panorama de Josué, (Antigo Testamento)..
 
Análise panorâmica segundo escreveu João
Análise panorâmica segundo escreveu JoãoAnálise panorâmica segundo escreveu João
Análise panorâmica segundo escreveu João
 
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo TestamentoLição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
 

Mais de Respirando Deus

Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Respirando Deus
 
História da Igreja #25
História da Igreja #25História da Igreja #25
História da Igreja #25
Respirando Deus
 
História da Igreja #24
História da Igreja #24História da Igreja #24
História da Igreja #24
Respirando Deus
 
História da Igreja #23
História da Igreja #23História da Igreja #23
História da Igreja #23
Respirando Deus
 
História da Igreja #22
História da Igreja #22História da Igreja #22
História da Igreja #22
Respirando Deus
 
História da Igreja #21
História da Igreja #21História da Igreja #21
História da Igreja #21
Respirando Deus
 
Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018
Respirando Deus
 
História da Igreja #20
História da Igreja #20História da Igreja #20
História da Igreja #20
Respirando Deus
 
História da Igreja #19
História da Igreja #19História da Igreja #19
História da Igreja #19
Respirando Deus
 
História da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As CruzadasHistória da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As Cruzadas
Respirando Deus
 
História da Igreja #17
História da Igreja #17História da Igreja #17
História da Igreja #17
Respirando Deus
 
História da Igreja #16
História da Igreja #16História da Igreja #16
História da Igreja #16
Respirando Deus
 
História da Igreja #15
História da Igreja #15História da Igreja #15
História da Igreja #15
Respirando Deus
 
História da Igreja #14
História da Igreja #14História da Igreja #14
História da Igreja #14
Respirando Deus
 
História da Igreja #13
História da Igreja #13História da Igreja #13
História da Igreja #13
Respirando Deus
 

Mais de Respirando Deus (20)

Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
 
História da Igreja #25
História da Igreja #25História da Igreja #25
História da Igreja #25
 
História da Igreja #24
História da Igreja #24História da Igreja #24
História da Igreja #24
 
História da Igreja #23
História da Igreja #23História da Igreja #23
História da Igreja #23
 
História da Igreja #22
História da Igreja #22História da Igreja #22
História da Igreja #22
 
História da Igreja #21
História da Igreja #21História da Igreja #21
História da Igreja #21
 
Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018
 
História da Igreja #20
História da Igreja #20História da Igreja #20
História da Igreja #20
 
História da Igreja #19
História da Igreja #19História da Igreja #19
História da Igreja #19
 
História da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As CruzadasHistória da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As Cruzadas
 
História da Igreja #17
História da Igreja #17História da Igreja #17
História da Igreja #17
 
História da Igreja #16
História da Igreja #16História da Igreja #16
História da Igreja #16
 
História da Igreja #15
História da Igreja #15História da Igreja #15
História da Igreja #15
 
História da Igreja #14
História da Igreja #14História da Igreja #14
História da Igreja #14
 
História da Igreja #13
História da Igreja #13História da Igreja #13
História da Igreja #13
 

Último

Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 

Último (10)

Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 

Panorama do AT - Jonas

  • 1. Panorama do Antigo Testamento Jonas
  • 2. Introdução Jonas é um dos profetas menores mais conhecidos e pregados. Esse profeta nos ajuda a lembrar do dever de pregar a todos, inclusive àqueles que julgamos não merecedores da graça e da misericórdia de Deus.
  • 3. Informações Básicas ● Data: Entre 793 e 758 a.C. ● Autor: Jonas ● Local: Nínive (Assíria) ● Alvo: Ninivitas (arrependimento); israelitas (soberania de Deus sobre as nações) ● Versículo-chave: Jn 4.11 ● Palavra-chave: Misericórdia
  • 4. Informações Básicas ● Conteúdo: embora o próprio Jonas seja um profeta muito relutante, Deus demonstra compaixão por um dos inimigos odiados de Israel. ● Ênfases: Deus como Criador, Sustentador e Redentor de tudo e de todos; o interesse compassivo de Deus pelos gentios (representados por Nínive); a relutância de Israel (representada por Jonas) em reconhecer a compaixão de Deus pelas nações.
  • 5. Informações Básicas ● Propósito: Desobediência e revitalização são os principais temas deste livro. A experiência de Jonas no ventre da baleia lhe proporciona uma oportunidade única para buscar uma libertação ao se arrepender durante este retiro bastante diferente. Sua desobediência inicial o leva não apenas à sua revitalização pessoal, mas à dos ninivitas também. Muitos classificam a restauração que ele trouxe a Nínive como um dos maiores esforços evangelísticos de todos os tempos.
  • 6. Esboço ● Jonas em uma sentença: Debaixo de disciplina e com muito descontentamento, Jonas pregou, e Deus teve misericórdia do povo de Nínive, adiando o julgamento que havia anunciado. Vida de Jonas Tópico Local Desobediência Jn 1 Fuga Mar Mediterrâneo Disciplina Jn 2 Volta Mar Mediterrâneo Pregação Jn 3 Arrependimento Nínive Descontentamento Jn 4 Reflexão Nínive
  • 7. Personagens Principais ● Jonas – Relutante missionário aos habitantes de Nínive; precisou ser engolido por um peixe enorme para obedecer aomandamento de Deus (1.1 – 2.10). ● O comandante e a tripulação do navio de fuga de Jonas – Tentaram evitar a morte de Jonas; jogaram-no ao mar para fazer cessar a tempestade (1.5-16).
  • 8. Destaques ● Diferente dos demais profetas menores, Jonas consiste numa narrativa de seu ministério e não em sua mensagem, a qual se resume a três versículos (Jn 1.2; 3.2,4). A narrativa consiste nas desventuras do profeta Jonas em sua resposta ao chamado de Deus, primeiro rejeitando seu chamado, depois aceitando-o de mau gosto. Lembre-se de que o povo da cidade de Nínive era hostil para com os israelitas.
  • 9. Destaques ● A harmonia do livro – A história de Jonas pode ser dividida em dois ciclos. Considerando os quatro capítulos do livro, podemos agrupá-los de dois em dois. Você perceberá a harmonia criada pelo escritor. – Jn 1.1; 3.1 – Deus fala com Jonas – Jn 1.2; 3.2 – A mesma ordem; Dispõe-te – Jn 1.3; 3.3 – A mesma ação, mas em direção oposta – Jn 1.4; 3.4 – A profecia do julgamento – Jn 1.4-17; 3.4-10 – Jonas interage com pagãos que não conheciam a Deus – Jn 2.2; 4.2 – Jonas ora – Jn 2.10; 4.4-11 – Deus responde
  • 10. Destaques ● Milagres – Jonas também é um livro único por causa dos muitos milagres ali registrados: – Jn 1.4 – A tempestade – Jn 1.7 – A sorte cair em Jonas – Jn 1.15 – O acalmar imediato da tempestade – Jn 1.17 – O aparecimento do peixe – Jn 2.10 – A saída de Jonas do peixe – Jn 4.6 – O aparecimento da planta – Jn 4.7 – O aparecimento do verme – Jn 4.8 – O vento calmoso
  • 11. Doutrinas ● Misericórdia de Deus – Ao longo do livro, a misericórdia de Deus aparece como socorro a pessoas que não criam Nele: Deus salvou os marinheiros da tempestade (Jn 1.7), que cessou assim que Jonas foi lançado ao mar (Jn 1.15), em resposta ao clamor dos marinheiros (Jn 1.14); os ninivitas foram poupados da destruição ao se arrependerem (Jn 3.10); e o próprio Jonas que, mesmo fugindo do Senhor, foi salvo de morrer afogado no mar ao ser engolido por um grande peixe, enviado por Deus (Jn 1.17), e ainda foi vomitado à terra (Jn 2.10). A misericórdia de Deus prova que Ele ama todas as nações e todos os tipos de pessoas.
  • 12. Doutrinas ● Infidelidade do povo de Deus – Jonas é o único israelita do livro e o personagem com o coração mais duro. Os gentios se mostram dispostos a se arrepender, enquanto o povo de Deus está insensível ao Senhor. O povo de Deus, por causa de um sentimento de posse sobre o Senhor, não aceita o caráter de Deus, nem que Ele seja salvação para as outras nações (Jn 4.2), preferindo a morte em lugar disso (Jn 4.3).
  • 13. O Caráter de Deus em Jonas ● Deus é misericordioso: 4.2, 10-11 ● Deus é providente: 1.4,17 ● Deus se ira: 4.2
  • 14. Jonas e o Novo Testamento ● Sinal de Jonas – Jonas é o único profeta citado pelo próprio Jesus como um antítipo de Sua obra. Assim como a experiência de Jonas ao permanecer três dias no ventre do peixe, enquanto lugar de morte, Jesus permaneceria morto durante três dias. O sinal de Jonas que Cristo deu aos fariseus (Mt 12.39-41) não foi a Sua morte, mas Sua ressurreição após o terceiro dia.
  • 15. Jonas e o Novo Testamento ● As palavras do próprio Jesus deixam claro que Jonas é um tipo de Cristo. Em Mt 12.39-41, Jesus declara que Ele vai estar no túmulo a mesma quantidade de tempo que Jonas estava no ventre da baleia. Ele segue a dizer que, enquanto os ninivitas se arrependeram diante da pregação de Jonas, os fariseus e doutores da Lei que rejeitaram a Jesus estavam rejeitando Aquele que é muito maior do que Jonas. Assim como Jonas trouxe a verdade de Deus sobre o arrependimento e salvação para os ninivitas, assim também Jesus traz a mesma mensagem (Jn 2.9; Jo 14.6) de salvação alcançada apenas através de Deus (Rm 11.36).
  • 16. Jonas e o Novo Testamento ● Salvação aos povos – O Senhor chama todas as nações ao arrependimento, o que se consuma com Cristo, enviado para o mundo e não apenas para Israel (Jo 1.6-14). Jesus é anunciado pelo Novo Testamento como a luz tanto para gentios como para o povo de Israel (Lc 2.30-32).
  • 17. Aplicação Prática ● Não podemos nos esconder de Deus. O que Ele deseja realizar através de nós virá a acontecer, apesar de todas as nossas oposições e reclamações. Efésios 2.10 nos lembra que Ele tem planos para nós e vai assegurar que vamos nos conformar com esses planos. Quanto mais fácil seria se nós, ao contrário de Jonas, nos submetêssemos a Ele sem demora!
  • 18. Aplicação Prática ● O amor de Deus se manifesta em Sua acessibilidade a todos, independentemente da nossa reputação, nacionalidade ou raça. A livre oferta do Evangelho é para todos os povos em todos os tempos. Nossa tarefa como Cristãos é ser o meio pelo qual Deus fala ao mundo dessa oferta e alegrar-nos com a salvação de outras pessoas. Esta é uma experiência que Deus quer que compartilhemos com Ele, e não que sejamos ciumentos ou ressentidos com os que vêm a Cristo.
  • 19. Conclusão ● O livro de Jonas continua a história bíblica do Deus Criador e Redentor, que tem compaixão não só da Sua nação escolhida, mas de todos os povos que Ele criou. ● Pergunta: Você estaria disposto a abandonar sua zona de conforto e pregar para aquele tipo de gente que, secretamente, você despreza?

Notas do Editor

  1. Jonas é uma história real ou ficção? 1) A tendência de negar a historicidade de Jonas provém de um preconceito contra coisas sobrenaturais. Se é possível acontecer milagres, não há razão alguma para se negar que o livro de Jonas seja histórico. 2) Jonas e seu ministério profético são mencionados no livro histórico de 2Rs 14.25. 3) Mt 12.40. Se a história de Jonas fosse ficção isso não daria respaldo profético algum ao que Jesus declarava. 4) Respaldo arqueológico, há confirmação da existência de um profeta de nome Jonas, cujo túmulo encontrava-se no Iraque e foi destruído pelo IL em 2014. Junto ao túmulo foi encontrado moedas antigas que traziam a inscrição de um homem saindo da boca de um peixe.
  2. Profetizou no período do reinado de Jeroboão II, rei totalmente mal e que desfrutava de uma certa prosperidade material, mas muita idolatria, que culminaria na disciplina do povo pelas mãos dos próprios assírios. Um dos propósitos de enviar Jonas a Nínive era para envergonhar o próprio povo de Israel. Uma nação pagã se arrependendo mediante a pregação de um estrangeiro, enquanto Israel não se arrependia mesmo tendo ouvido a pregação de muitos profetas.
  3. Nínive, a capital da Assíria era conhecida pela crueldade e uma inimiga histórica de Israel e Judá. Havia uma aversão muito grande dos povo de Deus para com esse povo, isso criou em Jonas uma resistência em ir fazer a vontade de Deus.
  4. Vento calmoso: vento quente e seco comunda da região.
  5. Bom que se diga, já que ninguém vai perguntar: que esse arrependimento de Nínive não deve ter sido profundo ou duradouro, pois ainda no final do século VIII eles foram o instrumento de Javé para castigar Israel. A essência do livro está em demonstrar que Jonas, Israel e Nínive eram alvos da misericórdia divina.
  6. Antítipo: figura que representa outra Jonas foi o único profeta com quem Cristo se identificou. Exatamente como Jonas permaneceu por 3 dias e 3 noites no ventre do grande peixe, Cristo ficou 3 dias e 3 noites sepultado depois da sua crucificação.
  7. Não é porque você não se submete a Deus que você estará livre do julgamento.