SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
CIÊNCIAS NATURAIS
Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
TEORIA ATÔMICA
HISTÓRIA DO MODELO ATÔMICO
Evolução dos Modelos Atômicos
Já no início do séc.
XIX
John Daton (1766-1844)
“Os átomos são indivisíveis.”
Átomo:
(1807)
Partícula esférica, maciça,
neutra e indivisível
Nos finais do séc XIX...
Em 1897, descobriu o
elétron, partícula com
carga elétrica negativa e
muito pequena.
Em 1904
Thomson propôs um novo modeo
atómico....
Esfera com
carga
elétrica
positiva
Elétrons
(partículas
com carga
elétrica
negativa)
Thomson
Modelo do “pudim de passas”
Átomo:
Esfera de carga elétrica positiva, na qual
os elétrons de carga elétrica negativa, se
encontravam dispersos, em números
suficiente para tornar o átomo neutro.
No início do séc.
XX...
Rutherford (1871-1937)
Em 1908 reaizou uma
experiência que lhe permitiu
propor um novo modelo
atômico, também descobriu os
prótons (partícula localizada no
núcleo com carga positiva).
Experiência de Rutherford
Experiência de Rutherford
Resutados previstos segundos o modelo de Thomson:
A partículas a
deveriam atravessar as
folhas de outro sem
sofrer desvios.
A maior parte das
partículas comportava-se
como esperado, mas um
significativo número delas
desviam-se muito, podendo
mesmo voltar para trás.
Resutados obtidos:
Resultados da experiência de
Rutherford
Rutherford concuiu que existe, no interior do
átomo, uma região central positiva – o
núcleo, que exerce fortes forças repulsivas
sobre as partículas alfa.
Modelo proposto por
Rutherford (1911):O átomo é uma estrutura praticamente vazia, e não uma
esfera maciça;
É constituído por:
O átomo seria um sistema semelhante ao
sistema solar.
Núcleo muito pequeno com carga
positiva, onde se concetra quase
toda a massa do átomo.
Elétrons com carga negativa
movendo-se em volta do núcleo. Modelo Planetário
Em 1932....
Chadwik descobriu outro tipo
de partículas existente no
núceo do átomo: o nêutron
Os neutrões são partículas
sem carga elétrica.
James Chadwick
(1891-1974)
Em 1913...
Os elétrons movem-se em torno do
núcleo, em órbitas circulares bem
definidas
Camadas ou níveis
Modelo da NuvemModelo da Nuvem
EletrônicaEletrônica
SchrödingerSchrödinger
(1887-1961)(1887-1961) Núcleo
Prótons
(carga +1)
Nêutrons
(sem carga)
Núvem Eletrônica
Elétrons
(carga -1)
Há zonas à volta do núcleo onde é grande a probabilidade
de encontrar os elétrons (onde a nuvem eletrônica é mais
densa) e outra onde a probabilidade é menor (onde a
nuvem eletrônica é menos densa)
Modelo atômico de Bohr
O elétron descreve uma órbita
Linha onde existe a
certeza de encontrar o
elétron, com uma
dada energia
Modelo atômico Atual
O elétron ocupa uma orbita
Região do espaço onde
há probalidade de
encontrar um elétron
com uma dada energia
EXERCÍCIO PARA SER FEITO NA AULA COM AUXÍLIO DO PROFESSOR
Complete a tabela a seguir, com as informações
solicitadas.
QUESTÃO 1
ÁTOMO
PARTÍCULA ATÔMICA CARGA ELÉTRICA LOCALIZAÇÃO
PRÓTON
NÊUTRON
ELÉTRON
Quais as dimensões
do núcleo?
Se o átomo tivesse as
dimensões de um
estádio, o núcleo seria
do tamanho de uma
joaninha colocada no
centro do campo.
RESU
MO
Dalton (1803)
(átomo indivisível)
Thomson (1904)
(cargas positivas e negativas)
Bohr (1913)
(níveis de energia)
Schrodinger (1926)
(nuvem electrónica
Rutherford (1911)
(núcleo)
OBS:
por
ser
mais
prático,
fácil
de
visualizar e
de
compreender, o
modelo
de Rutherford-Bohr ainda continua sendo
muito utilizado para fins didáticos
EXERCÍCIOS
QUESTÃO 2
Uma importante contribuição do modelo de Rutherford
foi considerar o átomo constituído de:
a) elétrons mergulhados numa massa homogênea de carga
positiva.
b) uma estrutura altamente compactada de prótons e
elétrons.
c) um núcleo de massa desprezível comparada com a
massa do elétron.
d) uma região central com carga negativa chamada núcleo.
e) um núcleo muito pequeno de carga positiva, cercada por
elétrons.
EXERCÍCIOS
QUESTÃO 3
Relacione as características atômicas com os cientistas
que as propôs:
I. Dalton
II. Thomson
III. Rutherford
( ) Seu modelo atômico era semelhante a um “pudim de
passas”.
( ) Seu modelo atômico era semelhante a uma bola de
bilhar.
( ) Criou um modelo para o átomo semelhante ao “Sistema
solar”.
EXERCÍCIOS
QUESTÃO 4
(ESPM-SP) O átomo de Rutherford (1911) foi comparado
ao sistema planetário (o núcleo atômico representa o sol
e a eletrosfera, a órbita dos planetas):
Eletrosfera é a região do átomo que:
a) contém as partículas de carga elétrica negativa.
b) contém as partículas de carga elétrica positiva.
c) contém nêutrons.
d) concentra praticamente toda a massa do átomo.
e) contém prótons e nêutrons.
EXERCÍCIOS
DO LIVRO
Trabalhando as ideias do capítulo
Página 53 (exercício 1)
Pense um pouco mais
Página 54 (exercícios 2, 3 e 4)
FIM
Professor Carlos Alexandre
carlosalexandrerj@yahoo.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Química distribuição eletronica
Química   distribuição eletronicaQuímica   distribuição eletronica
Química distribuição eletronica
 
Eletrodinâmica
EletrodinâmicaEletrodinâmica
Eletrodinâmica
 
Isomeria
IsomeriaIsomeria
Isomeria
 
Eletrização
EletrizaçãoEletrização
Eletrização
 
Introdução a química
Introdução a químicaIntrodução a química
Introdução a química
 
Slides eletrostatica
Slides eletrostaticaSlides eletrostatica
Slides eletrostatica
 
O átomo
O átomoO átomo
O átomo
 
Resumo conceitos fundamentais e teorias atomicas
Resumo   conceitos fundamentais e teorias atomicasResumo   conceitos fundamentais e teorias atomicas
Resumo conceitos fundamentais e teorias atomicas
 
Propriedades da Matéria - Química
Propriedades da Matéria - QuímicaPropriedades da Matéria - Química
Propriedades da Matéria - Química
 
Reações Químicas
Reações QuímicasReações Químicas
Reações Químicas
 
Estrutura Atomica
Estrutura AtomicaEstrutura Atomica
Estrutura Atomica
 
1. introdução a química
1. introdução a química1. introdução a química
1. introdução a química
 
ÁGUA E SAIS MINERAIS
ÁGUA E SAIS MINERAISÁGUA E SAIS MINERAIS
ÁGUA E SAIS MINERAIS
 
Aula 1 Elementos SubstâNcias E Misturas2
Aula 1   Elementos SubstâNcias E Misturas2Aula 1   Elementos SubstâNcias E Misturas2
Aula 1 Elementos SubstâNcias E Misturas2
 
Massa atômica e massa molecular
Massa atômica e massa molecularMassa atômica e massa molecular
Massa atômica e massa molecular
 
Substância e mistura 9º ano
Substância e mistura 9º anoSubstância e mistura 9º ano
Substância e mistura 9º ano
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
 
9 ano propriedades da matéria
9 ano propriedades da matéria9 ano propriedades da matéria
9 ano propriedades da matéria
 
Cicuito elétrico
Cicuito elétricoCicuito elétrico
Cicuito elétrico
 
Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
 

Destaque

Exercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º anoExercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º anoV
 
Evolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicosEvolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicosPatrícia Morais
 
ÁTomos e moléculas
ÁTomos e moléculasÁTomos e moléculas
ÁTomos e moléculasPiedade Alves
 
Slides evolução do modelo atômico
Slides  evolução do modelo atômicoSlides  evolução do modelo atômico
Slides evolução do modelo atômicoelismarafernandes
 
Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Karol Maia
 
Folha 1 aula modelos atomicos
Folha 1 aula modelos atomicosFolha 1 aula modelos atomicos
Folha 1 aula modelos atomicosRikardo Coimbra
 
Aula udesc modelos atomicos
Aula udesc modelos atomicosAula udesc modelos atomicos
Aula udesc modelos atomicosSimara Nunes
 
Modelos atomicos
Modelos atomicosModelos atomicos
Modelos atomicosrdsantos
 
Modelos atomicos exerc.
Modelos atomicos exerc.Modelos atomicos exerc.
Modelos atomicos exerc.Lucy Silva
 
Resumo dos modelos atômicos química 9° ano prof waldir montenegro 2º bim 2014
Resumo dos modelos atômicos  química 9° ano prof waldir montenegro 2º bim 2014Resumo dos modelos atômicos  química 9° ano prof waldir montenegro 2º bim 2014
Resumo dos modelos atômicos química 9° ano prof waldir montenegro 2º bim 2014Waldir Montenegro
 
2015 física e_química_a_época_especial
2015 física e_química_a_época_especial2015 física e_química_a_época_especial
2015 física e_química_a_época_especialcrisnetocosta
 
Aula 3 substâncias puras, misturas e gráficos de aquec-resf
Aula 3   substâncias puras, misturas e gráficos de aquec-resfAula 3   substâncias puras, misturas e gráficos de aquec-resf
Aula 3 substâncias puras, misturas e gráficos de aquec-resfprofNICODEMOS
 
Atomistica conteúdo e exercicios
Atomistica   conteúdo e exerciciosAtomistica   conteúdo e exercicios
Atomistica conteúdo e exerciciosArnowdhy Hudson
 

Destaque (20)

Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
 
Exercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º anoExercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º ano
 
Modelos Atômicos
Modelos AtômicosModelos Atômicos
Modelos Atômicos
 
Evolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicosEvolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicos
 
ÁTomos e moléculas
ÁTomos e moléculasÁTomos e moléculas
ÁTomos e moléculas
 
Slides evolução do modelo atômico
Slides  evolução do modelo atômicoSlides  evolução do modelo atômico
Slides evolução do modelo atômico
 
Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)
 
Folha 1 aula modelos atomicos
Folha 1 aula modelos atomicosFolha 1 aula modelos atomicos
Folha 1 aula modelos atomicos
 
Modelos Atomicos
Modelos AtomicosModelos Atomicos
Modelos Atomicos
 
Aula udesc modelos atomicos
Aula udesc modelos atomicosAula udesc modelos atomicos
Aula udesc modelos atomicos
 
Modelos atomicos
Modelos atomicosModelos atomicos
Modelos atomicos
 
Modelos+atã micos
Modelos+atã micosModelos+atã micos
Modelos+atã micos
 
Modelos atomicos exerc.
Modelos atomicos exerc.Modelos atomicos exerc.
Modelos atomicos exerc.
 
Quimica 1
Quimica 1 Quimica 1
Quimica 1
 
Modelo atômico
Modelo atômicoModelo atômico
Modelo atômico
 
Resumo dos modelos atômicos química 9° ano prof waldir montenegro 2º bim 2014
Resumo dos modelos atômicos  química 9° ano prof waldir montenegro 2º bim 2014Resumo dos modelos atômicos  química 9° ano prof waldir montenegro 2º bim 2014
Resumo dos modelos atômicos química 9° ano prof waldir montenegro 2º bim 2014
 
2015 física e_química_a_época_especial
2015 física e_química_a_época_especial2015 física e_química_a_época_especial
2015 física e_química_a_época_especial
 
Aula 3 substâncias puras, misturas e gráficos de aquec-resf
Aula 3   substâncias puras, misturas e gráficos de aquec-resfAula 3   substâncias puras, misturas e gráficos de aquec-resf
Aula 3 substâncias puras, misturas e gráficos de aquec-resf
 
Atomistica conteúdo e exercicios
Atomistica   conteúdo e exerciciosAtomistica   conteúdo e exercicios
Atomistica conteúdo e exercicios
 
Modelos atômicos
Modelos atômicos Modelos atômicos
Modelos atômicos
 

Semelhante a O átomo

Evolução do modelo atômico teóricos e vida
Evolução do modelo atômico teóricos e vidaEvolução do modelo atômico teóricos e vida
Evolução do modelo atômico teóricos e vidaewerthongomesciencia
 
Evolução do modelo atómico (final)
Evolução do modelo atómico (final)Evolução do modelo atómico (final)
Evolução do modelo atómico (final)ct-esma
 
Evolução sobre os modelos atómicos
Evolução sobre os modelos atómicosEvolução sobre os modelos atómicos
Evolução sobre os modelos atómicosJúpiter Morais
 
Estrutura Atomica Coc 2010
Estrutura Atomica Coc 2010Estrutura Atomica Coc 2010
Estrutura Atomica Coc 2010Coc2010
 
Modelos atômicos ( 2 ano)
Modelos atômicos ( 2 ano)Modelos atômicos ( 2 ano)
Modelos atômicos ( 2 ano)Karol Maia
 
1 evolucao modelos-atomicos
1   evolucao modelos-atomicos1   evolucao modelos-atomicos
1 evolucao modelos-atomicosLuis Pedro
 
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)Anne Solsi
 
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)Anne Solsi
 
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)Anne Solsi
 
Evolução do átomo
Evolução do átomoEvolução do átomo
Evolução do átomoErlenmeyer
 
09 ampliacao unidade_2
09 ampliacao unidade_209 ampliacao unidade_2
09 ampliacao unidade_2Fernanda Boff
 
Modelo atômico de Rutherford
Modelo atômico de RutherfordModelo atômico de Rutherford
Modelo atômico de RutherfordEstude Mais
 
Evolução dos modelos atômicos.docx
Evolução dos modelos atômicos.docxEvolução dos modelos atômicos.docx
Evolução dos modelos atômicos.docxColEstPolivalenteGoi
 
Aula 5 modelos atômicos
Aula 5   modelos atômicos Aula 5   modelos atômicos
Aula 5 modelos atômicos profNICODEMOS
 
Apresentação modelos atômicos elenice
Apresentação modelos atômicos  eleniceApresentação modelos atômicos  elenice
Apresentação modelos atômicos eleniceEEB Paulo Bauer
 

Semelhante a O átomo (20)

Evolução do modelo atômico teóricos e vida
Evolução do modelo atômico teóricos e vidaEvolução do modelo atômico teóricos e vida
Evolução do modelo atômico teóricos e vida
 
Evolução do modelo atómico (final)
Evolução do modelo atómico (final)Evolução do modelo atómico (final)
Evolução do modelo atómico (final)
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
Estrutura atomica 2012
Estrutura atomica 2012Estrutura atomica 2012
Estrutura atomica 2012
 
Evolução sobre os modelos atómicos
Evolução sobre os modelos atómicosEvolução sobre os modelos atómicos
Evolução sobre os modelos atómicos
 
Estrutura Atomica Coc 2010
Estrutura Atomica Coc 2010Estrutura Atomica Coc 2010
Estrutura Atomica Coc 2010
 
Modelos atômicos ( 2 ano)
Modelos atômicos ( 2 ano)Modelos atômicos ( 2 ano)
Modelos atômicos ( 2 ano)
 
1 evolucao modelos-atomicos
1   evolucao modelos-atomicos1   evolucao modelos-atomicos
1 evolucao modelos-atomicos
 
ATOMÍSTICA-INTRODUÇÃO
ATOMÍSTICA-INTRODUÇÃOATOMÍSTICA-INTRODUÇÃO
ATOMÍSTICA-INTRODUÇÃO
 
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
 
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
 
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)Aula anne solsi   química 1º ano (aula 1)
Aula anne solsi química 1º ano (aula 1)
 
Evolução do átomo
Evolução do átomoEvolução do átomo
Evolução do átomo
 
09 ampliacao unidade_2
09 ampliacao unidade_209 ampliacao unidade_2
09 ampliacao unidade_2
 
Modelo atômico de Rutherford
Modelo atômico de RutherfordModelo atômico de Rutherford
Modelo atômico de Rutherford
 
Evolução dos modelos atômicos.docx
Evolução dos modelos atômicos.docxEvolução dos modelos atômicos.docx
Evolução dos modelos atômicos.docx
 
Histatomo
HistatomoHistatomo
Histatomo
 
Aula 5 modelos atômicos
Aula 5   modelos atômicos Aula 5   modelos atômicos
Aula 5 modelos atômicos
 
Apresentação modelos atômicos elenice
Apresentação modelos atômicos  eleniceApresentação modelos atômicos  elenice
Apresentação modelos atômicos elenice
 
Evolução atomica 2015
Evolução atomica 2015Evolução atomica 2015
Evolução atomica 2015
 

Mais de Carlos Alexandre Ribeiro Dorte

Aula de características gerais dos seres vivos ensino médio
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médioAula de características gerais dos seres vivos ensino médio
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médioCarlos Alexandre Ribeiro Dorte
 

Mais de Carlos Alexandre Ribeiro Dorte (20)

1° trimestre 2018 lição 8 pr. carlos alexandre
1° trimestre 2018 lição 8 pr. carlos alexandre1° trimestre 2018 lição 8 pr. carlos alexandre
1° trimestre 2018 lição 8 pr. carlos alexandre
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
 
4° trimestre 2017 lição 12 pr. carlos alexandre
4° trimestre 2017 lição 12 pr. carlos alexandre4° trimestre 2017 lição 12 pr. carlos alexandre
4° trimestre 2017 lição 12 pr. carlos alexandre
 
Correção de exercícios (Répteis) 7° ano APOEMA
Correção de exercícios (Répteis) 7° ano APOEMACorreção de exercícios (Répteis) 7° ano APOEMA
Correção de exercícios (Répteis) 7° ano APOEMA
 
Cristologia
CristologiaCristologia
Cristologia
 
Subsídio da lição 5 adultos
Subsídio da lição 5 adultosSubsídio da lição 5 adultos
Subsídio da lição 5 adultos
 
Subsídio da lição 3 juvenis
Subsídio da lição 3 juvenisSubsídio da lição 3 juvenis
Subsídio da lição 3 juvenis
 
Lição 1 juvenis 3° trimestre 2017
Lição 1 juvenis 3° trimestre 2017Lição 1 juvenis 3° trimestre 2017
Lição 1 juvenis 3° trimestre 2017
 
Fermentação
FermentaçãoFermentação
Fermentação
 
Fotossíntese
FotossínteseFotossíntese
Fotossíntese
 
Noite astronômica
Noite astronômicaNoite astronômica
Noite astronômica
 
Eclesiastes
EclesiastesEclesiastes
Eclesiastes
 
Cantares
CantaresCantares
Cantares
 
Provérbios
ProvérbiosProvérbios
Provérbios
 
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médio
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médioAula de características gerais dos seres vivos ensino médio
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médio
 
Introdução a teologia aula 4
Introdução a teologia aula 4Introdução a teologia aula 4
Introdução a teologia aula 4
 
Introdução a teologia aula 3
Introdução a teologia aula 3Introdução a teologia aula 3
Introdução a teologia aula 3
 
Introdução a teologia aula 2
Introdução a teologia aula 2Introdução a teologia aula 2
Introdução a teologia aula 2
 
Introdução a teologia aula 1
Introdução a teologia aula 1Introdução a teologia aula 1
Introdução a teologia aula 1
 
História e os objetivos da escola bíblica dominical
História e os objetivos da escola bíblica dominicalHistória e os objetivos da escola bíblica dominical
História e os objetivos da escola bíblica dominical
 

Último

Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Centro Jacques Delors
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxprofbrunogeo95
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxSão Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxMartin M Flynn
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 

Último (20)

Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxSão Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 

O átomo

  • 1. CIÊNCIAS NATURAIS Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte TEORIA ATÔMICA
  • 4. Já no início do séc. XIX John Daton (1766-1844) “Os átomos são indivisíveis.” Átomo: (1807) Partícula esférica, maciça, neutra e indivisível
  • 5. Nos finais do séc XIX... Em 1897, descobriu o elétron, partícula com carga elétrica negativa e muito pequena.
  • 6. Em 1904 Thomson propôs um novo modeo atómico.... Esfera com carga elétrica positiva Elétrons (partículas com carga elétrica negativa)
  • 7. Thomson Modelo do “pudim de passas” Átomo: Esfera de carga elétrica positiva, na qual os elétrons de carga elétrica negativa, se encontravam dispersos, em números suficiente para tornar o átomo neutro.
  • 8. No início do séc. XX... Rutherford (1871-1937) Em 1908 reaizou uma experiência que lhe permitiu propor um novo modelo atômico, também descobriu os prótons (partícula localizada no núcleo com carga positiva).
  • 10. Experiência de Rutherford Resutados previstos segundos o modelo de Thomson: A partículas a deveriam atravessar as folhas de outro sem sofrer desvios. A maior parte das partículas comportava-se como esperado, mas um significativo número delas desviam-se muito, podendo mesmo voltar para trás. Resutados obtidos:
  • 11. Resultados da experiência de Rutherford Rutherford concuiu que existe, no interior do átomo, uma região central positiva – o núcleo, que exerce fortes forças repulsivas sobre as partículas alfa.
  • 12. Modelo proposto por Rutherford (1911):O átomo é uma estrutura praticamente vazia, e não uma esfera maciça; É constituído por: O átomo seria um sistema semelhante ao sistema solar. Núcleo muito pequeno com carga positiva, onde se concetra quase toda a massa do átomo. Elétrons com carga negativa movendo-se em volta do núcleo. Modelo Planetário
  • 13. Em 1932.... Chadwik descobriu outro tipo de partículas existente no núceo do átomo: o nêutron Os neutrões são partículas sem carga elétrica. James Chadwick (1891-1974)
  • 14. Em 1913... Os elétrons movem-se em torno do núcleo, em órbitas circulares bem definidas Camadas ou níveis
  • 15. Modelo da NuvemModelo da Nuvem EletrônicaEletrônica SchrödingerSchrödinger (1887-1961)(1887-1961) Núcleo Prótons (carga +1) Nêutrons (sem carga) Núvem Eletrônica Elétrons (carga -1)
  • 16. Há zonas à volta do núcleo onde é grande a probabilidade de encontrar os elétrons (onde a nuvem eletrônica é mais densa) e outra onde a probabilidade é menor (onde a nuvem eletrônica é menos densa)
  • 17. Modelo atômico de Bohr O elétron descreve uma órbita Linha onde existe a certeza de encontrar o elétron, com uma dada energia Modelo atômico Atual O elétron ocupa uma orbita Região do espaço onde há probalidade de encontrar um elétron com uma dada energia
  • 18. EXERCÍCIO PARA SER FEITO NA AULA COM AUXÍLIO DO PROFESSOR Complete a tabela a seguir, com as informações solicitadas. QUESTÃO 1 ÁTOMO PARTÍCULA ATÔMICA CARGA ELÉTRICA LOCALIZAÇÃO PRÓTON NÊUTRON ELÉTRON
  • 19. Quais as dimensões do núcleo? Se o átomo tivesse as dimensões de um estádio, o núcleo seria do tamanho de uma joaninha colocada no centro do campo.
  • 20. RESU MO Dalton (1803) (átomo indivisível) Thomson (1904) (cargas positivas e negativas) Bohr (1913) (níveis de energia) Schrodinger (1926) (nuvem electrónica Rutherford (1911) (núcleo) OBS: por ser mais prático, fácil de visualizar e de compreender, o modelo de Rutherford-Bohr ainda continua sendo muito utilizado para fins didáticos
  • 21. EXERCÍCIOS QUESTÃO 2 Uma importante contribuição do modelo de Rutherford foi considerar o átomo constituído de: a) elétrons mergulhados numa massa homogênea de carga positiva. b) uma estrutura altamente compactada de prótons e elétrons. c) um núcleo de massa desprezível comparada com a massa do elétron. d) uma região central com carga negativa chamada núcleo. e) um núcleo muito pequeno de carga positiva, cercada por elétrons.
  • 22. EXERCÍCIOS QUESTÃO 3 Relacione as características atômicas com os cientistas que as propôs: I. Dalton II. Thomson III. Rutherford ( ) Seu modelo atômico era semelhante a um “pudim de passas”. ( ) Seu modelo atômico era semelhante a uma bola de bilhar. ( ) Criou um modelo para o átomo semelhante ao “Sistema solar”.
  • 23. EXERCÍCIOS QUESTÃO 4 (ESPM-SP) O átomo de Rutherford (1911) foi comparado ao sistema planetário (o núcleo atômico representa o sol e a eletrosfera, a órbita dos planetas): Eletrosfera é a região do átomo que: a) contém as partículas de carga elétrica negativa. b) contém as partículas de carga elétrica positiva. c) contém nêutrons. d) concentra praticamente toda a massa do átomo. e) contém prótons e nêutrons.
  • 24. EXERCÍCIOS DO LIVRO Trabalhando as ideias do capítulo Página 53 (exercício 1) Pense um pouco mais Página 54 (exercícios 2, 3 e 4)