Aula de características gerais dos seres vivos ensino médio

485 visualizações

Publicada em

aula de biologia 1° ano

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
485
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula de características gerais dos seres vivos ensino médio

  1. 1. INTRODUÇÃO Á BIOLOGIA BIOLOGIA Prof. Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  2. 2. Se o vídeo não abrir, acesse o Link abaixo https://www.youtube.com/watch?v=OTdMCNsjVwo
  3. 3. Hora da Participação Após assistir o vídeo e debater com seus colegas, o que você acha que a Biologia estuda? BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  4. 4. BIOS (VIDA) LOGOS (ESTUDO) OBS: Em linhas gerais, a Biologia é a Ciência que estuda a vida e tudo que se relaciona a esta. Uma definição mais estruturada afirma que a Biologia é a Ciência que estuda a vida e os organismos vivos, sua estrutura, crescimento, funcionamento, reprodução, origem, evolução, distribuição, bem como suas relações com o ambiente e entre si. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  5. 5. Hora da Participação Reflita com os seus colegas e responda: Quais são as características que definem os seres vivos? BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  6. 6. CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS SERES VIVOS BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  7. 7. CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS SERES VIVOS ORGANIZAÇÃO QUÍMICA COMPLEXA ORGANIZAÇÃO CELULAR POSSUEM METABOLISMO NECESSIDADE DE ENERGIA CAPACIDADE REPRODUTIVA POSSUEM MATERIAL GENÉTICO RESPONDEM AOS ESTÍMULOS DO AMBIENTE BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte CAPACIDADE DE EVOLUIR
  8. 8. COMPOSIÇÃO QUÍMICA COMPLEXA . Os organismos são constituídos de matéria orgânica, logo, estão sujeitos às leis da natureza que regem o funcionamento do universo (e.g. leis da gravitação, da relatividade, da termodinâmica e etc). Podemos considerar o átomo como sendo a unidade fundamental da matéria (massa/energia). Os principais elementos químicos constituintes dos organismos são: Nitrogênio, Carbono, Hidrogênio, Oxigênio, Fósforo e Enxofre (NCHOPS). Com exceção do hidrogênio, esses elementos não estão dentre os mais abundantes do Universo, mas são aqueles que possuem as propriedades físico-químicas capazes de formar as moléculas biológicas requeridas para que haja vida (proteínas, ácidos nucleicos, lipídios e etc.). BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  9. 9. ORGANIZAÇÃO CELULAR BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  10. 10. ORGANIZAÇÃO CELULAR A DESCOBERTA DA CÉLULA / A PRIMEIRA OBSERVAÇÃO Em 1665 o cientista inglês Robert Hoock observou, com um microscópio simples, uns “espaços vazios” em umas finas fatias de cortiça, denominando-os de células por se parecerem com as “células” onde os monges repousavam nos monastérios. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  11. 11. ORGANIZAÇÃO CELULAR A DESCOBERTA DA CÉLULA / A TEORIA CELULAR Após muita observação, dois biólogos alemães, Mathias Schleiden e T Schwann, afirmaram que todos os seres vivos são formados por células. Em 1855 o pesquisador Rudolph Virchow declarou que toda célula provém de uma outra célula. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  12. 12. ORGANIZAÇÃO CELULAR CONCEITO DE CÉLULA A célula é a menor unidade estrutural, funcional e genética de um ser vivo Porque compõe o corpo de todos os seres vivos Porque é capaz de realizar funções que mantém a vida como respiração, crescimento e reprodução. Porque as células contém o material genético (DNA) responsável pelas informações hereditárias. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  13. 13. ORGANIZAÇÃO CELULAR ESTRUTURA DAS CÉLULAS A maioria das células é formada basicamente por membrana plasmática, núcleo e citoplasma. OBS: as outras estruturas celulares serão estudadas com mais profundidade mais à frente BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  14. 14. ORGANIZAÇÃO CELULAR ESTRUTURA DAS CÉLULAS Membrana plasmática: é uma membrana muito fina que envolve, protege e controla o que entra e sai da célula. Núcleo: é uma estrutura localizada no interior das células, isolando e protegendo o material genético. Citoplasma: é formado por um líquido gelatinoso que preenche o interior celular contendo as estruturas internas das células conhecidas como organelas ou organóides. OBS: as outras estruturas celulares serão estudadas com mais profundidade mais à frente BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  15. 15. ORGANIZAÇÃO CELULAR TIPOS DE CÉLULAS BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  16. 16. ORGANIZAÇÃO CELULAR TIPOS DE CÉLULAS CÉLULA PROCARIONTE: São células mais simples, não possuem núcleo definido por isso o material genético encontra-se disperso no citoplasma, não possuem organoide membranosos e são encontradas apenas no Reino Monera. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  17. 17. ORGANIZAÇÃO CELULAR TIPOS DE CÉLULAS CÉLULA EUCARIONTE: São células mais complexas, possuem núcleo definido que isola e protege o material genético, apresentam organoides membranosos e são encontradas em quase todos os Reinos com exceção do Reino Monera. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  18. 18. ORGANIZAÇÃO CELULAR TIPOS DE CÉLULAS CÉLULA EUCARIONTE (VEGETAL): Possui parede celular (aumenta a proteção da célula), apresenta cloroplastos (realiza fotossíntese), possui um grande vacúolo (armazena sais minerais e água). BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  19. 19. ORGANIZAÇÃO CELULAR TIPOS DE CÉLULAS CÉLULA EUCARIONTE (ANIMAL): Não possui parede celular, não apresenta cloroplastos (não possui a capacidade de realizar fotossíntese) e apresenta alguns organóides típicos como os centríolos (ligados ao processo de divisão celular) e os lisossomos (ligados ao processo de digestão). BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  20. 20. Se o vídeo abaixo não abrir, acesse o link : https://www.youtube.com/watch?v=AKFk3D110nE
  21. 21. ORGANIZAÇÃO CELULAR CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS QUANTO AO NÚMERO DE CÉLULAS Os seres vivos podem ser classificados quanto ao número de células em: Unicelulares (quando são formados por uma única célula) ou em Pluricelulares (quando são formados por mais de uma célula) UNICELULARES PLURICELULARES EX. Bactérias, alguns fungos, alguns protistas etc. EX. animais, plantas, alguns fungos, alguns protistas etc. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  22. 22. METABOLISMO São um conjunto de reações químicas que ocorrem no interior dos seres vivos com objetivo de remodelar, favorecer o crescimento ou gerar energia para o ser vivo. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte OBS: O metabolismo e suas fases serão estudados com mais profundidade à frente.
  23. 23. NECESSIDADE DE ENERGIA Para gerar energia necessária as funções vitais, os seres vivos obtém substâncias através do processo de alimentação, que pode classificar os seres vivos em dois grupos: AUTÓTROFOS ou HETERÓTROFOS. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  24. 24. NECESSIDADE DE ENERGIA AUTÓTROFOS AUTÓTROFOS: São seres vivos que possuem a capacidade de sintetizar matéria orgânica através do processo de fotossíntese, gerando o prório alimento a partir da luz solar. VEGETAIS ALGAS CIANOBACTÉRIAS BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  25. 25. NECESSIDADE DE ENERGIA AUTÓTROFOS ESQUEMA DA FOTOSSÍNTESE OBS: A fotossíntese e suas fases serão estudados com mais profundidade à frente. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  26. 26. NECESSIDADE DE ENERGIA HETERÓTROFOS HETERÓTROFOS: São seres vivos que não possuem a capacidade de realizar a fotossíntese, portanto, precisam de se alimentar através de outros seres vivos.. ANIMAIS FUNGOS PROTOZOÁRIOS BACTÉRIAS BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  27. 27. NECESSIDADE DE ENERGIA RESPIRAÇÃO Tanto seres vivos autótrofos quanto heterótrofos utilizam o processo de respiração para produzir energia, sendo mais abundante nos seres heterótrofos.. OBS: A respiração e suas fases serão estudadas com mais profundidade à frente. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  28. 28. NECESSIDADE DE ENERGIA FOTOSSÍNTESE E RESPIRAÇÃO A fotossíntese e a respiração são processos complementares, pois os produtos liberados por um são aproveitados pelo outro. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  29. 29. CAPACIDADE REPRODUTIVA Todos os seres vivos possuem capacidade reprodutiva, que tem como objetivo perpetuar o material genético por gerações e pode ocorrer de duas formas: REPRODUÇÃO ASSEXUADA OU REPRODUÇÃO SEXUADA.
  30. 30. CAPACIDADE REPRODUTIVA REPRODUÇÃO SEXUADA Na reprodução sexuada temos a participação de gametas (Células especiais que tem função reprodutiva). Esse tipo de reprodução apresenta como vantagem a variabilidade genética (os descendentes gerados não são idênticos aos indivíduos geradores) e a desvantagem está no fato de geralmente precisar de dois indivíduos para ocorrer a reprodução.
  31. 31. CAPACIDADE REPRODUTIVA REPRODUÇÃO ASSEXUADA Na reprodução assexuada não temos a participação de gametas (Células especiais que tem função reprodutiva). Esse tipo de reprodução apresenta como vantagem a possibilidade de um único indivíduo poder gerar sozinho o seu descendente. A desvantagem está no fato de não ocorrer variabilidade genética, sendo o indivíduo gerado genéticamente igual ao seu genitor. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  32. 32. Se o vídeo abaixo não abrir, acesse o link: https://www.youtube.com/watch?v=E-kVju6mXXg
  33. 33. POSSUEM MATERIAL GENÉTICO Todos os seres vivos possuem material genético que está ligado a transmissão de características hereditárias e ao controle das funções metabólicas. OBS: Mais a frente estudaremos melhor os mecanismos da hereditariedade. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  34. 34. RESPONDE AOS ESTÍMULOS DO AMBIENTE Todos os seres vivos precisam manter certas condições estáveis independente das variações ocorridas no meio exterior, para isso todos os organismos vivos respondem aos estímulos do ambiente para manter um certo equilíbrio dinâmico que chamamos de homeostasia. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  35. 35. CAPACIDADE DE EVOLUIR Os seres vivos são capazes de sofrer mudanças ao longo do tempo, ou seja, evoluem. A teoria da evolução das espécies proposta por Charles Darwin e Walace explica de forma mais sistematizada esse processo. OBS: A Teoria da Evolução será estudada com mais profundidade à frente. BIOLOGIA Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte
  36. 36. CONTATO Email: professorcarlosdorte@yahoo.com.br Whatsapp 24988434098

×