SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Baixar para ler offline
Disciplina: Química
Profª: Alda e Cristina
09/04/2015
1
Pré-Vestibular Samora Machel
Universidade Federal do Rio de Janeiro
Conceitos fundamentais
Teorias Atômicas
2
Química
Ciência dedicada ao estudo da COMPOSIÇÃO, ESTRUTURA,
PROPRIEDADES e as TRANSFORMAÇÕES da MATÉRIA
3
Mas qual é a composição da matéria?
O ÁTOMO é a unidade fundamental da matéria, toda a matéria
é formada por átomos de diferentes elementos químicos
H2O
(Fe + C) e Cu
Politereftalato de etileno (PET)
(C10H8O4) n
4
Estudos sobre o átomo
Séc. IV a.C
Teoria dos
4 elementos
Aristóteles
Séc. V a.C
Demócrito
Leucipo
Demócrito
Leucipo
Atomismo
1803
Modelo de
Dalton
1897
Modelo de
Thomson
John Dalton Joseph John
Thomson
1911
Modelo de
Rutherford
Ernest
Rutherford
1913
Modelo de
Bohr
Niels Bohr
Teorias Atômicas
5
Atomismo
Filósofos gregos (Tales de Mileto, Leucipo de Mileto, Aristóteles,
Demócrito)
Análise racional da natureza, proposição de teorias a partir da observação
e da experiência
Consideravam as idéias eternas e perfeitas
Tales de Mileto água = constituinte básico da matéria
Anaxímenes de Mileto ar = constituinte básico da matéria
Aristóteles Teoria dos 4 elementos
Leucipo e Demócrito de Mileto átomo = constituinte básico da
matéria
Leucipo e Demócrito teriam proposto a existência dos átomos
a partir da observação dos grãos de areia em uma praia
6
Teorias Atômicas Modernas
Propostas com base em resultados experimentais
Foram adaptadas ao longo do tempo
Essenciais ao desenvolvimento da química moderna
I) Teoria atômica de Dalton
II) Teoria atômica de Thomson
III) Teoria atômica de Rutherford
IV) Teoria atômica de Bohr
7
Teoria Atômica de Dalton
Propostas com base nas leis ponderais de Lavoisier e Proust
Toda matéria é formada por átomos
O átomo consiste de uma esfera maciça, indivisível e indestrutível
Os átomos de um mesmo elemento são semelhantes entre si
Uma reação química consiste na combinação de átomos, que não são
modificados
Ficou conhecido como modelo da “BOLA DE BILHAR”
Falhas da teoria
Inexistência das sub-partículas
Ausência de cargas elétricas
Inexistência dos isótopos
1766-1844
A teoria atômica de Dalton representou um marco na história da química
pois foi a primeira a ser proposta com base em resultados experimentais
8
Teoria Atômica de Thomson
1856-1940
Descoberta do elétron (raios catódicos) e suas propriedades
Se propagam em linha reta
Possuem massa
Apresenta carga negativa
Nobel de Física - 1906
9
Teoria Atômica de Thomson
A teoria atômica de Thomson revelou a natureza elétrica e a divisibilidade do átomo,
contrariando a teoria proposta por Dalton
O átomo é divisível em uma partícula menor, o elétron
O átomo consiste de uma esfera positiva, onde os elétrons estariam
distribuídos de modo semelhante às passas em um pudim
Ficou conhecido como modelo do “PUDIM DE PASSAS ou PANETONE”
Falhas da teoria
Não explica a estabilidade elétrica do átomo
Ausência do núcleo
10
Teoria Atômica de Rutherford
Descoberta do núcleo do átomo e suas características
Carga positiva
Raio do núcleo = 10.000 a 100.000 vezes menor que o do átomo
Concentra praticamente toda a massa do átomo
1871-1937
Nobel de Química - 1908
11
Teoria Atômica de Rutherford
A teoria atômica de Rutherford teve uma grande contribuição quando em 1932 James Chadwick
descobriu os nêutrons
O átomo consiste de uma esfera com um núcleo positivo pequeníssimo
Os elétrons ficam em movimento ao redor do núcleo, de maneira
análoga aos planetas ao redor do sol, no sistema solar
A maior parte do átomo consiste de espaço vazio
Ficou conhecido como modelo “PLANETÁRIO” ou “SISTEMA SOLAR”
Falhas da teoria
Não explica a estabilidade do átomo (atrações e repulsões)
12
Teoria Atômica de Bohr
Elétrons em movimentos circulares ao redor do núcleo
Eletrosfera dividida em camadas (níveis energéticos)
Elétrons com energia quantizada
Transição entre os níveis energéticos
Também conhecido por modelo “RUTHERFORD-BOHR”
Falhas do modelo
Movimento dos elétrons em órbitas circulares
1885-1962
Nobel de Física- 1922
A teoria proposta por Bohr representou um grande passo no desenvolvimento da química quântica
13
As transições eletrônicas
Movimentando-se em uma mesma camada o elétron não absorve nem
emite energia
Ao receber energia o elétron é promovido para as camadas mais
externas
Ao retornar à camada onde estava inicialmente ele emite energia
luminosa
1 2 3 4 5 6 7
13
Evolução dos modelos atômicos
Estrutura atômica
Qualquer átomo no estado fundamental é neutro
Somente os elétrons estão envolvidos nas reações química
Um átomo é representado por seus números atômico (Z) e
de massa (A)
(-)
(+)
Eletrosfera
(sem carga)
X Símbolo do elemento
Z
A
Nº atômico = prótons
Na
11
23
Sódio
A = 23
Z= 11
11prótons
11 elétrons
12 nêutrons
(p)
(e-)
(n)
Elemento químico = conjunto de átomos com o mesmo nº atômico
15
Nº de massa = prótons + nêutrons
16
Tabela Periódica dos Elementos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

9º aula
9º aula9º aula
9º aula
 
Química distribuição eletronica
Química   distribuição eletronicaQuímica   distribuição eletronica
Química distribuição eletronica
 
Estrutura Atomica
Estrutura AtomicaEstrutura Atomica
Estrutura Atomica
 
O átomo
O átomoO átomo
O átomo
 
Aula polaridade, geometria molecular e forças intermoleculares
Aula   polaridade,  geometria molecular e forças intermolecularesAula   polaridade,  geometria molecular e forças intermoleculares
Aula polaridade, geometria molecular e forças intermoleculares
 
Átomos
ÁtomosÁtomos
Átomos
 
Geometria molecular
Geometria molecularGeometria molecular
Geometria molecular
 
Estrutura atômica
Estrutura atômica Estrutura atômica
Estrutura atômica
 
Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
 
Resumo conceitos fundamentais e teorias atomicas
Resumo   conceitos fundamentais e teorias atomicasResumo   conceitos fundamentais e teorias atomicas
Resumo conceitos fundamentais e teorias atomicas
 
Leis ponderais
Leis ponderaisLeis ponderais
Leis ponderais
 
Estrutura atômica e configuração eletrônica
Estrutura atômica e configuração eletrônicaEstrutura atômica e configuração eletrônica
Estrutura atômica e configuração eletrônica
 
1. introdução a química
1. introdução a química1. introdução a química
1. introdução a química
 
Teoria atomica
Teoria atomicaTeoria atomica
Teoria atomica
 
Aula 5 modelos atômicos
Aula 5   modelos atômicos Aula 5   modelos atômicos
Aula 5 modelos atômicos
 
O átomo
O átomoO átomo
O átomo
 
5. o átomo de dalton
5. o átomo de dalton5. o átomo de dalton
5. o átomo de dalton
 
Tabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º anoTabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º ano
 
Aula 1 Elementos SubstâNcias E Misturas2
Aula 1   Elementos SubstâNcias E Misturas2Aula 1   Elementos SubstâNcias E Misturas2
Aula 1 Elementos SubstâNcias E Misturas2
 
Introdução a Quimica orgânica
Introdução a Quimica orgânicaIntrodução a Quimica orgânica
Introdução a Quimica orgânica
 

Semelhante a Modelos atômicos

2. a constituição da matéria átomo
2. a constituição da matéria   átomo2. a constituição da matéria   átomo
2. a constituição da matéria átomokarlinha soares
 
Estrutura Atomica Coc 2010
Estrutura Atomica Coc 2010Estrutura Atomica Coc 2010
Estrutura Atomica Coc 2010Coc2010
 
Evolução dos modelos atômicos.docx
Evolução dos modelos atômicos.docxEvolução dos modelos atômicos.docx
Evolução dos modelos atômicos.docxColEstPolivalenteGoi
 
Modelos atomicos
Modelos atomicos Modelos atomicos
Modelos atomicos Laguat
 
Os principais modelos atômicos (física)
Os principais modelos atômicos (física)Os principais modelos atômicos (física)
Os principais modelos atômicos (física)Victor Said
 
3 - Modelos Atômicos - de Dalton a Bohr
3 - Modelos Atômicos - de Dalton a Bohr3 - Modelos Atômicos - de Dalton a Bohr
3 - Modelos Atômicos - de Dalton a BohrCharles Biral
 
Modelo AtôMico De Dalton E Thomson
Modelo AtôMico De Dalton E ThomsonModelo AtôMico De Dalton E Thomson
Modelo AtôMico De Dalton E Thomsonguestddc80fe
 
Evolução do modelo atómico
Evolução do modelo atómicoEvolução do modelo atómico
Evolução do modelo atómicoInês Mota
 
Apresentação1 1 trabalho- para cd
Apresentação1   1 trabalho- para cdApresentação1   1 trabalho- para cd
Apresentação1 1 trabalho- para cdFrancisco Serrenho
 
AULA 11_ Modelos Atômicos _ Química 1º Ano.pdf
AULA 11_ Modelos Atômicos _ Química 1º Ano.pdfAULA 11_ Modelos Atômicos _ Química 1º Ano.pdf
AULA 11_ Modelos Atômicos _ Química 1º Ano.pdfTiagoFerreira603165
 
Principais Características dos Modelos Atômicos
Principais Características dos Modelos AtômicosPrincipais Características dos Modelos Atômicos
Principais Características dos Modelos AtômicosGuilherme Max
 
Evolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicosEvolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicosPatrícia Morais
 
02a Modelos Atômicos de Dalton a Rutherford.pptx
02a Modelos Atômicos de Dalton a Rutherford.pptx02a Modelos Atômicos de Dalton a Rutherford.pptx
02a Modelos Atômicos de Dalton a Rutherford.pptxMarcela de Jesus
 
Modelos atômicos 2013 objetivo ituverava
Modelos  atômicos 2013   objetivo ituveravaModelos  atômicos 2013   objetivo ituverava
Modelos atômicos 2013 objetivo ituveravaJosé Marcelo Cangemi
 

Semelhante a Modelos atômicos (20)

2. a constituição da matéria átomo
2. a constituição da matéria   átomo2. a constituição da matéria   átomo
2. a constituição da matéria átomo
 
Estrutura Atomica Coc 2010
Estrutura Atomica Coc 2010Estrutura Atomica Coc 2010
Estrutura Atomica Coc 2010
 
Evolução dos modelos atômicos.docx
Evolução dos modelos atômicos.docxEvolução dos modelos atômicos.docx
Evolução dos modelos atômicos.docx
 
Modelos atomicos
Modelos atomicos Modelos atomicos
Modelos atomicos
 
Os principais modelos atômicos (física)
Os principais modelos atômicos (física)Os principais modelos atômicos (física)
Os principais modelos atômicos (física)
 
3 - Modelos Atômicos - de Dalton a Bohr
3 - Modelos Atômicos - de Dalton a Bohr3 - Modelos Atômicos - de Dalton a Bohr
3 - Modelos Atômicos - de Dalton a Bohr
 
Modelo AtôMico De Dalton E Thomson
Modelo AtôMico De Dalton E ThomsonModelo AtôMico De Dalton E Thomson
Modelo AtôMico De Dalton E Thomson
 
Evolução do modelo atómico
Evolução do modelo atómicoEvolução do modelo atómico
Evolução do modelo atómico
 
Apresentação1 1 trabalho- para cd
Apresentação1   1 trabalho- para cdApresentação1   1 trabalho- para cd
Apresentação1 1 trabalho- para cd
 
AULA 11_ Modelos Atômicos _ Química 1º Ano.pdf
AULA 11_ Modelos Atômicos _ Química 1º Ano.pdfAULA 11_ Modelos Atômicos _ Química 1º Ano.pdf
AULA 11_ Modelos Atômicos _ Química 1º Ano.pdf
 
STC - O àtomo
 STC - O àtomo STC - O àtomo
STC - O àtomo
 
Principais Características dos Modelos Atômicos
Principais Características dos Modelos AtômicosPrincipais Características dos Modelos Atômicos
Principais Características dos Modelos Atômicos
 
Modelos atõmicos
Modelos atõmicosModelos atõmicos
Modelos atõmicos
 
Evolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicosEvolução dos modelos atómicos
Evolução dos modelos atómicos
 
Modelos atômicos 2013 coc
Modelos  atômicos 2013   cocModelos  atômicos 2013   coc
Modelos atômicos 2013 coc
 
Física - Calorimetria
Física - CalorimetriaFísica - Calorimetria
Física - Calorimetria
 
02a Modelos Atômicos de Dalton a Rutherford.pptx
02a Modelos Atômicos de Dalton a Rutherford.pptx02a Modelos Atômicos de Dalton a Rutherford.pptx
02a Modelos Atômicos de Dalton a Rutherford.pptx
 
Atomistica Adnaldo.ppt
Atomistica Adnaldo.pptAtomistica Adnaldo.ppt
Atomistica Adnaldo.ppt
 
Aula química do petróleo
Aula química do petróleoAula química do petróleo
Aula química do petróleo
 
Modelos atômicos 2013 objetivo ituverava
Modelos  atômicos 2013   objetivo ituveravaModelos  atômicos 2013   objetivo ituverava
Modelos atômicos 2013 objetivo ituverava
 

Mais de Profª Alda Ernestina

Seminario didático de pesquisa - Mestrado
Seminario didático de pesquisa - MestradoSeminario didático de pesquisa - Mestrado
Seminario didático de pesquisa - MestradoProfª Alda Ernestina
 
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-CorrenteApresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-CorrenteProfª Alda Ernestina
 
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de DoutoradoApresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de DoutoradoProfª Alda Ernestina
 
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...Profª Alda Ernestina
 
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificaçãoApresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificaçãoProfª Alda Ernestina
 
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos NaturaisExame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos NaturaisProfª Alda Ernestina
 
Aula - Via biossintética do Acetato-Malonato
Aula - Via biossintética do Acetato-MalonatoAula - Via biossintética do Acetato-Malonato
Aula - Via biossintética do Acetato-MalonatoProfª Alda Ernestina
 
Exercícios - Reações orgânicas eliminação, substituição e oxidação
Exercícios - Reações orgânicas  eliminação, substituição e oxidação  Exercícios - Reações orgânicas  eliminação, substituição e oxidação
Exercícios - Reações orgânicas eliminação, substituição e oxidação Profª Alda Ernestina
 
Reações de oxidação em compostos orgânicos
Reações de oxidação em compostos orgânicosReações de oxidação em compostos orgânicos
Reações de oxidação em compostos orgânicosProfª Alda Ernestina
 
Resumo - reações de adição na química orgânica
Resumo - reações de adição na química orgânicaResumo - reações de adição na química orgânica
Resumo - reações de adição na química orgânicaProfª Alda Ernestina
 
Lista de exercícios ácido-base e reações de adição
Lista de exercícios   ácido-base e reações de adiçãoLista de exercícios   ácido-base e reações de adição
Lista de exercícios ácido-base e reações de adiçãoProfª Alda Ernestina
 
Exercicios reações de eliminação
Exercicios reações de eliminaçãoExercicios reações de eliminação
Exercicios reações de eliminaçãoProfª Alda Ernestina
 
Exercicios reações de substituição
Exercicios   reações de substituiçãoExercicios   reações de substituição
Exercicios reações de substituiçãoProfª Alda Ernestina
 
Exercícios de revisão reações orgânicas
Exercícios  de revisão   reações orgânicasExercícios  de revisão   reações orgânicas
Exercícios de revisão reações orgânicasProfª Alda Ernestina
 
Acidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânicaAcidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânicaProfª Alda Ernestina
 
Lista de exercicios reações químicas
Lista de exercicios   reações químicasLista de exercicios   reações químicas
Lista de exercicios reações químicasProfª Alda Ernestina
 

Mais de Profª Alda Ernestina (20)

Seminário didático - Doutorado
Seminário didático - Doutorado  Seminário didático - Doutorado
Seminário didático - Doutorado
 
Seminario didático de pesquisa - Mestrado
Seminario didático de pesquisa - MestradoSeminario didático de pesquisa - Mestrado
Seminario didático de pesquisa - Mestrado
 
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-CorrenteApresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
Apresentação de Seminário sobre Cromatografia Contra-Corrente
 
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de DoutoradoApresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
Apresentação de Proposta para Projeto de Pesquisa de Doutorado
 
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
Avaliação do Potencial Antioxidante e Caracterização Química das Frações Crom...
 
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificaçãoApresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
Apresentação de proposta de projeto de pesquisa para exame de qualificação
 
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos NaturaisExame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
Exame de qualificação - Doutorado em Química de Produtos Naturais
 
Aula - Via biossintética do Acetato-Malonato
Aula - Via biossintética do Acetato-MalonatoAula - Via biossintética do Acetato-Malonato
Aula - Via biossintética do Acetato-Malonato
 
Exercícios - Reações orgânicas eliminação, substituição e oxidação
Exercícios - Reações orgânicas  eliminação, substituição e oxidação  Exercícios - Reações orgânicas  eliminação, substituição e oxidação
Exercícios - Reações orgânicas eliminação, substituição e oxidação
 
Aula - Reações de polimerização
Aula - Reações de polimerizaçãoAula - Reações de polimerização
Aula - Reações de polimerização
 
Reações de polimerização
Reações de polimerização Reações de polimerização
Reações de polimerização
 
Reações de oxidação em compostos orgânicos
Reações de oxidação em compostos orgânicosReações de oxidação em compostos orgânicos
Reações de oxidação em compostos orgânicos
 
Resumo - reações de adição na química orgânica
Resumo - reações de adição na química orgânicaResumo - reações de adição na química orgânica
Resumo - reações de adição na química orgânica
 
Lista de exercícios ácido-base e reações de adição
Lista de exercícios   ácido-base e reações de adiçãoLista de exercícios   ácido-base e reações de adição
Lista de exercícios ácido-base e reações de adição
 
Exercicios reações de eliminação
Exercicios reações de eliminaçãoExercicios reações de eliminação
Exercicios reações de eliminação
 
Exercicios reações de substituição
Exercicios   reações de substituiçãoExercicios   reações de substituição
Exercicios reações de substituição
 
Exercícios de revisão reações orgânicas
Exercícios  de revisão   reações orgânicasExercícios  de revisão   reações orgânicas
Exercícios de revisão reações orgânicas
 
Acidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânicaAcidez e basicidade na química orgânica
Acidez e basicidade na química orgânica
 
Lista de exercicios revisão
Lista de exercicios   revisãoLista de exercicios   revisão
Lista de exercicios revisão
 
Lista de exercicios reações químicas
Lista de exercicios   reações químicasLista de exercicios   reações químicas
Lista de exercicios reações químicas
 

Último

Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 

Último (20)

Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 

Modelos atômicos

  • 1. Disciplina: Química Profª: Alda e Cristina 09/04/2015 1 Pré-Vestibular Samora Machel Universidade Federal do Rio de Janeiro Conceitos fundamentais Teorias Atômicas
  • 2. 2 Química Ciência dedicada ao estudo da COMPOSIÇÃO, ESTRUTURA, PROPRIEDADES e as TRANSFORMAÇÕES da MATÉRIA
  • 3. 3 Mas qual é a composição da matéria? O ÁTOMO é a unidade fundamental da matéria, toda a matéria é formada por átomos de diferentes elementos químicos H2O (Fe + C) e Cu Politereftalato de etileno (PET) (C10H8O4) n
  • 4. 4 Estudos sobre o átomo Séc. IV a.C Teoria dos 4 elementos Aristóteles Séc. V a.C Demócrito Leucipo Demócrito Leucipo Atomismo 1803 Modelo de Dalton 1897 Modelo de Thomson John Dalton Joseph John Thomson 1911 Modelo de Rutherford Ernest Rutherford 1913 Modelo de Bohr Niels Bohr Teorias Atômicas
  • 5. 5 Atomismo Filósofos gregos (Tales de Mileto, Leucipo de Mileto, Aristóteles, Demócrito) Análise racional da natureza, proposição de teorias a partir da observação e da experiência Consideravam as idéias eternas e perfeitas Tales de Mileto água = constituinte básico da matéria Anaxímenes de Mileto ar = constituinte básico da matéria Aristóteles Teoria dos 4 elementos Leucipo e Demócrito de Mileto átomo = constituinte básico da matéria Leucipo e Demócrito teriam proposto a existência dos átomos a partir da observação dos grãos de areia em uma praia
  • 6. 6 Teorias Atômicas Modernas Propostas com base em resultados experimentais Foram adaptadas ao longo do tempo Essenciais ao desenvolvimento da química moderna I) Teoria atômica de Dalton II) Teoria atômica de Thomson III) Teoria atômica de Rutherford IV) Teoria atômica de Bohr
  • 7. 7 Teoria Atômica de Dalton Propostas com base nas leis ponderais de Lavoisier e Proust Toda matéria é formada por átomos O átomo consiste de uma esfera maciça, indivisível e indestrutível Os átomos de um mesmo elemento são semelhantes entre si Uma reação química consiste na combinação de átomos, que não são modificados Ficou conhecido como modelo da “BOLA DE BILHAR” Falhas da teoria Inexistência das sub-partículas Ausência de cargas elétricas Inexistência dos isótopos 1766-1844 A teoria atômica de Dalton representou um marco na história da química pois foi a primeira a ser proposta com base em resultados experimentais
  • 8. 8 Teoria Atômica de Thomson 1856-1940 Descoberta do elétron (raios catódicos) e suas propriedades Se propagam em linha reta Possuem massa Apresenta carga negativa Nobel de Física - 1906
  • 9. 9 Teoria Atômica de Thomson A teoria atômica de Thomson revelou a natureza elétrica e a divisibilidade do átomo, contrariando a teoria proposta por Dalton O átomo é divisível em uma partícula menor, o elétron O átomo consiste de uma esfera positiva, onde os elétrons estariam distribuídos de modo semelhante às passas em um pudim Ficou conhecido como modelo do “PUDIM DE PASSAS ou PANETONE” Falhas da teoria Não explica a estabilidade elétrica do átomo Ausência do núcleo
  • 10. 10 Teoria Atômica de Rutherford Descoberta do núcleo do átomo e suas características Carga positiva Raio do núcleo = 10.000 a 100.000 vezes menor que o do átomo Concentra praticamente toda a massa do átomo 1871-1937 Nobel de Química - 1908
  • 11. 11 Teoria Atômica de Rutherford A teoria atômica de Rutherford teve uma grande contribuição quando em 1932 James Chadwick descobriu os nêutrons O átomo consiste de uma esfera com um núcleo positivo pequeníssimo Os elétrons ficam em movimento ao redor do núcleo, de maneira análoga aos planetas ao redor do sol, no sistema solar A maior parte do átomo consiste de espaço vazio Ficou conhecido como modelo “PLANETÁRIO” ou “SISTEMA SOLAR” Falhas da teoria Não explica a estabilidade do átomo (atrações e repulsões)
  • 12. 12 Teoria Atômica de Bohr Elétrons em movimentos circulares ao redor do núcleo Eletrosfera dividida em camadas (níveis energéticos) Elétrons com energia quantizada Transição entre os níveis energéticos Também conhecido por modelo “RUTHERFORD-BOHR” Falhas do modelo Movimento dos elétrons em órbitas circulares 1885-1962 Nobel de Física- 1922 A teoria proposta por Bohr representou um grande passo no desenvolvimento da química quântica
  • 13. 13 As transições eletrônicas Movimentando-se em uma mesma camada o elétron não absorve nem emite energia Ao receber energia o elétron é promovido para as camadas mais externas Ao retornar à camada onde estava inicialmente ele emite energia luminosa 1 2 3 4 5 6 7 13
  • 15. Estrutura atômica Qualquer átomo no estado fundamental é neutro Somente os elétrons estão envolvidos nas reações química Um átomo é representado por seus números atômico (Z) e de massa (A) (-) (+) Eletrosfera (sem carga) X Símbolo do elemento Z A Nº atômico = prótons Na 11 23 Sódio A = 23 Z= 11 11prótons 11 elétrons 12 nêutrons (p) (e-) (n) Elemento químico = conjunto de átomos com o mesmo nº atômico 15 Nº de massa = prótons + nêutrons