Introdução a teologia aula 3

406 visualizações

Publicada em

aula da faecad

Publicada em: Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
406
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução a teologia aula 3

  1. 1. FACULDADE EVANGÉLICA DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS (FAECAD) INSTITUTO BÍBLICO DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (IBADERJ) INSTITUTO DE ENSINO TEOLÓGICO DE PETRÓPOLIS (IETEP) INTRODUÇÃO A TEOLOGIA AULA 3
  2. 2. DEFINIÇÕES “Fides quaerens intellectum*” (fé em busca de Entendimento) Essa é a Definição de Anselmo de Cantuária**, que em seu Proslógio***, Afirma que a Teologia é a fé em busca de compreensão, é uma fé que busca entender as razões da crença e dessa forma, fé e razão são complementares, sendo a razão na teologia, precedida pela fé de forma que Anselmo, regatando Agostinho, afirma: “Não busco compreender para crer, mas creio para compreender”. * Pg 34- Uma introdução a teologia ** http://www.mackenzie.br/6940.html *** Pg 18, 19 e 20 - Teoria do Método Teológico REFERÊNCIA BÍBLICA Is 7. 9b
  3. 3. DEFINIÇÕES “ut intelligamus quod credimus*” (para compreender aquilo que cremos) Se cremos precisamos desejar e fazer todos os esforços para conhecer, veja o que diz Ricardo de São Vitor em sua De Trinitate: “Que ardor não devemos ter por esta fé na qual todo bem tem seu fundamento e encontra sua firmeza! Mas se a fé é a origem de todo bem, o conhecimento é sua consumação em perfeição. Lancemo- nos, pois, em direção `a perfeição e, por toda série de progressos possíveis, avancemos apressadamente da fé para o conhecimento. Façamos todos os esforços possíveis para compreender aquilo que cremos.” * Pg 12 - Teoria do Método Teológico REFERÊNCIA BÍBLICA Os 6. 3 e 1 Co 13. 12
  4. 4. DEFINIÇÕES “Teologia genuflexa*” (A primeira posição do teólogo é de joelhos) Teologia também é Experiência de adoração, diante da grandeza da revelação divina, estudada na teologia, há uma perplexidade, fruto da relação com a pessoa divina, mergulhado na experiência da fé, nesse sentido, vejamos o que diz Karl Barth.** “O objeto do labor teológico não vem a ser “Algo” nem “Algo superior absoluto”... É antes “Alguém” não “uma coisa” “Ele”, o Uno, que existe não qual “ser-em-si”, passivo e mudo, mas que se revela em sua obra, que, como tal, é também a sua Palavra.” *Pg 33 - Teoria do Método Teológico ** http://kbarth.org/ REFERÊNCIA BÍBLICA Tg 4. 8a
  5. 5. DEFINIÇÕES “Teologia e fé prática*” (A primeira posição do teólogo é de joelhos) O Conhecimento e a fé em Deus exigem respostas, na medida em que nos colocamos no caminho do labor teológico, somos chamados às respostas, necessidade confirmada pela máxima protestante, “não somos salvos pelas obras mas para as obras”, vejamos o que diz Gustavo Gutiérrez.** “Isso nos levará a estarmos especialmente atentos à vida da Igreja no mundo, aos compromissos que os cristãos, impelidos pelo Espírito e em comunhão com outros homens, vão assumindo na história. *Pg 35 - Teoria do Método Teológico ** Libânio, J.B: Gustavo Gutiérrez, São Paulo:Edições Loyola, 2004. REFERÊNCIA BÍBLICA Tg 4. 8a
  6. 6. DEFINIÇÕES “Três modelos de teologia propostos por Sawyer*” *Pg 26 - Uma Introdução a Teologia.
  7. 7. DEFINIÇÕES “Teologia como sapientia*” (Sabedoria) Como sabedoria a teologia leva os homens a um relacionamento com Deus. Nesse sentido, vejamos o que diz William Ames.** “Teologia é o ensino do viver para Deus” REFERÊNCIA BÍBLICA Rm 10. 14 *Pg 26 - Uma Introdução a Teologia. **http://global.britannica.com/biography /William-Ames
  8. 8. DEFINIÇÕES “Teologia como scientia*” (Ciência) Com a ascensão do escolasticismo**, a Teologia era vista como “a rainha das ciências”, em busca e na defesa das grandes verdades da fé. “Mas a sagrada ciência não é somente a mais perfeita das ciências, ela é também a sabedoria suprema.” REFERÊNCIA BÍBLICA Jo 17. 17 *Pg 26 - Uma Introdução a Teologia.
  9. 9. DEFINIÇÕES “Teologia como orthopraxia*” (Ação correta) O conhecimento teológico é visto como condicionante de uma forma de viver e de praticar a fé coerente com as verdades conhecidas no labor Teológico. Nesse sentido, Rushdoony faz a seguinte afirmação. “A tarefa da Teologia Sistemática deve ser pensamento para a ação, em termos de conhecer, obedecer e honrar a Deus no cumprimento de seu mandato.” REFERÊNCIA BÍBLICA Mt 7. 24 *Pg 26 - Uma Introdução a Teologia.
  10. 10. DEFINIÇÕES Para que serve a teologia?
  11. 11. OBRIGADOOBRIGADO Professor Carlos Alexandre Ribeiro Dorte E-mail: professorcarlosdorte@yahoo.com.br (24) 98843-4098 Carlos Alexandre Ribeiro Dorte

×