SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
INSTITUTO DE ENSINO TEOLÓGICO DE PETRÓPOLIS
EXTENSÃO POSSE
“O temor do
Senhor é o
princípio da
sabedoria...”
Pv 9. 10a
PROVÉRBIOS
TÍTULO DO LIVRO
Bíblia hebraica:(Mishlei Shelomoh) = Provérbios de Salomão
O título Mishle quer dizer
comparação ou provérbios, é
provável que seja derivado do
verbo mashal (governar)
PROVÉRBIOS
TÍTULO DO LIVRO
Em português: “Provérbio” = sentença sucinta de caráter popular,
rica em imagens, que sintetiza uma lição; adágio; ditado.
PROVÉRBIOS
AUTOR
•Salomão foi o autor ou compilador dos capítulos 1 – 24 (Ref. 1.1; 10.
1)
•Salomão foi o autor e os Servos de Ezequias foram os compiladores
dos capítulos 25 – 29 (Ref. 25. 1)
•Agur foi o autor do capítulo 30 (Ref. 30. 1) pouco se sabe a seu
respeito.
•O Rei Lemuel foi o autor do capítulo 31 que registram os conselhos
de sua mãe (Ref. 31. 1) Pouco se sabe sobre ele, alguns especulam
que tenha sido um Rei Árabe ou um pseudônimo usado por Salomão
para registrar os conselhos dados por Bate-Seba.
PROVÉRBIOS
DATA
950 a.C. (metade do reinado de Salomão) Capítulos 1 – 24
700 a.C. capítulos 25 – 31
PROVÉRBIOS
OBJETIVOS DO LIVRO DE PROVÉRBIOS
•Ensinar e exaltar um estilo de vida sábio que se caracteriza por
pautar a vida segundo o padrão divino
•Advertir acerca dos perigos de viver uma vida pautada pelos ditames
ou paixões da natureza
PROVÉRBIOS
SALMOS PROVÉRBIOS
RELACIONAMENTO DO
HOMEM COM DEUS
RELACIONAMENTO ENTRE
OS HOMENS
É DIRIGIDO À DEUS É DIRIGIDO AOS HOMENS
MANUAL CÚLTICO MANUAL ÉTICO
PROVÉRBIOS
A SABEDORIA
A sabedoria é o tema central do livro de Provérbios, e está
apresentada por três termos:
•“Sabedoria” (Chokhmá) 57 vezes: Pv. 1. 2, 7, 20 etc.
•“Entendimento” ou “Discernimento” (Biná) 24 vezes: Pv.
1. 2, 5; Pv 2. 2, 3. etc.
•“Sensatez” (Tushiyyá) 5 vezes: Pv 2. 7; Pv 3. 21 etc.
PROVÉRBIOS
DIVERSOS NÍVEIS DE INSENSATEZ
Provérbios apresenta o insensato em contraste com o
sábio.
•“Tolo” (pethi) 30 vezes: Pv. 1. 4, 22, 32 etc.
•“Louco” ou “Insensato” (`ewil e kesil) 20 vezes: Pv. 1. 7,
22, 32; Pv 3. 35 etc.
•“Zombador” (lits) 4 vezes: Pv 1. 22; Pv 9. 7, 8 etc.
OBRIGADO
Até a próxima aula

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Cantares
CantaresCantares
Cantares
 
Teologia de deuteronômio
Teologia de deuteronômioTeologia de deuteronômio
Teologia de deuteronômio
 
32. O Profeta Ezequiel
32. O Profeta Ezequiel32. O Profeta Ezequiel
32. O Profeta Ezequiel
 
8. O Livro de Números
8. O Livro de Números8. O Livro de Números
8. O Livro de Números
 
Os livros de 1 e 2 Samuel
Os livros de 1 e 2 SamuelOs livros de 1 e 2 Samuel
Os livros de 1 e 2 Samuel
 
Panorama do AT - Reis 1 e 2
Panorama do AT - Reis 1 e 2Panorama do AT - Reis 1 e 2
Panorama do AT - Reis 1 e 2
 
55 Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
55   Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)55   Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
55 Estudo Panorâmico da Bíblia (O Livro de Neemias)
 
Aula 11 - Livros Poéticos
Aula 11 - Livros PoéticosAula 11 - Livros Poéticos
Aula 11 - Livros Poéticos
 
Panorama Antigo Testamento
Panorama Antigo TestamentoPanorama Antigo Testamento
Panorama Antigo Testamento
 
Aula 04 e 05 provérbios
Aula 04 e 05   provérbiosAula 04 e 05   provérbios
Aula 04 e 05 provérbios
 
29. O profeta Isaías
29. O profeta Isaías29. O profeta Isaías
29. O profeta Isaías
 
Aula 4 - Levíticos
Aula 4 - LevíticosAula 4 - Levíticos
Aula 4 - Levíticos
 
Panorama do pentateuco
Panorama do pentateucoPanorama do pentateuco
Panorama do pentateuco
 
Proféticos 3 Lamentações
Proféticos 3 LamentaçõesProféticos 3 Lamentações
Proféticos 3 Lamentações
 
Deuteronomio 1
Deuteronomio 1Deuteronomio 1
Deuteronomio 1
 
Panorama do AT - Salmos
Panorama do AT - SalmosPanorama do AT - Salmos
Panorama do AT - Salmos
 
Livros Poéticos - Estudo do livro de salmos
Livros Poéticos - Estudo do livro de salmosLivros Poéticos - Estudo do livro de salmos
Livros Poéticos - Estudo do livro de salmos
 
10. O Livro de Josué
10. O Livro de Josué10. O Livro de Josué
10. O Livro de Josué
 
A Bíblia (Aula 7): Livros Poéticos
A Bíblia (Aula 7): Livros PoéticosA Bíblia (Aula 7): Livros Poéticos
A Bíblia (Aula 7): Livros Poéticos
 
10 periodo de israel em canaa e juizes
10  periodo de israel em canaa e juizes10  periodo de israel em canaa e juizes
10 periodo de israel em canaa e juizes
 

Destaque

Cartilla planificacion-curricular-documento-de-trabajo-minedu
Cartilla planificacion-curricular-documento-de-trabajo-mineduCartilla planificacion-curricular-documento-de-trabajo-minedu
Cartilla planificacion-curricular-documento-de-trabajo-mineduKaryn Merlyn Corzo Valdiviezo
 
Propriedades da matéria
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matériaRoberta Almeida
 
Massa atômica, massa molecular, mol
Massa atômica, massa molecular, molMassa atômica, massa molecular, mol
Massa atômica, massa molecular, molprofaugustosergio
 
Propriedades da matéria (1)
Propriedades da matéria (1)Propriedades da matéria (1)
Propriedades da matéria (1)santanaciencias
 
Ficha de evaluación_del_desempeño_docente_2017-_final
Ficha de evaluación_del_desempeño_docente_2017-_finalFicha de evaluación_del_desempeño_docente_2017-_final
Ficha de evaluación_del_desempeño_docente_2017-_finalKaryn Merlyn Corzo Valdiviezo
 
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedadesCarolina Suisso
 
How to Become a Thought Leader in Your Niche
How to Become a Thought Leader in Your NicheHow to Become a Thought Leader in Your Niche
How to Become a Thought Leader in Your NicheLeslie Samuel
 

Destaque (8)

Eclesiastes
EclesiastesEclesiastes
Eclesiastes
 
Cartilla planificacion-curricular-documento-de-trabajo-minedu
Cartilla planificacion-curricular-documento-de-trabajo-mineduCartilla planificacion-curricular-documento-de-trabajo-minedu
Cartilla planificacion-curricular-documento-de-trabajo-minedu
 
Propriedades da matéria
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matéria
 
Massa atômica, massa molecular, mol
Massa atômica, massa molecular, molMassa atômica, massa molecular, mol
Massa atômica, massa molecular, mol
 
Propriedades da matéria (1)
Propriedades da matéria (1)Propriedades da matéria (1)
Propriedades da matéria (1)
 
Ficha de evaluación_del_desempeño_docente_2017-_final
Ficha de evaluación_del_desempeño_docente_2017-_finalFicha de evaluación_del_desempeño_docente_2017-_final
Ficha de evaluación_del_desempeño_docente_2017-_final
 
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
 
How to Become a Thought Leader in Your Niche
How to Become a Thought Leader in Your NicheHow to Become a Thought Leader in Your Niche
How to Become a Thought Leader in Your Niche
 

Semelhante a Provérbios

O valor dos bons conselhos
O valor dos bons conselhosO valor dos bons conselhos
O valor dos bons conselhosMoisés Sampaio
 
Lição 1 do 4º trimestre O Valor dos Bons Conselhos.
Lição 1 do 4º trimestre  O Valor dos Bons Conselhos.Lição 1 do 4º trimestre  O Valor dos Bons Conselhos.
Lição 1 do 4º trimestre O Valor dos Bons Conselhos.Antonio Fernandes
 
Lições biblicas 4 trimestre liçao 1
Lições biblicas 4 trimestre liçao 1Lições biblicas 4 trimestre liçao 1
Lições biblicas 4 trimestre liçao 1vandiney
 
126450661 introducao-ao-livro-de-proverbios
126450661 introducao-ao-livro-de-proverbios126450661 introducao-ao-livro-de-proverbios
126450661 introducao-ao-livro-de-proverbiosEvaldo Azevedo
 
Lições Bíblicas CPAD 4º trimestre 2013 - Lição 1
Lições Bíblicas CPAD   4º trimestre 2013 - Lição 1Lições Bíblicas CPAD   4º trimestre 2013 - Lição 1
Lições Bíblicas CPAD 4º trimestre 2013 - Lição 1Anderson Silva
 
A Função dos Provérbios na Sabedoria Judaica
A Função dos Provérbios na Sabedoria JudaicaA Função dos Provérbios na Sabedoria Judaica
A Função dos Provérbios na Sabedoria JudaicaKleberMaia8
 
Livros Poéticos.pptx
Livros Poéticos.pptxLivros Poéticos.pptx
Livros Poéticos.pptxIBADPirapora
 
Livros poéticos – Salmos e provérbios.pptx
Livros poéticos – Salmos e provérbios.pptxLivros poéticos – Salmos e provérbios.pptx
Livros poéticos – Salmos e provérbios.pptxRodrigoSilvaArqueolo
 
Livros Poéticos - Provérbios.pptx
Livros Poéticos - Provérbios.pptxLivros Poéticos - Provérbios.pptx
Livros Poéticos - Provérbios.pptxDouglasMoraes54
 
12 - panorama do AT -proverbios, eclesiastes e cantares.pptx
12 - panorama do AT -proverbios, eclesiastes e cantares.pptx12 - panorama do AT -proverbios, eclesiastes e cantares.pptx
12 - panorama do AT -proverbios, eclesiastes e cantares.pptxPIB Penha
 
Aula 02 - Introdução ao estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo 2019-04-14....
Aula 02 - Introdução ao estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo 2019-04-14....Aula 02 - Introdução ao estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo 2019-04-14....
Aula 02 - Introdução ao estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo 2019-04-14....LuizHenriqueTDias
 
AULA 1 A 8 - LIVROS POÉTICOS.pptx
AULA 1 A 8 - LIVROS POÉTICOS.pptxAULA 1 A 8 - LIVROS POÉTICOS.pptx
AULA 1 A 8 - LIVROS POÉTICOS.pptxangeloduarte15
 
O tempo para todas as coisas
O tempo para todas as coisasO tempo para todas as coisas
O tempo para todas as coisasMoisés Sampaio
 
Lição 01 (o valor dos bons conselhos)
Lição 01 (o valor dos bons conselhos)Lição 01 (o valor dos bons conselhos)
Lição 01 (o valor dos bons conselhos)Antonio Filho
 

Semelhante a Provérbios (20)

O valor dos bons conselhos
O valor dos bons conselhosO valor dos bons conselhos
O valor dos bons conselhos
 
Lição 1 do 4º trimestre O Valor dos Bons Conselhos.
Lição 1 do 4º trimestre  O Valor dos Bons Conselhos.Lição 1 do 4º trimestre  O Valor dos Bons Conselhos.
Lição 1 do 4º trimestre O Valor dos Bons Conselhos.
 
Lições biblicas 4 trimestre liçao 1
Lições biblicas 4 trimestre liçao 1Lições biblicas 4 trimestre liçao 1
Lições biblicas 4 trimestre liçao 1
 
Lição 1
Lição 1Lição 1
Lição 1
 
126450661 introducao-ao-livro-de-proverbios
126450661 introducao-ao-livro-de-proverbios126450661 introducao-ao-livro-de-proverbios
126450661 introducao-ao-livro-de-proverbios
 
Lições Bíblicas CPAD 4º trimestre 2013 - Lição 1
Lições Bíblicas CPAD   4º trimestre 2013 - Lição 1Lições Bíblicas CPAD   4º trimestre 2013 - Lição 1
Lições Bíblicas CPAD 4º trimestre 2013 - Lição 1
 
Esboço do livro de provérbios
Esboço do livro de provérbiosEsboço do livro de provérbios
Esboço do livro de provérbios
 
A Função dos Provérbios na Sabedoria Judaica
A Função dos Provérbios na Sabedoria JudaicaA Função dos Provérbios na Sabedoria Judaica
A Função dos Provérbios na Sabedoria Judaica
 
Livros Poéticos.pptx
Livros Poéticos.pptxLivros Poéticos.pptx
Livros Poéticos.pptx
 
Livros poéticos – Salmos e provérbios.pptx
Livros poéticos – Salmos e provérbios.pptxLivros poéticos – Salmos e provérbios.pptx
Livros poéticos – Salmos e provérbios.pptx
 
Livros Poéticos - Provérbios.pptx
Livros Poéticos - Provérbios.pptxLivros Poéticos - Provérbios.pptx
Livros Poéticos - Provérbios.pptx
 
Lição 1 - O Valor dos Bons Conselhos
Lição 1 - O Valor dos Bons ConselhosLição 1 - O Valor dos Bons Conselhos
Lição 1 - O Valor dos Bons Conselhos
 
12 - panorama do AT -proverbios, eclesiastes e cantares.pptx
12 - panorama do AT -proverbios, eclesiastes e cantares.pptx12 - panorama do AT -proverbios, eclesiastes e cantares.pptx
12 - panorama do AT -proverbios, eclesiastes e cantares.pptx
 
PANORAMA_DO_AT_3.ppt
PANORAMA_DO_AT_3.pptPANORAMA_DO_AT_3.ppt
PANORAMA_DO_AT_3.ppt
 
Aula 02 - Introdução ao estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo 2019-04-14....
Aula 02 - Introdução ao estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo 2019-04-14....Aula 02 - Introdução ao estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo 2019-04-14....
Aula 02 - Introdução ao estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo 2019-04-14....
 
AULA 1 A 8 - LIVROS POÉTICOS.pptx
AULA 1 A 8 - LIVROS POÉTICOS.pptxAULA 1 A 8 - LIVROS POÉTICOS.pptx
AULA 1 A 8 - LIVROS POÉTICOS.pptx
 
O tempo para todas as coisas
O tempo para todas as coisasO tempo para todas as coisas
O tempo para todas as coisas
 
Lição 01 (o valor dos bons conselhos)
Lição 01 (o valor dos bons conselhos)Lição 01 (o valor dos bons conselhos)
Lição 01 (o valor dos bons conselhos)
 
Aula 003
Aula 003Aula 003
Aula 003
 
Introdução ao estudo da hermenêutica 1
Introdução ao estudo da hermenêutica 1Introdução ao estudo da hermenêutica 1
Introdução ao estudo da hermenêutica 1
 

Mais de Carlos Alexandre Ribeiro Dorte

Aula de características gerais dos seres vivos ensino médio
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médioAula de características gerais dos seres vivos ensino médio
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médioCarlos Alexandre Ribeiro Dorte
 

Mais de Carlos Alexandre Ribeiro Dorte (20)

1° trimestre 2018 lição 8 pr. carlos alexandre
1° trimestre 2018 lição 8 pr. carlos alexandre1° trimestre 2018 lição 8 pr. carlos alexandre
1° trimestre 2018 lição 8 pr. carlos alexandre
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
 
4° trimestre 2017 lição 12 pr. carlos alexandre
4° trimestre 2017 lição 12 pr. carlos alexandre4° trimestre 2017 lição 12 pr. carlos alexandre
4° trimestre 2017 lição 12 pr. carlos alexandre
 
Correção de exercícios (Répteis) 7° ano APOEMA
Correção de exercícios (Répteis) 7° ano APOEMACorreção de exercícios (Répteis) 7° ano APOEMA
Correção de exercícios (Répteis) 7° ano APOEMA
 
Cristologia
CristologiaCristologia
Cristologia
 
Subsídio da lição 5 adultos
Subsídio da lição 5 adultosSubsídio da lição 5 adultos
Subsídio da lição 5 adultos
 
Subsídio da lição 3 juvenis
Subsídio da lição 3 juvenisSubsídio da lição 3 juvenis
Subsídio da lição 3 juvenis
 
Lição 1 juvenis 3° trimestre 2017
Lição 1 juvenis 3° trimestre 2017Lição 1 juvenis 3° trimestre 2017
Lição 1 juvenis 3° trimestre 2017
 
Fermentação
FermentaçãoFermentação
Fermentação
 
Fotossíntese
FotossínteseFotossíntese
Fotossíntese
 
Noite astronômica
Noite astronômicaNoite astronômica
Noite astronômica
 
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médio
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médioAula de características gerais dos seres vivos ensino médio
Aula de características gerais dos seres vivos ensino médio
 
Introdução a teologia aula 4
Introdução a teologia aula 4Introdução a teologia aula 4
Introdução a teologia aula 4
 
Introdução a teologia aula 3
Introdução a teologia aula 3Introdução a teologia aula 3
Introdução a teologia aula 3
 
Introdução a teologia aula 2
Introdução a teologia aula 2Introdução a teologia aula 2
Introdução a teologia aula 2
 
Introdução a teologia aula 1
Introdução a teologia aula 1Introdução a teologia aula 1
Introdução a teologia aula 1
 
História e os objetivos da escola bíblica dominical
História e os objetivos da escola bíblica dominicalHistória e os objetivos da escola bíblica dominical
História e os objetivos da escola bíblica dominical
 
Aula de características gerais dos seres vivos
Aula de características gerais dos seres vivosAula de características gerais dos seres vivos
Aula de características gerais dos seres vivos
 
A origem da vida
A origem da vidaA origem da vida
A origem da vida
 
O átomo
O átomoO átomo
O átomo
 

Último

ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdflbgsouza
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxMartin M Flynn
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdfLindinhaSilva1
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 

Último (20)

ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 

Provérbios

  • 1. INSTITUTO DE ENSINO TEOLÓGICO DE PETRÓPOLIS EXTENSÃO POSSE “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria...” Pv 9. 10a
  • 2. PROVÉRBIOS TÍTULO DO LIVRO Bíblia hebraica:(Mishlei Shelomoh) = Provérbios de Salomão O título Mishle quer dizer comparação ou provérbios, é provável que seja derivado do verbo mashal (governar)
  • 3. PROVÉRBIOS TÍTULO DO LIVRO Em português: “Provérbio” = sentença sucinta de caráter popular, rica em imagens, que sintetiza uma lição; adágio; ditado.
  • 4. PROVÉRBIOS AUTOR •Salomão foi o autor ou compilador dos capítulos 1 – 24 (Ref. 1.1; 10. 1) •Salomão foi o autor e os Servos de Ezequias foram os compiladores dos capítulos 25 – 29 (Ref. 25. 1) •Agur foi o autor do capítulo 30 (Ref. 30. 1) pouco se sabe a seu respeito. •O Rei Lemuel foi o autor do capítulo 31 que registram os conselhos de sua mãe (Ref. 31. 1) Pouco se sabe sobre ele, alguns especulam que tenha sido um Rei Árabe ou um pseudônimo usado por Salomão para registrar os conselhos dados por Bate-Seba.
  • 5. PROVÉRBIOS DATA 950 a.C. (metade do reinado de Salomão) Capítulos 1 – 24 700 a.C. capítulos 25 – 31
  • 6. PROVÉRBIOS OBJETIVOS DO LIVRO DE PROVÉRBIOS •Ensinar e exaltar um estilo de vida sábio que se caracteriza por pautar a vida segundo o padrão divino •Advertir acerca dos perigos de viver uma vida pautada pelos ditames ou paixões da natureza
  • 7. PROVÉRBIOS SALMOS PROVÉRBIOS RELACIONAMENTO DO HOMEM COM DEUS RELACIONAMENTO ENTRE OS HOMENS É DIRIGIDO À DEUS É DIRIGIDO AOS HOMENS MANUAL CÚLTICO MANUAL ÉTICO
  • 8. PROVÉRBIOS A SABEDORIA A sabedoria é o tema central do livro de Provérbios, e está apresentada por três termos: •“Sabedoria” (Chokhmá) 57 vezes: Pv. 1. 2, 7, 20 etc. •“Entendimento” ou “Discernimento” (Biná) 24 vezes: Pv. 1. 2, 5; Pv 2. 2, 3. etc. •“Sensatez” (Tushiyyá) 5 vezes: Pv 2. 7; Pv 3. 21 etc.
  • 9. PROVÉRBIOS DIVERSOS NÍVEIS DE INSENSATEZ Provérbios apresenta o insensato em contraste com o sábio. •“Tolo” (pethi) 30 vezes: Pv. 1. 4, 22, 32 etc. •“Louco” ou “Insensato” (`ewil e kesil) 20 vezes: Pv. 1. 7, 22, 32; Pv 3. 35 etc. •“Zombador” (lits) 4 vezes: Pv 1. 22; Pv 9. 7, 8 etc.