SlideShare uma empresa Scribd logo
O que está acontecendo comigo?
POR ONDE ANDAM OS
MEUS
PENSAMENTOS?
O que está acontecendo comigo?
 O OBJETIVO DESTE TRABALHO É O DE LEVAR INFORMAÇÃO E A POSSIBILIDADE DE
ESCUTA E DISCUSSÃO SOBRE OS TRANSTORNOS MENTAIS MAIS COMUNS NA
ADOLESCÊNCIA:
 Depressão
 Ansiedade
 Transtorno Obssessivo Compulsivo
 Transtornos Disruptivos, do Controle de Impulsos e da Conduta
 Transtornos Relacionados a Substâncias e Transtornos Aditivos
DEPRESSÃO
 Os critérios diagnósticos para o Transtorno de Depressão Maior, de acordo com o DSM-V
(Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais), são:
 Humor deprimido na maioria dos dias
 Acentuada diminuição do prazer ou interesse em todas ou quase todas as atividades na maior
parte do dia
 Perda ou ganho de peso acentuado sem estar em dieta
 Insônia ou hipersônia
 Agitação ou retardo psicomotor
 Fadiga e perda de energia (inclui libido)
 Sentimento de inutilidade ou culpa excessiva ou inadequada
 Capacidade diminuída de pensar ou concentrar-se ou indecisão
 Pensamentos de morte recorrentes (não apenas medo de morrer), ideação suicida recorrente
sem um plano específico, ou tentativa de suicídio ou plano específico de cometer suicídio
Diferenças entre Depressão e Tristeza
 Na TRISTEZA o indivíduo costuma apresentar períodos de melhora ao
longo do dia, conseguindo esquecer por momentos a causa da sua
tristeza.
 Na DEPRESSÃO o sentimento é contínuo e não alivia com a ajuda de
outro. A depressão costuma também provocar um sentimento de
culpa, mas sem motivo aparente e sem saber explicar o porquê.
 TRISTEZA = SENTIMENTO MOMENTÂNEO
 DEPRESSÃO = DOENÇA
POSSÍVEIS CAUSAS
 CRIANÇAS, ADOLESCENTES, ADULTOS E IDOSOS PODEM SOFRER DEPRESSÃO
 Solidão
 Excesso de trabalho
 Histórico Familiar (genética)
 Stress
 Tensão Financeira / Desemprego
 Trauma ou abuso
 Uso abusivo de álcool ou outras drogas
 Problemas de Relacionamento
 Problemas de saúde ou dor crônica
 Luto
 www.youtube.com/watch?v=09bRHdQvOcg
ANSIEDADE
 Os critérios diagnósticos para o Transtorno de Ansiedade Generalizada, de acordo com
o DSM-V (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais), são:
 Inquietação ou sensação de estar com os nervos à flor da pele ou sensação de ter um
bola na garganta
 Cansaço
 Dificuldade em concentrar-se ou sensação de “branco” na mente (falhas de memória)
 Irritabilidade
 Tensão muscular
 Perturbação do sono
 Sudorese
MEDO X ANSIEDADE
 MEDO é a resposta emocional a ameaça iminente real ou
percebida, sendo com mais frequência associado a períodos de
excitabilidade autonômica aumentada, necessária para luta ou
fuga, pensamentos de perigo imediato e comportamentos de fuga
 ANSIEDADE é a antecipação de ameaça futura, sendo mais
frequentemente associada a tensão muscular e vigilância em
preparação para perigo futuro e comportamentos de cautela ou
esquiva
POSSÍVEIS CAUSAS
 Traumas intensos.
 Conflitos, relacionamentos (afetivos, profissionais ou pessoais)
 Acompanhada de outras doenças psiquiátricas, como depressão,
psicoses, neuroses, etc.
 Associada a doenças cardiovasculares ou respiratórias.
 O uso de alguns medicamentos. Ex: anfetaminas.
TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO
 O TOC é caracterizado pela presença de obsessões e/ou compulsões.
 Obsessões são pensamentos, impulsos ou imagens recorrentes e persistentes
que são vivenciados como intrusivos e indesejados
 Compulsões são comportamentos repetitivos ou atos mentais que um
indivíduo se sente compelido a executar em resposta a uma obsessão ou de
acordo com regras que devem ser aplicadas rigidamente.
 Outros transtornos obsessivo-compulsivos e transtornos relacionados são
caracterizados principalmente por comportamentos repetitivos recorrentes
focados no corpo (p. ex., arrancar os cabelos, beliscar a pele) e tentativas
repetidas de reduzi-los ou pará-los.
TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO
 São comuns no TOC, incluindo as de limpeza (obsessões por
contaminação e compulsões por limpeza); simetria (obsessões por
simetria e compulsões de repetição, organização e contagem);
pensamentos proibidos ou tabus (p. ex., obsessões agressivas, sexuais
e religiosas e compulsões relacionadas); e ferimentos (p. ex., medo de
ferir a si mesmo ou aos outros e compulsões de verificação
relacionadas). Tiques.
TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO
 O transtorno dismórfico corporal é caracterizado pela
preocupação com a percepção de um ou mais defeitos ou falhas
na aparência física que não são observáveis ou parecem apenas
leves para os outros e por comportamentos repetitivos (p. ex.,
verificar-se no espelho, arrumar-se excessivamente, beliscar a
pele, buscar tranquilização) ou atos mentais (p. ex., comparar a
própria aparência com a de outra pessoa) em resposta às
preocupações com a aparência.
POSSÍVEIS CAUSAS
 Afetividade negativa mais alta
 Inibição do comportamento na infância
 Abuso físico e sexual na infância
 Eventos estressantes ou traumáticos
 Genética
Transtornos Disruptivos, do Controle de Impulsos
e da Conduta
 Os transtornos disruptivos, do controle de impulsos e da conduta incluem
condições que envolvem problemas de autocontrole de emoções e de
comportamentos que se manifestam em comportamentos que violam os
direitos dos outros (p. ex., agressão, destruição de propriedade) e/ou
colocam o indivíduo em conflito significativo com normas sociais ou figuras
de autoridade.
Transtorno de Oposição Desafiante
 Humor Raivoso/Irritável
 1. Com frequência perde a calma.
 2. Com frequência é sensível ou facilmente incomodado.
 3. Com frequência é raivoso e ressentido. Comportamento Questionador/Desafiante
 4. Frequentemente questiona figuras de autoridade ou, no caso de crianças e
adolescentes, adultos.
 5. Frequentemente desafia acintosamente ou se recusa a obedecer a regras ou pedidos
de figuras de autoridade.
 6. Frequentemente incomoda deliberadamente outras pessoas.
 7. Frequentemente culpa outros por seus erros ou mau comportamento.
TRANSTORNO DA CONDUTA
 Agressão a Pessoas e Animais
 1. Frequentemente provoca, ameaça ou intimida outros.
 2. Frequentemente inicia brigas físicas.
 3. Usou alguma arma que pode causar danos físicos graves a outros (p. ex., bastão, tijolo,
garrafa quebrada, faca, arma de fogo).
 4. Foi fisicamente cruel com pessoas.
 5. Foi fisicamente cruel com animais.
 6. Roubou durante o confronto com uma vítima (p. ex., assalto, roubo de bolsa, extorsão,
roubo à mão armada).
 7. Forçou alguém a atividade sexual. Destruição de Propriedade
 8. Envolveu-se na provocação de incêndios com a intenção de causar danos graves.
TRANSTORNO DA CONDUTA
 9. Destruiu deliberadamente propriedade de outras pessoas (excluindo provocação de
incêndios). Falsidade ou Furto
 10. Invadiu a casa, o edifício ou o carro de outra pessoa.
 11. Frequentemente mente para obter bens materiais ou favores ou para evitar obrigações (i.e.,
“trapaceia”).
 12. Furtou itens de valores consideráveis sem confrontar a vítima (p. ex., furto em lojas, mas
sem invadir ou forçar a entrada; falsificação). Violações Graves de Regras
 13. Frequentemente fica fora de casa à noite, apesar da proibição dos pais, com início antes dos
13 anos de idade.
 14. Fugiu de casa, passando a noite fora, pelo menos duas vezes enquanto morando com os pais
ou em lar substituto, ou uma vez sem retornar por um longo período.
 15. Com frequência falta às aulas, com início antes dos 13 anos de idade.
POSSÍVEIS CAUSAS
 Fatores temperamentais (p. ex., níveis elevados de reatividade emocional,
baixa tolerância a frustrações).
 Ambientais. Práticas agressivas, inconsistentes ou negligentes de criação
dos filhos são comuns em famílias de crianças e adolescentes com
transtorno de oposição desafiante, sendo que essas práticas parentais
desempenham papel importante em muitas teorias causais do transtorno.
 Genéticos.
Transtornos Relacionados a Substâncias
e Transtornos Aditivos
 Os transtornos relacionados a substâncias abrangem 10 classes distintas de drogas:
álcool; cafeína; Cannabis (maconha); alucinógenos (LSD); inalantes (ex: narguile); opioides
(morfina); sedativos, hipnóticos e ansiolíticos; estimulantes (substâncias tipo anfetamina,
cocaína e outros estimulantes); tabaco; e outras substâncias (ou substâncias
desconhecidas).
SINTOMAS
 Perturbações de percepção, vigília, atenção, pensamento, julgamento,
comportamento psicomotor e comportamento interpessoal.
 As intoxicações breves, ou “agudas”, podem ter sinais e sintomas diferentes
dos presentes nas intoxicações prolongadas, ou “crônicas”. Por exemplo,
doses moderadas de cocaína podem, inicialmente, produzir sociabilidade,
mas isolamento social pode se desenvolver caso.
 Crise de abstinência
TRATAMENTO
 Para casos leves a moderados uma psicoterapia pode ser o
suficiente para tratamento e prevenção de recorrência;
 Medicamento para casos graves;
 Nenhum tratamento isolado é superior para melhora dos
sintomas, melhora da qualidade de vida e melhor aceitação
do tratamento;
 Combinação de psicoterapia e medicação.
CANAIS DE AJUDA
 Pais, professores, cuidadores.
 Tratamento:
 UBS : Unidade Básica de Saúde
 CAPS I (Centro de Atenção Psicossocial Infantil)
 CONTATO PARA AGENDAMENTO DE CONSULTA E
CONTRATAR ESTE E OUTROS TEMAS PARA SUA
INSTITUIÇÃO:
 RENATA BOMBINE PIMENTEL
 FONE: (11) 98458-0536
 E-MAIL: renatabombinepsi@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
Cristiane Thiel
 
Transtornos ansiosos
Transtornos ansiososTranstornos ansiosos
Transtornos ansiosos
Aroldo Gavioli
 
Depressão e Suicício
Depressão e SuicícioDepressão e Suicício
Depressão e Suicício
Laís Maria da Cruz
 
Palestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio originalPalestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio original
Alinebrauna Brauna
 
Depressão Infância e Adolescência
Depressão Infância e AdolescênciaDepressão Infância e Adolescência
Depressão Infância e Adolescência
Marcelo da Rocha Carvalho
 
saude mental
saude mental saude mental
saude mental
IsabeldaCosta5
 
2. aula psicopatologia ii ansiedade
2. aula psicopatologia ii   ansiedade2. aula psicopatologia ii   ansiedade
2. aula psicopatologia ii ansiedade
Poliana Maton
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
Solange Leite
 
Transtornos de ansiedade
Transtornos de ansiedadeTranstornos de ansiedade
Transtornos de ansiedade
Caio Maximino
 
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidadeSaúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Aroldo Gavioli
 
Mitos e verdades - setembro amarelo
Mitos e verdades  -  setembro amareloMitos e verdades  -  setembro amarelo
Mitos e verdades - setembro amarelo
Ministério Público de Santa Catarina
 
Como cuidar da minha saúde mental?
Como cuidar da minha saúde mental?Como cuidar da minha saúde mental?
Como cuidar da minha saúde mental?
Vida Mental Consultoria de Saúde Mental e Nutricional
 
Depressão e ansiedade
Depressão e ansiedade Depressão e ansiedade
Depressão e ansiedade
RafaelaIdalinadeAlme
 
Transtornos ansiosos na infância e adolescência
Transtornos ansiosos na infância e adolescênciaTranstornos ansiosos na infância e adolescência
Transtornos ansiosos na infância e adolescência
Cláudio Costa
 
Slide psiquiatria
Slide psiquiatriaSlide psiquiatria
Slide psiquiatria
Luana Santos
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
Andressa Macena
 
Palestra saúde mental e qualidade de vida
Palestra saúde mental e qualidade de vidaPalestra saúde mental e qualidade de vida
Palestra saúde mental e qualidade de vida
Fernando R. G. Paolini
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
Taianna Ribeiro
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
Joyce Domingues
 

Mais procurados (20)

Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
Transtornos ansiosos
Transtornos ansiososTranstornos ansiosos
Transtornos ansiosos
 
Depressão e Suicício
Depressão e SuicícioDepressão e Suicício
Depressão e Suicício
 
Palestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio originalPalestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio original
 
Depressão Infância e Adolescência
Depressão Infância e AdolescênciaDepressão Infância e Adolescência
Depressão Infância e Adolescência
 
saude mental
saude mental saude mental
saude mental
 
2. aula psicopatologia ii ansiedade
2. aula psicopatologia ii   ansiedade2. aula psicopatologia ii   ansiedade
2. aula psicopatologia ii ansiedade
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Transtornos de ansiedade
Transtornos de ansiedadeTranstornos de ansiedade
Transtornos de ansiedade
 
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidadeSaúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
 
Mitos e verdades - setembro amarelo
Mitos e verdades  -  setembro amareloMitos e verdades  -  setembro amarelo
Mitos e verdades - setembro amarelo
 
Como cuidar da minha saúde mental?
Como cuidar da minha saúde mental?Como cuidar da minha saúde mental?
Como cuidar da minha saúde mental?
 
Depressão e ansiedade
Depressão e ansiedade Depressão e ansiedade
Depressão e ansiedade
 
Transtornos ansiosos na infância e adolescência
Transtornos ansiosos na infância e adolescênciaTranstornos ansiosos na infância e adolescência
Transtornos ansiosos na infância e adolescência
 
Slide psiquiatria
Slide psiquiatriaSlide psiquiatria
Slide psiquiatria
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
 
Palestra saúde mental e qualidade de vida
Palestra saúde mental e qualidade de vidaPalestra saúde mental e qualidade de vida
Palestra saúde mental e qualidade de vida
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 

Semelhante a O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO?

TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo
TOC - Transtorno Obsessivo CompulsivoTOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo
TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo
Aillyn F. Bianchi, Faculdade de Medicina - UNIC
 
Toc
TocToc
doenças mentais
doenças mentaisdoenças mentais
doenças mentais
Renata Fernandes
 
Estresse e Doenças da Alma
Estresse e Doenças da AlmaEstresse e Doenças da Alma
Estresse e Doenças da Alma
Robson Roberto
 
Guia rápido de perturbações psicológicas
Guia rápido de perturbações psicológicasGuia rápido de perturbações psicológicas
Guia rápido de perturbações psicológicas
Oficina Psicologia
 
Depressao para acs
Depressao para acsDepressao para acs
Depressao para acs
Isabel Teixeira
 
Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..
Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..
Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..
josytds1
 
Toc2
Toc2Toc2
SINDROMES ANSIOSAS.pptx
SINDROMES ANSIOSAS.pptxSINDROMES ANSIOSAS.pptx
SINDROMES ANSIOSAS.pptx
RobertoSilva309300
 
Depressão palestra uniplac
Depressão   palestra uniplacDepressão   palestra uniplac
Depressão palestra uniplac
eduardo guagliardi
 
Webpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdf
Webpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdfWebpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdf
Webpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdf
DaniloRibeirodosSant3
 
Doenças mentais e a incapacidade em atividades sociais
Doenças mentais e a incapacidade em atividades sociaisDoenças mentais e a incapacidade em atividades sociais
Doenças mentais e a incapacidade em atividades sociais
Tookmed
 
Depresao
DepresaoDepresao
Depresao
Isabel Teixeira
 
Cuidador de idoso_29
Cuidador de idoso_29Cuidador de idoso_29
Cuidador de idoso_29
Liberty Ensino
 
Sessão 2 - Saúde Mental - ITA.pdf
Sessão 2 -  Saúde Mental - ITA.pdfSessão 2 -  Saúde Mental - ITA.pdf
Sessão 2 - Saúde Mental - ITA.pdf
pcosta977
 
DISTÚRBIOS MENTAIS E SUAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO, VISÃO HOLÍSTICA DO SER HUMANO...
DISTÚRBIOS MENTAIS E SUAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO, VISÃO HOLÍSTICA DO SER HUMANO...DISTÚRBIOS MENTAIS E SUAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO, VISÃO HOLÍSTICA DO SER HUMANO...
DISTÚRBIOS MENTAIS E SUAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO, VISÃO HOLÍSTICA DO SER HUMANO...
Joice Lima
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
Dalila Melo
 
Os tipos de ansiedade e suas variações
Os tipos de ansiedade e suas variaçõesOs tipos de ansiedade e suas variações
Os tipos de ansiedade e suas variações
Joe Pinheiro
 
TRANSTORNOS ANSIOSOS E SINTOMAS CLINICOS
TRANSTORNOS ANSIOSOS E SINTOMAS CLINICOSTRANSTORNOS ANSIOSOS E SINTOMAS CLINICOS
TRANSTORNOS ANSIOSOS E SINTOMAS CLINICOS
kadrikasecomerce
 
Transtorno de Ansiedade na Infância.pptx
Transtorno de Ansiedade na Infância.pptxTranstorno de Ansiedade na Infância.pptx
Transtorno de Ansiedade na Infância.pptx
JessicaDassi
 

Semelhante a O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO? (20)

TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo
TOC - Transtorno Obsessivo CompulsivoTOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo
TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo
 
Toc
TocToc
Toc
 
doenças mentais
doenças mentaisdoenças mentais
doenças mentais
 
Estresse e Doenças da Alma
Estresse e Doenças da AlmaEstresse e Doenças da Alma
Estresse e Doenças da Alma
 
Guia rápido de perturbações psicológicas
Guia rápido de perturbações psicológicasGuia rápido de perturbações psicológicas
Guia rápido de perturbações psicológicas
 
Depressao para acs
Depressao para acsDepressao para acs
Depressao para acs
 
Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..
Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..
Ansiedade e Transtorno Depressivo pptx..
 
Toc2
Toc2Toc2
Toc2
 
SINDROMES ANSIOSAS.pptx
SINDROMES ANSIOSAS.pptxSINDROMES ANSIOSAS.pptx
SINDROMES ANSIOSAS.pptx
 
Depressão palestra uniplac
Depressão   palestra uniplacDepressão   palestra uniplac
Depressão palestra uniplac
 
Webpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdf
Webpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdfWebpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdf
Webpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdf
 
Doenças mentais e a incapacidade em atividades sociais
Doenças mentais e a incapacidade em atividades sociaisDoenças mentais e a incapacidade em atividades sociais
Doenças mentais e a incapacidade em atividades sociais
 
Depresao
DepresaoDepresao
Depresao
 
Cuidador de idoso_29
Cuidador de idoso_29Cuidador de idoso_29
Cuidador de idoso_29
 
Sessão 2 - Saúde Mental - ITA.pdf
Sessão 2 -  Saúde Mental - ITA.pdfSessão 2 -  Saúde Mental - ITA.pdf
Sessão 2 - Saúde Mental - ITA.pdf
 
DISTÚRBIOS MENTAIS E SUAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO, VISÃO HOLÍSTICA DO SER HUMANO...
DISTÚRBIOS MENTAIS E SUAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO, VISÃO HOLÍSTICA DO SER HUMANO...DISTÚRBIOS MENTAIS E SUAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO, VISÃO HOLÍSTICA DO SER HUMANO...
DISTÚRBIOS MENTAIS E SUAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO, VISÃO HOLÍSTICA DO SER HUMANO...
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
 
Os tipos de ansiedade e suas variações
Os tipos de ansiedade e suas variaçõesOs tipos de ansiedade e suas variações
Os tipos de ansiedade e suas variações
 
TRANSTORNOS ANSIOSOS E SINTOMAS CLINICOS
TRANSTORNOS ANSIOSOS E SINTOMAS CLINICOSTRANSTORNOS ANSIOSOS E SINTOMAS CLINICOS
TRANSTORNOS ANSIOSOS E SINTOMAS CLINICOS
 
Transtorno de Ansiedade na Infância.pptx
Transtorno de Ansiedade na Infância.pptxTranstorno de Ansiedade na Infância.pptx
Transtorno de Ansiedade na Infância.pptx
 

O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO?

  • 1. O que está acontecendo comigo? POR ONDE ANDAM OS MEUS PENSAMENTOS?
  • 2. O que está acontecendo comigo?  O OBJETIVO DESTE TRABALHO É O DE LEVAR INFORMAÇÃO E A POSSIBILIDADE DE ESCUTA E DISCUSSÃO SOBRE OS TRANSTORNOS MENTAIS MAIS COMUNS NA ADOLESCÊNCIA:  Depressão  Ansiedade  Transtorno Obssessivo Compulsivo  Transtornos Disruptivos, do Controle de Impulsos e da Conduta  Transtornos Relacionados a Substâncias e Transtornos Aditivos
  • 3. DEPRESSÃO  Os critérios diagnósticos para o Transtorno de Depressão Maior, de acordo com o DSM-V (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais), são:  Humor deprimido na maioria dos dias  Acentuada diminuição do prazer ou interesse em todas ou quase todas as atividades na maior parte do dia  Perda ou ganho de peso acentuado sem estar em dieta  Insônia ou hipersônia  Agitação ou retardo psicomotor  Fadiga e perda de energia (inclui libido)  Sentimento de inutilidade ou culpa excessiva ou inadequada  Capacidade diminuída de pensar ou concentrar-se ou indecisão  Pensamentos de morte recorrentes (não apenas medo de morrer), ideação suicida recorrente sem um plano específico, ou tentativa de suicídio ou plano específico de cometer suicídio
  • 4. Diferenças entre Depressão e Tristeza  Na TRISTEZA o indivíduo costuma apresentar períodos de melhora ao longo do dia, conseguindo esquecer por momentos a causa da sua tristeza.  Na DEPRESSÃO o sentimento é contínuo e não alivia com a ajuda de outro. A depressão costuma também provocar um sentimento de culpa, mas sem motivo aparente e sem saber explicar o porquê.  TRISTEZA = SENTIMENTO MOMENTÂNEO  DEPRESSÃO = DOENÇA
  • 5. POSSÍVEIS CAUSAS  CRIANÇAS, ADOLESCENTES, ADULTOS E IDOSOS PODEM SOFRER DEPRESSÃO  Solidão  Excesso de trabalho  Histórico Familiar (genética)  Stress  Tensão Financeira / Desemprego  Trauma ou abuso  Uso abusivo de álcool ou outras drogas  Problemas de Relacionamento  Problemas de saúde ou dor crônica  Luto  www.youtube.com/watch?v=09bRHdQvOcg
  • 6. ANSIEDADE  Os critérios diagnósticos para o Transtorno de Ansiedade Generalizada, de acordo com o DSM-V (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais), são:  Inquietação ou sensação de estar com os nervos à flor da pele ou sensação de ter um bola na garganta  Cansaço  Dificuldade em concentrar-se ou sensação de “branco” na mente (falhas de memória)  Irritabilidade  Tensão muscular  Perturbação do sono  Sudorese
  • 7. MEDO X ANSIEDADE  MEDO é a resposta emocional a ameaça iminente real ou percebida, sendo com mais frequência associado a períodos de excitabilidade autonômica aumentada, necessária para luta ou fuga, pensamentos de perigo imediato e comportamentos de fuga  ANSIEDADE é a antecipação de ameaça futura, sendo mais frequentemente associada a tensão muscular e vigilância em preparação para perigo futuro e comportamentos de cautela ou esquiva
  • 8. POSSÍVEIS CAUSAS  Traumas intensos.  Conflitos, relacionamentos (afetivos, profissionais ou pessoais)  Acompanhada de outras doenças psiquiátricas, como depressão, psicoses, neuroses, etc.  Associada a doenças cardiovasculares ou respiratórias.  O uso de alguns medicamentos. Ex: anfetaminas.
  • 9. TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO  O TOC é caracterizado pela presença de obsessões e/ou compulsões.  Obsessões são pensamentos, impulsos ou imagens recorrentes e persistentes que são vivenciados como intrusivos e indesejados  Compulsões são comportamentos repetitivos ou atos mentais que um indivíduo se sente compelido a executar em resposta a uma obsessão ou de acordo com regras que devem ser aplicadas rigidamente.  Outros transtornos obsessivo-compulsivos e transtornos relacionados são caracterizados principalmente por comportamentos repetitivos recorrentes focados no corpo (p. ex., arrancar os cabelos, beliscar a pele) e tentativas repetidas de reduzi-los ou pará-los.
  • 10. TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO  São comuns no TOC, incluindo as de limpeza (obsessões por contaminação e compulsões por limpeza); simetria (obsessões por simetria e compulsões de repetição, organização e contagem); pensamentos proibidos ou tabus (p. ex., obsessões agressivas, sexuais e religiosas e compulsões relacionadas); e ferimentos (p. ex., medo de ferir a si mesmo ou aos outros e compulsões de verificação relacionadas). Tiques.
  • 11. TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO  O transtorno dismórfico corporal é caracterizado pela preocupação com a percepção de um ou mais defeitos ou falhas na aparência física que não são observáveis ou parecem apenas leves para os outros e por comportamentos repetitivos (p. ex., verificar-se no espelho, arrumar-se excessivamente, beliscar a pele, buscar tranquilização) ou atos mentais (p. ex., comparar a própria aparência com a de outra pessoa) em resposta às preocupações com a aparência.
  • 12. POSSÍVEIS CAUSAS  Afetividade negativa mais alta  Inibição do comportamento na infância  Abuso físico e sexual na infância  Eventos estressantes ou traumáticos  Genética
  • 13. Transtornos Disruptivos, do Controle de Impulsos e da Conduta  Os transtornos disruptivos, do controle de impulsos e da conduta incluem condições que envolvem problemas de autocontrole de emoções e de comportamentos que se manifestam em comportamentos que violam os direitos dos outros (p. ex., agressão, destruição de propriedade) e/ou colocam o indivíduo em conflito significativo com normas sociais ou figuras de autoridade.
  • 14. Transtorno de Oposição Desafiante  Humor Raivoso/Irritável  1. Com frequência perde a calma.  2. Com frequência é sensível ou facilmente incomodado.  3. Com frequência é raivoso e ressentido. Comportamento Questionador/Desafiante  4. Frequentemente questiona figuras de autoridade ou, no caso de crianças e adolescentes, adultos.  5. Frequentemente desafia acintosamente ou se recusa a obedecer a regras ou pedidos de figuras de autoridade.  6. Frequentemente incomoda deliberadamente outras pessoas.  7. Frequentemente culpa outros por seus erros ou mau comportamento.
  • 15. TRANSTORNO DA CONDUTA  Agressão a Pessoas e Animais  1. Frequentemente provoca, ameaça ou intimida outros.  2. Frequentemente inicia brigas físicas.  3. Usou alguma arma que pode causar danos físicos graves a outros (p. ex., bastão, tijolo, garrafa quebrada, faca, arma de fogo).  4. Foi fisicamente cruel com pessoas.  5. Foi fisicamente cruel com animais.  6. Roubou durante o confronto com uma vítima (p. ex., assalto, roubo de bolsa, extorsão, roubo à mão armada).  7. Forçou alguém a atividade sexual. Destruição de Propriedade  8. Envolveu-se na provocação de incêndios com a intenção de causar danos graves.
  • 16. TRANSTORNO DA CONDUTA  9. Destruiu deliberadamente propriedade de outras pessoas (excluindo provocação de incêndios). Falsidade ou Furto  10. Invadiu a casa, o edifício ou o carro de outra pessoa.  11. Frequentemente mente para obter bens materiais ou favores ou para evitar obrigações (i.e., “trapaceia”).  12. Furtou itens de valores consideráveis sem confrontar a vítima (p. ex., furto em lojas, mas sem invadir ou forçar a entrada; falsificação). Violações Graves de Regras  13. Frequentemente fica fora de casa à noite, apesar da proibição dos pais, com início antes dos 13 anos de idade.  14. Fugiu de casa, passando a noite fora, pelo menos duas vezes enquanto morando com os pais ou em lar substituto, ou uma vez sem retornar por um longo período.  15. Com frequência falta às aulas, com início antes dos 13 anos de idade.
  • 17. POSSÍVEIS CAUSAS  Fatores temperamentais (p. ex., níveis elevados de reatividade emocional, baixa tolerância a frustrações).  Ambientais. Práticas agressivas, inconsistentes ou negligentes de criação dos filhos são comuns em famílias de crianças e adolescentes com transtorno de oposição desafiante, sendo que essas práticas parentais desempenham papel importante em muitas teorias causais do transtorno.  Genéticos.
  • 18. Transtornos Relacionados a Substâncias e Transtornos Aditivos  Os transtornos relacionados a substâncias abrangem 10 classes distintas de drogas: álcool; cafeína; Cannabis (maconha); alucinógenos (LSD); inalantes (ex: narguile); opioides (morfina); sedativos, hipnóticos e ansiolíticos; estimulantes (substâncias tipo anfetamina, cocaína e outros estimulantes); tabaco; e outras substâncias (ou substâncias desconhecidas).
  • 19. SINTOMAS  Perturbações de percepção, vigília, atenção, pensamento, julgamento, comportamento psicomotor e comportamento interpessoal.  As intoxicações breves, ou “agudas”, podem ter sinais e sintomas diferentes dos presentes nas intoxicações prolongadas, ou “crônicas”. Por exemplo, doses moderadas de cocaína podem, inicialmente, produzir sociabilidade, mas isolamento social pode se desenvolver caso.  Crise de abstinência
  • 20. TRATAMENTO  Para casos leves a moderados uma psicoterapia pode ser o suficiente para tratamento e prevenção de recorrência;  Medicamento para casos graves;  Nenhum tratamento isolado é superior para melhora dos sintomas, melhora da qualidade de vida e melhor aceitação do tratamento;  Combinação de psicoterapia e medicação.
  • 21. CANAIS DE AJUDA  Pais, professores, cuidadores.  Tratamento:  UBS : Unidade Básica de Saúde  CAPS I (Centro de Atenção Psicossocial Infantil)
  • 22.  CONTATO PARA AGENDAMENTO DE CONSULTA E CONTRATAR ESTE E OUTROS TEMAS PARA SUA INSTITUIÇÃO:  RENATA BOMBINE PIMENTEL  FONE: (11) 98458-0536  E-MAIL: renatabombinepsi@gmail.com