SlideShare uma empresa Scribd logo
SAÚDE EMOCIONAL DASAÚDE EMOCIONAL DA
MULHERMULHER
saúde não se deve pensar apenas numa abrangência física.saúde não se deve pensar apenas numa abrangência física.
O organismo humano é um todo composto por aspectosO organismo humano é um todo composto por aspectos
Fsiológicos
Mentais
Emocionais
Espirituais
Hoje falaremos sobre a saúde mental e emocional e relacionar dicas
para mantê-las.
Como manter a saúde Mental?
Saúde mental consiste numa relação equilibrada entre as
emoções sentimentos
atitudes pensamentos
ações comportamentos
Saúde emocional não é a mesma coisa que saúde mental, mas ambas
estão relacionadas, afinal, uma pessoa mentalmente doente não pode
estar emocionalmente saudável. Na verdade, muitas vezes são os
problemas de ordem emocional que causam as complicações mentais.
Saúde Mental é manter um equilíbrio emocional entre suas exigências
pessoais e as exigências do meio externo. Saúde Mental é estar de bem
consigo e com os outros. Saber lidar com emoções boas e as
desagradáveis
Saúde emocional é um estado de bem-estar onde o
indivíduo realiza suas próprias habilidades, lida com os
fatores estressantes normais da vida, trabalha
produtivamente e é capaz de contribuir com a sociedade.
(Organização Mundial de Saúde)
MENTE E EMOÇÕES ANDAM BEM PRÓXIMAS
Muitas são as causas que podem ocasionar problemas mentais, dentre
eles:
Traumas psicólogicos do passado
Situações de forte desiquilíbrio emocional
Causas de cunho genético.
Ester foi uma jovem judia que casou com o rei da Pérsia e
salvou o povo judeu do extermínio. Seu nome hebraico era
Hadassa e ela era órfã, criada por seu primo
Mardoqueu.
O trauma psicológico é um tipo de dano emocional que
ocorre como resultado de um algum acontecimento.
Pressupõe uma experiência de dor e sofrimento emocional
ou físico. Como experiência dolorosa que é, o trauma
acarreta uma exacerbação do medo, o que pode conduzir ao
estresse, envolvendo mudanças físicas no cérebro e
afetando o comportamento e o pensamento da pessoa, que
fará de tudo para evitar reviver o evento que lhe traumatizou.
Igualmente, pode acarretar depressão, comportamentos
obsessivos compulsivos e outras fobias ou transtornos,
como o de pânico.
PERCEBA, ACEITE E SUPERE O SEU PASSADO
.1. PERCEBA QUE EXISTEM ALGUMAS COISAS QUE
VOCÊ REALMENTE NUNCA CONSEGUIRÁ “PASSAR POR
CIMA”, MAS CERTAMENTE PODE CONSEGUIR SUPERAR.
2. AS COISAS QUE VOCÊ NÃO TEM CONSEGUIDO “SUPERAR”
SÃO AVISOS, PRECISAM DA SUA ATENÇÃO REDOBRADA.
3. MAIS DE OITENTA POR CENTO DA NOSSA VIDA NÃO É
DETERMINADA POR EVENTOS, MAS PELA NOSSA REAÇÃO A
ELES.
DISTORÇÕES COGNITIVAS
O QUE É?
São formas de pensar distorcidas da realidade, padronizadas pelos
eventos da vida e que geram grande sofrimento para si próprio ou para
os outros com quem convive.
São expressas em pensamentos automáticos disfuncionais, sendo um
processamento de informações emocionais equivocado onde, nossos
esquemas mal-adaptativos distorcem a realidade para que esta se
torne condizente com nossas crenças centrais de desamparo,
desamor e desvalor.
11 ERROS DE PENSAMENTOS MAIS COMUNS:
1. PENSAMENTO DICOTÔMICO (pensamento preto-e-branco, polarizado e
tudo ou nada, é 8 ou 80): A pessoa vê uma situação em apenas duas
categorias em vez de em várias alternativas. Exemplo: “Se eu não for um
sucesso total, eu serei um fracasso.” A pessoa perfeccionista normalmente
faz uso constante desse erro de pensamento e isso faz com que se sinta
inadequado e desvalorizado quando o sucesso esperado não vem.
Pensamentos dicotômicos tendem a contribuir para episódios depressivos
e separações conjugais.
2. CATASTROFIZAÇÃO: A pessoa prevê o futuro negativamente sem
considerar outros resultados mais prováveis. Exemplo: Meu filho ainda não
chegou, deve ter acontecido...................... esperarei mais um pouco, pois
não conseguirei dormir mesmo. Outros exemplos: Meu namorado não
atende o celular, deve estar com outra. Tudo está bem entre nós, mas sei
que logo começará a me desapontar, pois não chegou ainda.
3. MINIMIZAÇÃO DO POSITIVO: A pessoa diz para si mesmo que
experiências, atos ou qualidades positivos não contam. Exemplo: “Eu fiz bem
aquele projeto, mas isso não significa que eu seja competente; eu apenas tive
sorte.” A pessoa rejeita experiências positivas insis-tindo que elas não
contam. Desqualificar o positivo tira a alegria da vida e faz a pessoa se sentir
inade-quada e não recompensada. Este é o preço que a pessoa paga por não
qualificar as coisas que acontecem em seu cotidiano.
4. ARGUMENTAÇÃO EMOCIONAL: A pessoa pensa que algo deve ser
verdade porque “sente” (em realidade, acredita) isso da maneira tão
convincente que acaba por ignorar ou desconsiderar fatos e evidências.
Exemplo: “ Eu sei que eu faço muitas coisas certas no trabalho, mas eu ainda
me sinto como se eu fosse um fracasso.”
5. ROTULAÇÃO: Quando a pessoa habitua-se a colocar um rótulo global e
fixo sobre si mesmo ou sobre os outros sem considerar as ocorrências. Por
exemplo: "Eu sou idiota mesmo!" "Quão burra eu sou!" "Ele é um
simplório!" "Os homens são todos iguai!" Esses rótulos são simplesmente
abstrações que levam à raiva, ansiedade, frustração e baixo amor próprio.
6. LEITURA MENTAL: A pessoa acha que sabe o que os outros estão pensando e
não considera outras possibilidades mais prováveis. Exemplo: “Ele está
pensando que eu não sei nada sobre esse projeto.” "Ele pensa que sou uma
idiota." É possível perceber essa distorção cognitiva quando apresenta-se um
trabalho acadêmico em público, pois normalmente a pessoa estará fazendo a
seguinte leitura mental: "Ele está me olhando assim pois deve estar pensando
que estou falando abobrinhas."
7. SUPERGENERALIZAÇÃO : A pessoa tira uma conclusão negativa radical que
vai muito além da situação atual. Exemplo: "Nessa escola não tenho amigos,
assim como era no colégio anterior." A pessoa vê um episódio negativo como
uma rejeição amorosa e estabele um padrão de pensamento para situações
similares. Outro exemplo comum: "Todos os meus namorados irão me trair."
9. PERSONALIZAÇÃO: Ocorre quando a pessoa guarda para si mesmo a inteira
responsabilidade sobre um evento que não está sob seu controle. Por exemplo:
"Eu não cuidei bem do meu filho, por isso ele está internado no hospital". "Meu
namorado me traiu porque eu estava estressada." Esse tipo de distorção
cognitiva gera muito sofrimento psicológico, pois está embasado na emoção
"culpa".
10. DITADURA DOS DEVERIAS: É muito comum em personalidades do tipo
Obsessivo-Compulsiva, pois emprega constantemente os termos: "eu
deveria", "eu tenho que". Pessoas com características perfeccionistas
utilizam esse erro de pensamento diariamente gerando ansiedade constante.
A pessoa também cria expectativas exageradas em relação ao comportamento
dos outros, gerando afetos negativos quando estas não são preenchidas, bem
como, adoecimento psicológico do tipo: estresse, ansiedade generalizada,
depressão. E, também, acontecimentos indesejáveis como separação
conjugal são pertinentes a esse tipo de distorção cognitiva. Bem como,
conflitos entre pais e filhos, educadores e educandos, gerências e
subordinados, entre outras relações interpessoais.
11. VITIMIZAÇÃO: A pessoa tende a se sentir vítima e não responsável pelas
suas escolhas. Percebe-se sem sorte ao invés de perceber que "Quem faz
para si faz!" e que ela mesma é o "comandante do seu navio", o "diretor da
sua novela." Por exemplo, tende a culpar os outros por sua má sorte no
trabalho ou no amor.
Melhore o pensamento
O pensamento atua como um ponto de partida. Pensamos,
sentimos e depois exteriorizamos. Nossas emoções vêm do
pensamento. Se alimentarmos hábitos negativos, ou melhor,
pensamentos negativos, eles irão com o tempo se tornar uma
realidade, seja através de palavras ou de ações. Se você quer ter
saúde mental e emocional evite o negativismo.
Como o homem imagina em sua alma, assim ele é. (Provérbios 23:7).
Pense de maneira saudável e positiva.
Exclua de sua mente frases negativas, do tipo “não
posso”, “duvido”, “acho que não vai dar certo”, “não
tenho tempo”, “talvez”, “não acredito”, “é impossível”,
“não é para mim”. Diga: “posso”, “irei”, “espero o
melhor”, “arrumarei tempo”, “estou confiante”,
“acredito que todas as coisas são possíveis, pois Deus
é fiel”.
Ester não ficou presa no passado. ( acontecimentos)
Nao permitiu que a dor do passsado sucumbisse com sua
beleza
( cuidados fisicos, emocionais e espirituais) volte a se olhar
no espelho
Se posicionou, se preparou para viver algo novo. ( Não desista
de seus sonhos, projetos pessoais, não coloque barreiras)
Podem existir 100 candidatas para serem princesas. Porem há
algo diferente em ti que fará com que voce se torne rainha.
Enfrentou seu medo. ( medo nos paralisa e nos deixe
estagnado) Trouxe livramento para seu povo.
Resignificou a sua vida com a familia nova que Deus lhe deu.
( Resignifique a sua vida. novo sentido, vinho novo.)
Saúde emocional da mulher

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
Josi Borges
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
Antonino Silva
 
Dicas para a saúde emocional
Dicas para a saúde emocionalDicas para a saúde emocional
Dicas para a saúde emocional
Bruno Carrasco
 
Palestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadePalestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e Ansiedade
Renata Pimentel
 
Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)
Edmilson POV 2011 Siqueira de Sá
 
Mitos e verdades - setembro amarelo
Mitos e verdades  -  setembro amareloMitos e verdades  -  setembro amarelo
Mitos e verdades - setembro amarelo
Ministério Público de Santa Catarina
 
Palestra Setembro Amarelo
Palestra Setembro AmareloPalestra Setembro Amarelo
Palestra Setembro Amarelo
Psicologia Conexão
 
Palestra dia Internacional da Mulher
Palestra dia Internacional da MulherPalestra dia Internacional da Mulher
Palestra dia Internacional da Mulher
Instituto de Thalentos
 
saude mental
saude mental saude mental
saude mental
IsabeldaCosta5
 
Palestra motivacional apresentada para mais de 600 Mães em Camboriú/SC
Palestra motivacional apresentada para mais de 600 Mães em Camboriú/SCPalestra motivacional apresentada para mais de 600 Mães em Camboriú/SC
Palestra motivacional apresentada para mais de 600 Mães em Camboriú/SC
Emir Pinho
 
Como Lidar com as emoções
Como Lidar com as emoçõesComo Lidar com as emoções
Como Lidar com as emoções
Dora Guiseline
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
Dalila Melo
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
Antonino Silva
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
Taianna Ribeiro
 
Inteligencia emocional
Inteligencia emocionalInteligencia emocional
Inteligencia emocional
António Moreira
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
Rosemar Prota
 
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBRPalestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
Alessandra Gonzaga
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocional
Alexandre Rivero
 
AULA ABP SETEMBRO AMARELO Miriam Gorender
AULA ABP SETEMBRO AMARELO Miriam GorenderAULA ABP SETEMBRO AMARELO Miriam Gorender
AULA ABP SETEMBRO AMARELO Miriam Gorender
Miriam Gorender
 
DoençAs PsicossomáTicas
DoençAs PsicossomáTicasDoençAs PsicossomáTicas
DoençAs PsicossomáTicas
enfermagem
 

Mais procurados (20)

Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
 
Dicas para a saúde emocional
Dicas para a saúde emocionalDicas para a saúde emocional
Dicas para a saúde emocional
 
Palestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadePalestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e Ansiedade
 
Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)
 
Mitos e verdades - setembro amarelo
Mitos e verdades  -  setembro amareloMitos e verdades  -  setembro amarelo
Mitos e verdades - setembro amarelo
 
Palestra Setembro Amarelo
Palestra Setembro AmareloPalestra Setembro Amarelo
Palestra Setembro Amarelo
 
Palestra dia Internacional da Mulher
Palestra dia Internacional da MulherPalestra dia Internacional da Mulher
Palestra dia Internacional da Mulher
 
saude mental
saude mental saude mental
saude mental
 
Palestra motivacional apresentada para mais de 600 Mães em Camboriú/SC
Palestra motivacional apresentada para mais de 600 Mães em Camboriú/SCPalestra motivacional apresentada para mais de 600 Mães em Camboriú/SC
Palestra motivacional apresentada para mais de 600 Mães em Camboriú/SC
 
Como Lidar com as emoções
Como Lidar com as emoçõesComo Lidar com as emoções
Como Lidar com as emoções
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
 
Inteligencia emocional
Inteligencia emocionalInteligencia emocional
Inteligencia emocional
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
 
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBRPalestra Inteligência Emocional - WLMBR
Palestra Inteligência Emocional - WLMBR
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocional
 
AULA ABP SETEMBRO AMARELO Miriam Gorender
AULA ABP SETEMBRO AMARELO Miriam GorenderAULA ABP SETEMBRO AMARELO Miriam Gorender
AULA ABP SETEMBRO AMARELO Miriam Gorender
 
DoençAs PsicossomáTicas
DoençAs PsicossomáTicasDoençAs PsicossomáTicas
DoençAs PsicossomáTicas
 

Semelhante a Saúde emocional da mulher

As 12 vulnerabilidades
As 12 vulnerabilidadesAs 12 vulnerabilidades
As 12 vulnerabilidades
Vilma Longuini
 
As distorções cognitivas pensamentos e atitudes que levam ao conflito
As distorções cognitivas pensamentos e atitudes que levam ao conflitoAs distorções cognitivas pensamentos e atitudes que levam ao conflito
As distorções cognitivas pensamentos e atitudes que levam ao conflito
Marcelo Costa
 
A forçaa dos sentimentos
A forçaa dos sentimentosA forçaa dos sentimentos
A forçaa dos sentimentos
Eduardo Pavin
 
00335 a força dos sentimentos
00335   a força dos sentimentos00335   a força dos sentimentos
00335 a força dos sentimentos
maria adenilda Denne
 
A forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentosA forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentos
Jéssica Petersen
 
A forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentosA forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentos
David Oliveira
 
Reestruturação do pensamento
Reestruturação do pensamentoReestruturação do pensamento
Reestruturação do pensamento
Márcia Quirino
 
A concentração
A concentraçãoA concentração
A concentração
tadeudias
 
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docxcartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
AuriceliaRosa
 
Aula -02 Bloqueios Criativos.pdf
Aula -02 Bloqueios Criativos.pdfAula -02 Bloqueios Criativos.pdf
Aula -02 Bloqueios Criativos.pdf
HenriqueCarvalho692717
 
A Comunicação e os Relacionamentos de Sucesso
A Comunicação e os Relacionamentos de SucessoA Comunicação e os Relacionamentos de Sucesso
A Comunicação e os Relacionamentos de Sucesso
Human Pro Solutions
 
Autoconsciência
AutoconsciênciaAutoconsciência
Psioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptx
Psioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptxPsioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptx
Psioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptx
Henriette Russo
 
Onde Nascem Os Pensamentos
Onde Nascem Os PensamentosOnde Nascem Os Pensamentos
Onde Nascem Os Pensamentos
Amory Serviços Ltda.
 
Potencial humano
Potencial humanoPotencial humano
Potencial humano
Carlinda Sousa
 
Ansiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionais
Ansiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionaisAnsiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionais
Ansiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionais
Daniel Motta
 
Como viver uma vida mais equilibrada
Como viver uma vida mais equilibradaComo viver uma vida mais equilibrada
Como viver uma vida mais equilibrada
Carlinda Sousa
 
5 Passos para Você Controlar suas Emoções.
5 Passos para Você Controlar suas Emoções.5 Passos para Você Controlar suas Emoções.
5 Passos para Você Controlar suas Emoções.
Eziquiel Ribeiro
 
A depresso impotencia para viver
A depresso   impotencia para viverA depresso   impotencia para viver
A depresso impotencia para viver
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
A depresso impotencia para viver
A depresso   impotencia para viverA depresso   impotencia para viver
A depresso impotencia para viver
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 

Semelhante a Saúde emocional da mulher (20)

As 12 vulnerabilidades
As 12 vulnerabilidadesAs 12 vulnerabilidades
As 12 vulnerabilidades
 
As distorções cognitivas pensamentos e atitudes que levam ao conflito
As distorções cognitivas pensamentos e atitudes que levam ao conflitoAs distorções cognitivas pensamentos e atitudes que levam ao conflito
As distorções cognitivas pensamentos e atitudes que levam ao conflito
 
A forçaa dos sentimentos
A forçaa dos sentimentosA forçaa dos sentimentos
A forçaa dos sentimentos
 
00335 a força dos sentimentos
00335   a força dos sentimentos00335   a força dos sentimentos
00335 a força dos sentimentos
 
A forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentosA forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentos
 
A forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentosA forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentos
 
Reestruturação do pensamento
Reestruturação do pensamentoReestruturação do pensamento
Reestruturação do pensamento
 
A concentração
A concentraçãoA concentração
A concentração
 
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docxcartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
cartilha-5-inteligencia-emocional-no-trabalho.docx
 
Aula -02 Bloqueios Criativos.pdf
Aula -02 Bloqueios Criativos.pdfAula -02 Bloqueios Criativos.pdf
Aula -02 Bloqueios Criativos.pdf
 
A Comunicação e os Relacionamentos de Sucesso
A Comunicação e os Relacionamentos de SucessoA Comunicação e os Relacionamentos de Sucesso
A Comunicação e os Relacionamentos de Sucesso
 
Autoconsciência
AutoconsciênciaAutoconsciência
Autoconsciência
 
Psioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptx
Psioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptxPsioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptx
Psioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptx
 
Onde Nascem Os Pensamentos
Onde Nascem Os PensamentosOnde Nascem Os Pensamentos
Onde Nascem Os Pensamentos
 
Potencial humano
Potencial humanoPotencial humano
Potencial humano
 
Ansiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionais
Ansiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionaisAnsiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionais
Ansiedade - como reconhecer e evitar os gatilhos emocionais
 
Como viver uma vida mais equilibrada
Como viver uma vida mais equilibradaComo viver uma vida mais equilibrada
Como viver uma vida mais equilibrada
 
5 Passos para Você Controlar suas Emoções.
5 Passos para Você Controlar suas Emoções.5 Passos para Você Controlar suas Emoções.
5 Passos para Você Controlar suas Emoções.
 
A depresso impotencia para viver
A depresso   impotencia para viverA depresso   impotencia para viver
A depresso impotencia para viver
 
A depresso impotencia para viver
A depresso   impotencia para viverA depresso   impotencia para viver
A depresso impotencia para viver
 

Último

quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 

Último (15)

quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 

Saúde emocional da mulher

  • 1. SAÚDE EMOCIONAL DASAÚDE EMOCIONAL DA MULHERMULHER
  • 2. saúde não se deve pensar apenas numa abrangência física.saúde não se deve pensar apenas numa abrangência física. O organismo humano é um todo composto por aspectosO organismo humano é um todo composto por aspectos Fsiológicos Mentais Emocionais Espirituais
  • 3. Hoje falaremos sobre a saúde mental e emocional e relacionar dicas para mantê-las. Como manter a saúde Mental? Saúde mental consiste numa relação equilibrada entre as emoções sentimentos atitudes pensamentos ações comportamentos
  • 4. Saúde emocional não é a mesma coisa que saúde mental, mas ambas estão relacionadas, afinal, uma pessoa mentalmente doente não pode estar emocionalmente saudável. Na verdade, muitas vezes são os problemas de ordem emocional que causam as complicações mentais. Saúde Mental é manter um equilíbrio emocional entre suas exigências pessoais e as exigências do meio externo. Saúde Mental é estar de bem consigo e com os outros. Saber lidar com emoções boas e as desagradáveis
  • 5. Saúde emocional é um estado de bem-estar onde o indivíduo realiza suas próprias habilidades, lida com os fatores estressantes normais da vida, trabalha produtivamente e é capaz de contribuir com a sociedade. (Organização Mundial de Saúde)
  • 6. MENTE E EMOÇÕES ANDAM BEM PRÓXIMAS Muitas são as causas que podem ocasionar problemas mentais, dentre eles: Traumas psicólogicos do passado Situações de forte desiquilíbrio emocional Causas de cunho genético.
  • 7. Ester foi uma jovem judia que casou com o rei da Pérsia e salvou o povo judeu do extermínio. Seu nome hebraico era Hadassa e ela era órfã, criada por seu primo Mardoqueu.
  • 8. O trauma psicológico é um tipo de dano emocional que ocorre como resultado de um algum acontecimento. Pressupõe uma experiência de dor e sofrimento emocional ou físico. Como experiência dolorosa que é, o trauma acarreta uma exacerbação do medo, o que pode conduzir ao estresse, envolvendo mudanças físicas no cérebro e afetando o comportamento e o pensamento da pessoa, que fará de tudo para evitar reviver o evento que lhe traumatizou. Igualmente, pode acarretar depressão, comportamentos obsessivos compulsivos e outras fobias ou transtornos, como o de pânico.
  • 9. PERCEBA, ACEITE E SUPERE O SEU PASSADO .1. PERCEBA QUE EXISTEM ALGUMAS COISAS QUE VOCÊ REALMENTE NUNCA CONSEGUIRÁ “PASSAR POR CIMA”, MAS CERTAMENTE PODE CONSEGUIR SUPERAR. 2. AS COISAS QUE VOCÊ NÃO TEM CONSEGUIDO “SUPERAR” SÃO AVISOS, PRECISAM DA SUA ATENÇÃO REDOBRADA. 3. MAIS DE OITENTA POR CENTO DA NOSSA VIDA NÃO É DETERMINADA POR EVENTOS, MAS PELA NOSSA REAÇÃO A ELES.
  • 10. DISTORÇÕES COGNITIVAS O QUE É? São formas de pensar distorcidas da realidade, padronizadas pelos eventos da vida e que geram grande sofrimento para si próprio ou para os outros com quem convive. São expressas em pensamentos automáticos disfuncionais, sendo um processamento de informações emocionais equivocado onde, nossos esquemas mal-adaptativos distorcem a realidade para que esta se torne condizente com nossas crenças centrais de desamparo, desamor e desvalor.
  • 11. 11 ERROS DE PENSAMENTOS MAIS COMUNS: 1. PENSAMENTO DICOTÔMICO (pensamento preto-e-branco, polarizado e tudo ou nada, é 8 ou 80): A pessoa vê uma situação em apenas duas categorias em vez de em várias alternativas. Exemplo: “Se eu não for um sucesso total, eu serei um fracasso.” A pessoa perfeccionista normalmente faz uso constante desse erro de pensamento e isso faz com que se sinta inadequado e desvalorizado quando o sucesso esperado não vem. Pensamentos dicotômicos tendem a contribuir para episódios depressivos e separações conjugais. 2. CATASTROFIZAÇÃO: A pessoa prevê o futuro negativamente sem considerar outros resultados mais prováveis. Exemplo: Meu filho ainda não chegou, deve ter acontecido...................... esperarei mais um pouco, pois não conseguirei dormir mesmo. Outros exemplos: Meu namorado não atende o celular, deve estar com outra. Tudo está bem entre nós, mas sei que logo começará a me desapontar, pois não chegou ainda.
  • 12. 3. MINIMIZAÇÃO DO POSITIVO: A pessoa diz para si mesmo que experiências, atos ou qualidades positivos não contam. Exemplo: “Eu fiz bem aquele projeto, mas isso não significa que eu seja competente; eu apenas tive sorte.” A pessoa rejeita experiências positivas insis-tindo que elas não contam. Desqualificar o positivo tira a alegria da vida e faz a pessoa se sentir inade-quada e não recompensada. Este é o preço que a pessoa paga por não qualificar as coisas que acontecem em seu cotidiano. 4. ARGUMENTAÇÃO EMOCIONAL: A pessoa pensa que algo deve ser verdade porque “sente” (em realidade, acredita) isso da maneira tão convincente que acaba por ignorar ou desconsiderar fatos e evidências. Exemplo: “ Eu sei que eu faço muitas coisas certas no trabalho, mas eu ainda me sinto como se eu fosse um fracasso.” 5. ROTULAÇÃO: Quando a pessoa habitua-se a colocar um rótulo global e fixo sobre si mesmo ou sobre os outros sem considerar as ocorrências. Por exemplo: "Eu sou idiota mesmo!" "Quão burra eu sou!" "Ele é um simplório!" "Os homens são todos iguai!" Esses rótulos são simplesmente abstrações que levam à raiva, ansiedade, frustração e baixo amor próprio.
  • 13. 6. LEITURA MENTAL: A pessoa acha que sabe o que os outros estão pensando e não considera outras possibilidades mais prováveis. Exemplo: “Ele está pensando que eu não sei nada sobre esse projeto.” "Ele pensa que sou uma idiota." É possível perceber essa distorção cognitiva quando apresenta-se um trabalho acadêmico em público, pois normalmente a pessoa estará fazendo a seguinte leitura mental: "Ele está me olhando assim pois deve estar pensando que estou falando abobrinhas." 7. SUPERGENERALIZAÇÃO : A pessoa tira uma conclusão negativa radical que vai muito além da situação atual. Exemplo: "Nessa escola não tenho amigos, assim como era no colégio anterior." A pessoa vê um episódio negativo como uma rejeição amorosa e estabele um padrão de pensamento para situações similares. Outro exemplo comum: "Todos os meus namorados irão me trair." 9. PERSONALIZAÇÃO: Ocorre quando a pessoa guarda para si mesmo a inteira responsabilidade sobre um evento que não está sob seu controle. Por exemplo: "Eu não cuidei bem do meu filho, por isso ele está internado no hospital". "Meu namorado me traiu porque eu estava estressada." Esse tipo de distorção cognitiva gera muito sofrimento psicológico, pois está embasado na emoção "culpa".
  • 14. 10. DITADURA DOS DEVERIAS: É muito comum em personalidades do tipo Obsessivo-Compulsiva, pois emprega constantemente os termos: "eu deveria", "eu tenho que". Pessoas com características perfeccionistas utilizam esse erro de pensamento diariamente gerando ansiedade constante. A pessoa também cria expectativas exageradas em relação ao comportamento dos outros, gerando afetos negativos quando estas não são preenchidas, bem como, adoecimento psicológico do tipo: estresse, ansiedade generalizada, depressão. E, também, acontecimentos indesejáveis como separação conjugal são pertinentes a esse tipo de distorção cognitiva. Bem como, conflitos entre pais e filhos, educadores e educandos, gerências e subordinados, entre outras relações interpessoais. 11. VITIMIZAÇÃO: A pessoa tende a se sentir vítima e não responsável pelas suas escolhas. Percebe-se sem sorte ao invés de perceber que "Quem faz para si faz!" e que ela mesma é o "comandante do seu navio", o "diretor da sua novela." Por exemplo, tende a culpar os outros por sua má sorte no trabalho ou no amor.
  • 15. Melhore o pensamento O pensamento atua como um ponto de partida. Pensamos, sentimos e depois exteriorizamos. Nossas emoções vêm do pensamento. Se alimentarmos hábitos negativos, ou melhor, pensamentos negativos, eles irão com o tempo se tornar uma realidade, seja através de palavras ou de ações. Se você quer ter saúde mental e emocional evite o negativismo. Como o homem imagina em sua alma, assim ele é. (Provérbios 23:7).
  • 16. Pense de maneira saudável e positiva. Exclua de sua mente frases negativas, do tipo “não posso”, “duvido”, “acho que não vai dar certo”, “não tenho tempo”, “talvez”, “não acredito”, “é impossível”, “não é para mim”. Diga: “posso”, “irei”, “espero o melhor”, “arrumarei tempo”, “estou confiante”, “acredito que todas as coisas são possíveis, pois Deus é fiel”.
  • 17. Ester não ficou presa no passado. ( acontecimentos) Nao permitiu que a dor do passsado sucumbisse com sua beleza ( cuidados fisicos, emocionais e espirituais) volte a se olhar no espelho Se posicionou, se preparou para viver algo novo. ( Não desista de seus sonhos, projetos pessoais, não coloque barreiras) Podem existir 100 candidatas para serem princesas. Porem há algo diferente em ti que fará com que voce se torne rainha. Enfrentou seu medo. ( medo nos paralisa e nos deixe estagnado) Trouxe livramento para seu povo. Resignificou a sua vida com a familia nova que Deus lhe deu. ( Resignifique a sua vida. novo sentido, vinho novo.)