SlideShare uma empresa Scribd logo
GESTÃO DE PESSOAS
A CHAVE DO SUCESSO
ORGANIZACIONAL
Prof. Rogério Martins
SUMÁRIO RESUMIDO
PARTE I – OS NOVOS DESAFIOS DA GESTÃO DE PESSOAS
Cap. 1 – Introdução à Moderna Gestão de Pessoas
Cap. 2 – A Gestão com Pessoas em um Ambiente Dinâmico e Competitivo
Cap. 3 – Planejamento Estratégico da Gestão de Pessoas
PARTE II – AGREGANDO PESSOAS
Cap. 4 – Recrutamento de Pessoas
Cap. 5 – Seleção de Pessoas
PARTE III – APLICANDO PESSOAS
Cap. 6 – Orientação das Pessoas
Cap. 7 – Modelagem do Trabalho
Cap. 8 – Avaliação do Desempenho Humano
PARTE IV – RECOMPENSANDO PESSOAS
Cap. 9 - Remuneração
Cap. 10 - Programas de Incentivos
Cap. 11 - Benefícios e Serviços às Pessoas
PARTE V – DESENVOLVENDO PESSOAS
Cap. 12 – Treinamento
Cap. 13 – Desenvolvimento de Pessoas e de Organizações
PARTE VI – MANTENDO PESSOAS
Cap. 14 – Relações com Empregados
Cap. 15 – Higiene, Segurança e Qualidade de Vida
PARTE VII – MONITORANDO PESSOAS
Cap. 16 – Banco de Dados e Sistemas de Informações de RH
PARTE VIII – O FUTURO DA GESTÃO DE PESSOAS
Cap. 17 – Avaliação da Função de Gestão de Pessoas
Prof. Rogério Martins
PARTE UM
OS NOVOS DESAFIOS DA GESTÃO
DE PESSOAS
Capítulo 1: Introdução à Moderna Gestão de Pessoas
Capítulo 2: A Gestão de Pessoas em um Ambiente
Dinâmico e Competitivo
Capítulo 3: Planejamento Estratégico da Gestão de Pessoas
Prof. Rogério Martins
Significados do termo RH ou
Gestão de Pessoas
Discuta os significados do termo RH ou Gestão de Pessoas:
• RH como função ou departamento.
• RH como práticas de recursos humanos.
• RH como profissão.
Prof. Rogério Martins
O Contexto da Gestão de Pessoas
Objetivos Organizacionais
•Sobrevivência
•Crescimento sustentado
•Lucratividade
•Produtividade
•Qualidade nos Produtos/Serviços
•Redução de Custos
•Participação no Mercado
•Novos Mercados
•Novos Clientes
•Competitividade
•Imagem no Mercado
Objetivos Individuais
•Melhores Salários
•Melhores Benefícios
•Estabilidade no Emprego
•Segurança no Trabalho
•Qualidade de Vida no Trabalho
•Satisfação no Trabalho
•Consideração e Respeito
•Oportunidades de Crescimento
•Liberdade para Trabalhar
•Liderança Liberal
•Orgulho da Organização
Prof. Rogério Martins
Conceitos de RH ou de Gestão
de Pessoas
Diferentes autores têm diferentes conceitos sobre Gestão de Pessoas:
 Administração de Recursos Humanos (ARH) é o conjunto de políticas e práticas
necessárias para conduzir os aspectos da posição gerencial relacionados com as
“pessoas” ou recursos humanos, incluindo recrutamento, seleção, treinamento,
recompensas e avaliação do desempenho (6).
 ARH é a função administrativa devotada à aquisição, treinamento, avaliação e
remuneração dos empregados. Todos os gerentes são, em um certo sentido,
gerentes de pessoas, porque todos eles estão envolvidos em atividades como
recrutamento, entrevistas, seleção e treinamento (7).
 ARH é o conjunto de decisões integradas sobre as relações de emprego que
influenciam a eficácia dos funcionários e das organizações (8).
 ARH é a função na organização que está relacionada com a provisão, treinamento,
desenvolvimento, motivação e manutenção dos empregados (9).
Prof. Rogério Martins
Objetivos da Gestão de Pessoas
• Ajudar a organização a alcançar seus objetivos e realizar sua missão.
• Proporcionar competitividade à organização.
• Proporcionar à organização talentos bem treinados e motivados.
• Aumentar a auto-atualização e a satisfação das pessoas no trabalho.
• Desenvolver e manter qualidade de vida no trabalho.
• Administrar a mudança.
Dê sua opinião a respeito.
Prof. Rogério Martins
Os seis processos de Gestão de
Pessoas
Processos
de
Agregar
Pessoas
Processos
de
Aplicar
Pessoas
Processos
de
Recompensar
Pessoas
Processos
de
Desenvolver
Pessoas
Processos
de
Manter
Pessoas
Processos
de
Monitorar
Pessoas
* Recrutamento
* Seleção
* Desenho de
Cargos
* Avaliação do
Desempenho
* Remuneração
* Benefícios e
Serviços
* Treinamento
* Mudanças
* Comunicações
* Disciplina
* Higiene,
Segurança e
Qualidade Vida
* Relações com
Sindicatos
* Banco de Dados
* Sistemas de
Informações
Gerenciais
Influências Organizacionais
Internas
Influências Ambientais
Externas
*Leis e regulamentos legais
* Sindicatos
* Condições econômicas
* Competitividade
* Condições sociais e culturais
* Missão organizacional
* Visão, objetivos e estratégia
* Cultura organizacional
* Natureza das tarefas
* Estilo de liderança
Processos de RH
Resultados Finais Desejáveis
Práticas éticas
e socialmente
responsáveis
Produtos e serviços
competitivos e de
alta qualidade
Qualidade
de vida no
trabalho
Prof. Rogério Martins
O que é um processo?
Processo é um conjunto de atividades estruturadas e destinadas a resultar
em um produto especificado para um determinado cliente. É uma ordenação
específica das atividades de trabalho no tempo e no espaço, com um
começo, um fim, e entradas e saídas claramente identificadas .
O processo é entendido como uma série de atividades que fornecem valor a
um cliente. O cliente do processo não é necessariamente um cliente externo
da empresa. Ele pode estar dentro da empresa. É o chamado cliente interno.
Prof. Rogério Martins
Organização tradicional do RH
Órgão
de
Recursos
Humanos
Divisão
de
Recrutamento
e Seleção
de Pessoal
Divisão
de
Cargos e
Salários
Divisão
de
Benefícios
Sociais
Divisão
de
Treinamento
Divisão
de
Higiene e
Segurança
Divisão
de
Pessoal
* Psicólogos
* Sociólogos
* Estatísticos
* Analistas de
Cargos e
Salários
* Assistentes
Sociais
* Especialistas
em Benefícios
* Analistas de
Treinamento
* Instrutores
* Comunicadores
* Médicos
* Enfermeiras
* Engenheiros
de Segurança
* Especialistas em
Qualidade Vida
* Relações com
Sindicatos
* Auxiliares de
Pessoal
* Analistas de
Pessoal
Prof. Rogério Martins
O movimento holístico na
Gestão de Pessoas.
Com a abordagem sistêmica, a velha tradição cartesiana de dividir, segmentar
e separar foi substituída por uma nova maneira de organizar a empresa. A
ênfase agora está em juntar e não mais em separar. O foco não está mais nas
tarefas – que são detalhes – mas nos processos que transitam de ponta a
ponta. Não mais nos meios, mas nos fins e resultados. Não mais em cargos
individualizados, separados e confinados, mas no trabalho conjunto feito em
equipes autônomas e multidisciplinares. É o holismo: focar o todo e não as
suas partes.
Os movimentos de reorganização empresarial como a reengenharia e o
downsizing, provocaram a substituição da organização funcional pela
organização em rede de equipes focadas em processos. E isto também está
ocorrendo na Gestão de Pessoas.
Prof. Rogério Martins
Processos de GP
Moderna
Gestão
de
Pessoas
Agregando
Pessoas
Aplicando
Pessoas
Mantendo
Pessoas
Desenvolvendo
Pessoas
Monitorando
Pessoas
Quem deve trabalhar na organização
* Recrutamento de Pessoal
* Seleção de Pessoal
O que as pessoas deverão fazer:
* Modelagem do Trabalho
* Avaliação do Desempenho
Como manter as pessoas no trabalho
* Benefícios
* Descrição e Análise de Cargos
Como recompensar as pessoas:
* Recompensas e Remuneração
* Benefícios e Serviços
Como saber o que fazem e o que são:
* Sistema de Informação Gerencial
* Bancos de Dados
Recompensando
Pessoas
Como desenvolver as pessoas:
* Treinamento e Desenvolvimento
* Programas de Mudanças
* Programas de Comunicações
Prof. Rogério Martins
ARH como Responsabilidade de
Linha e Função de Staff
Função de StaffFunção de Staff Responsabilidade de LinhaResponsabilidade de Linha
* Cuidar das políticas de RH
* Prestar assessoria e suporte
* Dar consultoria interna de RH
* Proporcionar serviços de RH
* Dar orientação de RH
* Cuidar da estratégia de RH
* Cuidar das políticas de RH
* Prestar assessoria e suporte
* Dar consultoria interna de RH
* Proporcionar serviços de RH
* Dar orientação de RH
* Cuidar da estratégia de RH
* Cuidar da sua equipe de pessoas
* Tomar decisões sobre subordinados
* Executar as ações de RH
* Cumprir metas de RH
* Alcançar resultados de RH
* Cuidar da tática e operações
* Cuidar da sua equipe de pessoas
* Tomar decisões sobre subordinados
* Executar as ações de RH
* Cumprir metas de RH
* Alcançar resultados de RH
* Cuidar da tática e operações
Gestor de PessoasGestor de PessoasÓrgão de ARHÓrgão de ARH
Prof. Rogério Martins
Centralização da ARH
Prós:
• Reúne especialistas de RH em um só órgão.
• Proporciona integração intradepartamental.
• Delimita perfeitamente a área de RH.
• Focaliza a função e as tarefas e atividades de RH.
• Ideal para pequenas organizações.
Contras:
• Concentra decisões e ações no staff de RH.
• Monopólio e exclusividade das decisões e ações de RH no staff.
• Homogeneização e padronização das práticas de RH.
• Manutenção e conservação do status quo.
• Órgão de RH torna-se operacional e burocrático.
• Proporciona administração autoritária e autocrática.
Prof. Rogério Martins
Descentralização da ARH
Prós:
• Delega decisões e ações de RH aos gerentes de linha.
• Desmonopolização das decisões e ações de RH.
• Adequação das práticas de RH às diferenças individuais das pessoas.
• Órgão de RH torna-se consultor interno dos gerentes de linha.
• Focalização no cliente interno.
• Favorece a administração participativa.
• Visão estratégica através das unidades estratégicas de RH.
Contras:
• Órgão de RH perde suas fronteiras e limites.
• Especialistas de RH se dispersam.
• Necessidade de terceirização de atividades burocráticas de RH.
Prof. Rogério Martins

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Nocoes de organizacao e gestao de pessoas
Nocoes de organizacao e gestao de pessoasNocoes de organizacao e gestao de pessoas
Nocoes de organizacao e gestao de pessoas
Adriana Vasconcelos
 
Arquivos gestao de pessoas
Arquivos   gestao de pessoasArquivos   gestao de pessoas
Arquivos gestao de pessoas
Claudiomar Borduchi
 
Projeções aulas gestão de pessoas
Projeções aulas gestão de pessoasProjeções aulas gestão de pessoas
Projeções aulas gestão de pessoas
LUCIANABATISTADESA
 
Gestão de pessoas i
Gestão de pessoas iGestão de pessoas i
Gestão de pessoas i
Fabiano Duarte
 
A importância do rh na empresa
A importância do rh na empresaA importância do rh na empresa
A importância do rh na empresa
Andréia Cursino Manczyk
 
Função rh
Função rhFunção rh
Função rh
EvelyneBorges
 
Subsistema de aplicação de rh
Subsistema de aplicação de rhSubsistema de aplicação de rh
Subsistema de aplicação de rh
Nadia Santana
 
Gestão de pessoas
Gestão de pessoasGestão de pessoas
Gestão de pessoas
Fillipe Lobo
 
Mba gestão em_pessoas
Mba gestão em_pessoasMba gestão em_pessoas
Mba gestão em_pessoas
khassadhor
 
Fundap gestão de pessoas e o papel do rh - datashow - mar12 (1)
Fundap   gestão de pessoas e o papel do rh - datashow - mar12 (1)Fundap   gestão de pessoas e o papel do rh - datashow - mar12 (1)
Fundap gestão de pessoas e o papel do rh - datashow - mar12 (1)
Thiago Santos
 
Recursos humanos
Recursos humanosRecursos humanos
Recursos humanos
Rapha Marley
 
gestão de pessoas e RH
 gestão de pessoas e RH gestão de pessoas e RH
gestão de pessoas e RH
Lilian Siqueira
 
Gestao De Pessoas
Gestao De PessoasGestao De Pessoas
Gestao De Pessoas
Inova Gestão
 
Desafios para gestão de Rh.
Desafios para gestão de Rh.Desafios para gestão de Rh.
Desafios para gestão de Rh.
Alexandre Cavalcanti
 
Aula Gestão de Pessoas
Aula Gestão de PessoasAula Gestão de Pessoas
Aula Gestão de Pessoas
Jakson Silva
 
Gestão de pessoas
Gestão de pessoasGestão de pessoas
Gestão de pessoas
Helio Oliveira Oliveira
 
Gestão de pessoas
Gestão de pessoasGestão de pessoas
Gestão de pessoas
Anderson Oliveira
 
Implantação Politíca de Gestão de Pessoas
Implantação Politíca de Gestão de PessoasImplantação Politíca de Gestão de Pessoas
Implantação Politíca de Gestão de Pessoas
Vanderlei Moraes
 
As Funções da Gestão de Recursos Humanos
As Funções daGestão de Recursos HumanosAs Funções daGestão de Recursos Humanos
As Funções da Gestão de Recursos Humanos
APGICO- Associação Portuguesa de Inovação e Criatividade
 
Gestão de Pessoas
 Gestão de Pessoas Gestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
Celso Alfaia Barbosa
 

Mais procurados (20)

Nocoes de organizacao e gestao de pessoas
Nocoes de organizacao e gestao de pessoasNocoes de organizacao e gestao de pessoas
Nocoes de organizacao e gestao de pessoas
 
Arquivos gestao de pessoas
Arquivos   gestao de pessoasArquivos   gestao de pessoas
Arquivos gestao de pessoas
 
Projeções aulas gestão de pessoas
Projeções aulas gestão de pessoasProjeções aulas gestão de pessoas
Projeções aulas gestão de pessoas
 
Gestão de pessoas i
Gestão de pessoas iGestão de pessoas i
Gestão de pessoas i
 
A importância do rh na empresa
A importância do rh na empresaA importância do rh na empresa
A importância do rh na empresa
 
Função rh
Função rhFunção rh
Função rh
 
Subsistema de aplicação de rh
Subsistema de aplicação de rhSubsistema de aplicação de rh
Subsistema de aplicação de rh
 
Gestão de pessoas
Gestão de pessoasGestão de pessoas
Gestão de pessoas
 
Mba gestão em_pessoas
Mba gestão em_pessoasMba gestão em_pessoas
Mba gestão em_pessoas
 
Fundap gestão de pessoas e o papel do rh - datashow - mar12 (1)
Fundap   gestão de pessoas e o papel do rh - datashow - mar12 (1)Fundap   gestão de pessoas e o papel do rh - datashow - mar12 (1)
Fundap gestão de pessoas e o papel do rh - datashow - mar12 (1)
 
Recursos humanos
Recursos humanosRecursos humanos
Recursos humanos
 
gestão de pessoas e RH
 gestão de pessoas e RH gestão de pessoas e RH
gestão de pessoas e RH
 
Gestao De Pessoas
Gestao De PessoasGestao De Pessoas
Gestao De Pessoas
 
Desafios para gestão de Rh.
Desafios para gestão de Rh.Desafios para gestão de Rh.
Desafios para gestão de Rh.
 
Aula Gestão de Pessoas
Aula Gestão de PessoasAula Gestão de Pessoas
Aula Gestão de Pessoas
 
Gestão de pessoas
Gestão de pessoasGestão de pessoas
Gestão de pessoas
 
Gestão de pessoas
Gestão de pessoasGestão de pessoas
Gestão de pessoas
 
Implantação Politíca de Gestão de Pessoas
Implantação Politíca de Gestão de PessoasImplantação Politíca de Gestão de Pessoas
Implantação Politíca de Gestão de Pessoas
 
As Funções da Gestão de Recursos Humanos
As Funções daGestão de Recursos HumanosAs Funções daGestão de Recursos Humanos
As Funções da Gestão de Recursos Humanos
 
Gestão de Pessoas
 Gestão de Pessoas Gestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
 

Semelhante a LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL

Aula 1 - Gestão de Pessoas ajustadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
Aula 1 - Gestão de Pessoas ajustadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...Aula 1 - Gestão de Pessoas ajustadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
Aula 1 - Gestão de Pessoas ajustadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
dianasestsenat
 
Caderno - Gestão de Pessoas
Caderno - Gestão de PessoasCaderno - Gestão de Pessoas
Caderno - Gestão de Pessoas
Cadernos PPT
 
projeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02.pdf
projeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02.pdfprojeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02.pdf
projeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02.pdf
Pr Joilson Rocha
 
APRESENTAÇÃO PARA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
APRESENTAÇÃO PARA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOSAPRESENTAÇÃO PARA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
APRESENTAÇÃO PARA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
MacielTaborda2
 
Gestão de pessoas 14 09
Gestão de pessoas 14 09Gestão de pessoas 14 09
Gestão de pessoas 14 09
Priscila Alves
 
projeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02 (3).pptx
projeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02 (3).pptxprojeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02 (3).pptx
projeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02 (3).pptx
Pedro Luis Moraes
 
Aula 2 - Gestão de Pessoas aaaaaaaaaaaaaaaa
Aula 2 - Gestão de Pessoas aaaaaaaaaaaaaaaaAula 2 - Gestão de Pessoas aaaaaaaaaaaaaaaa
Aula 2 - Gestão de Pessoas aaaaaaaaaaaaaaaa
dianasestsenat
 
Aula RH & GP por Stefano Santos
Aula RH & GP por Stefano SantosAula RH & GP por Stefano Santos
Aula RH & GP por Stefano Santos
Stefano Santos
 
Aula 8 revisão
Aula 8 revisãoAula 8 revisão
Aula 8 revisão
Moises Ribeiro
 
Gestão de Pessoas
Gestão de PessoasGestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
Adeildo Caboclo
 
Gestão de Pessoas_Slides.pdf
Gestão de Pessoas_Slides.pdfGestão de Pessoas_Slides.pdf
Gestão de Pessoas_Slides.pdf
CassiaMarques13
 
A1 gestão de pessoas i
A1 gestão de pessoas iA1 gestão de pessoas i
A1 gestão de pessoas i
Bruna de Oliveira
 
GESTAO_DE_PROCESSOS
GESTAO_DE_PROCESSOSGESTAO_DE_PROCESSOS
GESTAO_DE_PROCESSOS
andrikazi
 
Apostila gestão de pessoas 2013
Apostila gestão de pessoas 2013Apostila gestão de pessoas 2013
Apostila gestão de pessoas 2013
Ricardo Verrengia
 
06 admg - carlos xavier - anatel
06   admg - carlos xavier - anatel06   admg - carlos xavier - anatel
06 admg - carlos xavier - anatel
Ester Almeida
 
Portifólio 2014 (fd)
Portifólio 2014 (fd)Portifólio 2014 (fd)
Portifólio 2014 (fd)
Lucce® - Lumem
 
Portifólio 2014 (fd)
Portifólio 2014 (fd)Portifólio 2014 (fd)
Portifólio 2014 (fd)
Lucce® - Lumem
 
124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt
124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt
124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt
PedroSilva845276
 
Apresentação lucce 2014-pública
Apresentação lucce 2014-públicaApresentação lucce 2014-pública
Apresentação lucce 2014-pública
Lucce® - Lumem
 
4) Por fim, discorra sobre como a inovação pode representar uma estratégia co...
4) Por fim, discorra sobre como a inovação pode representar uma estratégia co...4) Por fim, discorra sobre como a inovação pode representar uma estratégia co...
4) Por fim, discorra sobre como a inovação pode representar uma estratégia co...
Excellence Educacional
 

Semelhante a LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL (20)

Aula 1 - Gestão de Pessoas ajustadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
Aula 1 - Gestão de Pessoas ajustadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...Aula 1 - Gestão de Pessoas ajustadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
Aula 1 - Gestão de Pessoas ajustadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
 
Caderno - Gestão de Pessoas
Caderno - Gestão de PessoasCaderno - Gestão de Pessoas
Caderno - Gestão de Pessoas
 
projeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02.pdf
projeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02.pdfprojeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02.pdf
projeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02.pdf
 
APRESENTAÇÃO PARA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
APRESENTAÇÃO PARA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOSAPRESENTAÇÃO PARA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
APRESENTAÇÃO PARA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
 
Gestão de pessoas 14 09
Gestão de pessoas 14 09Gestão de pessoas 14 09
Gestão de pessoas 14 09
 
projeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02 (3).pptx
projeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02 (3).pptxprojeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02 (3).pptx
projeesaulasgestodepessoas-140502124622-phpapp02 (3).pptx
 
Aula 2 - Gestão de Pessoas aaaaaaaaaaaaaaaa
Aula 2 - Gestão de Pessoas aaaaaaaaaaaaaaaaAula 2 - Gestão de Pessoas aaaaaaaaaaaaaaaa
Aula 2 - Gestão de Pessoas aaaaaaaaaaaaaaaa
 
Aula RH & GP por Stefano Santos
Aula RH & GP por Stefano SantosAula RH & GP por Stefano Santos
Aula RH & GP por Stefano Santos
 
Aula 8 revisão
Aula 8 revisãoAula 8 revisão
Aula 8 revisão
 
Gestão de Pessoas
Gestão de PessoasGestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
 
Gestão de Pessoas_Slides.pdf
Gestão de Pessoas_Slides.pdfGestão de Pessoas_Slides.pdf
Gestão de Pessoas_Slides.pdf
 
A1 gestão de pessoas i
A1 gestão de pessoas iA1 gestão de pessoas i
A1 gestão de pessoas i
 
GESTAO_DE_PROCESSOS
GESTAO_DE_PROCESSOSGESTAO_DE_PROCESSOS
GESTAO_DE_PROCESSOS
 
Apostila gestão de pessoas 2013
Apostila gestão de pessoas 2013Apostila gestão de pessoas 2013
Apostila gestão de pessoas 2013
 
06 admg - carlos xavier - anatel
06   admg - carlos xavier - anatel06   admg - carlos xavier - anatel
06 admg - carlos xavier - anatel
 
Portifólio 2014 (fd)
Portifólio 2014 (fd)Portifólio 2014 (fd)
Portifólio 2014 (fd)
 
Portifólio 2014 (fd)
Portifólio 2014 (fd)Portifólio 2014 (fd)
Portifólio 2014 (fd)
 
124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt
124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt
124951226_manual-gestão integrada de recursos humanos.ppt
 
Apresentação lucce 2014-pública
Apresentação lucce 2014-públicaApresentação lucce 2014-pública
Apresentação lucce 2014-pública
 
4) Por fim, discorra sobre como a inovação pode representar uma estratégia co...
4) Por fim, discorra sobre como a inovação pode representar uma estratégia co...4) Por fim, discorra sobre como a inovação pode representar uma estratégia co...
4) Por fim, discorra sobre como a inovação pode representar uma estratégia co...
 

Mais de LATEC - UFF

LATEC - UFF. USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
LATEC - UFF.  USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...LATEC - UFF.  USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
LATEC - UFF. USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISELATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃOLATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDELATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICALATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUESTLATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUALLATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOSLATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
LATEC - UFF.  ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADELATEC - UFF.  ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
LATEC - UFF. ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃOLATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃOLATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADELATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
LATEC - UFF
 
LATEC -UFF. FINANÇAS
LATEC -UFF. FINANÇASLATEC -UFF. FINANÇAS
LATEC -UFF. FINANÇAS
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDELATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
LATEC - UFF
 
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEMLATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
LATEC - UFF
 
LATEC -UFF . O FUTURO ESTÁ EM NOSSAS MÃOS
LATEC -UFF . O FUTURO ESTÁ EM NOSSAS MÃOSLATEC -UFF . O FUTURO ESTÁ EM NOSSAS MÃOS
LATEC -UFF . O FUTURO ESTÁ EM NOSSAS MÃOS
LATEC - UFF
 

Mais de LATEC - UFF (20)

LATEC - UFF. USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
LATEC - UFF.  USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...LATEC - UFF.  USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
LATEC - UFF. USO DO METRÔ E A SUSTENTABILIDADE INVESTINDO NA QUALIDADE DE VI...
 
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISELATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
LATEC - UFF. AS EMPRESAS DIANTE DA CRISE
 
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
 
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃOLATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
LATEC - UFF. MODELO DE GESTÃO
 
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDELATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
 
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
LATEC - UFF - QUALIDADE TOTAL
 
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICALATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
 
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUESTLATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
LATEC - UFF .TREINAMENTO ONLINE PRO QUEST
 
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
LATEC - UFF. CNEG - XI CONGRESSO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO - MINI CURSOS!
 
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUALLATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
LATEC - UFF- CURRICULO LATTES - MANUAL
 
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOSLATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
LATEC - UFF ECONOMA DA COMUNHÃO - EXPERIÊNCIA DOS EMPRESÁRIOS
 
LATEC - UFF. ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
LATEC - UFF.  ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADELATEC - UFF.  ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
LATEC - UFF. ESTUDOS AVANÇADOS EM SUSTENTABILIDADE
 
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃOLATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
LATEC - UFF - ECONOMIA DE COMUNHÃO
 
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃOLATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
LATEC - UFF. GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO
 
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADELATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
LATEC - UFF. GESTÃO DA QUALIDADE
 
LATEC -UFF. FINANÇAS
LATEC -UFF. FINANÇASLATEC -UFF. FINANÇAS
LATEC -UFF. FINANÇAS
 
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDELATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
LATEC - UFF. ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
 
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
LATEC - UFF. PALESTRAS DE 5 MINUTOS SOBRE SAÚDE,SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE.
 
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEMLATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
LATEC - UFF. SOBREVIVÊNCIA+TRANSCEDÊNCIA - O ETERNO DESAFIO DO HOMEM
 
LATEC -UFF . O FUTURO ESTÁ EM NOSSAS MÃOS
LATEC -UFF . O FUTURO ESTÁ EM NOSSAS MÃOSLATEC -UFF . O FUTURO ESTÁ EM NOSSAS MÃOS
LATEC -UFF . O FUTURO ESTÁ EM NOSSAS MÃOS
 

Último

A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
tamirissousa11
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
CarolineSaback2
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 

LATEC - UFF. GESTÃO DE PESSOAS - A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL

  • 1. GESTÃO DE PESSOAS A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL Prof. Rogério Martins
  • 2. SUMÁRIO RESUMIDO PARTE I – OS NOVOS DESAFIOS DA GESTÃO DE PESSOAS Cap. 1 – Introdução à Moderna Gestão de Pessoas Cap. 2 – A Gestão com Pessoas em um Ambiente Dinâmico e Competitivo Cap. 3 – Planejamento Estratégico da Gestão de Pessoas PARTE II – AGREGANDO PESSOAS Cap. 4 – Recrutamento de Pessoas Cap. 5 – Seleção de Pessoas PARTE III – APLICANDO PESSOAS Cap. 6 – Orientação das Pessoas Cap. 7 – Modelagem do Trabalho Cap. 8 – Avaliação do Desempenho Humano PARTE IV – RECOMPENSANDO PESSOAS Cap. 9 - Remuneração Cap. 10 - Programas de Incentivos Cap. 11 - Benefícios e Serviços às Pessoas PARTE V – DESENVOLVENDO PESSOAS Cap. 12 – Treinamento Cap. 13 – Desenvolvimento de Pessoas e de Organizações PARTE VI – MANTENDO PESSOAS Cap. 14 – Relações com Empregados Cap. 15 – Higiene, Segurança e Qualidade de Vida PARTE VII – MONITORANDO PESSOAS Cap. 16 – Banco de Dados e Sistemas de Informações de RH PARTE VIII – O FUTURO DA GESTÃO DE PESSOAS Cap. 17 – Avaliação da Função de Gestão de Pessoas Prof. Rogério Martins
  • 3. PARTE UM OS NOVOS DESAFIOS DA GESTÃO DE PESSOAS Capítulo 1: Introdução à Moderna Gestão de Pessoas Capítulo 2: A Gestão de Pessoas em um Ambiente Dinâmico e Competitivo Capítulo 3: Planejamento Estratégico da Gestão de Pessoas Prof. Rogério Martins
  • 4. Significados do termo RH ou Gestão de Pessoas Discuta os significados do termo RH ou Gestão de Pessoas: • RH como função ou departamento. • RH como práticas de recursos humanos. • RH como profissão. Prof. Rogério Martins
  • 5. O Contexto da Gestão de Pessoas Objetivos Organizacionais •Sobrevivência •Crescimento sustentado •Lucratividade •Produtividade •Qualidade nos Produtos/Serviços •Redução de Custos •Participação no Mercado •Novos Mercados •Novos Clientes •Competitividade •Imagem no Mercado Objetivos Individuais •Melhores Salários •Melhores Benefícios •Estabilidade no Emprego •Segurança no Trabalho •Qualidade de Vida no Trabalho •Satisfação no Trabalho •Consideração e Respeito •Oportunidades de Crescimento •Liberdade para Trabalhar •Liderança Liberal •Orgulho da Organização Prof. Rogério Martins
  • 6. Conceitos de RH ou de Gestão de Pessoas Diferentes autores têm diferentes conceitos sobre Gestão de Pessoas:  Administração de Recursos Humanos (ARH) é o conjunto de políticas e práticas necessárias para conduzir os aspectos da posição gerencial relacionados com as “pessoas” ou recursos humanos, incluindo recrutamento, seleção, treinamento, recompensas e avaliação do desempenho (6).  ARH é a função administrativa devotada à aquisição, treinamento, avaliação e remuneração dos empregados. Todos os gerentes são, em um certo sentido, gerentes de pessoas, porque todos eles estão envolvidos em atividades como recrutamento, entrevistas, seleção e treinamento (7).  ARH é o conjunto de decisões integradas sobre as relações de emprego que influenciam a eficácia dos funcionários e das organizações (8).  ARH é a função na organização que está relacionada com a provisão, treinamento, desenvolvimento, motivação e manutenção dos empregados (9). Prof. Rogério Martins
  • 7. Objetivos da Gestão de Pessoas • Ajudar a organização a alcançar seus objetivos e realizar sua missão. • Proporcionar competitividade à organização. • Proporcionar à organização talentos bem treinados e motivados. • Aumentar a auto-atualização e a satisfação das pessoas no trabalho. • Desenvolver e manter qualidade de vida no trabalho. • Administrar a mudança. Dê sua opinião a respeito. Prof. Rogério Martins
  • 8. Os seis processos de Gestão de Pessoas Processos de Agregar Pessoas Processos de Aplicar Pessoas Processos de Recompensar Pessoas Processos de Desenvolver Pessoas Processos de Manter Pessoas Processos de Monitorar Pessoas * Recrutamento * Seleção * Desenho de Cargos * Avaliação do Desempenho * Remuneração * Benefícios e Serviços * Treinamento * Mudanças * Comunicações * Disciplina * Higiene, Segurança e Qualidade Vida * Relações com Sindicatos * Banco de Dados * Sistemas de Informações Gerenciais Influências Organizacionais Internas Influências Ambientais Externas *Leis e regulamentos legais * Sindicatos * Condições econômicas * Competitividade * Condições sociais e culturais * Missão organizacional * Visão, objetivos e estratégia * Cultura organizacional * Natureza das tarefas * Estilo de liderança Processos de RH Resultados Finais Desejáveis Práticas éticas e socialmente responsáveis Produtos e serviços competitivos e de alta qualidade Qualidade de vida no trabalho Prof. Rogério Martins
  • 9. O que é um processo? Processo é um conjunto de atividades estruturadas e destinadas a resultar em um produto especificado para um determinado cliente. É uma ordenação específica das atividades de trabalho no tempo e no espaço, com um começo, um fim, e entradas e saídas claramente identificadas . O processo é entendido como uma série de atividades que fornecem valor a um cliente. O cliente do processo não é necessariamente um cliente externo da empresa. Ele pode estar dentro da empresa. É o chamado cliente interno. Prof. Rogério Martins
  • 10. Organização tradicional do RH Órgão de Recursos Humanos Divisão de Recrutamento e Seleção de Pessoal Divisão de Cargos e Salários Divisão de Benefícios Sociais Divisão de Treinamento Divisão de Higiene e Segurança Divisão de Pessoal * Psicólogos * Sociólogos * Estatísticos * Analistas de Cargos e Salários * Assistentes Sociais * Especialistas em Benefícios * Analistas de Treinamento * Instrutores * Comunicadores * Médicos * Enfermeiras * Engenheiros de Segurança * Especialistas em Qualidade Vida * Relações com Sindicatos * Auxiliares de Pessoal * Analistas de Pessoal Prof. Rogério Martins
  • 11. O movimento holístico na Gestão de Pessoas. Com a abordagem sistêmica, a velha tradição cartesiana de dividir, segmentar e separar foi substituída por uma nova maneira de organizar a empresa. A ênfase agora está em juntar e não mais em separar. O foco não está mais nas tarefas – que são detalhes – mas nos processos que transitam de ponta a ponta. Não mais nos meios, mas nos fins e resultados. Não mais em cargos individualizados, separados e confinados, mas no trabalho conjunto feito em equipes autônomas e multidisciplinares. É o holismo: focar o todo e não as suas partes. Os movimentos de reorganização empresarial como a reengenharia e o downsizing, provocaram a substituição da organização funcional pela organização em rede de equipes focadas em processos. E isto também está ocorrendo na Gestão de Pessoas. Prof. Rogério Martins
  • 12. Processos de GP Moderna Gestão de Pessoas Agregando Pessoas Aplicando Pessoas Mantendo Pessoas Desenvolvendo Pessoas Monitorando Pessoas Quem deve trabalhar na organização * Recrutamento de Pessoal * Seleção de Pessoal O que as pessoas deverão fazer: * Modelagem do Trabalho * Avaliação do Desempenho Como manter as pessoas no trabalho * Benefícios * Descrição e Análise de Cargos Como recompensar as pessoas: * Recompensas e Remuneração * Benefícios e Serviços Como saber o que fazem e o que são: * Sistema de Informação Gerencial * Bancos de Dados Recompensando Pessoas Como desenvolver as pessoas: * Treinamento e Desenvolvimento * Programas de Mudanças * Programas de Comunicações Prof. Rogério Martins
  • 13. ARH como Responsabilidade de Linha e Função de Staff Função de StaffFunção de Staff Responsabilidade de LinhaResponsabilidade de Linha * Cuidar das políticas de RH * Prestar assessoria e suporte * Dar consultoria interna de RH * Proporcionar serviços de RH * Dar orientação de RH * Cuidar da estratégia de RH * Cuidar das políticas de RH * Prestar assessoria e suporte * Dar consultoria interna de RH * Proporcionar serviços de RH * Dar orientação de RH * Cuidar da estratégia de RH * Cuidar da sua equipe de pessoas * Tomar decisões sobre subordinados * Executar as ações de RH * Cumprir metas de RH * Alcançar resultados de RH * Cuidar da tática e operações * Cuidar da sua equipe de pessoas * Tomar decisões sobre subordinados * Executar as ações de RH * Cumprir metas de RH * Alcançar resultados de RH * Cuidar da tática e operações Gestor de PessoasGestor de PessoasÓrgão de ARHÓrgão de ARH Prof. Rogério Martins
  • 14. Centralização da ARH Prós: • Reúne especialistas de RH em um só órgão. • Proporciona integração intradepartamental. • Delimita perfeitamente a área de RH. • Focaliza a função e as tarefas e atividades de RH. • Ideal para pequenas organizações. Contras: • Concentra decisões e ações no staff de RH. • Monopólio e exclusividade das decisões e ações de RH no staff. • Homogeneização e padronização das práticas de RH. • Manutenção e conservação do status quo. • Órgão de RH torna-se operacional e burocrático. • Proporciona administração autoritária e autocrática. Prof. Rogério Martins
  • 15. Descentralização da ARH Prós: • Delega decisões e ações de RH aos gerentes de linha. • Desmonopolização das decisões e ações de RH. • Adequação das práticas de RH às diferenças individuais das pessoas. • Órgão de RH torna-se consultor interno dos gerentes de linha. • Focalização no cliente interno. • Favorece a administração participativa. • Visão estratégica através das unidades estratégicas de RH. Contras: • Órgão de RH perde suas fronteiras e limites. • Especialistas de RH se dispersam. • Necessidade de terceirização de atividades burocráticas de RH. Prof. Rogério Martins