SlideShare uma empresa Scribd logo
Adm. Valter Faria
São Paulo, 27 de novembro de 2014
Governança Corporativa
O papel do Administrador Profissional
na gestão de Valor e Riscos
2
Que habilidades serão exigidas
do Administrador do futuro?
3
É importante ter uma estratégia de
comunicação corporativa integrada
O futuro das organizações dependerá da
sua capacidade de ADMINISTRAR
expectativas, relações e interesses!
Conceitos e Modelos
Governança Corporativa
Governança ainda é um tema que gera
confusão e há uma diversidade de conceitos
e de modelos
5
Relação
Propriedade
X
Gestão
Gestão de
Riscos
Corporativos
Conflitos de
Agência
Sistema de
Relações
Melhores
Práticas
Direitos dos
acionistas
(Shareholders)
Sistema de
Poder
Estrutura de
RegulaçãoControles Internos
e Compliance
…é o sistema pelo qual as
organizações são dirigidas,
monitoradas e incentivadas,
envolvendo os relacionamentos
entre Proprietários, Conselho de
Administração, Diretoria e órgãos
de controle.
GOVERNANÇA CORPORATIVA
6
Código das Melhores Práticas de Governança Corporativa
IBGC – Instituto Brasileiros de Governança Corporativa
4ª edição - 2009
GOVERNANÇA CORPORATIVA
7
“É o sistema pelo qual as organizações são:
DIRIGIDAS MONITORADAS INCENTIVADAS
Para fixar
o conceito
GOVERNANÇA CORPORATIVA
8
“É o sistema pelo qual as organizações são:
DIRIGIDAS MONITORADAS INCENTIVADAS
A Governança permite gerenciar
CONFLITOS DE AGÊNCIA
9
ADM
•Agentes Orientadores e Decisores (Outorgantes)
•Focados em:
Decisões Estratégicas e Financeiras
Decisão de Alocação de Recursos
(Carteiras de máximo retorno)
Monitora e Diversifica Riscos
•Agentes Executores (Outorgados)
•Focados em:
Decisões Empresariais do dia-a-dia
Domínio do Negócio (operações)
Conhecimento profundo da Gestão
Implementação da Estratégia
•Conflitos
 Decisões que
maximizam a riqueza
dos acionistas
 Decisões que
maximizam os
interesses dos
gestores
•Temas polêmicos
 Recursos para
capitalização
 Remuneração dos
executivos
 Serviços e
consultorias
 Informações sobre
resultados,
oportunidades e
riscos
O Papel do Administrador na
Governança é desafiador...
10
CONSELHO DIRETORIA
ACOMPANHAR
E ATENDER
REGULADORES
MANTER-SE ATENDO A
TENDÊNCIAS E
NECESSIDADES DE
CLIENTES E PARCEIROS
ATENDER DEMANDAS E
PEDIDOS DE DIVERSAS
ÁREAS DE NEGÓCIO E
SUPORTE DA EMPRESA
MANTER-SE
ATUALIZADA
NAS PRÁTICAS
DE GESTÃO
Compartilhar a
visão dos
Acionistas e
liderar a execução
dos planos
LIDERAR
pessoas e
iniciativas
PADRONIZAR
orientaçõesGERENCIAR
a rentabilidade e o
crescimento dos negócios
ACESSAR E
COMPARTILHAR
informaçõesASSEGURAR
rastreabilidade de
operações para
prestação de contas
Compartilhar
a visão dos
gestores e
influenciar
decisões
MANTER-SE ATENTO
A DEMANDAS DE
INVESTIDORES E
FINANCIADORES
ENTORNO
• Comunidade em que
a empresa atua
• Sociedade
• Governo
• Meio-
ambiente
PÚBLICO
EXTERNO
• Credores
• Fornecedores
• Clientes
• Consu-
midores
O necessário alinhamento de Interesses
se expande para fora da organização
11
A função das organizações
• Responsabilidade Ampliada
• Alinhamento Abrangente
• Empregados
PÚBLICO
INTERNO
• Fundações
ACIONISTAS
• Conflitos
proprietários-
gestores
• Direitos e poder
assimétricos:
 Majoritários-
minoritários
Quem são
meus
stakeholders?
Mas vamos esclarecer de uma vez
por todas as diferenças entre:
12
SKATE HOLDER
STOCKHOLDER
STAKEHOLDER
STEAK HOLDER
As organizações sofrem influências
de forças de controle externo
13
De certa forma: dirigem, monitoram e incentivam
Organização
Legislação e
Regulamentação
Obrigatória
Padrões Contábeis
Exigidos
Controle pelo Mercado
de Capitais
Pressões de Mercados
Competitivos
Ativismo de Investidores
Institucionais
É crescente o impacto nas organizações
e a pressão sobre Administradores
14
Pressões Regulatórias e
Legais
Pressões do ambiente de
Negócios
Pressões
Sociais
Ciclos de Evolução
Empresarial
Receita
Ciclo de Vida
Geração de
Caixa
Necessidade
de Capital
Baixa ou negativa
Necessidade de
Capital
Baixa ou insuficiente
para sustentar
crescimento
Alta, relativametno
ao valor do negócio
Alta e suficiente
para manutenção
da operaçao
declinante
Alta e maior qu o
necessário ou
reestruturação
Baixa ou necessidade de
capitalização
Parceiros Estratégicos
Seed Capital
Venture Capital
Private Equity
Hedge Funds
Emissão de Ações
Instituições Financeiras - Dívida
Private Equity
Startup Crescimento Maturidade
Estabilidade ou
Declínio
Fontes de recursos apropriados durante
os ciclos de vida de uma empresa
Empresas Abertas
16
Captação de Recursos e Governança
Crescente indicação de pré-requisitos
A adoção (ou não) de práticas de governança está
diretamente ligada a Gestão de Riscos, Custo de
Capital e a Perenidade do Negócio
É condição para acessar capital
Por que a Governança é tão importante
atualmente e entrou definitivamente
na agenda do Administrador?
18
Fontes:
Becht, Marco, Bolton, Patrick and Röell, Ailsa A., "Corporate Governance and Control" (October 2002).
ECGI - Finance Working Paper No. 02/2002. http://ssrn.com/abstract=343461
Governança Corporativa
na atualidade é:
19
( ) Mambo Jambo
( ) Diferencial Competitivo
( ) Condição de Sustentabilidade
Sua organização está preparada?
20
Meu plano estratégico contempla
os interesses difusos?
Eu conheço profundamente
meus stakeholders
estratégicos?
Eu consigo mais acesso a capital e redução
de custos com melhores práticas?
Minha governança permite
atrair parceiros de longo
prazo?
Que riscos não
estamos gerenciando?Estou gerenciando
conflitos
adequadamente
Como o mercado percebe
nosso plano de sucessão?
Hoje conseguimos distinguir os
últimos ciclos organizacionais
21
“O século 21 promete ser o SÉCULO DA GOVERNANÇA, na
medida em que o foco recai na legitimidade e efetividade de
exercer o poder sobre entidades corporativas no mundo inteiro”.
(King Report II)
Século 19
SÉCULO DO
EMPREENDEDOR
Século 20
SÉCULO DA
GESTÃO
Século 21
SÉCULO DA
GOVERNANÇA
Porque esta constatação é
importante para o Administrador
Profissional?
23
Administradores rapidamente se
adaptam para acompanhar a
evolução do Modelo de Gestão
Gestão pela
Qualidade
Definição e alcance de
padrões de qualidade
para os produtos e
serviços e eliminação dos
desperdícios. Gestão
pela Qualidade significa
busca de excelência nos
processos; cultura
de melhoria contínua;
melhor relacionamento
com os clientes e
fornecedores; e
envolvimento de todos
os trabalhadores
Gestão
Estratégica
Enfrentamento da
competitividade global
pela antecipação de
cenários. Gestão com foco
nas ameaças e
oportunidades do
ambiente, e nas forças e
fraquezas da organização..
Reengenharia
Competitividade baseada
em preços e apoiada em
metodologia de
otimização de processos,
enxugamento do quadro
de pessoal (downsizing) e
redução de despesas.
Reengenharia significa um
redesenho dos processos
de negócio com o objetivo
de obter melhorias em
três fatores: custos,
serviços e tempo
Gestão por
Competências e
Gestão do
Conhecimento
Melhoria do desempenho
organizacional e superação
da concorrência, a partir
do desenvolvimento de
competências distintivas e
da inovação permanente.
Administração
por Objetivos
Orientação do sistema de
produção e
de vendas, visando o
estabelecimento de
metas de produção,
de produtividade e de
marketing share.
O grande avanço na adoção da
Gestão por Competências
Competências representam combinações
sinérgicas de conhecimentos,
habilidades e atitudes, expressas pelo
desempenho profissional, no âmbito de
determinado contexto ou estratégia
organizacional”
(Carbone et al., 2005; Durand, 2000; Nisembaum, 2000)
Conhecimentos Necessários...
Conhecer
área de
atuação
Conhecer o
mercado
Conhecer
gestão de
pessoas
Conhecer
todas as
áreas
Conhecer
administração
Conhecer
planejamento
Liderança
Conhecimentos
técnicos
Fonte: CRA, MEC e Literatura
O Administrador Profissional pode atuar em
diversas áreas do conhecimento técnico
Gestão das
Finanças
Gestão de
Distribuição
Gestão de
Produção
Contabilidade Gestão de
Vendas
Gestão
Processos
Gestão de
Pessoas
Gestão de
Controle
Gestão
Sistemas e
TI
Gestão de
Negócios
Gestão de
Marketing
Habilidades desejáveis..
Liderança
Relacionamento
interpessoal
Flexibilidade
Comunicar-se
bem
Visão
sistêmica
Motivação
Saber
negociar
Saber
planejar
Criatividade
Habilidade
para trabalhar
em equipe
Conhecer
a equipe
Ter
agilidade
Fonte: CRA, MEC
e Literatura
Há importantes mudanças nas Competências
do Administrador de acordo com sua posição
no nível hierárquico das organizações
Habilidades Gerenciais e Níveis Hierárquicos segundo Henry Mintzberg
Supervisão de
Primeira Linha
Gerência
Intermediária
Administração
Superior
HABILIDADES
TÉCNICAS
HABILIDADES
HUMANAS
HABILIDADES
CONCEITUAIS
HIERARQUIA
(Estratégico)
(Tático)
(Operacional)
Atitudes: o mais importante!
Fonte: CRA, MEC
e Literatura
Focado em
resultados
Ser pró
ativo
Ter postura
Ética
Honestidade
Responsabilidade
Ser
negociador
Criatividade
Credibilidade
Equilíbrio
emocional
Iniciativa
Integridade
Ter
agilidadeSer
empreendedor
Ser
confiável
Saber falar e
saber ouvir
Gostar de
trabalhar
em equipe
Agilidade
Saber
planejar
Então o Administrador
precisa ter CHA?
CONHECIMENTOS HABILIDADES ATITUDES
SABER
Saber o que e como
Informação organizada e
estruturada
Bagagem e referencial
cognitivo
Aprender a aprender
SABER FAZER
Colocar em prática o que
aprendeu: conhecimentos e
conceitos aplicados no
desenvolvimento dos
negócios
FAZER ACONTECER
Querer fazer
(postura, maneira de ser, forma de agir)
E qual é a relação entre o
Administrador Profissional,
todas essas competências
e a Governança Corporativa?
O ADMINISTRADOR
DO FUTURO!
Administrador do futuro precisará
continuamente adquirir competências que
lhe permitam interagir com amplo número
de públicos e alinhar/negociar
interesses e expectativas.
33
O administrador será
um dos principais
atores da
Governança
“Os analfabetos do século 21
não serão aqueles que não
sabem ler e escrever, mas
aqueles que não sabem
aprender, desaprender e
reaprender.”
Alvim Toffler
36
É importante ter uma estratégia de
comunicação corporativa integrada
O futuro das organizações dependerá da
sua capacidade de ADMINISTRAR
expectativas, relações e interesses!
Perguntas?
Valter Faria – CRA nº 25.210
vfaria@valorp.com.br
Grupo de Excelência de Governança Corporativa
Adm. Valter Faria
São Paulo, 27 de novembro de 2014
Governança Corporativa
O papel do Administrador Profissional
na gestão de Valor e Riscos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Governanca corporativa e controles internos - Boas práticas nas pequenas e mé...
Governanca corporativa e controles internos - Boas práticas nas pequenas e mé...Governanca corporativa e controles internos - Boas práticas nas pequenas e mé...
Governanca corporativa e controles internos - Boas práticas nas pequenas e mé...
HSCE Ltda.
 
Governança Corporativa
Governança CorporativaGovernança Corporativa
Governança Corporativa
Fernanda Zambon M. Oliveira
 
Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...
Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...
Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...
Col Diógenes Lima Neto (MSc, MPA, MBA)
 
Curso online Governanca Corporativa
Curso online Governanca CorporativaCurso online Governanca Corporativa
Curso online Governanca Corporativa
Unichristus Centro Universitário
 
Governança corporativa
Governança corporativaGovernança corporativa
Governança corporativa
alemartins10
 
Governança Corporativa
Governança CorporativaGovernança Corporativa
Governança Corporativa
Edmilson Palermo Soares
 
Código das Melhores Práticas - IBGC
Código das Melhores Práticas - IBGCCódigo das Melhores Práticas - IBGC
Código das Melhores Práticas - IBGC
ceiestudos
 
Teoria da Governança Corporativa
Teoria da Governança CorporativaTeoria da Governança Corporativa
Teoria da Governança Corporativa
E. AQUINO
 
Reputacao e Governanca Corporativa
Reputacao e Governanca CorporativaReputacao e Governanca Corporativa
Reputacao e Governanca Corporativa
Valter Faria
 
Governança Corporativa
Governança CorporativaGovernança Corporativa
Governança Corporativa
HealthMinds Academy
 
GOVERNANÇA CORPORATIVA: estudo de caso Senior Solution - julho 2015
GOVERNANÇA CORPORATIVA: estudo de caso Senior Solution - julho 2015GOVERNANÇA CORPORATIVA: estudo de caso Senior Solution - julho 2015
GOVERNANÇA CORPORATIVA: estudo de caso Senior Solution - julho 2015
Gilberto C Porto
 
Governanca nas Empresas Familiares - casos e boas lições
Governanca nas Empresas Familiares - casos e boas liçõesGovernanca nas Empresas Familiares - casos e boas lições
Governanca nas Empresas Familiares - casos e boas lições
Gilberto C Porto
 
Governança: Conceitos, Níveis e "Tipologia"
Governança: Conceitos, Níveis e "Tipologia"Governança: Conceitos, Níveis e "Tipologia"
Governança: Conceitos, Níveis e "Tipologia"
Givanildo Silva
 
Governança corporativa trabalho_conclusão_mba_2006
Governança corporativa trabalho_conclusão_mba_2006Governança corporativa trabalho_conclusão_mba_2006
Governança corporativa trabalho_conclusão_mba_2006
Sergio Bonfantti
 
Governanca corporativa pme
Governanca corporativa pmeGovernanca corporativa pme
Estudos de caso governanca corporativa
Estudos de caso governanca corporativaEstudos de caso governanca corporativa
Estudos de caso governanca corporativa
santa rita
 
Bb tecnologia e serviços e sua governança corporativa
Bb tecnologia e serviços e sua governança corporativaBb tecnologia e serviços e sua governança corporativa
Bb tecnologia e serviços e sua governança corporativa
Frederico Minervino
 
Jornada Administrativa 2015 - Edição Especial Encoad 2015
Jornada Administrativa 2015 - Edição Especial Encoad 2015Jornada Administrativa 2015 - Edição Especial Encoad 2015
Jornada Administrativa 2015 - Edição Especial Encoad 2015
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
20160404-GC Estatais-Olinda
20160404-GC Estatais-Olinda20160404-GC Estatais-Olinda
20160404-GC Estatais-Olinda
Liege Oliveira Ayub
 
Governanca Corporativa
Governanca CorporativaGovernanca Corporativa
Governanca Corporativa
Mateus Cozer
 

Mais procurados (20)

Governanca corporativa e controles internos - Boas práticas nas pequenas e mé...
Governanca corporativa e controles internos - Boas práticas nas pequenas e mé...Governanca corporativa e controles internos - Boas práticas nas pequenas e mé...
Governanca corporativa e controles internos - Boas práticas nas pequenas e mé...
 
Governança Corporativa
Governança CorporativaGovernança Corporativa
Governança Corporativa
 
Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...
Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...
Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...
 
Curso online Governanca Corporativa
Curso online Governanca CorporativaCurso online Governanca Corporativa
Curso online Governanca Corporativa
 
Governança corporativa
Governança corporativaGovernança corporativa
Governança corporativa
 
Governança Corporativa
Governança CorporativaGovernança Corporativa
Governança Corporativa
 
Código das Melhores Práticas - IBGC
Código das Melhores Práticas - IBGCCódigo das Melhores Práticas - IBGC
Código das Melhores Práticas - IBGC
 
Teoria da Governança Corporativa
Teoria da Governança CorporativaTeoria da Governança Corporativa
Teoria da Governança Corporativa
 
Reputacao e Governanca Corporativa
Reputacao e Governanca CorporativaReputacao e Governanca Corporativa
Reputacao e Governanca Corporativa
 
Governança Corporativa
Governança CorporativaGovernança Corporativa
Governança Corporativa
 
GOVERNANÇA CORPORATIVA: estudo de caso Senior Solution - julho 2015
GOVERNANÇA CORPORATIVA: estudo de caso Senior Solution - julho 2015GOVERNANÇA CORPORATIVA: estudo de caso Senior Solution - julho 2015
GOVERNANÇA CORPORATIVA: estudo de caso Senior Solution - julho 2015
 
Governanca nas Empresas Familiares - casos e boas lições
Governanca nas Empresas Familiares - casos e boas liçõesGovernanca nas Empresas Familiares - casos e boas lições
Governanca nas Empresas Familiares - casos e boas lições
 
Governança: Conceitos, Níveis e "Tipologia"
Governança: Conceitos, Níveis e "Tipologia"Governança: Conceitos, Níveis e "Tipologia"
Governança: Conceitos, Níveis e "Tipologia"
 
Governança corporativa trabalho_conclusão_mba_2006
Governança corporativa trabalho_conclusão_mba_2006Governança corporativa trabalho_conclusão_mba_2006
Governança corporativa trabalho_conclusão_mba_2006
 
Governanca corporativa pme
Governanca corporativa pmeGovernanca corporativa pme
Governanca corporativa pme
 
Estudos de caso governanca corporativa
Estudos de caso governanca corporativaEstudos de caso governanca corporativa
Estudos de caso governanca corporativa
 
Bb tecnologia e serviços e sua governança corporativa
Bb tecnologia e serviços e sua governança corporativaBb tecnologia e serviços e sua governança corporativa
Bb tecnologia e serviços e sua governança corporativa
 
Jornada Administrativa 2015 - Edição Especial Encoad 2015
Jornada Administrativa 2015 - Edição Especial Encoad 2015Jornada Administrativa 2015 - Edição Especial Encoad 2015
Jornada Administrativa 2015 - Edição Especial Encoad 2015
 
20160404-GC Estatais-Olinda
20160404-GC Estatais-Olinda20160404-GC Estatais-Olinda
20160404-GC Estatais-Olinda
 
Governanca Corporativa
Governanca CorporativaGovernanca Corporativa
Governanca Corporativa
 

Semelhante a Governança Corporativa O papel do Administrador Profissional na gestão de Valor e Riscos

Como desenvolver um bom processo de governança corporativa
Como desenvolver um bom processo de governança corporativaComo desenvolver um bom processo de governança corporativa
Como desenvolver um bom processo de governança corporativa
ZipCode
 
Indicadores estratégicos para a gestão empresarial
Indicadores estratégicos para a gestão empresarialIndicadores estratégicos para a gestão empresarial
Indicadores estratégicos para a gestão empresarial
Dawison Calheiros
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
Tajra Assessoria Educacional Ltda
 
Governança de TI - Aula02 - Conceitos em Governanca corporativa
Governança de TI - Aula02 - Conceitos em Governanca corporativaGovernança de TI - Aula02 - Conceitos em Governanca corporativa
Governança de TI - Aula02 - Conceitos em Governanca corporativa
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Adm estrat aula 2 va
Adm estrat  aula 2 vaAdm estrat  aula 2 va
Adm estrat aula 2 va
katiagomide
 
Adm estrat aula 2 va
Adm estrat  aula 2 vaAdm estrat  aula 2 va
Adm estrat aula 2 va
katiagomide
 
Adm estrat aula 2 va
Adm estrat  aula 2 vaAdm estrat  aula 2 va
Adm estrat aula 2 va
katiagomide
 
Administração
AdministraçãoAdministração
Administração
Shirlei Cardão
 
Estratégia para a competitivdade
Estratégia para a competitivdadeEstratégia para a competitivdade
Estratégia para a competitivdade
Daniel de Carvalho Luz
 
Apostila – Curso EstratéGia E AvaliaçãO De Pessoas
Apostila – Curso EstratéGia E AvaliaçãO De PessoasApostila – Curso EstratéGia E AvaliaçãO De Pessoas
Apostila – Curso EstratéGia E AvaliaçãO De Pessoas
David Campos
 
Gestão Empresarial.pdf
Gestão Empresarial.pdfGestão Empresarial.pdf
Gestão Empresarial.pdf
Ernesto Thurmann
 
A economia da estratégia
A economia da estratégiaA economia da estratégia
A economia da estratégia
Gisele Coelho Lopes
 
Semana do administrador ufsc 2011
Semana do administrador ufsc 2011Semana do administrador ufsc 2011
Semana do administrador ufsc 2011
Paulo Bastos
 
Inss GestãO De Marketing Handout
Inss GestãO De Marketing HandoutInss GestãO De Marketing Handout
Inss GestãO De Marketing Handout
guest3d9dc0c
 
Apresentação do curso
Apresentação do cursoApresentação do curso
Apresentação do curso
Elaine Beraldo
 
16 ri estudo_ibri_deloitte
16 ri estudo_ibri_deloitte16 ri estudo_ibri_deloitte
16 ri estudo_ibri_deloitte
ceiestudos
 
Seminário Planejamento Estratégico Dígitro
Seminário Planejamento Estratégico DígitroSeminário Planejamento Estratégico Dígitro
Seminário Planejamento Estratégico Dígitro
Andrei Cavalheiro
 
Governança Corporaiva no cenário global organizacional
Governança Corporaiva no cenário global organizacionalGovernança Corporaiva no cenário global organizacional
Governança Corporaiva no cenário global organizacional
TR Consulting
 
guia-gestao-excelencia-fundacao-nacional-da-qualidade.pdf
guia-gestao-excelencia-fundacao-nacional-da-qualidade.pdfguia-gestao-excelencia-fundacao-nacional-da-qualidade.pdf
guia-gestao-excelencia-fundacao-nacional-da-qualidade.pdf
VanessaGomes344943
 
E-Book Gestão de Stakeholders DOM Strategy Partners 2010
 E-Book Gestão de Stakeholders DOM Strategy Partners 2010 E-Book Gestão de Stakeholders DOM Strategy Partners 2010
E-Book Gestão de Stakeholders DOM Strategy Partners 2010
DOM Strategy Partners
 

Semelhante a Governança Corporativa O papel do Administrador Profissional na gestão de Valor e Riscos (20)

Como desenvolver um bom processo de governança corporativa
Como desenvolver um bom processo de governança corporativaComo desenvolver um bom processo de governança corporativa
Como desenvolver um bom processo de governança corporativa
 
Indicadores estratégicos para a gestão empresarial
Indicadores estratégicos para a gestão empresarialIndicadores estratégicos para a gestão empresarial
Indicadores estratégicos para a gestão empresarial
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
 
Governança de TI - Aula02 - Conceitos em Governanca corporativa
Governança de TI - Aula02 - Conceitos em Governanca corporativaGovernança de TI - Aula02 - Conceitos em Governanca corporativa
Governança de TI - Aula02 - Conceitos em Governanca corporativa
 
Adm estrat aula 2 va
Adm estrat  aula 2 vaAdm estrat  aula 2 va
Adm estrat aula 2 va
 
Adm estrat aula 2 va
Adm estrat  aula 2 vaAdm estrat  aula 2 va
Adm estrat aula 2 va
 
Adm estrat aula 2 va
Adm estrat  aula 2 vaAdm estrat  aula 2 va
Adm estrat aula 2 va
 
Administração
AdministraçãoAdministração
Administração
 
Estratégia para a competitivdade
Estratégia para a competitivdadeEstratégia para a competitivdade
Estratégia para a competitivdade
 
Apostila – Curso EstratéGia E AvaliaçãO De Pessoas
Apostila – Curso EstratéGia E AvaliaçãO De PessoasApostila – Curso EstratéGia E AvaliaçãO De Pessoas
Apostila – Curso EstratéGia E AvaliaçãO De Pessoas
 
Gestão Empresarial.pdf
Gestão Empresarial.pdfGestão Empresarial.pdf
Gestão Empresarial.pdf
 
A economia da estratégia
A economia da estratégiaA economia da estratégia
A economia da estratégia
 
Semana do administrador ufsc 2011
Semana do administrador ufsc 2011Semana do administrador ufsc 2011
Semana do administrador ufsc 2011
 
Inss GestãO De Marketing Handout
Inss GestãO De Marketing HandoutInss GestãO De Marketing Handout
Inss GestãO De Marketing Handout
 
Apresentação do curso
Apresentação do cursoApresentação do curso
Apresentação do curso
 
16 ri estudo_ibri_deloitte
16 ri estudo_ibri_deloitte16 ri estudo_ibri_deloitte
16 ri estudo_ibri_deloitte
 
Seminário Planejamento Estratégico Dígitro
Seminário Planejamento Estratégico DígitroSeminário Planejamento Estratégico Dígitro
Seminário Planejamento Estratégico Dígitro
 
Governança Corporaiva no cenário global organizacional
Governança Corporaiva no cenário global organizacionalGovernança Corporaiva no cenário global organizacional
Governança Corporaiva no cenário global organizacional
 
guia-gestao-excelencia-fundacao-nacional-da-qualidade.pdf
guia-gestao-excelencia-fundacao-nacional-da-qualidade.pdfguia-gestao-excelencia-fundacao-nacional-da-qualidade.pdf
guia-gestao-excelencia-fundacao-nacional-da-qualidade.pdf
 
E-Book Gestão de Stakeholders DOM Strategy Partners 2010
 E-Book Gestão de Stakeholders DOM Strategy Partners 2010 E-Book Gestão de Stakeholders DOM Strategy Partners 2010
E-Book Gestão de Stakeholders DOM Strategy Partners 2010
 

Mais de Valter Faria

Disclosure, inteligência de mercado e aspectos estratégicos de Relações com I...
Disclosure, inteligência de mercado e aspectos estratégicos de Relações com I...Disclosure, inteligência de mercado e aspectos estratégicos de Relações com I...
Disclosure, inteligência de mercado e aspectos estratégicos de Relações com I...
Valter Faria
 
Controle Interno da Informação
Controle Interno da InformaçãoControle Interno da Informação
Controle Interno da Informação
Valter Faria
 
ENCOAD 2017_ O Administrador da Era da Divergência
ENCOAD 2017_ O Administrador da Era da Divergência ENCOAD 2017_ O Administrador da Era da Divergência
ENCOAD 2017_ O Administrador da Era da Divergência
Valter Faria
 
Desafios em tempos de divergência - Novas habilidades do CFO em um mundo em ...
Desafios em tempos de divergência -  Novas habilidades do CFO em um mundo em ...Desafios em tempos de divergência -  Novas habilidades do CFO em um mundo em ...
Desafios em tempos de divergência - Novas habilidades do CFO em um mundo em ...
Valter Faria
 
O valor da reputação corporativa
O valor da reputação corporativaO valor da reputação corporativa
O valor da reputação corporativa
Valter Faria
 
MZ adquire controle da Consultoria CORP
MZ adquire controle da Consultoria CORPMZ adquire controle da Consultoria CORP
MZ adquire controle da Consultoria CORP
Valter Faria
 
Aula4 governanca corporativa e o lobby
Aula4 governanca corporativa e o lobbyAula4 governanca corporativa e o lobby
Aula4 governanca corporativa e o lobby
Valter Faria
 
Aula3 governo, quem eh e quais suas representacoes
Aula3 governo, quem eh e quais suas representacoesAula3 governo, quem eh e quais suas representacoes
Aula3 governo, quem eh e quais suas representacoes
Valter Faria
 
Aula2 imagem a partir das relacoes empresariais
Aula2 imagem a partir das relacoes empresariaisAula2 imagem a partir das relacoes empresariais
Aula2 imagem a partir das relacoes empresariais
Valter Faria
 
Aula1 relacoes institucionais e como acontecem na pratica
Aula1 relacoes institucionais e como acontecem na praticaAula1 relacoes institucionais e como acontecem na pratica
Aula1 relacoes institucionais e como acontecem na pratica
Valter Faria
 
Estruturas de Proxy Voting_10abr2007
Estruturas de Proxy Voting_10abr2007Estruturas de Proxy Voting_10abr2007
Estruturas de Proxy Voting_10abr2007
Valter Faria
 
Manual Abrasca de Controle e Divulgacao de Informacoes Relevantes
Manual Abrasca de Controle e Divulgacao de Informacoes RelevantesManual Abrasca de Controle e Divulgacao de Informacoes Relevantes
Manual Abrasca de Controle e Divulgacao de Informacoes Relevantes
Valter Faria
 
Portal de Governança
Portal de GovernançaPortal de Governança
Portal de Governança
Valter Faria
 
Portal de Governança Corporativa
Portal de Governança CorporativaPortal de Governança Corporativa
Portal de Governança Corporativa
Valter Faria
 
Portal de Governança
Portal de GovernançaPortal de Governança
Portal de Governança
Valter Faria
 
Frutos Do Conhecimento
Frutos Do ConhecimentoFrutos Do Conhecimento
Frutos Do Conhecimento
Valter Faria
 
Valter Atestados
Valter AtestadosValter Atestados
Valter Atestados
Valter Faria
 
Petrobras Atestado Valter Faria Novembro2009
Petrobras Atestado Valter Faria Novembro2009Petrobras Atestado Valter Faria Novembro2009
Petrobras Atestado Valter Faria Novembro2009
Valter Faria
 
O que sera exigido do CEO do futuro?
O que sera exigido do CEO do futuro?O que sera exigido do CEO do futuro?
O que sera exigido do CEO do futuro?
Valter Faria
 
Como diferenciar minha empresa
Como diferenciar minha empresaComo diferenciar minha empresa
Como diferenciar minha empresa
Valter Faria
 

Mais de Valter Faria (20)

Disclosure, inteligência de mercado e aspectos estratégicos de Relações com I...
Disclosure, inteligência de mercado e aspectos estratégicos de Relações com I...Disclosure, inteligência de mercado e aspectos estratégicos de Relações com I...
Disclosure, inteligência de mercado e aspectos estratégicos de Relações com I...
 
Controle Interno da Informação
Controle Interno da InformaçãoControle Interno da Informação
Controle Interno da Informação
 
ENCOAD 2017_ O Administrador da Era da Divergência
ENCOAD 2017_ O Administrador da Era da Divergência ENCOAD 2017_ O Administrador da Era da Divergência
ENCOAD 2017_ O Administrador da Era da Divergência
 
Desafios em tempos de divergência - Novas habilidades do CFO em um mundo em ...
Desafios em tempos de divergência -  Novas habilidades do CFO em um mundo em ...Desafios em tempos de divergência -  Novas habilidades do CFO em um mundo em ...
Desafios em tempos de divergência - Novas habilidades do CFO em um mundo em ...
 
O valor da reputação corporativa
O valor da reputação corporativaO valor da reputação corporativa
O valor da reputação corporativa
 
MZ adquire controle da Consultoria CORP
MZ adquire controle da Consultoria CORPMZ adquire controle da Consultoria CORP
MZ adquire controle da Consultoria CORP
 
Aula4 governanca corporativa e o lobby
Aula4 governanca corporativa e o lobbyAula4 governanca corporativa e o lobby
Aula4 governanca corporativa e o lobby
 
Aula3 governo, quem eh e quais suas representacoes
Aula3 governo, quem eh e quais suas representacoesAula3 governo, quem eh e quais suas representacoes
Aula3 governo, quem eh e quais suas representacoes
 
Aula2 imagem a partir das relacoes empresariais
Aula2 imagem a partir das relacoes empresariaisAula2 imagem a partir das relacoes empresariais
Aula2 imagem a partir das relacoes empresariais
 
Aula1 relacoes institucionais e como acontecem na pratica
Aula1 relacoes institucionais e como acontecem na praticaAula1 relacoes institucionais e como acontecem na pratica
Aula1 relacoes institucionais e como acontecem na pratica
 
Estruturas de Proxy Voting_10abr2007
Estruturas de Proxy Voting_10abr2007Estruturas de Proxy Voting_10abr2007
Estruturas de Proxy Voting_10abr2007
 
Manual Abrasca de Controle e Divulgacao de Informacoes Relevantes
Manual Abrasca de Controle e Divulgacao de Informacoes RelevantesManual Abrasca de Controle e Divulgacao de Informacoes Relevantes
Manual Abrasca de Controle e Divulgacao de Informacoes Relevantes
 
Portal de Governança
Portal de GovernançaPortal de Governança
Portal de Governança
 
Portal de Governança Corporativa
Portal de Governança CorporativaPortal de Governança Corporativa
Portal de Governança Corporativa
 
Portal de Governança
Portal de GovernançaPortal de Governança
Portal de Governança
 
Frutos Do Conhecimento
Frutos Do ConhecimentoFrutos Do Conhecimento
Frutos Do Conhecimento
 
Valter Atestados
Valter AtestadosValter Atestados
Valter Atestados
 
Petrobras Atestado Valter Faria Novembro2009
Petrobras Atestado Valter Faria Novembro2009Petrobras Atestado Valter Faria Novembro2009
Petrobras Atestado Valter Faria Novembro2009
 
O que sera exigido do CEO do futuro?
O que sera exigido do CEO do futuro?O que sera exigido do CEO do futuro?
O que sera exigido do CEO do futuro?
 
Como diferenciar minha empresa
Como diferenciar minha empresaComo diferenciar minha empresa
Como diferenciar minha empresa
 

Último

Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
MartesonCasteloBranc1
 
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
E-Commerce Brasil
 
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opcaula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
polianasenaces
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
E-Commerce Brasil
 

Último (6)

Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
 
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
 
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opcaula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
 

Governança Corporativa O papel do Administrador Profissional na gestão de Valor e Riscos

  • 1. Adm. Valter Faria São Paulo, 27 de novembro de 2014 Governança Corporativa O papel do Administrador Profissional na gestão de Valor e Riscos
  • 2. 2 Que habilidades serão exigidas do Administrador do futuro?
  • 3. 3 É importante ter uma estratégia de comunicação corporativa integrada O futuro das organizações dependerá da sua capacidade de ADMINISTRAR expectativas, relações e interesses!
  • 5. Governança ainda é um tema que gera confusão e há uma diversidade de conceitos e de modelos 5 Relação Propriedade X Gestão Gestão de Riscos Corporativos Conflitos de Agência Sistema de Relações Melhores Práticas Direitos dos acionistas (Shareholders) Sistema de Poder Estrutura de RegulaçãoControles Internos e Compliance
  • 6. …é o sistema pelo qual as organizações são dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo os relacionamentos entre Proprietários, Conselho de Administração, Diretoria e órgãos de controle. GOVERNANÇA CORPORATIVA 6 Código das Melhores Práticas de Governança Corporativa IBGC – Instituto Brasileiros de Governança Corporativa 4ª edição - 2009
  • 7. GOVERNANÇA CORPORATIVA 7 “É o sistema pelo qual as organizações são: DIRIGIDAS MONITORADAS INCENTIVADAS Para fixar o conceito
  • 8. GOVERNANÇA CORPORATIVA 8 “É o sistema pelo qual as organizações são: DIRIGIDAS MONITORADAS INCENTIVADAS
  • 9. A Governança permite gerenciar CONFLITOS DE AGÊNCIA 9 ADM •Agentes Orientadores e Decisores (Outorgantes) •Focados em: Decisões Estratégicas e Financeiras Decisão de Alocação de Recursos (Carteiras de máximo retorno) Monitora e Diversifica Riscos •Agentes Executores (Outorgados) •Focados em: Decisões Empresariais do dia-a-dia Domínio do Negócio (operações) Conhecimento profundo da Gestão Implementação da Estratégia •Conflitos  Decisões que maximizam a riqueza dos acionistas  Decisões que maximizam os interesses dos gestores •Temas polêmicos  Recursos para capitalização  Remuneração dos executivos  Serviços e consultorias  Informações sobre resultados, oportunidades e riscos
  • 10. O Papel do Administrador na Governança é desafiador... 10 CONSELHO DIRETORIA ACOMPANHAR E ATENDER REGULADORES MANTER-SE ATENDO A TENDÊNCIAS E NECESSIDADES DE CLIENTES E PARCEIROS ATENDER DEMANDAS E PEDIDOS DE DIVERSAS ÁREAS DE NEGÓCIO E SUPORTE DA EMPRESA MANTER-SE ATUALIZADA NAS PRÁTICAS DE GESTÃO Compartilhar a visão dos Acionistas e liderar a execução dos planos LIDERAR pessoas e iniciativas PADRONIZAR orientaçõesGERENCIAR a rentabilidade e o crescimento dos negócios ACESSAR E COMPARTILHAR informaçõesASSEGURAR rastreabilidade de operações para prestação de contas Compartilhar a visão dos gestores e influenciar decisões MANTER-SE ATENTO A DEMANDAS DE INVESTIDORES E FINANCIADORES
  • 11. ENTORNO • Comunidade em que a empresa atua • Sociedade • Governo • Meio- ambiente PÚBLICO EXTERNO • Credores • Fornecedores • Clientes • Consu- midores O necessário alinhamento de Interesses se expande para fora da organização 11 A função das organizações • Responsabilidade Ampliada • Alinhamento Abrangente • Empregados PÚBLICO INTERNO • Fundações ACIONISTAS • Conflitos proprietários- gestores • Direitos e poder assimétricos:  Majoritários- minoritários Quem são meus stakeholders?
  • 12. Mas vamos esclarecer de uma vez por todas as diferenças entre: 12 SKATE HOLDER STOCKHOLDER STAKEHOLDER STEAK HOLDER
  • 13. As organizações sofrem influências de forças de controle externo 13 De certa forma: dirigem, monitoram e incentivam Organização Legislação e Regulamentação Obrigatória Padrões Contábeis Exigidos Controle pelo Mercado de Capitais Pressões de Mercados Competitivos Ativismo de Investidores Institucionais
  • 14. É crescente o impacto nas organizações e a pressão sobre Administradores 14 Pressões Regulatórias e Legais Pressões do ambiente de Negócios Pressões Sociais
  • 16. Receita Ciclo de Vida Geração de Caixa Necessidade de Capital Baixa ou negativa Necessidade de Capital Baixa ou insuficiente para sustentar crescimento Alta, relativametno ao valor do negócio Alta e suficiente para manutenção da operaçao declinante Alta e maior qu o necessário ou reestruturação Baixa ou necessidade de capitalização Parceiros Estratégicos Seed Capital Venture Capital Private Equity Hedge Funds Emissão de Ações Instituições Financeiras - Dívida Private Equity Startup Crescimento Maturidade Estabilidade ou Declínio Fontes de recursos apropriados durante os ciclos de vida de uma empresa Empresas Abertas 16
  • 17. Captação de Recursos e Governança Crescente indicação de pré-requisitos A adoção (ou não) de práticas de governança está diretamente ligada a Gestão de Riscos, Custo de Capital e a Perenidade do Negócio É condição para acessar capital
  • 18. Por que a Governança é tão importante atualmente e entrou definitivamente na agenda do Administrador? 18 Fontes: Becht, Marco, Bolton, Patrick and Röell, Ailsa A., "Corporate Governance and Control" (October 2002). ECGI - Finance Working Paper No. 02/2002. http://ssrn.com/abstract=343461
  • 19. Governança Corporativa na atualidade é: 19 ( ) Mambo Jambo ( ) Diferencial Competitivo ( ) Condição de Sustentabilidade
  • 20. Sua organização está preparada? 20 Meu plano estratégico contempla os interesses difusos? Eu conheço profundamente meus stakeholders estratégicos? Eu consigo mais acesso a capital e redução de custos com melhores práticas? Minha governança permite atrair parceiros de longo prazo? Que riscos não estamos gerenciando?Estou gerenciando conflitos adequadamente Como o mercado percebe nosso plano de sucessão?
  • 21. Hoje conseguimos distinguir os últimos ciclos organizacionais 21 “O século 21 promete ser o SÉCULO DA GOVERNANÇA, na medida em que o foco recai na legitimidade e efetividade de exercer o poder sobre entidades corporativas no mundo inteiro”. (King Report II) Século 19 SÉCULO DO EMPREENDEDOR Século 20 SÉCULO DA GESTÃO Século 21 SÉCULO DA GOVERNANÇA
  • 22. Porque esta constatação é importante para o Administrador Profissional? 23
  • 23. Administradores rapidamente se adaptam para acompanhar a evolução do Modelo de Gestão Gestão pela Qualidade Definição e alcance de padrões de qualidade para os produtos e serviços e eliminação dos desperdícios. Gestão pela Qualidade significa busca de excelência nos processos; cultura de melhoria contínua; melhor relacionamento com os clientes e fornecedores; e envolvimento de todos os trabalhadores Gestão Estratégica Enfrentamento da competitividade global pela antecipação de cenários. Gestão com foco nas ameaças e oportunidades do ambiente, e nas forças e fraquezas da organização.. Reengenharia Competitividade baseada em preços e apoiada em metodologia de otimização de processos, enxugamento do quadro de pessoal (downsizing) e redução de despesas. Reengenharia significa um redesenho dos processos de negócio com o objetivo de obter melhorias em três fatores: custos, serviços e tempo Gestão por Competências e Gestão do Conhecimento Melhoria do desempenho organizacional e superação da concorrência, a partir do desenvolvimento de competências distintivas e da inovação permanente. Administração por Objetivos Orientação do sistema de produção e de vendas, visando o estabelecimento de metas de produção, de produtividade e de marketing share.
  • 24. O grande avanço na adoção da Gestão por Competências Competências representam combinações sinérgicas de conhecimentos, habilidades e atitudes, expressas pelo desempenho profissional, no âmbito de determinado contexto ou estratégia organizacional” (Carbone et al., 2005; Durand, 2000; Nisembaum, 2000)
  • 25. Conhecimentos Necessários... Conhecer área de atuação Conhecer o mercado Conhecer gestão de pessoas Conhecer todas as áreas Conhecer administração Conhecer planejamento Liderança Conhecimentos técnicos Fonte: CRA, MEC e Literatura
  • 26. O Administrador Profissional pode atuar em diversas áreas do conhecimento técnico Gestão das Finanças Gestão de Distribuição Gestão de Produção Contabilidade Gestão de Vendas Gestão Processos Gestão de Pessoas Gestão de Controle Gestão Sistemas e TI Gestão de Negócios Gestão de Marketing
  • 28. Há importantes mudanças nas Competências do Administrador de acordo com sua posição no nível hierárquico das organizações Habilidades Gerenciais e Níveis Hierárquicos segundo Henry Mintzberg Supervisão de Primeira Linha Gerência Intermediária Administração Superior HABILIDADES TÉCNICAS HABILIDADES HUMANAS HABILIDADES CONCEITUAIS HIERARQUIA (Estratégico) (Tático) (Operacional)
  • 29. Atitudes: o mais importante! Fonte: CRA, MEC e Literatura Focado em resultados Ser pró ativo Ter postura Ética Honestidade Responsabilidade Ser negociador Criatividade Credibilidade Equilíbrio emocional Iniciativa Integridade Ter agilidadeSer empreendedor Ser confiável Saber falar e saber ouvir Gostar de trabalhar em equipe Agilidade Saber planejar
  • 30. Então o Administrador precisa ter CHA? CONHECIMENTOS HABILIDADES ATITUDES SABER Saber o que e como Informação organizada e estruturada Bagagem e referencial cognitivo Aprender a aprender SABER FAZER Colocar em prática o que aprendeu: conhecimentos e conceitos aplicados no desenvolvimento dos negócios FAZER ACONTECER Querer fazer (postura, maneira de ser, forma de agir)
  • 31. E qual é a relação entre o Administrador Profissional, todas essas competências e a Governança Corporativa?
  • 33. Administrador do futuro precisará continuamente adquirir competências que lhe permitam interagir com amplo número de públicos e alinhar/negociar interesses e expectativas. 33
  • 34. O administrador será um dos principais atores da Governança
  • 35. “Os analfabetos do século 21 não serão aqueles que não sabem ler e escrever, mas aqueles que não sabem aprender, desaprender e reaprender.” Alvim Toffler
  • 36. 36 É importante ter uma estratégia de comunicação corporativa integrada O futuro das organizações dependerá da sua capacidade de ADMINISTRAR expectativas, relações e interesses!
  • 37. Perguntas? Valter Faria – CRA nº 25.210 vfaria@valorp.com.br Grupo de Excelência de Governança Corporativa
  • 38. Adm. Valter Faria São Paulo, 27 de novembro de 2014 Governança Corporativa O papel do Administrador Profissional na gestão de Valor e Riscos