SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 34
UNIVERSIDADE SALVADOR / LAUREATE CURSO DE GRADUAÇÃO E LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Camaçari 2011 teste ELIDIANE PARANHOS DOS SANTOS CONCEIÇÃO ELLEN DANTAS BRASIL DEISIANE REGO DANTAS MARIA CRISTINA SOUZA DA SILVA MARIANGELA BARBOSA DA PAZ SULIE VERENA RIBEIRO DE FIGUEIRÊDO ANDRADE
Gênero e Diversidade Sexual na Escola: reconhecer diferenças e superar preconceitos UNIVERSIDADE SALVADOR / LAUREATE CURSO DE GRADUAÇÃO E LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Seminário apresentado no 6º semestre do Curso de Graduação e Licenciatura em Pedagogia da Universidade Salvador, como requisito parcial da disciplina Pesquisa e Prática Pedagógica. Orientado pela Profº Antonio Carlos de Almeida Gouveia Filho e Tutora Leila Lima Moreira.
 
PROGRAMAS PROJETOS ATIVIDADES Gênero e Diversidade Sexual na Escola: reconhecer diferenças e superar preconceitos
Ninguém educa ninguém, ninguém educa a si mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo. Paulo Freire
Estudos, pesquisas e informações educacionais Formação inicial e continuada de professores da educação  A Secad/MEC busca atuar de maneira integrada nos seguintes campos Currículo Articulação intrainstitucional e interinstitucional Elaboração e avaliação de materiais didáticos e paradidáticos Gênero e Diversidade Sexual na Escola: reconhecer diferenças e superar preconceitos
Gênero e Diversidade Sexual na Escola: reconhecer diferenças e superar preconceitos Além das atividades desenvolvidas por meio dos projetos, as seguintes iniciativas merecem destaque: Aprimoramento dos critérios relativos a gênero e relações étnico-raciais nos Editais do Programa Nacional do Livro Didático Participação na reelaboração dos Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio, contemplando os temas gênero, identidade de gênero e orientação sexual Elaboração de estudo sobre a abordagem de gênero e orientação sexual no Plano Nacional de Educação (PNE), visando a revisão de suas metas Construção de indicadores sobre diversidade, visando acompanhar e avaliar os efeitos e impactos das políticas públicas educacionais no que diz respeito a gênero e orientação sexual Participação na reelaboração do Plano Nacional de Educação em direitos humanos, de modo a garantir a inclusão das temáticas de gênero, identidade de gênero e orientação sexual
Gênero e Diversidade Sexual na Escola: reconhecer diferenças e superar preconceitos Elaboração e execução de projetos (caderno 4): Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual - 2005/2006; Diversidade Sexual e Igualdade de Gênero nas Escolas - 2006/2007; Educação e Gravidez na Adolescência; Gênero e Diversidade na Escola; Articulação e Monitoramento do Plano Nacional de Políticas para as Mulheres; Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero.
Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual  2005/2006
" As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor. Aprendemos palavras para melhorar os olhos... ...Há muitas pessoas de visão perfeita que nada vêem... O ato de ver não é coisa natural. Precisa ser aprendido!" Rubem Alves
INTRODUÇÃO
Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 teste Parceria Governo Federal / Movimento LGBT Implementação da AÇÃO Secad Projeto Cursos de formação e capacitação Para financiamento do projeto foram utilizados recursos alocados na ação Apoio à Qualificação de Profissionais da Educação em Educação para a Diversidade e Cidadania, que integra o Programa Educação para a Diversidade e Cidadania, do Plano Plurianual 2004-2007.
OBJETIVO GERAL
Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 Capacitar e formar profissionais da educação Promover a cidadania Respeito à diversidade sexual Enfrentamento da homofobia no ambiente escolar Prevenir a violência discriminação contra lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros, travestis e transexuais (LGBT) força A Transformação pessoal
OBJETIVOS ESPECÍFICOS teste
Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 Estimular e apoiar experiências-piloto na área de capacitação e formação de profissionais da educação que possam ser ampliadas e disseminadas nos sistemas de ensino no combate ao preconceito, à discriminação e violência homofóbica a) o desenvolvimento de políticas permanentes de valorização, promoção e respeito à diversidade sexual, de gênero, de identidade de gênero, de orientação afetivo-sexual e sociocultural. b) o aprimoramento da implementação do Programa Brasil sem Homofobia na área da educação. Constituir base conceitual e prática como insumo para:
JUSTIFICATIVA
O Brasil da intolerância ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 GUIA PARA ENSINAR O papel da escola no cenário nacional em meio a violência e violação de direitos contra LGBT formular políticas e empreender ações concretas para o reconhecimento da diversidade sexual ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Conviver na diversidade é fundamental para a emancipação coletiva!!!
Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 O professor como elemento fundamental na construção Políticas Públicas que viabilizem a integração escola x sociedade compreendendo que essa é uma questão social Implementação de material didático e recursos para trabalhar o tema dentro da realidade dos alunos Diretrizes e instrumentos adequados para que os profissionais da educação possam agir segundo padrões democráticos
Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 A diversidade é um recurso social dotado de alta potencialidade transformadora e libertadora. A valorização da diversidade é um fator central para o desenvolvimento de uma sociedade que tem a ganhar com a inclusão de todas/os e com o reconhecimento de suas diferenças, de modo a assegurar que cada cidadão, de maneira livre e criativa, desenvolva seus talentos, usufruindo igualdade de oportunidade e as mesmas possibilidades de expressar suas idéias, valores, sonhos, afetos e desejos. Deste modo, a valorização e o respeito pela livre expressão afetivo-sexual e de identidade de gênero constitui-se um benefício para toda a coletividade.
PÚBLICO-ALVO
Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
FORMA DE IMPLEMENTAÇÃO
Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 TERMO DE REFERÊNCIA CONSTITUIÇÃO DA COMISSÃO TÉCNICA Secretarias do MEC, representantes do Inep e Capes, da Associação Brasileira de Antropologia (ABA), da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped), do Centro Latino Americano de Sexualidade e Direitos Humanos (Clam/Uerj), do Programa DST e Aids do Ministério da Saúde e pesquisadores associados da Associação Brasileira de Estudos sobre Homocultura (Abeh) 48 Projetos 15 Selecionados
Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 casa A distribuição regional dos projetos apoiados se deu da seguinte forma: Região Nordeste : três projetos (um no Ceará, um no Rio Grande do Norte e um em Pernambuco) Região Centro-Oeste:  dois projetos (um no Distrito Federal e um em Goiás) Região Sudeste: seis projetos (dois no Rio de Janeiro, três em São Paulo e um em Minas Gerais) Região Sul:  quatro projetos, (dois no Paraná e dois no Rio Grande do Sul) Região Norte : nenhum projeto
Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 Entidades/instituições executoras Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids (Abia);  Centro Paranaense da Cidadania (Cepac);  Cidadania, Orgulho, Respeito, Solidariedade e Amor (Corsa);  Grupo de Resistência Asa Branca (Grab);  Grupo Habeas Corpus Potiguar (GHCP);  Estruturação – Grupo Homossexual de Brasília;  Grupo Arco- Íris de Conscientização Homossexual (GAI);  Grupo de Trabalho e Pesquisa em Orientação Sexual (GTPOS);  Instituto Papai – Pesquisa, Ação Política, Assessoria e Informação em Gênero e Saúde;  Movimento Gay de Minas (MGM);  Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre as Sexualidades (Neps);  Nuances – Grupo pela Livre Expressão Sexual;  Prefeitura Municipal de Planaltina, GO;  Somos – Comunicação, Saúde e Sexualidade;  Universidade Estadual de Londrina (UEL)
teste RESULTADOS ALCANÇADOS
Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 Apoio a projetos Brasil sem Homofobia 2005 - Total de profissionais formados/as
Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 RESULTADO DA PRODUÇÃO DOS PROJETOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Esses materiais podem ser replicados e divulgados, mesmo após o término do projeto, desde que para distribuição pública e gratuita Podemos apontar também como resultados das ações de enfrentamento à homofobia nas escolas, a grande mobilização das comunidades envolvidas nos projetos; a multiplicação, por parte de professores/as, dos conceitos trabalhados e o interesse pela temática nas escolas envolvidas.
“ Sábio é o ser humano que tem coragem de ir diante do espelho da sua alma para reconhecer seus erros e fracassos e utilizá-los para plantar as mais belas sementes no terreno de sua inteligência” Augusto Cury
VOCÊ PODE FAZER A DIFERENÇA  !
DINÂMICA DO DESAFIO!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Violência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentesViolência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentes
Alinebrauna Brauna
 
Sexualidade e Gênero
Sexualidade e GêneroSexualidade e Gênero
Sexualidade e Gênero
Marina Godoy
 
Relações de genero e divers sexual
Relações de genero e divers sexualRelações de genero e divers sexual
Relações de genero e divers sexual
Flávia Cunha Lima
 
Abuso e exploração sexual de criança e adolescente
Abuso e exploração sexual de criança e adolescenteAbuso e exploração sexual de criança e adolescente
Abuso e exploração sexual de criança e adolescente
Luisa Sena
 
Slide de história
Slide de históriaSlide de história
Slide de história
Lua Borges
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
Paula Tomaz
 
EducaçãO Do Campo
EducaçãO Do CampoEducaçãO Do Campo
EducaçãO Do Campo
culturaafro
 
Leis 10.639 03 e 11.645-08 - retrospectiva
Leis 10.639 03 e 11.645-08 - retrospectivaLeis 10.639 03 e 11.645-08 - retrospectiva
Leis 10.639 03 e 11.645-08 - retrospectiva
Alexandre da Rosa
 

Mais procurados (20)

Homofobia
HomofobiaHomofobia
Homofobia
 
Racismo no Brasil
Racismo no BrasilRacismo no Brasil
Racismo no Brasil
 
Violência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentesViolência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Cultura de Paz
Cultura de PazCultura de Paz
Cultura de Paz
 
Sexualidade na Escola
Sexualidade na EscolaSexualidade na Escola
Sexualidade na Escola
 
Educação sexual e prevenção slides
Educação sexual e prevenção   slidesEducação sexual e prevenção   slides
Educação sexual e prevenção slides
 
Movimento feminista
Movimento feministaMovimento feminista
Movimento feminista
 
Gênero e sexualidade
Gênero e sexualidadeGênero e sexualidade
Gênero e sexualidade
 
Sexualidade e Gênero
Sexualidade e GêneroSexualidade e Gênero
Sexualidade e Gênero
 
Relações de genero e divers sexual
Relações de genero e divers sexualRelações de genero e divers sexual
Relações de genero e divers sexual
 
Abuso e exploração sexual de criança e adolescente
Abuso e exploração sexual de criança e adolescenteAbuso e exploração sexual de criança e adolescente
Abuso e exploração sexual de criança e adolescente
 
Desigualdade racial
Desigualdade racialDesigualdade racial
Desigualdade racial
 
Slide de história
Slide de históriaSlide de história
Slide de história
 
Dia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência NegraDia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência Negra
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
 
EducaçãO Do Campo
EducaçãO Do CampoEducaçãO Do Campo
EducaçãO Do Campo
 
Tribos urbanas
Tribos urbanasTribos urbanas
Tribos urbanas
 
A juventude do século XXI
A juventude do século XXIA juventude do século XXI
A juventude do século XXI
 
Leis 10.639 03 e 11.645-08 - retrospectiva
Leis 10.639 03 e 11.645-08 - retrospectivaLeis 10.639 03 e 11.645-08 - retrospectiva
Leis 10.639 03 e 11.645-08 - retrospectiva
 
O conceito de gênero e as relações de gêneros
O conceito de gênero e as relações de gênerosO conceito de gênero e as relações de gêneros
O conceito de gênero e as relações de gêneros
 

Destaque

Gênero e Diversidade na Escola
Gênero e Diversidade na Escola Gênero e Diversidade na Escola
Gênero e Diversidade na Escola
guest635ad82
 
Genero e Diversidade na Escola - Formação de Professoras/es em Gênero, Sexual...
Genero e Diversidade na Escola - Formação de Professoras/es em Gênero, Sexual...Genero e Diversidade na Escola - Formação de Professoras/es em Gênero, Sexual...
Genero e Diversidade na Escola - Formação de Professoras/es em Gênero, Sexual...
Geraa Ufms
 
Reflexões sobre Diversidade e Gênero
Reflexões sobre Diversidade e GêneroReflexões sobre Diversidade e Gênero
Reflexões sobre Diversidade e Gênero
sinteimp
 
Corpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidade
Corpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidadeCorpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidade
Corpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidade
pstec25
 
Relaçoes.de.genero
Relaçoes.de.generoRelaçoes.de.genero
Relaçoes.de.genero
Kati Froes
 
Género e Diversidade nas Escolas
Género e Diversidade nas EscolasGénero e Diversidade nas Escolas
Género e Diversidade nas Escolas
Michele Pó
 
Diversidade sexual e homofobia
Diversidade sexual e homofobiaDiversidade sexual e homofobia
Diversidade sexual e homofobia
Beatriz Roedel
 
Projeto diversidade sexual na escola
Projeto diversidade sexual na escolaProjeto diversidade sexual na escola
Projeto diversidade sexual na escola
ecossexualidade
 
Educaçao e diversidade slides
Educaçao e diversidade slidesEducaçao e diversidade slides
Educaçao e diversidade slides
Ana Marinho
 

Destaque (20)

Gênero e Diversidade na Escola
Gênero e Diversidade na Escola Gênero e Diversidade na Escola
Gênero e Diversidade na Escola
 
Genero e Diversidade na Escola - Formação de Professoras/es em Gênero, Sexual...
Genero e Diversidade na Escola - Formação de Professoras/es em Gênero, Sexual...Genero e Diversidade na Escola - Formação de Professoras/es em Gênero, Sexual...
Genero e Diversidade na Escola - Formação de Professoras/es em Gênero, Sexual...
 
Reflexões sobre Diversidade e Gênero
Reflexões sobre Diversidade e GêneroReflexões sobre Diversidade e Gênero
Reflexões sobre Diversidade e Gênero
 
Corpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidade
Corpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidadeCorpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidade
Corpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidade
 
Relaçoes.de.genero
Relaçoes.de.generoRelaçoes.de.genero
Relaçoes.de.genero
 
Gênero e Sexualidade
Gênero e Sexualidade Gênero e Sexualidade
Gênero e Sexualidade
 
Género e Diversidade nas Escolas
Género e Diversidade nas EscolasGénero e Diversidade nas Escolas
Género e Diversidade nas Escolas
 
Diversidade na escola
Diversidade na escolaDiversidade na escola
Diversidade na escola
 
Diversidade sexual na escola
Diversidade sexual na escolaDiversidade sexual na escola
Diversidade sexual na escola
 
Diversidade sexual e homofobia
Diversidade sexual e homofobiaDiversidade sexual e homofobia
Diversidade sexual e homofobia
 
Projeto diversidade sexual na escola
Projeto diversidade sexual na escolaProjeto diversidade sexual na escola
Projeto diversidade sexual na escola
 
Diversidade de gênero e políticas publicas para população lgbt
Diversidade de gênero  e políticas publicas para população lgbtDiversidade de gênero  e políticas publicas para população lgbt
Diversidade de gênero e políticas publicas para população lgbt
 
Palestra sobre diversidade e educação
Palestra sobre diversidade e educaçãoPalestra sobre diversidade e educação
Palestra sobre diversidade e educação
 
Desigualdade de gênero
Desigualdade de gêneroDesigualdade de gênero
Desigualdade de gênero
 
Relações de Gênero
Relações de GêneroRelações de Gênero
Relações de Gênero
 
Diferentes, mas não desiguais! Viva a diferença.
Diferentes, mas não desiguais! Viva a diferença.Diferentes, mas não desiguais! Viva a diferença.
Diferentes, mas não desiguais! Viva a diferença.
 
Gênero e diversidade na escola publicar
Gênero e diversidade na escola   publicarGênero e diversidade na escola   publicar
Gênero e diversidade na escola publicar
 
Projeto sobre sexualidade
Projeto sobre sexualidadeProjeto sobre sexualidade
Projeto sobre sexualidade
 
Educaçao e diversidade slides
Educaçao e diversidade slidesEducaçao e diversidade slides
Educaçao e diversidade slides
 
Monografia Ana Lúcia Pedagogia 2011
Monografia Ana Lúcia Pedagogia 2011Monografia Ana Lúcia Pedagogia 2011
Monografia Ana Lúcia Pedagogia 2011
 

Semelhante a Gênero e Diversidade Sexual na Escola

Sandra fodra
Sandra fodraSandra fodra
Sandra fodra
NRTE
 
Caderno secad genero_e_diversidade_sexual_na_escola
Caderno secad genero_e_diversidade_sexual_na_escolaCaderno secad genero_e_diversidade_sexual_na_escola
Caderno secad genero_e_diversidade_sexual_na_escola
Ana Valeria Silva
 
Gde 2009 livro_de_conteudo
Gde 2009 livro_de_conteudoGde 2009 livro_de_conteudo
Gde 2009 livro_de_conteudo
Carmem Rocha
 
Cultura afro-brasileira
Cultura afro-brasileiraCultura afro-brasileira
Cultura afro-brasileira
culturaafro
 
Boa esperança.santa rita orientação sexual_1.ppt
Boa esperança.santa rita orientação sexual_1.pptBoa esperança.santa rita orientação sexual_1.ppt
Boa esperança.santa rita orientação sexual_1.ppt
temastransversais
 
Sintese dos eixos marília sp 2013
Sintese dos eixos marília   sp 2013Sintese dos eixos marília   sp 2013
Sintese dos eixos marília sp 2013
Rosemary Batista
 
Acesso e permanencia dos cotistas no ensino superior
Acesso e permanencia dos cotistas no ensino superiorAcesso e permanencia dos cotistas no ensino superior
Acesso e permanencia dos cotistas no ensino superior
Expogeo
 

Semelhante a Gênero e Diversidade Sexual na Escola (20)

Sandra fodra
Sandra fodraSandra fodra
Sandra fodra
 
Caderno secad genero_e_diversidade_sexual_na_escola
Caderno secad genero_e_diversidade_sexual_na_escolaCaderno secad genero_e_diversidade_sexual_na_escola
Caderno secad genero_e_diversidade_sexual_na_escola
 
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
 
Livro de Conteúdo - GDE - Vol1_Versão Final_08_2009
Livro de Conteúdo - GDE - Vol1_Versão Final_08_2009Livro de Conteúdo - GDE - Vol1_Versão Final_08_2009
Livro de Conteúdo - GDE - Vol1_Versão Final_08_2009
 
Gde 2009 livro_de_conteudo
Gde 2009 livro_de_conteudoGde 2009 livro_de_conteudo
Gde 2009 livro_de_conteudo
 
Renas Ser Ierp
Renas Ser IerpRenas Ser Ierp
Renas Ser Ierp
 
Cultura afro-brasileira
Cultura afro-brasileiraCultura afro-brasileira
Cultura afro-brasileira
 
Boa esperança.santa rita orientação sexual_1.ppt
Boa esperança.santa rita orientação sexual_1.pptBoa esperança.santa rita orientação sexual_1.ppt
Boa esperança.santa rita orientação sexual_1.ppt
 
2º Conferência Municipal e Regional de Gays, lesbicas, Bissexuais, Travestis ...
2º Conferência Municipal e Regional de Gays, lesbicas, Bissexuais, Travestis ...2º Conferência Municipal e Regional de Gays, lesbicas, Bissexuais, Travestis ...
2º Conferência Municipal e Regional de Gays, lesbicas, Bissexuais, Travestis ...
 
3ª Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais(...
3ª Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais(...3ª Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais(...
3ª Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais(...
 
2ª Conferência Municipal e Regional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis ...
2ª Conferência Municipal e Regional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis ...2ª Conferência Municipal e Regional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis ...
2ª Conferência Municipal e Regional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis ...
 
Conae 2014
Conae 2014Conae 2014
Conae 2014
 
Pedaço gde 2007
Pedaço gde 2007Pedaço gde 2007
Pedaço gde 2007
 
Pedaço gde 2007
Pedaço gde 2007Pedaço gde 2007
Pedaço gde 2007
 
Pedaço gde 2007
Pedaço gde 2007Pedaço gde 2007
Pedaço gde 2007
 
Sintese dos eixos marília sp 2013
Sintese dos eixos marília   sp 2013Sintese dos eixos marília   sp 2013
Sintese dos eixos marília sp 2013
 
Acesso e permanencia dos cotistas no ensino superior
Acesso e permanencia dos cotistas no ensino superiorAcesso e permanencia dos cotistas no ensino superior
Acesso e permanencia dos cotistas no ensino superior
 
Conae2014
Conae2014Conae2014
Conae2014
 
Eixos do gtos
Eixos do gtosEixos do gtos
Eixos do gtos
 
15 outubro
15 outubro15 outubro
15 outubro
 

Último

Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
rarakey779
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
rarakey779
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 

Último (20)

04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdfLabor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
Labor e Trabalho em A Condição Humana de Hannah Arendt .pdf
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 

Gênero e Diversidade Sexual na Escola

  • 1. UNIVERSIDADE SALVADOR / LAUREATE CURSO DE GRADUAÇÃO E LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Camaçari 2011 teste ELIDIANE PARANHOS DOS SANTOS CONCEIÇÃO ELLEN DANTAS BRASIL DEISIANE REGO DANTAS MARIA CRISTINA SOUZA DA SILVA MARIANGELA BARBOSA DA PAZ SULIE VERENA RIBEIRO DE FIGUEIRÊDO ANDRADE
  • 2. Gênero e Diversidade Sexual na Escola: reconhecer diferenças e superar preconceitos UNIVERSIDADE SALVADOR / LAUREATE CURSO DE GRADUAÇÃO E LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Seminário apresentado no 6º semestre do Curso de Graduação e Licenciatura em Pedagogia da Universidade Salvador, como requisito parcial da disciplina Pesquisa e Prática Pedagógica. Orientado pela Profº Antonio Carlos de Almeida Gouveia Filho e Tutora Leila Lima Moreira.
  • 3.  
  • 4. PROGRAMAS PROJETOS ATIVIDADES Gênero e Diversidade Sexual na Escola: reconhecer diferenças e superar preconceitos
  • 5. Ninguém educa ninguém, ninguém educa a si mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo. Paulo Freire
  • 6. Estudos, pesquisas e informações educacionais Formação inicial e continuada de professores da educação A Secad/MEC busca atuar de maneira integrada nos seguintes campos Currículo Articulação intrainstitucional e interinstitucional Elaboração e avaliação de materiais didáticos e paradidáticos Gênero e Diversidade Sexual na Escola: reconhecer diferenças e superar preconceitos
  • 7. Gênero e Diversidade Sexual na Escola: reconhecer diferenças e superar preconceitos Além das atividades desenvolvidas por meio dos projetos, as seguintes iniciativas merecem destaque: Aprimoramento dos critérios relativos a gênero e relações étnico-raciais nos Editais do Programa Nacional do Livro Didático Participação na reelaboração dos Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio, contemplando os temas gênero, identidade de gênero e orientação sexual Elaboração de estudo sobre a abordagem de gênero e orientação sexual no Plano Nacional de Educação (PNE), visando a revisão de suas metas Construção de indicadores sobre diversidade, visando acompanhar e avaliar os efeitos e impactos das políticas públicas educacionais no que diz respeito a gênero e orientação sexual Participação na reelaboração do Plano Nacional de Educação em direitos humanos, de modo a garantir a inclusão das temáticas de gênero, identidade de gênero e orientação sexual
  • 8. Gênero e Diversidade Sexual na Escola: reconhecer diferenças e superar preconceitos Elaboração e execução de projetos (caderno 4): Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual - 2005/2006; Diversidade Sexual e Igualdade de Gênero nas Escolas - 2006/2007; Educação e Gravidez na Adolescência; Gênero e Diversidade na Escola; Articulação e Monitoramento do Plano Nacional de Políticas para as Mulheres; Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero.
  • 9. Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual 2005/2006
  • 10. " As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor. Aprendemos palavras para melhorar os olhos... ...Há muitas pessoas de visão perfeita que nada vêem... O ato de ver não é coisa natural. Precisa ser aprendido!" Rubem Alves
  • 12. Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 teste Parceria Governo Federal / Movimento LGBT Implementação da AÇÃO Secad Projeto Cursos de formação e capacitação Para financiamento do projeto foram utilizados recursos alocados na ação Apoio à Qualificação de Profissionais da Educação em Educação para a Diversidade e Cidadania, que integra o Programa Educação para a Diversidade e Cidadania, do Plano Plurianual 2004-2007.
  • 14. Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 Capacitar e formar profissionais da educação Promover a cidadania Respeito à diversidade sexual Enfrentamento da homofobia no ambiente escolar Prevenir a violência discriminação contra lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros, travestis e transexuais (LGBT) força A Transformação pessoal
  • 16. Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 Estimular e apoiar experiências-piloto na área de capacitação e formação de profissionais da educação que possam ser ampliadas e disseminadas nos sistemas de ensino no combate ao preconceito, à discriminação e violência homofóbica a) o desenvolvimento de políticas permanentes de valorização, promoção e respeito à diversidade sexual, de gênero, de identidade de gênero, de orientação afetivo-sexual e sociocultural. b) o aprimoramento da implementação do Programa Brasil sem Homofobia na área da educação. Constituir base conceitual e prática como insumo para:
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21. Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 O professor como elemento fundamental na construção Políticas Públicas que viabilizem a integração escola x sociedade compreendendo que essa é uma questão social Implementação de material didático e recursos para trabalhar o tema dentro da realidade dos alunos Diretrizes e instrumentos adequados para que os profissionais da educação possam agir segundo padrões democráticos
  • 22. Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 A diversidade é um recurso social dotado de alta potencialidade transformadora e libertadora. A valorização da diversidade é um fator central para o desenvolvimento de uma sociedade que tem a ganhar com a inclusão de todas/os e com o reconhecimento de suas diferenças, de modo a assegurar que cada cidadão, de maneira livre e criativa, desenvolva seus talentos, usufruindo igualdade de oportunidade e as mesmas possibilidades de expressar suas idéias, valores, sonhos, afetos e desejos. Deste modo, a valorização e o respeito pela livre expressão afetivo-sexual e de identidade de gênero constitui-se um benefício para toda a coletividade.
  • 24.
  • 26. Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 TERMO DE REFERÊNCIA CONSTITUIÇÃO DA COMISSÃO TÉCNICA Secretarias do MEC, representantes do Inep e Capes, da Associação Brasileira de Antropologia (ABA), da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped), do Centro Latino Americano de Sexualidade e Direitos Humanos (Clam/Uerj), do Programa DST e Aids do Ministério da Saúde e pesquisadores associados da Associação Brasileira de Estudos sobre Homocultura (Abeh) 48 Projetos 15 Selecionados
  • 27. Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 casa A distribuição regional dos projetos apoiados se deu da seguinte forma: Região Nordeste : três projetos (um no Ceará, um no Rio Grande do Norte e um em Pernambuco) Região Centro-Oeste: dois projetos (um no Distrito Federal e um em Goiás) Região Sudeste: seis projetos (dois no Rio de Janeiro, três em São Paulo e um em Minas Gerais) Região Sul: quatro projetos, (dois no Paraná e dois no Rio Grande do Sul) Região Norte : nenhum projeto
  • 28. Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 Entidades/instituições executoras Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids (Abia); Centro Paranaense da Cidadania (Cepac); Cidadania, Orgulho, Respeito, Solidariedade e Amor (Corsa); Grupo de Resistência Asa Branca (Grab); Grupo Habeas Corpus Potiguar (GHCP); Estruturação – Grupo Homossexual de Brasília; Grupo Arco- Íris de Conscientização Homossexual (GAI); Grupo de Trabalho e Pesquisa em Orientação Sexual (GTPOS); Instituto Papai – Pesquisa, Ação Política, Assessoria e Informação em Gênero e Saúde; Movimento Gay de Minas (MGM); Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre as Sexualidades (Neps); Nuances – Grupo pela Livre Expressão Sexual; Prefeitura Municipal de Planaltina, GO; Somos – Comunicação, Saúde e Sexualidade; Universidade Estadual de Londrina (UEL)
  • 30. Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e Diversidade Sexual – 2005/2006 Apoio a projetos Brasil sem Homofobia 2005 - Total de profissionais formados/as
  • 31.
  • 32. “ Sábio é o ser humano que tem coragem de ir diante do espelho da sua alma para reconhecer seus erros e fracassos e utilizá-los para plantar as mais belas sementes no terreno de sua inteligência” Augusto Cury
  • 33. VOCÊ PODE FAZER A DIFERENÇA !