SlideShare uma empresa Scribd logo
Prof. LEONARDO DE SOUZA
Farmacêutico-bioquímico
Especialista em Farmacologia Clínica
Mestrando em Imunologia e Parasitologia
 Aproveitamento pelo organismo, de
substâncias ditas alimentares,
assegurando a manutenção de seus
processos vitais.
 Transformação mecânica e química das
macromoléculas alimentares ingeridas em
moléculas de tamanhos e formas
adequadas para serem absorvidas pelo
intestino.
 Transporte de alimentos digeridos,
água e sais minerais da luz intestinal para
os capilares sangüíneos da mucosa do
intestino.
Mastigação: Desintegração parcial dos
alimentos, processo mecânico e químico.
Deglutição: Condução dos alimentos
através da faringe para o esôfago.
Ingestão: Introdução do alimento no
estômago.
Digestão: Desdobramento do alimento em
moléculas mais simples.
Absorção: Processo realizado pelos
intestinos.
Defecação: Eliminação de substâncias não
digeridas do trato gastro intestinal.
FUNÇÕES
Trato gastrintestinal
- Boca
- Faringe
- Esôfago
- Estômago
- Intestino delgado
- Intestino grosso
Estruturas anexas
- Glândulas parótidas
- Glândulas
submandibulares
- Glândulas
Sublinguais
- Fígado
- Pâncreas
 Dentes: mastigação
 Glândulas salivares:
parótidas,
submandibulares e
sublinguais: facilita a
formação do bolo
alimentar
 Língua: deglutição e
sentido
 Peristaltismo =
movimentação do bolo
alimentar para o estômago
 Digestão química do
alimento
 Secreção do suco
gástrico
 Regulação do
esvaziamento
gástrico
 Pouca absorção de
água e substâncias
dissolvidas
 Ocorre a principal parte da
digestão
 Absorção dos nutriente
 Duodeno
 Jejuno
 Íleo
 Síntese de determinadas vitaminas pelas bactérias
intestinais;
 Armazenagem temporária dos resíduos (fezes);
 Eliminação de resíduos do corpo
 Bactérias que
auxiliam e
aceleram a
digestão
 Produzir bile (secreção verde amarelada) =
digestão das gorduras (emulsificação)
 Produção de suco
pancreático
 Dissolver carboidratos
 Dissolver proteínas
 Dissolver triglicerídeos

 Azia
 Dispepsia (má digestão)
 síndrome de Zollinger-Ellison
 refluxo gastroesofágico
 Gastrite
 Úlcera gástrica
 Náusea e vômito
 Constipação intestinal
 Diarreia
Neutralizam o ácido clorídrico produzido pelo
estômago.
Neutralizam o ácido clorídrico produzido pelo
estômago.
 Reações adversas
 Constipação intestinal
 Problemas no ossos e cérebro
 Diminuição de fosfato no sangue
 Toxicidade por aumento de alumínio
 Interações medicamentosas
 Cetoconazol, tetraciclina, fluorquinolona,
etidronato = ↓ absorção
 Anticoagulante oral, digoxina, ciprofloxacino =
↓ ação
 Antagonistas de receptores H2
 Cimetidina
 Reações adversas
 Aumento das mamas (ginecomastia)
 Diarreia
 Dor de cabeça
 Tontura
 Sonolência
 Interações medicamentosas
 Antiácido, cigarro = ↓ ação
 Aumento da ação e reações adversas:
antidepressivos tricíclicos, benzodiazepínicos,
fenitoína, lidocaína, varfarina, propranolol,
metoprolol
 ↓ diminuição da ação de cetoconazol, digoxina,
fluconazol, sais de ferro, tetraciclina, itraconazol
 ↓ Aumento dos níveis sanguíneo da cimetidina =
álcool
 Antagonistas de receptores H2
 Ranitidina
 Reações adversas
 Dor de cabeça
 Interações medicamentosas
 Antiácidos = absorção alterada
 ↓ ação de Diazepam
 ↑ação de Glipizida, Varfarina
 ↓ação de Cetoconazol e itraconazol
 Antagonistas de receptores H2
 Famotidina
 Reações adversas
 Dor
 Interações medicamentosas
 ↓ ação de Cetoconazol e itraconazol
 Inibidores da bomba de prótons
 Omeprazol
 Reações adversas
 Diarreia
 Dor abdominal
 Interações medicamentosas
 ↑ ação de diazepam, fenitoína, anticoagulante
oral, varfarina
 Inibidores da bomba de prótons
 Lansoprazol
 Reações adversas
 Diarreia
 Dor de cabeça
 Interações medicamentosas
 ↓ação de Cetoconazol, teofilina, ampicilina, sais
de ferro, digoxina
 Sucralfato = diminuí a ação de lansoprazol
 Claritromicina = aumento da ação e reações
adversas do lansoprazol
 Inibidores da bomba de prótons
 Pantoprazol
 Reações adversas
 Espasmos musculares
 Arritmias
 Interações medicamentosas
 Alteração da absorção de cetoconazol e medicamentos
dependentes do pH gástrico, ampicilina, sais de ferro
 Dimenidrinato
 Reações adversas
 Sonolência
 Interações medicamentosas
 Álcool, depressores do SNC, Furazolidona e
procarbazina = ↑ risco de depressão do SNC
 Bromoprida
 Reações adversas
 Inquietude
 Sonolência
 Fadiga
 Interações medicamentosas
 Atropina = ↓ ação
 ↓ ação de Digoxina
 Escopolamina, Homatropina , Ipratrópio =
antagonismo
 Metoclopramida
 Reações adversas
 Ansiedade, sonolência, fadiga, lassidão,
inquietude
 Interações medicamentosas
 Álcool, depressor do SNC
 Escopolamina, Homatropina, Ipratrópio =
antagonismo
 Reações adversas
 Aumento da prolactina no sangue
 Aumento das mamas
 Cólica
 Urticária
 Interações medicamentosas
 ↓ Ação de cimetidina, digoxina, levodopa
 Antiácidos, antagonistas H2 = ↓ ação
 Escopolamina, Homatropina , Ipratrópio =
antagonismo
 Dimeticona / Simeticona
 Reações adversas
 Constipação intestinal
 Escopolamina
 Homatropina
 Reações adversas
 Boca seca
 Constipação intestinal
 Náusea
 Vômito
 Interações medicamentosas
 Antiácido e antidiarreico = ↓ação
 ↓ ação de Cetoconazol
 Álcool e depressores do SNC = sedação
 ↑ ação de atenolol, digoxina
 Bisacodil
 Docusato de sódio
 Reações adversas
 Diarreia
 Náusea
 Vômito
 Desmaio
 Interações medicamentosas
 Irritação no estômago e má digestão = leite,
antiácido
 Picossulfato de sódio
 Reações adversas
 Diarreia
 Dor abdominal
 Perda de potássio (doses altas ou uso prolongado)
 Interações medicamentosas
 Aumento do risco de desequilíbrio eletrolítico =
diurético, corticosteróide
 Lactulose
 Reações adversas
 Cólicas abdominais, diarreia, gases, distensão
abdominal
 Interações medicamentosas
 Antiácidos, antibiótico, neomicina oral = ↓ ação
 Cáscara sagrada
 Senna alexandrina
 Cassia angustifolia
 Plantago ovata
 Loperamida
 Reações adversas
 Constipação intestinal
 Interações medicamentosas
 Saquinavir  aumenta a ação do antiviral e
diminui a ação da loperamida
 Analgésico opióide: risco de constipação
intestinal grave
 Racecadotrila
 Reações adversas
 Sonolência
 Dor de cabeça
 Náusea
 Vômito
 Constipação intestinal
OBRIGADO!
CONTATO
www.proflsouza.blogspot.com
www.facebook.com/profleonardosouza

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Resumo farmacologia
Resumo farmacologia   Resumo farmacologia
Resumo farmacologia
Centro Universitário Ages
 
INTERAÇ
INTERAÇINTERAÇ
Farmacodinâmica
FarmacodinâmicaFarmacodinâmica
Farmacodinâmica
Leonardo Souza
 
Grupos de medicamentos
Grupos de medicamentosGrupos de medicamentos
Grupos de medicamentos
Francisco José
 
Aula - Básica - Adsorção & Distribuição
Aula - Básica - Adsorção & DistribuiçãoAula - Básica - Adsorção & Distribuição
Aula - Básica - Adsorção & Distribuição
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
Aula - Anti-inflamatórios esteróidais
Aula - Anti-inflamatórios esteróidaisAula - Anti-inflamatórios esteróidais
Aula - Anti-inflamatórios esteróidais
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
Jaqueline Almeida
 
3. farmacologia. aparelho respiratorio
3. farmacologia. aparelho respiratorio3. farmacologia. aparelho respiratorio
3. farmacologia. aparelho respiratorio
Luiz Gonçalves Mendes Jr
 
Básico de farmacologia
Básico de farmacologiaBásico de farmacologia
Básico de farmacologia
Francisco José
 
7ª aula classes de medicamentos
7ª aula   classes de medicamentos7ª aula   classes de medicamentos
7ª aula classes de medicamentos
Claudio Luis Venturini
 
Antifúngicos
Antifúngicos Antifúngicos
Antifúngicos
Thiara Cerqueira
 
Introdução a Farmacologia - Curso Técnico de Enfermagem
Introdução a Farmacologia - Curso Técnico de EnfermagemIntrodução a Farmacologia - Curso Técnico de Enfermagem
Introdução a Farmacologia - Curso Técnico de Enfermagem
RAYANE DORNELAS
 
analgesicos
analgesicosanalgesicos
analgesicos
josi uchoa
 
introdução à farmacologia
 introdução à farmacologia introdução à farmacologia
introdução à farmacologia
Jaqueline Almeida
 
Antiinflamatorios
AntiinflamatoriosAntiinflamatorios
Antiinflamatorios
Carlos D A Bersot
 
ANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOS
ANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOSANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOS
ANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOS
Leonardo Souza
 
Introdução à farmacologia
Introdução à farmacologiaIntrodução à farmacologia
Introdução à farmacologia
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
7. farmacologia tgi
7. farmacologia tgi7. farmacologia tgi
7. farmacologia tgi
Luiz Gonçalves Mendes Jr
 
Aula - Quimioterápicos - Antineoplásicos
Aula - Quimioterápicos - AntineoplásicosAula - Quimioterápicos - Antineoplásicos
Aula - Quimioterápicos - Antineoplásicos
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
Farmacologia farmacocinética
Farmacologia farmacocinéticaFarmacologia farmacocinética
Farmacologia farmacocinética
Leonardo Souza
 

Mais procurados (20)

Resumo farmacologia
Resumo farmacologia   Resumo farmacologia
Resumo farmacologia
 
INTERAÇ
INTERAÇINTERAÇ
INTERAÇ
 
Farmacodinâmica
FarmacodinâmicaFarmacodinâmica
Farmacodinâmica
 
Grupos de medicamentos
Grupos de medicamentosGrupos de medicamentos
Grupos de medicamentos
 
Aula - Básica - Adsorção & Distribuição
Aula - Básica - Adsorção & DistribuiçãoAula - Básica - Adsorção & Distribuição
Aula - Básica - Adsorção & Distribuição
 
Aula - Anti-inflamatórios esteróidais
Aula - Anti-inflamatórios esteróidaisAula - Anti-inflamatórios esteróidais
Aula - Anti-inflamatórios esteróidais
 
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
Aula de Farmacologia sobre Fármacos Antimicrobianos.
 
3. farmacologia. aparelho respiratorio
3. farmacologia. aparelho respiratorio3. farmacologia. aparelho respiratorio
3. farmacologia. aparelho respiratorio
 
Básico de farmacologia
Básico de farmacologiaBásico de farmacologia
Básico de farmacologia
 
7ª aula classes de medicamentos
7ª aula   classes de medicamentos7ª aula   classes de medicamentos
7ª aula classes de medicamentos
 
Antifúngicos
Antifúngicos Antifúngicos
Antifúngicos
 
Introdução a Farmacologia - Curso Técnico de Enfermagem
Introdução a Farmacologia - Curso Técnico de EnfermagemIntrodução a Farmacologia - Curso Técnico de Enfermagem
Introdução a Farmacologia - Curso Técnico de Enfermagem
 
analgesicos
analgesicosanalgesicos
analgesicos
 
introdução à farmacologia
 introdução à farmacologia introdução à farmacologia
introdução à farmacologia
 
Antiinflamatorios
AntiinflamatoriosAntiinflamatorios
Antiinflamatorios
 
ANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOS
ANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOSANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOS
ANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOS
 
Introdução à farmacologia
Introdução à farmacologiaIntrodução à farmacologia
Introdução à farmacologia
 
7. farmacologia tgi
7. farmacologia tgi7. farmacologia tgi
7. farmacologia tgi
 
Aula - Quimioterápicos - Antineoplásicos
Aula - Quimioterápicos - AntineoplásicosAula - Quimioterápicos - Antineoplásicos
Aula - Quimioterápicos - Antineoplásicos
 
Farmacologia farmacocinética
Farmacologia farmacocinéticaFarmacologia farmacocinética
Farmacologia farmacocinética
 

Semelhante a Farmacologia digestório

Bom roteiro de estudo aula14
Bom roteiro de estudo aula14Bom roteiro de estudo aula14
Bom roteiro de estudo aula14
Barreto Santos
 
30351329 - Interacao - Medicamentosas.ppt
30351329 - Interacao - Medicamentosas.ppt30351329 - Interacao - Medicamentosas.ppt
30351329 - Interacao - Medicamentosas.ppt
Cristiane Andrade Maciel Nassif
 
Interações e efeito adverso galeno
Interações e efeito adverso galenoInterações e efeito adverso galeno
Interações e efeito adverso galeno
Leonardo Souza
 
Principios De Antibioticoterapia
Principios De AntibioticoterapiaPrincipios De Antibioticoterapia
Principios De Antibioticoterapia
Renato sg
 
Ginecomastia
GinecomastiaGinecomastia
Ginecomastia
karin wachholz
 
Ginecomastia
GinecomastiaGinecomastia
Ginecomastia
karin wachholz
 
Bulário
BulárioBulário
DROGAS DO SISTEMA URINARIO.pptx
DROGAS DO SISTEMA URINARIO.pptxDROGAS DO SISTEMA URINARIO.pptx
DROGAS DO SISTEMA URINARIO.pptx
LuciaElainePereiraIs
 
De forma geral, os medicamentos classificam-se em grupos terapêuticos — ou se...
De forma geral, os medicamentos classificam-se em grupos terapêuticos — ou se...De forma geral, os medicamentos classificam-se em grupos terapêuticos — ou se...
De forma geral, os medicamentos classificam-se em grupos terapêuticos — ou se...
fernandoalvescosta3
 
Patologias gastrointestinais e intervenções clínicas
Patologias gastrointestinais e intervenções clínicasPatologias gastrointestinais e intervenções clínicas
Patologias gastrointestinais e intervenções clínicas
Eloi Lago
 
aula 8 - CF2
aula 8 - CF2aula 8 - CF2
aula 8 - CF2
Caio Maximino
 
Aula 7 Biomedicina
Aula 7 BiomedicinaAula 7 Biomedicina
Aula 7 Biomedicina
Caio Maximino
 
5ª INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA.ppt
5ª INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA.ppt5ª INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA.ppt
5ª INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA.ppt
LciaPaulaSchelbauerB
 
farmacologia básica do sistema digestivo
farmacologia básica  do sistema digestivofarmacologia básica  do sistema digestivo
farmacologia básica do sistema digestivo
AmandaLyra2
 
Farmacos no Idoso
Farmacos no IdosoFarmacos no Idoso
Farmacos no Idoso
Sónia Sequeira
 
Farmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAMFarmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAM
Leonardo Souza
 

Semelhante a Farmacologia digestório (16)

Bom roteiro de estudo aula14
Bom roteiro de estudo aula14Bom roteiro de estudo aula14
Bom roteiro de estudo aula14
 
30351329 - Interacao - Medicamentosas.ppt
30351329 - Interacao - Medicamentosas.ppt30351329 - Interacao - Medicamentosas.ppt
30351329 - Interacao - Medicamentosas.ppt
 
Interações e efeito adverso galeno
Interações e efeito adverso galenoInterações e efeito adverso galeno
Interações e efeito adverso galeno
 
Principios De Antibioticoterapia
Principios De AntibioticoterapiaPrincipios De Antibioticoterapia
Principios De Antibioticoterapia
 
Ginecomastia
GinecomastiaGinecomastia
Ginecomastia
 
Ginecomastia
GinecomastiaGinecomastia
Ginecomastia
 
Bulário
BulárioBulário
Bulário
 
DROGAS DO SISTEMA URINARIO.pptx
DROGAS DO SISTEMA URINARIO.pptxDROGAS DO SISTEMA URINARIO.pptx
DROGAS DO SISTEMA URINARIO.pptx
 
De forma geral, os medicamentos classificam-se em grupos terapêuticos — ou se...
De forma geral, os medicamentos classificam-se em grupos terapêuticos — ou se...De forma geral, os medicamentos classificam-se em grupos terapêuticos — ou se...
De forma geral, os medicamentos classificam-se em grupos terapêuticos — ou se...
 
Patologias gastrointestinais e intervenções clínicas
Patologias gastrointestinais e intervenções clínicasPatologias gastrointestinais e intervenções clínicas
Patologias gastrointestinais e intervenções clínicas
 
aula 8 - CF2
aula 8 - CF2aula 8 - CF2
aula 8 - CF2
 
Aula 7 Biomedicina
Aula 7 BiomedicinaAula 7 Biomedicina
Aula 7 Biomedicina
 
5ª INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA.ppt
5ª INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA.ppt5ª INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA.ppt
5ª INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA.ppt
 
farmacologia básica do sistema digestivo
farmacologia básica  do sistema digestivofarmacologia básica  do sistema digestivo
farmacologia básica do sistema digestivo
 
Farmacos no Idoso
Farmacos no IdosoFarmacos no Idoso
Farmacos no Idoso
 
Farmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAMFarmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAM
 

Mais de Leonardo Souza

Farmacocinética galeno
Farmacocinética galenoFarmacocinética galeno
Farmacocinética galeno
Leonardo Souza
 
Farmacodinâmica galeno
Farmacodinâmica galenoFarmacodinâmica galeno
Farmacodinâmica galeno
Leonardo Souza
 
Noções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêuticaNoções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêutica
Leonardo Souza
 
Anti histamínicos
Anti histamínicosAnti histamínicos
Anti histamínicos
Leonardo Souza
 
Antifúngicos
AntifúngicosAntifúngicos
Antifúngicos
Leonardo Souza
 
Principios do atendimento farmácia e drogaria
Principios do atendimento farmácia e drogariaPrincipios do atendimento farmácia e drogaria
Principios do atendimento farmácia e drogaria
Leonardo Souza
 
Contraceptivos
ContraceptivosContraceptivos
Contraceptivos
Leonardo Souza
 
Sistema urinário
Sistema urinárioSistema urinário
Sistema urinário
Leonardo Souza
 
Farmacologia: Diabetes mellitus
Farmacologia: Diabetes mellitusFarmacologia: Diabetes mellitus
Farmacologia: Diabetes mellitus
Leonardo Souza
 
Medicamentos
MedicamentosMedicamentos
Medicamentos
Leonardo Souza
 
Farmacoterapia aplicada a algumas doenças parasitológicas
Farmacoterapia aplicada  a algumas doenças parasitológicasFarmacoterapia aplicada  a algumas doenças parasitológicas
Farmacoterapia aplicada a algumas doenças parasitológicas
Leonardo Souza
 
Parasitas
ParasitasParasitas
Parasitas
Leonardo Souza
 
Vírus
VírusVírus
Cepss reprodutor humano
Cepss reprodutor humanoCepss reprodutor humano
Cepss reprodutor humano
Leonardo Souza
 
Cepss nervoso
Cepss nervosoCepss nervoso
Cepss nervoso
Leonardo Souza
 
Cepss digestório
Cepss digestórioCepss digestório
Cepss digestório
Leonardo Souza
 
Cepss respiratório
Cepss respiratórioCepss respiratório
Cepss respiratório
Leonardo Souza
 
Cepss imunológico
Cepss imunológicoCepss imunológico
Cepss imunológico
Leonardo Souza
 
Cepss endócrino
Cepss endócrinoCepss endócrino
Cepss endócrino
Leonardo Souza
 
Cepss cardiovascular
Cepss cardiovascularCepss cardiovascular
Cepss cardiovascular
Leonardo Souza
 

Mais de Leonardo Souza (20)

Farmacocinética galeno
Farmacocinética galenoFarmacocinética galeno
Farmacocinética galeno
 
Farmacodinâmica galeno
Farmacodinâmica galenoFarmacodinâmica galeno
Farmacodinâmica galeno
 
Noções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêuticaNoções de legislação farmacêutica
Noções de legislação farmacêutica
 
Anti histamínicos
Anti histamínicosAnti histamínicos
Anti histamínicos
 
Antifúngicos
AntifúngicosAntifúngicos
Antifúngicos
 
Principios do atendimento farmácia e drogaria
Principios do atendimento farmácia e drogariaPrincipios do atendimento farmácia e drogaria
Principios do atendimento farmácia e drogaria
 
Contraceptivos
ContraceptivosContraceptivos
Contraceptivos
 
Sistema urinário
Sistema urinárioSistema urinário
Sistema urinário
 
Farmacologia: Diabetes mellitus
Farmacologia: Diabetes mellitusFarmacologia: Diabetes mellitus
Farmacologia: Diabetes mellitus
 
Medicamentos
MedicamentosMedicamentos
Medicamentos
 
Farmacoterapia aplicada a algumas doenças parasitológicas
Farmacoterapia aplicada  a algumas doenças parasitológicasFarmacoterapia aplicada  a algumas doenças parasitológicas
Farmacoterapia aplicada a algumas doenças parasitológicas
 
Parasitas
ParasitasParasitas
Parasitas
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
 
Cepss reprodutor humano
Cepss reprodutor humanoCepss reprodutor humano
Cepss reprodutor humano
 
Cepss nervoso
Cepss nervosoCepss nervoso
Cepss nervoso
 
Cepss digestório
Cepss digestórioCepss digestório
Cepss digestório
 
Cepss respiratório
Cepss respiratórioCepss respiratório
Cepss respiratório
 
Cepss imunológico
Cepss imunológicoCepss imunológico
Cepss imunológico
 
Cepss endócrino
Cepss endócrinoCepss endócrino
Cepss endócrino
 
Cepss cardiovascular
Cepss cardiovascularCepss cardiovascular
Cepss cardiovascular
 

Último

ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdfALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
DentiKi
 
anomalias dentárias imaginologia odontologia
anomalias dentárias imaginologia odontologiaanomalias dentárias imaginologia odontologia
anomalias dentárias imaginologia odontologia
SmeladeOliveira1
 
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptxNUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
RAILANELIMAGOMES
 
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docxCORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
bentosst
 
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional ChinesaDiagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Misael Rabelo de Martins Custódio
 
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e TratamentosRejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Werberth Ladislau Rodrigues da Silveira
 

Último (6)

ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdfALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
 
anomalias dentárias imaginologia odontologia
anomalias dentárias imaginologia odontologiaanomalias dentárias imaginologia odontologia
anomalias dentárias imaginologia odontologia
 
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptxNUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
 
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docxCORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
 
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional ChinesaDiagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
 
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e TratamentosRejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
 

Farmacologia digestório

  • 1. Prof. LEONARDO DE SOUZA Farmacêutico-bioquímico Especialista em Farmacologia Clínica Mestrando em Imunologia e Parasitologia
  • 2.
  • 3.  Aproveitamento pelo organismo, de substâncias ditas alimentares, assegurando a manutenção de seus processos vitais.  Transformação mecânica e química das macromoléculas alimentares ingeridas em moléculas de tamanhos e formas adequadas para serem absorvidas pelo intestino.  Transporte de alimentos digeridos, água e sais minerais da luz intestinal para os capilares sangüíneos da mucosa do intestino.
  • 4. Mastigação: Desintegração parcial dos alimentos, processo mecânico e químico. Deglutição: Condução dos alimentos através da faringe para o esôfago. Ingestão: Introdução do alimento no estômago. Digestão: Desdobramento do alimento em moléculas mais simples. Absorção: Processo realizado pelos intestinos. Defecação: Eliminação de substâncias não digeridas do trato gastro intestinal. FUNÇÕES
  • 5.
  • 6. Trato gastrintestinal - Boca - Faringe - Esôfago - Estômago - Intestino delgado - Intestino grosso Estruturas anexas - Glândulas parótidas - Glândulas submandibulares - Glândulas Sublinguais - Fígado - Pâncreas
  • 7.  Dentes: mastigação  Glândulas salivares: parótidas, submandibulares e sublinguais: facilita a formação do bolo alimentar  Língua: deglutição e sentido
  • 8.
  • 9.  Peristaltismo = movimentação do bolo alimentar para o estômago
  • 10.  Digestão química do alimento  Secreção do suco gástrico  Regulação do esvaziamento gástrico  Pouca absorção de água e substâncias dissolvidas
  • 11.
  • 12.  Ocorre a principal parte da digestão  Absorção dos nutriente
  • 14.
  • 15.
  • 16.  Síntese de determinadas vitaminas pelas bactérias intestinais;  Armazenagem temporária dos resíduos (fezes);  Eliminação de resíduos do corpo
  • 17.  Bactérias que auxiliam e aceleram a digestão
  • 18.
  • 19.  Produzir bile (secreção verde amarelada) = digestão das gorduras (emulsificação)
  • 20.  Produção de suco pancreático  Dissolver carboidratos  Dissolver proteínas  Dissolver triglicerídeos 
  • 21.  Azia  Dispepsia (má digestão)  síndrome de Zollinger-Ellison  refluxo gastroesofágico  Gastrite  Úlcera gástrica  Náusea e vômito  Constipação intestinal  Diarreia
  • 22.
  • 23.
  • 24. Neutralizam o ácido clorídrico produzido pelo estômago.
  • 25. Neutralizam o ácido clorídrico produzido pelo estômago.
  • 26.  Reações adversas  Constipação intestinal  Problemas no ossos e cérebro  Diminuição de fosfato no sangue  Toxicidade por aumento de alumínio  Interações medicamentosas  Cetoconazol, tetraciclina, fluorquinolona, etidronato = ↓ absorção  Anticoagulante oral, digoxina, ciprofloxacino = ↓ ação
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.  Antagonistas de receptores H2  Cimetidina
  • 31.  Reações adversas  Aumento das mamas (ginecomastia)  Diarreia  Dor de cabeça  Tontura  Sonolência
  • 32.  Interações medicamentosas  Antiácido, cigarro = ↓ ação  Aumento da ação e reações adversas: antidepressivos tricíclicos, benzodiazepínicos, fenitoína, lidocaína, varfarina, propranolol, metoprolol  ↓ diminuição da ação de cetoconazol, digoxina, fluconazol, sais de ferro, tetraciclina, itraconazol  ↓ Aumento dos níveis sanguíneo da cimetidina = álcool
  • 33.  Antagonistas de receptores H2  Ranitidina
  • 34.  Reações adversas  Dor de cabeça  Interações medicamentosas  Antiácidos = absorção alterada  ↓ ação de Diazepam  ↑ação de Glipizida, Varfarina  ↓ação de Cetoconazol e itraconazol
  • 35.  Antagonistas de receptores H2  Famotidina
  • 36.  Reações adversas  Dor  Interações medicamentosas  ↓ ação de Cetoconazol e itraconazol
  • 37.  Inibidores da bomba de prótons  Omeprazol
  • 38.  Reações adversas  Diarreia  Dor abdominal  Interações medicamentosas  ↑ ação de diazepam, fenitoína, anticoagulante oral, varfarina
  • 39.  Inibidores da bomba de prótons  Lansoprazol
  • 40.  Reações adversas  Diarreia  Dor de cabeça  Interações medicamentosas  ↓ação de Cetoconazol, teofilina, ampicilina, sais de ferro, digoxina  Sucralfato = diminuí a ação de lansoprazol  Claritromicina = aumento da ação e reações adversas do lansoprazol
  • 41.  Inibidores da bomba de prótons  Pantoprazol
  • 42.  Reações adversas  Espasmos musculares  Arritmias  Interações medicamentosas  Alteração da absorção de cetoconazol e medicamentos dependentes do pH gástrico, ampicilina, sais de ferro
  • 43.
  • 45.  Reações adversas  Sonolência  Interações medicamentosas  Álcool, depressores do SNC, Furazolidona e procarbazina = ↑ risco de depressão do SNC
  • 47.  Reações adversas  Inquietude  Sonolência  Fadiga  Interações medicamentosas  Atropina = ↓ ação  ↓ ação de Digoxina  Escopolamina, Homatropina , Ipratrópio = antagonismo
  • 49.  Reações adversas  Ansiedade, sonolência, fadiga, lassidão, inquietude  Interações medicamentosas  Álcool, depressor do SNC  Escopolamina, Homatropina, Ipratrópio = antagonismo
  • 50.
  • 51.  Reações adversas  Aumento da prolactina no sangue  Aumento das mamas  Cólica  Urticária  Interações medicamentosas  ↓ Ação de cimetidina, digoxina, levodopa  Antiácidos, antagonistas H2 = ↓ ação  Escopolamina, Homatropina , Ipratrópio = antagonismo
  • 52.  Dimeticona / Simeticona
  • 53.  Reações adversas  Constipação intestinal
  • 54.
  • 56.
  • 58.  Reações adversas  Boca seca  Constipação intestinal  Náusea  Vômito  Interações medicamentosas  Antiácido e antidiarreico = ↓ação  ↓ ação de Cetoconazol  Álcool e depressores do SNC = sedação  ↑ ação de atenolol, digoxina
  • 59.
  • 61.  Docusato de sódio
  • 62.  Reações adversas  Diarreia  Náusea  Vômito  Desmaio  Interações medicamentosas  Irritação no estômago e má digestão = leite, antiácido
  • 64.  Reações adversas  Diarreia  Dor abdominal  Perda de potássio (doses altas ou uso prolongado)  Interações medicamentosas  Aumento do risco de desequilíbrio eletrolítico = diurético, corticosteróide
  • 66.  Reações adversas  Cólicas abdominais, diarreia, gases, distensão abdominal  Interações medicamentosas  Antiácidos, antibiótico, neomicina oral = ↓ ação
  • 67.  Cáscara sagrada  Senna alexandrina  Cassia angustifolia
  • 69.
  • 71.  Reações adversas  Constipação intestinal  Interações medicamentosas  Saquinavir  aumenta a ação do antiviral e diminui a ação da loperamida  Analgésico opióide: risco de constipação intestinal grave
  • 73.  Reações adversas  Sonolência  Dor de cabeça  Náusea  Vômito  Constipação intestinal